quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Vale confirma posição de maior exportadora do País

Após desbancar a Petrobras do posto de maior exportadora do Brasil em 2010, a mineradora Vale vai repetir o feito neste ano, com direito a abrir larga vantagem sobre a petrolífera. Até novembro, as exportações da Vale acumularam US$ 31,692 bilhões (preço FOB) em 2011, ante US$ 20,338 bilhões da Petrobras, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), ligada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. As exportações da mineradora nos 11 primeiros meses deste ano apresentaram expansão de 50,51% em relação ao mesmo período de 2010. A Petrobras, por sua vez, registrou incremento de 33,38% em igual base comparativa. A liderança da Vale em 2011, já prevista devido ao foco dado pela Petrobras em abastecer o mercado interno, foi consolidada em novembro. As vendas externas da mineradora no mês passado somaram US$ 3,189 bilhões, salto de 51,04% em relação ao mesmo período do ano passado. As exportações da Petrobras, por sua vez, encolheram 6,17% em novembro, para US$ 1,238 bilhão. A terceira colocação entre as maiores exportadoras do País ficará com a Bunge novamente. Até novembro, as vendas externas da companhia somaram US$ 6,225 bilhões, com alta de 54,47% em relação aos 11 primeiros meses do ano passado. Na lista das maiores exportadoras do País divulgada mensalmente pela Secex, Cargill e Samarco disputam o posto de quarto maior exportador do País. Até novembro, as exportações da Cargill crescem 34,55% ante 2010, para US$ 3,817 bilhões. A Samarco aparece em seguida, com US$ 3,767 bilhões, alta de 37,79% em relação ao período entre janeiro e novembro de 2010. A lista das dez maiores exportadoras do País conta ainda com Embraer (US$ 3,406 bilhões até novembro), ADM do Brasil (US$ 3,202 bilhões), Braskem (US$ 2,612 bilhões), JBS (US$ 2,385 bilhões) e Louis Dreyfus (US$ 2,334 bilhões).

PSDB escolhe deputado Bruno Araújo para ser líder na Câmara

O deputado federal Bruno Araújo (PE) foi eleito líder da bancada do PSDB na Câmara, por aclamação. Em reunião realizada nesta quarta-feira, a bancada também indicou o deputado federal Mendes Thame (SP) para a liderança da minoria. Eles assumirão suas funções a partir do dia 1º de fevereiro de 2012. Bruno Araújo sucederá Duarte Nogueira (SP) e Thame, Paulo Abi-Ackel (MG). "Vamos assumir com mais força o papel de demonstrar as alternativas à sociedade", disse Araújo. Ele tem 39 anos, é advogado, e está em seu segundo mandato na Câmara Federal. Ele foi o primeiro vice-líder do PSDB entre 2008 e 2009 e atualmente preside a Comissão de Ciência e Tecnologia. Antes de chegar ao Congresso, exerceu dois mandatos de deputado estadual em Pernambuco. O deputado está há 16 anos no PSDB.

Câmara aprova aposentadoria integral por invalidez para servidor

Por unanimidade, a Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, em primeiro turno, a emenda constitucional que concede aposentadoria integral aos servidores públicos aposentados por invalidez permanente, independentemente da causa. O segundo turno deve ser votado no ano que vem. De acordo com o texto, a União, Estados e municípios terão 180 dias para revisar o valor das aposentadorias. A emenda foi votada para consertar uma "distorção" aprovada com a Reforma da Previdência de 2003. Na época, uma emenda acabou com a aposentadoria integral e com a paridade no serviço público. Atualmente, apenas servidores que entraram antes dessa data têm a possibilidade de se aposentar com os proventos integrais, se obedecerem aos requisitos da Constituição. A emenda, portanto, vale para todos que tenham ingressado no serviço público antes dessa data.

Vale perde ação e pode pagar R$ 732 milhões em tributos atrasados

A Advocacia-Geral da União conseguiu derrubar uma liminar favorável à Vale que pode levar à cobrança de R$ 742 milhões da mineradora por dívidas em royalties da mineração, a chamada Contribuição Financeira pela Exploração de Recursos Minerais. De acordo com o órgão, a Vale entrou com uma ação alegando que uma instrução normativa do DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral) limitou as deduções de ICMS, PIS e Cofins, de modo que não poderia ser aplicada retroativamente. Com isso, apontou a Advocacia Geral da União, a Vale pretendia se ver livre da cobrança e impedir que a autarquia inscrevesse o nome da empresa no Cadin (cadastro de empresas inadimplentes com o governo). A decisão não obriga a Vale a fazer o pagamento, mas permite que o DNPM faça a cobrança.

Cade aprova fusão entre TAM e LAN

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira, por unanimidade, a fusão da companhia aérea TAM com a chilena LAN, mas determinou restrições para a operação que criou a maior empresa do setor na América Latina e uma das dez maiores do mundo. O órgão antitruste brasileiro detectou que a criação da Latam acarretou uma grande concentração de mercado na rota Guarulhos (São Paulo) - Santiago (Chile) - Guarulhos (SP), onde a nova companhia dominaria mais de 80% do transporte de passageiros. Por isso, a sugestão do conselheiro relator do caso, Olavo Chinaglia, foi o veto à união das companhias nessa rota. Isso significa que a Latam deverá permutar com outras companhias aéreas os dois pares de slots diários (espaço para operação de pouso e decolagem em aeroportos) da TAM de Guarulhos para Santiago. Na prática, isso retiraria duas partidas e duas chegadas diárias da companhia vindas ou com destino ao Chile. Dessa forma, a nova empresa ficaria apenas com os seis slots diários nessa rota que a Lan já possuía. Outra determinação do Cade foi a obrigatoriedade dessa permuta ocorrer em horários comercialmente atrativos, para permitir a efetiva concorrência de outras companhias nessa rota. Inicialmente, a permuta deverá durar pelo menos três anos, que poderão ser prorrogáveis pelo órgão de defesa da concorrência.

Câmara dos Deputados aprova projeto que proíbe pais de baterem em filhos

Projeto prevê que os pais que maltratarem os filhos sejam encaminhados a programa de proteção à família e a cursos de orientação, tratamento psicológico ou psiquiátrico A comissão especial criada para analisar a chamada Lei da Palmada (PL 7672/10, do Executivo) aprovou, nesta quarta-feira, em caráter conclusivo, a proibição do uso de castigos físicos em crianças e adolescentes. O texto seguirá para o Senado, exceto se houver recurso para que seja apreciado pelo Plenário da Câmara.

Cade diz que Brasil Foods não poderá comprar novas empresas

A BRF Brasil Foods não poderá comprar novos ativos e terá que crescer apenas organicamente, por meio da construção de fábricas, por exemplo. É o que concluiu o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), ao analisar as negociações da BRF para comprar a operação de produção e abate de suínos da francesa Doux, localizados em Ana Rech, no Rio Grande do Sul. Apesar de a BRF já ter desistido do negócio, o Cade apresentou nesta quarta-feira despacho concluindo que a operação não poderia ser realizada, assim como nenhuma nova aquisição nos mercados afetados pela decisão do conselho em julho, quando julgou a fusão da Sadia e da Perdigão. Para aprovar a operação, o conselho determinou a venda de quase um terço da produção para o mercado interno da BRF na maioria das áreas em que a empresa atua, como congelados, pratos prontos e margarinas.

