sábado, 4 de junho de 2011

Crescente influência do Brasil faz Anistia Internacional voltar ao País

A atuação da Anistia Internacional no Brasil conta a própria história de violência no País. Na época da ditadura militar, a organização fez campanha contra a tortura e, ainda hoje, orienta famílias de desaparecidos políticos. Nos anos de 1980, a Anistia se voltou para a violência no campo e, na década seguinte, contribuiu para que os emblemáticos casos das chacinas de Vigário Geral, da Candelária e do presídio do Carandiru ecoassem internacionalmente. Desde então, o órgão se debruça sobre o alto nível de letalidade policial nos centros urbanos. A organização chegou a ter uma sede brasileira, que atuou por dez anos e fechou em 2002. Desde que o indiano Salil Shetty assumiu como novo secretário-geral, em julho de 2010, a Anistia vem declarando a clara intenção de estabelecer mais bases no Hemisfério Sul, onde ainda tem poucos ativistas.

Qualidade dos hotéis no Brasil voltará a ser classificada por estrelas

Os hotéis e pousadas do Brasil voltarão a ser classificados por estrelas, de acordo com o nível de conforto e a qualidade dos serviços e outros benefícios oferecidos aos hóspedes. Havia antes um regulamento instituído em abril de 2002 pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), mas depois foi revogado, em fevereiro de 2010. Na terça-feira, o ministro do Turismo, Pedro Novais, vai assinar portaria que institui o Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem (SBClas). O novo modelo seguirá o padrão mundial de referência para serviços turísticos, ou seja, uma escala de uma a cinco estrelas será usada para indicar a qualidade dos diversos tipos de empreendimentos hoteleiros. Os critérios de avaliação serão aplicados em sete tipos diferentes de hospedagem: hotel, resort, hotel fazenda, cama e café (bed and breakfast), hotel histórico, pousada e flat/apart hotel. O modelo vai beneficiar, em especial, os turistas estrangeiros, já acostumados com os critérios de classificação dos hotéis por estrelas. Só durante a Copa do Mndo de 2014, a expectativa é que 600 mil estrangeiros visitem o Brasil.

Bancos buscam formas de tornar título imobiliário atrativo

Com a necessidade iminente de diversificar a fonte de recursos para crédito imobiliário para além do FGTS e da poupança devido ao aumento da demanda, os bancos buscam formas de alavancar a securitização (transformação de uma dívida em um papel para investimento no mercado de capitais). Um dos pontos em discussão é o índice de remuneração para tornar esses papéis mais atrativos para os investidores, garantindo o crescimento desse mercado. "A Taxa Referencial não atende os grandes investidores. O indexador tem que ser ligado a um índice de preços", afirmou Luiz Antônio França, presidente da Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) em seminário promovido pela entidade. De acordo com Alexandre Assolini, presidente da Câmara do Mercado Imobiliário da BM&FBovespa, dos 589 CRIs (certificados de recebíveis imobiliários) já emitidos no Brasil, a maioria (60,3%) foi atrelada a índices de preço. A TR ficou com uma participação de 30,4%. A vantagem para uma instituição financeira emitir um CRI é receber o dinheiro sem ter de esperar até o último pagamento do tomador do financiamento imobiliário. Para testar esse mercado, a Caixa Econômica Federal transformou uma parte de sua carteira de crédito imobiliário em CRI em março, em uma emissão de R$ 232,766 milhões, sendo a primeira instituição financeira a ofertar esses papéis por um valor abaixo de R$ 300 mil. A aplicação mínima era R$ 10 mil. Dos 1.675 investidores que compraram os CRIs, a maioria era pessoa física (1.570), que somaram um aporte de R$ 107,997 milhões. Apesar da menor quantidade (102), as pessoas jurídicas responderam por R$ 118,822 milhões. Outros R$ 13,999 milhões vieram de três fundos imobiliários. Os papéis, isentos de Imposto de Renda para pessoas físicas, serão remunerados por uma taxa fixa de 10% ao ano mais TR (Taxa Referencial) e vencem em 2018.

Argentina investiga desvio de verbas na organização peronista "Mães da Praça de Maio"

A Justiça argentina abriu uma investigação para apurar o possível desvio de verbas do governo peronista populista de Cristina Kirchner destinadas à Fundação Mães da Praça de Maio, entidade de direitos humanos criada nos anos 1970 pelas mães de desaparecidos durante a ditadura no país (1976-1983) que queriam localizar seus filhos. A investigação será sobre o ex-representante da Fundação, Sergio Schoklender, acusado de mau uso de dinheiro público e lavagem de dinheiro ao lidar com recursos que seriam usados para a construção de casas populares em um projeto da entidade. O que tem a ver a procura de informação sobre desaparecidos políticos com a construção de casas populares? Os jornais La Nación e Clarín informaram na última quinta-feira que o ex-representante da entidade seria, segundo o Diário Oficial, dono da construtora contratada para a construção das casas. As reportagens indicam que ele recebia, por meio da empresa, o dinheiro que era enviado pelo governo à fundação e que leva uma vida de luxo, com iate e aviões particulares. Schoklender, que junto com o irmão Pablo teria deixado a entidade antes das denúncias, disse a jornais e TVs argentinos que nada fez de errado. A Fundação passou a contar com recursos públicos no governo do ex-presidente Nestor Kirchner (2003-2007), continuando a receber as verbas na atual gestão, da viúva de Néstor, o peronista populista Cristina Kirchner. As deputadas Elsa Quiroz (federal) e Maricel Etchecoin (provincial) receberam as primeiras denúncias contra Schoklender em maio do ano passado. As parlamentares disseram ter entregue às autoridades ainda em 2010 as denúncias, mas só agora foi aberta a investigação. Os irmãos Schoklender também são lembrados por terem sido condenados pelo assassinato de seus pais, em 1981, pelo qual ambos já cumpriram pena.

Eike Batista tem interesse em participar da usina de Belo Monte

O bilionário Eike Batista estaria interessado em ingressar na concessionária responsável pela usina hidrelétrica de Belo Monte, empreendimento que é alvo de fortes críticas de ambientalistas. A Norte Energia, concessionária de Belo Monte, está conversando com empresas brasileiras e estrangeiras interessadas em entrar como sócias no projeto, entre elas o grupo EBX, de Eike Batista, afirmaram as fontes, que participam das negociações. A Norte Energia está analisando propostas de interessados em comprar as participações de seis construtoras que já manifestaram interesse em deixar a sociedade. São elas: J.Malucelli Construtora (1%), Galvão (1,25%), Cetenco (1,25%), Contern (1,25%), Serveng (1,25%) e Mendes Júnior (1,25%). Segundo uma fonte da Norte Energia, a saída de alguns dos sócios já era aguardada, uma vez que o principal objetivo dessas empresas ao integrar a concessionária era garantir que estariam no consórcio construtor da obra. O foco da Norte Energia é atrair para a sociedade empresas de energia ou investidores como bancos ou fundos de investimentos.

