quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Ministro da Cultura, que quer permanecer no cargo, é ovacionado no Rio de Janeiro

A cerimônia de entrega das insígnias da Ordem do Mérito Cultural de 2010, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, transformou-se em palco de campanha do ministro da Cultura, Juca Ferreira, que pleiteia permanecer no cargo no próximo mandato presidencial. O Rio de Janeiro sempre excede, e a classe artística não tem o menor pudor de se aboletar no dinheiro público. Após aparecer em cadeia nacional apresentando as realizações de sua gestão, Juca Ferreira abriu a cerimônia discorrendo sobre seus feitos. No final de seu pronunciamento, a platéia composta de atores, cantores, compositores, diretores, começou a gritar: "Fica, Juca". Pouco depois, Perfeito Fortuna, administrador da Fundição Progresso, casa de shows no Rio de Janeiro , puxou outro coro, seguido por todo o teatro: "Olé, olé, olá, Juca, Juca". Do palco, ao lado do presidente Lula, o ministro acenava para a multidão. Lula disse, em seu discurso, ter sido "uma pena" que a presidente eleita, Dilma Rousseff, não estivesse ali para ouvir os presentes.

Zeu e mais cinco presos no Rio de Janeiro são levados para o Paraná

Seis homens presos durante as ações das forças de segurança no conjunto de favelas do Alemão, na Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro, foram transferidos na noite desta quinta-feira para o Presídio Federal de Catanduvas, no Paraná. O avião da Polícia Federal levando os presos decolou pouco antes das 22 horas da Base Aérea do Galeão, na Ilha do Governador. Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), entre os presos está Elizeu Felício de Souza, conhecido como Zeu, que foi condenado pela morte do jornalista Tim Lopes. Os presos foram conduzidos do Complexo de Gericinó até a base Aérea do Galeão em seis viaturas e escoltados por 18 inspetores penitenciários do Grupamento de Serviços de Escolta (GSE-SOE). e acordo com a Secretaria, os outros detentos são: Ricardo Severo, o Faustão; Emerson Ventapane da Silva, o Mão; Emerson Siqueira Rosa, o Neguinho; Marcos Vinícius da Silva, o Lambaro e Tássio Fernando Faustino, o Branquinho.

Um em cada quatro brasileiros não confia nas polícias civil e militar, diz Ipea

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aponta que aproximadamente um quarto dos brasileiros não confiam nas polícias militar ou civil. De acordo com a pesquisa Sistema de Indicadores de Percepção Social (SIPS), 27,7% dos entrevistados dizem não confiar na Polícia Militar (PM), enquanto 43% confiam pouco, 25,1% confiam e 4,2% confiam muito. Quanto à Polícia Civil, 25,9% dos entrevistados dizem não confiar; 44% afirmam que confiam pouco; 26,1% dizem apenas confiar; e 4% afirmam que confiam muito. A pesquisa indica ainda que 13% dos entrevistados confiam muito na Polícia Federal, enquanto 35,9% apenas confiam, 33,6% confiam pouco e 17,5% não confiam. Nas cidades que contam com Guarda Municipal, 4,4% dos entrevistados confiam muito na instituição; 25% apenas confiam; 38,7% confiam pouco; e 31,9% não confiam.

Supremo abre processo criminal contra senador Mão Santa

O Supremo Tribunal Federal abriu um processo criminal nesta quinta-feira contra o senador Francisco de Assis de Moraes Souza (PSC-PI), o Mão Santa. O Ministério Público Federal acusou o senador de envolvimento com a contratação de 913 funcionários fantasmas em 1998, quando ele era candidato à reeleição para o governo do Estado. De acordo com informações divulgadas pelo Supremo, a contratação teria gerado uma despesa de R$ 758.317,00. Em outra decisão, os ministros do Supremo abriram uma ação penal contra o deputado federal Silas Câmara (PSC-AM). O parlamentar foi acusado pelo Ministério Público de desviar recursos destinados ao pagamento de salários dos funcionários de seu gabinete.