Irã prepara atividade nuclear subterrânea

O Irã pode iniciar em breve atividades nucleares estratégicas em uma instalação escavada dentro de uma montanha, disseram fontes diplomáticas nesta quarta-feira, em uma notícia que deve causar ainda mais preocupação para os países que exigem o fim dessas atividades. O bunker em questão fica em Fordow, perto da cidade sagrada de Qom. As fontes disseram que equipamentos e matérias-primas já foram transferidos para lá, à espera de uma decisão do governo para dar início à atividade de enriquecimento de urânio em alto grau. Até agora, o enriquecimento acontecia sobre a superfície, em outro local. "Eles estão prontos para começar a alimentar", disse uma fonte diplomática, referindo-se à colocação nas centrífugas de gás urânio baixamente enriquecido, em um processo que eleva o seu grau de pureza. O urânio, dependendo do nível de enriquecimento, pode ser usado para alimentar reatores nucleares ou para a produção de armas atômicas. Os Estados Unidos e seus aliados acusam o Irã de tentar desenvolver secretamente a tecnologia de armas nucleares, algo que Teerã nega, dizendo que sua intenção é apenas gerar energia para fins pacíficos. Shannon Kile, especialista em proliferação de armas nucleares, observou que meses atrás o Irã já havia anunciado a transferência das suas atividades mais estratégicas de enriquecimento para Fordow, mas que o início desse trabalho propriamente dito seria algo significativo.

Tucano levanta suspeitas sobre compra de casa pelo governador petista Agnelo Queiroz

Documentos apresentados nesta quarta-feira pelo deputado federal Fernando Francischini (PSDB-PR), delegado da Polícia Federal licenciado, levantam suspeitas sobre a compra de uma casa pelo governador petista do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT). Ex-diretor da Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária), o petista Agnelo Queiroz autorizou o funcionamento de uma importadora de medicamentos de um empresário que era dono da casa comprada por ele um ano antes. Segundo os documentos apresentados pelo deputado, a autorização aconteceu em abril de 2008. Na ocasião, o petista liberou o funcionamento da Saúde Import, do empresário Glauco Santos. Um ano antes, Glauco vendeu paro petista Agnelo Queiroz uma casa no Lago Sul, bairro nobre de Brasília, por R$ 400 mil. O deputado levantou ainda declarações de dirigentes da Anvisa à época, que relataram que o tempo médio para a agência autorizar o funcionamento de empresas era de 8 a 12 meses. O petista Agnelo Queiroz, como diretor da Anvisa, autorizou a Saúde Import em dois meses, segundo documento do Ministério da Saúde apresentado pelo deputado. Francischini levantou suspeitas em relação à compra da casa do petista Agnelo Queiroz por R$ 400 mil, em um dos bairros mais caros de Brasília. "É um clássico caso de tráfico de influência, uma casa em um setor de mansões em Brasília não vale só isso. Vou pedir uma sindicância da Anvisa para averiguar se a Saúde Import tinha condições de receber essa autorização por parte de Agnelo Queiroz em apenas dois meses", disse o deputado. A Anvisa informou que já há uma sindicância no órgão para apurar irregularidades na gestão de Agnelo Queiroz, e que o caso seria encaminhado para a corregedoria. Disse ainda que, atualmente, a média para liberação do funcionamento é de 60 dias, mas não poderia informar como era em 2008. O deputado apresentou ainda o extrato societário de quatro lojas que seriam de parentes do governador petista Agnelo Queiroz. Francischini disse que as casas foram compradas justamente do empresário Glauco Santos, da Saúde Import. O deputado, contudo, afirmou que a Junta Comercial ainda não havia liberado a documentação com a transferência das lojas de Glauco para familiares de Agnelo. "Esse caso se assemelha ao escândalo da Caixa de Pandora, que levou a prisão de um governador no ano passado. A diferença é que no primeiro o dinheiro foi filmado e nesse caso o dinheiro foi escancarado nas empresas", afirmou o deputado.

Ministro do STF manda Congresso analisar reajuste do Judiciário

Luiz Fux, ministro do Supremo Tribunal Federal, determinou que o governo Dilma encaminhe a proposta orçamentária original do Poder Judiciário para apreciação do Congresso. A decisão atende a uma reivindicação dos servidores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União, que questionam corte feito pela presidente Dilma Rousseff. Fux determinou que a proposta de Orçamento encaminhada pelo Supremo seja respeitada e incluída na tramitação do Projeto de Lei Orçamentária para 2012 no Congresso Nacional. A previsão original inclui os projetos que asseguram reposição salarial aos servidores e magistrados, excluídos pelo governo. O ministro acatou o mandado de segurança três meses após o sindicato de Brasília entrar com a ação no Supremo. "O Supremo deu uma ordem judicial, mas tem que se mover para aprovar o Orçamento", disse o servidor Adilson Rodrigues, diretor do sindicato de São Paulo e ex-dirigente da Fenajufe (Federação dos Servidores do Judiciário Federal).

Câmara Municipal de Porto Alegre rejeita mudar nome da avenida Castelo Branco

Câmara Municipal de Porto Alegre rejeita mudar nome da avenida Castelo Branco A Câmara Municipal de Porto Alegre rejeitou nesta quarta-feira uma proposta que mudaria o nome da avenida Castelo Branco, na realidade um trecho de pouco mais de dois quilômetros que leva da entrada ao centro da cidade, ao longo do qual não há um só endereço comercial ou residencial. Doze vereadores votaram a favor do projeto e outros 16 foram contra. Para ser aprovado, seria preciso 24 votos. A câmara de vereadores de Porto Alegre é uma notória inutilidade, cuja maior capacidade de produção está vinculada justamente aos projetos dando nomes a ruas, praças e outros locais da capital gaúcha. É tão inútil que, até hoje, a maior expressão artística de Porto Alegre, a cantora Elis Regina, não tem uma rua sequer com seu nome. O nome político mais reverenciado do Estado, o ex-governador Leonel Brizola, está lembrado apenas em um mísero viaduto. Já um governador da Paraíba na 1ª República, João Pessoa, é nome de uma das principais avenidas da cidade. Naturalmente, a atitude da Câmara Municipal de Porto Alegre reflete a sua ignorância e o seu conservadorismo. Ela está na vanguarda da retaguarda.

Peluso pede que relator disponibilize processo do mensalão a colegas

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso, enviou nesta quarta-feira um ofício ao colega Joaquim Barbosa, relator do processo penal do Mensalão do PT, solicitando que ele disponibilize a íntegra do processo a todos os ministros para "agilizar a apreciação" do caso e evitar a prescrição. O pedido de Peluso ocorre no dia em que o ministro Ricardo Lewandowski, responsável pela revisão do voto do relator no processo do Mensalão do PT, disse que crimes imputados aos réus irão prescrever. O ministro deu a entender que o caso poderá ser julgado apenas em 2013, considerando a expectativa de colegas de analisá-lo no primeiro semestre do próximo ano. Peluso pede a Barbosa que ele disponibilize a íntegra dos autos, em meio eletrônico, para facilitar "o árduo trabalho de elaboração dos votos", além de evitar os "riscos inerentes à delonga do processo", em outras palavras, a prescrição. Joaquim Barbosa, para variar, tirou nova licença médica e realiza, durante esta semana, exames nos Estados Unidos.

Justiça interdita Sambódromo e centro cultural em Porto Alegre

A Justiça gaúcha determinou nesta quarta-feira a interdição do Sambódromo de Porto Alegre e da Usina do Gasômetro, um dos principais espaços culturais do Estado, devido à falta de segurança. O Ministério Público do Rio Grande do Sul pediu o fechamento dos dois locais porque considera que eles não estão de acordo com exigências legais para combate a incêndios. A juíza responsável, Lílian Cristiane Siman, afirmou que, sem um plano de prevenção a incêndio, não há como garantir a segurança dos frequentadores dos dois espaços. O Gasômetro é uma antiga usina de energia à base de carvão que foi transformada em centro cultural em 1991. Hoje, abriga companhias de teatro, espaços para exposições e cinema.

