segunda-feira, 4 de maio de 2009

Receita Videversus – A chef de cuisine Simone Nejar relembra Audrey Hepburn


Nesta segunda-feira, se estivesse viva, Audrey Hepburn completaria 80 anos. Audrey conheceu os horrores da guerra entre os dez e os quinze anos de idade, passando pelo flagelo da fome e da subnutrição, enquanto assistia à passagem dos sinistros trens da morte, da Holanda para os campos de extermínio. Audrey presenciou vários fuzilamentos de patriotas holandeses, inclusive do seu próprio tio. Depois da guerra, tornou-se atriz e protagonizou papéis inesquecíveis, em filmes como “Bonequinha de Luxo”, “Guerra e Paz” e “Sabrina”. Até sua morte, em 1993, foi colaboradora fiel de entidades assistenciais pelo mundo inteiro. Em honra à leveza da imagem de Audrey Hepburn, hoje trago uma receita saborosa, fácil de fazer e com pouquíssimas calorias. A sugestão de hoje pode ser preparada no domingo para as mães que gostam de manter a forma sem abrir mão de uma comida bem temperada. Vamos preparar um peixe com uma guarnição especial de legumes. Aqui, no caso, usei aspargos frescos, cebolas pequenas e cogumelos em um molho especial. Precisamos de um quilo de garoupa (você pode usar outro peixe), dois limões, sal, um punhado de estragão seco, molho de alho, algumas cebolas pequenas, um maço de aspargos frescos (ou um vidro de aspargos em conserva), uma bandeja de cogumelos Paris (ou um copinho de champignons). Para o molho dos cogumelos, maionese light ou iogurte natural, pimenta moída na hora e tempero verde. Preaquecemos o forno. Esfregamos o peixe com sal, limão, molho de alho e estragão. Colocamos numa assadeira untada com óleo junto com algumas cebolas e levamos ao forno por meia hora, aproximadamente. Preparamos as guarnições. Se os legumes forem frescos, vamos lavá-los bem e cozinhá-los no vapor ou numa panela com pouca água, até ficarem macios (o aspargo custa mais a cozinhar que os cogumelos). Salteamos os aspargos cozidos num pouco de manteiga ou azeite. Para fazer um molho bem diferente para os cogumelos, misturamos tempero verde bem picadinho com maionese light ou mesmo iogurte natural e pimenta. Salteamos os cogumelos já cozidos nesta mistura e viramos sobre o peixe. Servimos a seguir. Para esclarecer dúvidas, me contar histórias ou me contratar, o e-mail é simonenejar@hotmail.com .

Dica Videversus de lance rápido


A dica de hoje é preparar comidinha de boteco para acompanhar uma cerveja gelada no final da tarde. Vamos aproveitar estes dias quentes que têm feito e fritar aipim (mandioca), servindo com galinha frita e muito temperada com sálvia e pimenta. Em Brasília e no Rio de Janeiro costumam servir macaxeira frita com carne seca, uma maravilha de tão bom. Como no Rio Grande do Sul não se encontra carne seca, hoje deixo a dica de servir o aipim frito com galinha.

Clientes do Banco do Brasil poderão imprimir extratos da Previdência

O ministro da Previdência Social, José Pimentel, e o presidente do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, assinam nesta terça-feira um contrato de parceria que permitirá aos correntistas do Banco do Brasil imprimir extratos com informações previdenciárias diretamente nos terminais de autoatendimento do banco. A mesma parceria será fechada com a Caixa Econômica Federal. A Previdência afirmou que essas iniciativas contribuem para diminuir o número de pessoas que procuram as agências de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em busca apenas de informações.

The New York Times adia plano de fechamento do jornal Boston Globe

A empresa de comunicação norte-americana The New York Times anunciou em um comunicado, nesta segunda-feira, que adiou seu plano de fechamento do jornal Boston Globe, depois de ter conseguido chegar a um acordo com seis dos sete sindicatos do jornal sobre um vasto plano de corte de gastos. “Estamos muito felizes de ter alcançado estes acordos com seis dos sete sindicatos envolvidos nas recentes negociações”, afirmou o comunicado da direção da empresa. O The New York Times planejava fechar o diário depois de informar que poderia registrar perdas de US$ 85 milhões neste ano, caso não chegasse a um acordo com os sindicatos para reduzir US$ 20 milhões em gastos. Em 1993, o The New York Times comprou por US$ 1,1 bilhão o Boston Globe, fundado há 137 anos. O jornal de Boston enfrenta problemas financeiros recorrentes por causa das quedas nas vendas e nos contratos publicitários.

Google obtém patente de datacenter flutuante


O Google obteve na quinta-feira a patente de seu datacenter flutuante. A patente descreve técnicas para construir um datacenter sobre um navio ou plataforma que usa o movimento das ondas para gerar eletricidade e a água do mar para resfriar os equipamentos. A empresa havia solicitado a patente de sua idéia em fevereiro de 2007. Além de economizar energia, o datacenter flutuante diminui gastos como do aluguel do terreno e com impostos sobre propriedade, argumenta o Google. Outra vantagem da solução, segundo a empresa, é que ela está protegida de terremotos. No mês passado, o Google realizou um evento sobre eficiência em datacenters. Na ocasião, revelou informações que nunca tinham sido reveladas, inclusive vídeos das instalações. Hoje a geração de energia pelas ondas é realizada pela empresa Selamis System (olhe na foto as unidades de geração). Atualmente, no planeta, as ondas são capazes de geral o equivalente a toda a energia gerada atualmente por usinas hidrelétricas e nucleares.

Lula diz que Brasil poderá ser a mais importante potência energética em 10 ou 15 anos

O presidente Lula recebeu nesta segunda-feira a Ordem do Mérito Judiciário do Distrito Federal e Territórios. Na cerimônia, o presidente disse que o Brasil poderá se tornar a mais importante potência energética do mundo dentro de 10 ou 15 anos, e reforçou que a extração de petróleo da camada pré-sal representa o começo da “independência energética do País”. A exploração teve início na última sexta-feira, Dia do Trabalhador, no Campo de Tupi, em uma cerimônia realizada no Rio de Janeiro. O pré-sal é a maior reserva de petróleo descoberta no País, com potencial de extração de 5 bilhões a 8 bilhões de barris diários.

Petrobras vai antecipar renovação de aluguel de sondas

O presidente da Petrobras America, Orlando Azevedo, afirmou nesta segunda-feira que a companhia decidiu antecipar a renovação de todos os contratos de aluguel de sondas de perfuração para conseguir cumprir seu programa de perfuração de poços no próximos anos. A informação foi dada como exemplo de medidas que a empresa vem tomando para enfrentar um dos pontos críticos que vê para seu plano de investimentos: a ausência de equipamentos no mercado. Azevedo informou que a Petrobras precisará de 72 unidades flutuantes de exploração e produção de petróleo. Deste total, 45 ainda serão contratadas. "É uma oportunidade e tanto no cenário econômico atual", afirmou Azevedo, referindo-se ao volume de negócios que as contratações gerarão junto à indústria naval. Azevedo reforçou que a Petrobras vai privilegiar a construção das unidades no Brasil.

China ultrapassa Estados Unidos como maior parceiro comercial do Brasil

A China se tornou o principal parceiro comercial do Brasil, deixando para trás os Estados Unidos, segundo dados da balança comercial brasileira de abril. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, a soma das exportações e importações para a China chegou a US$ 3,2 bilhões em abril, acima dos US$ 2,8 bilhões verificados no comércio com os Estados Unidos. Em março, a China já havia ultrapassado os Estados Unidos em relação às exportações brasileiras. Em abril, essa vantagem aumentou. Agora, a China responde por 13% das vendas do Brasil para o Exterior. Os Estados Unidos respondem por 11,3%. Outra mudança ocorrida em abril é que, pela primeira vez, a Ásia se tornou o continente que mais compra produtos brasileiros, com cerca de 30% do total exportado. De acordo com o secretário de Comércio Exterior, Welber Barral, o crescimento das exportações para a Ásia já era uma tendência verificada antes mesmo da crise, mas que se intensificou nos últimos meses. Nos quatro primeiros meses do ano, a corrente de comércio Brasil-China cresceu 14%, enquanto os negócios com o mercado norte-americano caíram 20,5%.

Brasil exporta volume recorde de soja em abril

O Brasil exportou um volume recorde de 4,49 milhões de toneladas de soja no mês de abril, informou nesta segunda-feira o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O volume de abril bateu o recorde anterior registrado em maio do ano passado, de 4,44 milhões de toneladas, com agricultores acelerando os negócios para aproveitar os bons preços internacionais e o câmbio favorável. A firme demanda chinesa também favoreceu o novo recorde, diz o comunicado oficial.

