segunda-feira, 14 de julho de 2014

JUSTIÇA ELEITORAL JÁ RECEBEU 414 PEDIDOS DE IMPUGNAÇÃO DE CANDIDATURAS EM 13 ESTADOS

O Ministério Público pediu à Justiça Eleitoral em 13 Estados a impugnação de 414 registros de candidatos nas eleições deste ano. Destes, 198 foram em decorrência da Lei da Ficha Limpa. O ex-prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, que tenta uma cadeira no Senado pelo DEM, é um dos nomes mais conhecidos da lista, condenado por improbidade administrativa. No Estado, outros 34 candidatos a deputado estadual e federal têm seus registros questionados. Esse é o primeiro balanço parcial de pedidos de impugnação. Até o momento, foram analisados dez mil pedidos de rejeição de candidaturas pelas Procuradorias Regionais Eleitorais. Mato Grosso do Sul (89 pedidos), Rio Grande do Norte (86) e Acre (41) lideram entre os Estados com mais ações. O Ministério Público eleitoral avalia que os candidatos cometeram abuso de poder político e econômico ou tiveram contas de suas passagens pela administração pública rejeitadas por Tribunais de Contas. Trata-se de um levantamento parcial que ainda não dá indicações sobre o retrato das impugnações no País. Em muitos Estados, as análises ainda não começaram. Em São Paulo, maior colégio eleitoral, o edital de registro de candidaturas da Justiça Eleitoral não foi nem mesmo publicado. A partir do edital, o Ministério Público entra com ação contra o registro de candidatura. Os pedidos de impugnação serão analisados pela Justiça Eleitoral, que decidirá por aceitar ou não as ações. Os candidatos terão sete dias para recorrer das decisões dos juízes. A Lei da Ficha Limpa é uma lei fajuta, que permitirá que muito "ficha suja" seja candidato.

OS DESPUDORADOS: DILMA E 15 MINISTROS CONVOCAM COLETIVA DEMONIZAR A IMPRENSA. E, PARA ISSO, USAM A...... IMPRENSA!

Não adianta! Eles não aprendem nada nem esquecem nada. Se faltava alguma evidência de que havia um gigantesco esquema de marketing preparado para esmagar a oposição caso o Brasil vencesse a Copa do Mundo, agora não há mais. Mesmo com a derrota humilhante, Dilma Rousseff passou o ridículo, nesta segunda-feira, de convocar uma entrevista coletiva, acompanhada de 15 ministros, com um único propósito: demonizar a imprensa. Boa, claro!, é a Al Jazeera, a emissora do tirano do Catar. Para esta, a presidente diz o que bem entender. E ninguém contesta. Se bem que não foi contestada por aqui também, mesmo sem tiranos… O objetivo da entrevista era demonstrar que “o Brasil perdeu a taça, mas ganhou a Copa”, como resumiu Aloizio Mercadante, ministro-chefe da Casa Civil.

Afirmou a presidente: “Os vaticínios, os prognósticos que se faziam sobre a Copa eram dos mais terríveis possíveis. Começava com o ‘não vai ter Copa’ até ‘nós teremos a Copa do caos’. O estádio do Maracanã, que ontem foi palco de um evento belíssimo, ia ficar pronto só em 2038, ou 2024. Enfim, não ficaria pronto nunca”. Vamos ver.
Quem, com um mínimo de seriedade, afirmava o “Não vai ter Copa”? A imprensa? Não! A oposição? Não! Isso era coisa de grupelhos radicalizados de extrema esquerda com os quais, diga-se, Gilberto Carvalho estava negociando, conforme confessou em entrevista.
Mercadante resolveu fazer uma alusão à revista VEJA e à Folha: “A revista de maior tiragem do Brasil fez uma manchete: ’2038: por critérios matemáticos, os estádios da Copa não ficarão prontos a tempo’. Tinha uma foto do Maracanã, que vocês viram na final da Copa, a beleza não só daquela arena, mas também de todas as outras arenas que foram apresentadas. O jornal de maior tiragem do país, no dia de abertura da Copa, tinha a seguinte manchete: ‘Copa começa hoje com seleção em alta e organização em xeque.
É evidente que Mercadante está se referindo à VEJA e à Folha, que apenas cumpriram a sua função. Não me lembro de aquela formulação ter sido “manchete” da revista. As obras estavam atrasadas mesmo. E é mais do que legítimo — na verdade, é uma obrigação — fazer a advertência. Por que o ministro não bate boca também com a Fifa, que, mais de uma vez, demonstrou irritação com o ritmo das obras?
Mais: Mercadante estudou economia, é isso? Deve ter passado por rudimentos de matemática, ao menos. Considerando as obras de mobilidade que não foram e não serão feitas, o prazo para a realização das obras de multiplicou ao infinito, senhor ministro. Deu pra entender ou quer que eu desenhe?
A mais indigna das falas, e isso não me surpreende, ficou com José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça. Referindo-se sabe-se lá a quais governadores, afirmou: “Há ainda hoje quem acredite que o governo federal deve passar recursos para os Estados fazerem a política da segurança pública”. Por que ele não diz quem pediu — e, pelo visto, não recebeu — recursos? Falo do que vi de perto: em São Paulo, enquanto a polícia se organizava para combater a baderna nas ruas, Gilberto Carvalho negociava, conforme confessou, com criminosos.
Eis aí. Provado está. Com a derrota acachapante, Dilma convoca uma entrevista coletiva com 15 ministros. Imaginem se o Brasil vence a Copa… Dilma tentaria mandar para o degredo os “inimigos da pátria”… Por Reinaldo Azevedo

PREFEITURA DE BELO HORIZONTE INICIA VISTORIA DE CINCO VIADUTOS

A Prefeitura de Belo Horizonte iniciou nesta segunda-feira vistorias em cinco viadutos que cortam a avenida Pedro I, onde uma estrutura desse tipo desabou no último dia 3. Os trabalhos devem ser realizados por 30 dias para verificar se "qualquer variação de posição desses viadutos" após o desabamento, que causou duas mortes e deixou 23 feridos. A prefeitura informou que "diariamente" serão feitas medições por equipes da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) e que também será contratada uma empresa para que os viadutos sejam "vistoriados por uma consultoria independente", com a participação de engenheiros, arquitetos e topógrafos, com acompanhamento da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec). Esses viadutos são todos obras do chamado PAC da Copa.

CUSTO DE LAVOURAS DE SOJA E MILHO NA SAFRA 2014/15 RECUA NO MATO GROSSO

Os custos de produção de soja e milho no Mato Grosso, principal Estado produtor de grãos do País, caíram desde o início do ano, segundo levantamento do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgado nesta segunda-feira. O levantamento refere-se à safra 2014/15, que começará a ser plantada em meados de setembro. Para a soja transgênica, mais comum no País, o custo caiu 5% para 2.433,73 reais por hectare plantado, na comparação entre o estudo publicado nesta segunda-feira, referente a junho, e a avaliação referente a janeiro. Em relação ao milho de alta tecnologia, o custo por hectare plantado também recuou 5%, para 1.923,49 reais, no mesmo período de tempo. Uma redução significativa, tanto para a soja quanto para o milho, ocorreu nos custos com defensivos (como herbicidas e inseticidas), que recuaram cerca de 10,5% desde o início do ano. Os desembolsos com defensivos, categoria de produtos que tem grande volume de importações, foram favorecidos pela cotação do dólar.