Câmara adia votação de fundo do servidor para ano que vem

A votação, na Câmara, do projeto que cria o fundo de previdência complementar dos servidores públicos foi adiada para o próximo ano. A intenção do governo era votar a proposta ainda nesta quarta-feira. Para isso, a presidente Dilma Rousseff havia aceitado, inclusive, aumentar o percentual a ser paga pelo Tesouro no fundo de 7,5% para 8,5%. O adiamento não agradou a equipe econômica. O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), alega que optou por não votar o projeto hoje por causa da dificuldade que teria pela obstrução a ser feita por DEM e PSDB. O PDT, da base aliada da presidente no Congresso, também é contra a proposta.

Governo libera R$ 62,5 milhões para levar banda larga para o Norte

O governo federal quer antecipar a chegada do PNBL (Plano Nacional de Banda Larga) para o Norte do País. O Ministério das Comunicações anunciou nesta quarta-feira o repasse de R$ 62,5 milhões para que a Telebras construa infraestrutura de fibra óptica na região e compre equipamentos. De acordo com o ministro Paulo Bernardo, o projeto vai contar com 2,8 mil quilômetros de cabos de fibra óptica da Telebras, com o apoio da rede de energia elétrica da Eletronorte já existente. A região será totalmente conectada pelo plano até 2014, prevê o governo. A primeira etapa será concluída em 2012, e deve atender 51 cidades, sendo 19 no Pará, 13 no Mato Grosso, 12 em Rondônia, 2 em Roraima, 3 no Amazonas e 2 no Acre. O cronograma prevê 214 cidades até 2014. Inicialmente, o plano iria começar a ser implantado no Norte em 2014. Agora, a Telebras estima que 14,6 milhões de pessoas terão acesso ao plano na região Norte até 2014.

Rio de Janeiro registra mais de 70 mil casos e 51 mortes por dengue em 2011

A cidade do Rio de Janeiro registrou mais de 70 mil casos de dengue e 51 mortes em decorrência da doença em 2011. Os dados, parte de um relatório publicado nesta quarta-feira pela prefeitura, mostram um panorama do vírus na capital fluminense. Ao todo, foram notificados 74.232 casos de dengue, sendo que a maior parte das notificações concentrou-se na zona oeste da cidade. Segundo o prefeito Eduardo Paes (PMDB), o Rio de Janeiro se prepara para enfrentar em 2012 uma das maiores epidemias de sua história. Além da campanha "10 minutos sem dengue", que estimula a prevenção, uma das medidas para evitar o crescimento da doença é o estabelecimento de multas, já previsto em setembro pelo governo. As multas devem variar de R$ 300,00 a R$ 3.000,00 de acordo com a quantidade de focos identificados no imóvel e a necessidade dos agentes da prefeitura entrarem ou não à força nas residências.

Procuradoria pede indenização de R$ 20 bilhões por vazamento de petróleo da Chevron

O Ministério Público Federal em Campos (RJ) entrou com ação civil pública contra as empresas Chevron e Transocean, na qual pede que seja paga indenização de R$ 20 bilhões pelos danos causados pelo vazamento no campo de Frade, na bacia de Campos. Foi pedida ainda a suspensão de todas as atividades das duas empresas no Brasil, sob pena de multa diária de R$ 500 milhões, caso a Justiça decida impedir as ações da Chevron e da Transocean. A Chevron, operadora do campo de Frade, contratou a sonda Sedco 706, da Transocean, para fazer a perfuração de um poço na área. Um erro de cálculo na pressão do poço provocou o vazamento, segundo a versão da Chevron. Na ação, o Ministério Público Federal acusa as duas empresas de não terem sido capazes de controlar o derramamento de óleo. Segundo o órgão, houve "falta de planejamento e gerenciamento ambiental" das empresas.

Gasto do brasileiro com imposto chega a R$ 1,4 trilhão e bate recorde

O Impostômetro, ferramenta que mede quanto o brasileiro gasta em impostos por ano, bateu recorde na terça-feira ao atingir R$ 1,4 trilhão,segundo estimativa do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário) e da Associação Comercial de São Paulo. A previsão é de que no ano o montante chegue a R$ 1,5 trilhão. Em média, o brasileiro gastou neste ano todo R$ 7.300,00. Já para 2012, as projeções do IBPT apontam para um pagamento médio por pessoa de R$ 8.634,19 no ano. Hoje, a carga tributária no Brasil é de 36% do PIB, o que significa que a cada R$ 100,00 que você ganha, o Estado (União, Estado e municípios) fica com R$ 36,00, sobrando para o cidadão R$ 64,00.

Supremo libera posse de Jader Barbalho no Senado

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso, decidiu desempatar o caso Jader Barbalho (PMDB-PA), que estava até esta quarta-feira barrado pela Lei da Ficha Limpa, possibilitando que o político tome posse no Senado. Havia um impasse entre os ministros do Supremo sobre o caso específico de Jader. Na terça-feira, senadores do PMDB estiveram no Supremo e pediram que Peluso decidisse a questão sozinho. Na prática, o presidente do Supremo fez sua posição valer duas vezes, utilizando o chamado "voto de qualidade", previsto no artigo 13 do Regimento Interno da corte. Recentemente, ao constatar novo empate em 5 a 5, Peluso havia decidido suspender a análise do recurso de Jader até que a nova ministra, Rosa Maria Weber, tomasse posse e desempatasse. Acontece que, na pauta de hoje, estava previsto o julgamento de um recurso proposto por Paulo Rocha (PT-PA), terceiro colocado na eleição do ano passado ao Senado, exatamente para tomar posse no lugar da senadora Marinor Brito (PSOL-PA), que ficou na quarta colocação. Se o caso fosse julgado, o recurso seria facilmente aprovado e geraria uma situação considerada bizarra, o tribunal daria posse para o terceiro colocado (o petista Paulo Rocha), mas manteria inelegível, mesmo que temporariamente, o segundo (Jader Barbalho). Os dois foram barrados pela Lei da Ficha Limpa pelo mesmo motivo (renúncia ao mandato para evitar cassação). A diferença entre eles é que enquanto Jader teve um recurso analisado e negado pelo plenário, antes de o Supremo decidir que a lei não valeria para as eleições de 2010, isso não chegou a ocorrer em relação ao petista Paulo Rocha. Diante desta situação, Peluso decidiu usar o voto de qualidade e resolver a questão.

Relatório diz que 1 milhão de brasileiros querem fazer turismo na Argentina

Um relatório divulgado nesta terça-feira pelo governo argentino aponta que há 1 milhão de brasileiros como potenciais turistas interessados em visitar o país. "Quando começou a crise internacional, em 2008, nosso trabalho prioritário estava orientado em tentar fomentar o turismo regional em direção a nosso país, principalmente o do Brasil, para lutar contra as tendências negativas internacionais", afirmou o ministro argentino de Turismo, Enrique Meyer, ao apresentar o trabalho feito por especialistas da Universidade de Buenos Aires, a maior do país. O ministro revelou que houve um aumento no último ano na quantidade de turistas interessados em visitar a Argentina, de acordo com os dados fornecidos pelo estudo, realizado em sete cidades brasileiras. "Observando o crescimento do Brasil nos últimos anos, se entende que o país constitui um mercado prioritário não só por seu comportamento passado, mas por seu potencial de crescimento futuro. Por este motivo, entender o comportamento desse turismo é fundamental para o desenho de políticas de incentivo", acrescentou Meyer. A maior quantidade de turistas que visitaram o país vizinho durante o ano de 2010 foram brasileiros (863.492), seguidos por visitantes europeus (583.538). A chegada de turistas estrangeiros à Argentina subiu 27,1% no ano passado, até os 2.647.869 de visitantes, que deixaram no país US$ 3,371 bilhões.