Petrobras fecha acordo com empresa turca para perfurar no Mar Negro

A Petrobras informou nesta segunda-feira que fechou acordo com estatal petrolífera turca TPAO (Turkish Petroleum Corporation) para a cessão de uma sonda para explorar no Mar Negro, onde a companhia brasileira detém blocos. A TPAO vai operar a sonda Leiv Eiriksson no poço Sinop, no qual a Petrobras é operadora. A estatal brasileira alugou a sonda por três anos. Ela será entregue no final deste ano, e deve começar a operar no Mar Negro no primeiro trimestre de 2010. A sonda tem capacidade total de 9.000 metros de perfuração. A Petrobras vem atuando na Turquia desde fevereiro de 2006, quando venceu leilões para exploração e produção de dois blocos no Mar Negro.

Seca leva 21 prefeituras do noroeste do Rio Grande do Sul a paralisar atividades

Os 21 municípios gaúchos que estão em situação de emergência, da Região Celeiro, decidiram paralisar todos os serviços das prefeituras durante a próxima semana. O presidente da associação dos municípios da região, Claudemir Locatelli, prefeito de Vista Alegre, diz que os prefeitos decidiram parar os serviços para economizar recursos. A verba economizada será utilizada no combate a estiagem, pois falta água potável na zona rural dos municípios. Só não serão paralisados os serviços de saúde e recolhimento de lixo. As aulas na rede municipal ficarão suspensas durante a próxima semana. Entre os municípios estão: Três Passos, Tenente Portela, Coronel Bicaco e Chiapeta. Em todo o Rio Grande do Sul, já são 160 prefeituras que decretaram emergência. Somente na tarde desta segunda-feira, foram mais oito. Entre eles, Soledade e Candiota. O município de Erechim começou nesta segunda-feira o racionamento de água. A cidade foi dividida em duas partes e cada uma ficará abastecida durante um período de 14 horas. A falta de chuva afeta também a produção de energia elétrica em pequenas usinas hidrelétricas no norte e noroeste do Estado. Algumas funcionam somente poucas horas por dia. Em Victor Graeff a Usina Cotovelo do Jacuí opera apenas no horário de pico de consumo, entre 18 e 20 horas. As usinas de Ibirubá e Lagoa Vermelha também são afetadas. Em Passo Fundo, o município sofre com a falta de água no meio rural e com as perdas nas culturas de milho, soja e leite. A barragem Fazenda da Brigada Militar está três metros abaixo do nível e cai 5 centímetros por dia. O município de São Valentim está sem água há 30 dias e a população só recebe água 12 horas por dia. Para garantir o abastecimento a Corsan busca água no município vizinho de Erval Grande, com caminhões-pipa. Em Floriano Peixoto, os três poços que abasteciam a cidade estão sem vazão e um deles secou totalmente. As famílias enfrentam racionamento de água há 40 dias, e só recebem água durante quatro horas por dia. Em Carazinho as perdas na agricultura chegam a 50% em algumas culturas como milho e soja. A seca provocou perda total da safrinha de feijão.

MEC propõe reforma do Ensino Médio público para 2010

Um projeto apresentado ao Conselho Nacional de Educação pretende mudar a organização curricular do Ensino Médio público do País. O documento base, desenvolvido pelo Ministério da Educação, foi discutido nesta segunda-feira pela primeira vez pelos membros do conselho. Uma das propostas é que os alunos tenham no mínimo 20% de disciplinas optativas dentro do currículo. O projeto, que está sendo chamado de "Ensino Médio inovador", pode começar a funcionar já em 2010. A mudança vale só para o ensino público. Desde o ano passado, o ministério discute em grupos de trabalho a reforma do ensino médio, etapa considerada como a mais frágil de todo o sistema. Pesquisas apontam que o atual modelo é desinteressante para os jovens, o que aumenta a evasão e diminui o tempo do brasileiro nos bancos escolares. Como o ensino médio é responsabilidade das redes estaduais de ensino, a intenção do MEC é incentivar as secretarias a promoverem mudanças no currículo e na organização dessa etapa, a partir de apoio técnico e financeiro.

Senado vai conceder aposentadoria a Zoghbi, afirma diretor-geral

O Senado vai conceder aposentadoria ao ex-diretor de Recursos Humanos do Senado João Carlos Zoghbi. Ele é investigado por uma comissão de sindicância da Casa que apura a suspeita de que recebeu propina para beneficiar instituições bancárias em operações de empréstimos consignado para servidores. O pedido para o benefício foi uma manobra de Zoghbi para evitar ser demitido e sofrer perdas salariais. E assim, está consumado o que boa parte dos brasileiros acreditavam que ia acontecer, uma grande maracutaia, no dizer de Lula. Segundo o diretor-geral da Casa, Alexandre Gazineo, Zoghbi preenche os requisitos legais para a concessão do beneficio, que são idade e tempo de contribuição. Atualmente, Zoghbi está lotado no ILB (Instituto Legislativo Brasileiro). O primeiro-secretário do Senado Federal, senador Heráclito Fortes, afirmou que o pedido de aposentadoria do ex-diretor é legal, tem um prazo para ser cumprido e não interfere no andamento da sindicância, tendo em vista que a concessão do benefício pode ser revista em até cinco anos. Portanto, se ficar comprovada irregularidades em sua gestão, Zoghbi, mesmo aposentado, terá que responder administrativamente, podendo perder direitos trabalhistas. "A aposentadoria é legal. O que é preciso ver é que a aposentadoria não é irrevogável", disse ele. Sem comentários.....

Roupas doadas às vítimas da enchente em Santa Catarina são jogadas no lixo pela prefeitura de Itajaí


Milhares de peças de roupas doadas às vítimas da enchente de novembro do ano passado foram jogadas no lixo em Itajaí, no litoral norte de Santa Catarina. O material estava armazenado desde novembro em galpões sem quaisquer condições de conservação. O prefeito de Itajaí, Jandir Bellini (PP) justificou o descarte do material por tratar-se de roupas e calçados "podres". De acordo com o prefeito, dois laudos da Fundação do Meio Ambiente (Famai) comprovam o péssimo estado de conservação do material, além de recomendarem o descarte em um aterro sanitário. As doações recebidas pela prefeitura de Itajaí estavam armazenadas em um galpão no bairro Barra do Rio e outro no Parque do Agricultor, onde foram colocadas no chão, sujeitas à umidade e à ação de animais, como cobras e ratos. De acordo com a prefeitura, todo o material do parque, local que sedia a Festa do Colono, será descartado no aterro sanitário. Já o material do galpão da Barra do Rio está passando por uma triagem. O trabalho é executado por uma empresa particular contratada pela prefeitura. As equipes separam e dobram as doações. As peças são colocadas em 10 contêineres, quatro deles apenas para o depósito de peças inutilizadas. Na última semana, parte do material considerado impróprio para o uso foi encontrado em uma área (aterro de inertes) destinada ao descarte de entulhos da construção civil. O descarte foi verificado por vereadores. Brasileiros de todo o País, penalizados, que se mobilizaram para enviar ajuda aos flagelados de Santa Catarina, devem estar se sentindo completamente otários neste momento.

Heráclito Fortes descarta investigar Agaciel Maia por compra de chácara de R$ 112,1 mil

O primeiro-secretário do Senado Federal, o senador Heráclito Fortes (DEM-PI), descartou nesta segunda-feira pedir uma investigação para apurar a compra de uma chácara pelo ex-diretor-geral do Senado Agaciel Maia. Heráclito Fortes afirmou que não se justifica uma apuração do Senado porque não há indícios de que os R$ 112,1 mil pagos pelo ex-diretor no imóvel tiveram como origem recursos públicos. Como é crédulo este senador!!!!!! Agaciel comprou a chácara e registrou no nome de seu irmão Oto Maia, que também trabalha no Senado Federal. A transação, de acordo com a família que fez o negócio, foi concluída na mansão avaliada em R$ 5 milhões que Agaciel Maia ocultou da Justiça. Eles afirmam que o ex-diretor levou o dinheiro numa caixa de papelão que trouxera em um carro do Senado Federal. "Essa chácara não foi comprada com recursos do Senado. Não temos como apurar fato dessa natureza", afirmou Heráclito Fortes.

STJ reconhece responsabilidade da União por consequências de prisões na ditadura

O Superior Tribunal de Justiça reconheceu a responsabilidade da União pelas consequências das prisões e perseguições políticas realizadas durante o regime militar (1964-1985). A Corte também decidiu que as ações para reparar esse tipo de dano são imprescritíveis. A decisão é da Primeira Turma do Superior Tribunal de Justiça, que manteve a decisão que condenou a União a indenizar em R$ 100 mil, por danos morais, as filhas de um ex-vereador de Rolândia (PR), preso durante a ditadura. O ministro Luiz Fux, relator do processo, ressaltou em seu voto que a proteção à dignidade da pessoa humana é fundamento da República e existe enquanto esta existir. Por isso, o ministro defendeu que ações que defendem os pilares da República são imprescritíveis. Além disso, destacou que a Constituição não estipulou qualquer prazo de prescrição ao direito à dignidade. A ação por danos morais foi apresentada pelas filhas de um médico que foi eleito vereador duas vezes em Rolândia. Em 1964, um ano após sua reeleição, ele foi preso por agentes da Dops (Delegacia de Ordem Política e Social) e mantido em quartel do Exército em Londrina (PR). Foi solto no mesmo ano e voltou às atividades normais, mas passou a sofrer de depressão e alcoolismo até morrer, em 1984.