Maior navio de cruzeiros italiano estréia

Costa Favolosa, estréia no mar
A empresa italiana Costa Cruzeiros lança seu maior navio, o Costa Favolosa, em 2 de julho. Haverá na ocasião uma festa aberta ao público, com homenagem à Unificação Italiana, que completou 150 anos em março. Com 114.500 toneladas e capacidade para acomodar 3.800 hóspedes, o Costa Favolosa é divulgado como a maior embarcação na frota de cruzeiros italiana. Seu nome vem de "favola", que significa conto de fadas em italiano. O navio poderá ser visto no porto de Trieste, cidade no nordeste do país, junto ao mar Adriático. Os moradores e visitantes da região poderão conferir o 15º membro da frota da Costa na praça da Unificação Italiana. Durante a estadia do navio em Trieste, ele recebe na doca seca os últimos retoques, que incluem revestimento do casco e limpeza. Depois disso, vai passar por uma série de testes no mar para checagem dos sistemas operacionais e maquinaria. A embarcação foi construída pelo grupo Fincantieri, em Marghera, na comuna de Veneza. As principais inovações a bordo incluem: seis suítes com varandas e com banheiras de hidromassagem; área de entretenimento para os adolescentes; cinema 4D; a estação Playstation World e um bar com sorvete, bebidas e pipoca. Também terá nova área infantil, um parque aquático, com playgroud e um "navio pirata". Haverá ainda o Samsara Spa, um dos maiores centros de bem-estar construídos em um navio, segundo a empresa. E mais uma área com dois decks (andares), com piscinas com teto de vidro, tela gigante de cinema; o Grand Prix, carro simulador de corrida; e um simulador de golfe. O Costa Favolosa fará pré-estréia em um cruzeiro de três dias, partindo de Veneza, em 4 de julho, passando por Dubrovnik (Croácia) e Koper (Eslovênia). A viagem precede o cruzeiro inaugural de fato, que será em 7 de julho, com passagens pela Grécia, Turquia e Croácia, com escalas em Bari, Izmir, Istambul, Mykonos, Atenas, Katakolon e Dubrovnik.

Dilma anuncia lançamento do programa "Minha Casa, Minha Vida 2"

A presidente Dilma Rousseff anunciou na sexta-feira, durante evento no Rio de Janeiro, o lançamento do "Minha Casa, Minha Vida 2". "Nós vamos continuar construindo o Minha Casa, Minha Vida. Na metade deste mês, nós vamos lançar o Minha Casa, Minha Vida 2, construindo mais dois milhões de moradias para a população brasileira", disse ela. Dilma afirmou ainda que o Brasil mudou: "E eu quero dizer para vocês, vai continuar mudando. Nós vamos continuar gerando muitos empregos, nós vamos continuar fazendo os programas que levaram este País a um nível de desenvolvimento que é um exemplo para o mundo". Ela discursou durante cerimônia de batismo da Plataforma P-56, em Angra dos Reis. Na segunda fase do programa, as unidades habitacionais destinadas para a faixa de renda de até três salários mínimos terão preço médio de R$ 54.940,00 contra os R$ 42 mil da primeira fase do programa.

Economista diz que resultado do PIB se deve a impacto positivo dos estoques

O desempenho do PIB (Produto Interno Bruto) do primeiro trimestre seria pior não fosse o impacto positivo dos estoques, avalia o economista Armando Castelar, da FGV (Fundação Getúlio Vargas). Sozinhos, eles corresponderam por 0,4 ponto percentual. Ou seja, sem esse efeito, a economia teria crescido 0,9% no primeiro trimestre de 2011 ante o último de 2010, e não o 1,3% registrado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). "Isso mostra que, intrinsecamente, a demanda não era tão robusta como parecia", diz Castelar. Para o economista, o arrefecimento da indústria (cuja produção caiu 2,1% em abril) e os acúmulos de estoques indicam que o PIB tende a desacelerar no segundo trimestre.

Tarifa aérea deve subir com preço do petróleo

Passageiros estão se deparando com tarifas mais altas, já que as companhias aéreas tentam repassar um incremento estimado em US$ 50 bilhões no preço dos combustíveis este ano, afirmou um órgão líder do setor na Ásia nesta sexta-feira. Andrew Herdman, diretor-geral da Associação de Companhias Aéreas da Ásia-Pacífico, disse que as tarifas terão que aumentar 10% para compensar os altos preços do petróleo, mas analistas questionaram se as companhias conseguirão repassar os custos por completo. Seus comentários antecipam o encontro anual da Iata (Associação Internacional de Transportes Aéreos), no qual companhias aéreas globais devem cortar suas previsões de lucro. "No ano passado, quase nos acostumamos ao preço do petróleo a US$ 80,00 o barril e tivemos um ótimo ano. Mas, com os preços a US$ 100,00 ou mais, o desafio agora é como repassar o alto custo", disse Herdman.

Lula recebe homenagem da indústria de cana-de-açúcar

O ex-presidente Lula, de volta ao Brasil depois de uma viagem às Bahamas, Cuba e Venezuela, patrocinado pela Odebrecht, será homenageado nesta segunda-feira durante evento de premiação da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar). Conforme a Unica, o nome de Lula foi escolhido pelo "esforço de divulgação e desenvolvimento da indústria sucroenergética durante o seu governo".

Juiz espanhol diz que vítimas do franquismo estão desamparadas

O juiz espanhol Baltasar Garzón afirmou, na sexta, em um debate na sede da ONU, em Genebra, que as vítimas do franquismo espanhol se encontram desamparadas. Para ele, esse fato é "absolutamente incontestável". Ao questionar por que as investigações não estavam sendo levadas adiante, Garzón disse que o abandono deu-se após a interrupção das medidas judiciais que pretendiam esclarecer os desaparecimentos no franquismo. No caso, houve um conflito de competência entre juízes que ainda não foi decidido. A paralisação das investigações dos desaparecimentos do franquismo coincidiu com o afastamento de Garzón de suas funções de magistrado. O juiz foi suspenso de suas funções na Audiência Nacional da Espanha em 14 de maio de 2010. Ele responde a processo penal sob suspeita de prevaricação por ter iniciado, em 2008, a investigação judicial para esclarecer os crimes do regime franquista. O processo das vítimas foi paralisado até que haja uma decisão sobre o caso de Garzón.

Petrobras pode quase triplicar produção em 10 anos

A Petrobras informou na sexta-feira que produzirá mais que qualquer outra companhia petroleira listada em Bolsa no mundo, prevendo elevar a produção para 6 milhões de barris de óleo equivalente por dia em 2020, quase o triplo do que a estatal produz atualmente. A previsão revisada para 2020 representa um aumento de 10% na comparação com a estimativa anterior, de acordo com o diretor financeiro da estatal, Almir Barbassa. Segundo ele, a estimativa tem como base, principalmente, a adição de novos ativos em águas profundas e áreas de exploração próximas ao Rio de Janeiro e a São Paulo. A previsão anterior, anunciada em 2010, era de 5,4 milhões de barris. Desse número, cerca de 1,13 milhão de barris por dia, ou 23%, é de gás natural. Cerca de 6% da estimativa se refere à produção de petróleo e gás fora do Brasil. Mais da metade da produção deve ir para os mercados de exportação, tornando a Petrobras uma das maiores fornecedoras de petróleo fora da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo). Ela também vai permitir que o Brasil desafie os Estados Unidos como terceiro maior produtor, após a Rússia e a Arábia Saudita. "A Petrobras hoje é a terceira maior companhia de energia do mundo, e segunda maior companhia de petróleo entre aquelas listadas na Bolsa", disse Barbassa durante discurso no Centro de Pesquisa da companhia.

