terça-feira, 17 de agosto de 2010

Lula fala em "presidenta" e admite que vai interferir na gestão

Em entrevista a rádios do Nordeste, nesta terça-feira, o presidente Lula fez uma provocação ao antecessor Fernando Henrique Cardoso e disse que ao deixar o governo percorrerá o País para fiscalizar obras em andamento em vez de ir para Paris. E admitiu que ligará para "a presidenta" quando encontrar coisas erradas."Quem pensa que vou deixar a presidência e vou para Paris, para Harvard, não sei para onde... Eu vou vir para o sertão brasileiro, vou viajar esse País inteiro para ver o que eu fiz e o que eu não fiz", disse. Em seguida, complementou: "E se tiver alguma coisa errada vou pegar o telefone e ligar para minha presidenta e dizer 'olha, tem uma coisa aqui errada. Pode fazer minha filha, que eu não consegui fazer", afirmou, sem citar o nome da candidata do PT, Dilma Rousseff.

Dezesseis partidos não entregaram balancetes de julho ao TSE

Mais da metade dos diretórios nacionais de partidos não entregaram os balancetes de contas referentes ao mês de julho ao Tribunal Superior Eleitoral, contrariando a Lei dos Partidos que exige prestações de contas mensais nos quatro meses anteriores e dois meses posteriores às eleições. Dos 27 diretórios de partidos apenas 11 entregaram os balancetes à Justiça Eleitoral. Não apresentaram ainda seus relatórios 16 partidos: PCB, PCO, PMN, PPS, PR,PRP, PSC, PSDB, PSDC, PSL, PT do B, PTB, PTC, PTN, PRTB e PV.

Caminhoneiros suspendem paralisação em terminais do Mato Grosso

Os caminhoneiros suspenderam nesta terça-feira a paralisação do desembarque de cargas nos terminais da América Latina Logística (ALL) em Alto Araguaia e Alto Taquari, em Mato Grosso. A decisão ocorreu após acordo assinado pela empresa com representantes da Federação dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado de Mato Grosso (Fettremat) e do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Terrestres de Mato Grosso. O superintendente de terminais da ALL, Carlos Eduardo Monteiro de Barros e Silva, diz que as operações já estão normalizadas. Segundo ele, pelo terminal de Alto Araguaia passam diariamente cerca de 600 caminhões e a capacidade de escoamento no local é de até 500 vagões. No último mês de julho, houve recorde de movimentação, que atingiu 665 caminhões descarregados em um único dia.

Arrecadação de impostos sobe 10,54% e é recorde para julho no País

A arrecadação de impostos e contribuições federais em julho chegou a R$ 67,973 bilhões em termos nominais, um recorde para o período, informou a Receita Federal. Neste ano, todos os meses apresentaram resultado recorde. O resultado foi 10,54% superior ao de junho deste ano em termos reais, descontada a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em comparação com julho de 2009, houve alta real de 10,76%. A arrecadação administrada pela Receita Federal em julho somou R$ 64,213 bilhões, com alta real de 6,64% ante junho e aumento de 10,16% em relação a julho de 2009. As demais receitas totalizaram R$ 3,759 bilhões, com alta real de 194,3% ante junho e de 22,01% na comparação com julho de 2009.

Governo do Estado reduz ICMS da carne de frango

O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta terça-feira a redução do ICMS da carne de frango de 7% para 3% nas operações realizadas dentro do Estado até abril de 2011. A medida pretende dar maior competitividade à carne de frango produzida no Rio Grande do Sul diante de outros estados brasileiros, que já concedem benefícios semelhantes. A redução atende reivindicação do setor de avicultura do Estado.

