sexta-feira, 25 de junho de 2010

Presidente do DEM diz que espera até quarta por um vice democrata indicado por Serra

O presidente nacional do DEM, deputado federal Rodrigo Maia (RJ), disse que vai esperar até a próxima quarta-feira, data da convenção nacional do seu partido, em Brasília, pela escolha pelo candidato tucano José Serra de um nome do partido para ocupar o posto de vice na chapa oposicionista que disputará a Presidência da República. O PSDB indicou o nome do senador Álvaro Dias (PSDB-PR), com o qual concordaram PPS e PTB, os outros dois partidos que integram a aliança. Mas o DEM não aceitou e reivindica a candidatura a vice. “É um prazo dado pela própria legislação, o do dia 30. Não temos preferências de nomes, mas queremos que o Serra escolha dentro das lideranças do partido. Desde que o Aécio Neves disse que não seria mais o vice, a vaga é do DEM. Esperamos que o Serra faça a indicação”, afirmou o presidente nacional do partido. Rodrigo Maia não disse que atitude o partido tomará caso o PSDB não indique um vice do DEM. Ele afirmou não acreditar que Serra não escolha um vice do Democratas. O deputado federal Paulo Bornhausen (SC), líder do DEM na Câmara dos Deputados, disse que "qualquer coisa pode acontecer": "O clima é muito ruim nas bancadas, entre os convencionais, e são eles que vão tomar uma decisão na quarta-feira. Não estamos fazendo jogo. Estamos exigindo o que é nosso e não abrimos mão de ter o vice”.

Ibope aponta liderança folgada de Dilma Rousseff no Amazonas

A petista Dilma Rousseff lidera com 66% a disputa presidencial no Amazonas, com ampla vantagem sobre o tucano José Serra, que ficou com 18%, de acordo com pesquisa realizada pelo Ibope para a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam). A candidata Marina Silva (PV) ficou com 10%. Em um eventual segundo turno, a candidata petista venceria a disputa com 72% das intenções de voto contra 21% das menções a Serra. Bem, esse é o Estado do líder da bancada doPSDB no Senado Federal nos últimos oito anos, senador Arthur Virgilio. Por aí dá para entender que, com seguidores dessa ordem, José Serra pode esperar bem pouco. Arthur Virgilio foi um dos articuladores para que Lula escapasse da crise do Mensalão. Ele ajudou a enterrar no PSDB a hipótese do pedido de impeachment de Lula, ou seja, ele chocou os ovos da hidra. A pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 17 de junho. O Ibope ouviu ainda os eleitores sobre a sucessão estadual. O atual governador Omar Aziz (PMN) lidera a disputa com 51%, seguido pelo pré-candidato do PR, Alfredo Nascimento, que tem 36%. Ou seja, o candidato de Lula está longe de ser competitivo, mas Serra amarga uma péssima situação na terra de Arthur Virgilio. O problema deste senador amazonense do PSDB é que ele militou na antiga esquerda clandestina, durante o regime militar, e ainda se sente um esquerdista envergonhado, não se encoraa para enfrentar verdadeiramente a petralhada.

Em encontro com socialites, petista Dilma promete reforma tributária no começo do governo

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, prometeu nesta sexta-feira, a um grupo de 38 socialites paulistanas e empresárias que fará a reforma tributária nos primeiros seis meses de um eventual governo. Dilma Rousseff foi a convidada de honra de Geyze Diniz, mulher do multibilionário empresário Abílio Diniz, dono do grupo Pão de Açúcar. Segundo a assessoria do grupo Pão de Açúcar, o objetivo do encontro, realizado na casa do empresário que petezou, foi apresentar informalmente Dilma a um grupo de "amigas de Geyze". Quer dizer que Dilma, sem nem um centésimo do carismo de Lula, pretenderia fazer a reforma tributária logo nos primeiro seis meses de governo, coisa que Lula não conseguiu, ou não quis, nos seus oito anos de governo? Entre as presentes na reunião do petezado Abilio Diniz estavam as socialites Vera Diniz, Mariangela Bordon, Rosângela Lyra (sogra do jogador Kaká) e outras por essa linha. Não é fantástica essa identificação da candidata do Partido dos Trabalhadores com os donos das empresas onde trabalham os trabalhadores?

Policia Federal autua piloto americano por mostrar cueca em aeroporto

Um piloto americano foi autuado por desacato pela Polícia Federal na tarde desta sexta-feira, após tirar a roupa no Aeroporto Tom Jobim, no subúrbio do Rio de Janeiro. Conforme a Polícia Federal, ele teria perdido o controle após ser obrigado a passar pelo aparelho de raio-x do terminal. "O aparelho alertou para a presença de metais e solicitamos o procedimento padrão para que ele tirasse o cinto e os sapatos para revista", afirmou o delegado Rafael Andreatta. Segundo o delegado, o piloto ficou revoltado com o procedimento e, ao tirar o cinto, abaixou as calças até os tornozelos, mostrando as cuecas. Imagina se um piloto da TAM age aqui no aeroporto de Miami, ou Los angeles, Nova York ou Washington? A Polícia Federal exigiu que o piloto americano assinasse um termo circunstanciado antes de pilotar um vôo que seguia para São Paulo. Nos Estados Unidos, a alfândega exige que qualquer um tire até os sapatos para serem examinados. Mas, na Banânia, qualquer um pode afrontar um policial e ficar assim mesmo....

Estados Unidos fecham mais três bancos e agora já são 86 que encerraram atividades só este ano

O governo dos Estados Unidos fechou mais três bancos nesta sexta-feira, o Peninsula Bank, de Englewood (Flórida); o First National Bank of Savannah (Geórgia), e o High Desert State Bank (Novo México), elevando para 86 o número total de bancos norte-americanos que faliram neste ano. Como gestora da massa falida das duas instituições, a Federal Deposit Insurance Corp entrou em acordo com três bancos compradores. No ano passado, as falências de banco chegaram a 140. Em 2008, 25 bancos fecharam suas portas nos Estados Unidos. O país está passando por um violento processo de enxugamento bancário. No ano anterior, foram apenas três. O Premier American Bank não pagou nenhum prêmio pelos depósitos do Peninsula Bank, mas vai assumir todos os depósitos e concordou em comprar todos os ativos. O Peninsula Bank tem 13 agências, US$ 644,3 milhões em ativos e US$ 580 milhões em depósitos. A FDIC e o Premier Bank chegaram a um acordo de partilha de perdas por US$ 437,6 milhões dos ativos do Peninsula Bank e vai compartilhar as perdas relativas aos ativos cobertos pelo acordo. O First National, que tem quatro agências e US$ 231,9 milhões em depósitos, será assumido pelo The Savannah Bank por um prêmio de 0,11. O Savannah Bank concordou em comprar somente uma parte dos ativos. A FDIC vai reter a maior parte dos ativos do First National Bank e dispor deles no futuro. Os clientes do High Desert, por sua vez, terão seus depósitos transferidos para o First American Bank.