URGENTE – ULTIMA FORMA - Itamaraty confirma cancelamento de visita do presidente do Irã

O Ministério das Relações Exteriores confirmou nesta segunda-feira o cancelamento da visita ao Brasil do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, marcada para quarta-feira. Também foram canceladas as viagens do presidente iraniano a outros países da América do Sul, como o Equador e Venezuela. Ahmadinejad encaminhou mensagem por volta das 16 horas para o presidente Lula comunicando o adiamento da viagem. Na mensagem, o presidente iraniano afirma que decidiu adiar a visita ao Brasil para uma data posterior às eleições presidenciais do país, que deverão ocorrer dentro de um mês. "Ao expressar meus melhores cumprimentos a Vossa Excelência, ao governo e à nação brasileira, agradeço seu convite cordial para visitar o Brasil. As relações bilaterais entre os dois países entraram em fase de aceleração no sentido de incrementar a cooperação. Estou muito interessado em concretizar a visita, baseado na vontade política de desenvolver as relações bilaterais em todos os campos. Peço a Vossa Excelência aceitar o adiamento da visita oficial para outra oportunidade, depois da eleição presidencial no Irã, cuja data será oportunamente definida pelas duas chancelarias. Rogo a Deus pela prosperidade e bem-estar da nação brasileira e pelo sucesso de Vossa Excelência", afirma a mensagem. O subsecretário-geral de Assuntos Políticos do Itamaraty, Roberto Jaguaribe, disse que as reuniões com empresários iranianos que integrariam a delegação de Ahmadinejad ficaram mantidas, mesmo com a ausência do presidente. "Há um grande encontro em São Paulo que está mantido. Esperamos que seja bem sucedido, não apenas para retomar o fluxo do comércio com o Irã, mas também retomá-lo. O Irã é um país muito importante, é ator fundamental na Ásia central, no Oriente Médio", disse o sub-secretário. Segundo Jaguaribe, a nova data da visita de Ahmadinejad será marcada em comum acordo pelos Ministérios de Relações Exteriores dos dois países. O governo iraniano chegou a anunciar o cancelamento da visita que o presidente faria ao Brasil, mas voltou atrás no início da tarde até o Itamaraty confirmar oficialmente que a viagem estava cancelada. O cancelamento havia sido comunicado às 7 horas pela Chancelaria de Teerã à embaixada do Irã em Brasília e chegou a ser divulgado pela imprensa oficial iraniana. Membros da delegação de Ahmadinejad que já estão em Brasília haviam atribuído o cancelamento ao acirramento das disputas políticas que antecedem a eleição presidencial de 12 de junho, na qual o fascista e racista ditador Mahmoud Ahmadinejad buscará se manter no cargo.

Irã volta atrás e diz que viagem do ditador Ahmadinejad ao Brasil será mantida

Duas horas depois de anunciar o cancelamento da visita que o presidente Mahmoud Ahmadinejad, ditador racista e fascista faria ao Brasil na quarta-feira, o governo iraniano recuou e disse que a viagem está mantida. O cancelamento havia sido comunicado às 7 horas pela Chancelaria de Teerã à embaixada do Irã em Brasília, e chegou a ser divulgado pela imprensa oficial iraniana. Membros da delegação de Ahmadinejad, que já estão em Brasília, haviam atribuído o cancelamento ao acirramento das disputas políticas que antecedem a eleição presidencial de 12 de junho, na qual o fascista Mahmoud Ahmadinejad buscará se manter no cargo. Ahmadinejad vem ao Brasil com a maior delegação de empresários que já o acompanhou em uma visita oficial.

Corte espanhola julgará Israel por bombardeio a Gaza em 2002

O juiz espanhol Fernando Andreu decidiu nesta segunda-feira, contra a opinião da Procuradoria espanhola, prosseguir com a investigação de denúncias de crimes contra a humanidade contra Israel por um bombardeio na faixa de Gaza, em 2002, que deixou 15 mortos e 150 feridos. A Audiência Nacional, principal instância penal espanhola, pediu em 2 de abril deste ano o arquivamento provisório do caso, alegando que os fatos denunciados já haviam sido motivo de investigações em Israel. O juiz Fernando Andreu decidiu não atender às instruções por considerar por a justiça israelense não investigou os fatos e que, neste caso, a justiça espanhola continuaria sendo competente. A investigação espanhola se baseia em uma acusação feita pelo Centro Palestino para os Direitos Humanos depois de um bombardeio que matou um dirigente do Hamas, Salah Chehadeh, e 14 civis palestinos, incluindo crianças, no dia 22 de julho de 2002. Outros 150 palestinos ficaram feridos na explosão de uma bomba de uma tonelada lançada por um F-16 israelense em Gaza, sobre uma casa do bairro Al Daraj. A causa tem como réus o ex-ministro israelense da Defesa Benjamin Ben Eliezer, o comandante das Forças Aéreas israelenses no momento do ataque, Dan Halutz, o general das Forças de Defesa israelenses, Doron Almog, o presidente do Conselho Nacional de Segurança de Israel, Giora Eiland, o secretário militar do ministro da Defesa, Michael Herzog, o chefe do Estado Maior, Moshe Yaalon, e o diretor do serviço geral de segurança de Israel, Abraham Dichter. Estes espanhóis são muito engraçados. Querem investigar Israel, mas não investigam em seu próprio território as dezenas de milhares de crimes cometidos pela ditadura franquista. A Espanha não tem história para ensinar direitos humanos a Israel.

Câmara estuda criação de cota única para pagamento de benefícios de deputados

A comissão criada pelo comando da Câmara para discutir a reestruturação dos benefícios recebidos pelos parlamentares deve se reunir nesta terça-feira. Um dos projetos em estudo pela comissão é a criação de um cartão corporativo para os deputados. A idéia é concentrar no cartão magnético todos os auxílios recebidos pelos parlamentares, como a cota postal, o auxilio moradia e a verba indenizatória. É a chamada cota única. Os deputados argumentam que a cota única vai minimizar o impacto do aumento de salário que está em análise, que elevaria os vencimentos de R$ 16,5 mil para R$ 24,5 mil mensais. A justificativa para a adoção de um cartão corporativo é que aumentaria a transparência no controle dos gastos, já que o parlamentar não precisaria mais apresentar notas fiscais, que muitas vezes são colocadas sob suspeita. Pelo o sistema em análise, a Câmara faria um controle on-line das despesas e poderia, por exemplo, bloquear o uso do cartão para compras não autorizadas. Aí tem.... Quem será o Zoghbi da vez?!!!!

México reabre funcionamento das empresas na quarta-feira

O secretário de Saúde do México, Jose Cordova, afirmou nesta segunda-feira que, após uma paralisação de cinco dias para tentar conter a epidemia da gripe A (H1N1), conhecida como gripe suína, o México permitirá a reabertura da maioria das empresas e edifícios públicos na quarta-feira. Cordova afirmou que a retomada da rotina no país é resultado da queda no número de novos casos da gripe A (H1N1) registrados nos últimos dias. Apesar da retomada da rotina, o ministro mexicano anunciou um novo aumento no número de casos de gripe suína confirmados no país. O último balanço indica 727 casos de contaminação, incluindo 26 mortes. Este aumento, contudo, é resultado em grande parte de resultados de novos exames realizados em amostras antigas de pacientes sob suspeita da gripe e não de novas contaminações.

Procuradoria vai investigar irregularidades envolvendo ex-diretores do Senado

O Ministério Público Federal no Distrito Federal pretende iniciar uma apuração sobre irregularidades na administração do Senado Federal. A investigação ainda está na fase de coleta de informações. A Procuradoria tem reunido reportagens jornalísticas recentes com denúncias contra o ex-diretor-geral do Senado Federal, Agaciel Maia, e o ex-diretor de Recursos Humanos, João Carlos Zoghbi. A assessoria do Ministério Público afirma que as investigações não têm relação com a Operação Mão-de-Obra, que apurou fraudes em licitações do Senado. Realizada em julho de 2006, a operação desmontou uma quadrilha especializada em fraudar licitações para beneficiar empresas que atuavam no serviço de limpeza e informática de vários órgãos do governo federal.