Justiça de São Paulo considera inconstitucional fator previdenciário

O juiz federal Marcos Orione Gonçalves Correia, da 1ª Vara Federal Previdenciária de São Paulo, deu parecer favorável ao processo de um segurado do INSS para exclusão do fator previdenciário do valor do benefício. O fator previdenciário é uma equação utilizada para calcular a aposentadoria do segurado do INSS levando em consideração a idade ao se aposentar, o tempo de contribuição e a expectativa de vida. No parecer, Correia considerou inconstitucional o fator previdenciário. Para o juiz, o instrumento é complexo e de difícil compreensão para os segurados. "Registre-se, no entanto, que entendemos que o fator previdenciário é inconstitucional. Na lei, são introduzidos elementos que influem imediatamente no próprio direito ao benefício", relata no processo. Com o aumento da expectativa de vida do brasileiro, haverá uma redução média de 0,4% no benefício do trabalhador que se aposentar desde a última quarta-feira. De acordo com os dados divulgados pelo IBGE, a expectativa de vida ao nascer passou de 72 anos e 10 meses (72,86) em 2008 para 73 anos e 2 meses (73,17) em 2009.

Primeira ossada da ditadura pode ter sido encontrada em Vila Formosa

Após uma varredura no cemitério de Vila Formosa (zona leste de São Paulo), a Polícia Federal encontrou na tarde desta quinta-feira restos mortais que acredita serem de Sérgio Corrêa, morto pela ditadura militar em 1969. Se exames confirmarem a identidade da ossada, a Polícia Federal terá localizado o primeiro desaparecido político no local, em uma busca iniciada no dia 8 por dez vítimas da repressão militar. Um deles é Virgílio Gomes da Silva, líder sindical e veterano da organização terrorista ALN (Ação Libertadora Nacional) que, sob o codinome Jonas, comandou o sequestro do embaixador americano Charles Elbrick, em 1969. Enterrado como indigente em Vila Formosa, Corrêa foi morto em 4 de setembro de 1969, na rua da Consolação, após explodir uma bomba no carro onde ele estava. Ele militava na mesma ALN, segundo registros da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, que também participa da operação em Vila Formosa.

Presidente da Petrobras defende continuidade de obras em refinarias

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, defendeu nesta quinta-feira a continuidade das obras da refinaria Abreu Lima, em Pernambuco, e da refinaria Getúlio Vargas (Repar), no Paraná, que passa por uma modernização. Segundo Gabrielli, no caso da suspensão das duas obras o prejuízo mensal da Petrobras seria de R$ 257,5 milhões, sendo R$ 44 milhões por conta da Repar, onde as obras estão bem adiantadas, e R$ 213,5 milhões com a refinaria de Pernambuco, ainda em fase inicial. "Também terá impacto sobre o emprego, pois foram gerados direta e indiretamente cerca de 33,5 mil postos de trabalho. E prejudicará algumas centenas ou dezenas de fornecedores que estão no entorno dessas obras", afirmou Gabrielli durante audiência na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso. "Há ainda um impacto muito grande porque o atraso dessas obras indica o atraso de entrada em operação", completou o executivo. O Tribunal de Contas da União acusou a empresa de sobrepreço de R$ 2,7 bilhões nas duas obras.

Grupo mexicano faz oferta pelo Baú da Felicidade de Silvio Santos

O bilionário mexicano Ricardo Salinas, dono da rede de eletrodomésticos Elektra e do Banco Azteca, fez uma oferta oficial para comprar as rede de lojas do Baú da Felicidade, do Grupo Silvio Santos. O Grupo SS contratou em setembro a consultoria de Cláudio Galeazzi para ajudar a encontrar um comprador. Desde a descoberta do rombo de R$ 2,5 bilhões no banco PanAmericano, Silvio Santos tenta estancar perdas em outras empresas do grupo. As lojas do Baú estão localizadas no Estado de São Paulo e a empresa passa por dificuldades desde que adquiriu a Dudony, em recuperação judicial, com dívida de R$ 100 milhões. A rede Elektra está presente no Brasil desde 2007, com quase 30 lojas em Pernambuco. O banco Azteca conta com agências dentro das lojas de eletrodomésticos e também algumas agências independentes em Recife. O Grupo Silvio Santos, o acionista principal do PanAmericano, precisou colocar R$ 2,5 bilhões no banco para cobrir um prejuízo causado por uma fraude contábil.