Juíza boliviana decreta prisão de empresário opositor ao ditador cocaleiro Evo Morales

Uma juíza ordenou a prisão de um líder opositor boliviano e grande produtor de soja, alegando que ele não justificou a falta a um interrogatório. O caso investigado é de uma suposta célula terrorista que pretenderia matar o ditador indio cocaleiro trotskista Evo Morales e foi desarticulada no ano passado. Branco Marinkovic é o líder da oposição contra o governo esquerdapata do indio cocaleiro trotskista Evo Morales. A ordem da juíza Betty Yañíquez foi divulgada nesta sexta-feira. Marinkovic, que está nos Estados Unidos, foi acusado pela Promotoria de La Paz de financiar o grupo, liderado pelo croata-boliviano e ex-combatente da guerra dos Bálcãs, Eduardo Rózca. Rózca e outros dois estrangeiros foram mortos pela polícia boliviana em abril de 2009 em uma operação da polícia na cidade de Santa Cruz. Segundo o promotor do caso, o bolivariano Marcelo Sosa, a ordem contra Marinkovic já está nas mãos da Interpol e espera-se que nos próximos dias chegue até as autoridades americanas.

Petista Dilma Rousseff se reúne com a nata das socialites em São Paulo

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, reuniu-se na casa do empresário multibilionário Abílio Diniz, nos Jardins, região nobre de São Paulo, com cerca de 50 mulheres da alta sociedade paulistana, a nata das socialites brasileiras, a partir das 16 horas. A idéia do encontro partiu de Abílio Diniz, que petezou, e de sua mulher, a socialite Geyze.

Banco Central eleva compulsório sobre depósito à vista e retira R$ 1,6 bilhão da economia

O Banco Central informou nesta sexta-feira que decidiu elevar de 42% para 43% a alíquota do depósito compulsório (recursos que têm de ser mantidos na autoridade monetária pelos bancos) sobre depósitos à vista que estão nos bancos no início de julho. A operação, segundo a autoridade monetária, irá retirar R$ 1,6 bilhão em recursos da economia. O impacto financeiro da operação acontecerá em 7 de julho. Em março, o Banco Central já havia retirado R$ 71 bilhões da economia, recursos que haviam sido liberados durante a crise financeira interancional. Segundo o Banco Central, a alíquota do compulsório sobre depósitos à vista continuará subindo nos próximos anos, o que vai implicar na retirada de mais recursos da economia brasileira no futuro. Em julho de 2012, a alíquota avançará para 44% e, em julho de 2014, subirá para 45%. Ao mesmo tempo, a instituição informa que, também a partir do começo de julho, a exigibilidade (direcionamento) de aplicação em crédito rural, atualmente em 30%, recuará para 29%. A cada ano, a exigibilidade cairá mais um ponto percentual, até julho de 2014, quando estará em 25%. O Banco Central lembra que essa regra já havia sido aprovada anteriormente pelo governo. Ao retirar recursos da economia, por meio do aumento da alíquota do compulsório sobre depósitos à vista, o Banco Central também contribui para conter o aquecimento da economia, uma vez que estes recursos não estarão mais à disposição dos bancos para empréstimos. Para conter pressões inflacionárias, fruto do forte ritmo de crescimento, o Banco Central já subiu os juros em abril e junho deste ano, para 10,25% ao ano.

Álvaro Dias diz que foi "convocado" e que aceita ser vice de José Serra

O senador paranaense Álvaro Dias (PSDB) será o candidato a vice de José Serra na chapa do PSDB para a Presidência da República. A decisão deve mudar o cenário da disputa paranaense ao governo do Estado. Alvaro Dias confirmou ter sido “convocado” pelo partido. “Há uma convocação. Foi dessa forma que o fato me foi transmitido nesta sexta-feira em São Paulo. Aceito sim, não vou fugir da responsabilidade. É uma honra”, afirmou Alvaro Dias ao desembarcar em Mato Grosso, onde participará da convenção estadual do PSDB neste sábado. Alvaro Dias tem 65 anos e é formado em História. Nascido em Quatá-SP, mas criado em Maringá, começou a carreira política como vereador em Londrina, em 1968, pelo MDB. Em 1971 se elegeu para o seu único mandato como deputado estadual. Já na eleição seguinte, se candidatou para ser deputado federal e foi eleito com a maior votação proporcional até então da história política do Paraná. Depois do segundo mandato como deputado federal, foi eleito senador em 1982. A principal marca política na biografia de Alvaro Dias foi o posto de governador do Paraná, ocupado por ele de 1987 a 1991. O cargo também lhe rendeu a maior mancha na imagem pública: o confronto entre policiais a cavalo e professores em protesto, em agosto de 1988. Alvaro tentou ser governador novamente, em 1994, perdendo a disputa para Jaime Lerner. Mais tarde, ocupou o cargo de presidente da Telepar (Telecomunicações do Paraná) de 1996 a 1997. Voltou ao Senado, na eleição de 1998 e foi reeleito, em 2006, para mais oito anos de mandato. Alvaro Dias afirmou que a confirmação de seu nome na chapa depende de conversas com os partidos aliados. A confirmação de Alvaro Dias como vice na chapa de José Serra deve alterar a disputa pelo governo do Paraná. O senador Osmar Dias (PDT) já afirmou que não disputa as próximas eleições em lado oposto ao do irmão Alvaro Dias. Com isso, a candidatura de Osmar para o governo com o apoio de PMDB e PT deve ir por água abaixo. Se o pedetista realmente desistir de disputar o governo, deve ser candidato a reeleição ao Senado em uma chapa avulsa, ou seja, sem apoio de PMDB, PT ou PSDB. Neste cenário, PT e PMDB devem se unir em torno da candidatura do atual governador Orlando Pessuti, contra a forte candidatura de Beto Richa (PSDB).