HENRIQUE EDUARDO ALVES PRETENDE COLOCAR EM VOTAÇÃO NESTA TERÇA-FEIRA O DECRETO BOLIVARIANO DE DILMA ROUSSEF QUE PRETENDE INSTITUIR A DITADURA SOCIALISTA NO BRASIL

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disse esperar um bom quórum nesta terça-feira para dar início à semana do esforço concentrado antes do início do recesso parlamentar de julho. Mas, as expectativas não são boas, já que a sessão extraordinária marcada para a noite desta segunda-feira começou com o baixíssimo quórum de 97 deputados na Casa, quando são necessários 257 parlamentares em plenário para deliberar. Após semanas de baixa produtividade em razão da Copa do Mundo, Henrique  Eduardo Alves avisou que a Câmara retomará os trabalhos com a votação da Medida Provisória (MP) 641, que altera regras de comercialização de energia, e do decreto legislativo que visa barrar os conselhos populares bolivarianos criados pela presidente Dilma Rousseff. Ele disse que o decreto não é mais uma bandeira da oposição e sim um desejo da Casa de colocar para apreciação do plenário. "Não é a oposição, a Casa quer votar. É a Casa que quer se manifestar sobre o decreto e o fará", declarou. Uma sessão extraordinária já foi convocada para as 12 horas desta terça-feira na tentativa de votar os projetos que seguem na pauta. Às 19 horas está marcada sessão conjunta do Congresso Nacional para apreciação dos vetos presidenciais.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PAULISTA LEILOA IMÓVEL DE 15 MIL METROS DA VASP NO AEROPORTO DE CONGONHAS

No próximo dia 31 irá a leilão um imóvel da Vasp localizado dentro do Aeroporto de Congonhas, um dos ativos mais valiosos da massa falida. O lote é constituído pelo edifício sede, prédio de operações, prédio do refeitório, prédio da segurança e prédio dos geradores com mais de 15 mil metros de área construída. O leilão será presencial e eletrônico. Os lances pela internet serão recebidos a partir do dia 21, às 14 horas e concorrerão em igualdade de condições com os lances recebidos no pregão físico de fechamento, que será no dia 31, às 14 horas. Serão aceitos lances para pagamento à vista e a prazo – neste caso, 20% do lance em até 24 horas a partir do encerramento do leilão, e o restante em até 10 parcelas mensais atualizadas com base na tabela do Tribunal de Justiça de São Paulo e acrescidas de juros simples de 1% ao mês. Providências de encargos para regularização do imóvel junto à Prefeitura, Cartório de Registro de Imóveis e outros órgãos serão por conta do arrematante. Outros cinco leilões com bens da Vasp ocorrerão ainda neste ano (três em agosto e dois em setembro) que englobam obras de arte, móveis, porcelanas e utensílios utilizados no interior das aeronaves, protótipos de aviões da empresa e objetos para colecionadores, como caixa-preta e outras peças de aeronaves. De acordo com o juiz Daniel Carnio Costa, da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Capital e responsável pelo processo de falência da Vasp, o valor arrecadado nos leilões será utilizado prioritariamente para o pagamento dos credores trabalhistas, até o limite de 150 salários mínimos para cada um. Parte deles já recebeu créditos provenientes dos últimos leilões.

NOVA FUSELAGEM DA AIRBUS ECONOMIZA 14% DE COMBUSTÍVEL

A Airbus lançou versões atualizadas se sua aeronave de fuselagem larga A330, com o objetivo de melhorar a eficiência no consumo de combustíveis, aumentar a autonomia e permitir que o avião possa competir com o modelo 787 Dreamliner da Boeing. A companhia disse nesta segunda-feira que o novo desenho dos modelos A330-800neo e A330-900neo reduzirá o consumo em 14% e aumentará a autonomia do aparelho em 400 milhas náuticas, o equivalente a 740 quilômetros. A empresa de Los Angeles Air Lease Corp infrmou que pretende comprar 25 aviões modelos A330-900 e 60 do A320neo. O lançamento foi anunciado no momento em que a Airbus enfrenta dificuldades para encontrar compradores para o modelo gigante A350. A companhia aérea Emirates cancelou recentemente um pedido do A350, e decidiu comprar aeronaves da Boeing de tamanho similar.

CNI APONTA QUE CRISE NO SETOR ELÉTRICO GERA ROMBO DE R$ 53,8 BILHÕES

A sucessão de problemas enfrentados pelo setor elétrico nos últimos dois anos deve gerar uma conta de R$ 53,8 bilhões para a sociedade brasileira, de acordo com um estudo elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e entregue a todos os candidatos à Presidência da República. Esse valor representaria a soma de todas as medidas que o governo precisou tomar para corrigir falhas oriundas do pacote de redução das tarifas de contas de luz e reorganizar a capacidade financeira das empresas de distribuição diante da crise energética decorrente da falta de chuvas no País. O documento detalha que R$ 28,5 bilhões referem-se ao rombo do setor elétrico em 2013, enquanto 25,3 bilhões seria o tamanho do buraco este ano. Desse total, a CNI calcula que os consumidores arcarão com R$ 35,3 bilhões, o que significa que esses valores deverão ser repassados para as contas de luz ao longo dos próximos anos. Já os R$ 18,5 bilhões restantes serão pagos pelos contribuintes, já que se tratam de desembolsos diretos do Tesouro Nacional, que são financiados pela emissão de dívida ou pelo aumento de tributos. Pelas projeções da entidade, o aumento médio das tarifas para os consumidores será de 10% em 2014 em termos reais, chegando a 16% quando se considera a inflação prevista para este ano. Já para 2015, a CNI prevê um novo aumento médio real de 12% nas contas de luz. "As tarifas de 2015 deverão voltar ao nível de dezembro de 2012, em termos reais, o que significa uma reversão da redução almejada pelo governo no pacote de energia", completa o documento. Para que os problemas acumulados nos últimos dois anos não voltem a ocorrer a CNI propõe aos candidatos à Presidência que o próximo governo aperfeiçoe os leilões de energia com parâmetros mais transparentes e eficientes para que não haja nova descontratação por parte das distribuidoras. A entidade novamente também defende medidas de estímulo ao ambiente de contratação livre de energia, muito acessado pela grande indústria. Embora o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) comandado pelo Ministério de Minas e Energia (MME) considere que o risco de déficit de eletricidade no País seja zero, a CNI aponta um descompasso de 2 mil megawatts (MW) médios entre a demanda e a oferta brasileira. O documento entregue pela entidade a todos os candidatos à Presidência da República é categórico ao afirmar que essa falta de equilíbrio entre o consumo elétrico do País e a capacidade de produção de energia em condições adversas é a "única explicação técnica que parece ser coerente com o observado desde 2012". Ao abordar a necessidade de ampliar o planejamento prévio do setor, a CNI argumenta a necessidade de contratação 13 gigawatts (GW) médios de nova capacidade de geração para atender ao crescimento de demanda projetado até 2023.

ISRAEL PRENDE SUSPEITOS QUE CONFESSAM TER QUEIMADO PALESTINO POR VINGANÇA; TERRORISTAS PALESTINOS QUE MATARAM TRÊS JOVENS ISRAELENSES CONTINUAM IMPUNES, E ASSIM FICARÃO

Três israelenses presos pela morte de um adolescente palestino confessaram ter sequestrado e ateado fogo ao jovem por vingança, disseram autoridades nesta segunda-feira. Suspendendo o sigilo judicial sobre o caso, Israel disse que os suspeitos, dois deles menores de idade, disseram aos policiais que ao matar Mohamed Abu Khder buscavam vingança pela morte de três estudantes israelenses de religião na Cisjordânia no mês passado. O suspeito adulto enfrenta as acusações mais graves e deve alegar como atenuante ter sofrido de distúrbios mentais no passado. "Espero em breve ter acesso aos dados da investigação, onde eu vou buscar apoio para a avaliação de que há um problema complexo em matéria de culpabilidade penal do meu cliente", disse um advogado da Honenu, uma organização de ajuda legal a ultranacionalistas israelenses. Essa é a grande diferença entre Israel e a Palestina, entre israelenses e palestinos, especialmente os da organização terrorista islâmica Hamas. Israel investiga os seus e os prende pelo assassinato de um jovem palestino; os palestinos não investigam e ainda glorificam a ação de seus terroristas que mataram antes três jovens estudantes da bíblia.

CRISTINA KIRCHNER DIZ À SELEÇÃO QUE "NÃO GOSTA DE FUTEBOL"

A presidente da Argentina, a peronista populista e muito incompetente Cristina Kirchner, admitiu nesta segunda-feira que não assistiu sequer a uma partida da seleção de seu país na Copa do Mundo, incluindo a final, uma gafe que alguns observadores disseram mostrá-la desconectada do clima nacional. Um dia depois de a Argentina perder a final do Mundial para a Alemanha por 1 x 0 no Maracanã, Cristina recebeu a seleção em Buenos Aires. Cristina recusou o convite da presidente Dilma Rousseff para comparecer à final, alegando estar com dor de garganta. Já a chanceler alemã, Angela Merkel, esteve presente e até saltitou de alegria com o gol da vitória. Embora não sejam de todo surpreendentes, dado seu conhecido desinteresse pelo esporte, os comentários de Cristina não irão lhe render o afeto do país, obcecado por futebol e arrasado com a derrota.