Eletrobras compra energia livre de Belo Monte para garantir financiamento

A Eletrobras confirmou na terça-feira que garantiu a compra da energia destinada ao mercado livre da usina hidrelétrica de Belo Monte como forma de garantir que sejam fechados os contratos de financiamento para a obra. As definições sobre o financiamento para a usina localizada no rio Xingu (PA), que deverá entrar em operação no final de 2014, poderão ser divulgadas ainda em agosto, segundo o diretor financeiro e de Relações com Investidores da Eletrobras, Armando Casado. "A gente realmente já garantiu a compra de energia. É uma operação normal e pretendemos colocar essa energia no mercado", afirmou o executivo em teleconferência com analistas sobre o resultado da Eletrobras do segundo trimestre de 2010. A Eletrobras faz parte do consórcio Norte Energia, que venceu o leilão da concessão de Belo Monte em 20 de abril com uma tarifa de R$ 78 por megawatt-hora (MWh), deságio de 6% ante o teto estipulado pelo governo de R$ 83. A Eletrobras possui 18 sócios e ainda existe a possibilidade da entrada de novos parceiros no consórcio.

Irã adverte que caso Sakineh é "alvoroço" para prejudicar relação com Brasil

O porta-voz da Chancelaria iraniana, Ramin Mehmanparast, voltou a afirmar nesta terça-feira que o Brasil não sabe todos os detalhes do caso de Sakineh Mohamadi Ashtiani, condenada ao apedrejamento por adultério, e que deve perceber que o caso é um "mero alvoroço criado para abalar as relações" bilaterais. O Irã rejeitou oficialmente na segunda-feira a oferta formal de asilo a Sakineh, feita pelo embaixador do Brasil no Irã, Antonio Salgado, no último dia 9.

Dois libaneses são condenados à morte por espionagem para Israel

Uma corte militar condenou nesta terça-feira dois libaneses por espionar para Israel durante a guerra de 2006. Os dois homens foram condenados à morte. Um oficial de Justiça disse que Antoine Atmi recrutou Osama Berri e os dois passaram informação para Israel durante o conflito com a organização terrorista islâmica Hizbollah. Líbano e Israel permanecem tecnicamente em guerra. Berri estava presente na corte para ouvir a sentença, mas Atmi foi sentenciado in absentia.

Estados Unidos e BP devem decidir sobre fechamento de poço até quarta-feira

A BP e os cientistas do governo dos Estados Unidos devem decidir até esta quarta-feira sobre o plano para fechar de forma definitiva o poço danificado no golfo do México. A informação foi dada pelo almirante da reserva Thad Allen, que coordena a resposta dos Estados Unidos ao vazamento. Ele disse que, apesar da vontade de querer acabar com o problema o mais rápido possível, ninguém quer correr riscos. No início deste mês, a BP conseguiu vedar a parte superior do poço danificado. Agora, a companhia precisa fazer o fechamento da parte inferior por meio de um poço auxiliar. Segundo Allen, este poço está a 15 metros de seu alvo. O almirante da reserva relatou que as equipes estudam se a injeção de cimento e lama pesada na parte inferior poderia aumentar a pressão e fazer com que o petróleo volte a subir e acabar voltando a sair pela boca do poço.

Dilma sinaliza que não atenderá a pedidos de mulheres de centrais sindicais em São Paulo

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, se reuniu no final da manhã desta terça-feira com mulheres de centrais sindicais e recebeu um documento com pedidos, entre eles a redução de 40 horas semanais de trabalho e a descriminalização do aborto. Logo após o evento, Dilma disse à imprensa que já tem posição sobre os dois temas que não combinam com os pedidos. "Não pretendo mudar muito a minha posição sobre os dois temas. Acho que no caso das 40 horas, o movimento social tem de começar a fazer sua reivindicação. Sobre a descriminalização, sou a favor da legislação que só permite em casos específicos", disse ela.

Superior Tribunal Militar "esconde" processo contra Dilma nos anos 70

Está trancado desde março, em um cofre da presidência do Superior Tribunal Militar, todo o processo que levou a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, à prisão durante a ditadura (1964-85). A papelada, retirada dos arquivos por ordem do próprio presidente do tribunal, para prevenir um eventual uso político do material, revela em fichas, fotos, depoimentos e relatórios de inteligência a militância de Dilma à época. Até março, quando foram "escondidos", os documentos poderiam ser consultados pelo público, como advogados, jornalistas, pesquisadores e pelas partes do processo. A liberação, quase sempre, é feita pelo ministro-presidente do tribunal, Carlos Alberto Marques Soares. Ele admitiu que o processo foi parar no cofre por causa das eleições. "Não quero uso político do Superior Tribunal Militar", afirmou ele: "Não vou correr risco no período eleitoral". Estão nos arquivos do Superior Tribunal Militar mais de 116 mil processos. Além do material sobre a ditadura, há documentos da Intentona Comunista, de 1935, e da chegada de Getúlio Vargas ao poder, em 1930. Só o processo referente a Dilma e "mais uns outros 50", segundo Carlos Alberto Marques, estão no cofre.