Estátua de Stalin é retirada de sua cidade natal

As autoridades da Geórgia retiraram nesta sexta-feira uma estátua do ex-ditador soviético Josef Stalin em sua cidade natal, Gori. No mesmo local, será construído um memorial para as vítimas da guerra com a Rússia em 2008. Gori está a poucos quilômetros de distância da região separatista da Ossétia do Sul, onde as forças russas derrotaram o Exército georgiano em um rápido conflito em agosto de 2008. "Um memorial para Stalin não tem espaço na Geórgia do século 21", afirmou o presidente do país, Mikhail Saakashvili, em comentários televisionados. A cidade, que sofreu com tiros de artilharia e ataques aéreos durante os cinco dias do conflito, foi rapidamente ocupada pelos russos. A Ossétia do Sul e outra província separatista conseguiram a independência da Geórgia com a ajuda da Rússia, mas o Ocidente não reconheceu a separação, ao contrário de Moscou. O monumento, de seis metros de altura, estava na praça central de Gori desde o começo da década de 1950. A estátua deverá ser levada para um museu dedicado ao líder soviético na cidade, o que pode preocupar as gerações mais antigas. No ano passado, o país demoliu um grande memorial em homenagem às lutas do Exército Vermelho na Segunda Guerra. Stalin foi omaior de todos os genocidas comunistas, sendo seguido nessa "tarefa humanizadora" por Mao Tse Tung, Fidel Castro e os degenerados chefes comunistas do Camboda, como Pol Pot.

Human Rights Watch acusa Hamas de dar tratamento cruel a soldado de Israel

A organização de defesa dos direitos humanos Human Rights Watch, dos Estados Unidos, acusou nesta sexta-feira a organização terrorista islâmica Hamas de violar as leis da guerra ao proibir que o soldado israelense Gilad Schalit tenha contato com sua família ou com a Cruz Vermelha. O tratamento do soldado de 23 anos, sequestrado há exatos quatro anos por terroristas ligados ao Hamas, é "cruel e desumano" e se encaixa na definição das Nações Unidas de tortura, pelo fato de ele não ter contatos com o mundo exterior, afirmou a organização, em comunicado. Terroristas do Hamas sequestraram Gilad Schalit dentro de Israel, em 2006. Desde então, ele é mantido refém na Faixa de Gaza, território palestino controlado pela organização terrorista islâmica.

CNI aponta que produção industrial voltou a crescer em maio

A produção industrial voltou a crescer em maio na comparação com o mês anterior e chegou aos 54,9 pontos, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pela CNI (Confederação Nacional da Indústria). Em abril, tinha ficado em 51 pontos. De acordo com a entidade, valores acima de 50 indicam aumento da produção. Segundo a CNI, o uso da capacidade instalada ficou de acordo com o usual para meses de maio. "Os estoques mantêm-se próximos ao nível planejado desde janeiro de 2010, o que mostra que a produção tem sido capaz de acompanhar a evolução da demanda", apontou a entidade.

BP já perdeu US$ 100 bilhões em valor de mercado desde desastre no Golfo do México

O valor de mercado da petrolífera britânica BP caiu mais de US$ 100 bilhões desde 20 de abril, quando uma das plataformas da companhia explodiu no Golfo do México, e a seguir afundou, provocando um vazamento de óleo que perdura até hoje, conforme o Wall Street Journal. As ações da companhia vêm caindo fortemente desde o acidente. Só nesta sexta-feira os papéis da empresa listados na bolsa de Londres chegaram a cair mais de 9% durante o pregão, fechando em perda de 8,27%. O motivo da perda no pregão desta sexta-feira foi a sugestão de um analista de que a companhia teria que vender ações para assegurar sua saúde financeira.

Roberto Jefferson nega mal-estar com tucanos

Foi em meio a um passeio de moto pelas estradas de Minas Gerais que o presidente nacional do PTB, ex-deputado Roberto Jefferson (RJ), recebeu a notícia mais aguardada pelos tucanos nos últimos meses: a definição do candidato a vice-presidente na chapa do ex-governador de São Paulo, José Serra (PSDB). “Paro para abastecer e me liga no celular o Sérgio (Guerra, presidente nacional do PSDB)”, contou Roberto Jefferson. Sérgio Guerra queria comunicar a Jefferson a decisão tomada na noite de quinta-feira, na capital paulista, pela cúpula tucana, com a aprovação de José de Serra, de lançar o senador Álvaro Dias (PSDB) para o posto de vice. “Redondo! É o meu”, contou ter respondido Roberto Jefferson, que estava a caminho do Festival de Motos Clássicas de Tiradentes (MG), pilotando sua Harley Davidson. Minutos depois do telefonema, Roberto Jefferson postou de seu iPhone na rede de microblogs Twitter: “Falei agora com o Sérgio Guerra. O vice será o Alvaro Dias". Sérgio Guerra ainda tentou disfarçar o “anúncio” feito pelo aliado, dizendo pouco depois, também pelo Twitter, que estava conversando com outros líderes antes de bater o martelo. Bobagem, era verdade, e Roberto Jefferson deu o furo nacional. O lastimável é que o PSDB e José Serra tenham levado tantos meses para chegar a uma "soluçãozinha caseira", perdendo a oportunidade de ter uma grande vice, que é a senadora Katia Abreu (DEM). Esta, sim, agregaria à sua chapa. Quem pensa que os políticos são todos espertos engana-se redondamente. Mais constante do que se imagina eles costumam errar, e erra mesmo por inércia, por deixar a solução para o último momento.

Grécia nega venda de ilhas para reduzir déficit

O governo grego negou veementemente nesta sexta-feira que o país pretenda vender algumas de suas ilhas para reduzir seu déficit orçamentário. O jornal britânico The Guardian publicou uma reportagem afirmando que a Grécia se preparava para vender algumas de suas 6 mil ensolaradas ilhas, ou ao menos oferecer arrendamentos de longo prazo, para ajudar a equilibrar suas contas. "O governo grego não tem envolvimento em qualquer venda das ilhas gregas... essas transações ocorrem entre partes privadas, o que não é nada de novo", afirmou o porta-voz do governo George Petalotis, em comunicado. A iinformação de que o governo grego está negociando com investidores russos e chineses para vender a ilha de Rodes é igualmente enganosa. Sobre a ilha de Nafsika, o porta-voz admitiu que ela estava à venda, mas ressaltou que esta é uma propriedade privada, que está em mãos particulares há tempos. Em vários pontos de seu texto, Petalotis afirmou que a reportagem do Guardian era "insultante", "mentirosa" e "provocadora".