Senadores do Rio de Janeiro e Espírito Santo devem pressionar Lula por veto à proposta de divisão dos royalties

Contrários à proposta de divisão dos royalties do pré-sal aprovada pela Câmara, senadores do Rio de Janeiro e Espírito Santo lideram um movimento pelo veto do presidente Lula ao projeto. Apesar de Lula já ter decidido nos bastidores vetar a proposta, os parlamentares prometem fazer barulho até que Lula efetive sua decisão. O senador Renato Casagrande (PSB-ES) vai reunir o grupo "pró-veto", no Espírito Santo, como forma de pressão ao petista, com empresários e representantes da sociedade civil. Casagrande e o senador Francisco Dornelles (PP-RJ) querem resgatar proposta em tramitação no Senado com novas regras para a divisão dos royalties. "É imoral, indecente, inconstitucional, ilegal e a maior agressão ao estado do Rio de Janeiro no Império e na República a emenda da Câmara. Troca um direito do Rio por uma esmola da União e o Rio não vai aceitar esmola da União, até porque o governo não costuma pagar suas esmolas", disse Dornelles.

Bradesco é primeiro patrocinador da Rio-2016, por R$ 570 milhões

O Bradesco foi anunciado na tarde desta quinta-feira como o primeiro patrocinador oficial brasileiro da Olimpíada-2016. O patrocínio, válido a partir de 1º de janeiro do próximo ano, será de pelo menos US$ 320 milhões (R$ 570 milhões) até a Olimpíada. Esse valor representa 62% da meta de US$ 513 milhões que o Comitê Organizador Local dos Jogos Olímpicos pretende obter com patrocinadores locais. Com o patrocínio, o Bradesco ficará responsável por todos os seguros e serviços financeiros relacionados aos Jogos. O acordo dá ao banco o direito de divulgar publicidade em que se intitule "patrocinador oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016" e de desenvolver promoções associadas à competição, além de ter a sua marca exposta nos locais oficiais da Olimpíada. O patrocinador também obtém a exclusividade no seu setor, será a única instituição financeira a patrocinar oficialmente os Jogos. A próxima parceria buscada pelo Comitê Organizador Local será uma empresa do setor de telecomunicações. Para derrotar seus concorrentes, o Bradesco ofereceu ao Comitê Olímpico Brasileiro a renovação, até 2016, do apoio às seis federações de esportes olímpicos que já patrocina: basquete, natação, rúgbi, remo, vela e judô.

Réu da Operação Rodin fará palestra em Porto Alegre para desmascarar o processo

No próximo dia 13 de dezembro, o ex-reitor da Universidade Federal de Santa Maria, professor Paulo Sarkis, vai fazer uma palestra, às 19h30, no auditório do Sindicato dos Engenheiros, em Porto Alegre, localizado na Avenida Érico Verissimo, nº 960. Ele vai apresentar um roteiro em audivisual, desmontando a Operação Rodin. Paulo Sarkis reclama que a imprensa do Estado não dá oportunidade para sua versão, estando absolutamente dominada pelas versões da Polícia Federal (também conhecida como Polícia Política do PT) e do Ministério Público Federal.

