domingo, 29 de setembro de 2013

CÂMARA BAIXA DOS ESTADOS UNIDOS APROVA ORÇAMENTO QUE CORTA GASTOS DO GOVERNO OBAMA, IMPEDE REFORMA DA SAÚDE E PARALISA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A PARTIR DE TERÇA-FEIRA

A Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovou neste domingo um projeto de lei de orçamento provisório considerado inaceitável pelo governo, faltando dois dias para evitar um fechamento do Estado. A maioria republicana na Câmara Baixa aprovou um projeto para financiar o Estado até 15 de dezembro, adiando por um ano a implementação da reforma da saúde promovida pelo governo Obama e abolindo um imposto sobre os equipamentos médicos criado pela reforma. O texto aprovado pelos representantes altera o que havia sido votado pela maioria democrata do Senado na sexta-feira. "A Câmara voltou a adotar um plano que reflete o desejo dos norte-americanos de manter a operacionalidade do governo e colocar um freio à lei da saúde impulsionada pelo presidente", disse o líder republicano da Câmara dos Representantes, John Boehner. O projeto, que, devido às suas modificações, deve retornar ao Senado, será rejeitado, segundo seu líder, Harry Reid. A Casa Branca também já anunciou que Obama vetaria o texto da Câmara Baixa caso fosse aprovado. As duas casas do Congresso têm até meia-noite desta segunda-feira, quando termina o ano fiscal de 2013, para chegar a um acordo sobre o texto. Caso isso não aconteça, milhares de funcionários públicos serão afetados, recebendo licenças não-remuneradas, parques e museus nacionais fechariam suas portas e as diversas administrações funcionariam com o mínimo de pessoal. Seria a primeira paralisia do Estado desde janeiro de 1996, quando o democrata Bill Clinton presidia o país. Já o senador Rand Paul, do movimento Tea Party, afirmou à CBS neste domingo que "o presidente é que está disposto a deixar que seu governo feche se não derem tudo para o Obamacare". "É um sinal de intransigência e falta de vontade e compromisso", insistiu. Aprovada em 2010 e aprovada pela Suprema Corte de Justiça em 2012, a lei sobre a saúde, chamada Obamacare, concede cobertura de saúde a milhões de americanos. Os republicanos se opõem à obrigação legal para todos os norte-americanos de contar com um seguro de saúde a partir do dia 1º de janeiro. "Realmente acredito que o Obamacare será a primeira etapa de uma transformação quase irreversível dos Estados Unidos rumo a uma economia socialista", afirmou Trent Franks, legislador do Tea Party.

NAMORADA DO MENSALEIRO JOSÉ DIRCEU GANHA CARGO DE CONFIANÇA NO SENADO FEDERAL DE 13 MIL REAIS MENSAIS

O mensaleiro corrupto e quadrilheiro José Dirceu, condenado a mais de anos de cadeia na processo do Mensalão do PT, conseguiu a nomeação de sua namorada, Simone Patrícia Tristão Pereira, para um cargo em comissão no Senado Federal. Ela foi nomeada pelo senador Renan Calheiros. O salário da namorada é de R$ 12.800,00 por mês. Da mesma forma como Lula empregou sua amante, Rosemary Noronha, que depois praticou malfeitorias de vários gêneros na sua condição de chefe do gabinete presidencial em São Paulo, também José Dirceu emprega agora a sua "namorada" no serviço público, assim como já empregou ex-mulher em banco acusado no processo do Mensalão do PT. Com salário de 12 800 reais, horário flexível e pouco ou quase nada para fazer, Simone Patrícia Tristão Pereira ocupa desde agosto o cargo de especialista em marketing de relacionamento no Instituto Legislativo Brasileiro, que pertence ao Senado Federal. Os repórteres Robson Bonin e Adriano Ceolin, da revista Veja, revelam a mamata que foi assinada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, o qual também também já usou dinheiro público para manter ex-amante em vida boa. Interpelado pelos repórteres, Renan Calheiros desconversou: "Vou ver. Não sei se fui eu quem nomeou. Depois eu conto". O chefe direto de Simone Patrícia Tristão Pereira, fotografado ao lado dela, no Senado Federal, foi ainda mais evasivo e cínico: "Nem conheço essa moça". Dizem os jornalistas da revista Veja: "Garantia de estabilidade, altos salários e uma rotina confortável. O serviço público no Brasil é um mundo restrito ao qual só existem duas formas de chegar. A primeira - alternativa da maioria dos brasileiros - requer estudo, sacrifício e dedicação para conseguir uma vaga via concurso público. Já a segunda, aberta a poucos privilegiados, exige apenas ter os amigos certos nos lugares certos. A recepcionista Simone Patrícia Tristão Pereira chegou perto disso justamente por essa segunda via. Dona de competências profissionais desconhecidas, ela conquistou um emprego invejável: desde agosto ocupa o cargo de especialista em marketing de relacionamento no Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), órgão de capacitação do Senado Federal. Com salário de 12 800 reais, horário flexível e pouco ou quase nada para fazer, a moça não precisou se esforçar muito para chegar lá. Bastou acionar as pessoas certas - ou, no caso dela, a pessoa certa: o ex-ministro José Dirceu, réu condenado a dez anos e dez meses de prisão por corrupção ativa e formação de quadrilha no escândalo do mensalão. O casal assumiu meses atrás um namoro que começou há alguns anos. Ainda influente em Brasília, o ex-ministro José Dirceu, condenado por corrupção no escândalo do mensalão, conseguiu nomear Simone Patrícia, sua namorada, para um cargo de assessoria no Congresso. Salário: 12 800 reais". O casal assumiu meses atrás um namoro que começou há alguns anos.

RUSSIA DECRETA PRISÃO PREVENTIVA POR DOIS MESES DA BRASILEIRA QUE PARTICIPOU DE ATO AGRESSIVO DO GREENPEACE CONTRA PLATAFORMA PETROLÍFERA NO ÁRTICO

A Justiça russa ordenou a prisão preventiva da bióloga brasileira Ana Paula Maciel, que foi detida a bordo de um navio do Greenpeace no norte do país nesta semana, juntamente com outros ativistas do Greenpeace. Em uma nova audiência neste domingo, as autoridades decidiram manter presos por dois meses oito dos ativistas do barco Arctic Sunrise que ainda precisavam depor - entre eles a brasileira. Na quinta-feira passada, o tribunal na cidade de Murmansk decidiu que outros 20 ativistas da ONG ambiental teriam que ficar presos por até dois meses, até o fim das investigações. Eles são acusados de pirataria. Ao todo, 28 ativistas de 18 países - além de um fotógrafo e um cinegrafista que cobriam a ação - permanecem sob custódia por este período. Organizações ambientais e de direitos humanos, como WWF e Anistia Internacional, divulgaram notas em apoio aos manifestantes do Arctic Sunrise. A embarcação do Greenpeace foi interceptada pela guarda costeira russa no mar ao norte do país no dia 18 de setembro. Os membros da tripulação foram levados em ônibus para a sede do Comitê Investigativo de Murmansk, e depois detidos em diferentes locais. Um dia antes, em um protesto contra a exploração de petróleo no Ártico, dois deles subiram em uma plataforma petrolífera operada pela empresa russa Gazprom na região. Os ativistas foram conduzidos ao tribunal de Murmansk algemados e colocados dentro de jaulas de metal. Lá, ouviram a argumentação da promotoria - que os acusa de "pirataria de grupo organizado" - de que eles poderiam tentar escapar se a prisão não fosse mantida. Na última quarta-feira, o presidente russo, Vladimir Putin, havia dito que "obviamente" os ativistas "não são piratas", mas afirmou que eles violaram leis internacionais ao se aproximar perigosamente de uma plataforma de petróleo.

ISRAEL CAPTURA ESPIÃO DO IRÃ EM TEL AVIV

Israel anunciou neste domingo a prisão de um cidadão belga-iraniano que, segundo o Estado judaico, é suspeito de espionagem. Ali Mansouri, 55, foi preso no dia 11 de setembro, ao chegar ao aeroporto de Tel Aviv. Em comunicado, o Serviço de Inteligência Interior israelense, o Shin Bet, afirma que o suspeito foi preso com fotos da embaixada dos Estados Unidos na cidade e pretendia estabelecer relações comerciais em Israel para dar cobertura a atos de espionagem. O serviço de inteligência disse que Mansouri, nascido no Irã, havia legalmente mudado de nome na Bélgica para Alex Mans e usou o seu passaporte belga para entrar em Israel. Ele teria visitado o Estado judaico duas vezes antes da prisão.O anúncio coincidiu com o início de uma visita do primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, aos Estados Unidos, e dois dias após a conversa histórica do presidente americano, Barack Obama, com o iraniano Hasan Rowhani. O programa nuclear iraniano é dos principais pontos em pauta de Obama e Netanyahu. Israel e o Irã são fortes adversários.

OGX E OSX VÃO ENTRAR COM PEDIDO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL

A petroleira OGX e a companhia de construção naval OSX, controladas pelo empresário de fancaria Eike Batista, entrarão com pedidos de recuperação judicial em no máximo duas semanas, afirmou a revista Veja. As ações da OGX e da OSX recuaram para patamares mínimos na sexta-feira por temores de que a petroleira, incapaz de cumprir suas metas de produção de petróleo, fique sem dinheiro em breve. Investidores temem que a OGX não pague à OSX pelo uso de uma embarcação usada como garantia para um bônus emitido pela companhia de construção naval. Se ocorrer um calote da OGX, a OSX pode ser obrigada a retomar a embarcação. A OGX deve 3,6 bilhões de dólares para detentores de bônus estrangeiros e 900 milhões de dólares para a OSX.