Petrobras perde 26,6% do seu valor de mercado em 2010

A Petrobrás foi a empresa da América Latina e Estados Unidos que registrou a maior queda de valor de mercado em 2010, aponta levantamento da consultoria Economática. Foram analisados os valores de mercado de 1951 empresas de capital aberto. No final de 2009, a empresa tinha US$ 199,3 bilhões contra US$ 146,3 bilhões no dia 24 de junho de 2010. A queda do valor de mercado é de US$ 52,9 bilhões ao longo do ano. O valor perdido pela Petrobras no ano de 2010 equivale ao valor de mercado do Bradesco no dia 24 de junho. Em termos percentuais, a empresa perdeu perdeu 26,6% do seu valor de mercado. A empresa com maior perda percentual em 2010 é a Monsanto dos USA, com 40% de queda. Entre as 30 maiores quedas nominais de valor de mercado no ano de 2010 estão outras quatro empresas brasileiras. O ItaúUnibanco registrou redução de US$ 11,1 bilhões. O Santander Brasil teve queda de US$ 10,3 bilhões. O valor de mercado da Vale do Rio Doce caiu US$ 8,5 bilhões e o do Bradesco, US$ 7,8 bilhões. Todo o mercado brasileiro perdeu US$ 131,5 bilhões no ano de 2010. Em dezembro de 2009, as 303 empresas brasileiras estudadas tinham valor de mercado de US$ 1,25 trilhões contra US$ 1,12 trilhões em 24 de junho de 2010, uma queda de 10,5%.

Professor da USP será vice na chapa do petista Mercadante em São Paulo

O PDT anuncia nesta sexta-feira o nome do vice que irá compor a chapa com o candidato do PT ao governo do Estado de São Paulo, senador Aloizio Mercadante. O indicado será Antonio Clóvis Pinto Ferraz, professor da faculdade de engenharia da USP, na unidade de São Carlos, no Interior paulista. Ele é conhecido como "Coca" Ferraz. A indicação de Ferraz será chancelada pela campanha petista. "Coca" Ferraz é militante recentissimo do PDT, engenheiro e especialista em trânsito e transportes. Foi presidente do PSDB em Araraquara, no interior paulista. Teve uma passagem pelo PTB e é cristão novissimo no PDT.

Decisão de presidente do STF de rever súmula do nepotismo sofrerá resistência

A decisão do ministro Cezar Peluso, presidente do Supremo Tribunal Federal, de rever a súmula que proíbe o nepotismo, sofrerá resistência no tribunal. O vice-presidente, ministro Carlos Ayres Britto, por exemplo, encaminhará contra essa iniciativa. Carlos Ayres Britto acredita que não é o momento apropriado para se analisar a questão, já que o próprio Peluso acaba de ser acusado de praticar nepotismo ao empregar um casal em sua equipe. O ministro revelou a interlocutores que qualquer modificação na súmula soará como "afrouxamento" e "leniência" da Corte. Peluso é um tipo neurastênico que ainda criará problemas na presidência do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça. Aliás, já começou, ele quer mudar a súmula do nepotismo apenas porque decidiu levar para o Supremo o seu segurança, como chefe do setor de segurança da Supremo Corte. E aí decidiu também dar um carguinho para a mulher do seu segurança. E para tornar isso legal, quer mudar a súmula nº 13, a do nepotismo. Como ele é um juiz de carreira, fica evidente o que pensa a magistratura brasileira por meio dele a propósito do empreguismo de amigos e apaniguados no Poder Judiciário. É péssimo o exemplo de Peluso.

Preso na Irlanda do Norte o terrorista etarra Fermín Vila Michelena

Agentes das forças de segurança da Inglaterra prenderam em Belfast, na Irlanda do Norte, o terrorista etarra Fermin Vila Michelena, informaram fontes da luta antiterrorista. Fermin Vila Michelena nasceu em Irún (Guipúzcoa) no dia 12 de março de 1970, foi membro do KAS/EKIN e aparecia desde muito cedo na lista de pessoas, grupos e entidades terroristas elaborada pelo Conselho da União Européia. As forças de segurança espanholas acreditam que Fermin Vila Michelena fugiu em março de 2001, após a desarticulação do "comando Sugoi" do grupo terrorista ETA, e um depois se integrou ao "comando Madrid", tendo participado da colocação da bomba em um carro junto a uma sucursal do banco BBVA, en maio, e em outro carro junto a um escritório do Ministério da Justiça, en julho, atentado no qual morreu o policial Luis Ortiz de la Rosa. Em aneiro de 2003 o juiz Baltasar Garzon, da Audiencia Nacional, procesó os cinco integrantes do "comando Madrid", desarticulado em novembro de 2001: Ana Belén Egües, Aitor García Aliaga, e os fugitivos Fermín Vila, Gorka Palacios e Julián Rubenach, assim como o dirigente do grupo, Olarra Guridi.

Procurador arquiva investigação sobre a morte de Jango

O Ministério Público Federal decidiu arquivar a investigação sobre a suspeita de assassinato do ex-presidente João Goulart (1919-1976). Em despacho interno, o procurador Júlio Schwonke de Castro Júnior descarta a tese de uma conspiração internacional para matar Jango em seu exílio na Argentina. Para o procurador, a suspeita de assassinato se baseava unicamente em "depoimentos confusos e contraditórios" de Mário Neira Barreiro, ex-agente da ditadura uruguaia preso por crimes comuns no Brasil. Ele disse à Polícia Federal ter participado de uma ação conjunta dos regimes do Cone Sul, supostamente batizada de Operação Escorpião, para eliminar Jango e impedir seu retorno ao País. Segundo o relato, o presidente teria morrido por envenenamento, e não por infarto fulminante, como registra seu atestado de óbito. A investigação foi aberta há dois anos e quatro meses pela Procuradoria da República no Rio Grande do Sul. O órgão analisou documentos secretos e ouviu diversas testemunhas, entre elas um ex-adido militar em Buenos Aires e a ex-primeira-dama Maria Thereza Goulart. No despacho assinado no último dia 9, o procurador Júlio Schwonke ainda manifestou irritação com Cristopher Goulart, neto de Jango, e ameaçou responsabilizá-lo criminalmente por não devolver os autos do caso. O neto de Jango criticou o arquivamento e acusou o Ministério Público de não se empenhar no caso. "É nítida a falta de interesse do Estado brasileiro de levar a investigação a sério", afirmou ele. Ele disse que estuda pedir a abertura de nova investigação na Argentina, onde o presidente morreu: "É um país mais amadurecido para apurar os crimes da ditadura". No mês passado, o historiador Luiz Alberto Moniz Bandeira disse acreditar que a família Goulart reforçaria a tese conspiratória por interesses financeiros.

Juiz federal Fausto De Sanctis aceita promoção e será desembargador

O juiz Fausto De Sanctis, da 6ª Vara Federal de São Paulo, aceitou nesta quinta-feira a promoção por antiguidade a desembargador do Tribunal Regional Federal, após ter recusado o cargo em novembro de 2008 para ficar à frente da Operação Satiagraha. Ele travou um embate com o então presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, após prender o banqueiro Daniel Dantas por duas vezes.