Google Earth revela existência de estrela de Davi no topo de prédio no aeroporto de Teerã e causa furor

A imprensa iraniana reagiu com ultraje nesta quinta-feira quando uma das imagens de satélite feitas pelo site Google Earth revelou uma estrela de Davi, símbolo do judaísmo, no topo da sede da companhia aérea Iran Air, em Teerã, capital iraniana, em um complexo junto ao aeroporto internacional. O governo fascista islâmico do Irã é inimigo declarado de Israel, com quem rompeu relações em 1979, após a Revolução Islâmica. Seu ditador, Mahmoud Ahmadinejad, é conhecido por repetir inúmeras vezes que o Holocausto, a morte de 6 milhões de judeus durante o regime nazista, foi um exagero histórico e por ter dito que queria varrer Israel do mapa. O site de notícias israelense Ynetnews.com afirma que a estrela é real e foi construída por engenheiros israelenses que trabalharam no Irã antes da revolução, durante o governo do xá Mohamed Reza Pahlavi, quando as relações bilaterais eram muito melhores. Entre 1960 e 1979, aviões faziam regularmente a rota entre o Aeroporto Internacional Mehrabad, em Teerã, e o Aeroporto Internacional Ben Guron, em Tel Aviv. "É interessante que mesmo após 32 anos da vitória da revolução, a estrela símbolo do sionismo ainda tem que ser removida do prédio", afirma um site iraniano, citado pelo Ynetnews.com. O Ynetnews.com afirma que a descoberta levou a pedidos imediatos de autoridades iranianas para que a estrela seja retirada. Em agosto, uma estrela judaica foi vista em um prédio na principal praça de Teerã, o que levou a alegações da imprensa de que "o regime sionista está conquistando a Praça da Revolução". Veja na imagem do Google abaixo.

Exibir mapa ampliado

Superior Tribunal de Justiça abre ação penal contra procuradora federal a pedido de juiz paulista

O Superior Tribunal de Justiça abriu ação penal contra Janice Agostinho Ascari, procuradora da República em São Paulo, para investigar a prática de calúnia, difamação e injúria contra o juiz Ali Mazloum, da 7ª Vara Federal de São Paulo. A Corte Especial do tribunal aceitou queixa-crime apresentada pelo magistrado contra a integrante da Procuradoria da República. Ele afirma que a procuradora disse, em um comentário feito em um blog, que o juiz extrapolou suas funções, tendo cometido crimes de abuso de poder e prevaricação. As críticas foram feitas a respeito de investigação sobre vazamento de informações da Operação Satiagraha, que investigou o banqueiro Daniel Dantas. Em uma de suas decisões, o magistrado determinou a instauração de um inquérito de inquérito policial para apurar possível ligação do delegado federal Protógenes Queiroz e empresas interessadas no prosseguimento da operação contra o banqueiro. Em comentário na internet, a procuradora disse que Mazloum promovia linhas de investigação "pró-Dantas". O magistrado também afirma que foi difamado quando Janice Agostinho Ascari cogitou a existência de um esquema para "blindar e apartar os verdadeiros criminosos e denegrir a imagem dos investigadores".

Exército vai implantar Força de Paz semelhante à do Haiti no Rio de Janeiro

O Exército brasileiro vai implantar uma Força de Paz no Rio de Janeiro semelhante à que atuou no Haiti. A ação ainda não tem data para começar e ainda está sendo planejada, disse o comandante-geral do Exército, Enzo Martins Peri. Até agora, as ações nas favelas do Rio de Janeiro estão sendo comandadas pela polícia. O Exército tem 800 homens da Brigada de Infantaria Paraquedista no local, que atuam em operações de cerco e isolamento. O comandante disse que a missão não será estranha à Força, pois já é desempenhada fora do País. "Nós já fazemos ações policiais. Mas desse tipo, com essa magnitude, é a primeira", afirmou. Disse também que não teme qualquer desvio de conduta dos soldados, por conta de provocações de criminosos: "Nós estamos sempre atentos a isso tudo. O risco é inerente". O comandante do Comando Militar do Leste, general Adriano Pereira Junior, que acompanhou a inspeção realizada pelo comandante do Exército, afirmou que a Força dispõe de 8.000 homens em condições de atuar no conceito de Garantia da Lei e da Ordem, e que estão prontos para reforçarem operações em outras favelas do Rio de Janeiro. O governo de Sérgio Cabral está terceirzando a segurança do Estado para a União, e deixando de gastar muito dinheiro com isso. Outros Estados também deveriam pedir intervenção de brigadas do Exército em pontos de grande insegurança, como em alguns morros de Porto Alegre e de Florianópolis.