Haddad diz que férias escolares não precisam estar na lei da Copa

O ministro Fernando Haddad (Educação) afirmou na manhã desta quarta-feira que não considera necessário a Lei Geral da Copa prever o recesso escolar no período que a competição será realizada. Segundo Haddad, Estados e municípios já preparam seu calendário considerando eventos desse porte e por isso não há "preocupação". O ministro afirmou que talvez uma recomendação nacional seja suficiente, em vez de prever na própria Lei Geral da Copa um artigo determinando o recesso, como cita o texto final do relator da lei, Vicente Cândido (PT-SP). Haddad afirmou também que sua pasta está analisando a constitucionalidade desse ponto do relatório: "Estamos estudando essa questão do ponto de vista da sua constitucionalidade, em função da autonomia dos Estados".

Conservadores britânicos assumem liderança em pesquisa após veto

Os conservadores britânicos superaram os trabalhistas em uma pesquisa de opinião pela primeira vez este ano, aproveitando o embalo do veto do primeiro-ministro David Cameron a um novo tratado para a União Européia, indicou a mais recente pesquisa Reuters/Ipsos MORI, divulgada nesta quarta-feira. O aumento do apoio aos conservadores de Cameron é ainda mais notável dado o pessimismo cada vez maior dos britânicos com relação à economia. Apenas 12% dos pesquisados acreditam que a economia vá melhorar no ano que vem. O apoio aos conservadores subiu 7 pontos percentuais, para 41%, enquanto o apoio aos trabalhistas de centro-esquerda caiu dois pontos, para 39%. Uma pesquisa YouGov para o jornal "Sun" também mostrou os conservadores dois pontos à frente do Partido Trabalhista.

DEM alfineta PSD em propaganda partidária na TV

O DEM aproveitou a programa partidário semestral para dar uma alfinetada no PSD, partido idealizado por Gilberto Kassab e que tirou diversos políticos da legenda. "Enquanto alguns fraquejam e mudam de lado, o Democratas continua firme nas suas posições e suas convicções", diz o presidente do DEM, senador Agripino Maia (RN), na sua fala inicial. A peça de 10 minutos irá ao ar nesta quinta-feira, às 20h30, em rede de televisão. No programa o oposicionista DEM se apresenta como um dos responsáveis pelo Bolsa Família, implantado no governo Lula.

Redução dos juros e desonerações podem retomar inflação, diz FGV

A redução da taxa básica de juros, a Selic, combinada com desonerações fiscais a determinados segmentos industriais, pode levar a uma retomada inflacionária no segundo semestre de 2012, avalia Salomão Quadros, coordenador de análises econômicas do Ibre-FGV (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas). Para ele, esses fatores podem obrigar o Copom (Comitê de Política Monetária) a abrir mão de sua atual política monetária e voltar a subir a Selic a partir de julho. Na análise do economista, é incompatível reduzir a Selic e conceder benefícios fiscais em um momento em que a inflação está alta em 6,64%, acima do teto da meta (de 6,50%). Essa política, diz ele, estimulará o consumo, que por sua vez pressionará a demanda para cima. De acordo com Quadros, a inflação oficial, medida pelo IPCA deve encerrar dezembro em alta de 0,53%, acumulando em 12 meses variação positiva de 6,53%, acima do teto da meta.

Jóias de Elizabeth Taylor são leiloadas por mais de US$ 116 milhões

A chama de uma das maiores estrelas de Hollywood voltou a acender na terça-feira, quando o leilão da espetacular coleção de jóias de Elizabeth Taylor causou alvoroço em Nova York. A expectativa em torno das peças era tal que a Christie's só permitiu o acesso à "zona nobre" de sua sede a quem abrisse uma linha de crédito de US$ 100 mil. Não foi para menos, já que quatro horas depois os 80 lotes alcançaram quase US$ 116 milhões (R$ 210 milhões), muito acima dos US$ 30 milhões estimados inicialmente. A estrela indiscutível da jornada foi uma impressionante pérola conhecida como "A Peregrina", um dos diversos presentes dados pelo ator Richard Burton, marido de Liz duas vezes. A peça foi arrematada na primeira metade da sessão por US$ 11,8 milhões, o novo recorde mundial de venda de uma pedra preciosa durante um leilão. Várias soberanas espanholas ostentaram a jóia, que data do século 16 e pertenceu à Coroa espanhola durante oito gerações, até que José Bonaparte fugiu do país com a famosa pérola, que passou depois por Irlanda e Estados Unidos, até terminar nas mãos de outra "rainha". "A Peregrina", montada em um colar com outras pérolas, além de rubis e diamantes, estava avaliada pela Christie's em até US$ 3,5 milhões, mas acabou ofuscando outras das joias mais cobiçadas da jornada, como um anel com um diamante de 33 quilates que encontrou comprador por US$ 8,8 milhões. Outra das "pérolas do leilão" foi um diamante plano com engrenagem de ouro conhecido como "Taj Mahal", com o qual Burton a surpreendeu em seu aniversário de 40 anos. A jóia foi vendida por US$ 8,8 milhões, enquanto um colar de safiras e diamantes assinado pela marca Bulgari em estilo art déco conseguiu US$ 5,9 milhões.

Líder do DEM volta a bater boca com colega no Senado

O líder do DEM no Senado, Demóstenes Torres (GO), voltou a protagonizar uma mal-estar com colegas nesta quarta-feira e discutiu com o senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE). O motivo desta vez foi a votação de um projeto que pontua as atividades específicas do médico, chamado de ato médico. Demóstenes Torres disse que o projeto não poderia ser apreciado porque não estava na Comissão de Constituição e Justiça. Valadares criticou a postura do colega e questionou o fato de ele ter defendido na sessão de terça-feira a rejeição da indicação de Rosa Weber para o Supremo Tribunal Federal, que foi aprovada. O líder do DEM disse que a futura ministra do Supremo não tinha notório saber jurídico, como a Constituição exige. Demóstenes Torres se irritou e disse que Valadares estava agindo para fazer média: "Eu tenho o direito regimental da falar. Vossa Excelência está fazendo média". Valadares negou: "Não tenho processo algum no Supremo. Vossa Excelencia não tem direito de desfeituar uma mulher que tem quase 40 anos de exercício de atividade". Em seguida, alfinetou a postura de Demóstenes Torres: "Não é a primeira vez que o senhor se altera. Até na tribuna, ele falou desse jeito com o presidente do Senado. Ele age de forma radical".

Produção de celulose será de 14,2 milhões de toneladas em 2011

A associação do setor de papel e celulose (Bracelpa) estimou nesta quarta-feira que a produção brasileira de celulose este ano será de 14,2 milhões de toneladas, similar ao produzido em 2010. A entidade também estimou produção brasileira de papel estável este ano sobre 2010, a 9,8 milhões de toneladas. A expectativa sobre as exportações é de alta de 6,4% em 2011, para US$ 7,2 bilhões, informou a Bracelpa. Desse montante, US$ 5 bilhões serão relativos a celulose e o restante a papel. Segundo a Bracelpa, do total de exportações, a Europa deve responder por 46% das vendas externas e a China por 25%.