PT APARELHA PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA, PARA RECEBER CASINHA TEM DE SER "CUMPANHÊRO"

Líderes comunitários filiados ao PT usam critérios políticos para gerir a maior parte dos R$ 238,2 milhões repassados pelo programa Minha Casa Minha Vida a entidades para a construção de casas populares em São Paulo. Onze das 12 entidades que tiveram projetos aprovados pelo Ministério das Cidades são dirigidas por filiados ao partido. Suas associações privilegiam quem participa de atos e manifestações de sem-teto ao distribuir moradias, em vez de priorizar a renda na escolha. Entre gestores dos recursos há funcionários da gestão de Fernando Haddad (PT), candidatos a cargos públicos pela sigla e até uma militante morta há dois anos. A partir de repasses diretos, as associações selecionadas pelo governo federal escolhem quem vai sair da fila da habitação em São Paulo. Os critérios não seguem apenas padrões de renda, mas de participação política. Quem marca presença em eventos públicos, como protestos e até ocupações, soma pontos e tem mais chance de receber a casa própria. Para receber o imóvel, os associados ainda precisam seguir regras adicionais às estabelecidas pelo programa federal, que prevê renda familiar máxima de R$ 1,6 mil, e prioridade a moradores de áreas de risco ou com deficiência física. A primeira exigência das entidades é o pagamento de mensalidade, além de taxa de adesão, que funciona como uma matrícula. Para entrar nos grupos, o passe vale até R$ 50,00. Quem paga em dia e frequenta reuniões, assembléias e os eventos agendados pelas entidades soma pontos e sai na frente. O sistema, no entanto, fere o princípio da isonomia, segundo o advogado Márcio Cammarosano, professor de Direito Público da PUC-SP. “Na minha avaliação, esse modelo de pontos ainda me parece inconstitucional, além de escandaloso e absolutamente descabido. Ele exclui as pessoas mais humildes, que não têm condições de pagar qualquer taxa ou mesmo de frequentar atos públicos”, afirma. Os empreendimentos são projetados e construídos pelas associações, que hoje reúnem uma multidão de associados. São mais de 50 mil pessoas engajadas na luta pelo direito à moradia. Além das entidades dos petistas, há ainda uma outra dirigida por um filiado ao PCdoB. A força política dos movimentos de moradia, que só neste ano comandaram mais de 50 invasões na cidade, pressionam não só o governo federal, mas a prefeitura. Em agosto, Haddad publicou um decreto no qual se comprometeu a permitir que entidades possam indicar parte das famílias que serão contempladas com moradias em sua gestão. A promessa de campanha é entregar 55 mil até 2016. As "lideranças" querem opinar sobre 20 mil desse pacote. O cientista político Marco Antonio Teixeira, da FGV, ainda alerta para o um efeito colateral do esquema implementado na capital pelas entidades, que é a cooptação política dos associados, com fins eleitorais.“O governo deve imediatamente intervir nesse processo e rediscutir as regras. Isso remete ao coronelismo. Além disso, a busca pela casa própria não pode ser um jogo, onde quem tem mais pontos ganha". A maior parte das entidades é comandada por lideranças do PT com histórico de mais de 20 anos de atuação na causa. É o caso de Vera Eunice Rodrigues, que ganhou cargo comissionado na Companhia Metropolitana de Habitação (Cohab) após receber 20.190 votos nas últimas eleições para vereador pelo partido. Ela era presidente da Associação dos Trabalhadores Sem Teto da Zona Noroeste até março deste ano. Em seu lugar entrou o também petista José de Abraão. A entidade soma 7 mil sócios e teve aval do Ministério das Cidades para comandar um repasse de R$ 21,8 milhões. A verba será usada para construir um dos três lotes do Conjunto Habitacional Alexius Jafet, que terá 1.104 unidades na zona norte. No ano passado, Verinha esteve à frente de invasões ocorridas em outubro em prédios da região central, ainda durante a gestão de Gilberto Kassab (PSD), e em pleno período eleitoral. Em abril, foi para o governo Haddad, com salário de R$ 5.516,55. Outra entidade com projeto aprovado – no valor de R$ 14 milhões –, o Movimento de Moradia do Centro (MMC), tem como gestor Luiz Gonzaga da Silva, o Gegê, filiado ao PT há mais de 30 anos e atual candidato a presidente do diretório do centro.

CAMPANHA DE DILMA ROUSSEFF USOU CADASTRADOS DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA COMO CABOS ELEITORAIS EM 2010, E PAGOU COM DINHEIRO DE CAIXA DOIS

Moradora de Campo Verde (MT), a cozinheira Sebastiana da Rocha, de 33 anos, trabalhou no segundo turno das eleições de 2010 como cabo eleitoral da campanha da petista Dilma Rousseff. Ela diz ter recebido R$ 600,00 pela distribuição de panfletos, mas não sabia que, na ocasião, havia se tornado uma doadora da campanha.  Em julho passado, ela foi surpreendida com um telefonema do Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo programa Bolsa Família, do qual é beneficiária. A pasta recebera denúncia segundo a qual Sebastiana havia doado R$ 510,00 à campanha de Dilma Rousseff e queria questioná-la a respeito disso. No dia seguinte ao telefonema, uma assistente social foi à sua casa e confirmou que ela se enquadrava nos limites de renda do programa: "Achei isso um constrangimento. Estava parecendo que eu era um bandido que estava ali sendo investigado". Somente depois disso ela entendeu: havia sido registrada como trabalhadora "voluntária" do segundo turno da campanha, por isso aparece como doadora na prestação de contas. Assustada com o caso, registrou boletim de ocorrência na polícia e fez denúncia ao Tribunal Regional Eleitoral na qual declara que não fez doação nenhuma. "Nunca me falaram sobre isso. Simplesmente lá a gente assinou contrato de prestação de serviço. Li folha por folha e não dizia nada de trabalho voluntário". Sebastiana diz que estava desempregada na época e aceitou convite de trabalho feito por uma amiga. "Gastei o dinheiro com alimentos, luz e água". Cabos eleitorais da presidente Dilma Rousseff que aparecem como "voluntários" na prestação de contas de campanha de 2010 afirmam que receberam dinheiro pelo trabalho realizado no segundo turno da eleição. A reportagem do jornal Folha de S. localizou 12 pessoas em Mato Grosso e no Piauí que dizem nunca ter atuado de graça, apesar de serem tratadas como prestadores de serviço sem remuneração nos papéis entregues pela campanha ao Tribunal Superior Eleitoral. O motoboy Fernando Araújo Matos, de 23 anos, de Teresina (PI), é um desses "voluntários" de Dilma. Ele rodava a cidade em sua moto carregando bandeiras da candidata do PT. "No segundo turno fiquei só com a Dilma. Recebi R$ 300,00 e o tanque de gasolina". O nome dele e de outros cabos eleitorais aparecem em declarações individuais de "trabalho voluntário" assinadas, nas quais eles atestam estar cientes da "atividade não remunerada". As declarações fazem parte da documentação entregue à Justiça Eleitoral, que considera "doador" quem presta serviço "voluntário". A Folha identificou ao menos 43 "trabalhadores voluntários" na prestação de contas da campanha, totalizando "doações" de cerca de R$ 20 mil. No grupo estão os 12 localizados pela reportagem. Efetuar pagamentos de campanha e não declará-los é crime de caixa dois. O PT nega a prática e diz que suas contas foram aprovadas. No total, a campanha da atual presidente registrou arrecadação de R$ 135 milhões e despesas de R$ 153 milhões. Nas entrevistas com os cabos eleitorais, a Folha mostrou cópias das declaração de "trabalho voluntário". A maioria confirmou a assinatura, mas disse não ter lido o documento antes. "O trabalho não foi de graça. Não sou otário para trabalhar de graça", disse Mariano Vieira Filho, que atuou como motoboy no Piauí. Já Luís Fernando Barbosa Nunes, de 25 anos, também motoboy na campanha de Dilma em Teresina, disse que sua assinatura foi falsificada no documento entregue ao Tribunal Superior Eleitoral. "Nunca ia assinar meu nome errado. Está escrito Luís com z e eu não escrevo assim". Em Cuiabá, a tecnóloga em segurança do trabalho Cristine Macedo, de 48 anos, diz ter ganho cerca de R$ 600,00 para panfletagem: "As pessoas que trabalharam precisavam do dinheiro. Eu trabalhei pelo dinheiro. Se falar em voluntário, ninguém vai trabalhar". Nas contas aprovadas pela Justiça Eleitoral não há registro de pagamento a nenhum deles no segundo turno. No primeiro turno, todos trabalharam para candidatos do PT ou aliados nos Estados e foram registrados como prestadores de serviço. No segundo turno, viraram "voluntários" de Dilma.

TRUCULÊNCIA COCALEIRA

Como no caso do jato da FAB utilizado pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, o regime do indio cocaleiro Evo Morales submeteu a cães farejadores Luis Vásquez Villamor, advogado do senador Molina, refugiado no Brasil. E o prendeu por 8 horas no aeroporto, impedindo-o de embarcar para o Brasil.

NÃO SE VÁ

O PMDB corre contra o tempo para tentar reverter a decisão de 15 deputados federais de abandonar o partido, levando fundo partidário e tempo de TV. A saída de cinco deputados federais já é dada como inevitável. O prazo de troca-troca de partido pelos parlamentares se encerra no próximo dia 5.

EMPRESAS CONTESTAM LICITAÇÃO MILIONÁRIA DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

Mais uma licitação milionária da Caixa Econômica Federal dá confusão e provoca questionamento na Justiça: a concorrência para escolher três empresas de promoção de eventos, que dividirão uma verba de R$ 150 milhões por ano. O contrato é de cinco anos. Duas das vencedoras, as minúsculas Fermento e Flap, apresentaram portfólio de clientes que não seria “real”, segundo contestou a B Ferraz, tradicional no setor. A Fermento nem sequer tem página na internet. A outra, Flap, também sem site operacional, funciona numa salinha na 112 Norte, em Brasília. A terceira empresa vencedora, Latin, que já presta serviços à Caixa Econômica Federal, disponibiliza em seu site uma lista com dezenas de clientes. Empresas estranharam decisões da presidente da comissão de licitação da Caixa Econômica Federal, Sônia Mariquito, funcionária prestes a se aposentar.