BALANÇA COMERCIAL TEM DÉFICIT DE US$ 240 MILHÕES NA SEGUNDA SEMANA DE JULHO

A balança comercial brasileira apresentou déficit (exportações menores que importações) de US$ 240 milhões na segunda semana de julho, após iniciar o mês com superávit de US$ 1,289 bilhão. O resultado semanal resulta de US$ 4,869 bilhões em exportações e US$ 5,109 bilhões em importações. Com o saldo negativo, o déficit acumulado no ano cresceu de US$ 1,2 bilhão para US$ 1,4 bilhão. No mês, o resultado está positivo em US$ 1,049 bilhão. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O déficit semanal ocorreu devido à queda nas vendas externas e ao crescimento das compras do Brasil no Exterior. A média diária exportada, que corresponde ao valor negociado por dia útil, ficou em US$ 973,8 milhões na segunda semana de julho, caindo 8% em relação à primeira semana do mês. Do lado das importações, a média diária ficou em US$ 1,022 bilhão, subindo 38,8% sobre igual período comparativo. Os responsáveis pela diminuição das exportações foram os itens semimanufaturados e manufaturados, com recuo de 26,7% e  16,6%, respectivamente. Nos semimanufaturados, caíram as vendas de ferro e aço, açúcar bruto e couros e peles. Já no caso dos industrializados, diminuiu o comércio de motores e geradores, hidrocarbonetos, açúcar refinado, aviões e laminados planos. No caso dos itens básicos, as vendas externas ficaram praticamente estáveis, com avanços em petróleo bruto, fumo em folhas e carne de frango e suína. Do lado das importações, a alta nas aquisições brasileiras pode ser explicada principalmente pelo aumento nos gastos com combustíveis e lubrificantes, equipamentos mecânicos, adubos e fertilizantes, plásticos, instrumentos de ótica e precisão e farmacêuticos.

ESTRANGEIROS PRESOS NO DISTRITO FEDERAL PODEM TER LIGAÇÃO COM ESQUEMA DE VENDA DE INGRESSOS

A Copa do Mundo chegou ao fim mas, a exemplo do Rio de Janeiro, no Distrito Federal a Polícia Civil promete continuar investigando a ação de estrangeiros suspeitos de integrar um esquema criminoso de venda irregular de ingressos do Mundial. "Mesmo terminada a Copa, as investigações vão continuar", disse o delegado Jefferson Lisboa, da Coordenação de Repressão aos Crimes contra o Consumidor, à Ordem Tributária e a Fraudes (Corf). "Já temos elementos suficientes para provar que se trata, no mínimo, de um esquema de associação criminosa. Disso não temos dúvidas. O que estamos fazendo agora é tentar reunir elementos para provar que se trata não só disso, mas sim de uma organização criminosa, na qual cada integrante tem uma função predefinida", adiantou o delegado. A Polícia Civil investiga como os suspeitos obtiveram tantos ingressos originais e se há alguma relação entre o esquema investigado na capital federal e os fatos denunciados no Rio de Janeiro. No dia 23 de junho, policiais brasilienses prenderam, nas imediações do Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, 11 pessoas que vendiam ingressos para a partida Brasil e Camarões. Além de sete brasileiros que, segundo o delegado, ofereciam entradas falsas, foram detidos dois holandeses, um polonês e um britânico. Na ocasião, o delegado informou não ter encontrado vínculo entre os brasileiros (paulistanos, em sua maioria) e os estrangeiros, que ofereciam ingressos originais e nominais a preços que variavam entre R$ 800,00 e R$ 1,5 mil. Apenas o britânico e o polonês tinham em mãos mais de 350 ingressos originais. "Isso chamou muito a nossa atenção. Como eles conseguiram essa quantidade de ingressos?", ponderou o delegado, que não adiantou mais detalhes da investigação, instaurada após as prisões em flagrante. Poucos dias depois do jogo entre Brasil e Camarões, os policiais brasilienses detiveram um português com 50 ingressos originais e dois turcos com 140 entradas.

BANCO DO BRICS CRIARÁ BASE DE SUSTENTAÇÃO FINANCEIRA PARA O BLOCO, DIZ O EMPRESÁRIO JORGE GERDAU JOHANNPETER, AQUELE QUE APROVOU A COMPRA A REFINARIA DE PASADENA PELA PETROBRAS

O empresário Jorge Gerdau Johannpeter disse nesta segunda-feira que considera “interessante” a proposta de criação de um banco de desenvolvimento do Brics, bem como as discussões sobre a evolução do bloco, porque, possivelmente, se criará uma base de sustentação financeira para projetos conjuntos dos cinco países formam o grupo: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Para Gerdau, cada país tem características próprias e a possibilidade de aproximação cria oportunidade. Mais de 700 empresários dos cinco países estão em Fortaleza para debater temas ligados ao comércio e aos investimentos entre os membros do grupo. Eles também terão encontros com os ministros de Finanças e de Comércio e presidentes de bancos centrais e de desenvolvimento de seus países. Sobre a possibilidade de o banco do Brics vir a se contrapor ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e ao Banco Mundial nas questões de interesse do bloco, Gerdau evitou polemizar sobre o assunto, mas destacou que, no sistema financeiro, a soma de capitais consegue conjugar recursos. “É importante para projetos maiores, inclusive de infraestrutura, ter retaguarda financeira. Quanto maiores as possibilidades e as perspectivas financeiras, maior a flexibilidade de solucionar projetos”, destacou o empresário brasileiro, responsável pela aprovação da compra da refinaria de Pasadena, no Texas, pela Petrobras, em um dos mais desastrosos negócios. Perguntado por jornalistas se o fortalecimento do Brics não era uma forma de enfrentar o excesso de poder dos Estados Unidos, inclusive no FMI, Gerdau pôs panos quentes e disse acreditar que, no caso do Brasil, quanto maior a diversidade de relações, melhor para o país. “Alguns países do Brics vêem nisso uma forma de se contrapor aos Estados Unidos, mas eu diria que, para o Brasil, com sua diversidade, quanto mais portas abertas, melhor.” Segundo o empresário, para um país com as dimensões do Brasil, é importante ter uma política e uma mentalidade de abertura ampla: “Quanto mais oportunidades se criam, justamente para os países do Brics, que potencialmente são países com condições e espaço de crescimento, essa relação é extremamente importante". Para Gerdau, um possível problema político para o Brics é o risco de perder relevância, já que outros blocos têm surgido com mais rapidez, como o Mist (México, Indonésia, Coréia do Sul e Turquia). O empresário diz que são iniciativas relevantes e ressalta que esse  é um bom motivo para que os membros do Brics se reúnam e identifiquem suas limitações e problemas, a fim de enfrentá-los e combatê-los. “Existem muitas coisas semelhantes nesse mercado global. Debater porque os nossos países têm  dificuldades maiores, ou não, são assuntos interessantes para serem discutidos”, acrescentou.

INVESTIGAÇÃO APURA ENVOLVIMENTO DE 30 POLICIAIS COM PCC

A operação da Polícia Civil de São Paulo que culminou na prisão de 39 suspeitos de integrarem o PCC, neste sábado, identificou ao menos 30 policiais civis e militares que teriam ligação com a facção criminosa. Os policiais sob suspeita foram flagrados ou citados em ligações telefônicas de criminosos do grupo interceptadas pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). A maioria dos agentes investigados é da Polícia Militar. Entre os casos investigados está o pagamento de propina para que os policiais ignorassem pontos de venda de drogas comandados pela facção criminosa. Os 39 presos são suspeitos de ligação com o crime organizado e de participar de ações comandadas pela fação que age dentro e fora dos presídios. Durante a operação, comandada pelo Deic, foram apreendidas armas, drogas e documentos. Cerca de 200 agentes da Divisão de Investigações sobre Crimes Contra o Patrimônio participaram da ação. Foram cumpridos 43 mandados de prisão e 47 de busca e apreensão desde a última segunda-feira. Segundo informações do Deic, dois homens que fazem parte do alto escalão do PCC estão entre os presos. Um deles atuaria como "diretor operacional" da facção fora da cadeia e o outro seria dono de uma loja de carros usados na Zona Leste da capital paulista, onde o bando realizava reuniões. Em São Paulo, as prisões foram realizadas nas Zonas Leste e Sul, mas também houve prisões nas cidades de Guarulhos e Suzano, na Região Metropolitana. Segundo o Deic, foram seis meses de investigação. Na ação, a polícia apreendeu um fuzil, uma submetralhadora e quatro pistolas. Cem quilos de cocaína e crack, 43 quilos de maconha e 200 frascos de lança-perfume também foram encontrados.