Dilma anuncia Lobão para Minas e Energia e Wagner Rossi para Agricultura nesta sexta-feira

A presidente eleita, Dilma Rousseff, bateu o martelo sobre a nomeação de dois peemedebistas para seu ministério. A petista vai anunciar nesta sexta-feira os nomes de Edison Lobão para o Ministério de Minas e Energia e de Wagner Rossi para continuar na Agricultura. Dilma oficializará, ainda, a nomeação de seu núcleo político, os ministros com assento no Palácio do Planalto: Antonio Palocci, na Casa Civil, e Gilberto Carvalho na Secretaria-Geral. Ainda é possível que formalize Alexandre Padilha para continuar no comando das Relações Institucionais, cargo também com gabinete palaciano. No bloco de titutales que serão confirmados na sexta-feira, ainda pode integrar o deputado José Eduardo Cardozo, convidado pela presidente eleita para assumir o Ministério da Justiça. Paulo Bernardo, escolhido para as Comunicações, também pode ser apresentado oficialmente. Esta será a segunda etapa de anúncios feita na transição, já que os nomes da equipe econômica foram divulgados há oito dias.

Rússia e Qatar escolhidos como sedes da Copa

Rússia e Qatar foram escolhidos para sediarem as Copa de 2018 e 2022, respectivamente. Os dois países jamais organizaram a competição anteriormente. A Rússia venceu a disputa após superar a Inglaterra e as candidaturas conjuntas entre Portugal/Espanha e Holanda/Bélgica. Um dos principais jornais esportivos da Espanha, o "As" já retratava a decepção na manchete: "Rússia 2018". No texto, o diário colocou que "a Rússia organizará o Mundial de 2018, depois de ter se imposto na votação realizada no Comitê Executivo da Fifa. O ganhador se impôs às candidaturas rivais de Inglaterra e as compostas por Espanha e Portugal e Holanda e Bélgica". O periódico "Record" também estampava sua decepção com a manchete: "Candidatura ibérica derrotada". O diário também mencionava a escolha de Qatar para o Mundial de 2022. "A votação dos 22 membros da Comissão Executiva da Fifa elegeu a Rússia em detrimento da candidatura conjunta de Portugal e Espanha, da Inglaterra e do projeto comum de Holanda e Bélgica. O Qatar vai receber a edição de 2022, derrotando Austrália, Estados Unidos, Japão e Coréia do Sul". No site do jornal inglês "The Guardian", a manchete foi: "Inglaterra perde a candidatura da Copa para a Rússia".

Policiais encontram segundo lança-granadas no Complexo do Alemão

Policiais militares apreenderam um segundo lança-granadas no Complexo do Alemão, favela localizada na zona norte do Rio de Janeiro, por volta das 14 horas desta quinta-feira. A arma estava escondida em uma fossa em uma área conhecida como Areal. Na terça-feira a polícia já tinha apreendido outra arma semelhante em uma casa na área do Coqueiro. O modelo apreendido é o AT-4, arma antitanque, segundo a Polícia Militar. A polícia chegou até o armamento graças a denúncia de moradores.