Tribunal de Justiça gaúcho anula prova para oficial de Justiça e deixa 78 mil candidatos desprotegidos

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul anulou a prova do concurso público para 122 vagas de oficial de Justiça, aplicada no dia 18 de abril. Estavam concorrendo 78.508 candidatos. O cargo exige ensino médio completo. O salário inicial é de R$ 4.095,90.O Tribunal de Justiça rescindiu o contrato com a Fundação Conesul de Desenvolvimento, organizadora do concurso. Segundo comunicado, a prova foi anulada “em face das denúncias de irregularidades, a fim de facilitar nas investigações e visando à lisura no andamento do certame”. De acordo com o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, o Ministério Público está investigando o caso. Os motivos da anulação, inacreditavelmente, não foram informados.

Jovens são quase metade dos migrantes do País

Os jovens da faixa etária dos 18 aos 29 anos são quase metade dos migrantes no País, de acordo com o estudo "Migração Interna no Brasil", divulgado nesta terça-feria pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Em 1995, do total de migrantes no Brasil, o porcentual de jovens era de 49,9% e, em 2001, de 47,3%. Há cinco anos, o total era de 45,5%, índice pouco menor que o de 2008, de 45,6%. O instituto aponta que "esse indicador já está em diminuição, graças ao processo de envelhecimento populacional". Apesar disso, o número de jovens migrantes de dentro da Região Sul apresentou aumento no último período analisado: de 39,5% em 2005 para 49,9% em 2008. O instituto destaca o alto porcentual de jovens entre os migrantes do Nordeste para o Sudeste em 2008: 62,9%.

Aviação israelense ataca Faixa de Gaza

A aviação israelense atacou na noite desta terça-feira dois objetivos no sul da Faixa de Gaza, sem deixar vítimas, informaram os serviços palestinos de segurança. Os alvos estavam na zona da cidade de Rafah e ao norte de Khan Yunis, próximo à fronteira com o Egito. Dois soldados israelenses ficaram levemente feridos nesta terça com um tiro de morteiro disparado da Faixa de Gaza contra o território israelense. Por isso Israel reagiu e atacou os terroristas islâmicos na Faixa de Gaza.

Palestino que fez reféns em embaixada de Tel Aviv é rendido

O palestino que havia invadido a embaixada de Tel Aviv nesta terça-feira e feito reféns foi rendido pela polícia e levado de ambulância após quase sete horas dentro do edifício. O porta-voz do ministério do Exterior israelense identificou o homem como Nadim Injaz, um palestino da cidade de Ramallah, na Cisjordânia. Segundo a polícia, ele havia sido liberado recentemente da prisão após ter sido condenado por invadir a embaixada britânica há quatro anos, em busca de asilo. Um advogado árabe-israelense, que conversou com o palestino por telefone para tentar acalmá-lo, disse que o homem manteve como refém o cônsul geral turco e sua mulher por duas horas. Eles conseguiram escapar após seguranças turcos terem atirado e ferido o palestino. Ele continuou na embaixada, onde se trancou em uma sala.