ECONOMISTAS VÊEM INFLAÇÃO A 6,48%, PERTO DO TETO DA META

Economistas de instituições financeiras elevaram a expectativa para a inflação este ano para 6,48%, ante 6,46% esperados na semana passada, mostra relatório Focus do Banco Central, divulgado nesta segunda-feira. Para o ano que vem, contudo, a projeção se manteve em 6,10%, patamar também considerado alto, uma vez que o teto da meta de inflação é de 6,50%. Em junho, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) avançou 0,40% e acumulou, em 12 meses, alta de 6,52%, acima do teto da meta de inflação, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na terça-feira. Ao mesmo tempo, o mercado voltou a reduzir a previsão de crescimento da economia, de 1,07% para 1,05%. Apesar de a redução ter sido pequena, isso mostra a falta de confiança de economistas sobre a recuperação do Produto Interno Bruto. Para 2015, a expectativa foi mantida em expansão de 1,50%. Os economistas consultados ainda mantiveram a projeção de que a Selic será mantida em 11% nesta semana, quando o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central se reúne novamente, e deve encerrar o ano no mesmo patamar.

ANATEL PUBLICA REGRAS PARA EVITAR INTERFERÊNCIAS ENTRE 4G E TV DIGITAL

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou regulamento para que os serviços de televisão digital e de telefonia celular de quarta geração (4G) não gerem interferências entre si, em uma preparação para o leilão da faixa de frequência de 700 MHz para 4G, que deve ocorrer em agosto. Segundo resolução publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União, o objetivo do regulamento é reduzir as "eventuais interferências prejudiciais entre os serviços". Entre as medidas para a redução das interferências, o documento inclui aplicação de filtros e alteração de potências de transmissão. Entretanto, se os problemas permanecerem, a Anatel afirma que "por iniciativa própria ou solicitação dos envolvidos, atuará no sentido de possibilitar a exploração dos serviços". A agência não dá mais detalhes sobre o assunto. O setor de radiodifusão está preocupado com a possibilidade de interferência do 4G na recepção da TV digital em casa. Cada serviço trafega em uma faixa da frequência: a que vai ser leiloada para o 4G é próxima da usada pela TV digital, o que provoca interferências – um serviço invade a faixa do outro.

EXECUTIVO LIGADO À FIFA, ACUSADO DE COMANDAR VENDA ILEGAL DE INGRESSOS DA COPA DO MUNDO, ENTREGA-SE À POLÍCIA

Raymond Whelan, o CEO da empresa Match acusado de chefiar um esquema ilegal de venda de ingressos de partidas da Copa do Mundo, se entregou no início da tarde desta segunda-feira à Justiça do Rio de Janeiro. O inglês de 64 anos estava foragido desde a quinta-feira da semana passada, mas decidiu entrar em contato com a desembargadora Marília de Castro Neves Vieira, que na semana passada havia concedido o habeas corpus que o libertou depois de sua primeira prisão no Rio de Janeiro. Segundo os policiais, a desembargadora entrou em contato com o delegado responsável pela operação Jules Rimet, Fábio Barucke, e solicitou que policiais fossem buscá-lo. Ele foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. O escritório do advogado de Whelan, Fernando Fernandes, confirmou a informação. "O executivo Raymond Whelan está na carceragem do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Ele acabou de se apresentar à desembargadora Rosita Maria de Oliveira Netto, da 6ª Câmara Criminal, relatora do processo contra ele", informou. No último dia 7, a Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu Whelan no hotel Copacabana Palace. A investigação da operação Jules Rimet concluiu que Whelan tem ligação com o franco-argelino Lamine Fofana, um dos onze presos na semana passada. A Match tem direitos exclusivos para a venda de pacotes para o Mundial. Na suíte de Whelan foram apreendidos cerca de cem ingressos para a Copa do Mundo no Brasil. Um dia após sua prisão, Whelan obteve um habeas corpus e foi solto no 18º DP (São Cristóvão), na Zona Norte do Rio de Janeiro. Na quinta-feira, a Justiça decretou a prisão preventiva de Raymond Whelan, no entanto, a Polícia Civil do Rio de Janeiro foi até o Copacabana Palace, onde estava hospedada alta cúpula da Fifa, e descobriu que o inglês fugira 15 minutos antes da chegada dos agentes.

COSTA CONCORDIA VOLTA A FLUTUAR E AGORA SEGUIRÁ PARA GÊNOVA, ONDE SERÁ DESMONTADO

O navio de cruzeiro Costa Concordia, que naufragou em frente à ilha italiana de Giglio, na Toscana, em janeiro de 2012 e deixou 32 pessoas mortas, voltou a flutuar nesta segunda-feira, informaram as autoridades envolvidas nas operações de resgate do navio. As operações para colocar a carcaça do navio em flutuação foram iniciadas às 6 horas locais (1 hora no horário de Brasília) e, mesmo antes do encerramento desta primeira fase, a embarcação já havia se desprendido das plataformas artificiais em que seguia apoiada de maneira temporária. Na sequência, de acordo com o plano de resgate, o navio Costa Concordia será elevado e carregado 30 metros mar adentro. Após essa operação, o Costa Concordia será rebocado à cidade portuária de Gênova, que está a 240 quilômetros de distância do local atual da embarcação. Em Gênova, o navio será inteiramente desmontado, como anunciou o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, no último dia 30 de junho.

CBF ACEITA PEDIDO DE DEMISSÃO E FELIPÃO ESTÁ FORA DA SELEÇÃO BRASILEIRA, ACABOU A SUA CARREIRA

Luiz Felipe Scolari não é mais o treinador da seleção brasileira. No fim da noite de domingo, um dia depois da derrota por 3 a 0 para a Holanda, pela decisão do terceiro lugar da Copa do Mundo, a CBF aceitou o seu pedido de demissão. Com Felipão, saíram também todos os componentes da comissão técnica da seleção, inclusive o coordenador técnico Carlos Alberto Parreira e o auxiliar técnico Flávio Murtosa. O treinador, campeão do mundo em 2002, ficou em posição muito frágil por causa da goleada por 7 a 1 sofrida na partida contra a Alemanha, pela semifinal do Mundial. Felipão assumiu o comando da seleção pela segunda vez no fim de 2012, logo após a demissão de Mano Menezes. Amparado pelo prestígio de campeão mundial, o gaúcho ganhou ainda mais força com o título da Copa das Confederações, conquistado com uma vitória sobre a Espanha, por 3 a 0, na final. No total, o treinador comandou a equipe em 29 jogos, com 19 vitórias, seis empates e quatro derrotas (aproveitamento de 72,4%) - o time marcou 70 gols e sofreu 29 (14 deles na Copa do Mundo). No Mundial, foram três vitórias, dois empates e duas derrotas. É o fim da carreira desse técnico turrão, grosso, que não se atualizou.

CITIGROUP PAGARÁ MULTA DE US$ 7 BILHÕES POR HIPOTECAS DE ALTO RISCO

O banco Citigroup anunciou nesta segunda-feira um acordo com o Departamento de Justiça para pagar 7 bilhões de dólares pela venda de hipotecas de alto risco durante os anos anteriores à explosão da bolha financeira de 2008. A entidade financeira pagará 4 bilhões de dólares em sanção civil ao Departamento de Justiça e mais 500 milhões de dólares ao Escritório Federal de Seguro de Depósitos (FDIC). Além disso, precisará abonar outros 2,5 bilhões de dólares para refinanciar hipotecas de pessoas que estão com dificuldade em arcar com os pagamentos. O diretor-executivo do Citigroup, Michael Corbat, afirmou em comunicado que "o acordo nos permite avançar e nos estabilizar no futuro, não no passado". O banco já anunciou sua intenção de pagar 3,8 bilhões de dólares no segundo trimestre. O procurador-geral dos Estados Unidos, Eric Holder, comemorou o acordo e destacou que "a má conduta do banco havia sido degradante". "Sob os termos do acordo, o banco admitiu sua má atuação", disse. A investigação das autoridades dos Estados Unidos inclui outras grandes entidades financeiras, como JP Morgan Chase, que em novembro passado aceitou pagar 13 bilhões de dólares por sua responsabilidade na venda de ativos financeiros de alto risco, em especial hipotecas, antes da crise financeira de 2008. O Bank of America passa por um processo semelhante e espera-se que nos próximos meses chegue a um acordo com os reguladores.

