segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Jornalista Claudio Humberto volta a insistir sobre recidiva do câncer de Dilma Rousseff

O jornalista Claudio Humberto, que edita o site www.claudiohumberto.com.br, e tem sua coluna diária publicada em mais de 30 jornais de grande circulação no Brasil, considerado o profissional mais bem informado de Brasília, que sempre dá as informações importantes em primeira mão, insiste em sua página nesta segunda-feira com o tema da recidiva do câncer da candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff. Diz Claudio Humberto em seu texto: "Pergunta que não cala - A assessoria nega a recidiva do câncer linfático na candidata Dilma, mas quem enfrentou o processo aponta sinais evidentes de abatimento da ex-ministra em fotos e na TV, que a maquiagem não disfarça: as olheiras, a pele emaciada e o rosto inchado de quem toma cortisona". A assessoria de Dilma Rousseff nega, mas não de maneira enfática. É inaceitável que o País prossiga, em pleno processo eleitoral, convivendo com uma candidatura que pode estar correndo risco de vida. Políticos costumam esconder a verdade sobre seu estado de saúde. Veja-se o caso de Tancredo Neves, que escondeu até o dia da posse como presidente, o que acabou não acontecendo, a gravidade de seu estado. Durante a 2ª Guerra Mundial, em pleno conflito com os alemães, o poderoso primeiro-ministro da Inglaterra, Winston Churchil, sofreu um enfarto cardíaco, que foi ocultado. Por que a campanha de Dilma Rousseff não faz uma exposição clara sobre a situação de saúde dela?

Bandidagem petralha promove ataques em bairros da zona leste de São Paulo

Dez carros foram incendiados em regiões diferentes da zona leste de São Paulo, na madrugada deste domingo. O Corpo de Bombeiros foi acionado para combater as chamas entre a 0h e as 3h40 da madrugada. Os casos foram registrados em sete bairros da cidade: Vila Carrão, Itaquera, Jardim Helena, Arthur Alvim, Cidade AE Carvalho, Lajeado e Vila Aimoré. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, apenas três ocorrências foram registradas na Polícia Civil. Um Fiat Linea ficou completamente destruído após ter sido incendiado na rua Sodré de Aragão, no Jardim Helena, por volta da 1h40. Segundo a polícia, o carro havia sido roubado, mas o dono não havia registrado a queixa e decidiu fazer o boletim somente após a localização do veículo. O caso foi registrado no 22º DP, em São Miguel Paulista. O proprietário de um pátio de veículos apreendidos foi surpreendido por um foco de incêndio por volta da 1 hora. Ele mesmo combateu as chamas, que não chagaram a danificar os carros que estavam no pátio da rua Professor Cosme Deodato Tadeu, em Lajeado. A terceira ocorrência foi registrada na rua Praia do Mucuripe, após um Passat ano 80 pegar fogo. O carro estava estacionado na rua quando foi incendiado, por volta das 2 horas. Entre ontem e a madrugada deste domingo, o comandante da Rota e o batalhão da corporação foram alvos de atentados. Durante a madrugada, dois homens que estavam em um veículo preto atiraram contra o quartel da Rota, na Estação Luz, afirma a polícia. Os policiais revidaram e atingiram um dos homens, que morreu no hospital. O outro, que dirigia o carro, fugiu. O comandante da Rota, o tenente-coronel Paulo Telhada, também sofreu um atentado na manhã de sábado, quando saía de casa, na zona norte. Um carro cinza com dois homens parou em frente ao seu veículo e disparou cerca de dez tiros. O oficial se escondeu agachado no carro e não foi atingido. A Polícia Militar informou que está investigando os ataques ao comandante da Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar), tenente-coronel Paulo Telhada, e ao batalhão da corporação, ocorridos neste final de semana, e que concentra todos os esforços para prender os responsáveis. Apesar dos ataques ocorrerem em menos de 24 horas, o governador não vê ligação entre os casos. Alberto Goldman (PSDB) descarta que as ações sejam coordenadas por uma facção criminosa. Ele afirmou que o Estado está preparado para possíveis ataques e que não acredita que se repitam os ataques de 2006. Na verdade, os paulistas parecem já ter se acostumado. Sempre que há eleições, a petralhada promove atentados em série para ver se desestabiliza a sociedade paulista. A primeira onda de atentados do PCC (Primeiro Comando da Capital) aconteceu entre os dias 12 e 19 de maio de 2006, com 373 ataques que mataram 43 pessoas. Na ocasião, os principais alvos foram policiais e agentes penitenciários. Depois disso, o PCC promoveu outras duas séries, em julho e agosto.

