sábado, 9 de abril de 2011

Promotor pede cassação do prefeito socialista de São José do Rio Preto

O Ministério Público ingressou com ação civil pública que pede a cassação dos direitos políticos do prefeito de Rio Preto (SP), Valdomiro Lopes (PSB), e do superintendente do Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto (Semae), Antônio Tavares Ranzani, por uso de procuradores municipais para fins particulares. Se o pedido do promotor Sérgio Clementino for acatado pela Justiça, o prefeito estará sujeito a perda do seu mandato. Valdomiro e Ranzani são acusados pelo Ministério Público de usar procuradores do município e do Semae, respectivamente Ronaldo Bitencourt Dutra e Roberto Carlos Martins, para apresentar suas defesas pessoais em ações populares propostas contra eles em trâmite na Vara da Fazenda. A denúncia do ato de improbidade administrativa cometido por Valdomiro foi apresentada ao promotor pela juíza da 2ª Vara da Fazenda, Tatiana Viana Santos, ao analisar suas defesas. As ações populares questionam o perdão concedido por Valdomiro e Ranzani a multas e juros em dívidas do CDHU. O prefeito e Ranzani ingressaram com recurso junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo contestando o apontamento feito pela juíza. O agravo de instrumento não foi acatado pelo Tribunal de Justiça ficando caracterizado que “as defesas tratavam de interesses particulares, não podendo ser realizadas por meio de servidores". Para o promotor, a conduta de Valdomiro caracteriza enriquecimento ilícito com lesão ao erário: “Inegável que os fatos descritos caracterizam atos de improbidade administrativa, haja visto terem sido praticados por agentes políticos, ou seja, servidores públicos municipais”, consta em trecho da ação proposta pelo Ministério Público. “Os requeridos Valdomiro Lopes e Antônio Ranzani, superiores hierárquicos dos procuradores jurídicos municipais e da referida autarquia, determinaram que eles trabalhassem na defesa de seus interesses particulares”, afirmou o promotor. Sérgio Clementino pede o ressarcimento ao erário pelo prefeito e por Ranzani, além do pagamento de multa, suspensão dos direitos políticos pelo prazo mínimo de oito anos e proibição de contratar com o poder público pelo prazo de dez anos. Em dezembro de 2010, o Ministério Público ingressou com ação civil pública contra o ex-prefeito Edinho Araújo (PMDB) e ex-secretário de Meio Ambiente Humberto Scandiuzzi pelo mesmo motivo. Eles também são acusados de usar o procurador do município Frederico Duarte para mover ação de indenização por danos morais contra o consultor Ênio Noronha Raffin, por conta de publicações na internet de informações sobre o contrato do lixo entre a Prefeitura e a empresa Leão Leão, no site Máfia do Lixo. Ou seja, os administradores municipais de São José do Rio Preto são contumazes utilizadores de defesa pública em questões privadas.

Jornalista Reali Júnior morre em São Paulo aos 71 anos

O jornalista Elpídio Reali Júnior morreu na manhã de sábado após um infarto em São Paulo. Ele tinha 71 anos. Reali Júnior trabalhou durante décadas como correspondente em Paris da rádio Jovem Pan e do jornal O Estado de S. Paulo. Em 2007, lançou o livro "Às Margens do Sena", em que contava suas experiências ao longo de 50 anos de profissão. O correspondente sofria de câncer no fígado e, dois anos atrás, teve diagnosticada a necessidade de realizar um transplante. Ele chegou a passar por uma consulta para o acompanhamento do câncer na sexta-feira, mas piorou na manhã deste sábado. O jornalista era casado e tinha quatro filhas. Uma delas, Cristiana Reali, tornou-se atriz de sucesso na França.

Morre o cineasta Sidney Lumet

O cineasta norte-americano Sidney Lumet morreu neste sábado pela manhã em sua casa, em Manhattan (Nova York). Segundo a enteada de Lumet, Leslie Gimbel, o cineasta morreu por conta de um linfoma. Ele tinha 86 anos. Lumet foi um dos principais diretores da segunda metade do século 20. Ele dirigiu mais de 40 filmes nos quais mostrou sua versatilidade, retratando diferentes gêneros. Muitos dos filmes foram retratados em sua Nova York natal. Sidney Lumet nasceu em 1924 e estreou no cinema em 1957, com "12 Homens e uma Sentença". Ele produziu também "Um Dia de Cão", com Al Pacino, e "O Veredicto", com Paul Newman (1982), entre outros. Entre seus trabalhos mais relevantes estão ainda os filmes "Assassinato no Orient Express" (1974), "Serpico" (1973) e "Rede de Intrigas" (1976). O último trabalho dele foi à frente do filme "Antes que o Diabo Saiba que Você Está Morto", em 2007. Lumet recebeu um Oscar pelo conjunto de sua obra na 77ª edição da cerimônia, que ocorreu em 2005. Apesar de ter sido indicado cinco vezes na categoria de melhor diretor, ele nunca venceu. Ao todo, seus filmes receberam mais de 50 candidaturas ao Oscar, e costumavam ser pouco sentimentais e extremamente bem elaborados, tratando de assuntos inteligentes e complexos. O "New York Times" lembrou que, em uma ocasião, Lumet escreveu: "Embora a meta de todos os filmes seja entreter, o tipo de filme que acho que vai um passo além obriga o espectador a examinar uma ou outra faceta de sua própria consciência, estimula o pensamento e faz fluir a criatividade". Nesse sentido, segundo o jornal, Lumet encontrava inspiração nos temas sociais e "seus melhores filmes não só examinavam as consequências do preconceito, a corrupção e a traição, mas também celebravam os atos individuais de coragem".