Consumo preliminar de energia cai 2,9% em abril

O consumo de energia no País voltou a diminuir, segundo dados preliminares do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico). Em abril, a carga de energia elétrica que circulou pelo sistema nacional foi 2,9% menor sobre o volume constatado em igual período em 2008. Na comparação com março, a queda foi de 5,2%. No acumulado dos últimos 12 meses, verifica-se incremento de 1,8% sobre período correspondente anterior. Segundo o Boletim de Carga Mensal do ONS, a indústria foi o segmento mais afetado, com a redução do nível da utilização da capacidade instalada, que no primeiro trimestre, foi o mais baixo desde 1999. O ONS ressalta que o mercado interno vem sendo o principal responsável pela demanda de energia elétrica. O órgão responsável pela operação do sistema elétrico acrescenta que o menor número de dias úteis em abril, na comparação com igual período no ano passado, e a ocorrência de temperaturas mais amenas contribuíram para a queda do consumo. A carga de energia é uma prévia do consumo de energia. O ONS mede o valor total que passa no sistema e não contabiliza as eventuais perdas de energia. Ao todo, a carga de energia elétrica calculada para o sistema em janeiro totalizou 50.831 MW (megawatts) médios.

Guido Mantega descarta novas reduções de IPI e defende queda dos juros

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta segunda-feira que o governo Lula está satisfeito com as reduções de IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) já efetuadas até agora para estimular as vendas e o setor produtivo e não prevê mais cortes. Ele também defendeu que apesar da melhora na economia, as taxas de juros precisam continuar a cair. "Também não podemos reduzir o IPI de tudo, até porque há muitos setores que não têm cobrança de IPI, como o de alimentos e de bens de capital. Acho que fomos bem sucedidos, no momento não estamos cogitando novas reduções de IPI, aquilo que tinha que ser feito foi feito", afirmou o ministro após reunião de coordenação política do governo, com o presidente Lula. Guido Mantega também ponderou que as melhoras na economia mundial e no Brasil reforçam tal decisão.

Prefeitura do Rio de Janeiro corta 25% dos trabalhadores de limpeza em hospitais

Apesar da ameaça da gripe suína chegar ao País, a Prefeitura do Rio de Janeiro mandou cortar 25% dos trabalhadores que prestam serviços de limpeza e vigilância em hospitais, maternidades e postos de saúde da cidade. Segundo associações representantes dos trabalhadores terceirizados, a medida irá prejudicar a higienização e o atendimento das unidades de saúde da cidade. Até a tarde desta segunda-feira, o Ministério da Saúde havia confirmado 15 casos suspeitos de gripe suína no Brasil. Três suspeitas foram registradas no Rio de Janeiro; os outros casos estão em São Paulo (6), Minas Gerais (3), Mato Grosso do Sul (1), Espírito Santo (1) e Distrito Federal (1). Outros 44 estão sendo monitorados em 15 Estados do País.

Corregedor do Senado pede ajuda ao Banco Central para investigar denúncias de ex-diretor

O corregedor do Senado Federal, senador Romeu Tuma (PTB-SP), decidiu encaminhar ao Banco Central um pedido de informação sobre as movimentações financeiras operadas pelos 38 bancos que realizam crédito consignado para servidores da Casa. Tuma quer os dados para avaliar as denúncias do ex-diretor de Recursos Humanos, João Carlos Zoghbi, de que o ex-diretor geral da Casa, Agaciel Maia, comandou um esquema de desvio de recursos em contratos com instituições bancárias. Zoghbi também insinua a participação do próprio corregedor e do ex-primeiro-secretário, Efraim Moraes (DEM-PB). No documento, Tuma pede que o Banco Central análise se os empréstimos seguiram os limites permitidos por lei. A suspeita lançada por Zoghbi é que Agaciel Maia autorizava operações com valores superiores aos limites. Tuma vai pedir ainda ao primeiro-secretário, senador Heráclito Fortes (DEM-PI), que adie uma decisão sobre o pedido de aposentadoria apresentado por Zoghbi, na semana passada, até que o inquérito aberto pela Comissão de Sindicância seja concluído. A comissão apura o envolvimento de Zoghbi em um esquema que desviava recursos do Senado para empresas de fachada registradas em nomes de laranjas.

Mulher que apresentava sintomas da gripe suína e veio dos Estados Unidos morre no Rio de Janeiro

Uma mulher de 50 anos que estava internada desde domingo, com sintomas da gripe A (H1N1), conhecida como gripe suína, morreu na madrugada desta segunda-feira no Hospital Barra D'Or, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro. Ela não estava entre os casos oficiais de suspeitas da doença ou entre os monitorados, mas mesmo assim foram feitas coletas de amostras para realização de exames que identificarão ou não a presença do vírus. Até a tarde desta segunda-feira, o Brasil registra 25 casos suspeitos e 36 em monitoramento. A OMS (Organização Mundial da Saúde) informou hoje que os casos confirmados da gripe chegaram a 1.003 em 20 países. De acordo com o hospital, a mulher foi isolada porque apresentou dor de cabeça, febre e vômito 48 horas depois de chegar de Michigan, nos Estados Unidos. Ela morreu com septicemia grave, de acordo com o hospital.

Ministério Público Federal denuncia brasileiro que praticava nazismo e racismo pelo Orkut

O Ministério Público Federal em São Paulo denunciou, na última quinta-feira, o jovem R.C, de 21 anos, por ter praticado, induzido e incitado a discriminação e o preconceito de raça, cor, etnia, religião e procedência nacional por meio do site de relacionamentos Orkut. O Ministério Público Federal informa que o denunciado era membro da comunidade, hospedada no Orkut, "Mate um negro e ganhe um brinde", composta por 16 pessoas, e que veiculava mensagens racistas e nazistas. Em um tópico, cuja discussão era qual seria o "brinde" mencionado no nome da comunidade, R.C postou que "deveria ser a eliminação de todos eles e proibir a internet grátis sei lá como eh [sic] neh [sic] siegheil camaradas". Após a identificação do usuário pela empresa Google Brasil, a Justiça Federal autorizou a busca e apreensão na casa do denunciado. Lá foram apreendidos, também, uma série de materiais de cunho nazista, tais como desenhos remetendo à suástica, folhas impressas com imagens de Hitler e correlatas, um DVD com o título "Skinheads - Força Branca" e o livro "Diário de um Skinhead", entre outros. Segundo a Constituição brasileira, o crime de racismo é inafiançável e imprescritível.

Índios acampam na Esplanada dos Ministérios e pedem aprovação do estatuto dos povos indígenas

A criação de um sistema de ensino educacional específico para crianças indígenas e a garantia de revisão e novas demarcações de terras estão entre os itens da proposta de estatuto dos povos indígenas que as lideranças de mais de 150 etnias pretendem entregar para parlamentares do Senado e da Câmara até sexta-feira, quando se encerra o acampamento terra livre. "Nós, ao longo dos anos, temos tentado destravar a pauta do Congresso Nacional. O projeto que hoje se encontra no Congresso não condiz mais com a nossa realidade, porque ele tramita lá há 14 anos", afirmou o líder da Articulação dos Povos Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo, Marcos Xukuru. Segundo ele, outros assuntos que preocupam os índios são a mineração dentro das terras demarcadas, a gestão dos recursos hídricos, a falta de assistência à saúde e a criminalização e assassinato de militantes da causa indígena e dos próprios índios. "Nós conseguimos poder de veto em políticas de recursos hídricos, mas temos um problema porque a Casa Civil não reconhece esse direito e continua tocando projetos de hidrelétricas sem nos ouvir", acusou Xukuru. Os projetos energéticos do PAC também foram atacados pelo líder da Arpipan (Articulação dos Povos Indígenas do Pantanal), Marcos Apurinã. "O grande projeto chamado PAC atinge diretamente as terras indígenas. Eles dizem que é indireto, mas nós somos nômades, para nós não existe atingir indiretamente. Existem mais de 40 projetos de hidrelétricas que vão inundar as nossas terras", acusou o líder. Os índios reunidos na Esplanada também reclamam da violência no campo e da criminalização das lideranças.

MST organiza vigília em frente à delegacia para libertar sem-terra na Paraíba

A organização terrorista MST iniciou na manhã desta segunda-feira uma vigília pela libertação de dois sem-terra presos após a desocupação de uma fazenda em Pocinhos, na Paraíba. No sábado, a invasão da fazenda Cabeça de Boi pela organização terrorista acabou em confronto com a polícia. Sete pessoas foram presas e barracos montados pelos acampados foram queimados. Segundo o chefe local do MST, Paulo Sérgio Alves da Silva, as cerca de 60 famílias que ocuparam a fazenda foram retiradas violentamente do local. Ele acusa policiais e "pistoleiros" contratados pelos proprietários da fazenda de atirarem contra os assentados e de incendiarem um carro e os barracos para intimidar os invasores. Dos sete presos, cinco foram liberados ainda na tarde de sábado. Os outros dois que ainda estão presos acusados por porte ilegal de arma e formação de quadrilha.