Guarda Nacional venezuelana ocupa casa de acionista da Globovisión

A Guarda Nacional da Venezuela ocupou neste domingo a residência de Nelson Mezerhane, acionista da TV Globovisión e presidente do Banco Federal, sob intervenção da ditadura de Hugo Chávez. Segundo Magaly Vásquez, advogada de Mezerhane, a residência do empresário em Caracas foi "tomada pela Guarda Nacional", sem que seus representantes legais fossem "informados do motivo" da ocupação. "Inicialmente, me disseram que haveria uma verificação dos bens" de Mezerhane, mas agora há outra situação e "proibiram a entrada na casa", que está ocupada por tropas. Mezerhane é presidente do Banco Federal, uma instituição de médio porte que sofreu intervenção da ditadura em junho passado, sob a alegação de que enfrentaria uma crise de liquidez. O banqueiro é acionista da TV Globovisión, que critica abertamente a ditadura de Chávez e cujo presidente, Guillermo Zuloaga, é procurado pela Justiça pelo crime de "usura" e formação de quadrilha. Mezerhane foi acusado pelo ditador Hugo Chávez de "roubar os correntistas" e de fugir do país com o dinheiro. Recentemente, Chávez anunciou que assumirá o controle da Globovisión com as ações que pertenciam "aos foragidos" Mezerhane e Zuloaga, e garantiu que o governo vai intervir nas mais de 300 empresas do banqueiro para "ressarcir" o prejuízo deixado pelo Banco Federal. Esta semana, a Guarda Nacional também ocupou uma fazenda de Zuloaga. Isso é que é democracia bolivariana.

CNJ deixa de receber petições em papel a partir de hoje

O Conselho Nacional de Justiça só receberá petições e peças processuais pela internet a partir desta segunda-feira. A expectativa é de que assim a tramitação de papeis seja mais eficiente além de simplificar o processo, já que atualmente é preciso digitalizar todos os documentos. O Conselho Nacional de Justiça recebe diariamente até 430 petições processuais, sendo que, em média, 230 dessas são enviadas em papel.

Ministro Mantega foi alvo de dossiê feito por bancários do PT

Na briga por cargos e poder na administração do presidente Lula, até o ministro da Fazenda, Guido Mantega, foi alvo de um dossiê apócrifo que o próprio governo identifica como elaborado pela ala do partido egressa do sindicalismo bancário. O material traz acusações de tráfico de influência no Banco do Brasil contra a filha de Guido Mantega, a modelo Marina. No final de abril, o papel foi enviado para a presidência do Banco do Brasil, para o gabinete de Guido Mantega e para a Casa Civil. O objetivo era forçar o ministro a desistir de nomear Paulo Cafarelli, vice-presidente do Banco do Brasil, para a presidência da Previ (fundo de pensão dos funcionários do banco), um monumento de R$ 150 bilhões de patrimônio. Caffarelli acabou preterido por ordem do Planalto, mas os bancários também saíram enfraquecidos. O nome por eles defendido para assumir a presidência da Previ, Joílson Ferreira, não foi escolhido. Além disso, os dois principais expoentes do grupo, o ex-presidente do PT, deputado federal Ricardo Berzoini, e o ex-presidente da Previ, Sérgio Rosa, perderam espaço no governo e foram alijados da campanha de Dilma Rousseff à Presidência. O dossiê produzido pelos aloprados petista bancários traz dados inverídicos. Diz, por exemplo, que Caffarelli autorizou, quando esteve na Previ (foi gerente de investimentos imobiliários, entre 1999 e 2000), aplicações em títulos e ações desastrosas para o fundo. Sua área, porém, não tinha relação com renda variável. Mas o documento relata também que Marina Mantega esteve com Caffarelli para encaminhar pleitos por diversas vezes na sede do Banco do Brasil, em São Paulo. Segundo Caffarelli, os encontros realmente ocorreram. Marina Mantega nega. Caffarelli disse que a recebeu em três ocasiões e contou, de forma genérica, quais foram os pedidos. Mas afirmou que nenhum foi levado adiante. Na versão dele, o primeiro pedido foi para a abertura de conta para a loja de uma amiga. Na segunda ocasião, ela teria solicitado informações sobre uma linha de crédito para exportação de frango. Na terceira, queria renegociar dívidas de uma empresa. No caso, tratava-se da Gradiente. Marina Mantega namora um dos sócios da empresa, o empresário petista Ricardo Staub.