Lula afirma que Serra não tem discurso para a campanha

Em visita à cidade pernambucana de Petrolina, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), afirmou que o candidato à Presidência José Serra (PSDB) terá dificuldades para afinar um discurso na disputa eleitoral. "Às vezes, ele (Serra) fica tentando dizer coisas na área da Saúde. Ele fala, fala, mas essas pessoas esquecem que, para se vingar de mim, acabaram com a CPMF. Tiraram por pura vingança", afirmou Lula em entrevista a rádios locais. Lula disse ainda que, para disputar a Presidência da República, é preciso "colocar o pé no barro". "Só no gogó, não dá. Tem que colocar o pé no barro. Esse Brasil não é a avenida Paulista. Isso eu sei que incomoda", alfinetou. Durante o mês de agosto, o candidato tucano concentrou sua agenda no Estado de São Paulo, com aparições em diversos pontos da cidade, como os bairros da Liberdade, do Grajaú e na favela de Heliópolis, além de uma passagem pela cidade de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. O presidente Lula também disparou contra seu antecessor, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), acusando-o de privilegiar apenas correligionários durante seus dois mandatos."Pergunte ao governo de São Paulo, ao governo do Rio Grande do Sul. Eu desafio. Coloquei muito mais dinheiro nos governos Serra e Alckmin do que o Fernando Henrique Cardoso, (isso) porque a minha relação não é entre partidos políticos, é de governabilidade e respeito com o povo brasileiro", afirmou Lula.Lula esteve em Pernambuco para inspecionar as obras atrasadas da ferrovia Transnordestina. Após conceder entrevista coletiva a emissoras de rádio, o presidente seguiu para Salgueiro, também no interior do Estado, onde irá inaugurar a fábrica de dormentes que irá abastecer as obras da ferrovia.

Serra diz que vai investir R$ 12 bilhões em saúde e defende fortalecimento de filantrópicas

A melhora no atendimento público de saúde no País depende de uma nova linha de financiamento para as entidades filantrópicas do setor, da revisão da tabela do Serviço Único de Saúde (SUS) e da implementação de ambulatórios que atendam especialidades médicas. A opinião é do candidato à Presidência da República, José Serra, que defendeu nesta terça-feira a aplicação de R$ 12 bilhões na área ao longo de quatro anos. Serra batizou a linha de financiamento para as filantrópicas que atuam no setor de "Proer das Casas de Saúde". Segundo ele, a medida é fundamental porque o setor está com um endividamento de cerca de R$ 5,9 bilhões, que o aproxima de uma fase pré-colapso. O candidato participou nesta terça-feira do 20º Congresso Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, em Brasília, com o tema Instituições de Saúde: Enfrentando Desafios, Ampliando as Oportunidades. O evento é organizado pela Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas. Serra fez uma análise da saúde pública no país e criticou a adversária do PT, Dilma Rousseff. Segundo ele, Dilma copia suas idéias para o setor de saúde.

Candidatos à sucessão presidencial adotam tom popular nos programas de rádio

Os candidatos à sucessão presidencial adotaram um tom popular no primeiro dia de propaganda eleitoral gratuita no rádio. As inserções do PT e do PSDB adotaram um discurso simples. No rádio, o candidato José Serra (PSDB) virou "Zé". E a candidata Dilma Rousseff (PT) destacou o trabalho das donas de casa como "um dos mais importantes do mundo". Marina Silva, do PV, recorreu a um tom professoral para explicar as mudanças provocadas pelo aquecimento global. Assim como na propaganda do horário gratuito na TV, o presidente Lula foi o grande protagonista do horário eleitoral, sendo citado pelos governistas e pela oposição. O programa de José Serra foi apresentado por um locutor chamado Joca, um paulista, que mediou a conversa entre duas personagens: Chico, mineiro, e Ari, baiano. Vale lembrar que São Paulo, Minas Gerais e Bahia estão entre os quatro maiores colégios eleitorais do País. Com momentos de humor, entre eles piadinhas sobre a calvície de uma das personagens, a produção destacou o trabalho de Serra à frente do Ministério da Saúde e do governo de São Paulo, principalmente no comando de obras de infraestrutura. Com um tom de voz semelhante a do presidente Lula, o personagem Ari elogiou o jingle da campanha de Serra, que diz "sai o Silva e entra o Zé". Nos seus minutos finais, o programa tucano ressaltou a origem humilde de um menino de classe média do bairro da Mooca, o "Zé". Na mais longa das inserções, com cerca de 10 minutos, o PT apresentou Dilma como a verdadeira candidata do presidente Lula. O anúncio foi introduzido por três narradores que, no decorrer da peça, apresentaram aos ouvintes histórias de pessoas que foram beneficiadas pela gestão do PT à frente do Palácio do Planalto. A candidata destacou a sua experiência administrativa como ministra-chefe da Casa Civil e listou programas que ajudou a implementar, como o ProUni, o Bolsa Família e o Luz Para Todos.