Exportação de frango se recupera, mas preços internos têm queda

Os embarques de carne de frango para o Exterior voltaram a subir em maio, assim como os preços da carne em dólares e em reais. Esse escoamento, no entanto, não reduziu a disponibilidade interna o suficiente para sustentar as cotações do frango negociado no País, com quedas acentuadas do frango vivo e da carne no atacado. A notícia de que a Rússia proibiu a entrada de carnes brasileiras de frango, suíno e de boi dos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul, deve pressionar ainda mais as cotações internas. O volume de carne de frango brasileira exportada em maio, segundo dados da Secex, aumentou 4,7% em relação a abril, totalizando 303,1 mil toneladas embarcadas. No confronto com o mesmo mês do ano passado, houve expansão de 4,4%. O preço da carne exportada (em real) aumentou 5,7% em relação à média de abril, para R$ 3,32 o quilo. O aumento dos preços no mercado externo e as desvalorizações acentuadas no interno tornaram as exportações ainda mais atrativas, segundo análise do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada).

Ibama autoriza construção de Santo Antônio do Jari

O Ibama liberou na sexta-feira a licença de instalação que permitirá a construção da hidrelétrica de Santo Antônio do Jari, na divisa do Amapá com o Pará. Sob responsabilidade do consórcio ECE Participações, a usina terá capacidade para gerar 373,4 megawatts e integra o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Segundo o Ibama, a obra será executada em uma área que era destinada à produção de papel, no âmbito do Projeto Jari. Assim, não será necessário desmatar floresta nativa na região para a instalação do canteiro de obras. A usina deve inundar uma área de aproximadamente 31,7 quilômetros quadrados. O Ibama exigiu dos empreendedores a manutenção de uma vazão mínima no rio Jari para preservar o uso turístico da cachoeira Santo Antônio. Na quarta-feira, o Ibama já havia autorizado a construção da hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, que terá potência de 11,2 mil MW.

Índios mantêm piloto e avião presos em aldeia de Roraima

Um avião Cesna, fretado pela Funasa (Fundação Nacional de Saúde), está retido há cinco dias, junto com o piloto, por índios ianomâmis na aldeia Watorik, região do Demini, no Amazonas. Os índios protestam contra a nomeação de uma servidora do Ministério da Saúde para a coordenação do DSEI-Y (Distrito Sanitário Yanomami e Ye'kuana). Na semana passada, os ianomâmis retiveram por cerca de 30 horas um outro avião, da mesma empresa, Roraima Táxi Aéreo, na aldeia Hatiú, em Roraima. Os aviões são usados para levar medicamentos e auxílio sanitário até as aldeias. Pintados para a guerra com carvão e urucum, os índios da aldeia Watorik (localizada a uma hora e meia de avião de Boa Vista) guardam a aeronave armados com flechas e bordunas (porrete de madeira). Eles dizem que só vão liberar o avião e o piloto, identificado como Tarso de Souza, após o ministro Alexandre Padilha (Saúde) receber uma comissão de índios em Brasília. Eles são contra a nomeação de Andréia Maia Oliveira, assessora da coordenação regional da Funasa, indicada, segundo eles, pelo senador Romero Jucá (PMDB). "Pegamos essa aeronave para chamar atenção do homem branco e do mundo inteiro. Se a Polícia Federal for na aldeia para pegar o avião, vai ter conflito. Queremos resolver isso em paz", disse o chefe ianomâmi Davi Kopenawa.

Petrobras retoma licitação de sondas para explorar pré-sal

A Petrobras decidiu retomar a licitação de afretamento de 21 sondas de perfuração para exploração de petróleo da camada do pré-sal, segundo informação do presidente da estatal, José Sergio Gabrielli. O pacote total inclui a construção de 28 sondas, mas sete delas já foram arremadas pelo Estaleiro Atlântico Sul, em Pernambuco, no fim do ano passado. A decisão foi tomada em reunião de diretoria realizada na quinta-feira. Gabrielli disse que a abertura de um novo processo licitatório não deverá provocar atraso no cronograma de entregas. Ele participou do batismo da plataforma de petróleo P-56, no estaleiro BrasFels, em Angra dos Reis (RJ), em cerimônia de contou com a participação da presidente Dilma Rousseff. O processo licitatório aberto anteriormente havia sido abortado no início do ano por conta dos altos preços cobrados pelos participantes. A idéia inicial era que os equipamentos, com capacidade para perfurar a profundidades de até 3.000 metros, fossem construídos no Brasil e depois tivessem contratos de locação com a petroleira por prazos entre 20 e 30 anos. Com a desistência, a Petrobras poderia ir buscar esses equipamentos diretamente no Exterior e isso causaria grande impacto na indústria naval brasileira, que conta com essas encomendas da estatal para se revitalizar. Gabrielli não adiantou se a contratação das 21 sondas será por afretamento. As primeiras sete unidades licitadas serão construídas pela Sete Brasil, empresa em que a estatal tem participação minoritária, no estaleiro Atlântico Sul, para posterior aluguel à à Petrobras. Atualmente, a estatal possui mais de 130 plataformas em operação.

Estrangeiros aplicaram R$ 2,9 bilhões na Bolsa brasileira em maio

Entre compras e vendas diárias de ações, investidores estrangeiros deixaram R$ 2,903 bilhões na Bolsa de Valores brasileira no mês de maio, após três meses consecutivos de retiradas. Trata-se do melhor desempenho mensal deste indicador desde setembro de 2010. Dessa forma, no acumulado deste ano, o saldo ainda está negativo em R$ 767,1 milhões considerando já o primeiro pregão de junho. No mesmo período de 2010, o saldo também estava negativo, em R$ 1,2 bilhão. O índice Ibovespa, nestes cinco meses, desvalorizou 6,8%. É opinião corrente entre analistas que os chamados investidores não-residentes são fundamentais para definir a direção do mercado brasileiro de ações, já que respondem por cerca de um terço dos negócios da Bolsa. Por enquanto, esse "dinheiro novo" não foi capaz de puxar a Bolsa, que desvalorizou 2,3% no mês passado.

Montadora americana Chrysler passa oficialmente às mãos italianas da Fiat

A montadora de automóveis americana Chrysler passou oficialmente para o controle da italiana Fiat, que anunciou na sexta-feira a posse de mais de 50% do capital graças à compra da parte em poder do governo americano. Dois anos depois de ter obtido 20% do capital e os comandos operacionais da terceira maior empresa de automóveis americana que saía da falência, a Fiat anunciou que vai passar a ter 52% do capital da Chrysler depois da compra de 6% que o Tesouro americano ainda detinha. Com isso, o governo americano deixa totalmente a montadora. A empresa italiana já tinha elevado a sua fatia a 46% no mês passado depois de um refinanciamento que a permitiu se livrar da dívida e obter 16% de Estados Unidos, Canadá e do sindicato do setor automobilístico UAW. "No momento em que o Tesouro se desfaz de seu investimento na Chrysler, está claro que a decisão do presidente Barack Obama de apoiar esta empresa e de reestruturá-la foi correta", saudou o secretário americano do Tesouro, Timothy Geithner.