Ibope mostra que Serra abre 15% de vantagem sobre a petista Dilma na região Sul

O Ibope realizou 2506 entrevistas em 174 municípios de todo o País entre os dias 26 e 29 de julho e divulgou seu resultado na última semana. No Sul, a petista Dilma Rousseff caiu de 35% para 31% segundo o Ibope, enquanto Serra subiu de 42% para 46%, o que elevou de sete para 15 pontos percentuais a diferença entre os dois candidatos. Na simulação de segundo turno, o Sul é a única região em que Serra ficaria à frente (50% a 38%) se a votação fosse realizada hoje. Entre os que possuem Nível Superior, José Serra retoma uma vantagem numérica, pois passa de 35% para 37% enquanto Dilma oscila 4 pontos para baixo e está com 32%.

Membro da Autoridade Palestina elogia o Massacre de Munique

Um ministro da Autoridade Palestina incentivou as pessoas a seguirem o exemplo do massacre de Munique, organizado pelo terrorista Abu Daoud, da organização terrorista Setembro Negro. No inicio do mês de julho, no programa de televisão Al-Manar, da organização terrorista islâmica libanesa Hezbollah, Mohammed Ishtayeh, ministro da Autoridade Palestina, elogiou os terroristas que planejaram e executaram o massacre dos atletas israelenses nos Jogos Olímpicos de Munique, em 1972. "O mártir Abu Daoud continua no grupo dos mártires que caíram pela causa Palestina" disse o ministro da Autoridade Palestina. "Nós todos seguimos o seu caminho. Quanto à alegação de que a história poderia ser escrita de uma forma diferente, eu acho que é injusto dizer que a história palestina pode ser escrita com uma tinta diferente. A tinta com que a história palestina tem sido escrita é vermelha. E acredito que continuará a ser escrita com tinta vermelha”. Ou seja, ele só quer sangue. Membros da Autoridade Palestina põem um ponto final em relação a quaisquer dúvidas sobre se a Autoridade Palestina estaria restringindo o incitamento quando afirmam que Daoud foi "oficialmente elogiado pela Fatah e pela organização palestina". A Fatah é o partido liderado pelo presidente Mahmoud Abbas, da Autoridade Palestina, com quem Washington deseja que Israel negocie. Veja se é possível conversar com um partido com ministros que elogiam terroristas que abate sua gente?

Justiça Eleitoral confirma candidatura de Pompeo de Mattos

O deputado federal Pompeo de Mattos, do PDT gaúcho, foi confirmado na sexta-feira como candidato a vice-governador na chapa de José Fogaça (PMDB), conforme decisão do Tribunal Regional Eleitoral. Pompeo de Mattos teve o nome impugnado pelo Ministério Público Eleitoral, porque foi condenado por manter albergue para acolher pessoas doentes que vinham do Interior e não tinham onde ficar em Porto Alegre. Atingidos em processos de igual natureza, também tiveram suas candidaturas confirmadas os deputados estaduais Giovani Cherini (PDT), Aloísio Classmann (PTB), Adroaldo Loureiro e Gerson Burman, ambos do PDT. É o caso de perguntar: e os promotores não serão denunciados judicialmente por terem apresentado impugnações absolutamente estapafúrdias, que pretendiam penalizar novamente pessoas que já tinham cumprido suas penas? O que há, esses promotores nunca leram a Constituição brasileira?

Depois de muito criticado, Lula propõe ao ditador Ahmadinejad receber no Brasil iraniana condenada a apedrejamento

O presidente Lula propôs ao ditador do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, receber no Brasil a iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani, de 43 anos, condenada à morte por apedrejamento por supostamente cometer adultério com dois homens. Lula fez a ressalva de que é preciso respeitar a soberania e as leis do país, mas disse que "nada justifica um Estado tirar a vida de alguém". Disse o rei do desastre diplomático, o bolivariano Lula: "Se essa mulher está causando incômodo, nós a receberíamos no Brasil de bom grado".