EMBRAER RECEBE ENCOMENDA DE 50 JATOS POR US$ 2,4 BILHÕES

A Embraer anunciou nesta segunda-feira que recebeu encomenda de 50 jatos 175 E-2 durante a feira internacional de aviação de Farnborough, na Inglaterra, com opção de venda adicional de mais 50 unidades. O pedido, feito pela norte-americana Trans States Holdings, é avaliado em cerca de 2,4 bilhões de dólares a preços de tabela dos aviões. As entregas devem começar a partir de junho de 2020. Também nesta segunda-feira, a empresa de aviação comunicou que entregou 92 aviões nos seis primeiros meses do ano, número maior do que o visto no mesmo período de 2013, quando despachou 80 unidades. Até o final de junho, a carteira de pedidos de aviação comercial da companhia registrava 1.481 encomendas firmes, 760 opções (quando os clientes podem aumentar sua compra) e 440 aeronaves a serem entregues. Entre os pedidos firmes estão três jatos modelo 175 e dez jatos modelo 190 encomendados por clientes "não divulgados". Somente no segundo trimestre, a maior fabricante de jatos regionais do mundo entregou 58 aeronaves (29 jatos comerciais e 29 jatos executivos). Entre abril e junho de 2013, haviam sido despachadas 51 aeronaves. Dos 29 aviões comerciais entregues, 16 eram do modelo 175, oito do modelo 190 e cinco do modelo 195. Com relação aos aviões executivos, 22 unidades correspondiam a jatos leves, enquanto sete eram de modelos grandes, sendo um Lineage 1000 e seis Legacy 650. Sua carteira de pedidos firmes totalizou 18,1 bilhões de dólares no segundo trimestre, ante 19,2 bilhões de dólares no primeiro trimestre. Já na comparação anual, a carteira de pedidos firmes teve alta de aproximadamente 6%. Os números do segundo trimestre serão divulgados em 31 de julho. No primeiro trimestre deste ano, o lucro da Embraer mais do que quadriplicou na comparação com os três primeiros meses de 2013. As entregas de jatos comerciais, entretanto, tiveram o pior resultado em pelo menos cinco anos.

MORRE AOS 90 ANOS A ESCRITORA NOBEL DE LITERATURA NADINE GORDIMER

Morreu no domingo, aos 90 anos, a escritora sul-africana Nadine Gordimer, Prêmio Nobel de Literatura 1991 e ativista contra o regime do apartheid. Segundo membros da família, Nadine faleceu enquanto dormia, em sua própria casa. Ela lutava desde março deste ano contra um câncer no pâncreas. Ao longo da carreira, Nadine publicou mais de 30 livros, incluindo o romance "A História de Meu Filho" (1990), "Burger's Daughter" (1979) e "July's People" (1982). Em 1974, a escritora levou o prêmio Man Booker pela obra "O Engate". Quando recebeu o Nobel de Literatura, o comitê organizador alegou que o prêmio estava sendo entregue a ela devido à sua "escrita épica magnífica". Uma das principais vozes contra o regime do apartheid, Nadine publicou seu primeiro livro em 1949, um ano depois do Partido Nacional chegar ao poder e oficializar a segregação na África do Sul. De forma quase inevitável, sua escrita foi influenciada pelos acontecimentos do país e a injustiça e a opressão do apartheid se tornaram temas recorrentes em sua obra literária. Três de seus livros sofreram censura do governo, mas mesmo nos momentos mais sombrios do regime, que durou de 1948 a 1994, a escritora se recusou a deixar a África do Sul. O engajamento político da escritora, porém, não deve ofuscar a qualidade de sua prosa simples e sutil, despida de sentimentalismo. Ao receber o Nobel, em 1991, Nadine deixou claro que a literatura ainda era sua principal vocação. "Algumas pessoas dizem que me deram o prêmio não pelo que escrevi, mas por minha política. Mas eu sou uma escritora. Essa é minha razão para seguir vivendo", declarou. Amiga de Nelson Mandela e apoiadora do Congresso Nacional Africano (CNA), partido que lutava pelos direitos dos negros no apartheid, Nadine não se omitiu de criticar Thabo Mbeki, sucessor de Mandela na presidência da África do Sul e um dos líderes da legenda, quando discordou da política sanitária do governante em relação à aids. A sul-africana, no entanto, não demonstrava o mesmo senso crítico ao analisar a situação de Cuba. Assim como outro Prêmio Nobel falecido recentemente, o colombiano Gabriel García Márquez, Nadine sempre foi simpática ao regime de Fidel Castro. Resumindo: Nadine Gordimer era uma comunista, como o CNA sul-afircano. Nadine Gordimer nasceu em Springs, na África do Sul, em 1923, e escreveu sua primeira história aos 15 anos de idade. Suas narrativas tinham como tema principal o apartheid, o exílio e a alienação. Ela foi casada por duas vezes e deixa dois filhos: Hugo, de 59 anos, e Oriane, de 64 anos.

CESAR MAIA TEM CANDIDATURA AO SENADO IMPUGNADA NO RIO DE JANEIRO

A Procuradoria Regional Eleitoral do Rio de Janeiro impugnou nesta segunda-feira o registro da candidatura do ex-prefeito Cesar Maia, do DEM, ao Senado. O caso será julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral em até 45 dias. Foram impugnados 35 registros de candidatos, de um total de 2.852 pedidos analisados. O Ministério Público argumentou que Cesar Maia se enquadra na Lei da Ficha Limpa, que proíbe políticos condenados por colegiados e em mais de uma instância de disputarem cargos eletivos. O ex-prefeito foi condenado em maio passado, em segunda instância, pela 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, por improbidade administrativa, por ter usado recursos públicos para a construção da igreja de São Jorge, em Santa Cruz (Zona Oeste), quando governava a cidade, em 2005. Maia teve os direitos políticos suspensos por cinco anos. "Em sua análise, a Procuradoria Regional Eleitoral avaliou condições de inelegibilidade como a condenação criminal por órgão colegiado - os chamados "fichas sujas" e suspensão de direitos políticos em condenação por improbidade administrativa", diz nota da procuradoria. O Ministério Público informou ainda que o candidato que tiver o registro indeferido pode recorrer da decisão e, enquanto aguarda o julgamento do recurso, está autorizado a continuar a campanha e seu nome será mantido na urna eletrônica. Cesar Maia afirmou que apresentará ao Tribunal Regional Eleitoral as explicações sobre o processo em que foi condenado em segunda instância, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, por improbidade administrativa. Além de prestar esclarecimentos à justiça eleitoral, Cesar Maia disse que recorrerá ao Superior Tribunal de Justiça contra a condenação da Justiça do Rio de Janeiro. O ex-prefeito diz que a Justiça entendeu que ele feriu o caráter laico do Estado ao construir a igreja de São Jorge, em Santa Cruz, mas que não houve condenação pelo uso de recursos públicos. Cesar Maia é candidato a senador na chapa do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB).

PORTUGAL VAI ABRIR UMA ESCOLA PÚBLICA EM SÃO PAULO

Portugal vai abrir uma escola pública no Estado de São Paulo. A informação foi confirmada pelo secretário do Ensino e da Administração Escolar de Portugal, João Casanova de Almeida, que esteve no Brasil na semana passada para encontros com o ministro brasileiro da Educação, Henrique Paim, e com o secretário de educação paulista, Herman Voorwald. São Paulo foi escolhido pelo tamanho da população: 43,6 milhões de habitantes. Sozinho, o Estado tem o maior números de falantes de língua portuguesa no mundo, atrás, é claro, do Brasil. A escola deve ser inaugurada em 2015. A instituição será financiada pelo Ministério da Educação português via Câmara de Comércio de Portugal e administrada pela Secretaria de Educação paulista. O objetivo da iniciativa, segundo Almeida, é estreitar as relações acadêmicas entre o dois países. "Queremos que essa seja a melhor escola de São Paulo e que se torne referência", diz. Os professores serão escolhidos entre os docentes da rede de ensino paulista, que também será responsável por encontrar o local que abrigará a escola. Portugal já tem escolas públicas em Macau, Timor Leste, Angola e Moçambique, que recebem em média 1.500 alunos cada. Em Moçambique, a procura por vagas superou as expectativas e levou o governo português a abrir uma segunda unidade. Em todas as escolas há um centro de formação de professores que atende toda a rede de ensino. A expectativa é que o mesmo aconteça no Brasil. O currículo da instituição já está sendo elaborado por equipes técnicas dos dois países, mas o secretário português adiantou que o objetivo é trazer ao Brasil experiências que deram certo em Portugal: "O estudante começará na pré-escola e seguirá até o ensino médio na mesma unidade, pois a experiência já nos mostrou que isso garante melhor desempenho escolar". Na última edição do Pisa (Programme for International Student Assessment), mais importante avaliação educacional do planeta, realizada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Portugal obteve melhor pontuação que o Brasil. Em leitura, a nota foi 488, em matemática, 487 e, em ciências, 489. O Brasil, por sua vez, obteve 410, 391 e 405 pontos, respectivamente. Seguindo a tradição escolar portuguesa, a instituição em São Paulo terá, desde a educação infantil, um currículo obrigatório de leitura de obras escritas no idioma. O prédio abrigará ainda uma biblioteca vinculada à Biblioteca Nacional de Portugal, que garantirá o acervo de livros. Segundo Almeida, a escola oferecerá aos alunos dupla certificação, ou seja, ao sair do ensino médio, o aluno estará habilitado para cursar o ensino superior nos dois países. Recentemente, a Universidade de Coimbra decidiu selecionar alunos brasileiros por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