Saída de dólares do Brasil supera entrada em US$ 424 milhões em dezembro

O fluxo de dólares (entrada e saída da moeda) para o Brasil na segunda semana de dezembro foi negativo em US$ 424 milhões, informou o Banco Central nesta quarta-feira. O resultado desta semana se deve à saída de US$ 890 milhões da conta financeira e a entrada de US$ 465 milhões nas operações comerciais. Em novembro e dezembro, foram registrados deficit no fluxo cambial de US$ 942 milhões e US$ 134 milhões, respectivamente. Nos dois primeiros dias úteis de dezembro (1º e 2), o saldo ficou positivo em US$ 525 milhões, resultante do superávit de US$ 904 milhões das contas financeiras e do deficit de US$ 379 milhões das operações comerciais.

Governo alemão reativa fundo de ajuda a bancos

O conselho de ministros alemão anunciou nesta quarta-feira a reativação do fundo de ajuda aos bancos, o SoFFin, criado em 2008 e que pode voltar a ser necessário, uma vez que seis bancos alemães podem precisar de recapitalização. O texto de reativação do fundo, dotado de 400 bilhões de euros de garantias e de 80 bilhões de euros (cerca de US$ 104 bilhões) em meios de recapitalização, foi aprovado no último conselho de ministros do ano, disse o porta-voz do governo, Steffen Seibert. O texto deve ser votado agora pela câmara baixa do Parlamento, o Bundestag, e pode entrar em vigor em fevereiro.

Carro nacional terá redução de IPI em 2013

O Ministério da Fazenda informou nesta quarta-feira que a redução de IPI para carros nacionais valerá somente a partir de 2013. O novo regime automotivo será anunciado no ano que vem. A intenção é dar tempo para as montadoras se adaptarem às novas regras. Segundo a assessoria de imprensa do ministro Guido Mantega, no futuro, mediante programas de incentivo à tecnologia e de geração de competitividade dentro das novas regras em estudo, haverá redução do imposto. A elevação nas alíquotas de IPI para veículos que tenham menos de 65% de conteúdo nacional começa a valer nesta sexta-feira. A medida foi anunciada em 15 de setembro e começaria a valer já no dia seguinte, mas o Supremo Tribunal Federal decidiu por unanimidade que o aumento só poderá entrar em vigor a partir da segunda quinzena de dezembro. Os ministros avaliaram que é inconstitucional a entrada imediata em vigor da regra ao entender que qualquer mudança do imposto deve esperar 90 dias para não surpreender o contribuinte. A nova alíquota eleva a carga tributária de 48,72% para 56,12% do valor final dos estrangeiros, segundo cálculo do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário).

Marcos Valério deixa prisão e diz ser vítima de jogo político

Preso sob suspeita de grilagem, o publicitário mineiro Marcos Valério Fernandes de Souza, operador do esquema corruptor do Mensalão do PT, foi solto por volta das 12 horas desta quarta-feira e disse que sua prisão foi um "jogo político". "Só vou responder uma coisa para vocês", disse ele na saída da carceragem da Polinter, em Salvador: "Eu confio na Justiça. O que é imputado a mim não procede. E vou falar mais: chega de jogo político". Indagado se está envolvido com suposto esquema de grilagem que levou a sua prisão, no último dia 2, ele disse: "Envolvido em quê? Nunca conheci São Desidério (município do oeste da Bahia onde corre a investigação que levou a prisão dele e de mais 14 pessoas)". O publicitário conseguiu um habeas corpus do Superior Tribunal de Justiça.

Indicador do Banco Central mostra retração de 0,32% na economia em outubro

Indicador divulgado nesta quarta-feira pelo Banco Central mostra que a atividade econômica brasileira apresentou retração de 0,32% em outubro. De acordo com o IBC-BR (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), a economia brasileira cresceu apenas 0,02% em setembro. No ano, o crescimento acumulado é de 3,04%. Já nos últimos 12 meses, a atividade econômica apresentou expansão de 3,39%. O IBC-BR foi criado pelo Banco Centralpara antecipar dados sobre o desempenho da economia. O indicador mostra a tendência do PIB, índice oficial divulgado pelo IBGE. Segundo divulgação do IBGE, a economia estagnou no terceiro trimestre e fez o governo reduzir a previsão de crescimento do PIB em 2011 de 3,8% para 3,2%. A estagnação foi recebida com alívio, pois temia-se uma retração. Só a agropecuária teve ganho, enquanto serviços e indústria encolheram, e o consumo das famílias caiu 0,1%, primeira queda desde a crise de 2008.

Roberto Jefferson elogia Lewandowski e diz que caso Mensalão do PT não tem pressa

Denunciador do escândalo do Mensalão do PT, o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB) disse nesta quarta-feira que o Supremo Tribunal Federal age "corretamente" na condução do julgamento do caso. "Não tem pressa, não vejo porque correr. O processo está sendo bem instruído", afirmou. Roberto Jefferson elogiou o ministro Ricardo Lewandowski, que admitiu que os réus do Mensalão do PT terão algumas de suas penas prescritas antes do fim do julgamento: "O ministro Lewandowski está muito claro, ele não está jogando para a galera, essa é a diferença dele para o relator". O processo do Mensalão do PT no Supremo tem 38 réus. O ministro relator do caso, Joaquim Barbosa, ainda deve terminar seu relatório. Quando isso ocorrer, Lewandowski deverá revisar o processo. Só então poderá ser marcado o julgamento pelo plenário do Supremo.

Iraquianos comemoram a retirada das tropas americanas do país

A retirada das tropas dos Estados Unidos foi comemorada nesta quarta-feira por milhares de iraquianos na cidade de Fallujah, um dos principais focos de violência entre insurgentes e americanos após a invasão do país, em 2003. Os moradores da localidade e seus arredores se reuniram no centro da cidade levando bandeiras do Iraque e cantando palavras de ordem contra as tropas americanas. Havia também pessoas queimando as bandeiras dos Estados Unidos e de Israel. Os manifestantes carregavam cartazes com slogans que exaltavam a resistência em Fallujah. A passeata foi isolada pelas forças de segurança iraquianas para evitar qualquer tipo de violência. Ruas no centro da cidade foram fechadas e as medidas de segurança reforçadas. Fallujah, localizada a cerca de 50 quilômetros de Bagdá, foi palco em 2004 de duas grandes batalhas entre rebeldes e as tropas americanas.

Grupo armado do Hamas comemora 24 anos e diz que matou 1.365 israelenses

As Brigadas de Ezedin al Kasam, braço armado do Hamas, publicaram nesta quarta-feira um relatório sobre seus 24 anos de atividade, no qual afirmam que mataram 1.365 israelenses e lançaram 11.039 foguetes ou bombas em Israel. Desde sua criação, em 14 de dezembro de 1987, a milícia efetuou 1.117 ataques, dos quais 87 foram atentados suicidas cometidos em Israel, afirma o comunicado. Nesses ataques, que diminuíram de intensidade nos últimos anos, 6.411 israelenses ficaram feridos. O grupo, por sua parte, perdeu 1.848 homens. As Brigadas também contabilizam 24 tentativas de capturar soldados para tentar realizar trocas por presos palestinos. Apenas uma delas teve sucesso: o sequestro de Gilad Shalit, em 2006, que serviu como moeda de troca para a libertação de mil palestinos em outubro deste ano.

Revista "Time" elege "o manifestante" como personalidade do ano

A figura do "manifestante" foi escolhida como a "personalidade do ano" pela revista americana "Time", em um reconhecimento às pessoas de todo o mundo, em particular do Oriente Médio e norte da África, que saíram às ruas para lutar por seus direitos. "Da Primavera Árabe a Atenas, do 'Ocupem Wall Street' a Moscou", afirma a revista na capa, que mostra um jovem com a metade inferior do rosto coberta por um lenço. O editor da revista, Richard Stengel, que anunciou a escolha no programa "Today show" do canal NBC, explicou que a decisão homenageia "os homens e as mulheres de todo o mundo, em particular do Oriente Médio, que derrubaram governos e levaram um sentido de democracia e dignidade às pessoas que antes não os tinham". "Estas são as pessoas que já estão mudando a história e que mudarão a história no futuro", completou Stengel.