Líder do PT descarta acordo em proposta de tucano sobre MPs

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), disse na sexta-feira que não haverá acordo sobre o texto aprovado na Comissão de Constituição e Justiça que muda o rito de tramitação das medidas provisórias. O texto, de autoria do senador Aécio Neves (PSDB-MG), foi referendado pelo PT na comissão. Segundo Costa, o apoio da bancada petista é à proposta de autoria do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). A mudança de tom veio depois que a presidente Dilma Rousseff manifestou sua contrariedade à versão apresentada por Aécio Neves. O principal ponto que desagrada ao governo no relatório de Aécio Neves é a criação de uma comissão que vai decidir se uma MP deve vigorar. De acordo com a proposta, a MP terá validade a partir de sua edição, como já ocorre hoje, mas seria necessária a análise por uma comissão permanente formada por 12 senadores e 12 deputados. Essa comissão, que vai avaliar a relevância e urgência da MP, terá dez dias para se pronunciar, caso considere que a MP não preenche esses requisitos a comissão pode transformar o texto em projeto de lei que tramitará em regime de urgência. "Isso nós não aceitaremos. Podemos negociar qualquer outro substitutivo à proposta original do presidente Sarney desde que não quebre a urgência nem crie essa comissão especial", disse o líder do PT.

OMS diz que bactéria E. coli pode ser transmitida de pessoa para pessoa

A OMS (Organização Mundial da Saúde) afirmou nesta sexta-feira que a letal bactéria intestinal E. coli Enterohemorrágica (EHEC) pode ser transmitida de pessoa para pessoa, seja através dos sedimentos ou por via oral. O surto matou 17 pessoas na Alemanha e uma na Suécia. "Este tipo de transmissão nos preocupa e, por esta razão, queremos que se reforcem as mensagens relativas à higiene pessoal", declarou Andrea Ellis, epidemiologista da OMS. Ellis afirmou que, neste caso, é crucial lavar bem as mãos após ir ao banheiro e antes de tocar nos alimentos. Ellis mencionou que um aspecto incomum deste surto é o grande número de casos de SUH e também o fato de que os adultos sejam os mais afetados, quando normalmente não é o grupo de maior risco. Além disso, comentou que o maior impacto está entre as mulheres por supostamente tenderem a consumir mais vegetais crus em saladas, e acredita-se que é ali onde está a origem da bactéria.

Caixa desiste de 500 processos no Supremo Tribunal Federal

A Caixa Econômica Federal oficializou na sexta-feira a desistência de cerca de 500 dos 600 processos em tramitação atualmente no Supremo Tribunal Federal, após reunião com o ministro Cezar Peluso, presidente do tribunal. Mensalmente, um montante de 430 recursos extraordinários são distribuídos no Supremo. Há ainda os agravos, cujo número não foi informado. De acordo com Jailton Zanon da Silveira, diretor jurídico da Caixa, as regras para os novos processos também irão mudar. "Se antes o advogado tinha que pedir autorização para não recorrer ao Supremo, agora terá que justificar o porquê do recurso", afirmou. Uma pesquisa publicada em maio desse ano pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) mostrou que a Caixa é a maior litigante do Supremo, seguida pela Telemar e pelo Banco Central. Foram ajuizados pela Caixa, nos últimos 21 anos, mais de 211.420 processos no Supremo. Os recursos dos quais a Caixa desiste são, em sua maioria, aqueles que já têm solução pacificada na jurisprudência ou os de menor valor, segundo Silveira.

Descoberta da Aids completa 30 anos

A Aids, uma doença ainda sem cura, foi descoberta há 30 anos e já provocou 30 milhões de mortes. Ela transformou o mundo, gerou um investimento financeiro exemplar, uma mobilização de larga escala e avanços médicos espetaculares. Há 30 anos, no dia 5 de junho de 1981, o Centro de Controle de Doenças de Atlanta, nos Estados Unidos, descobriu em cinco jovens homossexuais uma estranha pneumonia, que até então só afetava pessoas com o sistema imunológico muito debilitado. Um mês depois, foi diagnosticado um câncer de pele em 26 homossexuais americanos e se começou a falar de "câncer gay". No ano seguinte, a doença foi batizada com o nome de Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids). Em 1983, uma equipe francesa isolou o vírus transmitido pelo sangue, secreções vaginais, leite materno ou sêmen, que ataca o sistema imunológico e expõe o paciente a "infecções oportunistas", como a tuberculose ou a pneumonia. Nestes 30 anos de Aids e seus milhões de vítimas, também houve grandes êxitos contra o vírus. Em 1996, com o desenvolvimento dos antirretrovirais, a doença mortal passou a ser uma enfermidade crônica. O Fundo Mundial, criado em 2002, já distribuiu US$ 22 bilhões em subsídios e um "programa de urgência" foi organizado nos Estados Unidos. A Aids tem matado menos, no entanto ela não desaparece. Pelo contrário, o número de pessoas infectadas tem aumentado nos últimos anos, exigindo mais pesquisas, mais tratamentos e mais dinheiro. Por enquanto, apenas uma em cada três pessoas que necessitam de tratamento tem acesso às drogas. Ainda pior é que para cada duas pessoas que iniciam o tratamento, cinco outras pessoas são contaminadas.

São Paulo inclui sarampo em campanha de vacinação contra a poliomielite

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo irá incluir a imunização contra o sarampo na campanha de vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil) que vai de 18 de junho a 1º de julho, em todo o Estado. Todas as crianças com até seis anos de idade devem ser vacinadas. Se tiver de 0 a 1 ano, a criança recebe só a vacina contra a pólio; se tiver de 1 a 4 anos, recebe as duas vacinas; e se tiver de 5 a 6 anos, recebe só a vacina contra o sarampo. O objetivo, segundo a secretaria, é proteger as crianças contra as duas doenças antes do período de férias. A meta é vacinar 3,17 milhões de crianças. O anúncio vem após o registro de nove casos de sarampo no Brasil neste ano, todos relacionados à importação de um vírus que circula na Europa. O sarampo é uma doença infecciosa aguda, altamente contagiosa, transmitida por vírus de pessoa para pessoa, por meio das secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar.

Mantega admite que resultado do PIB deve desacelerar no segundo trimestre

O ministro Guido Mantega (Fazenda) comemorou na sexta-feira o resultado do PIB (Produto Interno Bruto) do primeiro trimestre, que registrou alta de 1,3% na comparação com o quarto trimestre de 2010. "O crescimento foi menor que o esperado, porém mostra que a economia mantém a vitalidade dos últimos anos e se diferencia do comportamento mundial, especialmente dos Estados Unidos, países europeus e até da China que já demonstra desaceleração". disse ele. Mantega, no entanto, admitiu uma desaceleração a partir do segundo trimestre: "Caminhamos para um crescimento mais moderado e sustentável no próximo trimestre. Percebemos uma desaceleração já e no próximo trimestre isso deve se confirmar. Se nós olharmos um pouco mais adiante, vamos perceber que a economia brasileira desacelerou um pouco mais e, portanto, o segundo trimestre desse ano vai ter um crescimento menor". O ministro disse que o resultado foi fortemente influenciado pelo setor agropecuário, com alta de 3,3%, e disse que a indústria, que cresceu 2,2%, também vai bem.

Romário explica convite para depor ao "doutor" Ricardo Teixeira

O ex-atacante e deputado federal Romário (PSB-RJ) apareceu no hotel que a seleção brasileira estava concentrada em Goiânia e voltou a comentar o convite que fez para que Ricardo Teixeira, presidente da CBF e presidente do Comitê Organizador da Copa de 2014. Romário disse que estava na capital goiana "por acaso", para disputar um jogo beneficente. No último dia 31 de maio, a Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados aprovou por unanimidade convite proposto por Romário para que Ricardo Teixeira esclareça as recentes denúncias de corrupção envolvendo o cartola e a entidade. "Gostaria muito que ele fosse. O meu convite para o Ricardo Teixeira é mais direcionado sobre a Copa do Mundo. Ele é presidente do COL, e tem que responder por isso. Eu acho uma coisa absurda o que vem acontecendo de um ano e meio para cá, esses aumentos absurdos, principalmente nos estádios", afirmou. "E a Fifa determina algumas coisas, passam pelo COL, que dá ordens para as sedes. Eu acho que o doutor Ricardo possa ir lá tranquilamente se defender, ele mesmo já falou publicamente que não existe nada de verdade nisso", completou.