TSE recebe ação contra Lula por suposta propaganda em rádio

A coligação “O Brasil Pode Mais” (PSDB/DEM/PTB/PPS/PMN/PTdoB) do candidato à Presidência, José Serra (PSDB), protocolou nesta terça-feira no Tribunal Superior Eleitoral processo em que questiona a edição desta semana do programa de rádio "Café com o presidente". Lula é acusado de usar o programa oficial para fazer divulgação de ações de governo "manifestamente proveitosas à candidatura de Dilma Rousseff" ao Palácio do Planalto, segundo a ação. O presidente teria feito a propaganda irregular ao ser entrevistado sobre ações e projetos do governo, como a construção de usinas hidrelétricas e medidas para melhorar o atendimento dos aposentados. "Estamos qualificando uma mão de obra que não existia mais no Brasil, porque o Brasil tinha deixado de investir em grandes projetos dde infraestrutura, sobretudo na questão energética" diz Lula no programa. Segundo a coligão liderada pelo PSDB, a lei eleitoral proíbe agentes públicos de autorizar a veiculação de publicidade institucional nos três meses que antecede a eleição. "A transmissão da puiblicidade institucional neste mês de agosto revela a existência de rematada transgressão à norma", diz trecho da ação.

Reunião busca solução para construções junto ao aeroporto Salgado Filho

A limitação das construções em áreas próximas ao Aeroporto Internacional Salgado Filho foi tema da reunião entre o prefeito José Fortunati e o comandante tenente brigadeiro da Aeronáutica, Juniti Saito. O encontro ocorreu nesta terça-feira, no Ministério da Defesa, em Brasília. Segundo o prefeito, o Plano de Zona de Proteção de Aeródromos impossibilita, de modo excessivo, algumas construções próximas ao aeroporto. “Na nossa compreensão, o plano avança tanto que, por exemplo, nas mediações das ruas Pedro Ivo e Artur Rocha, teríamos que rebaixar o morro em três metros se levássemos em consideração as exigências impostas à cidade”, destacou. Após a reunião, Fortunati disse que, nas próximas semanas, a Aeronáutica apresentará um novo estudo, mais flexível, mas sem deixar de garantir a absoluta segurança em relação aos vôos. “Compreendemos que na área de aproximação dos cones do aeroporto não pode haver construções, porém onde já existem outras, mais afastadas e já consolidadas, se possa permitir construções nos padrões atuais”, afirmou Fortunatti. Os senadores Pedro Simon e Sérgio Zambiasi e o deputado federal Ibsen Pinheiro também participaram da reunião. É absolutamente curioso que estes parlamentares tenham se mobilizado para participar de uma reunião para tratar de interesses imobiliários. Aliás, o objetivo de flexibilização das exigências da Aeronáutica em relação ao cone de aproximação do aeroporto Salgado Filho se prende aos interesses imobiliários da OAS e do Grêmio, que pretendem contruir uma Arena e dezenas de edifícios bem dentro do chamado cone de aproximação da pista do aeroporto gaúcho.

OAB escolhe lista sêxtupla para vaga no TST

O Conselho Federal da OAB elaborou, no domingo, em sessão extraordinária, a lista sêxtupla para preencher vaga de ministro do Tribunal Superior do Trabalho, destinada à advocacia. Da lista sêxtupla sairá um ministro para preencher a vaga aberta com a aposentadoria do ministro José Simpliciano Fontes de Faria Fernandes. A lista será enviada pela OAB ao TST. A Corte reduzirá a lista sêxtupla a uma lista tríplice e enviará a sua relação ao presidente Lula, que é quem escolherá o candidato final à vaga. Após esse trâmite, o candidato será sabatinado pelo Senado Federal e, se aprovado, nomeado ministro do TST.