Crime organizado lança explosivo contra ponte entre Estados Unidos e México

Integrantes do crime organizado lançaram no sábado um explosivo contra uma das pontes entre as cidades de Nuevo Laredo, no México, e Laredo, nos Estados Unidos. Segundo a Prefeitura de Nuevo Laredo, o explosivo foi detonado no acesso à Ponte Internacional Um. Também no sábado, desconhecidos lançaram de dentro de um carro em movimento uma granada contra as instalações da rede de televisão "Televisa" em Nuevo Laredo. Segundo o diretor da "Televisa" em Nuevo Laredo, Eduardo Martínez, os vidros da entrada do prédio do canal e dois veículos de funcionários foram danificados, mas ninguém se machucou.

Colômbia formaliza pedido na OEA para criar comissão de verificação

O Governo da Colômbia entregou ao secretário-geral da OEA (Organização dos Estados Americanos), o esquerdóide chileno José Miguel Insulza, uma carta para formalizar seu pedido para a criação de uma comissão internacional que verifique a presença de terroristas e traficantes de cocaina das Farc e da ELN na Venezuela. "Eu recebi uma nota do governo da Colômbia formalizando os pedidos feitos" no dia 22 de julho, disse Insulza. Foi no último dia 22 que o embaixador colombiano na OEA, Luis Alfonso Hoyos, denunciou durante sessão extraordinária do Conselho Permanente a presença de 1.500 terroristas e traficantes de cocaína das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, organização terrorista e traficante de cocaína) e do ELN (Exército de Libertação Nacional) em território venezuelano. Nessa sessão, além de pedir à OEA a criação de uma comissão internacional que verifique as denúncias colombianas em até 30 dias, Hoyos pediu a Caracas para que coopere na luta contra o terrorismo, cumprindo suas obrigações internacionais. Insulza deixou escrita na sexta-feira uma carta que enviará ao Governo da Venezuela. Nela, diz que Bogotá lhe entregou um pedido formal e pede que Caracas se pronuncie a respeito. "Eu espero que isso ocorra e depois se decidirá o que fazer", disse o secretário-geral da OEA, o esquerdóide Insulza, ao destacar que, conforme as normas da organização, em assuntos bilaterais, é necessário consultar as duas partes e agora cabe a Caracas responder à solicitação formal entregue por Bogotá.

Canadá diz ter interceptado dois bombardeiros russos no Atlântico

As autoridades canadenses assinalaram na sexta-feira que, na última quarta-feira, aviões de combate do país interceptaram dois bombardeiros russos cerca de 400 quilômetros ao leste da região de Labrador, no litoral atlântico do país. O ministro de Defesa canadense, Peter MacKay, insinuou em declarações à imprensa local que os aviões russos, dois Tupolev-95, com capacidade para transportar armas nucleares, haviam sondado as defesas aéreas norte-americanas. "Embora tenhamos visto um crescente número de bombardeiros russos sondando os limites externos de nosso espaço aéreo, desta vez foi um pouco incomum porque sabemos que estes aviões estiveram no ar durante 40 horas" afirmou MacKay à emissora canadense CTV. Após a detecção dos dois aviões pelos radares, o Canadá enviou dois caças CF-18 que seguiram os bombardeiros russos até que se afastaram da zona.

Lula volta a acusar que congressistas não querem resolver o "problema do País"

O presidente Lula criticou parte do Congresso ao falar na noite de sexta-feira, em Curitiba, para uma platéia de empresários. Segundo ele, o governo não conseguiu aprovar um projeto de reforma tributária porque há congressistas que pensam em si próprio: "Cada um quer resolver o seu problema, e não o problema do País". O presidente estava acompanhado da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, dos candidatos ao Senado pela coligação que apoia Dilma, Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT), e pelo senador Osmar Dias (PDT), que concorre ao governo do Paraná. Lula pediu voto para os quatro. Ao defender voto em Requião e Gleisi, o presidente declarou: "É preciso melhorar o nível. Chega de Mão Santa e de outros senadores".