Gisele Bündchen deve se tornar primeira modelo bilionária

A brasileira Gisele Bündchen, de 30 anos, deve se tornar a primeira modelo bilionária da história. De acordo com a revista "Forbes", o fato de Gisele ter feito seu nome virar uma marca, com licenciamento de produtos, será determinante na conquista do seu primeiro bilhão. A revista dá destaque a nova linha de lingerie com o nome dela, cujos ganhos podem chegar a R$ 30 milhões por ano. Outro produto que está engordando a conta de Gisele é a linha de sandálias dela para a Ipanema, que representariam 63% das exportações anuais da Grandene, que a produz, ou R$ 395 milhões por ano. A revista lista ainda a linha com o nome da modelo para a loja C&A, produtos de beleza e jóias. Desde que Gisele entrou para a lista das cem celebridades mais bem pagas da "Forbes", os ganhos da modelo já passaram dos US$ 250 milhões (R$ 425 milhões) e devem continuar a subir. Segundo a revista, Gisele gasta o dinheiro com sabedoria e sabe fazer investimentos inteligentes, como propriedades de terras na Bahia, um hotel no Sul do Brasil e a casa milionária que ela construiu na Califórnia com o marido, Tom Brady, que deve custar mais de US$ 31 milhões (R$ 53 milhões).

FIA divulga pré-calendário da F-1 para 2012 com 21 corridas

A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) divulgou na sexta-feira o pré-calendário da categoria para a próxima temporada. A grande novidade para 2012 será o aumento no número de provas, de 20 para 21. Isso aconteceu por conta da inclusão do GP dos Estados Unidos, que será realizado em Austin, em 17 de junho. A abertura está marcada para 11 de março no Bahrein. Confira o pré-calendário da F-1 para 2012: 11/03 - Bahrein; 18/03 - Austrália; 01/04 - Malásia; 08/04 - China; 22/04 - Coreia do Sul; 06/05 - Turquia; 20/05 - Espanha; 27/05 - Mônaco; 10/06 - Canadá; 17/06 - Estados Unidos; 01/07 - Europa (Valência); 15/07 - Inglaterra; 29/07 - Alemanha; 05/08 - Hungria; 02/09 - Bélgica; 09/09 - Itália; 30/09 - Cingapura; 14/10 - Japão; 28/10 - Índia; 11/11 - Abu Dhabi; 25/11 - Brasil.

Manifestantes pedem renúncia do primeiro-ministro da Jordânia

Cerca de 3.000 pessoas participaram de uma manifestação na sexta-feira em Amã e em outras cidades jordanianas para pedir a renúncia do governo do primeiro-ministro, Marouf al-Bakhit, e a derrogação do tratado de paz com Israel. Militantes da Frente de Ação Islâmica, principal partido opositor da Jordânia, saíram às ruas após a reza muçulmana da sexta-feira na Grande Mesquita de Hussein, no centro da capital. Os manifestantes levavam cartazes e cantaram palavras de ordem contra Bakhit, acusado de ter fracassado na hora de realizar reformas políticas e não ser rígido com a corrupção, e pediram a dissolução da câmara baixa do Parlamento. Além disso, gritaram frases contra o tratado de paz entre Jordânia e Israel, assinado em 1994, por causa do aniversário da guerra de 1967, na qual o Exército israelense arrebatou à Jordânia Jerusalém Oriental e Cisjordânia.

CNI aumenta para 3,8% previsão de crescimento da economia

A expansão do PIB (Produto Interno Bruto) no primeiro trimestre fez a CNI (Confederação Nacional da Indústria) aumentar suas estimativas para o desempenho da economia em 2011. A previsão para o crescimento do PIB, que era de 3,5% em abril último, aumentou para 3,8%, e a expectativa de expansão do PIB industrial subiu de 2,8% para 3,2%. Segundo a CNI, o resultado foi puxado pelo bom desempenho da indústria, que teve expansão de 2,2% no período. Apesar do aumento do PIB detectado pelo IBGE no início deste ano, a CNI acredita, no entanto, que o ritmo da atividade econômica será menor nos próximos meses.

Embargo russo gera perda mensal de US$ 8 milhões para as indústrias do Paraná

O embargo imposto pelas autoridades sanitárias da Rússia à importação de produtos de frigoríficos brasileiros deve gerar um prejuízo mensal de US$ 8 milhões às indústrias de carnes de frango, suína e de aves do Paraná. A estimativa é do Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados no Estado do Paraná (Sindicarne). O presidente da Sindicarne e da Associação Brasileira de Frigoríficos, Péricles Salazar, acredita que o impacto será o mesmo de quando o Brasil interrompeu as importações para a Rússia, em 2005, devido à febre aftosa. Segundo ele, o cálculo dos prejuízos é baseado no total exportado pelo Estado, nos três setores, em 2010, que foi de U$ 96 milhões.

OAB culpa omissão do governo por assassinatos de "líderes" rurais

O presidente da OAB, Ophir Cavalcante, criticou na sexta-feira a postura de "descaso" dos governos estadual e federal com a onda de assassinatos de líderes rurais na região norte do País. "Líder" de quê? A OAB não sabe, sua direção fala de maneira absolutamente genérica. Parece que a OAB se tornou um partido político aliado da organização terrorista clandestina MST. "A União é a maior latifundiária da Amazônia. Ocupou essas terras a propósito de segurança nacional. E é nessas terras que essas mortes ocorrem. E o que a União procura dizer? Que segurança pública não é com ela. E o Estado diz que reforma agrária não é com ele, pois não é questão de segurança pública, mas uma questão social. Então um fica empurrando a responsabilidade para o outro. O grande culpado por essas mortes no Pará, ou no campo, é o governo. É a omissão do governo", afirmou Cavalcante. Isso não é um discurso político de esquerda?

Finlândia detecta primeiro caso de contaminação pela bactéria E.coli

As autoridades de saúde da Finlândia informaram na sexta-feira que, em um hospital de Helsinque, foi detectado o primeiro caso de infecção no país pela bactéria E. coli, causadora até o momento de 17 mortes na Alemanha e outra na Suécia. Segundo o Instituto Finlandês de Saúde e Bem-estar, o paciente foi internado no centro hospitalar no final de maio após retornar de uma viagem à Alemanha, país onde surgiu a maioria das infecções por esta agressiva variação da bactéria intestinal.