OGX PRECISA DE US$ 500 MILHÕES ATÉ TERÇA PARA PAGAR CREDORES

A empresa OGX Petróleo e Gás, do empresário brasileiro de fancaria Eike Batista, está planejando não pagar juros no valor de US$ 44,5 milhões de um bônus que vencerá na terça-feira. O calote dos juros já é amplamente esperado pelo mercado. A OGX tem US$ 3,6 bilhões em bônus em circulação, e o default total da companhia será o maior já feito por uma empresa latino-americana. O recorde é detido atualmente pelo Banco de Galicia y Buenos Aires S.A., da Argentina, que não pagou uma dívida de US$ 1,9 bilhão em 2012, de acordo com um relatório da Moody’s Investors. A OGX contratou consultores financeiros para reestruturar sua dívida, que inclui US$ 1,06 bilhão em bônus que vencem em 2022, e US$ 2,6 bilhões em bônus com vencimento em 2018. O pagamento de terça-feira é dos juros sobre bônus para 2022, enquanto os bônus para 2018 têm um pagamento de cupom que vence em dezembro. A companhia planeja pular a data do pagamento dos juros na terça-feira e aproveitar o período de carência para concluir negociações sobre a reestruturação da dívida. De acordo com as regras estabelecidas no prospecto para o bônus, após o calote do pagamento dos juros, a OGX ainda tem 30 dias para “sanar” o problema antes de sofrer qualquer punição. Os principais credores da OGX já esperam um calote na terça-feira e desejam continuar as negociações sobre alternativas financeiras para a companhia. A OGX pode também escolher entrar com um pedido de recuperação judicial nas próximas semanas, mas provavelmente perto do fim do período de carência, nos últimos dias de outubro. Eike Batista, que já foi o homem mais rico do Brasil, no papel, perdeu a maior parte de sua fortuna nos últimos 15 meses em meio a uma profunda crise financeira desencadeada pela perda de confiança em sua capacidade de financiar o enorme conglomerado de infraestrutura que ele criou a partir do zero na última década. A OGX precisa atualmente de até US$ 500 milhões e não tem acesso a novas linhas de crédito. A situação foi discutida com consultores financeiros em reuniões realizadas em Nova York. A companhia levantou US$ 4,1 bilhões, em 2008, em uma Oferta Pública Inicial de Ações (IPO). Em 2012, a OGX iniciou seu rápido declínio após dizer que não conseguiria cumprir as expectativas extraordinárias de produção que estabeleceu. No início deste ano, a empresa disse finalmente que a maior parte de seus campos de petróleo não eram economicamente viáveis e que tinha decidido paralisar atividades de desenvolvimento. O valor das ações da empresa recuou mais de 90% até agora no ano. Os bônus da OGX estão sendo negociados atualmente por menos de US$ 0,18, em um reflexo das expectativas de que a companhia não honrará suas dívidas. A OGX contratou as empresas de consultoria financeira Lazard e Blackstone Group para desenvolver alternativas de reestruturação com os credores.

THE PRICE IS WRONG! REPORTAGEM DA REVISTA "THE ECONOMIST" MOSTRA QUE OS PREÇOS NO BRASIL SÃO ABSURDOS! É O EFEITO DO GOVERNO DO PT!


Depois de uma capa perguntando se o Brasil havia "estragado tudo", a revista britânica “The Economist” voltou à carga com uma reportagem sobre os preços elevados no país. O texto, intitulado "O preço está errado", foi publicado neste sábado no site da revista, e começa com a mesma referência usada pelo “New York Times” em reportagem de julho, no auge dos protestos nas ruas, à "pizza de queijo de US$ 30" encontrada em São Paulo. O objetivo, aparentemente, é explicar por que os produtos e serviços são tão caros, depois de listar as já conhecidas distorções da economia brasileira, principalmente em relação aos países mais avançados. A revista destaca que um quarto de hotel sem janelas na orla do Rio pode ter diária de US$ 250, os carros e eletrodomésticos de maior porte (como geladeiras e fogões) custam cerca de 50% a mais que nos demais países e o Big Mac sai 72% mais caro que a média. O poder aquisitivo dos brasileiros é também colocado em xeque. Segundo "The Economist", os mexicanos conseguem comprar 45% mais do que no exterior. No Brasil, o poder aquisitivo quase se equipara. A complexidade e o peso da carga tributária, que representa cerca de 36% do PIB e faz o tempo necessário para uma empresa calcular seus impostos devidos ser de 2,6 mil horas, dez vezes mais do que a média global estão entre os principais motivos apontados pela revista britânica. "Ao permanecer nas sombras (informalidade), um varejista pode mais do que triplicar sua margem, mas ao custo de abrir mão de investimento e economia de escala", afirma a revista, citando um relatório da McKinsey de sete anos atrás. "Um regime simplificado para pequenas firmas introduzido desde então persuadiu muitos a se registrarem, mas os ganhos resultantes de eficiência são limitados por um novo problema: muitas firmas 'Peter Pan' que não estão dispostas a crescer e perder seus privilégios". Também há críticas para a "rigidez" da legislação trabalhista, que encarece contratações e demissões e favorece processos trabalhistas - foram 3,2 milhões no ano passado. O mesmo ocorre com os problemas de infraestrutura, como as más condições das estradas e a limitada malha ferroviária, que encarecem o frete. "The Economist" aponta que, com os preços estratosféricos, uma solução dos brasileiros é parcelar intensamente as compras, e não se preocupar com o custo total da compra - basta ter o dinheiro para pagar as parcelas. A outra saída é o aeroporto. "Os brasileiros respondem às acachapantes diferenças de preços com surtos de compras no Exterior. Turistas brasileiros gastaram US$ 22,2 bilhões em países estrangeiros no ano passado, um recorde, e parece que (os gastos) vão subir ainda mais este ano", afirma o texto. Citando artigo de Regis Bonelli e Julia Fontes, da Fundação Getúlio Vargas, a revista argumenta que o País tem dificuldades com a produtividade, que é equivalente a 18% da produtividade nos Estados Unidos - uma piora de 1 ponto percentual, enquanto a China ganhou 11 pontos percentuais na comparação. E encerra em tom de conselho: "O relatório anual do Banco Mundial sobre fazer negócios em vários países parece uma lista de tarefas de produtividade para o Brasil: simplifique a abertura de empresas; corte e organize as taxas; aumente a poupança e o investimento domésticos. Para mais dicas, o País pode se voltar para um dos poucos setores onde a produtividade cresceu consistentemente em anos recentes: a agricultura".

PNAD APONTA QUE POPULAÇÃO BRASILEIRA CHEGA A 197 MILHÕES DE PESSOAS

A população brasileira cresceu 0,8% no ano passado, chegando a 196,9 milhões de pessoas. É o que informa a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, divulgada hoje (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Um aumento de 1,6 milhão de pessoas. O maior e o menor crescimento foram registrados no Norte (1,4%) e no Sul (0,6%). A população do Centro-Oeste cresceu 1,3%, enquanto Nordeste variou 0,8% , mesmo crescimento populacional do Sudeste, onde quase a metade da população brasileira está concentrada (82,7 milhões). No Centro-Oeste vivem 14,8 milhões, a menor concentração. As mulheres são maioria: correspondem a 51,3% da população. A pirâmide etária mostra que a população está envelhecendo. A proporção de idosos, com 60 anos ou mais, passou de 12,1% para 12,6%, chegando a 14,2% na Região Sul e a 8,1% na Região Nordeste. Em 2004, na base da pirâmide etária reunia 42,8% dos brasileiros com até 24 anos. Em 2012, a proporção caiu para 39,6%. Quanto à cor ou raça, 46,2% das pessoas autodeclararam-se brancas, 45% pardas, 7,9% negras, indígenas e amarelos 0,8%, somando 1,6 milhão de pessoas. Com isso, a população negra, que soma pretos e pardos, está em 104,2 milhões de pessoas, o que corresponde a 52,9% dos brasileiros. No Sul, 76,8% autodeclararam-se brancos e no Norte os pardos são 70,2%. Em 2012, 39,4% não residiam em seu município de origem e 15,7% estavam em outra unidade da federação. No Distrito Federal, 48,5% das pessoas são de outros estados;  no Rio Grande do Sul a proporção é 3,7%.

FORÇA-TAREFA CONTROLA FUMAÇA QUÍMICA DE ARMAZÉM DO PORTO DE SÃO FRANCISCO DO SUL

Foi controlada na manhã de hoje (27) a fumaça proveniente da queima de uma carga de nitrato de amônio armazenada em um galpão, em São Francisco do Sul (SC). Segundo a prefeitura municipal, a força-tarefa integrada por Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e outros órgãos conseguiu alcançar o foco da reação química e inundar a área por volta das 6h30 de hoje. Durante a operação, foi usado aproximadamente 1,5 milhão de litros de água. Neste momento, as equipes trabalham para fazer a limpeza do local. Representantes de órgãos ambientais, como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama), farão a avaliação das condições atmosféricas para definir quando a região será liberada para que moradores retornem às suas casas. Por enquanto, está mantida a área de isolamento em um raio de 1 quilômetro. De acordo com a prefeitura, 800 pessoas estão desalojadas e recebendo assistência em um abrigo disponibilizado pela Secretaria de Assistência Social. Está prevista para a manhã de hoje uma entrevista coletiva na sede da prefeitura de São Francisco do Sul para detalhar a operação. O acidente ocorreu por volta das 22h de terça-feira (24), no galpão de uma fábrica de fertilizantes, no Bairro Paulas. A prefeitura decretou situação de emergência para acelerar as ações de assistência à população. Mais de 150 pessoas buscaram atendimento em unidades de saúde após terem inalado a fumaça, entre elas dois bombeiros militares que trabalhavam para controlar o foco da reação química. Um deles, David Marcelino, de 59 anos, teve intoxicação aguda e precisou ser transferido para o hospital regional de Joinville.