Haddad diz que deixará Educação nas próximas semanas

O ministro Fernando Haddad (Educação) discursou pela primeira vez nesta quarta-feira em tom de despedida e afirmou que deixará a pasta "nas próximas semanas". Haddad será o candidato do PT nas eleições do próximo ano para a prefeitura de São Paulo. O ministro participou da entrega do Prêmio Professores do Brasil, na sede do Ministério da Educação, em Brasília. Em seu discurso, disse que o período em que permaneceu no ministério foi o mais gratificante da sua vida. "Estou há oito anos no MEC e estou deixando nas próximas semanas", disse o ministro após entrar todos os prêmios. Antes de ser nomeado titular da pasta, em julho de 2005, Haddad também ocupou o cargo de secretário-executivo do ministério.

Base aliada derruba mais uma convocação do ministro petista Fernando Pimentel

A base aliada do governo Dilma rejeitou nesta quarta-feira, por 14 votos a 8, mais um requerimento de convocação do ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior). Dessa vez, o documento foi apresentado na Comissão de Relações Exteriores da Câmara pelo deputado federal Stepan Nercessian (PPS-RJ), com o argumento de que o petista Fernando Pimentel precisava prestar esclarecimentos sobre uma resolução do ministério que trata da mudança de alíquotas de produtos comercializados no Mercosul. "Este é um ato ciumento da bancada do governo que, por Pimentel ser tão querido, quer guardar ele só para si. Vamos dividir o ministro!", ironizou Nercessian. O deputado petista Henrique Fontana (RS) argumentou que o Congresso não pode "vulgarizar" a desestabilização de "homens públicos". "Não podemos fazer juízos de valores", disse o petista.

Opep decide manter produção em 30 milhões de barris ao dia

A Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) decidiu nesta quarta-feira em Viena manter o nível de produção petrolífera em 30 mbd (milhões de barris diários), confirmou o ministro de Petróleo venezuelano, Rafael Ramírez. "Temos um acordo para manter o mercado em equilíbrio e vamos reajustar o nível de produção de cada país a fim de abrir espaço para a produção líbia", acrescentou o ministro. Sobre o aumento da produção para compensar o corte das exportações de petróleo líbio durante a guerra civil do país, o ministro ressaltou que agora é o momento de diminuir a superprodução, o caso principalmente da Arábia Saudita. O consenso alcançado nesta quarta-feira contrasta com a total falta de acordo da última conferência ministerial, de junho, em Viena, classificada pelo ministro saudita, Ali bin Ibrahim Al-Naimi, como "uma das piores reuniões" da Opep. Embora a decisão só oficialize o nível real de bombeamento do grupo, é a primeira vez que a organização eleva oficialmente o teto de produção desde meados de 2008.

Presidente mexicano quer que G20 fortaleça o FMI

O presidente do México, Felipe Calderón, pediu ao G20, o grupo dos 19 países mais industrializados do mundo mais a União Européia, que fortaleça o FMI para combater a crise global. "É chave que o G20 contribua para desenhar mecanismos para incrementar os recursos do fundo no curto prazo para que possa atender às necessidades mais prementes da crise atual", afirmou ele, que é o presidente "pro tempore" do grupo. Calderón recordou que seu governo propôs ao Congresso a ampliação dos recursos do México para o fundo como parte dos compromissos assumidos no G20, mas se queixou que outras nações não fazem o mesmo. Ele lamentou que países como os Estados Unidos resistam a dar novos recursos ao organismo. Os norte-americanos, como principais doadores, têm evitado aumentar seus aportes ao FMI para enfrentar a crise como a que passa atualmente a Europa.

Dilma completa 64 anos e comemora com a família em Porto Alegre

A presidente Dilma Rousseff comemorou seu aniversário de 64 anos com a família nesta quarta-feira, em Porto Alegre. Dilma foi homenageada por crianças de uma escola particular que fica ao lado de seu apartamento, na zona sul da capital gaúcha. Elas cantaram parabéns e entregaram flores à presidente. Logo depois, Dilma foi à casa de seu ex-marido, Carlos Araújo, que mora no mesmo bairro e é ex-deputado estadual. Em Porto Alegre também moram a filha, Paula, e o neto Gabriel. A presidente falou que è "refratária a festas" e pediu livros de presente. "Outro dia me perguntaram onde eu iria passar as férias. Eu falei: no meu quarto", contou ela, rindo.

USP dá bônus a funcionários e professores em ano sem greve

Funcionários e professores da USP vão receber uma gratificação de R$ 3.500,00 neste ano. O reitor João Grandino Rodas disse, em comunicado, que o bônus foi concedido devido ao avanço em rankings internacionais, obtido, em parte, com o fim das greves na universidade. Quando foi criado, em 2008, o adicional chamado Prêmio Excelência Acadêmica Institucional, era uma forma de tentar estimular professores e funcionários a buscar uma maior projeção internacional da USP, principal universidade do país. Essa é a primeira vez que ele será pago na gestão de João Grandino Rodas. Em ranking divulgado em julho, a USP foi a 43ª universidade na classificação da Webometrics Ranking Web of World Universities, um mecanismo de avaliação que considera a exposição que as instituições alcançam na internet. Em janeiro, era a 51ª.

Olympus reduz ativos em US$ 1,1 bilhão no balanço patrimonial

A Olympus divulgou os números da companhia depois de 13 anos de fraudes e revelou uma redução de ativos de US$ 1,1 bilhão no balanço patrimonial, levantando especulações de que precisará fazer fusão, vender ativos ou levantar capital para reparar as finanças. A fabricante de 92 anos de câmeras e equipamentos médicos publicou o equivalente a cinco anos de balanços revisados, além dos resultados do primeiro semestre fora do prazo, apenas algumas horas antes do prazo da Bolsa de Tóquio acabar e automaticamente a deslistar. O mais recente balanço, para o fim de junho de 2011, mostrou uma diminuição de 84 bilhões de ienes (US$ 1,08 bilhão) em ativos líquidos. A Olympus acrescentou que no fim de setembro os ativos líquidos somavam 46 bilhões de ienes, contra os 225 bilhões de ienes em março de 2007. Também revelou um prejuízo líquido de 32,33 bilhões de ienes nos seis meses até setembro, o que alimentou comentários de que precisará se mexer rapidamente para melhorar o balanço e afastar o risco de ser alvo de uma aquisição. O ex-presidente-executivo da Olympus Michael Woodford está fazendo campanha para voltar ao cargo e disse que rapidamente se mexeria para recapitalizar a empresa. A Olympus demitiu o britânico Woodford do posto de presidente-executivo em 14 de outubro sob alegação de que ele não entendeu o estilo de gestão da companhia e a cultura japonesa. Woodford, que entrou em 1980 na companhia, disse ter sido demitido por questionar o pagamento de US$ 687 milhões a consultores na compra por US$ 2,2 bilhões da produtora de equipamentos médicos Gyrus, em 2008.