Governo dos Estados Unidos apela para que site Wikileaks tire videos e documentos

O governo dos Estados Unidos reiterou seu apelo ao site Wikileakis para que interrompa o vazamento das informações. "Vocês têm porta-vozes do Taleban na região hoje dizendo que estão vasculhando esses documentos para encontrar pessoas que estejam cooperando com os americanos e com as forças internacionais. Eles estão procurando esses nomes. Eles disseram que sabem como punir essa gente", disse Robert Gibbs, porta-voz da Casa Branca. O canal britânico Channel 4 falou por telefone com um porta-voz do grupo radical islâmico, Zabihullah Mujahid, que afirmou que o Taleban vai investigar os indivíduos identificados nos documentos vazados antes de decidir o que fazer com eles. "Estamos estudando o relatório" disse ele ao canal britânico, confirmando que o grupo insurgente já tem acesso aos documentos divulgados pela internet. Mujahid disse que ficou sabendo disso por meio de reportagens na imprensa. "Sabíamos sobre os espiões e pessoas que colaboram com as tropas americanas. Vamos investigar por meio de nosso serviço secreto se as pessoas mencionadas são realmente espiões trabalhando para os Estados Unidos. Se eles forem espiões americanos, então sabemos como puni-los". O Taleban costuma executar os acusados de colaborar com o "inimigo" usando métodos como enforcamento em público, decapitação, execução e, em um incidente recente, amarrar dois traidores a explosivos antes de detoná-los em público, cita o Channel 4. Após anunciar que mais informações sobre a guerra no Afeganistão podem ser divulgadas, o site WikiLeaks recebeu um apelo da Casa Branca na sexta-feira para que interrompa o vazamento de dados secretos. Autoridades da administração do presidente Barack Obama disseram que a investigação sobre o vazamento de milhares de documentos confidenciais vai além dos militares americanos. De acordo com o porta-voz da Casa Branca Robert Gibbs a divulgação destas informações colocam em risco a segurança nacional e as vidas de informantes afegãos e membros do Exército dos Estados Unidos. Gibbs comentou ainda as potenciais ações do governo para impedir que mais dados secretos sejam vazados pelo site WikiLeaks. "Não podemos fazer nada além de implorar à pessoa que detém estes documentos confidenciais para que não os divulgue", disse.