TRÊS UNIVERSIDADES FEDERAIS DO RIO DE JANEIRO NÃO ADEREM AO PROGRAMA MAIS MÉDICOS

As três universidades federais do Rio de Janeiro, que oferecem curso de Medicina, não estão dispostas a ceder professores para tutores do Programa Mais Médicos do Ministério da Saúde. A tutoria é uma das exigências do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) para a concessão dos registros provisórios, sem os quais os médicos estrangeiros ficam impedidos de começar a trabalhar. O Cremerj também exige que os profissionais estrangeiros forneçam o endereço da clínica onde irão trabalhar no Estado, o nome do supervisor e uma carta garantindo o domínio da língua portuguesa. Para o diretor do Instituto de Saúde da Comunidade da Universidade Federal Fluminense (UFF), Aluísio Gomes da Silva Junior, o programa tem pontos positivos, mas alguns precisam ser revistos. A UFF não aderiu ao Mais Médicos. A Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) também avisaram que não participarão do Programa Mais Médicos. A Unirio decidiu não aderir após uma reunião ocorrida no dia 24 de julho. De acordo com a nota, "o colegiado da Escola de Medicina e Cirurgia da Unirio deliberou sobre o Programa Mais Médicos e rejeitou por unanimidade a adesão".

DILMA DIZ NO TWITTER QUE THE ECONOMIST ESTÁ "DESINFORMADA"

Depois de quase três anos de silêncio, a presidente Dilma Rousseff voltou a postar na sexta-feira em sua conta oficial na rede de microblog Twitter. Ela aproveitou a rede social para responder à revista inglesa The Economist que, em reportagem de capa, afirma que o País perdeu o rumo e questiona a capacidade de Dilma em recuperar a economia brasileira: "Eles (The Economist) estão desinformados. O dólar estabilizou, a inflação está sob controle e somos o único grande país com pleno emprego". Dilma continuou na defesa de sua administração: "Somos a terceira economia que mais cresceu no mundo no segundo trimestre. Quem aposta contra o Brasil, sempre perde". A presidente também falou sobre o programa Mais Médicos: "Respeito muito os médicos brasileiros, mas traremos médicos de onde pudermos. Importante é atender melhor a população", disse.

RONALDINHO SOFRE SUA LESÃO MAIS GRAVE

O Atlético Mineiro pode disputar o Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Marrocos, sem o seu principal jogador. Ronaldinho Gaúcho rompeu o músculo adutor da coxa esquerda no treino de quinta-feira. A lesão é considerada grave. "Ele nunca se queixou de dor na região da coxa e do adutor. Essa foi a lesão mais grave, sem dúvida, em toda sua carreira”, disse o médico Rodrigo Lasmar, do Atlético-MG. Um dos responsáveis pela recuperação do jogador, Rodrigo Lasmar afirma que Ronaldinho Gaúcho já iniciou a recuperação, mas prefere não estipular data para a volta aos gramados.

OBAMA FAZ DISCURSO OTIMISTA APÓS CONVERSA POR TELEFONE COM ROHANI

Depois de a expectativa por um encontro entre o presidente americano Barack Obama e o presidente iraniano Hassan Rohani não ter se concretizado, os dois conversaram por telefone na sexta-feira. Ao falar sobre o telefonema, Obama repetiu o tom de seu discurso de terça-feira na Assembléia Geral da ONU, mencionando uma "oportunidade única" de progresso nas relações entre os dois países, estremecidas desde a revolução de 1979, que instaurou no Irã uma teocracia nazista islâmica comandada por aiatolás. “Eu reiterei ao presidente Rohani o que disse em Nova York. Embora haja certamente importantes obstáculos ao avanço e o sucesso não esteja garantido, eu acredito que podemos alcançar uma solução abrangente”, disse Obama. Em um perfil no Twitter que pertenceria a Rohani, uma mensagem afirma que os dois presidentes "expressaram sua disposição política mútua de resolver rapidamente esta questão". Rohani é o chefe de governo, mas quem manda na república nazista islâmica do Irã é o grão-aiatolá Ali Khamenei, que dá a última palavra sobre assuntos domésticos e estrangeiros. Desta forma, quem baterá o martelo nas negociações sobre o programa nuclear iraniano, ponto principal da relação do Irã com o Ocidente, será o aiatolá. Mesmo assim, Rohani diz que lhe foi dada total autoridade para negociar o tema – e ele não tem sinalizado para nenhuma concessão, reforçando a tese de que o país tem o direito de enriquecer urânio para fins pacíficos, argumento desacreditado pelas potências ocidentais.

BOMBEIRO QUE INALOU FUMAÇA TÓXICA NO PORTO DE SÃO FRANCISCO DO SUL CONTINUA EM ESTADO GRAVE

Intoxicado pela fumaça de um incêndio químico na cidade de São Francisco do Sul, o bombeiro David Marcelino, de 59 anos, segue internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, em Joinville (SC). Segundo a assessoria do hospital, ele ainda respira com a ajuda de aparelhos, mas teve uma leve melhora em relação à quinta-feira, quando chegou na unidade entubado e em coma induzido.

JUSTIÇA ARGENTINA LIBERA PERMANÊNCIA DA LAN NO AEROPARQUE

A companhia aérea LAN Argentina, subsidiária da Latam, obteve uma liminar da Justiça argentina, na sexta-feira, suspendendo a resolução do Organismo Regulador do Sistema Nacional de Aeroportos (Orsna) de retirá-la do hangar que ocupa em um dos aeroportos de Buenos Aires, o Aeroparque Metropolitano Jorge Newberry. A liminar da juíza Liliana Heiland, da vara de Contencioso Administrativo Federal, determina ao governo de Cristina Kirchner "abster-se de interferir no uso, usufruto e exploração do hangar que ocupa no Aeroparque Metropolitano Jorge Newbery por um prazo de seis meses ou até que o mérito da questão seja resolvido", conforme divulgou o Centro de Informação Judicial. Há pouco mais de um mês, o governo ordenou à LAN a desocupação do hangar, alegando necessidade de uso da área para projetos de expansão do terminal aeronáutico, administrado pela companhia Aeropuertos Argentina 2000 (AA2000). O contrato de concessão entre a AA2000 e a LAN só expira em 2023. A empresa recorreu e ganhou liminar provisória. A decisão de sexta-feira amplia a suspensão da medida. O hangar é usado pela LAN como base de manutenção da frota que realiza vôos domésticos e regionais, sem o qual tornaria inviável a continuidade de suas operações no país, segundo alegou a empresa ao recorrer à Justiça.

COMBUSTÍVEIS PODEM SUBIR 5% ATÉ O FINAL DO ANO

O governo deve aprovar um reajuste no preço da gasolina e do diesel de 5% até o final deste ano, segundo fontes ligadas ao Palácio do Planalto. Há um espaço no mês de outubro para aplicar essa correção devido à estabilidade recente da taxa de câmbio, no patamar de 2,20 reais e a "certa folga" no avanço inflacionário. Desde de janeiro, o aumento do preço da gasolina chegou a 2,5%, embora o reajuste de preço na refinaria tenha sido maior, de 6,6%. Com isso, haveria uma margem de correção de taxas já contabilizada nas projeções inflacionárias, mas não colocada em prática, segundo o governo. O reajuste no preço da gasolina na refinaria teria um impacto direto de cerca de 0,1% na variação do IPCA, inflação que seria redirecionada para as taxas dos aluguéis, tarifas administrativas, salário mínimo, benefícios previdenciários, entre outros. Por outro lado, resolveria parte do problema da Petrobras e o governo poderia corrigir os preços monitorados.

FÓRMULA 1 DIVULGA CALENDÁRIO COM 22 CORRIDAS EM 2014

A Federação Internacional de Automobilismo divulgou na sexta-feira o calendário provisório da temporada 2014 da Fórmula 1 - e a lista tem um recorde de provas, com um total de 22 corridas. Em relação ao campeonato deste ano, há quatro novidades: GPs na Rússia, na Áustria, no México e em Nova Jersey, nos Estados Unidos. O calendário foi divulgado após reunião do Conselho Mundial da FIA, realizada na sexta-feira, na Croácia. O GP da Rússia, uma das novidades, está marcado para o dia 5 de outubro em um circuito na cidade de Sochi - sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014. A prova de Nova Jersey, retirada do calendário de 2013 e chamada de GP da América, está prevista para 1º de junho, mas ainda precisa da aprovação do circuito pela FIA para ser confirmada. Essa é a mesma situação do GP da Coréia do Sul, marcado para 27 de abril. A Áustria, sede da equipe Red Bull, retorna ao calendário após onze anos de ausência. Por outro lado, a Índia não participa da próxima temporada. O GP do México, marcado para 16 de novembro, é outro que também precisa da aprovação da FIA. Há um forte interesse na realização da prova no país, principalmente com a presença de dois mexicanos entre os pilotos: Sergio Perez, da McLaren, e Esteban Gutierrez, da Sauber. O México não sedia um GP desde 1992. A temporada 2014 começa em 16 de março, com o GP da Austrália, e se encerra no GP do Brasil, em Interlagos, no dia 30 de novembro. O calendário da temporada 2014 de Fórmula 1 é o seguinte: 16/03 - GP da Austrália; 30/03 - GP da Malásia; 06/04 - GP do Bahrein; 20/04 - GP da China; 27/04 - GP da Coréia do Sul; 11/05 - GP da Espanha; 25/05 - GP de Mônaco; 01/06 - GP da América; 08/06 - GP do Canadá; 22/06 - GP da Áustria; 06/07 - GP da Inglaterra; 20/07 - GP da Alemanha; 27/07 - GP da Hungria; 24/08 - GP da Bélgica; 07/09 - GP da Itália; 21/09 - GP de Cingapura; 05/10 - GP da Rússia; 12/10 - GP do Japão; 26/10 - GP de Abu Dabi; 09/11 - GP dos Estados Unidos; 16/11 - GP do México; 30/11 - GP do Brasil.