Delegados de Polícia pedem fixação de subsídios

O presidente da Assembléia Legislativa, Giovani Cherini (PDT), e o presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul (Asdep), Wilson Müller Rodrigues, entregaram nesta terça-feira à governadora Yeda Crusius, pedido para que seja encaminhado projeto de lei fixando os subsídios dos delegados. “Assim como o Parlamento já definiu os subsídios do Judiciário, Ministério Público e Tribunal de Contas, queremos cumprir também a norma constitucional em relação ao direito dos delegados”, destacou Cherini.

Europeus continuam enviando lixo para o Porto de Rio Grande

Uma carga de 22 toneladas de lixo embarcada na Alemanha foi interceptada pela Receita Federal no Porto de Rio Grande, em 3 de agosto. De acordo com o Ibama, o contêiner, que deveria trazer plástico para reciclagem, trazia lixo doméstico como produtos de limpeza, fraldas descartáveis e resíduos contaminados. A transportadora responsável pela carga foi multada pelo Ibama em R$ 1,5 milhão. A empresa importadora, com sede em Esteio, também recebeu multa, no valor de R$ 400 mil. A transportadora tem dez dias após o recebimento do documento para levar a carga novamente para a Alemanha.

Brasil tem 37 milhões de pessoas que não têm dinheiro para pagar passagem regularmente

Aproximadamente 37 milhões de brasileiros, semanalmente, não podem usar o transporte público de forma regular, por não terem como pagar a tarifa ou, simplesmente, como forma de economizar. A estatística é da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos e tem como base estudos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. “Temos as tarifas de ônibus mais caras de toda a História, pesando cada vez mais no orçamento. A falta de corredores exclusivos para ônibus, os engarrafamentos, ruas e estradas ruins, além da falta de planejamento das cidades, que empurraram a população para a periferia obrigando a ter linhas com percursos longos, contribuíram para a tarifa elevada. Como não há investimentos, muitos passageiros deixam de usar o transporte público e compram um carro velho. Ou seja, mais engarrafamentos, poluição e queda na qualidade de vida das cidades, um caos”, afirma Ailton Brasiliense, pesquisador da NTU que se dedica há 35 anos ao estudo dos transportes.

Polícia prende dois suspeitos de matar ex-ministro do TSE em Brasília

A polícia também prendeu uma ex-empregada, Guiomar Barbosa da Cunha, a vidente Rosa Maria Jaques, o marido dela, João de Oliveira, e o agente de polícia José Augusto Alves, braço direito da primeira delegada que investigou o caso. De acordo com o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, o principal elemento que embasou o pedido de prisão foi uma prova que a polícia alega ter sido "plantada" para incriminar dois suspeitos do assassinato. Trata-se da chave do apartamento dos Villela, que teria sido encontrada com os suspeitos e os ligaria aos assassinatos. A perícia constatou, no entanto, que a chave era a mesma recolhida pela polícia no apartamento do casal, ou seja, não poderia ter sido levada pelos criminosos após o triplo homicídio. Após a constatação, a delegada Martha Vargas foi afastada do caso. Agora, a polícia suspeita que os presos agiam de forma coordenada para atrapalhar as investigações. Na noite do dia 31 de agosto de 2009, os corpos do ex-ministro, de sua mulher, Maria Villela, e da empregada Francisca da Silva foram encontrados em seu apartamento. Segundo a polícia, os corpos tinham sinais de facadas.