Nem o FBI consegue decifrar arquivos de Daniel Dantas

Nem mesmo o FBI conseguiu quebrar o sofisticado sistema de criptografia dos discos rígidos apreendidos pela Polícia Federal no apartamento do banqueiro Daniel Dantas, no Rio, durante a Operação Satiagraha, deflagrada em julho de 2008. Após um ano de tentativas frustradas, em abril a polícia federal americana devolveu os equipamentos ao Brasil. Talvez nunca seja possível descobrir se os HDs continham algo parecido com os "segredos da República", como supunha o primeiro chefe da operação, delegado federal Protógenes Queiroz. A ajuda aos Estados Unidos só foi pedida no início de 2009, após os peritos do Instituto Nacional de Criminalística terem falhado nos esforços de decodificar as senhas dos HDs. O governo não tem nenhum instrumento jurídico para obrigar nem o fabricante americano do sistema de criptografia nem Dantas a ceder os códigos de acesso. Os equipamentos continuarão sob a guarda da Polícia Federal. Os peritos do INC esperam que novos dados da investigação ou que uma nova tecnologia os ajudem a quebrar as chaves de segurança. Por meio de sua assessoria, o Opportunity informou que os dois programas usados nos equipamentos estão disponíveis na internet -um deles é gratuito (Truecrypt). Acrescentou que o Opportunity e Dantas passaram a usar a criptografia devido a suspeitas de espionagem. Ao todo, foram enviados aos Estados Unidos seis discos rígidos externos e um computador portátil, com potencial somado de armazenamento de 2,08 terabytes, o equivalente a aproximadamente 43,6 milhões de músicas de cinco minutos em formato MP3. O sistema de criptografia usado é um dos mais sofisticados do mercado, chamado AES 256 bits. Uma tecnologia inferior a essa, a de 128 bits, permite uma quantidade de combinações de senhas que tem como grandeza o número 3 seguido de 38 zeros.

Supremo recebe primeiro recurso contra lei da Ficha Limpa

Chegou na noite desta quinta-feira o primeiro recurso contra a Lei da Ficha Limpa no Supremo Tribunal Federal. O ex-presidente da Assembléia Legislativa do Espírito Santo, José Carlos Gratz (PSL), que teve seu mandato cassado, entrou com mandado de segurança para obter o registro de sua candidatura para as eleições de 3 de outubro deste ano. Os advogados de Gratz pedem que seja reconhecido seu direito líquido e certo de participar de convenções partidárias e se tornar candidato. No mandado de segurança, os advogados afirmam que Gratz é "uma das maiores lideranças políticas do Estado e o maior representante da oposição ao poder absoluto do governador Paulo Hartung" e que por este motivo é vítima de perseguição política desde 2002. Relator do mandado de segurança, o ministro José Dias Toffoli deu na noite desta quinta-feira seu parecer, afirmando que não é de competência do Supremo julgar o pedido. O caso deverá ir agora para o Tribunal Superior Eleitoral.

Inflação come a renda do trabalho

Sob impacto da inflação, a renda do trabalhador brasileiro nas seis principais regiões do País recuou pela primeira vez no ano. O poder de compra caiu 0,9% na passagem de abril para maio, interrompendo uma trajetória de quatro altas consecutivas, informou nesta quinta-feira o IBGE. A piora na renda veio acompanhada de uma ligeira alta no desemprego, que subiu de 7,3% em abril para 7,5% em maio. Mesmo assim, a taxa de desocupação do mês passado foi a menor para maio desde o início da atual Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE, em 2002. Em maio do ano passado, a taxa estava em 8,8%. E, para os especialistas, os números mostram ainda um cenário muito favorável para os trabalhadores. "O mercado de trabalho está com uma taxa de desemprego muito baixa para padrões históricos. Ela subiu neste mês, mas não espero que vá haver aumento de desemprego sistemático", afirma José Márcio Camargo, professor da PUC-RJ e consultor da Opus Gestão de Recursos.

Ibope aponta que o peremptório Tarso Genro lidera no Rio Grande do Sul

Pesquisa realizada pelo Ibope no Rio Grande do Sul, entre os dias 10 e 15 deste mês, mostra que o petista peremptório Tarso Genro lidera as intenções de voto na disputa pelo governo estadual, com 37% das intenções de voto, contra 30% do ex-prefeito de Porto Alegre, José Fogaça, e 11% da governadora Yeda Crusius (PSDB). Em uma simulação de segundo turno, o peremptório Tarso Genro teria 47%, e Fogaça, 39%.

Hélio Costa lidera disputa em Minas Gerais

Pesquisa Vox Populli, divulgada nesta quinta-feira, mostra o senador Hélio Costa (PMDB) na liderança na disputa pelo governo de Minas Gerais. De acordo com o levantamento, Hélio Costa tem 41% das intenções de votos, enquanto o governador Antonio Anastasia aparece com 23%. Hélio Costa é o candidato mais conhecido: 64% dos entrevistados dizem conhecê-lobem. Já o atual governador Antonio Anastasia, uma invenção do ex-governador playboy Aécio Neves, é desconhecido por 41% do eleitorado mineiro.

Novo chanceler argentino diz que Inglaterra pratica "rapina" das Falklands

Com menos de uma semana no cargo, o chanceler Héctor Timerman foi nesta quinta-feira ao comitê de "descolonização" (que diabo quer dizer isto?!!!) da ONU e usou a palavra "rapina" ao se referir às explorações britânicas de petróleo nas Ilhas Falklands, reforçando a reivindicação de soberania argentina sobre o arquipélago. Em sua primeira missão oficial à frente da Chancelaria, Timerman alertou para o risco ao meio ambiente que pode ser causado pelo que chamou de "aventura colonialista do Reino Unido no Atlântico Sul baseada na rapina de recursos naturais não renováveis" do continente. "As atividades britânicas, além de representarem uma flagrante violação do que é disposto pelo direito internacional e um claro desprezo ao mandato da comunidade internacional, é uma ameaça ambiental", afirmou o chanceler argentino. A Argentina praticou um ataque débil mental às Ilhas Falklands no final da ditadura militar, que recebeu o apoio de todos os partidos, inclusive dos peronistas. Em poucas semanas a Inglaterra mobilizou navios e aviões e levou os argentinos a uma humilhante rendição na guerra das Ilhas Falklands. Isso liquidou a ditadura argentina. Só por esse motivo, os argentinos deveriam ser muito agradecidos aos ingleses. Por sua vez, representantes das autoridades locais das Ilhas Falklands, que reivindicaram perante o comitê seu direito à autodeterminação, defenderam a legalidade das explorações no arquipélago: "É um assunto dos malvinenses. O governo britânico não tem nada a ver com as prospecções nas águas das Malvinas. Estamos satisfeitos com a assessoria que nos foi dada em assuntos ambientais", afirmou na saída da reunião a legisladora Emma Edwards. A representante das ilhas assegurou que os padrões usados em tais atividades "são superiores aos de muitos países". "Não somos argentinos, não somos ingleses, somos malvinenses britânicos, e até que esse país reconheça isso, infelizmente não há muito que fazer", acrescentou.