Advogado de Zoghbi faz ressalva sobre envolvimento de senadores

Antes de assumir a defesa de João Carlos Zoghbi, o advogado Antonio Carlos Almeida Castro (Kakay) fez uma pergunta preliminar ao ex-diretor de Recursos Humanos do Senado. Ele queria saber se Zoghbi pretendia envolver senadores na encrenca em que está metido. Com a resposta negativa do ex-diretor, Kakay aceitou a causa. Sobre o fato de ter ensaiado entregar um ou outro senador em entrevista à revista "Época", Zoghbi alegou que na ocasião estava muito alterado. Acrescentou que a incontinência verbal não irá se repetir. Na entrevista, o ex-diretor e sua mulher, Denise Zhogbi, acusam o ex-diretor do Senado Agaciel Maia de chefiar um esquema de corrupção na Casa. Assim, os senadores que comandam a bandalheira no Senado Federal receberam o recadinho e já sabem que nenhum respingo chegará até eles. Isso cheira a acordo sendo montado nos bastidores e sendo cumprido em público.

Delúbio Soares tenta trancar ação penal no Supremo Tribunal Federal

Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, tenta trancar no Supremo Tribunal Federal ação penal em que foi denunciado pela prática dos crimes de gestão fraudulenta e falsidade ideológica. Trata-se do Habeas Corpus nº 93553, que tem como relator o ministro Marco Aurélio (o ministro Joaquim Barbosa, relator da ação penal, está impedido). Segundo resumo publicado pelo Supremo, a defesa sustenta que “os fatos mencionados na denúncia relativos à imputação ao paciente do crime de gestão fraudulenta são absolutamente atípicos". Quanto ao crime de falsidade ideológica, "além de ser inepta, por não descrever o delito com todas as circunstancias exigidas pelo art. 41 do Código de Processo Penal, a denúncia ignorou a consunção desse delito pelo de gestão fraudulenta”. Alega-se ainda que Delúbio Soares está respondendo pela ação penal apenas por ter sido avalista de um empréstimo concedido pelo Banco BMG ao PT, do qual era tesoureiro, apesar de ser acusado de gerir de forma fraudulenta o banco, sem jamais ter participado de sua administração (o que caracterizaria atipicidade da conduta). Ainda quanto ao delito de falsidade ideológica, a defesa afirma que “a denúncia simplesmente fez referência ao tipo abstrato em um único parágrafo, sem apresentar qualquer tipo de descrição de condutas”. Os defensores concluem que "a denúncia foi oferecida com base em uma inadequada exposição dos fatos, o que ofende os princípios da ampla defesa e do contraditório". A Presidência do Supremo indeferiu a liminar. A Procuradoria Geral da República opinou pela denegação da ordem.

PMDB pressiona Lula para demitir José Múcio da cordenação política

As articulações do PMDB para conquistar a coordenação política do governo podem ganhar contornos oficiais. A bancada do PMDB no Senado estuda a elaboração de um documento para pressionar o presidente Lula a entregar o cargo do ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, ao partido. A idéia do documento partiu, é claro, do líder do PMDB no Senado Federal, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL). O PMDB vai argumentar no documento a derrota nas negociações para a prorrogação da extinta CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), a falta de um posicionamento claro durante as últimas eleições para a presidência do Senado, na qual PT e PMDB estiveram em lados opostos, além das dificuldades em tratar de cargos para aliados. Os peemedebistas esperam ganhar o apoio dos petistas. Para tentar convencer os correligionários do presidente Lula a apoiar a saída de José Múcio, líderes do PMDB devem lembrar a disputa pelo comando da Comissão de Infra-estrutura, conquistada pelo senador Fernando Collor (PTB-AL). Dono da quarta maior bancada na Casa, com 13 senadores, o PT reivindicava a presidência da comissão de infraestrutura após PMDB, DEM e PSDB terem feito suas escolhas. O PTB, no entanto, venceu apesar de ter apenas sete senadores. José Múcio defendeu a pretensão de Collor de Mello. Além do cargo de Múcio, os peemedebistas querem a revisão de demissões na Infraero de indicados políticos do partido. Entre os demitidos estão Oscar Jucá, irmão do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), e Taciana Canavarro.

Justiça autoriza produtores de arroz a terminarem colheita na Raposa/Serra do Sol

O ministro Carlos Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal, autorizou nesta segunda-feira que funcionários de rizicultores terminem a colheita de arroz nas fazendas da reserva indígena Raposa/Serra do Sol, em Roraima. A colheita, que começará na próxima quarta-feira, precisará ser concluída em 10 dias. A autorização atende parte de um pedido feito pelo produtor Paulo César Quartiero, que na última sexta-feira foi obrigado a deixar a reserva depois que o desembargador Jirair Meguerian, presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, redigiu a mão um mandado de desocupação. "A autorização foi dada para a Associação dos Arrozeiros do Estado de Roraima desde que eu não apareça por lá", afirmou Quartiero: "Se a Associação conseguir fazer a colheita, nós não teremos prejuízo”. Ainda segundo o produtor, os 10 dias estipulados pela Justiça podem não ser suficientes: "O prazo é muito apertado, mas vai depender do clima, se chover vai ser difícil terminar a colheita".

Demóstenes quer encerrar CPI da Pedofilia após denúncias contra senador Magno Malta

Em meio a denúncias de irregularidades em viagens realizadas por integrantes da CPI da Pedofilia do Senado, o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) defendeu nesta segunda-feira o fim dos trabalhos da comissão no prazo máximo de um mês. Relator da CPI, Demóstenes Torres teme que as denúncias manchem os trabalhos realizados pela comissão por considerar que as investigações podem ser concluídas em 30 dias. "Essa é uma CPI que teve ganhos extraordinários e não pode se perder. Tivemos avanços preciosos. O Google contribuiu conosco, assim como a Polícia Federal. Centenas de pedófilos foram encontrados. O essencial foi feito. Os novos casos devem ser encaminhados ao Ministério Público e à Polícia Federal", afirmou ele. Demóstenes Torres pediu uma reunião da CPI nesta semana para discutir o fim dos trabalhos da comissão. Ele vai se reunir com o presidente da CPI, senador Magno Malta (PR-ES), e representantes do Ministério Público, da Polícia Federal e promotores de Justiça que auxiliaram as investigações para discutir o tempo necessário para que a CPI conclua seus trabalhos. Magno Malta conseguiu apoio da maioria dos senadores para prorrogar a CPI até outubro, mas Demóstenes disse acreditar que em 30 dias a comissão pode encerrar suas atividades. O Senado Federal instaurou na semana passada sindicância para investigar viagem realizada por Malta à Índia e Dubai (Emirados Árabes), no final do ano passado, com recursos da Casa. Como presidente da CPI da Pedofilia do Senado, Malta viajou à Índia para participar de um evento contra a pornografia infantil, mas é acusado de "esticar" a viagem até Dubai para fazer turismo.

Câmara gasta R$ 8.000 em panos de prato; Senado investe em joystick e switchs

A Câmara dos Deputados e o Senado Federal empenharam parte de seu orçamento de abril para gastos inexplicáveis. A Câmara gastou R$ 8.000,00 na compra de 3,2 mil panos de prato. Já o Senado Federal despendeu R$ 319 mil na compra de equipamentos eletrônicos. O Senado também reservou R$ 49,7 mil para a compra de 6 mil detergentes, 4 mil esponjas, 4,7 mil sabões de coco, 180 colheres de pau, 1,5 mil colheres para café, 1,4 mil para chá, 6,1 mil copos de vidro e 3 mil xícaras com pires em porcelana branca. Outros R$ 24,3 mil foram destinados à compra de 3,2 mil frascos de adoçante, 1,2 mil coadores de flanela para café, mil garrafas térmicas, 40 torneiras de barro e 70 unidades de depósito para mantimentos em alumínio lixado e resistente. O Senado investiu também em equipamentos eletrônicos: foram R$ 319 mil na compra de 10 gravadores, dois teclados com joystick, um monitor LCD e dois switchs. O órgão também empenhou R$ 3 mil para a aquisição de cinco coroas de flores. É um festival....

Dois homens invadem delegacia em Florianópolis, soltam adolescentes e trancam policiais em cela

Dois homens invadiram a 6ª Delegacia de Polícia de Proteção à Mulher, Criança e Adolescente, no bairro Agronômica, em Florianópolis na madrugada desta segunda-feira. Eles libertaram jovens que estavam detidos na carceragem, agrediram policiais civis e os prenderam numa cela, antes de fugir levando duas armas. Conseguiram fugir um adolescente e Jeferson Luiz Adão Penha, conhecido como "Bebê", de 18 anos. Penha havia sido detido ainda adolescente e atingiu a maioridade há poucos dias. De acordo com a polícia, ele teria envolvimento com o tráfico de drogas e homicídios na cidade. Por volta das 2 horas, uma mulher foi à delegacia para registrar um boletim de ocorrência. Enquanto um dos dois policiais de plantão a atendia, dois homens armados invadiram a Delegacia, localizada na Rua Delminda da Silveira. Um dos suspeitos manteve o agente sob a mira de um revólver. O outro entrou na delegacia em busca do segundo policial, que também foi rendido. Eles forçaram os policiais a abrirem a cela onde estavam presos os dois rapazes. Depois de libertarem os jovens, os suspeitos agrediram os agentes da Polícia Civil e os trancaram na cela. Os suspeitos fugiram com uma pistola, um revólver, uma corrente de ouro e aparelhos celulares dos policiais. A ação da dupla só foi descoberta no início da manhã, quando uma funcionária da delegacia chegou para trabalhar. Quer dizer que apenas dois homens rendem uma delegacia inteira e libertam presos? E essa delegacia fica no bairro Agronômica, onde se localiza o Palácio de governo de Santa Catarina. Não tem explicação....