Ex-senador John Edwards é indiciado por suspeita de desviar US$ 1 milhão

Uma corte federal americana indiciou criminalmente o ex-senador John Edwards, ex-pré-candidato à Presidência, na sexta-feira, em uma investigação sobre a suspeita de desviar mais de US$ 1 milhão de fundos de campanha enquanto tentava a candidatura à Casa Branca, em 2008, para esconder um caso extraconjugal. Edwards, de 57 anos, foi candidato presidencial democrata em 2004 e 2008. Ele estava sendo investigado há dois anos sobre o uso ilegal de doações de campanha para esconder o caso com a voluntária de sua campanha Rielle Hunter. Edwards acabou admitindo não apenas o caso, mas um filho que teve com Hunter. Ele e sua mulher, Elizabeth, se separaram e ela morreu de câncer em dezembro passado. Ex-senador pelo Estado da Carolina do Norte, foi candidato democrata à vice-presidência dos Estados Unidos na campanha presidencial de 2004 na chapa encabeçada por John Kerry. Na ocasião, a dupla foi derrotada nas urnas pelo republicano George W. Bush.

Telefónica perde clientes em todas as frentes na Espanha

A base de clientes da Telefónica diminuiu de tamanho em abril no mercado espanhol em praticamente todos os negócios da companhia, segundo dados publicados na sexta-feira pela Comissão do Mercado de Telecomunicações. Segundo o informe, mais de meio milhão de clientes mudaram de operadora em busca de ofertas, dando as costas a grandes empresas como Telefónica e Vodafone. E as operações com banda larga via tecnologia ADSL apresentaram crescimento fraco. "Em abril, a banda larga fixa ganhou 17.961 adições, uma cifra que contrasta significativamente com a registrada no mês passado: 108.017", informou a Comissão do Mercado de Telecomunicações, acrescentando que a Telefónica foi a operadora mais afetada, com perda líquida de 23.480 linhas. O negócio de telefonia fixa continuou se contraindo e, no de banda larga, o mais rentável, apenas os operadores alternativos e as companhias de TV a cabo conseguiram elevar a base de clientes. Com isso, em abril, o número de usuários de banda larga da Telefónica caiu para 5,54 milhões e sua participação de mercado recuou 0,3 ponto percentual, para 51,7%. Na telefonia celular, a base de usuários caiu em março em 71 mil linhas, na terceira queda consecutiva, e 384 mil usuários trocaram de operadora, em detrimento de Telefónica e Vodafone, que registraram um saldo negativo de 51.460 e 28.233 clientes, respectivamente.

Bahrein volta ao calendário 2011 e Brasil deixa de ser o último GP de F-1 do ano

Depois de ser cancelado por causa dos violentos protestos antigoverno, o GP do Bahrein retorna ao calendário 2011 da F-1. Na sexta-feira, após uma reunião em Barcelona, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) confirmou a prova para o dia 30 de outubro. "É uma ótima notícia para o Bahrein, já que nosso país atravessou um período muito difícil e a estabilidade voltou", declarou o diretor do circuito de Sakhir, Zayed R. Alzayani. A nova data do GP do Bahrein coincide com o GP da Índia, que já foi transferido para dezembro, provavelmente no dia 11. Assim, o GP Brasil, que encerraria a temporada, será a penúltima prova do calendário, em 27 de novembro. O GP do Bahrein estava marcado para ser a abertura do Mundial de F-1 em 13 de março. No entanto, em virtude dos protestos violentos a prova foi cancelada.

Banco Central diz que resultado do PIB mostra expansão sustentada e equilíbrio

O Banco Central acredita que o crescimento da economia brasileira está chegando ao equilíbrio interno e externo. Segundo a autoridade monetária, a taxa de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de 1,3% no primeiro trimestre deste ano, ante a alta de 0,8% do quarto trimestre de 2010 (dado revisado), confirma que a economia brasileira se encontra em um ciclo sustentado de expansão, em ritmo mais condizente e equilibrado. O crescimento de 4,2% do PIB no primeiro trimestre deste ano, em relação ao primeiro trimestre de 2010, segundo os dados das Contas Nacionais divulgados na sexta-feira pelo IBGE. Para o Banco Central, a demanda doméstica continua sendo o grande suporte da economia. Em relação à FBCF (Formação Bruta de Capital Fixo) o banco comenta que o crescimento de 8,8% no primeiro trimestre, em relação ao primeiro trimestre de 2010, apresenta um "desempenho robusto e que sugere que o empresariado nacional permanece confiante nas perspectivas para a economia brasileira neste e nos próximos anos".

Agência de risco critica impasse envolvendo a dívida americana

A agência de classificação de risco Moody's advertiu na última quinta-feira que pode rebaixar a nota da dívida americana caso o Congresso dos Estados Unidos deixe de elevar o limite do endividamento nas próximas semanas. A agência opinou que fatores políticos estavam interferindo na decisão do Congresso. Na última quarta-feira, a Câmara de Representantes (deputados federais) dos Estados Unidos, de maioria republicana, rejeitou um pedido do governo pelo aumento no teto da dívida. Enquanto a Casa Branca pede a elevação do teto para evitar riscos de inadimplência, a oposição alega que, antes, os democratas devem concordar com cortes nos gastos estatais. Em meados de maio, os Estados Unidos alcançaram o seu limite legal de endividamento, de US$ 14,3 trilhões (cerca de R$ 22,6 trilhões). Na época, o secretário do Tesouro, Timothy Geithner, disse que, com as medidas adotadas em relação à suspensão dos investimentos nos fundos de pensão, será possível evitar ultrapassar o teto apenas até 2 de agosto. Líderes de ambos os partidos americanos concordam com a necessidade de cortes no orçamento, mas divergem sobre como fazê-los. Em seu comunicado, a Moddy's advertiu que, se o Congresso não agir, a agência pode rebaixar a classificação da dívida americana de AAA, por conta "do muito pequeno, mas crescente risco de uma moratória". Tal medida aumentaria os custos de captação de recursos, dificultando a recuperação da ainda cambaleante economia americana.

Investimento volta a acelerar após três trimestres em ritmo descendente

O investimento no Brasil voltou a acelerar e teve alta de 1,2% nos três primeiros meses do ano. Nos três trimestres anteriores, a taxa era positiva, mas vinha em ritmo descendente. No quarto trimestre de 2010, por exemplo, havia avançado 0,4%. Com o resultado, a taxa de investimento no País representou 18,4% do PIB (Produto Interno Bruto), segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados na sexta-feira. Trata-se da maior taxa para um primeiro trimestre desde 2008, quando chegou a 18,5% do PIB. Para a coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca Palis, ainda não houve efeito da alta de juros imposta pelo Banco Central sobre os investimentos. Em relação a igual período em 2010, o investimento no país cresceu 8,8%, puxado pela construção civil e pela importação e a produção interna de máquinas e equipamentos.