Unesco realizará reunião internacional sobre águas subterrâneas

A Unesco realizará uma conferência internacional na qual cerca de 400 pessoas analisarão a situação dos recursos aquíferos além das fronteiras, um novo campo de legislação que desenvolve as Nações Unidas, informou nesta quinta-feira a organização. Prevista para ser realizada em Paris entre 6 e 8 de dezembro, a reunião vai explorar os desafios surgidos desde que a ONU aprovou, em 2008, uma resolução sobre o "direito dos aquíferos além das fronteiras", entre os quais estão contabilizados os recursos subterrâneos, que representam 96% das reservas de água doce do planeta. Cientistas, juristas, pesquisadores e diplomatas, entre outros, vão explorar os diferentes mecanismos para tramitar a água doce subterrânea e transnacional, acrescentou em comunicado a Unesco. Trata-se de um encontro com o objetivo de preparar a próxima sessão da Assembleia Geral da ONU, em 2011, sobre a possível adoção de uma convenção sobre a água transnacional, acrescentou a organização com sede em Paris. Fique certo de uma coisa: os magnatas do hemisfério norte estão querendo se apossar dos recursos naturais do Brasil.

PT criará blocão no Senado para garantir ampla maioria a Dilma

O PT vai criar um "blocão" no Senado para garantir ampla maioria à presidente eleita, Dilma Rousseff (PT). A exemplo do que ocorreu na Câmara, os petistas vão se unir com o PR, PDT, PSB, PCdoB e PRB em um bloco que vai garantir 29 senadores alinhados diretamente com o governo da petista, do total de 81 senadores. Fiel aliado do PT durante a campanha, o PMDB não está incluído no "blocão", até por reunir senadores com postura de oposição. O líder do PT no Senado, Aloizio Mercadante (SP), disse que o "blocão" não tem como objetivo emplacar a sigla no comando da Casa, ao contrário do que ocorreu na Câmara. "O bloco nunca foi instrumento de disputa da presidência. A presidência no Senado é do PMDB, que é a maior bancada. O PT é a segunda bancada, teremos a segunda opção, e assim por diante, inclusive para a oposição. Não haverá disputa com o PMDB pela presidência do Senado.

Lula promete que novo Ministério das Comunicações vai controlar os órgãos de comunicação

Em entrevista a oito rádios comunitárias, nesta quinta-feira, o presidente Lula disse que a regulação da mídia tem que acontecer "agora" porque a legislação, de 1962, está muito atrasada. Segundo ele, essa será a prioridade do novo ministério de Comunicações de sua sucessora, Dilma Rousseff. Ou seja, "o cara" já está determinando o que o governo da sua tutelada Dilma deve fazer. O governo Lula prepara um anteprojeto de lei para entregar a Dilma, que será o "ponto de partida" de uma nova política para o setor. A expectativa é que Dilma encaminhe o texto para consulta pública ou discussão do Congresso quando assumir e trate o assunto como prioritário em seu governo. "O novo Ministério está diante de um novo paradigma de comunicação. Quero alertar vocês porque esse debate vai ser envolvente, tem muita gente contra e muita gente a favor. Certamente, o governo não vai ganhar 100% e quem é contra não vai ganhar 100%", afirmou ele. Lula disse que as mudanças serão atribuição do Ministério das Comunicações, que deverá ser comandado por Paulo Bernardo, atual ministro do Planejamento. "Dilma tem compreensão disso. Ao escolher o ministro ela vai ter que escolher pessoa que tenha relação com vocês, com os órgãos de comunicação e com a sociedade", disse. Entidades como ANJ (Associação Nacional de Jornais), Abert (Associação Brasileira de Rádio e Televisão), entre outras, enxergam na proposta do governo de criar novas regras para serem seguidas pelo setor de telecomunicações e radiodifusão uma tentativa de impor censura à liberdade de informação e controlar os meios de comunicação.

IBGE diz que produção industrial cresce em ritmo mais moderado no fim do ano

Apesar de a expansão da produção industrial brasileira nos últimos 12 meses ter atingido patamar recorde em outubro, de 11,8%, o ritmo de crescimento já se mostra mais moderado neste fim de ano. A avaliação é do economista André Macedo, do IBGE. "Esse ritmo mais moderado tem a ver com o volume maior de importações, o nível mais elevado dos estoques e o avanço mais tímido das exportações, além das paralisações no setor de petróleo ao longo do ano", diz Macedo. Na comparação com 2009, pesou ainda a base de comparação mais elevada, já que, no fim do ano passado, a indústria já começava a retomar a produção após o período mais crítico da crise econômica internacional. Em relação a outubro de 2009, a alta foi de 2,1%, bem abaixo dos patamares verificados ao longo do ano, que oscilaram entre 6,6% e 20,2% nesse tipo de comparação. Essas pesquisas do IBGE, totalmente controlado pelo governo petista, escondem a realidade, porque a base produtiva da indústria nacional não cresceu, apenas está recuperando capacidade produtiva que havia sido perdida na crise econômica.