PETROBRAS E ESTATAL RUSSA ROSNEFT ASSINAM ACORDO PARA TENTAR ESCOAR GÁS DA AMAZÔNIA

A petroleira estatal russa Rosneft assinou acordo com a Petrobras para buscar maneiras de vender o gás natural disponível em regiões remotas da selva amazônica, disseram as companhias nesta segunda-feira. As empresas não deram detalhes do acordo, e limitaram-se a dizer a que é um "protocolo de intenções". A Rosneft detém 51% de participação em blocos de petróleo e gás na bacia do Solimões, a oeste de Manaus, no Amazonas, em parceria com a HRT , que possui os outros 49%. Os blocos contêm reservas contingentes estimadas em 542 milhões de barris de óleo equivalente, sendo que 83% deste volume é de gás natural, segundo a HRT. As reservas contingentes são formadas por petróleo e gás que foram descobertos mas não têm todos fatores que garantam sua viabilidade comercial. As reservas estimadas atualmente são equivalentes ao volume de petróleo que os Estados Unidos utilizam em um mês. O acordo entre Rosneft e Petrobras foi assinado durante uma visita do presidente russo Vladimir Putin ao Brasil. Dois anos atrás, a HRT e a Petrobras assinaram um memorando de entendimento para estudar as opções de venda de gás na Amazônia. Apesar do acordo e de vários estudos, nenhuma solução foi encontrada. Explorar gás na Amazônia é difícil devido à distância até grandes centros consumidores e à complexidade da construção de gasodutos no meio da selva. Entre a região do gás e Manaus, centro consumidor mais próximo, há cerca de 900 quilômetros de floresta densa. O gasoduto mais próximo, da Petrobras, foi construído para que a estatal brasileira possa escoar seu próprio gás produzido na região. "Temos diferentes opções. Precisamos vender o gás e a Petrobras tem um sistema de transporte ao qual se poderia ter acesso, e nós iremos discutir estas questões", disse o presidente da Rosneft, Igor Sechin, durante a visita de Putin no Brasil.

SELEÇÃO DA FIFA TEM OSCAR E THIAGO SILVA, MAS NÃO MESSI, NEM NEYMAR, NEM DAVID LUIZ

A Fifa divulgou nesta segunda-feira a última atualização de sua seleção da Copa do Mundo, com base em um ranking de estatísticas. O argentino Lionel Messi, que recebeu o prêmio Bola de Ouro como melhor jogador do torneio, ficou fora da lista. O time ideal da Copa tem cinco campeões mundiais: Manuel Neuer, Mats Hummels, Philipp Lahm, Thomas Müller e Toni Kroos – o último teve a melhor nota da competição: 9,79 de média. Os brasileiros Thiago Silva e Oscar também integram a relação. A escolha de Messi como melhor jogador da Copa não tem relação com a eleição da equipe ideal, pois foi realizada pelo Grupo de Estudos Técnicos da FIFA. Além de Messi, o francês Paul Pogba, eleito a revelação do Mundial, também ficou fora da lista elaborada pela Fifa em parceria com a empresa Castrol. Messi teve nota final de 9,46 e terminou como 11º no ranking de estatísticas. Ele foi excluído da lista, no entanto, pois seus concorrentes Arjem Robben e Thomas Müller terminaram a sua frente. Veja a lista da seleção das estatísticas da Fifa: Goleiro - Manuel Neuer (Alemanha): 9,33; Defensores - Mats Hummels (Alemanha), 9,66; Stefan De Vrij (Holanda), 9,7; Thiago Silva (Brasil), 9,54; Marcos Rojo (Argentina), 9,51; Meio-campistas - Phillip Lahm (Alemanha), 9,39; Oscar (Brasil), 9,57; James Rodríguez (Colômbia), 9,37; Toni Kroos (Alemanha), 9,79; Atacantes - Arjem Robben (Holanda), 9,74 e Thomas Müller (Alemanha), 9,63 pontos.

GOVERNO BRASILEIRO CULPA EUROPEUS POR ATRASO NO ACORDO ENTRE MERCOSUL E UNIÃO EUROPÉIA

Durante as duas décadas em que Mercosul e União Européia mantêm sobre a mesa a proposta de negociação de um acordo de facilitação de comércio, as dificuldades têm sido diversas: vão desde a resistência européia à entrada de produtos básicos brasileiros até as dificuldades nacionais de abrir espaço para bens manufaturados europeus. Atualmente, entretanto, o impasse é político. Pressionada por setores da economia para ampliar a parceria com a União Européia em relação ao Mercosul, a presidente Dilma Rousseff considera que são os europeus que resistem ao movimento, de acordo com auxiliares da presidência. A avaliação é que a vitória de partidos conservadores na renovação, em maio, do Parlamento Europeu, imprimiu características mais protecionistas às nações do bloco. Por outro lado, os europeus se ressentem de medidas adotadas pelo Brasil, em especial a reserva de mercado para automóveis fabricados localmente. A União Européia questiona, na Organização Mundial do Comércio (OMC), a política industrial do governo Dilma que, entre outras medidas, impôs uma sobretaxa de 30% para carros produzidos fora do Mercosul. A equipe de Dilma reconhece que, hoje, a retomada de alianças com a União Européia é estratégica, de modo a criar novas perspectivas de estímulo para economia, agradar empresários e também por questões eleitorais. Apesar do esforço brasileiro, as negociações com a União Européia naufragaram especialmente diante da crise da Argentina. Vem daí o apelo de empresários para revisar as regras do Mercosul para dar ao Brasil mais liberdade de acordos comerciais sem os vizinhos.

DEPUTADO PETISTA PAULISTA, QUE FOI ASSALTANTE E FORAGIDO DA JUSTIÇA, REGISTRA A PRÓPRIA CANDIDATURA À REVELIA DO PT

À revelia do PT, o deputado estadual Luiz Moura (PT), que foi assaltante e foragido da Justiça, registrou no sábado a própria candidatura à reeleição em São Paulo. Na sexta-feira, o Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu, em análise preliminar, que ele havia sido suspenso e impedido de participar da convenção estadual do PT de forma irregular. No início de junho, a Comissão Executiva do PT paulista decidiu afastar Moura por 60 dias após a revelação de que ele participara, em março, de uma reunião com 18 integrantes da fação criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Para disputar um segundo mandato na Assembléia Legislativa, Moura acionou a Justiça Comum e conseguiu anular a suspensão e invalidar a convenção estadual do PT, encontro que escolheu os candidatos do partido ao Legislativo e confirmou o nome do ex-ministro Alexandre Padilha como candidato ao governo de São Paulo. Na última sexta-feira, o PT conseguiu reverter a anulação da convenção, que ameaçava a candidatura de Padilha. O juiz Renato de Abreu Perine, no entanto, decidiu que Moura poderia se candidatar. O requerimento de Moura será analisado pela desembargadora Diva Malerbi, que já avaliava os pedidos de registro de todos os candidatos do PT em São Paulo. A Justiça Eleitoral aceita que um candidato registre a própria candidatura individualmente, caso o partido a que pertence ou a coligação pela qual concorrerá não tenham incluído seu nome na lista oficial. Caberá ao Tribunal Regional Eleitoral decidir sobre a validade da candidatura de Moura. O PT ainda pretende deixar Moura fora de sua chapa de candidatos a deputado estadual. "É o PT e a sua convenção que estabelecem de forma democrática a composição de sua chapa", disse Padilha na sexta-feira ao comentar a decisão judicial. No mesmo dia, o prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT), defendeu a exclusão de Moura do partido: "Se dependesse de mim, já estava expulso". Luiz Moura e o irmão, o vereador na capital paulista Senival Moura (PT), montaram base política na Zona Leste da cidade. Ambos têm forte influência nas cooperativas de transporte alternativo e em indicações políticas nas subprefeituras e na secretaria municipal de Transportes. Quando a Comissão Executiva do PT negou a legenda a Luiz Moura, Senival escolheu o ex-chefe de gabinete da Subprefeitura de Guaianazes, Jorge do Carmo, seu indicado na prefeitura, para substituir o irmão como candidato a deputado estadual. O vereador tentará uma vaga na Câmara dos Deputados, em Brasília, e faz campanha ao lado de Jorge do Carmo.