BANCO CENTRAL INFORMA QUE BNDES DETÉM QUASE 75% DO CRÉDITO PARA AS EMPRESAS

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, destacou na sexta-feira que o BNDES detém aproximadamente 75% do crédito destinado às empresas. Do total de 664 bilhões de reais de recursos para pessoa jurídica, o BNDES é responsável por quase 494 bilhões de reais. Maciel classificou como "significativo" o crescimento de 19,2% em 12 meses dos recursos emprestados pelo banco de fomento. O mesmo também foi dito sobre o aumento de 33% do crédito rural para pessoa jurídica em 12 meses. Em agosto, o crescimento deste segmento de financiamento foi de 1,1%.

BARRICHELLO PODE VOLTAR À FORMULA 1 EM 2014

Afastado da Fórmula 1 desde 2012, Rubens Barrichello está perto de retornar à principal categoria do automobilismo. De acordo com informações reveladas na sexta-feira pela revista alemã Auto Motor und Sport, Rubinho pode acertar com a Sauber para a próxima temporada. Ainda sem dupla definida para 2014, a equipe suíça tem apenas o jovem russo Sergey Sirotkin, de 18 anos, confirmado como titular. O alemão Nico Hulkenberg é o preferido dos dirigentes, mas ele tem tudo para acertar com McLaren ou Lotus, deixando uma vaga em aberto. O mexicano Esteban Gutiérrez, que estreou neste ano, não é considerado experiente o bastante para formar parceria com outro iniciante. Assim, Barrichello, de 41 anos, recordista em número de provas disputadas na Fórmula 1, é visto pela Sauber como um bom nome para essa fase de transição da equipe. Ao longo de 19 temporadas (1993-2011) na Fórmula 1, o brasileiro pilotou os carros das equipes Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn e Williams. Seu currículo tem nada menos que 326 provas disputadas.

PETROLÍFERAS CHINESAS PODEM FECHAR ACORDO PARA DISPUTAR LEILÃO DO CAMPO DE LIBRA

As três petroleiras chinesas inscritas no leilão de Libra devem conversar entre si antes da oferta pela área gigante a ser licitada, segundo o presidente da Câmara de Comércio Brasil-China, Charles Tang. Segundo o executivo, deve haver algum tipo de conversa de forma a evitar prejuízo a qualquer uma delas, já que respondem ao mesmo governo: "No leilão, elas podem chegar a um acordo para não se prejudicarem". Ou seja, vão combinar preço, não haverá concorrência. Tang, porém, lembra que as estatais chinesas normalmente concorrem diretamente entre si e aposta que dificilmente apenas uma fará lance. "Acho que as três vão querer disputar", afirmou Tang, que acompanha o comércio entre os dois países mas não acompanha as negociações para o leilão.

YALE UNIVERSITY PRENDE A CORRESPONDENTE DO JORNAL O ESTADO DE S. PAULO, A JORNALISTA CLAUDIA TREVISAN

A correspondente do jornal O Estado de São Paulo em Washington, Cláudia Trevisan, foi presa na quinta-feira na Universidade de Yale quando estava aguardando a saída do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, de uma conferência no local. A jornalista foi algemada e por quase cinco horas mantida incomunicável dentro de um carro policial e em uma cela do Departamento de Polícia da universidade. Sua liberação ocorreu apenas depois de sua autuação por "transgressão criminosa". O caso foi acompanhado pelo Itamaraty, em Brasília, e pela embaixada brasileira em Washington e pelo consulado em Hartford, Connecticut, que colocou à disposição da jornalista seu apoio jurídico. O ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, estava em Nova York e foi informado por assessores sobre o incidente. Claudia, pouco antes de ser presa, pôde informar um diplomata da embaixada brasileira por telefone. Claudia Trevisan é correspondente de O Estado de São Paulo em Washington desde o final de agosto. Nos últimos cinco anos, havia atuado em Pequim, na China.

INVESTIMENTOS FEDERAIS PODEM FECHAM O ANO COM CRESCIMENTO MENOR QUE GASTOS DE CUSTEIO

Depois de assegurar, nos últimos meses, que os investimentos federais fechariam o ano com crescimento maior que os gastos de custeio (manutenção da máquina pública), o secretário do Tesouro Nacional, o petista neotrotskista gaúcho Arno Augustin, admitiu que os gastos com obras e compra de equipamentos podem subir menos que o inicialmente previsto pelo governo. Segundo ele, os investimentos vão crescer em relação aos do ano passado, mas ainda não dá para saber a intensidade da expansão. “Certamente, os investimentos vão aumentar mais que o PIB nominal, mas ainda precisamos ver se o crescimento será suficiente para se igualar aos gastos de custeio”, disse o secretário. De acordo com números divulgados na sexta-feira pelo Tesouro Nacional, as despesas de custeio cresceram 21,8%, em valores nominais, de janeiro a agosto em relação ao mesmo período do ano passado. Os investimentos, no entanto, desaceleraram pelo quarto mês consecutivo e acumulam queda de 0,8% em 2013 (R$ 42,1 bilhões) na comparação com os oito primeiros meses de 2012 (R$ 42,5 bilhões). Para Augustin, a queda dos investimentos é pontual e deve-se a fatores como atrasos no cronograma de obras e à greve no Dnit. Ele disse que os gastos com obras públicas avançaram em setembro.

DÓLAR COMERCIAL SOBE PELA TERCEIRA VEZ E FECHA PERTO DE R$ 2,26

Em uma jornada na qual o euro retomou o patamar de US$ 1,35, o dólar registrou valorização (0,48%) pela terceira vez seguida, alcançando R$ 2,2570 no mercado à vista. Trata-se do maior valor alcançado desde 17 de setembro. A cotação cedeu 2,54% em três sessões. A moeda dos Estados Unidos fechou o mês com baixa de 5,33%, mas tem alta de 10,45% ao longo do ano.

NÚMERO DE DOMICÍLIOS COM ACESSO À REDE DE ESGOTO NO RIO GRANDE DO SUL ESTÁ ABAIXO DA MÉDIA NACIONAL

O percentual de domicílios com acesso à rede de esgoto cresceu no Rio Grande do Sul em 2012, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad). No levantamento divulgado na sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o serviço foi o que apresentou maior alta percentual no Estado, passando de 26% para 35,4% das residências atendidas. No entanto, o número ainda fica abaixo da média nacional, de 57,1%. Os outros serviços pesquisados pelo IBGE apresentaram avanços mais modestos por já terem um alcance mais elevado. O percentual de casas com acesso à rede de abastecimento de água passou de 85,7% em 2011 para 86,4% em 2012, enquanto o serviço telefônico chegou a 95,7%, contra 94,9% do levantamento anterior. Confira o alcance do serviços em 2012: (RS/Brasil, em %) Rede geral de abastecimento de água: 86,4% / 85,4% Rede coletora de esgoto: 35,4% / 57,1% Coleta de lixo: 92,1% / 88,8% Iluminação elétrica: 99,9% / 99,5% Telefone: 95,7% / 91,2%.

GOVERNO ELEVA IPI PARA LINHA BRANCA E MÓVEIS

Como era esperado pelo setor varejista, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou na quinta-feira que não serão renovados os incentivos fiscais para produtos de linha branca e móveis. As alíquotas do IPI para itens da linha branca e móveis foram parcialmente recompostas para o período entre julho e setembro, em uma medida que deverá gerar receita tributária de 118 milhões de reais ao governo, de acordo com o ministro. "Não temos condições fiscais para aumentar as desonerações neste momento", disse o ministro. A redução do IPI para linha branca foi implementada em dezembro de 2011, para estimular o consumo e o crescimento econômico, e desde então vem sendo prorrogada. Mantega comentou ainda que a tendência é que as alíquotas voltem a seus porcentuais originais após setembro. A alíquota do fogão, que hoje é 2%, passa para 3% e valerá até setembro. Para tanquinho, a alíquota de 3,5% passa para 4,5%. Para refrigerador e congelador, os 7,5% passam para 8,5%. A máquina de lavar roupa, que antes tinha taxa de 20%, já está em tarifa definitiva de 10%. Móveis em geral, que têm alíquota de 2,5%, passarão a ter 3%. Para painéis, o valor de 2,5% passa para 3%. Laminados, com alíquota de 2,5%, terão IPI de 3%. A alíquota de luminárias, que hoje é de 7,5%, passará para 10%. No caso dos papéis de parede, a mudança é de 10% para 15%.

DILMA ANUNCIA OFENSIVA DE COMUNICAÇÃO DO GOVERNO NAS REDES SOCIAIS

No mesmo dia em que retomou suas atividades no Twitter, a presidente Dilma Rousseff relançou na sexta-feira, em novo formato, o Portal Brasil, do governo federal. Junto com a reestréia no microblog, o lançamento deverá ser o primeiro de uma série de novas iniciativas do Palácio do Planalto para estimular o diálogo com o que se acostumou a chamar de "voz das ruas". Trata-se de um novo comportamento do governo na internet, após o diagnóstico de que o Planalto se desconectou das demandas de grupos mais jovens, usuários de ferramentas como o próprio Twitter, além do Instagram - cuja conta foi lançada oficialmente na sexta-feira também - e do Facebook. Segundo Dilma, "a lógica analógica e dos papéis permeia todo o governo". "Então a nossa idéia é justamente começar um processo no qual o governo muda de analógico para digital. Eu tenho certeza que é um processo de melhoria da qualidade dos serviços e também da melhoria do grau de informação, para criticar ou não, para buscar sugestões, ou para intervir", disse a presidente. "Nós queremos construir uma prática sistemática do que querem as ruas. E ouvir as redes sociais. Ter com as redes sociais também uma interação", completou.