Assassinato do vice-presidente do Cremers completa cinco meses sem solução

O assassinato do ex-presidente e vice-presidente do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul, Marco Antônio Becker, completou cinco meses sem solução. Ele foi assassinado no dia 4 de dezembro, em Porto Alegre. Dois homens em uma moto pararam ao lado do veículo dele na Rua Ramiro Barcellos, no bairro Floresta, e dispararam cinco tiros. Quando começaram as investigações, trabalhavam cerca de 25 policiais e dois investigadores. Hoje, apenas um delegado e três agentes ainda mexem no assunto. O responsável atual pela investigação (secreta) é o delegado Rodrigo Bozetto. A única certeza existente até agora na investigação do caso: a munição usada no crime era da Força Nacional de Segurança Pública, utilizada em treinamento no Rio Grande do Sul há quatro anos. Depois disso, foi doada à Brigada Militar. A arma era uma pistola ponto 40, de uso exclusivo das Forças Armadas.

Presidente do Detran gaúcho pede exoneração do cargo

A Casa Civil do Palácio Piratini recebeu, nesta segunda-feira, o pedido de exoneração da delegada Estella Maris Simon (da Polícia Civil), da presidência do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do Rio Grande do Sul. O governo de Yeda Crusius (PSDB) expediu uma nota em que a governadora do Estado agradece pelos serviços prestados lembrando por Estella Maris. Ela havia assumido a presidência da autarquia em um momento delicado, quando a mesma tinha sofrido uma devassa do Ministério Público Especial Junto ao Tribunal de Contas, da Procuradoria Geral da República, da Polícia Federal e outros órgãos, que resultou na Operação Rodin. Esta operação descobriu uma fraude que desviou mais de 45 milhões de reais da autarquia. Mais de 40 pessoas estão respondendo a processo crime na Vara Federal de Santa Maria. Entre elas se incluem os dois ex-presidentes da autarquia, Flávio Vaz Neto e Carlos Ubiratan dos Santos. Também foi preso o empresário Lair Ferst, lobista que operava junto ao esquema. Recentemente ele passou a ser conhecido amplamente no Rio Grande do Sul pelo apelido de “Delair”, porque teria feito delação premiada.

URGENTE - Cancelada visita do ditador Ahmadinejad ao Brasil

A agência de notícias Irna (www.irna.ir), do governo iraniano, acaba de divulgar que foi cancelada a visita ao Brasil do presidente do país, o totalitário fascista Admadinejad. O embaixador do Brasil no Irã esteve até há pouco na sede do Itamaraty e disse não saber do cancelamento. A embaixada iraniana convocou a imprensa brasileira e internacional para uma entrevista coletiva que será realizada às 16 horas.

Protesto contra a visita de Ahmadinejad na quarta-feira, em Porto Alegre

O Movimento de Justica e Direitos Humanos, e várias entidades da sociedade civil realizarão um ato de repudio a presença no Brasil, do presidente da República Islamica do Irã, no dia 6 de maio próximo, as 12h30, na Esquina Democrática (Avenida Borges de Medeiros com Rua da Praia). A visita ao Brasil do presidente do Irã, o fascista e racista Mahmoud Ahmadinejad, na quarta-feira, gerou protestos neste domingo em São Paulo e no Rio de Janeiro. No Rio de Janeiro o protesto foi na praia de Ipanema, próximo à rua Vinícius de Moraes. Em São Paulo, o protesto foi organizado pela Juventude Judaica Organizada, em parceria com grupos homossexuais, na praça dos Arcos, na região central da cidade. O protesto, que começou por volta das 11h20 e durou cerca de uma hora e meia, foi contra as declarações do presidente iraniano sobre o Holocausto. Durante a conferência da ONU (Organização das Nações Unidas) sobre racismo, em Genebra, Ahmadinejad questionou a existência do massacre de judeus por nazistas na Segunda Guerra Mundial. O protesto foi organizado pela Juventude Judaica Organizada) em parceria com grupos judaicos e homossexuais, evangélicos, entre outros grupos ligados aos direitos humanos. Na última quinta-feira, o desastroso ministro das Relações Exteriores do Brasil, o barbudinho Celso Amorim, rebateu as críticas do governo de Israel à visita de Ahmadinejad ao Brasil. Amorim disse que o Brasil é soberano para receber chefes de Estado e representantes de outros países, além do Irã ser um importante parceiro comercial brasileiro: "Não deveria haver críticas porque na realidade nós temos relações com o Irã. O Irã é um grande país, que indiscutivelmente tem papel no Oriente Médio e é um parceiro. Não deixamos de dar nossas opiniões, publicamente o fizemos recentemente, de modo que não vejo preocupação. E, se com cada país com que discordamos de alguma coisa, não pudermos aceitar visitante aqui, vai ficar muito difícil, não vamos receber ninguém". Na tentativa de impedir a visita do presidente do Irã ao Brasil, o deputado federal Marcelo Itagiba (PMDB-RJ) pediu na semana passada à Câmara urgência na votação do projeto de lei de sua autoria que penaliza a negação do Holocausto. "O Holocausto é um fato público que esse canalha Ahmadinejad insiste em negar. Ele promete promover o segundo Holocausto. É inconcebível que o Brasil receba um chefe de Estado que nega a existência de um massacre contra mais de 6 milhões de judeus", disse o deputado federal Marcelo Itagiba. Ahmadinejad chefia um regime totalitário, onde as mulheres não têm direitos, a homossexualidade é considerada crime, não há liberdade de imprensa e de pensamento, crianças são julgadas e condenadas à morte, e ainda pretende ter bomba atômica e varrer o Estado de Israel e os judeus da face da Terra, exterminando-os definitivamente. É este criminoso que Lula vai receber.

Bolsa Família atingirá 1 em cada 3 brasileiros em 2010

O Bolsa Família, maior programa social do governo Lula, atingirá em 2010, ano eleitoral, um em cada três brasileiros. Hoje o benefício já chega, direta ou indiretamente, a 29% da população, sendo que, em seis estados do Nordeste, mais da metade dos moradores vive do programa, segundo levantamento em dados oficiais. No Maranhão, no Piauí e em Alagoas, de 58% a 59% da população dependem do Bolsa Família. Na cidade de Junco do Maranhão, 95,7% das famílias vivem do programa. De acordo com o governador do Piauí, Wellington Dias, o alto número de beneficiários no estado reflete uma "situação dramática".

Hugo Chávez apresenta neto de Allende como namorado de sua filha

O presidente venezuelano, o tiranete Hugo Chávez, apresentou o neto mais novo do ex-presidente chileno Salvador Allende (1908-1973) como o "companheiro" de sua segunda filha, María Chávez, neste domingo. Chávez reconheceu Pablo Sepúlveda Allende, que é médico e tem nacionalidades mexicana, cubana e chilena, quando caminhava por um laboratório farmacêutico estatal, durante o seu programa dominical de rádio e TV, "Alô, Presidente!". "Pablo!", exclamou o presidente que, em seguida, abraçou o rapaz e informou que ele era "um médico chileno, companheiro de María e neto de Salvador Allende". Nos últimos dias, a mídia venezuelana havia divulgado que María, de 29 anos, segunda filha do primeiro casamento de Chávez, havia conseguido convencer Sepúlveda Allende, nascido no México e formado em medicina em Cuba, a se radicar na Venezuela. Antes, ele atuava em um hospital na cidade chilena de Coquimbo inaugurado por seu avô, também médico. A cena no programa de Chávez não podia ser mais caricata....