Bolívia admite baixa em reservas de gás mas garante exportação

A Bolívia informou na sexta-feira que suas reservas provadas de gás natural caíram para 9,94 trilhões de metros cúbicos em 31 de dezembro de 2009, em relação aos 12,8 trilhões registrados há quatro anos, informou o governo na sexta-feira. Mas a redução não vai ameaçar as exportações de gás natural para o Brasil e a Argentina, afirmou o presidente da petrolífera estatal YPFB, Carlos Villegas. Ele também anunciou os resultados das reservas auditadas pela companhia norte-americana Ryder Scott. O estudou apontou que as reservas de gás natural do país, incluindo as reservas possíveis e provadas, atingiram 19,92 trilhões de pés cúbicos, acrescentou. "Queremos destacar de maneira contundente que a Bolívia conta com as reservas de gás necessárias para atender a demanda interna e os contratos de exportação", afirmou. As exportações de gás natural boliviano ao Brasil e à Argentina aumentaram 18,5% em 2010, para uma média de 32 milhões de metros cúbicos por dia, informou a estatal em fevereiro. A receita das exportações do gás natural subiu 42%, para US$ 2,8 bilhões em 2010, já que o preço do produto boliviano foi reajustado no ano passado em linha com as cotações internacionais dos combustíveis.

Colômbia captura membro das Farc procurado na Espanha

As Farc (Forças Armadas da Colômbia, organização terrorista e traficante de cocaína) informaram na sexta-feira a captura de um integrante do grupo, acusado de planejar atentados na Espanha contra altos ex-funcionários colombianos com ajuda do grupo separatista basco ETA. A captura de Víctor Ramón Vargas, integrante da coluna Teófilo Forero, das Farc, responsável por vários ataques e sequestros no sul do país, aconteceu na quinta-feira no município de Caucasia, no departamento de Antioquia, na Espanha. Vargas, conhecido como "Chato" ou "Juancho", estava na lista vermelha da Interpol dos mais procurados do mundo. O grupo terrorista colombiano pediu ajuda ao ETA em 2000 para fazer um ataque na Espanha contra o ex-presidente colombiano Andrés Pastrana e a ex-embaixadora Noemí Sanín, de acordo com documentos judiciais. Vargas, de 36 anos, havia sido capturado pela Polícia da Colômbia em outubro de 2003 na cidade de Armênia, capital do departamento de Quindío, quando planejava o sequestro de um empresário. O narcotraficante terrorista saiu da prisão no fim de 2008 e desde então permanecia na clandestinidade com uma coluna rebelde em uma zona montanhosa e de floresta no norte do país, de acordo com fontes militares. Vargas enfrenta na Colômbia acusações por conspiração para cometer crimes agravadas com fins de tráfico de droga. A notícia de sua captura acontece três dias antes da visita oficial do presidente colombiano, Juan Manuel Santos, à Espanha, onde irá se reunir com autoridades deste país para estimular o comércio.

Massa gigante de escombros do tsunami japonês chegará aos Estados Unidos em 2014

Uma massa gigante de escombros flutuantes empurrada para o oceano pelo tsunami de 11 de março no Japão chegará ao Havaí dentro de um ano e à costa oeste dos Estados Unidos em 2014, segundo anteciparam na sexta-feira cientistas da Universidade do Havaí. Restos de casas, pneus, árvores e outros materiais levados pelo mar após o terremoto japonês demorarão três anos para atravessar o oceano Pacífico, de acordo com uma simulação feita pelo Centro Internacional de Investigação do Pacífico da universidade havaiana. A maioria dos objetos que flutuam no litoral do Japão, como os carros e os edifícios quase inteiros, se desintegrarão progressivamente em pedaços menores, mas outros mais resistentes, como os navios, podem chegar intactos aos Estados Unidos. A primeira onda de escombros atingirá o litoral noroeste do Havaí no próximo ano, e deve chegar às demais ilhas em 2013, segundo a simulação feita pelos cientistas Nikolai Maximenko e Jan Hafner. Um ano depois, os resíduos chegariam a praias desde Vancouver até a Baixa Califórnia (México), passando pelos estados de Washington, Oregon e Califórnia, nos Estados Unidos. Grande parte dessas peças voltará a atingir a costa do Havaí dentro de cinco anos, em 2016, em uma segunda onda que será "mais forte e duradoura que a primeira". A enorme quantidade de escombros acumulada no litoral do leste do Japão dificultou consideravelmente os trabalhos de resgate após o terremoto e o tsunami, que deixou 12.468 mortos e 15.091 desaparecidos, segundo o último levantamento oficial.