Polícia Militar do Rio de Janeiro vai instalar três batalhões de campanha nos complexos do Alemão e da Penha

A Polícia Militar do Rio de Janeiro informou que vai instalar até a próxima segunda-feira três batalhões de campanha para servir de base para os policiais que realizarão buscas nas favelas dos complexos do Alemão e da Penha, localizados na zona norte da cidade. No total, serão 250 homens comandados por Edvaldo Camelo, da Polícia Militar. De acordo com a corporação, a previsão é que os trabalhos de varredura durem mais de 40 dias devido à extensão dos complexos. A Polícia Militar afirma que as favelas locais ainda abrigam "muitas armas, drogas e criminosos". Na terça-feira o governador Sérgio Cabral (PMDB) assinou o pedido formal ao Ministério da Defesa para a permanência das Forças Armadas no Estado até outubro de 2011.

Ponte Preta vende estádio e promete construir nova arena perto da via Anhanguera

A Ponte Preta negociou o terreno onde fica o tradicionalíssimo estádio Moisés Lucarelli com um consórcio que inclui a incorporadora e construtora Gafisa. O estádio se localiza em uma das regiões mais valorizadas de Campinas. No local serão erguidos um shopping center e um edifício. Já a nova arena da Ponte Preta será construída no Jardim Eulina, às margens da Anhanguera, em terreno que pertence ao clube de Campinas. Inaugurado oficialmente em 12 de setembro de 1948, o estádio Moisés Lucarelli tem capacidade para 19.722 torcedores. Novos estádios de grandes clubes brasileiros estão sendo empurrados para a periferia das cidades, como é o caso do Grêmio, em Porto Alegre.

PSC recebe R$ 4,7 milhões do PT pelo apoio a Dilma

O PSC, partido que às vésperas da campanha eleitoral abandonou a candidatura de José Serra (PSDB) para aderir a da petista Dilma Rousseff, foi um dos maiores beneficiários da distribuição de recursos por parte do PT, que arrecadou R$ 130,6 milhões. A prestação de contas petista apresentada à Justiça Eleitoral revela que o nanico PSC recebeu R$ 4,7 milhões, ficando atrás apenas da própria Dilma, do senador eleito Lindberg Farias (PT-RJ) e do governador eleito Agnelo Queiroz (PT-DF). Osmar Dias, que também negociou com o PT a sua candidatura ao governo do Paraná até o último momento, foi contemplado com R$ 3,7 milhões, via PDT-PR. A ajuda financeira a partidos aliados não é exclusividade do PT. Neste ano, por exemplo, o PSDB repassou R$ 1 milhão ao PTB, legenda que fez parte da coligação oficial de José Serra. A troca de apoio político por dinheiro não é novidade nas eleições. Em 2002, o PT e o deputado federal Valdemar Costa Neto fecharam o apoio do PL (hoje PR) a Lula mediante repasse de R$ 10 milhões. Cotado para assumir o Ministério da Agricultura, o senador eleito Blairo Maggi (PR-MT) colaborou com mais de um R$ 1 milhão para ajudar a saldar as dívidas da campanha de Dilma. A maior doação foi feita pela Amaggi Exportação e Importação Ltda, da família de Maggi, com R$ 700 mil repassados na quinta-feira passada. No dia seguinte, a Agropecuária Maggi Ltda doou mais R$ 300 mil.