Teatro Oficina é tombado e vira patrimônio federal

O prédio projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi onde funciona o Teatro Oficina, no Bexiga, na região central da capital paulista, foi tombado nesta quinta-feira pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). O teatro, que pertence ao governo de São Paulo, já era tombado pelo Estado, mas o tombamento federal permitirá ampliar a área protegida no entorno do teatro. Até agora, segundo o presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida, estava protegido o entorno do prédio, em um raio de 300 metros. Agora, a área protegida poderá ser ampliada, dependendo da avaliação do Iphan em parceria com os órgãos estadual e municipal de defesa do patrimônio. "O tombamento foi decidido tanto pelo valor histórico quanto arquitetônico do prédio. Quanto ao entorno, vamos decidir a área a ser protegida e o que pode ser alterado", afirmou Almeida. Qualquer mudança nos imóveis situados na área protegida só pode ser feita se for autorizada pelo Iphan. O Teatro Oficina trava há mais de dez anos uma disputa com o Grupo Silvio Santos, que planeja construir empreendimentos imobiliários no terreno vizinho.

Klabin investe para ampliar produtividade após um ano de crise

A Klabin, maior fabricante de papéis do Brasil, está voltando a investir após um ano de crise e foco na preservação do caixa. Os investimentos programados, todos em unidades já existentes, deverão reduzir o consumo de energia, aumentar em 6% a produção de kraftliner (papel de embalagem) em Santa Catarina e em quase 10% a de papelão ondulado no País. "O objetivo principal é ampliar a competitividade da companhia", afirmou o diretor-geral da Klabin, Reinoldo Poernbacher. Investimentos detalhados pelo executivo nesta quinta-feira somam quase R$ 146 milhões. Em 2009, a Klabin, com 17 fábricas no Brasil e uma na Argentina, investiu R$ 247 milhões, dos quais R$ 98 milhões na área florestal. A empresa não revelou ao mercado o investimento total para 2010, mas em fevereiro Poernbacher havia dito que o montante seria ligeiramente maior que no ano passado. Nesta semana, foi aprovada a modernização da unidade de evaporação da fábrica de Otacílio Costa (SC), por R$ 35 milhões, para reduzir o consumo de energia. Nessa mesma frente, a empresa está instalando uma caldeira de biomassa de R$ 35 milhões no local, que será concluída no início de 2011. A fábrica de Otacílio Costa produz hoje 340 mil toneladas de kraftliner por ano. A Klabin está investindo ainda na modernização da produção de papelão ondulado e na compra de novas impressoras. Em julho, entra em operação uma nova linha de produção de sacos industriais na unidade de Lajes (SC), para substituir máquinas antigas, com investimento de R$ 15,6 milhões. A companhia vai transferir as máquinas antigas para Goiana (PE), onde a Klabin já produz papel reciclado, caixas e sacos industriais, ampliando a capacidade nesse local. Além disso, a Klabin está aportando R$ 60 milhões em uma linha de transmissão da futura hidrelétrica Mauá (PR), da Copel e de uma subsidiária da Eletrobras. Os dois próximos grandes investimentos da Klabin, ambos no Paraná, ainda não têm data: uma linha de produção de celulose de 1,5 milhão de toneladas e uma máquina de papel de 400 mil toneladas de cartões por ano integradas. A base florestal da Klabin é de 220 mil hectares de florestas plantadas no Paraná, Santa Catarina, São Paulo e uma pequena parcela, de apenas 5 mil hectares, para pesquisa, no Mato Grosso do Sul. Apenas no Paraná são 140 mil hectares.

Coliseu fica às escuras para exigir a libertação de soldado israelense

Centenas de pessoas assistiram na noite desta quinta-feira a uma cerimônia simbólica diante do Coliseu, em Roma. As luzes foram apagadas durante a manifestação para exigir a libertação do soldado israelense Gilad Shalit, sequestrado pelos terroristas do Hamas há quatro anos. Noam, o pai do jovem Shalit, de 24 anos, fez um apelo à comunidade européia e internacional para fazer pressão sobre o Hamas para que liberte o soldado. Shalit é um "cidadão europeu", uma vez que possui passaporte francês, e foi declarado cidadão "de honra" de Roma. Os manifestantes foram convocados pelas organizações Ben' Brith e União dos Jovens Judeus italianos, que levavam cartazes e usavam camisetas com os dizeres: "Shalit libero" (liberdade para Shalit).

Terroristas do Hamas lança 12 morteiros de Gaza contra Israel

Doze morteiros foram disparados nesta quinta-feira da Faixa de Gaza por terroristas do Hamas e caíram em território israelense, sem deixar feridos. Centenas de foguetes e morteiros foram lançados por terroristas de Gaza em direção ao território israelense desde o início do ano. Esse número, apesar de grande, é bem menor, devido à lição que os terroristas do Hamas levaram com a operação defensiva realizada por Israel no inverno entre 2008 e 2009 em Gaza.

Mulher do empresário bilionário Abílio Diniz marca encontro de Dilma com grupo de amigas

Geyze Diniz, mulher do empresário bilionário Abílio Diniz, presidente do Conselho de Administração do Grupo Pão de Açúcar, maior rede varejista do País, vai oferecer nesta sexta-feira uma espécie de chá da tarde, em São Paulo, para a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff. Geyze convidou um grupo de amigas para conhecer a plataforma de governo da candidata petista. A idéia inicial petista do encontro seria aproximar Dilma de empresários e, por isso, teriam sido convidadas mulheres de empresários paulistas. A expectativa é de que Dilma faça um discurso e ouça sugestões das convidados, todas altas socialites paulistanas. O encontro foi agendado a pedido do deputado federal petista Antonio Palocci (PT-SP), um dos coordenadores da campanha petista e responsável pela aproximação de Dilma com o grande empresariado. Em março, durante um evento do Grupo Pão de Açúcar, o bilionário Diniz se declarou um eleitor de Dilma e defendido que a candidata tem "todas as condições" de levar adiante o "legado" do governo Lula, que envolve geração de emprego e distribuição de renda. Que tal, hein?