Receita Videversus – A chef de cuisine Simone Nejar ensina a fazer um pudim dos anjos

Para começar bem a semana, nada como invocar a proteção dos anjos. Estou aqui lembrando do belíssimo filme “Cidade dos Anjos”, ambientado em Los Angeles. Nicholas Cage é o anjo Seth, que vaga pela Terra consolando aqueles que estão a um passo da morte. Meg Ryan é Maggie, uma cirurgiã que fica abalada ao perder um paciente, aparentemente, sem motivo algum. Seja em Los Angeles, São Paulo, São Luís do Maranhão ou em qualquer parte do Planeta, nós também estamos rodeados de anjos. É preciso sensibilidade para detectá-los, mas não é difícil. Vivemos num mundo tão louco, tão desumano, mas, de repente, aparece uma pessoa desempenhando o papel de anjo, estendendo a mão e mostrando por que não podemos desistir. Solidariedade pode ser a resposta a muitas indagações que fazemos. Nós mesmos, às vezes fazemos o papel de anjo na vida de alguém. Anjos, portanto, existem! Todos nós podemos e devemos funcionar, de vez em quando, como anjos. Um anjo de verdade não precisa ter asas e voar pra longe. Ele pode estar aqui mesmo, entre nós, estendendo a mão. Façamos, então, uma corrente do bem, retribuindo ao mundo o que de bom dele recebemos. Para um destes anjos urbanos que andam vagando aqui na Terra, criei uma nuvem de torrone. Na verdade, penso num anjo atarefado e responsável, que dispõe de pouco tempo para preparar suas refeições. É por isso que criei um pudim super rápido e assado no microondas. Um pudim dos anjos! Para fazer o pudim, vamos bater seis claras (à temperatura ambiente) em neve bem firme. Enquanto isso, vamos preparar uma calda colocando numa panelinha um terço de xícara de água, 10 colheres de sopa de açúcar e 2 colheres de sopa de mel. Levamos ao fogo e deixamos ferver por uns dois minutos. Quando as claras estiverem em neve firme, vamos virar a calda quente no prato da batedeira e continuar batendo por mais três minutos. Desligamos a batedeira. Misturamos ali meio pacote (75g) de amendoim torrado com mel (sem sal). Se você não encontrar pronto, torre o amendoim no forno, tire a casca e envolva em um pouco de mel. Despeje a mistura numa forma de plástico ou de vidro, bem grande, de pudim (não encha até as bordas porque vai crescer) e leve ao microondas por dois minutos. Aguarde quatro minutos (tempo de espera). Enquanto isso, prepare a calda: ferva numa panelinha um terço de xícara de açúcar, duas colheres de sopa de mel, meia xícara de água, uma colher de sopa de manteiga e os 75g restantes de amendoim. Desenforme o pudim e vire a calda por cima. Desejo uma semana iluminada a todos! A partir de amanhã, já que falamos em anjos, começamos a trazer sugestões para o Dia das Mães. Para esclarecer dúvidas, me contar histórias ou me contratar, o e-mail é simonenejar@hotmail.com .

Dica Videversus de lanche rápido


A dica de hoje é transformar as sobras de carne assada em croquetes. Vale fazer um croquete “Lavoisier” em casa, afinal, reaproveitar os alimentos é sinal de economia e inteligência. Para preparar deliciosos croquetes, misturamos em partes iguais carne assada e processada (moída) e purê de batatas. Depois, é só temperar bem com pimenta, cominho moído (fica ótimo em croquetes), tempero verde, um ovo e um pouco de farinha para ligar. Basta modelar os croquetes, passar no ovo batido, na farinha de rosca e fritar em óleo quente. Delicioso!

Lula janta com José Sarney e Michel Temer e pede apoio a Dilma Rousseff

O senador José Sarney e o deputado federal Michel Temer, presidentes do Senado Federal e da Câmara dos Deputados, respectivamente, ambos do PMDB, jantaram com Lula na noite da última quarta-feira. Lula renovou aos dois o que já dissera publicamente, que mantém a disposição de levar adiante o projeto da candidatura de Dilma Rousseff. Ele sondou os interlocutores sobre os humores do PMDB. O jantar ocorreu logo após a revelação da novidade do câncer da ministra chefe da Casa Civil. Os presidentes da Câmara e do Senado reafirmaram a Lula a disposição de negociar. A conversa enveredou para as composições regionais. Em nome do projeto nacional, Lula revelou sua vontade de que o PT seja generoso nos Estados, abrindo espaços para o PMDB e outros aliados considerados estratégicos. O PMDB, partido espertíssimo, que sempre está junto ao poder desde a redemocratização do País, quer empurrar a decisão sobre a sucessão presidencial para o próximo ano, porque também sofre assédio do PSDB.

Polícia do Senado quer ouvir Tuma e Efraim sobre acusações de casal Zoghbi

A Polícia do Senado vai incluir os senadores Romeu Tuma (PTB-SP) e Efraim Moraes (DEM-PB), além do ex-diretor geral da Casa, Agaciel Maia, no processo que investiga desvios de recursos em contratos com instituições bancárias para concessão de empréstimos consignado. Em entrevista à revista "Época", o casal João Carlos e Denise Zoghbi, respectivamente ex-diretor de Recursos Humanos do Senado e ex-diretora do Instituto Legislativo Brasileiro, acusa Maia de chefiar esquema de corrupção no Senado. O diretor da Polícia do Senado, Pedro Ricardo Araújo Carvalho, afirma que as acusações de Zoghbi "abrem uma nova vertente" nas investigações. O casal também insinua a participação de dois senadores que já comandaram a 1º Secretaria da Casa, a quem Maia era subordinado, motivo pelo qual Tuma e Efraim também devem ser ouvidos.

Ex-ministro de Stroessener será julgado por tortura no Paraguai


Sabino Augusto Montanaro, de 86 anos, ex-ministro do Interior, durante o governo de Alfredo Stroessener, será julgado em seu país após passar 20 anos exilado em Honduras, de onde voltou por conta própria. Montanaro, ministro do Interior entre 1966 e 1989, a época mais dura de Stroessner, enfrenta processo por torturas, prisões extrajudiciais e desaparecimento de pessoas, algumas delas dentro da Operação Condor, um sistema instaurado nos 1970 e 1980 pelos regimes militares no Cone Sul para perseguir opositores. Após chegar ao Paraguai de surpresa, na madrugada da última sexta-feira, o ex-ministro, que sofre de diversas complicações de saúde devido à sua idade avançada, passou sua primeira noite de detenção em um hospital.

Presidente do PCdoB defende busca de restos mortais de guerrilheiros do Araguaia

O presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo, elogiou a decisão do Ministério da Defesa de criar um grupo de trabalho coordenado pelo Exército para realizar novas buscas de restos mortais de desaparecidos da guerrilha do Araguaia. “Acho bastante promissor o resgate de restos mortais de pessoas que participaram da guerrilha do Araguaia. É um passo importante até para resgatar parte de nossa história”, disse ele. Segundo Renato Rabelo, a decisão do governo de tentar localizar, recolher e identificar restos mortais de desaparecidos da guerrilha “é justa e correta, porque estava faltando ao governo cumprir decisão judicial já transitada em julgado”.

Rio Tapajós chega ao maior nível e atinge 140 mil pessoas

A forte chuva que caiu no final da semana no Pará deixou um saldo de duas rodovias interditadas e 17 municípios do oeste paraense em situação de emergência. Ao todo, 140 mil pessoas foram atingidas com a cheia do rio Tapajós, que chegou ao maior nível de todos os tempos. O rio atingiu 8,94 metros, 34 centímetros a mais do que em 2006, quando chegou a 8,60 metros, considerada a maior marca até então. A situação foi agravada pela chuva que caiu durante o feriado de 1º de maio, que ampliou o número de bairros afetados pela chuva em Santarém, no Baixo Tocantins. Na lista dos locais em Santarém que ficaram completamente alagados está o balneário de Alter do Chão, que teve sua praia eleita como a mais bonita do Brasil pelo jornal inglês Guardian. A orla da praia foi completamente alagada. No oeste do Pará, só em Santarém quase 49 mil pessoas foram afetadas com a cheia de sexta-feira. Dessas, 625 precisaram ser retiradas de suas casa. Pouco mais de 4 mil estão desalojadas e 165 desabrigadas. A Defesa Civil improvisou abrigos em escolas, centros comunitários e ginásios para abrigar as vítimas da enchente. As estradas do interior do Pará também sofreram com a erosão provocada pelas fortes chuvas. As BRs 010 e 308 estão interditadas por crateras que se formaram no meio das duas pistas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o km 165 da BR-308, que liga os municípios de Bragança e Capanema, no nordeste paraense, está interditado desde as 12 horas de sábado. Na BR-010, que liga o Pará ao Maranhão, o km 276, entre os municípios de Açaílândia (PA) e Imperatriz (MA), também está bloqueado pela erosão. A temporada de chuvas vem castigando os Estados do Norte e do Nordeste. No Ceará, a Defesa Civil contabilizou até sexta-feira quatro municípios que declararam estado de emergência e mais 51 aguardam avaliação. No Estado, 5.767 pessoas estão desabrigadas e 12.519, desalojadas. Pelo menos quatro pessoas já morreram por causa das chuvas. Dos 131 açudes do Ceará, 97 chegaram ao nível máximo. Seis pessoas morreram vítimas de afogamento ou deslizamentos causados pelas chuvas no Maranhão. No Rio Grande do Norte, subiu para 13 o número de municípios em emergência devido às inundações.