Dirigente islâmico é designado novo premiê da Tunísia

O líder islamita Hamadi Jebali, número dois do partido Ennahda, foi designado como novo primeiro-ministro da Tunísia nesta quarta-feira pelo presidente, Moncef Marzouki, em cerimônia no palácio presidencial de Cartago. Hamadi Jebali, de 62 anos, é formado em engenharia e se tornou uma figura histórica do islã político tunisiano. Ele é o número dois do partido islâmico Ennahda, onde atua como secretário-geral, e passou 15 anos nas prisões do regime de Zine Abidine Ben Ali por "complô e pertencimento a uma organização ilegal". Seu nome já era considerado o mais forte para o cargo de chefe de governo desde as eleições de 23 de outubro, onde o Ennahda ganhou claramente. O novo chefe do executivo, que conta com o apoio da maioria parlamentar (seu partido tem 89 das 217 cadeiras na Assembléia), deverá formar um novo Executivo que, segundo pessoas próximas ao partido, será composto por membros de sua legenda e de seus dois aliados na Assembléia Constituinte, o Conselho pela República (CPR) e o Atakatol. De acordo com a Constituição transitória aprovada pela Assembleia no último dia 11, o nome oficial do cargo é presidente do Conselho de Ministros.

Primeiro-ministro da França negocia acordos no Brasil

O primeiro-ministro da França, François Fillon, chegou ao Brasil nesta quarta-feira com o intuito de ampliar a cooperação entre os dois países e a parceria estratégica no setor de defesa. Nesta quinta-feira ele se reunirá com a presidente Dilma Rousseff. O premiê tem uma agenda de quatro dias em território brasileiro. Uma das propostas da França inclui a participação na construção de um dos porta-aviões do projeto de reaparelhamento da Marinha brasileira. Fillon vem ao Brasil com uma delegação de 40 pessoas, das quais 28 são empresários, além de parlamentares e três ministros de Estado. De acordo com assessores do francês, com base no acordo assinado em 2009 entre a França e o Brasil para venda de armamento avaliado em U$ 12,3 bilhões, o primeiro-ministro vai demonstrar interesse em outros contratos no setor, como a participação na construção do futuro porta-aviões brasileiro. O governo da França também está interessado no projeto brasileiro de renovação da frota de fragatas e de patrulhas oceânicas e na fiscalização das fronteiras marítimas. A Aeronáutica civil é outro setor estratégico, e um dos objetivos é intensificar as relações nessa área. O principal ponto das discussões é a compra dos 36 caças Rafale para renovação da frota brasileira. De acordo com o especialista em Defesa Nelson During, o Rafale também está na disputa por um contrato da Marinha, que inclui 48 aviões.

Incêndio na Casa da Moeda danifica equipamento usado na produção

Um incêndio que atingiu na terça-feira a Casa da Moeda, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro, danificou um equipamento usado na produção de moedas e medalhas. Segundo nota divulgada pela instituição, responsável pela produção de notas de dinheiro, moedas, medalhas e documentos (como passaportes), o fogo afetou as linhas de eletrorrevestimento de discos metálicos. De acordo com a Casa da Moeda, não há risco de desabastecimento de moedas porque o estoque em poder do Banco Central é capaz de suprir a demanda pelos próximos seis meses.

Cinco cidades concentravam um quarto do PIB em 2009, diz IBGE

Em 2009, aproximadamente 25% de toda a geração de renda do Brasil estava concentrada em apenas cinco municípios: São Paulo (12%), Rio de Janeiro (5,4%), Brasília (4,1%), Curitiba (1,4%) e Belo Horizonte (1,4%). Juntos, eles representavam, porém, uma fatia menor da população do País (12,6%), o que ilustra a concentração do PIB no Brasil. Em 2008, a lista de cidades que abocanhavam um quarto do PIB continha mais um município, Manaus, segundo dados da pesquisa PIB dos Municípios, divulgada neste quarta-feira pelo IBGE. Na outra ponta, 1.302 municípios representavam apenas 1% do PIB do País em 2009. São cidades como São Félix do Tocantins, que tinha o menor PIB do País. Entre as capitais, Boa Vista (RR), Rio Branco (AC) e Palmas registraram os mais baixos PIBs. Em 2009, o PIB do País caiu 0,3% em decorrência da crise global agravada no final de 2008. Apenas o setor de serviços, embalado pelo consumo doméstico, teve desempenho positivo: 2,1%. A indústria e a agropecuária recuaram 5,6% e 3,1%, respectivamente. Com esse cenário, o PIB de grandes cidades focadas em serviços, como São Paulo, ganhou peso: 0,2 ponto percentual a mais do que em 2009. Já cidades como Guarulhos, São Bernardo do Campo, Santos (todas em SP) e Campos dos Goytacazes (RJ) perderam espaço com a retração da indústria. Maior produtora do País, Campos sentiu especialmente a queda do preço do petróleo por conta da crise. Todas essas cidades têm grande peso na economia do País, com participação superior a 0,5% do PIB. Sede da segunda maior refinaria da Petrobras e com população de apenas 32 mil pessoas, São Francisco do Conde (BA) se manteve, em 2009, com o maior PIB per capita do País (R$ 360,8 mil). Em seguida, vieram Porto Real (RJ), com R$ 215,5, e Triunfo (RS), R$ 212 mil. Como a baiana líder do ranking, ambas têm pequena população e uma grande unidade industrial (montadora de veículos e petroquímica). Entre as capitais, Vitória registrou o maior PIB per capita (R$ 61.790,59), seguida por Brasília (R$ 50.438,46), São Paulo (R$ 35.271,93), Rio de Janeiro (R$ 28.405,95) e Porto Alegre (R$ 26.312,45). O PIB per capita do Brasil ficou em R$ 16,918,00 em 2009.

Irã nega que pretenda fechar tráfego marítimo pelo estreito de Ormuz

O Irã não planeja fechar o tráfego marítimo pelo estreito de Ormuz, ponto de saída de boa parte do petróleo mundial, afirmou nesta quarta-feira em Viena o ministro do Petróleo da república nazista islâmica, Rostam Ghasemi. "Não, não planejamos isso", garantiu o representante iraniano ao ser questionado sobre a possível realização de manobras militares para demonstrar sua capacidade de fechar a entrada marítima ao golfo Pérsico. Esse cenário, cogitado na terça-feira por um deputado iraniano, contribuiu para elevar o preço do petróleo diante da perspectiva de um corte de fornecimento. Cerca de um terço do petróleo consumido no mundo é transportado pelo estreito de Ormuz, um dos pontos estratégicos de maior importância no planeta.

Banco Crédit Agricole vai cortar 2.350 empregos no mundo

O banco francês Crédit Agricole anunciou nesta quarta-feira a supressão de 2.350 empregos em todo o mundo, dos quais 850 na França, principalmente em seu banco de investimentos Cacib, informou o sindicato Force Ouvrière. Apenas no Cacib, que está presente em cerca de 50 países, serão cortados 1.750 empregos em todo o mundo, 550 deles na França. Na subsidiária de crédito ao consumidor CAFC serão eliminados 600 postos de trabalho, a metade deles no Exterior, disse o sindicato. Nesta quarta-feira ocorreram reuniões dos comitês de empresas das subsidiárias afetadas. Segundo a mesma fonte, nos próximos dias podem ocorrer anúncios de supressão de postos de trabalho em outras duas filiais do grupo francês, no Calef (Crédit Agricole Leasing et Factoring), que conta com 3.100 funcionários, e no Chevreux, que emprega 800 pessoas em todo o mundo. O Crédit Agricole, um dos maiores bancos europeus por capitalização de mercado, conta com 160 mil funcionários em todo o mundo, um terço deles fora da França. Em setembro, a agência de classificação financeira Moody's rebaixou em um grau a nota do Crédit Agricole (de "Aa1" para "Aa2") por sua exposição ao risco pela crise na Grécia.