PETROBRAS ACEITA SER SÓCIA MINORITÁRIA EM REFINARIAS DO NORDESTE


A presidente da Petrobras, Graça Foster, não descarta ter uma posição minoritária nas refinarias que serão construídas no Nordeste. Segundo a executiva, para a refinaria Premium 1, no Maranhão, a negociação de parceria está sendo feita com a chinesa Sinopec. Para a refinaria Premium 2, no Ceará, as conversas com a possível parceira, a sul-coreana GS Energy, foram encerradas. "A outra saiu porque chegou em um momento que tem que ir concordando passo a passo, e vimos que não aceitaríamos aquele modelo", explicou. Já com a Sinopec as conversas vão "indo bem", segundo Graça Foster. As duas refinarias ainda estão sob avaliação no plano de negócios da companhia para o período 2013-2017. Para serem viáveis, ainda é necessário uma confirmação do retorno positivo dos projetos.

NOME PARA PRESIDÊNCIA DA PRÉ-SAL PETRÓLEO SA DEVE SAIR NOS PRÓXIMOS DIAS

O ministro Edison Lobão (Minas e Energia) disse na sexta-feira que o governo deve ter até a próxima semana as indicações de nomes para presidência e direção da PPSA (Pré-Sal Petróleo S.A). A companhia fará a gestão dos contratos de comercialização de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos da União. A empresa foi criada por meio de decreto no início do mês passado. "Não temos os nomes ainda, mas temos pressa, muita pressa em concluir esses estudos até a próxima semana", disse o ministro. Lobão esteve reunido no início da manhã com a presidente Dilma Rousseff para tratar do assunto, mas, segundo ele, nenhum nome foi definido até o momento.

FBI USA DRONES DESDE 2006

O FBI vem usando aviões não tripulados, conhecidos como drones, para rastrear suspeitos e examinar cenas de crime desde 2006, segundo um relatório do inspetor geral do Departamento de Justiça divulgado na quinta-feira. O Departamento de Justiça gastou US$ 3,7 milhões em drones desde 2004 até maio passado, com mais de 80% das compras destinadas ao FBI, de acordo com o relatório. O então diretor do FBI, Robert Müller, admitiu em junho passado em uma audiência no Congresso que essa agência usa drones para tarefas de vigilância em território americano, mas destacou que sua utilização acontece "raras vezes". O relatório do inspetor geral recomenda ao Departamento de Justiça que desenvolva políticas específicas sobre o uso de drones que levem em conta o respeito à privacidade.

PETROBRAS ANTECIPA PARA DEZEMBRO A ENTRADA EM OPERAÇÃO DE PLATAFORMA

A Petrobras conseguiu antecipar a entrada em operação de mais uma plataforma de produção de petróleo e gás este ano, elevando de sete para oito o número de unidades que vão impulsionar o volume produzido pela companhia. No ano passado, apenas um plataforma entrou em operação, o que contribuiu para o declínio da produção da companhia este ano. Também contribuem para uma produção praticamente estagnada em 2013 o declínio natural dos campos de petróleo (média de 10% ao ano) e as manutenções programadas. Em julho, a produção da Petrobras foi de cerca de 1,8 milhão de barris, perdendo o patamar de 2 milhões conquistados nos últimos anos. De acordo com o diretor de Gás e Energia da Petrobras, Alcides Santoro, foi antecipada a entrada em operação da plataforma P-62, que será instalada no módulo 4 do campo de Roncador, na bacia de Campos, de fevereiro de 2014 para dezembro de 2013.

PADILHA ESTÁ "CONSOLIDADO" COMO CANDIDATO PETISTA EM SÃO PAULO, DIZ EMÍDIO DE SOUZA

O ex-prefeito de Osasco e candidato à presidência do PT estadual, Emídio de Souza, afirmou na sexta-feira que o nome do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, está "consolidado" como candidato petista para a sucessão de Geraldo Alckmin, em 2014. "Há um consenso sem resistência e é um nome novo com dinamismo capaz de encarar o desafio que São Paulo precisa", afirmou. Emídio fez o pronunciamento durante o lançamento de sua candidatura para a presidência do diretório estadual do partido. De acordo com ele, Padilha deve deixar o cargo entre o final do ano e começo de 2014 para iniciar a sua campanha para a eleição. O petista também aproveitou para criticar o governador Geraldo Alckmin. O tucano foi, segundo ele,o principal responsável pela onda de protestos ocorrida em junho deste ano: "O governador foi muito valente com os manifestantes, mas é muito manso com o crime organizado". Ainda segundo Emídio, o foco do PT nas alianças em 2014 são os partidos da base aliada do governo federal, apesar de alguns deles como o PMDB, com Paulo Skaf, e o PSD, com Gilberto Kassab, ensaiarem uma candidatura própria.

CUBA DECIDE PERMITIR A PROFISSIONALIZAÇÃO NO ESPORTE

Cuba anunciou na sexta-feira uma revolução dentro da sua forma de lidar com o esporte. A partir de agora, atletas de todos os esportes podem assinar contratos com clubes estrangeiros, encerrando décadas de uma política que limitava a participação dos atletas do país a competições em que representassem o regime comunista. Por conta dessa política, diversos esportistas desertaram nos últimos anos. O caso mais recente foi Orlando Ortega, barreirista, que não voltou a Cuba depois do Mundial de Atletismo em Moscou e agora pretende competir sob a bandeira do principado de Mônaco. A novidade foi divulgada na edição de sexta-feira do Granma ,jornal oficial do Partido Comunista de Cuba. A comunidade internacional entendeu a decisão do presidente Raul Castro como uma medida para acabar com a série de deserções principalmente em modalidades onde Cuba é forte, como o beisebol e o boxe. Segundo o Granma, os atletas cubanos terão que pagar impostos sobre o que ganharem competindo profissionalmente fora do país. Essa é a primeira vez que a ilha caribenha permite o profissionalismo no esporte em mais de uma década.

FACEBOOK MUDA ALGORITMO QUE ESCOLHE ANÚNCIOS PARA O FEED DE NOTÍCIAS

O Facebook divulgou na sexta-feira que mudou seu algoritmo que escolhe quais anúncios aparecem para cada usuário. Segundo a empresa, quando o usuário acessa seu feed de notícias, o robô do Facebook escolhe, entre milhares de peças publicitárias disponíveis, quais combinam com cada perfil de pessoa. A diferença, daqui em diante, é que o algoritmo por trás dessa escolha ficará mais preciso. Toda atividade de alguém no Facebook, como páginas que é fã, curtidas, comentários ou compartilhamentos, é matéria-prima para a empresa criar o perfil do consumidor. Para quem trabalha com marketing e publicidade, isso ajuda a entregar anúncios mais relevantes para cada usuário. Assim, as empresas terão um retorno maior sobre o dinheiro investido em propaganda. Com a mudança no algoritmo, a frequência com que o usuário denuncia ou esconde um anúncio em sua lista de notícias terá mais importância para determinar quais futuros anúncios serão mostrados no feed.

PT E PMDB TAMBÉM QUEREM GRUPO DE CIRO E CID GOMES

Agora são sete os partidos que estão assediando o bloco dos Ferreira Gomes, que deixou na sexta-feira o PSB. PT e PMDB entraram na disputa para ter o grupo de 500 políticos entre 37 prefeitos, 20 vice-prefeitos, 200 vereadores, quatro deputados federais, nove deputados estaduais, o governador do Ceará Cid Gomes; o secretário de Saúde, Ciro Gomes; o secretário de Educação de Fortaleza, Ivo Gomes; e o ministro dos Portos, Leônidas Cristino. Ofereceram guarida ao blocão também o PDT, PSD, PP, PROS e PCdoB. Ciro Gomes disse que eles vão para o partido que "nos doar mais órgãos". Perguntado se este partido poderia ser o PT, Ciro foi direto: "se o PT for o maior doador, receberá melhor nossa atenção".

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DILMA PIORA EM COMPARAÇÃO COM JUNHO

Mesmo com o início da recuperação da popularidade do seu governo a partir de julho, a presidente Dilma Rousseff teve uma queda da sua aprovação em todas as regiões brasileiras na comparação com junho. A pesquisa CNI/Ibope divulgada na sexta-feira revelou que no Sudeste, em junho, aqueles que consideravam ótima ou boa a sua gestão eram 48%. Na sondagem deste mês, caiu para 35%. Contudo, as maiores quedas, de 22%, foram registradas nas regiões Norte/Centro-Oeste e no Sul. No Norte/Centro-Oeste, o índice caiu de 56% para 34% no período. No Sul, baixou de 53% para 31%. No Nordeste, a queda foi de 20%, de 66% para 46%. A diminuição dos índices de avaliação positiva do governo Dilma também é registrada entre aqueles com renda familiar inferior a um salário mínimo.

ISRAEL REPRIME MANIFESTAÇÃO DE PALESTINOS EM GAZA

O exército israelense lançou bombas de gás lacrimogêneo para dispersar um grupo de cerca de 300 manifestantes palestinos que se aproximou da fronteira pelo norte de Gaza à qual o acesso é considerado "proibido" por Israel. Esta foi a maior demonstração de violência em uma série de manifestações que ocorreram nesta sexta-feira em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia para marcar o 13º aniversário do início da segunda intifada (levante) contra Israel. Confrontos em Hebron, cidade bíblica onde vivem judeus ortodoxos em enclaves fortificados, são comuns. O local também abriga cerca de 170 mil palestinos. Os confrontos da sexta-feira ocorreram após um grupo de jovens encapuzados arremessarem pedras no posto de controle militar que protege a colônia de judeus. Os palestinos também incendiaram latas de lixo. A segunda intifada aconteceu em setembro do ano 2000, após uma visita do então líder conservador Ariel Sharon à Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém.