Ataque aéreo de Israel mata comandante do Hamas

Um ataque aéreo israelense contra um veículo matou na madrugada deste sábado um comandante da organização terrorista Hamas e dois de seus guarda-costas no sul da faixa de Gaza. Fontes do Hospital Al Najar confirmaram a morte de Tayser Abu Snima, de 29 anos, durante uma ação aérea israelense nas primeiras horas deste sábado. O governo israelense não comentou imediatamente a ação, que elevou para 17 o número de terroristas palestinos mortos em ações de resposta desde que um foguete disparado do território controlado pela organização terrorista Hamas atingiu um ônibus escolar israelense na quinta-feira, deixando ao menos dois feridos. Mais cedo outros dois terroristas palestinos islâmicos morreram.

Importação de carros de marcas sem fábrica no País cresce 87%

A importação de carros de marcas que não têm fábrica no Brasil cresceu 87,3% no primeiro trimestre ante igual intervalo no ano passado, atingindo 35.430 unidades, de acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira pela Abeiva (Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores). Essa quantidade representa 19,5% do total de veículos importados nesse período no País. O restante foi trazido pelas montadoras com fábrica no Brasil. Considerando apenas março (13.989 unidades), houve alta de 17,6% em relação ao desempenho de fevereiro e de 62,3% no confronto com o mesmo mês em 2010. "Vários motivos contribuíram com esse cenário, a começar pelo início de operação de novas empresas importadoras, a participação expressiva de veículos importados "de entrada" e o avanço significativo dos automóveis importados do segmento B e de utilitários esportivos", analisa José Luiz Gandini, presidente da Abeiva. Entre as marcas associadas da Abeiva estão Aston Martin, Audi, BMW, Chery, Chrysler, Dodge, Ferrari, JAC Motors, Jaguar, Kia Motors, Lamborghini, Land Rover, Lifan, Maserati, Porsche, Suzuki e Volvo.

Brasil adota medida de defesa comercial contra China

Na véspera da viagem da presidente Dilma Rousseff à China, o governo volta a aplicar medida de defesa comercial para combater as importações brasileiras de produtos provenientes do país asiático. Dessa vez, o alvo são as malhas de viscose produzidas pelos chineses. Essa é a segunda resolução aplicada pelo governo Dilma contra a China. A medida, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, instituiu um imposto extra sobre o importador para eliminar o que foi considerado pelo governo concorrência desleal. O pedido de investigação foi feito por empresas brasileiras do setor de confecção e comandada pelo Decom (Departamento de Defesa Comercial) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O departamento determinou a aplicação de direito de defesa comercial, o chamado antidumping definitivo, por até cinco anos, sob a forma de sobretaxa de imposto de US$ 4,10 por quilo. Para importar o produto, o imposto pago é de 26%. As malhas de viscose são utilizadas na fabricação de roupas, principalmente para o público feminino, sendo as mais comuns: blusas, saias, vestidos e acessórios. A resolução também aplica uma taxa adicional na importação do solvente n-Butanol proveniente dos Estados Unidos, com validade de seis meses. A primeira medida de defesa comercial na importação de produtos chineses foi em março, quando foi aplicada uma taxa adicional contra peças de vidro de mesa, como pratos e xícaras.

Professor anuncia produção de grafeno em larga escala

O grupo de pesquisa coordenado pelo professor Jacek Baranowski, do ITME (Instituto de Tecnologia de Materiais Eletrônicos), na Polônia, anunciou na quinta-feira a descoberta de um novo método de produção de grafeno que faria com que o material saísse dos laboratórios para a vida cotidiana. Em 2010, o grafeno foi apontado como um dos materiais mais significativos do século 21 e garantiu o Prêmio Nobel de Física para a dupla de cientistas Andre Geim e Konstantin Novoselov. O novo material se caracteriza por uma alta condutividade térmica e elétrica e por combinar uma alta elasticidade e rapidez com uma extrema dureza, o que o situa como o material mais resistente do mundo. O seu uso também pode ser aplicado em aparelhos eletrônicos, porque os transistores de grafeno são mais rápidos do que os atuais de silício, e pode abrir caminho para a fabricação de computadores mais eficientes.