Ameaçado de intervenção, PMDB-SC mantém suspense sobre candidatura ao governo

A Executiva do PMDB de Santa Catarina decidiu nesta quinta-feira estender em mais um dia o prazo de inscrição dos pré-candidato para a convenção do partido. A inscrição, que vencia nesta quinta-feira, foi prorrogada até esta sexta-feira, às 17 horas. O convenção acontece neste sábado, em Florianópolis. O presidente do diretório estadual, Eduardo Pinho Moreira, afirma que a convenção ainda vai discutir a aliança com o DEM e o apoio à candidatura do senador Raimundo Colombo (DEM) ao governo do Estado. O anúncio de aliança com o DEM provocou irritação da cúpula nacional do PMDB, que ameaçou intervir no diretório estadual de Santa Catarina.

Senado dos Estados Unidos aprova mais sanções ao programa nuclear do Irã

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira novas sanções unilaterais para pressionar os setores bancário e de energia do Irã, e que podem também prejudicar empresas de outros países que fazem negócios com o país persa. Os senadores americanos aprovaram a legislação por unanimidade, com 99 votos a favor. A Câmara de Deputados deve também votar ação a que depois deve seguir para aprovação do presidente Barack Obama. O Congresso quer pressionar Teerã a suspender seu programa nuclear. Washington acusa que o programa tem como objetivo a fabricação de uma bomba atômica. Os políticos dos partidos Republicano e Democrata vêm tentando aumentar as sanções ao Irã. Apesar da aprovação de medidas mais duras pelo Conselho de Segurança da ONU e da União Europeia nas últimas semanas, os legisladores americanos acham que elas não foram duras o suficiente. "As sanções da ONU, embora tenham sido um bom passo, são amenas. E são, pois existem outros membros no Conselho de Segurança que querem continuar a fazer negócios com o Irã. Por isso os Estados Unidos têm que aprovar estas sanções unilaterais", disse a senadora democrata Barbara Mikulski durante o debate no Senado.

Ministério Público quer que Roriz devolva R$ 13 milhões por superfaturar compra de hospital

O Ministério Público do Distrito Federal quer que o ex-governador Joaquim Roriz (PSC) devolva R$ 13 milhões aos cofres públicos e fique inelegível até 2018 por suspeita de superfaturamento na compra de um hospital. O núcleo de combate às organizações criminosas do Ministério Público acusa Roriz de superfaturar em R$ 3,3 milhões o valor do hospital, localizado na periferia de Brasília. Candidato ao governo em outubro, o Ministério Público quer também que Roriz perca qualquer cargo público que tiver à época da decisão da Justiça. Segundo a denúncia, a compra foi feita sem licitação e não foram justificados o preço e a dispensa da concorrência. Na ação, Roriz é acusado de improbidade administrativa e, como pena, o Ministério Público quer que devolva o dinheiro superfaturado e pague o dobro como multa, totalizando R$ 13,2 milhões em valores atualizados. No documento, o núcleo de combate às organizações criminosas afirma que Roriz "dilapidou" o patrimônio público e causou "enormes prejuízos de forma dolosa", ou seja, de propósito. "A conduta foi praticada de forma dolosa, que implicou na malversação de dinheiro público destinado à saúde, setor tão carente de recursos", diz a ação. "O ex-governador praticou ato de improbidade que causou prejuízo, pois a omissão na justificativa do preço ensejou a dilapidação do erário", afirmam os promotores.

Juiz se recusa a postergar decisão sobre perfuração no golfo do México

Um juiz federal que derrubou a moratória do governo americano sobre a perfuração de poços no golfo do México recusou-se nesta quinta-feira a postergar a data em que sua decisão começa a valer. O Departamento de Justiça requereu ao juiz Martin Feldman para adiar sua sentença até o dia 5 de julho para que a corte de Nova Orleans possa revisá-la, mas o juiz rejeitou o pedido. A moratória suspendia a perfuração de novos poços e de 33 poços de exploração já em andamento na região do golfo. Empresas de serviço, responsáveis pelo transporte de equipamentos e pessoas para plataformas, haviam entrado com uma ação contra a moratória. Na sentença, o juiz conclui que o governou simplesmente assumiu que, porque uma plataforma explodiu, outras explodiriam também, o que é pouco razoável. O governo americano diz que vai recorrer da decisão. A moratória foi criada com a intenção de minimizar o risco de novos acidentes na região do golfo do México. No dia 20 de abril, uma plataforma operada pela empresa BP (British Petroleum) explodiu, matando 11 funcionários.

Assessor diz que Lula ficou com a cara "malandramente feliz" ao saber resultado de pesquisa

O chefe de gabinete da Presidência, Gilberto Carvalho, afirmou nesta quinta-feira que o presidente Lula ficou com a cara "malandramente feliz" ao saber do resultado da pesquisa Ibope encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria). Gilberto Carvalho almoçou nesta quinta-feira com a candidata petista e disse que o partido está "satisfeito" com o resultado. "Ontem, o Lulinha estava com a cara malandramente feliz. Essa pesquisa tem um resultado muito positivo. Nós ficamos satisfeitos porque mostra que a nossa estratégia está dando certo, mas ainda temos muito trabalho a fazer", disse ele. Claro, só podia ficar com cara "malandramente feliz". Afinal, suas "malandragens" com a Justiça Eleitoral, utilizando a máquina pública em favor de sua candidata, está dando certo.

Espanhol Baltasar Garzón foi substituído por um jovem juiz pouco conhecido

O juiz espanhol Baltasar Garzón foi substituído nesta quinta-feira por um jovem magistrado que prefere evitar os jornalistas, ao contrário de seu antecessor, que adorava holofote de câmera de televisão. Impossibilitado de atuar na Justiça espanhola após ter investigado ilegalemente casos da ditadura franquista, Garzón aceitou trabalhar como assessor da promotoria no Tribunal Penal Internacional, em Haia, na Holanda. Pablo Ruz Gutierrez, de 34 anos, foi escolhido por unanimidade pelo Conselho Geral do Poder Judicial, o organismo que tutela a magistratura espanhola, para substituir Garzón na Audiência Geral. Ele será o substituto enquanto durar a resolução de três casos judiciais nos quais Garzón é processado por "prevaricação" na Espanha, entre as quais a investigação sobre o franquismo. Ainda não foi fixada a data para o julgamento de Garzón, que pode resultar numa sentença que pode proibí-lo de atuar como juiz por 20 anos.