Delegado denuncia goleiro Bruno pelo assassinato da modelo Eliza Samudio

O delegado Edson Moreira, chefe do Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa, afirmou na tarde de sexta-feira que o goleiro Bruno Fernandes, do Flamengo, planejou a morte de sua ex-amante, Eliza Samudio, em fevereiro, quando contratou para a execução o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, por R$ 3.000,00. Moreira apresentou 14 provas para explicar o indiciamento de Bruno e de mais oito acusados do crime. Segundo Moreira, Bruno aproveitou o intervalo do Campeonato Brasileiro durante a Copa da África do Sul (em junho) para colocar em prática o plano de matar Eliza. O motivo seria o filho, de cinco meses, que Eliza tentava provar na Justiça que é do jogador. Na versão da Polícia Civil de Minas Gerais, Bruno tentou reconquistar a jovem e a atraiu para o Rio de Janeiro. No dia 4 de junho, teve início o plano de execução. Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão (amigo de Bruno) e o adolescente de 17 anos, primo do goleiro, buscaram Eliza em um hotel, e disseram que iriam levá-la para a casa de Bruno, no Recreio dos Bandeirantes (zona oeste do Rio de Janeiro). O delegado afirma que a frase "o Bruno é um babaca", dita por Macarrão durante o trajeto, era a senha para que o adolescente saísse da mala da caminhonete Range Rover, onde estava escondido, e atacasse Eliza. O adolescente deu três coronhadas na cabeça de Eliza, que reagiu e deixou o primo de Bruno machucado. Segundo Moreira, exames de DNA comprovaram que as manchas de sangue encontradas no carro eram de Eliza e do adolescente. O delegado afirmou que foi usado um copo plástico no qual o jovem bebeu água para fazer o exame. Ao chegar na casa de Bruno, Eliza foi recebida por Fernanda Gomes de Castro, outra amante de Bruno. Fernanda ajudou a cuidar do filho de Eliza. De acordo com a polícia, durante todo o dia, Macarrão e o adolescente falaram com Bruno por celular. No dia 5 de junho, Bruno chegou em sua casa, após um jogo do Flamengo, e todos viajaram para Minas Gerais, em dois carros separados. Moreira afirma que foi possível comprovar a viagem com a nota de uma lanchonete em Juiz de Fora (MG) e do motel, onde eles fizeram uma parada, em Contagem (MG). O primo de Bruno, Sérgio Rosa Sales (o Camelo) chegou no motel. No dia seguinte, todos chegaram ao sítio de Bruno, em Esmeraldas (MG). No dia 8 de junho, Fernanda voltou para o Rio de Janeiro. No dia 9, a mulher de Bruno, Dayanne Rodrigues do Carmo Souza, chegou ao sítio. De acordo com o delegado, Dayanne discutiu com o Bruno e perguntou se ele estava fazendo algo errado. O goleiro foi até o quarto onde estava Eliza e falou para Dayanne: "Vou dar um jeito nela". Com o fim do inquérito, o delegado concluiu que a data da morte de Eliza seria 10 de junho, e não dia 9, como foi divulgado pela polícia anteriormente. No dia 10, Macarrão, o adolescente e Camelo levaram Eliza, a criança e uma mala vermelha em um Ford EcoSport até a região de Pampulha, em Belo Horizonte, onde encontraram o Bola (também conhecido como Paulista ou Neném). Todos foram então para a casa de Bola em Vespasiano (MG), onde Eliza foi morta por asfixia. De acordo com Moreira, Bola pediu para todos saírem do local e, depois, voltou com um saco onde estava o corpo de Eliza. Bola foi até o canil e, segundo depoimento do adolescente, atirou uma das mãos para os cachorros. Depois da morte, o filho de Eliza ficou com Bruno. A volta dos envolvidos para o Rio de Janeiro aconteceu junto com o Time 100%, equipe de futebol mineira patrocinada por Bruno. Moreira afirmou que todo ano o time era levado para o Rio de Janeiro e a viagem foi usada como pretexto para o retorno ao Rio de Janeiro. Segundo a polícia, o sangue encontrado na parte traseira do carro Range Rover teve resultado positivo na comparação com o de Eliza, que levou três coronhadas do adolescente dentro do carro. Outra prova é o registro do GPS do carro de Bruno, que mostra o trajeto percorrido com Eliza do Rio de Janeiro até Minas Gerais. A polícia também informou que amigas e parentes de Eliza reconheceram as sandálias e o par de óculos encontrados no carro de Bruno como sendo de Eliza. Uma fralda foi encontrada na suíte do motel onde os envolvidos passaram a noite em Contagem. No notebook de Macarrão, a polícia encontrou um contrato que seria firmado entre Eliza e Bruno, com a data de 8 de junho, e uma procuração em branco. Bruno foi indiciado por homicídio, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver, formação de quadrilha e corrupção de menores. A polícia concluiu o inquérito na última quinta-feira e encaminhou o documento de 1.600 páginas para a Justiça na sexta-feira. Também foram indiciados pelos mesmos crimes os demais envolvidos: Luiz Henrique Ferreira Romão (Macarrão), Flávio Caetano de Araújo, Wemerson Marques de Souza (Coxinha), Dayane Rodriques do Carmo Souza (mulher de Bruno), Elenilson Vitor da Silva, Sérgio Rosa Sales (Camelo, primo de Bruna) e Fernanda Gomes de Castro (amante de Bruno). O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos (Bola) foi indiciado por homicídio qualificado, formação de quadrilha e ocultação de cadáver.

Agora Flamengo prepara demissão do goleiro Bruno por justa causa

A diretoria do Flamengo está próxima de anunciar a demissão por justa causa do goleiro Bruno, acusado de mandante do assassinato da ex-amante Eliza Samudio. No sábado, a presidente do clube, Patrícia Amorim, reuniu-se com o vice-presidente jurídico do clube, Rafael de Piro, para acertar a demissão. Ainda não existe, porém, decisão sobre a data em que a demissão será assinada. O Flamengo é cauteloso em relação ao assunto porque teme se enroscar com a decisão. Caso Bruno seja considerado inocente, poderá entrar na Justiça trabalhista e tentar conseguir uma reparação de danos milionária. A hipótese, porém, é considerada remota pelos juristas consultados pelo Flamengo.