Cesta básica fica mais cara em 12 capitais

A cesta básica ficou mais cara em 12 das 17 capitais pesquisadas em maio, segundo levantamento divulgado na sexta-feira pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, uma organização petista). As maiores altas ocorreram em Recife (2,79%), Fortaleza (2,54%), Rio de Janeiro (1,90%), Vitória (1,75%), São Paulo (1,66%), Goiânia (1,34%) e Florianópolis (1,02%). Cinco capitais registraram queda no preço. São elas: Natal (-1,79%), Manaus (-0,96%), Belém (-0,77%), Salvador (-0,48%), Curitiba (-0,22%). Com aumento de 1,66% no mês, São Paulo continua a cidade mais cara quando os preços da cesta básica são comparados por capital. Em abril, a cesta custou R$ 272,98. Em abril era de R$ 268,52. A jornada de trabalho necessária para a aquisição da cesta total foi, em maio, de 95 horas e 16 minutos, mais que no mês anterior, que era de 94 horas e 41 minutos, ambas menores que a de abril de 2010, quando foi de 98 horas e 44 minutos. O custo da cesta básica alimentar comparado com o salário mínimo líquido (após os descontos da Previdência Social) apresenta relação semelhante. Considerando a média das 17 capitais, no mês de maio a taxa era de 47,07%; no mês de abril, de 46,78% e, em maio de 2010, de 48,24%. Os alimentos que mais influenciaram as altas foram o tomate e a batata. O primeiro, registrou alta em 13 das 17 capitais pesquisadas. Já a batata, pesquisada em nove capitais, teve alta em sete. Produtos de grande peso na cesta, o arroz registrou alta em 15 de 17 capitais, enquanto o feijão sofreu alta em sete. O preço do pão subiu em 11 cidades. O custo da cesta básica nas capitais pesquisadas em maio, em R$, foi o seguinte: Natal - R$ 225,28; Salvador - R$ 202,40; Vitória - R$ 260,59; Rio de Janeiro - R$ 260,00; Florianópolis - R$ 255,12; São Paulo - R$ 272,98; Fortaleza - R$ 218,01; Porto Alegre - R$ 265,70; Belém - R$ 229,62; Curitiba - R$ 245,98; Aracaju - R$ 186,67; Belo Horizonte - R$ 247,23; Goiânia - R$ 240,35; João Pessoa - R$ 200,18; Brasília - R$ 248,93; Manaus - R$ 245,54; Recife - R$ 207,66.

Aliados do PT avaliam que saída de Palocci não será suficiente contra crise

Entre petistas e principalmente aliados, dissemina-se a impressão de que a eventual saída de Antonio Palocci não será suficiente para pacificar a situação no Congresso, onde o governo Dilma, a despeito de sua folgada maioria teórica, segue tomando sustos. Embora reconheçam que a situação do ministro da Casa Civil é crítica, deputados e senadores alegam que só haverá luz no fim do túnel se for abandonada a política de autossuficiência e confronto, da qual, lembram, Palocci era apenas o executor, obedecendo às ordens da presidente. "A crise é de gênero. O nome da crise não é Palocci", diz um político expoente do PMDB. "Gênero", no caso, quer dizer "A mulher".

Globo terá telejornais na Europa e nos Estados Unidos

A Globo vai lançar o "Globo Notícia América" e o "Globo Notícia Europa". Com sede em Nova York e Londres, os telejornais semanais terão notícias e prestação de serviços de interesse dos brasileiros que moram nessas regiões. Os noticiários serão exibidos na Globo Internacional, para os 100 mil assinantes nos Estados Unidos e os 50 mil na Europa. Novas versões para outros países estão em estudo.

Falha deixa 10 mil exames de dengue sem confirmação em São Paulo

Uma falha técnica nos exames NS1, também conhecidos como teste rápido da dengue, está emperrando a análise de cerca de 10 mil amostras de sangue de pacientes com suspeita da doença em Ribeirão Preto (cidade localizada a 313 quilômetros de São Paulo). O atraso nos exames prejudica o direcionamento das ações de controle de vetores e provoca defasagem no total de casos confirmados. Segundo a Vigilância Epidemiológica de Ribeirão Preto, dez kits entregues pela empresa Virion Diagnóstica no início de maio não apresentaram resultado satisfatório. A empresa foi acionada para identificar o defeito e encaminhou uma equipe técnica à cidade. "Já tínhamos usado em torno de 200 kits. O problema nos surpreendeu", afirma a diretora da Divisão de Vigilância em Saúde de Ribeirão, Maria Luiza Santa Maria. Enquanto o resultado do laudo não é emitido, as amostras de sangue dos pacientes seguem estocadas. De acordo com Maria Luiza, o diagnóstico da dengue não será prejudicado, pois os hemogramas e o NS1 cromatográfico, usado para a detecção de casos graves, continuam sendo feitos. Segundo Maria Luiza, Ribeirão é o único município paulista que paga para fazer o NS1 em todos os suspeitos. De acordo com um boletim epidemiológico recente, Ribeirão Preto teve 13.547 casos de dengue e seis mortes até 1º de junho. O problema técnico nos kits acentuou o acúmulo de amostras de sangue, que começou quando a Virion deixou de entregar os testes em abril.

Medida para conter crédito freia consumo das famílias

O consumo das famílias avançou 0,6% no primeiro trimestre de 2011, o menor avanço desde o quarto trimestre de 2008, no auge da crise econômica mundial. O crescimento mais tímido é influenciado pelas medidas de contenção do crédito determinadas pelo Banco Central, para segurar o ritmo da economia, avaliou a coordenadora de Contas Nacionais do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Rebeca Palis. "Ao mesmo tempo, houve um crescimento menor da massa salarial, que influenciou no resultado do consumo das famílias", afirmou. Em relação ao igual período no ano anterior, o consumo das famílias subiu 5,9%, o 30º avanço consecutivo nessa base de comparação. A desaceleração do consumo das famílias também fica evidente nesse dado, já que no quarto trimestre de 2010, a alta foi de 7,5% ante igual período no ano anterior. Nos últimos 12 meses, o consumo das famílias teve incremento de 6,2%.

Mísseis atingem palácio presidencial e ferem ditador do Iêmen

O ditador do Iêmen, Ali Abdullah Saleh, ficou levemente ferido na sexta-feira em um ataque de mísseis que atingiu a mesquita do palácio presidencial, na capital Sanaa. Segundo as agências de notícias e a TV Al Arabiya, o ataque deixou ao menos quatro seguranças mortos. Os mísseis também feriram gravemente o presidente do Parlamento, Yahya Ali al-Raee, e o primeiro-ministro, Ali Muhammad Mujawar. O palácio presidencial foi atingido por mísseis na sexta-feira na esteira dos confrontos entre as forças de Saleh e militantes do clã tribal Hashid, ligado a organização terrorista Al Qaeda, que transformaram Sanaa em um campo de batalha desde 23 de maio. Shami acusou o chefe da Hashid de ter "superado todos os limites toleráveis" com o ataque. Mais de dez explosões atingiram na sexta-feira um bairro habitado por diplomatas no sul de Sanaa. Fontes da Hashid disseram que as explosões tinham como alvo a casa do filho mais novo do líder da tribo, Hamid, empresário e destacado opositor do regime de Saleh. Após quatro meses de protestos populares violentamente reprimidos pelo regime de Saleh, que se nega a deixar o poder, a revolta adquiriu outra magnitude com o início de combates intensos em Sanaa entre forças leais ao presidente e partidários do influente líder dos Hashid, o xeque Sadek al Ahmar. Os confrontos começaram quando forças de segurança tentaram invadir a residência de Ahmar, em Sanaa, no último dia 23. Desde então, forças de segurança do governo e guardas tribais trocam disparos de armas pesadas e mísseis pelas ruas da capital.

Outra crise no inacreditável Ministério da Educação

Surge nova crise envolvendo o inacreditável Ministério da Educação, aquele que pretendia distribuir kits gays para crianças nas escolas brasileiras. Agora é o problema de 26 mil funcionários contratados em hospitais universitários de maneira considerada irregular pelo Tribunal de Contas da União. Com a derrubada da MP, no Senado, que criou a empresa pela qual eles seriam contratados, os servidores entraram em um limbo jurídico. O Ministério da Educação sabe como resolver a questão. O governo enviará ao Congresso projeto de lei em regime de urgência, propondo novamente a criação da empresa.