O BRADO RETUMBANTE

O povo que pôs fim à ditadura, que depôs um presidente na lei e na ordem e que venceu a inflação, convivendo com duas moedas, merece uma Seleção melhor, um governo melhor, uma oposição melhor, uma classe política melhor e um futuro melhor. Já chegou a hora de aposentar a tese de que “todo povo tem o governo que merece”. A população brasileira já passou, e passa ainda, poucas e boas. Ainda assim, acredita no futuro, recebe bem quem vem de fora, luta — a esmagadora maioria ao menos — para ganhar a vida honestamente. Merece ser governado por uma classe política mais decente.

Esse povo está cansado, sim, de empulhação, de roubalheira, de um estado que não funciona. Quando pede “escola e saúde padrão Fifa”, está despertando para o fato de que é um dos maiores pagadores de impostos diretos e indiretos do mundo, sem que o Poder Público lhe dê o devido retorno.
A resposta para isso, claro!, não é a tal democracia direta dos conselhos populares, como agora ameaçam os petistas. Essa democracia direta é justamente o contrário do que querem milhões de pessoas: o que se pede é uma República dos Iguais, não uma República dos Diferentes — porque ligados a um partido, a um sindicato ou pertencentes a uma classe.
O governo petista está batendo cabeça para tentar entender o que se passa e não consegue porque se apega à ortodoxia de esquerda, dos movimentos organizados, o que levou Gilberto Carvalho, por exemplo, a negociar com criminosos, já que confessou ter se encontrado várias vezes com black blocs.
Qualquer que seja o resultado nas urnas neste 2014, vença o governo de turno ou a oposição, é preciso que o estado se abra mais para ouvir a sociedade, não entregando a administração pública a minorias, a conselhos e a sovietes. Precisamos é de indivíduos mais livres para empreender, dentro das regras do jogo. Vença Dilma, Aécio ou Campos, quem não entender o “brado retumbante” corre o risco, numa situação econômica não muito favorável que vem pela frente, de ter sérios problemas com a governabilidade.
O brado retumbante pede governantes mais sérios. O brado retumbante quer um governo melhor, uma Seleção melhor, uma escola melhor, uma saúde melhor. A razão é simples: o povo paga caro por isso tudo. E não recebe a mercadoria. Está cansado de ser vítima de uma espécie de estelionato da cidadania. Por Reinaldo Azevedo

ENTREVISTA DE DILMA À AL JAZEERA PODE INDICAR UM PRINCÍPIO DE ROMPIMENTO DA PRESIDENTE COM A REALIDADE. PREOCUPANTE!

O povo brasileiro ainda nem se refez do maior vexame em cem anos do futebol brasileiro, e eis que ressurge Dilma Rousseff, no noticiário, a dar uma opinião: segundo ela mesma, o povo brasileiro deveria lhe dar um segundo mandato. A afirmação foi feita em entrevista à TV Al Jazeera, do Catar, aquela emissora que pertence a um tirano influente e que costuma sair por aí insuflando revoltas árabes — menos no Catar, é claro, que, de resto, financia extremistas mundo afora. Mas sigamos.

Disse a governanta: “Eu acredito que o povo brasileiro deve me dar oportunidade de um novo período de governo pelo fato de que nós fazemos parte de um projeto que transformou o Brasil”. E prosseguiu: “O Brasil tinha 54% de sua população entre pobres e miseráveis em 2002. Hoje, todos aqueles que vivem na classe C para cima representam 75%, três em cada quatro brasileiros. Nós transformamos a vida dessas pessoas. O Brasil mudou de perfil e foi feito isso com a democracia vigente”.
Por esse especioso raciocínio de Dilma, o Plano Real, por exemplo, que pôs fim à hiperinflação não mudou o Brasil — o mesmo Plano Real contra o qual o PT lutou bravamente. Mais do que isso: recorreu ao Supremo contra ele e também contra a Lei de Responsabilidade Fiscal. Quanto a essa tal Classe C, já passou da hora de desmistificar essa falácia.
O oficialismo inventou a tal nova classe média. Segundo a SAE (Secretaria de Assuntos Estratégicos, são as famílias com renda per capita, atenção!, entre R$ 300 e R$ 1.000. Um casal cujo marido ganhe o salário mínimo (R$ 678) — na hipótese de a mulher não ter emprego — já é “classe média” — no caso, baixa classe média (com renda entre R$ 300 e R$ 440). Se ela também trabalhar, recebendo igualmente o mínimo, aí os dois já saltarão, acreditem, para o que a SAE considera “alta classe média” (renda per capita entre R$ 640 e R$ 1.020). Contem-me aqui, leitores, como vive e onde mora que tem um renda per capita de R$ 640! O aluguel de um único cômodo na periferia mais precária não sai por menos de R$ 250… Segundo a SAE, renda per capita acima de R$ 1.020 já define classe alta. Na minha casa, somos da classe alta os que aqui moramos e a nossa empregada, além de todos os porteiros do prédio.
Desde que chegou ao poder, o PT vem se dedicando, já escrevi aqui, com a preciosa colaboração teórica dos chamados “economistas da pobreza”, a criar a classe média por decreto e a erradicar a miséria por decreto. Dilma está a um passo de declarar o Brasil um país “sem miseráveis”. Está por um triz. E como isso foi feito? Inventou-se a existência de milhões de pessoas que estariam na “pobreza extrema”, as famílias com renda per capita de até R$ 70 mensais — R$ 2,33 por dia. Caso se faça um levantamento a sério, vai-se constatar que essas pessoas até podem existir no campo (e olhem lá!) — na cidade, não! Na zona rural, acabam sobrevivendo porque, ainda que precariamente, produzem parte do que comem. Nas cidades, fazendo bico aqui e ali, a renda é maior do que isso. Muito maior! Mesmo a daqueles oficialmente listados entre os extremamente miseráveis. Os pobres desgraçados do crack, que já estão sem casa, sem calçado, quase sem roupa, têm renda superior a R$ 2,33 por dia. Sabem por quê? Cada pedra custa de R$ 5 a R$ 10! O que estou dizendo é que existe uma economia informal que eleva essa renda. A propósito: se formos considerar o número de pedras consumidas nas cracolândias da vida e o que isso significa em termos de renda, vamos concluir que aquela gente que vaga como zumbi pelas ruas compõe a classe media alta, segundo o oficialismo. É uma piada!
Maluquice
A presidente entrou numa espécie de surto megalômano. Ela reconhece as dificuldades econômicas do país e afirma: “Temos tomado todas as medidas para entrar em um novo ciclo. Temos que melhorar a produtividade da economia brasileira. Nós estamos numa fase de baixa de ciclo econômico, mas sabemos que vamos entrar em outra fase do ciclo. Estamos nos preparando para melhorar a competitividade do país, aumentar as condições pelas quais nós vamos poder enfrentar essa nova etapa. Se não entrar para o resto do mundo [fase econômica], eu lhe asseguro que entra para o Brasil”.
Heeeinnn? A presidente inventou o Brasil como uma ilha. Há uma boa possibilidade de o país crescer menos de 1% neste 2014, e a nossa soberana, ora vejam, diz que, se o resto do mundo não seguir o nosso país, iremos sozinhos. É patético!
Como se fosse uma candidata da oposição, afirma: “O Brasil é um país que tem demorado muito para modernizar seu Estado. Nós precisamos de um pais sem burocracia, de um Estado mais amigável tanto para os cidadãos quanto para os empresários, empreendedores e trabalhadores”.
É mesmo? O PT está no poder há 12 anos. A última iniciativa da soberana para modernizar o estado foi fazer um decreto que entrega a gestão da coisa pública a conselhos populares. Tenham paciência! Por Reinaldo Azevedo

PRESIDENTES DOS BRICS CRIAM BANCO DE US$ 50 BILHÕES NESTA TERÇA-FEIRA, EM FORTALEZA

Nesta terça-feira, em Fortaleza, os presidentes e primeiros-ministros dos Brics criarão seu próprio banco de desenvolvimento. O Brasil não entrou na disputa para sediar o banco dos Brics (Basil, Rússia, India, China e África do Sul) porque quer conquistar a presidência da instituição. O novo Banco de Desenvolvimento (New Development Bank, em inglês), criado com capital de US$ 50 bilhões, será oficializado por presidentes dos países que integram o grupo na reunião desta terça-feira, em Fortaleza.