Lula diz que povo está esperto e vai escolher com maturidade política

Ao discursar nesta terça-feira em Petrolina (PE), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um desabafo dizendo que nunca antes na história desse país um político foi tão ofendido e humilhado como ele até chegar à Presidência. Por tudo o que passou, disse, ajudou com recursos governadores e prefeitos de todos os partidos políticos. "Minha cabeça é de alguém que comeu o pão que o diabo amassou, que teve que enfrentar todos os preconceitos, que teve que receber todas as ofensas que já recebi para chegar à Presidência e ser pequeno como foram comigo", disse. Lula falou da campanha de 1989 e afirmou que hoje o povo não é mais levado pela opinião dos outros. "O povo esta esperto. O cara fala na TV e o povo não vai atrás como vaquinha de presépio. Esse povo aprendeu a pensar com sua consciência, a enxergar com seu olhos e a escolher com sua maturidade política, vendo que as pessoas do lado de lá dizem uma coisa e acontece outra", disse. E continuou: "Ninguém mais é bobo, ninguém é mais tonto, ninguém vai conseguir repetir o que fizeram comigo em 1989", afirmou.

Vox Populi aponta Dilma com 16 pontos à frente de José Serra

Pesquisa Vox Populi divulgada nesta terça-feira aponta a candidata do PT à Presidência, Dilma Rouseff, com 16 pontos a frente de José Serra (PSDB). Segundo o levantamento, a petista tem 45% das intenções de votos, enquanto o tucano está com 29%. Como Marina Silva tem 8% das intenções e os demais não atingiram 1%, Dilma venceria no primeiro turno, segundo a pesquisa. Ocorre que o Vox Populi é um instituto de pesquisa completamente desmoralizado, que não merece nem ser citado.

Genérico de droga contra colesterol chega às farmácias

As versões genéricas e similares do Lípitor, medicamento para a redução dos níveis de colesterol, chegaram às farmácias brasileiras nesta terça-feira. O custo dos remédios é 35% inferior ao da droga de referência, da Pfizer, vendida por cerca de R$ 100,00 dependendo da concentração. Na segunda-feira, a desembargadora federal Vera Lúcia Lima, vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (Rio de Janeiro), indeferiu mandado de segurança da Pfizer que pleiteava a continuidade da validade da patente do Lípitor, um dos medicamentos mais vendidos no mundo. No último dia 6, o mesmo tribunal decidiu pela suspensão dos efeitos da patente da atorvastatina (princípio ativo do Lípitor) e autorizou a EMS a produzir e comercializar versões genérica e similar do medicamento. A patente do Lípitor havia expirado em julho de 2009, mas foi prorrogada até dezembro de 2010 por decisão judicial conseguida pela Pfizer.

Polícia Federal encontra paquistaneses ilegais no País

A Polícia Federal notificou quatro paquistaneses que se encontravam ilegalmente no País, no último sábado. O grupo seguia num ônibus de Rondonópolis (MT) para Brasília e foi parado em uma vistoria de rotina da Polícia Rodoviária Federal. Maqsood Ali, de 35 anos, Akhtar Hussain, de 21, Zeeshan, de 29, e Adbur Rahim, de 33 anos, disseram que vieram para o Brasil fugindo da perseguição do Taleban e à procura de emprego. Como não tinham visto para permanência no Brasil, eles foram encaminhados à Superintendência da Polícia Federal em Goiânia, onde foram aconselhados a deixar o país em um prazo de três dias e, depois, liberados. Se forem encontrados no País a partir de quarta-feira, poderão ser deportados.

Lula diz no Nordeste: "Nós queremos continuar governando o País"

O presidente Lula mais uma vez se colocou em campanha explícita em ato oficial de governo, e disse na inauguração de um canteiro industrial da ferrovia Transnordestina, em Salgueiro (PE): "Nós queremos continuar governando o País. O Barack Obama disse: 'nós podemos'. E nós dizemos: nós não apenas podemos, como gostamos, como queremos continuar governando esse País para melhorar o Nordeste". Ele afirmou também que um governante não precisa inventar para administrar o País, mas precisa cuidar do povo "como uma mãe cuida do seu filho". No mês passado, a candidato do PT à Presidência, Dilma Rousseff, afirmou, em campanha em Natal, que quer ser a "mãe de todos os brasileiros".