Bactéria resistente a antibióticos é detectada em humano e vaca

Um grupo de cientistas detectou em humanos e vacas uma nova cepa de bactérias Staphylococcus aureus resistente aos antibióticos do grupo da penicilina, publicou a revista "Lancet Infectious Diseases". A epidemiologista veterinária espanhola Laura García-Álvarez, pesquisadora associada do Imperial College de Londres, identificou várias mostras de bactérias que apresentavam resistência aos antibióticos e que os testes habituais não detectavam. A pesquisadora fez a descoberta enquanto preparava sua tese de doutorado na Universidade de Cambridge. A nova cepa de Staphylococcus aureus resistente à Meticilina (MRSA), contém um gene chamado mecA, responsável pela resistência aos antibióticos, que só tem 60% de nível de semelhança daqueles que compartilham 99% das MRSA conhecidas. Por isso a nova cepa passava despercebida nos exames clínicos, informou Laura. Após identificar 13 amostras da bactéria, denominada LGA251, em leite de vaca, os pesquisadores detectaram 50 casos em humanos no Reino Unido e na Dinamarca em 2010, e atualmente estão desenvolvendo os primeiros testes em outros países europeus, como Portugal, Alemanha e Holanda. Mark Holmes, professor de medicina veterinária preventiva da Universidade de Cambridge, que dirigiu a pesquisa, afirmou que a bactéria tem uma ampla distribuição geográfica, mas que sua incidência em números absolutos é muito baixa, embora não tenha descartado um aumento dos casos nos próximos anos quando se estenderem os novos testes clínicos para detectá-la. Os cientistas ainda não determinaram se foi a bactéria de origem bovina que passou para os humanos, ou o contrário. Calcula-se que um terço das pessoas tem em seu organismo bactérias resistentes aos antibióticos, principalmente na pele e nas fossas nasais, embora as complicações médicas associadas às MRSA costumem ocorrer em pacientes hospitaleiros submetidos a alguma intervenção cirúrgica.

OMS informa que surto de bactéria E.coli já atinge 12 países

Doze países relataram casos de pessoas diagnosticadas com a variante da bactéria intestinal E. coli Enterohemorrágica (EHEC), informou na sexta-feira o Escritório Regional Europeu da OMS (Organização Mundial da Saúde), em Copenhague. A bactéria, uma variante nunca antes vista, causou 18 mortes na Alemanha e Suécia e deixou centenas de contaminados. A lista dos países atingidos é liderada pela Alemanha, que tem 1.046 pacientes diagnosticados com a de EHEC e 470 pacientes com a Síndrome Hemolítico-Urêmica (SHU), sintoma mais grave da doença, causado por uma toxina específica desta variedade de E.coli que destrói hemácias (células vermelhas do sangue) e provoca insuficiência renal. Na lista, figuram ainda a Áustria (com dois casos de EHEC), a República Tcheca (com um caso de EHEC), a Dinamarca (com dez casos de SHU e sete de EHEC), França (com seis casos de EHEC), Holanda (com quatro casos de EHEC e outros quatro de SHU), Noruega (com um caso de EHEC), Espanha (com um caso de SHU), Suécia (com 28 casos de EHEC e outros 15 de SHU), Suíça (com dois casos de EHEC), Reino Unido (com quatro casos de EHEC e outros três de SHU) e Estados Unidos (com dois casos de SHU). A maioria dos casos é de indivíduos que residem ou visitaram recentemente o norte da Alemanha durante o período de incubação da infecção, com exceção de uma pessoa que se infectou após ter contato com alguém que tinha estado na Alemanha e duas que se contaminaram fora do país. A Comissão Européia suspendeu na quarta-feira o alerta sanitário decretado contra os pepinos espanhóis após uma denúncia equivocada das autoridades de Hamburgo sobre uma relação entre estes produtos e o surto mortal da bactéria E.coli. A União Européia condenou na sexta-feira a decisão russa de vetar a importação de verduras frescas do bloco. Cientistas alemães e chineses conseguiram decifrar na quinta-feira o genoma da E.coli, identificado como um cruzamento até agora desconhecido de bactérias, que provocou já a morte de 18 pessoas e ameaça arruinar a colheita de agricultores de toda Europa. A equipe bacteriológica da Clínica Universitária Eppendorf, de Hamburgo, foi quem informou da identificação do genoma da bactéria letal, surgida da combinação entre pelo menos duas variedades.

Pastor prega na televisão o dízimo no débito automático

O missionário R.R.Soares, líder da Igreja Internacional da Graça, é um inovador. Ele acaba de lançar uma nova modalidade de coleta de dízimo, por meio de débito automático em conta-corrente. Segundo Soares divulgou em seu programa na Band, o membro da igreja poderá fazer suas doações mensalmente de forma mais prática. Para isso o fiel deve preencher um cadastro nos sites da igreja e passar seus dados bancários. É o doador, afirma Soares, quem decide quanto quer doar. Quem se cadastrar, diz ele, ganha "um brinde de Jesus", sem dizer o que é. O missionário garante ainda que, se por acaso o doador não tiver saldo em um determinado mês para dar o dízimo automático, ele não será debitado e "o fiel não será incluído no SPC ou no Serasa". A doação mensal voltará a ser debitada no mês seguinte, sem acumular a que não foi paga. Para criar o "dízimo em conta corrente", a Igreja Internacional da Graça firmou parceria com Itaú, Banco do Brasil e Bradesco. Além do dízimo automático, o pastor R.R.Soares também lançou o cartão de crédito da Igreja Internacional da Graça de Deus. Entre outras vantagens, o cartão permite pagar as compras "em até 40 dias, financiar no crédito rotativo e fazer saques de emergência no Brasil e Exterior". Segundo a igreja, o cartão "é mais uma forma de você contribuir com as ações e obras sociais da igreja". Além da Internacional da Graça, a Universal e a Mundial também aceitam o pagamento de dízimos e doações por meio de cartão de crédito e débito. Romildo Ribeiro Soares, de 64 anos, é cunhado de Edir Macedo (casado com a irmã de Macedo, Maria Magdalena) e co-fundador da Igreja Universal do Reino de Deus.

Professor de Yale acusa bolha em setor imobiliário brasileiro

O professor Robert Shiller, do departamento de economia da Universidade de Yale, alertou na sexta-feira para a eventual formação de uma bolha imobiliária no País. Segundo ele, a especulação dos investidores e a prosperidade atual da economia contribuem para uma supervalorização dos imóveis."Nos Estados Unidos, mesmo após o estouro da bolha imobiliária, tivemos um boom dos imóveis na cidade de San Francisco, que  subiram até 20%. Não é difícil acreditar que o mesmo esteja ocorrendo no Brasil", afirmou ele, durante participação no Congresso Brasileiro de Aço, em São Paulo. Pouco antes, em sua apresentação, o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, dissera "que é importante que o mercado de crédito avance no setor imobiliário". Shiller também apontou que o Brasil deve tomar cuidado para não basear seu crescimento apenas nas novas reservas de petróleo. "Os EUA tiveram a sorte de encontrar petróleo muito cedo, nos anos 1850, mas o que deve ser analisado é em que medida seu crescimento dependeu disso", afirmou. Para ele, o Brasil tem de aproveitar esses recursos para realizar uma expansão em outros setores produtivos. "O México pensava que sanaria seus problemas economicos quando encontrou reservas de petróleo nos anos 1970, mas isso acabou não ocorrendo", afirmou.