Lula destina R$ 1,98 bilhão para ações contra enchentes no Nordeste

Uma medida provisória para ações emergenciais em favor de vários ministérios, que abre crédito extraordinário no valor de R$ 1,98 bilhão no Orçamento da União, foi encaminhada pelo presidente Lula ao Congresso. A medida destina o maior valor de recursos, R$ 725 milhões, para o Ministério da Integração Nacional. O crédito será usado para ações de assistência às vítimas atingidas pelas enchentes em Pernambuco e Alagoas. A pasta da Defesa terá R$ 212 milhões para reforçar o atendimento às vítimas de desastres também em Alagoas e Pernambuco como a distribuição de alimentos e água, montagem de abrigo para os desalojados e auxílio para a recuperação da infraestrutura local. O Ministério da Educação receberá R$ 250 milhões a serem transferidos a Estados e municípios atingidos por enchentes em diversos locais do País para que reconstruam ou reformem escolas públicas danificadas por enchentes. Para o Ministério dos Transportes está previsto reforço de R$180 milhões a ser aplicado em obras emergenciais para recuperar rodovias federais danificadas pelas fortes chuvas. A pasta das Cidades terá R$ 15 milhões para a reconstrução do Sistema de Trens Urbanos de Maceió, obstruído pelas chuvas na cabeceira do rio Mundaú.

Chile reconhece governo hondurenho de Porfirio Lobo

O governo do Chile anunciou na sexta-feira o retorno a Honduras de seu embaixador em Tegucigalpa, o que significa o reconhecimento do governo do presidente hondurenho, Porfirio Lobo, por parte de Santiago. O ministro de Exteriores chileno, Alfredo Moreno, disse em entrevista coletiva que o relatório da comissão de alto nível da Organização dos Estados Americanos (OEA) sobre Honduras, divulgado aos países-membros, "reflete claramente os avanços que houve em matéria de institucionalidade democrática e também em matéria de defesa dos direitos humanos em Honduras". Porfirio Lobo assumiu o poder em Honduras em janeiro passado, após vencer as eleições de novembro de 2009, convocadas desde antes da deposição do ex-presidente Manuel Zelaya, por ordem da Suprema Corte, que pretendia dar um golpe de Estado.

Colômbia abre base aérea que vigiará fronteira com Venezuela

A Colômbia iniciou no sábado as operações de uma base militar encarregada de vigiar o espaço aéreo na fronteira com a Venezuela e combater as guerrilhas das Farc (organização terrorista e traficante de cocaína) e ELN na região, anunciou na sexta-feira a Força Aérea. A base está situada em Yopal, capital do Departamento de Casanare, e será inaugurada pessoalmente pelo presidente Álvaro Uribe. "Esta unidade abrange os departamentos de Arauca (fronteira com Venezuela) e Casanare, sobre uma área total de 69 mil quilômetros quadrados, e contará com aeronaves de transporte, inteligência e combate", incluindo aviões e helicópteros, destaca a FAC. A base também dará proteção aérea à infraestrutura petroleira nesta região do país, e auxiliará no combate "aos diferentes grupos narcoterroristas que agem nesta parte do território colombiano, como as Frentes 28, 45 e 10 das Farc, e as quadrilhas de José David Suárez e Adonai Ardila Pinilla, do ELN".

Ibope aponta rteeleição fácil de Eduardo Campos em Pernambuco

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), seria reeleito se as eleições fossem hoje, segundo pesquisa Ibope. Ele tem 60% das intenções de voto. Em segundo lugar aparece o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB), com 24%. O Ibope também perguntou sobre intenção de voto para senador. Serão eleitos dois candidatos. O ex-ministro da Saúde Humberto Costa (PT), com 44%, e o senador Marco Maciel (DEM), com 43%, estão tecnicamente empatados em primeiro lugar. Em segundo lugar aparece o deputado federal Armando Monteiro (PTB), com 27%, seguido poelo também deputado federal Raul Jungmann (PPS), com 12%.

Chávez mobiliza tropas na fronteira com a Colômbia

O ditador venezuelano, Hugo Chávez, informou na sexta-feira que enviou unidades militares (aéreas e de infantaria) para a fronteira com a Colômbia, porque o presidente colombiano, Álvaro Uribe, é "capaz de qualquer coisa". "Mobilizamos unidades militares, aéreas, de infantaria, mas em silêncio porque não queremos alterar ninguém", disse o clown bolivariano em entrevista à televisão estatal VTV, sem dar detalhes sobre os efetivos enviados à zona de fronteira. A crise começou há uma semana com a decisão da Venezuela de romper relações depois de que a Colômbia a denunciou perante a Organização dos Estados Americanos pela presença de guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc, organização terrorista e traficante de cocaína) e do Exército de Libertação Nacional (ELN) em território venezuelano.