SININHO JÁ ESTÁ NA PENITENCIÁRIA DE BANGU

A líder da organização de vândalos e depredadores black blocs do Rio de Janeiro, a gaúcha Elisa Quadros Sanzi, a Sininho, chefe do grupo suspeito de envolvimento em atos violentos durante protestos, foi presa pela polícia, que arrestou também 17 pessoas em ação em que recolheu máscaras, armas de choque, um revólver, artefatos explosivos, sinalizadores, drogas, computadores e aparelhos celulares. Sininho foi para o presídio de Bangu e está com presos comuns. O grupo ia produzir atos de terrorismo durante o jogo da Copa no Maracanã.

BANCO BRASILEIRO BTG PACTUAL COMPRA O BANCO SUIÇO BSI

O banco brasileiro BTG Pactual, do carioca André Esteves, anunciou hoje  a compra da BSI, gestora de recursos baseada na Suíça pertencente ao grupo italiano Assicurazioni Generali S.p.A, pelo valor de CHF 1,5 bilhão. O BSI se tornará a plataforma global de Wealth Management do BTG Pactual com mais de US$200 bilhões em ativos sob gestão e presente em todos os principais centros financeiros internacionais. “A aquisição da BSI reflete a nossa confiança na solidez e na tradição da Suíça como um centro financeiro global, na qualidade dos funcionários e dos clientes do BSI, e na oportunidade de construirmos uma das maiores plataformas de private banking globais” disse André Esteves (CEO).

DEPOIS DE ABILIO DINIZ, O EMPRESÁRIO PRÓ-PT, O RESTO DA FAMÍLIA VENDE AÇÕES E DEIXA O PÃO DE AÇÚCAR

A família Diniz confirmou nesta segunda-feira que vendeu todas as ações preferenciais (sem direito a voto no Conselho) do Grupo Pão de Açúcar (GPA) que estava em nome dos filhos do empresário Abilio Diniz. Os papéis foram vendidos em um leilão na manhã desta segunda-feira na BM&FBovespa, que movimentou 11.496.500 ações (4% do capital do GPA) ao preço de 103,58 reais. Assim, a operação movimentou 1,190 bilhão de reais. Na operação, a família se desfez de ações que estavam em nome de seis filhos de Abilio: Ana Maria, João Paulo, Pedro Paulo, Adriana, Rafaela e Miguel. O negócio marca a saída definitiva de Abilio e sua família da empresa fundada por seu pai. O empresário já vinha reduzindo sua participação na companhia desde que o grupo francês Casino assumiu o controle, em função de sua desastrada condução nos negócios. Em maio, o empresário já havia vendido sozinho 7,9 milhões de ações preferenciais, em uma operação que levantou 825 milhões de reais e que o tirou do GPA. Em setembro, Abilio Diniz negociou com os ex-sócios franceses a saída do grupo de controle, com substituição das ações ordinárias por preferenciais. Os Diniz ainda têm uma pequena participação na empresa com ações ordinárias (com direito a voto) em fundos de investimento, mas esta é considerada apenas uma fatia residual.

PASSAGENS INTERMUNICIPAIS AUMENTAM DE PREÇO (6,15%) NA GRANDE PORTO ALEGRE

As tarifas do transporte coletivo intermunicipal da região metropolitana de Porto Alegre (RS) estão mais caras a partir desta segunda-feira. O reajuste anual de 6,15% foi aprovado pela Agergs (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul) na semana passada e considerou a variação do custo dos insumos e dos salários dos empregados das transportadoras. Pela nova tabela de preços, os deslocamentos mais caros custam R$ 13,15, para Santo Antônio da Patrulha, a 73 quilômetros da capital gaúcha, e R$ 12,70, para Parobé, a 70 quilômetros. Os mais baratos custam R$ 2,75, para Esteio, a 17 quilômetros de Porto Alegre, e R$ 3,15, para Alvorada, a 25 quilômetros. O transporte de passageiros entre Porto Alegre e cidades da região metropolitana é feito por 26 linhas de ônibus.

TUMA JR. PROMETE LANÇAMENTO DO LIVRO "ASSASSINATO DE REPUTAÇÕES II" ANTES DAS ELEIÇÕES

Depois de vender 100 mil livros, o ex-secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, resolveu escrever "Assassinato de Reputações II". Ele quer fazer o lançamento às vésperas das eleições de outubro. Ele prometeu revelações ainda mais bombásticas sobre os bastidores do governo Lula. Como não foi processado por ninguém e como também Câmara e Senado não quiseram ouvir suas revelações, ele avisou que o que reservava para Justiça e Congresso irá para o novo livro. De fato, seu primeiro livro só tem de mais significativo, embora mortal, a revelação de que Lula era um alcaguete da ditadura militar, que delatava companheiros para o Dops paulista durante a ditadura militar, enquanto seu pai chefiava o órgão e ele próprio era um investigador de polícia em começo de carreira. A revelação fez tremer os petistas, principalmente a chamada esquerda universitária. Ninguém ousou aumentar a voz para fazer a defesa de Lula. Na verdade, a esquerda sempre desconfiou de Lula, desde o começo de sua carreira sindical. Pelo tempo que conviveu com os petistas, e pelo cargo estratégico que ocupou, Tuma Jr. teria muito mais a contar, o suficiente para fazer balançar e cair a chamada "república petista". Por exemplo, ele poderia falar, e bastante, sobre a Operação Rodin, da Polícia Federal. E outras operações que funcionaram como espionagem política a serviço do PT. Mas não deu qualquer indicativo disso no primeiro livro. Para chamar atenção para o segundo livro, ele precisará mesmo abrir muito mais o seu baú. E, efetivamente, lançar o livro antes das eleições de 5 de outubro, porque depois dela as suas "memórias" não valerão nada. Tuma Júnior também desistiu de disputar uma cadeira de deputado Federal pelo PTN, mas prometeu apoiar que se comprometer a apoiar a proposta de acabar com o uso da polícia em atos de perseguição política.

PT PRETENDE REABILITAR HADDAD PARA AJUDAR PADILHA. ENTÃO TÁ! DOU A MAIOR FORÇA!

Então tá. Leio na Folha que o PT teve uma ideia para promover a candidatura de Alexandre Padilha ao governo de São Paulo, que patina nos 3%: usar o tempo no horário eleitoral gratuito para tentar reabilitar a imagem do prefeito Fernando Haddad, hoje aprovado por apenas 17% dos paulistanos. Então tá bom! Vocês acham que me resta o quê? Dar o meu apoio integral, ora essa!

Então vamos ver.  Como está difícil emplacar o nome de Padilha, o partido decide se dedicar a uma tarefa dupla: tornar um conhecido e tirar o outro dos escombros. Avalia-se por lá que é o prefeito que impede o outro de decolar. Como cartões de visita da gestão Haddad, seriam oferecidos o programa “Braços Abertos” (o tal do Bolsa Crack); o bilhete único mensal, que, até agora, é um tiro n’água, e a Rede Hora Certa, no serviço de saúde, que funciona apenas em algumas unidades.
Dizer o quê? Parece que a candidatura vive o seu momento de desespero, não é? Considerando o que eu penso, os meus valores e as minhas expectativas, só posso torcer para que a figura de Padilha seja mesmo associada à de Fernando Haddad. Acho que o resultado dessa associação será positiva para o Estado, se é que vocês me entendem… Por Reinaldo Azevedo

OLHEM A CARA FEIA DE MADAME.....