Militares que moram em favelas são expulsos de casa pelo tráfico e acampam em quartel

Em represália à ação no Complexo do Alemão, soldados do Exército que participam da ocupação dizem que estão sendo expulsos das favelas onde moram por traficantes ligados à facção criminosa Comando Vermelho. Pelo menos cinco deles receberam ordem de criminosos para não voltar para casa e desde sexta-feira estão acampados no quartel improvisado próximo ao Complexo do Alemão. O Exército participa da ocupação do Alemão desde a semana passada com cerca de 800 homens, todos lotados no Rio de Janeiro. O tenente-coronel Cláudio Tavares Casali disse que a Secretaria de Segurança foi informada e, agora, a polícia deve iniciar a investigação. Os militares que se sentirem ameaçados, segundo ele, estão sendo retirados da linha de frente e utilizados em outros serviços.

Brasil consolida quarta posição no ranking mundial de vendas de veículos

O Brasil consolida a quarta posição na venda mundial de veículos ao chegar nessa colocação no acumulado de janeiro a outubro deste ano, à frente da Alemanha, que encerrou 2009 nesse patamar no ranking, segundo levantamento da Jato Dynamics do Brasil, empresa especializada em informações do mercado automotivo, divulgado nesta quinta-feira. A China continua líder, com crescimento de 38% na comparação com o mesmo período em 2009, ultrapassando a marca de 10 milhões de unidades. Em seguida aparecem os Estados Unidos, com aumento de 10,7%, e o Japão, com alta de 6,3%. O Brasil manteve o quarto lugar com aumento de 6,5% nas vendas de veículos, enquanto a Alemanha registrou queda de 25,4% nos licenciamentos no período, permanecendo na quinta posição. Em novembro, que teve 20 dias úteis, foram vendidos, na média, mais de 16 mil veículos por dia. Nos demais países integrantes do Bric, Rússia e Índia continuam crescendo no confronto entre os dez primeiros meses do ano, com altas de 22,5% e 35,8%, respectivamente.

Associações reclamam da falta de camarão no Brasil

Associações setoriais se dizem alarmadas com a escassez de camarão no Brasil. O setor reclama que há falta do produto no mercado, devido a uma barreira sanitária e à pesca predatória. A barreira é a norma técnica nº 39, de 1999, que proíbe importação do crustáceo de cativeiro. O objetivo, à época, era impedir a entrada da doença mancha branca no País. As associações afirmam que pedem ao Ministério da Pesca e Aquicultura a revogação da norma, para que o mercado interno possa competir com o internacional. A doença chegou ao Brasil há anos e está sob controle.

Petrobras negocia com Vale uso de ferrovias para transporte de combustíveis

A Petrobras está negociando com a Vale a utilização da Ferrovia Norte-Sul para transportar derivados de petróleo da Refinaria do Maranhão para a região Centro-oeste, que hoje recebe combustíveis do Sudeste por meio de dutos e caminhões. A refinaria deve começar a produção no fim de 2014, com capacidade inicial de 300 mil barris/dia e mais 300 mil barris/dia a partir de 2017. Cerca de 60% da produção será destinada ao Centro-Oeste. A informação foi dada nesta quinta-feira pelo diretor de Abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa. Segundo ele, o transporte por trens substituirá o uso de caminhões. O plano prevê o uso de vagões que levam minério de ferro e grãos ao Nordeste para acomodar, no retorno, tanques com as cargas de combustíveis. A refinaria do Maranhão produzirá óleo diesel, GLP, nafta, coque e querosene de aviação. O executivo disse ser possível levar, por cabotagem, gasolina de outras refinarias para seguir ao Centro-oeste também por trem. Costa disse também que a estatal vai assinar com o governo do Rio de Janeiro e com a prefeitura de São Gonçalo um convênio para construção de um porto na praia da Beira, cidade da região metropolitana. O porto servirá para transporte de equipamentos pesados para o Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro). A intenção, segundo Paulo Roberto Costa, é que a Petrobras tenha preferência, deixando o porto aberto a outros usos, quando não houver demanda da estatal.