Marinal Silva diz que é preciso "evitar a aparência do mal"

A candidata do PV à Presidência, Marina Silva, disse no sábado, em Recife (PE), que "há uma tentativa de querer nivelar todo mundo", ao responder sobre o uso da máquina pública na sua campanha eleitoral. "Eu sempre digo, do ponto de vista político, que não basta ser honesto, tem que parecer honesto", afirmou ela. "Do ponto de vista dos interesses, às vezes você tem que provar na Justiça que é honesto, e do ponto de vista até da fé que eu processo, você tem que evitar ter a aparência do mal", declarou a candidata. Marina Silova reafirmou que a decisão de exonerar a assessora do seu gabinete Jane Maria Vilas Boas, que pediu votos para a candidata e negociou o apoio de pastores evangélicos na quinta-feira, em Bauru (SP), já estava tomada. "A exoneração já ia acontecer, mas agora fica parecendo que é por conta desse episódio", disse ela. "Se as pessoas vão acreditar ou não no que eu estou dizendo é o direito à dúvida", afirmou.

Pesquisa Ibope mostra Roriz com 38% e Agnelo, 27% no Distrito Federal

O ex-governador Joaquim Roriz (PSC) está na frente na disputa pelo governo do Distrito Federal, segundo o Ibope. Pesquisa realizada de 26 ao 29 de julho aponta Roriz com 38% das intenções de voto, contra 27% do ex-ministro do Esporte, Agnelo Queiroz (PT), que aparece em segundo lugar. Toninho do PSOL (PSOL) tem 1%. O Ibope também perguntou sobre intenção de voto para o Senado. Serão eleitos dois candidatos. O senador Cristovam Buarque (PDT), ex-governador do Distrito Federal, está em primeiro, com 39%. Em segundo aparece Rollemberg (PSB), com 24%, e Abadia (PSDB) está em terceiro, com 20%. Alberto Fraga (DEM) é o quarto colocado, com 10%.

Ibope aponta que Hélio Costa aparece à frente de Anastasia em Minas Gerais com folga

O senador Hélio Costa (PMDB), candidato a governador de Minas Gerais, lidera a corrida para o governo do Estado, segundo pesquisa Ibope. Hélio Costa tem 39% das intenções de voto, contra 21% de Antonio Anastasia (PSDB). Os demais candidatos estão todos empatados tecnicamente em terceiro lugar: Vanessa Portugal (PSTU) tem 2%, e Professor Luiz Carlos (PSOL), Pepê (PCO), Fabinho (PCB) e Edilson Nascimento (PT do B) aparecem com 1% cada um. O Ibope também perguntou sobre a intenção de voto para senador no Estado. Serão eleitos dois candidatos. O ex-governador mineiro Aécio Neves (PSDB) tem 70%, quase o dobro do segundo colocado, Itamar Franco (PPS). O ex-presidente tem 39% das intenções de voto. O ex-prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), aparece em terceiro lugar, com 18%.

Ibope diz que aprovação do governo Lula está em 77%

O governo do presidente Lula é considerado ótimo ou bom por 77% da população, segundo pesquisa Ibope divulgada na sexta-feira. Entre os entrevistados, 19% disseram considerar o governo regular. E 4% classificaram como ruim ou péssimo. Na pesquisa anterior, divulgada no começo do mês, a aprovação do governo era de 76%, enquanto 19% disseram o considerar regular. Classificaram como ruim ou péssimo 4%. Foram ouvidos 2.506 eleitores em todo o País e a margem de erro é de dois pontos percentuais.

Ibope aponta que Cesar Maia e Marcelo Crivella estão empatados na disputa pelo Senado no Rio de Janeiro

Na disputa por uma das duas vagas ao Senado pelo Estado do Rio de Janeiro, o ex-prefeito Cesar Maia (DEM) e o senador Marcelo Crivella (PRB) aparecem empatados na liderança com 37% das intenções de voto, diz o Ibope. Segundo a pesquisa, o candidato do PT, Lindberg Farias, está em terceiro lugar, com 21% das intenções de voto. Depois vêm Jorge Picciani (PMDB), com 11%, Marcelo Cerqueira (PPS), com 7%, Milton Temer (PSOL), com 4%, Waguinho (PT do B), com 4%, Carlos Dias (PTdoB), com 2%, Claiton (PSTU), com 1%, Wladimir Mutt (PCB), com 1%. Heitor (PSTU) não pontuou.