Ditadura de Cuba liberta mais três presos políticos

Três presos políticos cubanos foram libertados nesta segunda-feira e transferidos diretamente para o aeroporto de Havana, de onde foram degredados para a Espanha, onde devem chegar nesta terça-feira. Os presos políticos libertados e imediatamente degredados são Efrén Fernández Fernández, Regis Iglesias Ramírez e Marcelo Cano Rodríguez, todos integrantes do grupo de 75 dissidentes presos na onda repressiva de 2003. Fernández, de 47 anos de idade; Iglesias, de 40; e Cano, de 45, partiram acompanhados por um grupo de parentes em um vôo regular de companhia aérea espanhola. Os outros três que viajariam em breve são os jornalistas Juan Adolfo Fernández Saínz, Fabio Prieto Llorente e Juan Carlos Herrera Acosta. O Arcebispado de Havana anunciou na sexta-feira passada em comunicado o reatamento do processo de libertações e degredações imediatas, resultado do diálogo aberto em maio passado entre o governo cubano e a alta hierarquia da Igreja Católica em Cuba, apoiado pela Espanha, no qual os libertados não foram consultados. Na primeira fase, que começou em 12 de julho e terminou no dia 22 do mesmo mês, 20 presos foram libertados e imediatamente transferidos degredados para a Espanha com suas famílias. A Espanha se recusa a dar eles o reconhecimento do status de refugiados políticos. Segundo o compromisso do ditador facínora cubano Raúl Castro, serão libertados em até quatro meses os 52 presos do grupo dos 75 que ainda estavam nas prisões cubanas.

Cocaleiros são condenados por linchamento na Bolívia

Uma juíza boliviana impôs nesta segunda-feira uma sentença inédita que condena líderes regionais pelo linchamento de um prefeito acusado de corrupção, em crime que aconteceu em 2004 e foi justificado como parte da "justiça indígena comunitária", reconhecida na Constituição do país. O prefeito da localidade de Ayo Ayo, Benjamín Altamirano, foi sequestrado, torturado e queimado em junho de 2004. A sentença foi ditada depois que o Executivo e as organizações indígenas (cocaleiras) afirmaram que os linchamentos não são parte da "justiça comunitária", que foi reconhecida pelo governo de Evo Morales e é válida desde 2009. A juíza Nancy Bustillos informou à imprensa que oito dos 25 acusados pela morte do prefeito foram condenados a 30 anos de prisão sem direito a indulto pelos delitos de "assassinato, sequestro, perseguição e tortura", sentença que deverão cumprir na penitenciária de segurança máxima de Chonchocoro, no planalto de La Paz. Seis acusados foram condenados a penas de entre dois e 20 anos de prisão, outros quatro foram absolvidos e sete estão foragidos. O promotor Milton Mendoza disse que se trata do primeiro caso de linchamento para o qual é ditada uma sentença judicial. Mendoza destacou que a decisão demonstra que "é difícil, mas não impossível" investigar este tipo de fato, que tem participação de quase toda uma comunidade e gera "uma forma de solidariedade conjunta" para encobrir os culpados. "Os camponeses iniciaram então uma hostilidade direta contra o Estado, e pior, as autoridades do governo foram negociar. Mas a sentença, embora lenta e atrasada, nos dá razão, houve assassinato", acrescentou ele. Em junho de 2004, o corpo de Altamirano foi encontrado, com as mãos atadas e totalmente queimado na praça central de sua cidade, a 87 quilômetros de La Paz, um dia depois de ter sido sequestrado por "desconhecidos" na localidade. A "justiça comunitária" voltou a ser questionada ainda neste ano, após o assassinato de quatro policiais por indígenas da região andina de Potosí (sudoeste boliviano), em maio. Os "ayllus guerreiros", clãs indígenas da região de Potosí, torturaram e lincharam os agentes por suspeita de que tivessem cometido delitos na região, onde, acredita-se, há atividades de narcotráfico e contrabando de veículos do Chile. A Organização das Nações Unidas expressou em junho sua preocupação pelo "progressivo aumento" dos linchamentos na Bolívia. Já são pelo menos 30 casos desde 2009, sem contar outras 77 tentativas frustradas, durante o governo do indio cocaleiro trotskista Evo Morales. Na verdade, estes linchadores fazem parte das mílicias cocaleiras que dão sustentação ao índio cocaleiro trotskista Evo Morales.