Dilma avisa que ficará distante de palanques onde aliados se enfrentem

Dilma Rousseff aproveitou a passagem por Porto Alegre, onde PT, PDT e PCdoB ameaçam se enfrentar na eleição municipal, para adotar o receituário da era Lula e avisar que, em praças nas quais houver mais de um palanque de partidos da base, a presidente irá se manter distante da campanha eleitoral. O recado foi transmitido por ela ao governador Tarso Genro (PT-RS), mas quem ouviu ficou com a clara impressão de que Dilma falava de olho no mapa nacional. O entorno da presidente está especialmente incomodado com a resistência de siglas como PCdoB e PDT em apoiar Fernando Haddad (PT) em São Paulo.

STJ proíbe uso de sandálias, trajes de banho e calça jeans na Corte

Sandálias estilo gladiador estão na moda, mas não agradam em nada o gosto do presidente do Superior Tribunal de Justiça, Ari Pargendler. O modelo entrou em uma lista de 30 tipos de calçados "não recomendados" para circular no tribunal. Em novembro, funcionários da segurança receberam ordens da presidência para barrar quem não estiver usando as "sandálias permitidas". Duas cartolinas com fotos dos modelos reprovados e autorizados estão em uma das entradas da corte. A norma, assinada por Pargendler, também não permite que mulheres entrem nos plenários de calça jeans e se preocupa em vetar até a circulação com traje de banho. Ela é uma atualização de portaria editada nos anos 1990, mas que não era observada (apenas nos plenários, onde se exige terno e gravata para homens e roupas sociais para mulheres). Segundo o Superior Tribunal de Justiça, as novas regras são consequência de reclamações dos próprios servidores sobre funcionários usando "roupas inadequadas".

Lula foi aconselhado a tratar câncer nos Estados Unidos

O ex-presidente Lula foi aconselhado por "várias pessoas", segundo interlocutor próximo, a viajar para os Estados Unidos para tratar do câncer na laringe. Decidiu ficar no Brasil. Na segunda-feira ele comemorou o fato de o tumor ter regredido 75%. Lula fez na terça-feira sua terceira sessão de quimioterapia e recebeu alta às 20h30, após ficar um dia internado. Segundo boletim médico do Hospital Sírio-Libanês, ele continuará a receber até sábado o medicamento através de uma bolsa, que o leva ao sangue por meio de um cateter. Diagnosticado com um tumor de laringe de agressividade média, no dia 29 de outubro, Lula tem permanecido em casa após as duas sessões de quimioterapia, a primeira iniciada dois dias depois da descoberta da doença, em 31 de outubro, e a segunda, no dia 21 de novembro.

Panetta afirma que Estados Unidos estão vencendo no Afeganistão

O secretário americano de Defesa, Leon Panetta, afirmou nesta quarta-feira que os Estados Unidos estão vencendo uma dura batalha no Afeganistão, em um discurso em uma base próxima da fronteira paquistanesa. Panetta chegou na terça-feira a Cabul para sua segunda visita ao Afeganistão desde que assumiu o cargo em julho. "Estamos no bom caminho e estamos vencendo um conflito muito difícil", declarou Panetta a militares na base avançada de Shanara, na província afegã de Paktika, a 56 quilômetros da fronteira paquistanesa. "Chegamos a um ponto no qual conquistamos avanços enormes. Ainda há ameaças, ainda há desafios que deveremos enfrentar? Evidentemente", completou diante de 200 dos 600 soldados da base. "No fim, aqui no Afeganistão, nós vamos poder instalar um país capaz de governar-se e proteger-se por conta própria", acrescentou, antes de prometer que os Estados Unidos garantirão que os talebans e a rede terrorista Al Qaeda "nunca mais poderão encontrar refúgio no Afeganistão.

Pesquisa associa compulsão por compras a lesão cerebral

Comprar compulsivamente é uma doença do mundo moderno, mas, além dos apelos de uma sociedade consumista, o impulso pode ser causado por um dano cerebral. Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia mostraram que lesões em uma parte do cérebro responsável por escolher objetos e quantificar seu valor levam as pessoas a fazer mais escolhas irracionais e a gastar mais para adquirir produtos. Na pesquisa, os produtos eram alimentos: os participantes podiam comprar kits contendo suco de fruta e chocolate, em diferentes quantidades. Em alguns kits, o preço total era mais alto do que o preço de cada item individualmente. Participaram da pesquisa 11 pessoas com lesões em uma área do córtex pré-frontal (causadas por derrame, aneurisma ou tumor no cérebro) e 26 voluntários saudáveis, para controle. Estudos anteriores usando imagens de ressonância magnética sugeriam que a região do córtex chamada ventromedial está ligada à avaliação racional na hora de fazer escolhas. O trabalho coordenado por Joseph Kable, professor de psicologia da Universidade da Pensilvânia, comprovou essa hipótese. No estudo, 89% das pessoas com lesões no córtex pré-frontal compraram por impulso, pagando mais e levando mais itens que não estavam na lista inicial de suas preferências. Já no grupo controle, só 68% dos participantes tiveram esse comportamento.

Governador Sérgio Cabral quer limitar acesso de deputados a dados do governo

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal para tentar restringir o acesso de deputados a informações sobre a administração estadual. Por meio de uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade), ele pretende modificar o artigo da Constituição estadual que obriga o governo a responder requerimentos de informação feitos por “qualquer deputado”. Sérgio Cabral pretende limitar as solicitações às comissões da Assembléia Legislativa, controladas por sua base aliada. Na ação, proposta na semana passada, Sérgio Cabral diz que alguns deputados “têm insistido em requerer informações a diversos órgãos e autoridades estaduais, maculando não só a harmonia institucional, mas criando embaraços à rotina administrativa”. A ação de Sérgio Cabral ocorre duas semanas depois de o governo Dilma sancionar a Lei de Acesso a Informação, que autoriza a qualquer cidadão pedir dados da administração sem qualquer justificativa. Sérgio Cabral alega ser inconstitucional permitir a qualquer deputado formular os requerimentos.

Ministro Ricardo Lewandowski diz que penas do Mensalão do PT vão prescrever

Réus do Mensalão do PT terão as penas prescritas antes que o julgamento esteja concluído. O escândalo é de 2005 e não há ainda prazo para finalizar o processo no Supremo Tribunal Federal, diz o ministro Ricardo Lewandowski. O Mensalão do PT tem 38 réus e está à espera do voto do ministro-relator, Joaquim Barbosa. Em seguida, Lewandowski terá incumbência de revisar o processo. Só então poderá ser marcado um julgamento pelo plenário do Supremo Tribunal Federal. “Terei que fazer um voto paralelo ao voto do ministro Joaquim Barbosa. São mais de 130 volumes. São mais de 600 páginas de depoimentos. Quando eu receber o processo, vou começar do zero. Tenho que ler volume por volume porque não posso condenar um cidadão sem ler as provas”, disse Lewandowski. Indagado se dificilmente o processo do Mensalão do PT seria concluído em 2012, respondeu: “Sim, porque eu não posso, não tenho uma previsão clara”. Como há réus primários, corre-se então o risco de que as penas para muitos ali sejam prescritas? “Sem dúvida alguma. Com relação a alguns crimes não há dúvida de que poderá ocorrer a prescrição", disse ele. Quando um réu é primário, a pena imputada pode ser menor em relação a um criminoso com ficha suja. Entre os crimes que podem caducar, disse Lewandowski, está o de formação de quadrilha. No processo original do Mensalão do PT, 24 pessoas eram denunciadas por formação de quadrilha, crime para o qual a pena pode ser de um a três anos de reclusão. “Alguns podem não ser punidos. Mas essa foi uma opção que o Supremo Tribunal Federal teve que fazer com que todos os réus fossem julgados no mesmo processo. Se apenas aqueles que tivessem foro privilegiado, exercendo mandato no Congresso fossem julgados no Supremo, talvez esse problema da prescrição não existiria por conta de uma tramitação mais célere", comentou Lewandowski.