Citigroup pode precisar de mais US$ 10 bilhões

O Citigroup pode precisar de até mais US$ 10 bilhões em capital novo para escorar seus balanços, como parte das negociações do governo dos Estados Unidos com bancos sobre os resultados da denominada "prova de estresse". O Citigroup, como muitos outros bancos, está negociando com o Federal Reserve e pode necessitar de menos capital novo se os reguladores aceitarem os argumentos dos diretores sobre a "saúde financeira" da entidade. No melhor dos casos, o banco norte-americano poderia acabar com US$ 500 milhões a mais do que o governo dos Estados Unidos exige. O governo divulgará na próxima quinta-feira os resultados da "prova de estresse" à qual submeteu os 19 maiores bancos do país para saber se eles dispõem de capital suficiente ou se precisam seus recursos.

Navios da Marinha brasileira chegam a Cuba em visita oficial

Três navios da Marinha de Guerra do Brasil atracaram no sábado em Havana para realizar uma visita oficial à ilha que se estende até esta terça-feira. Os navios Bracuí, Guanabara e Goiana chegaram ao porto da capital cubana após escala em Porto Rico dentro de uma agenda que inclui uma visita à Escola Naval Granma. As tripulações brasileiras também jogarão flores nos monumentos ao herói nacional cubano José Martí e ao líder da inconfidência mineira, Joaquim José da Silva Xavier, o "Tiradentes". Esta é a segunda ocasião em que navios da Marinha brasileira chegam a Cuba nos últimos 50 anos, desde a revolução que instituiu o regime comunista como partido único no poder da ilha. A primeira havia aconteceu há menos de um ano, em dezembro, quando a embarcação Mattoso Maia viajou para Cuba com uma carga de arroz que o governo Lula enviou aos desabrigados pelos três furacões que castigaram a ilha entre setembro e novembro de 2008.

Boeing entrega 75ª aeronave 777 à Emirates


A Boeing anunciou na sexta-feira a entrega da 75ª aeronave modelo 777 para a Emirates. A companhia aérea deve se tornar a maior empresa operando uma frota de 777 em todo mundo ainda este ano. O Boeing 777 tem capacidade para transportar até 365 passageiros e autonomia de 14,8 mil km. O modelo é usado pela TAM em rotas internacionais e é a maior aeronave em operação da companhia brasileira.

Petrobras é pré-classificada para buscar petróleo no Uruguai

Petrobras é pré-classificada para buscar petróleo no Uruguai
A Petrobras foi pré-classificada para a licitação da prospecção e exploração de petróleo na plataforma continental uruguaia, informou no sábado a Ancap (companhia estatal de combustíveis do Uruguai). A empresa brasileira terá como concorrentes YPF e Pluspetrol, da Argentina; BHP Billiton, da Austrália; Galp, de Portugal; e PDVSA, da Venezuela. Agora, elas têm até 30 de junho para apresentar suas propostas concretas de prospecção. Na primeira fase, um total de 20 empresas havia mostrado interesse e a maioria delas comprou informação e dados do estudo sobre a plataforma marítima que a Ancap encomendou a uma empresa norueguesa, por US$ 8 milhões. Após esses estudos, a área do oceano Atlântico em frente à costa uruguaia foi dividida em 11 blocos, divididos em dois níveis, de acordo com a complexidade. Cada um deles será licitado individualmente, para petróleo e gás. Na segunda etapa de pré-classificação, a Ancap levará em conta o plano de prospecção, o custo de exploração e a margem de participação que oferecida ao Estado uruguaio. O Uruguai importa todo o petróleo que consome e, por isso, o preço dos combustíveis é frequentemente afetado pelas oscilações em sua cotação internacional.

Conanda fará censo sobre crianças e adolescentes que vivem na rua

O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) começará a fazer em setembro um levantamento sobre o número de meninos e meninas que vivem nas ruas em todo o País. “Esse censo é necessário para se produzir políticas públicas mais eficazes. Essa será a primeira vez que teremos uma contagem feita simultaneamente pelos Estados”, afirmou o coordenador-geral do Conanda, Benedito Rodrigues dos Santos. Só em São Paulo, estima-se que 5 mil crianças e adolescentes vivam na rua. Segundo Santos, o censo também ajudará a determinar a quantidade de abrigos necessária nas cidades, como será o programa de orientação sociofamiliar, e quem deve ser incluído no Bolsa Família. Além disso, os dados serão utilizados para buscar meios de se levar as crianças de volta para casa. “Há formas de levar as crianças para casa. Há municípios que têm experiências que deram certo. Se há vontade política, há mobilização da própria sociedade e o estabelecimento de programas simultâneos”, destacou o secretário-geral.

Suspensa liminar que paralisou licitação milionária da Receita Federal

O presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Cesar Asfor Rocha, deferiu o pedido do Estado da Paraíba para suspender a liminar que havia paralisado a concorrência internacional RFB/Copol nº 01/2008, da Receita Federal, que trata da compra de 37 scanners de grande porte, tipo raio-X, para inspeção de contêineres nos portos nacionais. O valor da concorrência ultrapassa R$ 250 milhões, e onze empresas nacionais e internacionais participam da licitação. De acordo com o processo, a Receita Federal iniciou, em 2007, o procedimento licitatório para adquirir os scanners de grande porte. A compra se tornou necessária por exigência dos Estados Unidos. Os norte-americanos estabeleceram, como esforço de combate ao terrorismo, que seus parceiros comerciais devem realizar o escaneamento de todos os contêineres que tiverem como destino aquele país. A partir de julho de 2012, os países que não se adequarem à norma não poderão desembarcar seus produtos em portos dos Estados Unidos. O procedimento licitatório inédito na Receita Federal foi elaborado por meio de duas audiências públicas, com várias empresas brasileiras interessadas, nas quais eram discutidas as futuras exigências do edital. Concluídas as rodadas de debate, a Receita Federal publicou, em abril de 2008, o Edital de Concorrência Internacional nº 01/2008. Nesse edital, era exigido que o profissional indicado pela licitante para supervisionar a radioproteção na área de radiografia industrial tivesse habilidade de prestar assistência técnica e promover a manutenção dos equipamentos. A exigência extrapolava as atribuições do profissional, conforme as regras da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN). Desse modo, a Receita Federal decidiu suprimir esse quesito do edital e republicá-lo em junho do mesmo ano. Consequentemente, a abertura dos envelopes de habilitação das licitantes foi prorrogada por mais 49 dias, ou seja, no dia 29 de julho de 2008. Poucos dias antes da data marcada para a abertura dos envelopes, a empresa MRA Comércio de Instrumentos Eletrônicos Ltda, que, conforme informações da Receita Federal, era estranha ao processo licitatório e não havia participado das audiências públicas promovidas um ano antes, decidiu questionar administrativamente o prazo de 49 dias estabelecido pelo edital. Segundo a MRA, o prazo seria “exageradamente curto”, impedindo-a de obter, junto aos órgãos públicos competentes, os documentos necessários à sua habilitação na concorrência internacional. A MRA impetrou mandado de segurança na Justiça Federal de Brasília pedindo a suspensão da concorrência. O juízo da 1ª Vara Federal determinou que a licitação fosse paralisada até que as autoridades envolvidas prestassem as informações sobre o caso. Após o fornecimento dos dados requeridos, o juiz indeferiu a liminar e autorizou o prosseguimento do certame. A empresa, então, recorreu ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região. A desembargadora responsável acolheu os argumentos da MRA. A juíza entendeu que 49 dias, embora fosse um prazo legal, não era razoável porque poderia prejudicar a competitividade em “tão importante concorrência”. A licitação foi paralisada mais uma vez. Ao recorrer ao STJ, o Estado da Paraíba alega que, atualmente, os Estados Unidos são o maior parceiro comercial do Brasil, recebendo cerca de 14% dos produtos brasileiros exportados, “o que deixa evidente sua importância na balança comercial brasileira”. A Paraíba ressalta que mais de 52% de tudo que é exportado pelo Estado é comprado pelos norte-americanos: “Qualquer pequena dificuldade de exportar para os Estados Unidos pode representar um gigantesco abalo nas finanças nacionais e, em especial, nas do estado paraibano”. A defesa do estado também argumenta que os equipamentos de inspeção não intrusiva “não são simples scanners que se põem em utilização da noite para o dia, trata-se de aparelho capaz de escanear, em menos de 30 segundos, uma carreta contêineres. Para tanto, é preciso disponibilizar nos portos uma grande área livre para instalação, na qual serão realizadas obras complexas de engenharia. Além disso, a produção dos equipamentos é feita sob encomenda. Se fossem iniciados hoje os procedimentos de instalação dos scanners, o primeiro deles só ficaria pronto no final de 2010”. Após analisar as complexas informações do pedido, o ministro Cesar Asfor Rocha afirmou que o recurso do Estado paraibano continha os requisitos necessários ao deferimento da liminar.