O AGOSTO DA ECONOMIA BRASILEIRA

O governo central (formado pelo governo federal, Banco Central e Previdência Social) registrou superávit primário de 87 milhões de reais no mês passado, no pior resultado para meses de agosto da série iniciada em 1997, informou o Tesouro Nacional na sexta-feira. O valor significa uma queda de 97,7% em relação a julho, quando o superávit foi de 3,77 bilhões de reais. O resultado de agosto ficou dentro do intervalo projetado por analistas (de 1,8 bilhão de reais a um valor positivo de 3 bilhões de reais), mas abaixo da mediana projetada, de superávit de 250 milhões de reais. O resultado, influenciado pelo elevado déficit de 5,733 bilhões de reais na Previdência Social, só não foi deficitário porque o governo antecipou dividendos de bancos estatais para fechar a conta do mês no balanço positivo. Em agosto, a receita líquida totalizou 73,271 bilhões de reais enquanto a despesa ficou em 73,184 bilhões de reais. No acumulado dos oito primeiros meses do ano, a economia feita para o pagamento dos juros da dívida pública acumula saldo positivo de 38,474 bilhões de reais, apresentando uma queda de 28,2% em relação ao mesmo período do ano passado. Já as despesas do governo central subiram 12,5% no acumulado de janeiro a agosto frente um ano atrás. As receitas tiveram alta de 8,1%, conforme os dados do Tesouro Nacional.

MINISTRO DA AGRICULTURA DETERMINA AFASTAMENTO DE DIRETOR DA CONAB

O ministro da Agricultura, Antonio Andrade, determinou na sexta-feira o afastamento temporário do diretor de Política Agrícola e Informações da Conab, o petista gaúcho Sílvio Porto. Ele ficará fora do cargo até a conclusão das investigações sobre um esquema de corrupção desmontado pela Polícia Federal. Porto, vinculado ao PT, é suspeito de envolvimento com uma quadrilha que desviava recursos do Fome Zero. A decisão foi tomada em uma reunião entre o ministro e o presidente da Conab, Rubens Rodrigues dos Santos. A Operação Agro-Fantasma detectou que o Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA, é em grande parte uma simulação de produção e de entrega de alimentos. Os produtos não existem, compradores e vendedores não existem, mas o dinheiro existe. Para desviar os recursos públicos, a Conab autorizava repasses para associações e cooperativas rurais, o grande público que vota no PT no campo, utilizando nomes de produtores rurais e notas fiscais frias e superfaturadas. “A Conab sabia das irregularidades e fazia relatórios falsos para continuar distribuindo dinheiro do programa”, diz o delegado Maurício Todeschini, que coordenou a operação. “Os coordenadores do programa nos municípios eram os principais responsáveis pelos desvios, com a conivência da Conab no acobertamento das irregularidades”. Um batalhão de 200 policiais cumpriu 92 mandados no Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul para recolher documentos, prender onze pessoas e indiciar 58 envolvidos com as fraudes.

JUSTIÇA SUSPENDE LICITAÇÃO BILIONÁRIA CONDUZIDA PELO GOVERNO PETISTA DO DISTRITO FEDERAL

A Justiça de Brasília suspendeu uma licitação bilionária para substituir as empresas de ônibus que controlam todo o transporte do Distrito Federal, conduzida pelo governo petista Agnelo Queiroz. O juiz de direito da Primeira Vara da Fazenda Pública do Distrito Federal, Mário Henrique Silveira de Almeida, mandou suspender, em decisão liminar, o contrato administrativo da Bacia 1, cuja vencedora foi a Viação Piracicabana, e o contrato administrativo da Bacia 4, que beneficiou a Viação Marechal. As ações serviam para favorecer o fundador da companhia aérea Gol e dono de grupo de transportes coletivos, Nenê Constantino. A sentença foi proferida na quinta-feira. O juiz concluiu que há uma série de indícios de fraudes na licitação conduzida pela Secretaria de Transportes do Distrito Federal. Ao todo, foram licitadas cinco bacias, com a previsão de troca de toda a frota de ônibus. O negócio deve render aos empresários do setor quase 10 bilhões de reais em dez anos. O juiz proferiu sua decisão em grande parte com base na participação do escritório dos advogados Guilherme Gonçalves e Sacha Reck na licitação. A atividade de consultoria do escritório na licitação, diz o juiz, “ultrapassou a função de mera consultoria, atuando como efetivos julgadores dos atos relacionados ao processo licitatório”. O juiz concluiu que o advogado Sacha Reck participou na elaboração da ata de apresentação dos envelopes, “o que é bastante estranho”, diz o magistrado, “tendo em vista que a realização dos atos de registro e averbação são competência exclusiva da Comissão de Licitação”. Na decisão, o magistrado registrou que membros da Comissão de Licitação sentiam-se constrangidos com a atuação de Sacha Reck, já que tal escritório definia previamente o conteúdo das decisões administrativas da Comissão. O magistrado aponta a semelhança das fraudes cometidas na licitação do Distrito Federal com a licitação do transporte no Paraná, que descrevem roteiros parecidos de irregularidades. Sacha Reck atuou em ambas as licitações. Em Brasília, o advogado ajudou a redigir mais de cem editais, atas e pareceres da licitação. Muitos desses documentos não foram lidos pelos próprios membros da Comissão de Licitação, a quem caberia redigir, ler e analisar os atos administrativos. A fraude era tão evidente que alguns membros da Comissão de Licitação escreviam nos documentos enviados por Sacha Heck, e incorporados no processo da licitação: “Parecer não lido, apenas vistado por exigência do Secretário de Transportes”. O juiz aponta ainda que Sacha já trabalhou para duas empresas ligadas à licitação, o que seria "suficiente a impossibilitar a realização do parecer do mencionado escritório".

FAMÍLIA DE NORBERTO NEHRING, TORTURADO E MORTO DURANTE A DITADURA MILITAR, PEDE REVISÃO DA CERTIDÃO DE ÓBITO

A família de Norberto Nehring, economista e professor da Universidade de São Paulo (USP) que foi assassinado durante a ditadura militar no país, pediu na sexta-feira à Comissão da Verdade do Estado de São Paulo que seja providenciada uma nova certidão de óbito de Nehring. A família pede que o documento aponte que ele morreu sob tortura, por lesões e maus-tratos e que seja definido o local em que a morte ocorreu. Atualmente, a certidão de óbito de Nehring, que já sofreu uma modificação a pedido da família, aponta que ele morreu “por causas não naturais”. A primeira certidão do economista, que morreu no dia 20 de abril de 1970, informava que ele tinha se suicidado com uma gravata em um hotel. “O processo histórico é algo que se faz de pequenas peças. Uma pecinha na revisão desse processo já tivemos, que foi a primeira revisão do atestado de óbito que, de suicídio, passou a responsabilizar o Estado brasileiro e falou do domínio físico do meu pai, dizendo que ele estava sob responsabilidade de agentes do Estado. A questão é muito complexa porque nunca existiu tortura oficialmente no Brasil. Não há nenhum laudo oficial falando em tortura”, disse a cineasta Marta Nehring, filha de Norberto. “Esse reconhecimento é para limpar a nossa história. E a história se limpa com esses pequenos registros. Um atestado de óbito refeito é uma pecinha que pode parecer pequena, mas é parte do grande movimento histórico para limparmos nosso passado”, acrescentou. Norberto era militante da Aliança Libertadora Nacional (ALN). Em janeiro de 1969, policiais do Departamento de Ordem Política e Social (Dops) cercaram a casa onde ele vivia com a mulher, Maria Lygia Quartim de Moraes, e o levaram. Ele ficou dez dias na carceragem, onde foi interrogado e torturado. Como seu grau de envolvimento com a guerrilha ainda não era de conhecimento dos agentes do Dops, ele foi liberado para comparecer ao aniversário de 5 anos da filha, Marta Nehring. Logo depois da festa, fugiu para Cuba. Maria Lygia e a filha foram depois encontrá-lo em Cuba. Nos primeiros meses de 1970, ele decidiu voltar ao Brasil, enquanto a esposa e a filha foram para a França. Antes de chegar ao País, Norberto ficou um período de 40 dias em Praga e, de lá, mandou cinco cartas para Maria Lygia. Logo depois de ter desembarcado no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, ele foi morto. As circunstâncias de sua morte nunca foram esclarecidas, mas a família acredita que ele foi levado do aeroporto por policiais. Além da mudança na certidão, a família pede também que a comissão investigue e aponte quem foram os torturadores e assassinos de Nehring.

JUSTIÇA DETERMINA REGISTRO IMEDIATO DE PROFISSIONAIS DO MAIS MÉDICOS EM MINAS GERAIS

A Justiça Federal determinou na sexta-feira que o Conselho Regional de Medicina (CRM) de Minas Gerais emita imediatamente os registros provisórios dos profissionais com diploma estrangeiro do Programa Mais Médicos que vão atuar no Estado. Caso não siga a determinação, que vale para os registros com prazo para emissão vencido, o CRM terá de pagar multa diária de R$ 10 mil. Em sua decisão, o juiz federal João Batista Ribeiro, da 5ª Vara Cível, considerou que a resistência do Conselho Regional de Medicina resvala na prática de improbidade administrativa e pode caracterizar prevaricação. Também foi considerado que a declaração de participação do profissional no Mais Médicos, fornecida pela coordenação do programa, “é condição necessária e suficiente para a expedição de registro provisório pelos conselhos regionais.

MARINA SILVA REAFIRMA AO TSE QUE 95 MIL ASSINATURAS DO SUSTENTABILIDADE FORAM ANULADAS SEM JUSTIFICATIVA

Marina Silva reafirmou na sexta-feira ao Tribunal Superior Eleitoral que 95 mil assinaturas de apoiadores do partido Rede Sustentabilidade, legenda fundada por ela, foram anuladas sem justificativa pela Justiça Eleitoral. Marina Silva foi recebida na sexta-feira pela ministra Luciana Lóssio. Para participar das eleições do ano que vem, o partido tem que ser registrado até o dia 5 de outubro, um ano antes do primeiro turno. Durante audiência com a ministra, Marina Silva reafirmou que o partido cumpriu todos os requisitos exigidos pela Justiça Eleitoral e tem o mínimo de assinaturas de apoiadores para obter o registro. Ela disse que apresentou à ministra as razões pelas quais considera justo o pedido de registro da Rede Sustentabilidade. "Já temos mais de 500 mil fichas, e a Justiça vai se ater aos autos. Apresentamos um memorial com todas as provas de que coletamos 868 mil assinaturas, que encaminhamos dentro dos prazos. Se forem contabilizadas as 95 mil assinaturas anuladas injustificadamente, a Rede tem mais de 550 mil assinaturas. Portanto, está apta para ser registrada", afirmou Marina Silva.

PROTESTO DO BLACK BLOCS PROVOCA TENSÃO EM EVENTO DO PT

O evento do PT que lançou a candidatura do ex-prefeito de Osasco, Emídio de Souza, a presidente estadual do partido, terminou em clima de tensão, na noite de sexta-feira, após o conflito entre a Polícia Militar e um grupo de black blocs em frente ao local da festa, na rua da Liberdade, região central da capital paulista. No início do discurso do ex-presidente Lula, bombas da tropa de choque, utilizadas para a dispersão dos manifestantes, foram ouvidas do lado de dentro do salão, o que sinalizava o confronto do lado de fora. Assim como comerciantes que baixavam suas portas, organizadores do encontro fecharam as do salão para evitar mais problemas, enquanto os manifestantes eram dispersados pela tropa de choque.

"PRECISAMOS ELEGER O PADILHA PARA ELE AJUDAR A ELEGER A DILMA", DIZ LULA

O ex-presidente Lula afirmou na sexta-feira que os paulistas precisam eleger o ministro da Saúde, Alexandre Padilha (PT), para "ajudar" a presidente Dilma Rousseff. Foi a primeira vez que ele disse abertamente que Padilha é o candidato ao governo de São Paulo. Lula discursou durante lançamento da candidatura do ex-prefeito de Osasco, Emídio de Souza, a presidente do PT paulista. Disse que não falaria sobre eleição porque já foi multado em R$ 20 mil por propaganda antecipada de outros candidatos e, segundo ele, tem pago as multas do próprio bolso. Lula criticou a espionagem dos Estados Unidos em setores do governo Dilma e conectou o episódio às futuras eleições: "Precisamos eleger o Padilha pra ele ajudar a Dilma a enfrentar essa situação. Se sozinha a Dilma já teve coragem de falar lá na ONU, se ela tiver por detrás o Padilha e o Mais Médicos no Estado de São Paulo, certamente a gente vai ter condições de fazer muito mais pelo Brasil".

CONSELHO DE SEGURANÇA APROVA RESOLUÇÃO PARA ELIMINAR ARMAS QUÍMICA NA SÍRIA

O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou na sexta-feira, por unanimidade, a resolução sobre o plano para eliminar o arsenal químico da Síria. Os 15 membros do conselho concordaram com o texto negociado entre Estados Unidos e Rússia. A resolução aprovada exige a erradicação das armas químicas, mas não contém uma ameaça de ação punitiva automática contra o regime Bashar Assad em caso de não cumprimento da exigência. A votação ocorreu pouco depois de a Organização para Proibição de Armas Químicas (Opaq, ligada à ONU) ter aprovado o plano para desmantelar os estoques de armas químicas da Síria. O texto, incorporado à resolução, estabelece um prazo até o dia 1º de novembro para a destruição de equipamentos de produção e até o primeiro semestre do ano que vem para a destruição completa do arsenal. Os 41 membros do Conselho Executivo da Opaq querem ainda que os inspetores estejam na Síria na terça-feira. O regime sírio foi instruído a providenciar acesso “imediato e livre” aos investigadores. O texto autoriza a equipe a também inspecionar locais não indicados por Damasco.

DE OLHO NAS ELEIÇÕES, MEDALHISTA DO VOLÊI GIBA SE FILIA AO PSDB

O medalhista olímpico do vôlei Gilberto Amauri Godoy Filho, o Giba, de 36 anos, filiou-se no sábado ao PSDB, durante evento do partido realizado em Curitiba. Ao lado do provável presidenciável do PSDB nas eleições gerais do ano que vem, senador Aécio Neves, e do governador do Estado, Beto Richa, o atleta disse que, por enquanto, não tem planos para disputar um cargo eletivo nas eleições 2014, mas achou importante se filiar a um partido que possa colocar em prática projetos de estímulo ao esporte e ao vôlei para as crianças e adolescentes. “Estou sempre em contato com prefeitos, governadores e embaixadores falando sobre isso”, justificou. Giba disse que recebeu convite de várias siglas, mas optou pelo PSDB porque seu pai já havia trabalhado com José Richa (falecida liderança tucana, pai do atual governador).

RIGOTTO DESISTE DE QUALQUER DISPUTA ELEITORAL EM 2014

Informação do jornalista Políbio Braga - Em uma reunião mantida esta semana na casa do ex-ministro Mendes Ribeiro Filho, o ex-governador Germano Rigotto avisou aos seus companheiros de PMDB que não disputará eleição para nenhum cargo em 2014.

EX-CHEFE DE INTELIGÊNCIA DA DITADURA DE PINOCHET SE SUICIDA NO CHILE

Um general aposentado que liderou um órgão de inteligência e repressão durante a ditadura de Augusto Pinochet, no Chile, se suicidou em sua casa na capital chilena enquanto desfrutava do benefício de passar o fim de semana livre, informou no sábado seu advogado. Odlanier Mena, de 87 anos, ex-diretor da Central Nacional de Informações (CNI), era um dos acusados de violações dos direitos humanos que serão transferidos da Penal Cordillera, uma prisão luxuosa em Santiago, para um local mais modesto, por decisão recente do presidente Sebastián Piñera. Mena "estava em um estado de saúde muito delicado", disse seu advogado, Jorge Balmaceda. "Seu deslocamento significaria que ele não poderia ter os cuidados de saúde de que necessitava", acrescentou. O militar se tornou em 1977 o primeiro diretor da CNI, depois que Pinochet decidiu dissolver a polícia secreta conhecida como DINA, e ocupou o cargo por mais de dois anos. Mena cometeu suicídio atirando na cabeça com uma arma de sua propriedade, segundo a polícia.

AÉCIO NEVES CRITICA GOVERNO FEDERAL EM EVENTO DO PSDB EM CURITIBA

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) fez duras críticas ao governo federal, durante encontro do partido em Curitiba, no sábado. De acordo com o parlamentar, a União discrimina os Estados que são comandados por partidos da oposição. “O Paraná sofre uma inaceitável discriminação por parte do governo federal que mostra o caráter pouco republicano da atual presidente da República. O Paraná sozinho produz, na agricultura, em grãos, mais que 20 Estados somados", lembrou o senador. O encontro em Curitiba reuniu lideranças do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. As críticas de Aécio Neves foram reproduzidas pelo governador paranaense, Beto Richa. Segundo ele, Paraná e Santa Catarina têm tido dificuldades para conseguir levantar empréstimos junto a organismos internacionais. No encontro, Aécio Neves também destacou a necessidade de o partido se “reencontrar com a agenda do Brasil”. Para o senador, é necessário que os tucanos passem a ouvir mais os anseios da população.

GRUPO LIGADO À AL QAEDA QUER IMPOR TRAJE ISLÂMICO NAS ESCOLAS SÍRIAS

Um grupo vinculado à Al-Qaeda quer que as meninas de uma aldeia sob seu controle no norte da Síria usem o traje islâmico para ir à escola, denunciou no sábado uma organização de direitos humanos. Na aldeia de Twaihine, o Estado islâmico no Iraque e Levante (EIIL) proibiu as meninas da escola primária e secundária de assistir aulas se não usarem o traje islâmico formado pela abaya (túnica longa), luvas e véu, informou o Observatório de Direitos Humanos. Os meninos também devem usar o tradicional traje paquistanês e ter a cabeça coberta, acrescentou a ONG. Na quinta-feira, combatentes desse mesmo grupo nazista e terrorista islâmico atacaram duas igrejas em Raga, norte da Síria.

MÁGOA DO PRB COM O PT IMPEDE APOIO EM 2014

O presidente do PRB (Partido Republicano Brasileiro), Marcos Pereira, disse que o ressentimento do partido em relação aos ataques do PT na última eleição municipal de São Paulo impede o apoio da legenda à candidatura do ministro da Saúde, Alexandre Padilha (PT), ao governo do Estado, em 2014. Segundo Marcos Pereira, essa posição do partido já foi informada a Padilha em reunião realizada nos últimos dias em Brasília. O presidente do PRB afirmou que a posição do partido é a de apoiar o candidato do PSDB na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes. Em âmbito federal, o PRB é aliado do PT. O apresentador de TV Celso Russomano, candidato do PRB derrotado na última eleição paulistana, não escondeu a mágoa com o PT no encontro estadual do partido, realizado na manhã de sábado. Indagado sobre os efeitos do confronto com o PT sobre os acordos para 2014, Russomano disse: "Quem quer o apoio do PRB deveria ter sido ético na campanha passada". O PRB pretende lançar a candidatura de Russomano para o posto de deputado federal em 2014. A idéia é que ele seja um puxador de votos que permita ao partido aumentar a bancada federal da sigla. Russomano não esconde que o objetivo da estratégia é o de aumentar o tempo do PRB no horário político durante as campanhas. Questionado se pretendia disputar o governo estadual em 2014, Russomano afirmou que "sem tempo de televisão é difícil caminhar. Às vezes a gente tem que esperar um pouquinho mais para fazer valer o nosso sonho". `O objetivo agora é fazer uma enorme bancada de deputados federais. Governador, senador e outros cargos não contam para o tempo de televisão. O PRB só vai crescer se tiver tempo de televisão. Isso ficou muito claro na última eleição." No encontro estadual, o PRB anunciou as filiações do primeiro ganhador do programa de TV Big Brother Brasil, Kleber Bam Bam, e do estilista Ronaldo Esper. O partido já tem em seus quadros a cantora Sula Miranda e a apresentadora Nani Venâncio.