Após intervenção nacional, PT e PMDB oficializam aliança no Maranhão

Em uma convenção conjunta realizada nesta quinta-feira, em São Luís, PMDB e PT maranhenses oficializaram a aliança no Estado. A governadora Roseana Sarney (PMDB) disputará a reeleição e terá como vice um petista: o ex-deputado federal Washington Luiz. A aliança com o PMDB no Estado foi imposta pela cúpula nacional do PT e rachou o partido no Estado. Washington Luiz liderou o grupo que defendia a aproximação com Roseana Sarney na eleição deste ano contra outra ala da sigla, que apoiava a coligação com o PCdoB-MA. Até as 17 horas desta quinta-feira vão ocorrer no mesmo local as convenções do PRB, PSL, PSC, PR, PRTB, PHS, PRP, todos aliados em torno da candidatura da peemedebista.

Dívida pública volta a subir em maio e chega a R$ 1,6 trilhão

A dívida pública federal voltou a crescer em maio, passando de R$ 1,585 trilhão para R$ 1,614 trilhão. Em relação a abril, o aumento do estoque da dívida foi de 1,85%. O total de emissões no mês chegou a R$ 21,28 bilhões enquanto os resgates ficaram em R$ 11,14 bilhões. A dívida interna teve seu valor aumentado em 1,79% para R$ 1,519 trilhão. O crescimento foi causado pela emissão líquida de R$ 11,63 bilhões em títulos e a apropriação positiva de juros no valor de R$ 15,02 bilhões. Dessas emissões, R$ 5,8 bilhões em títulos foram referentes à conclusão da capitalização do BNDES. No ano passado, o Tesouro já havia emitido R$ 100 bilhões em favor do banco de fomento, com aporte de mais R$ 80 bilhões em 2010. A dívida pública federal externa também cresceu em maio, interrompendo a trajetória de queda dos últimos meses. O valor do saldo devedor (R$ 94,85 bilhões) aumentou 2,92% em relação a abril.

Governadora Yeda Crusius autoriza reforço de 3.759 novos soldados para a Brigada Militar

Um grande pacote de medidas na área de Segurança Pública para a região da Serra, com impacto em 60 municípios, foi anunciado nesta quinta-feira pela governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), no 12º Batalhão de Polícia Militar, em Caxias do Sul. Yeda Crusius entregou um helicóptero e três caminhões ao Corpo de Bombeiros, no valor R$ 1,35 milhão, e autorizou um reforço de 3.759 vagas nos efetivos da Brigada Militar (BM), beneficiando todo o Estado. O contingente se somará aos 3.552 mil novos policiais que ingressaram na corporação em abril passado e que já estão nas ruas. As ações fazem parte do Programa Estruturante Cidadão Seguro. Com isso, em menos de um ano, a governadora Yeda Crusius estará incorporando mais de 7.000 novos soldados ao contingente da Brigada Militar. A seleção incluirá ainda 40 novos cadetes (capitães) e 41 novos oficiais para o quadro de saúde da corporação, entre médicos, veterinários, dentistas e enfermeiros. Junto a empresários, políticos e prefeitos da região, autorizou também a inclusão de 267 PMs bombeiros temporários já selecionados e outros 170 PMs temporários. Para a Polícia Civil, Yeda autorizou também a convocação de 298 candidatos aprovados em concurso público em 2009 para a realização de curso de formação de delegados de polícia. Também assinou portaria para instalação do Colégio Tiradentes em Caxias do Sul. Este colégio, que pertence à Brigada Militar, é a principal e melhor escola do Estado do Rio Grande do Sul, superior ao Colégio Militar, do Exército brasileiro, localizado em Porto Alegre, e também superior a qualquer escola privada existente no Estado. Durante o governo exterminador do petista Olívio Dutra, o Colégio Tiradentes foi fechado pela petralhada. E só foi reaberto no início do governo de Germano Rigotto, em uma solenidade no Salão Negrinho do Pastoreio, no Palácio Piratini, quando os alunos se apresentaram todos em forma, uniformizados, e deram um grande "hurra" à reabertura da escola modelo do ensino público gaúcho. Não é por acaso que petralhas querem o fechamento da melhor escola gaúcha. Para a petralhada só interessa ensino público completamente decadente, com escolas públicas que já foram modelos, como o Colégio Estadual Júlio de Castilhos, dominado pela maconherada.

Redação final do Plano Diretor de Porto Alegre é aprovada nesta quinta-feira

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou nesta quinta-feira o relatório com a redação final do projeto do Executivo que altera o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental (PDDUA). O revisor, vereador Reginaldo Pujol (DEM), sugeriu 16 ajustes, todos acolhidos pela Comissão de Constituição e Justiça. Entre as alterações propostas, as mais importantes se referem às emendas 58 e 179, que tratam de itens abordados pelo Estatuto das Cidades. Segundo o vereador, foi preciso retirar a emenda 179 porque ela conflita com a emenda 58, "mais bem elaborada e em acordo com o Estatuto das Cidades". A Comissão de Comissão e Constituição também aprovou alteração nos artigos 142, que trata das Áreas de Interesse Cultural, e 154, que define prazos para implementação do novo PDDUA. A nova redação diz: "Estarão sujeitos à elaboração de Estudo prévio de Impacto de Vizinhança (EIV) os empreendimentos e atividades que, potencialmente, possam gerar efeitos positivos e negativos na qualidade de vida da população residente na área e suas proximidades, incluindo a análise, no mínimo, das seguintes questões: adensamento populacional; equipamentos urbanos e comunitários; uso e ocupação do solo; valorização imobiliária; geração de tráfego e demanda por transporte público; ventilação e iluminação; e paisagem urbana e patrimônio natural e cultural". O artigo 60 prevê ainda que Lei Municipal definirá os empreendimentos e atividades sujeitos ao Estudo de Impacto de Vizinhança. O artigo 142 prevê que o município constituirá comissão para estudo, apresentação e encaminhamento de projeto de lei que vise à reestruturação da identificação, delimitação e detalhamento das Áreas de Interesse Cultural e das Áreas de Ambiência Cultural definidas pelos artigos 92 e 92-A do PDDUA e alterações posteriores, bem como a sustentabilidade e o fomento à utilização destas áreas. O artigo estipula que a comissão será formada por representantes das secretarias municipais do Planejamento, Cultura, Meio Ambiente e de Gestão e Acompanhamento, além de dois representantes do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental e dois representantes do Fórum de Entidades. Por fim, o artigo prevê que as emendas não apreciadas nas discussões do PDDUA, cujo teor trate de áreas especiais de interesse cultural, serão encaminhadas para estudo e análise técnica da comissão prevista no próprio artigo 142. Em que lugar da Constituição está escrito que uma Comissão de Constituição e Justiça, na redação final de um projeto de lei, tem poderes para suprimir artigos, emendas, e criar outros dispositivos? Se Porto Alegre tivesse verdadeira cidadania, este projeto não duraria dois dias antes de ser contestado na Justiça. Afinal, a Câmara Municipal de Porto Alegre é conhecida como "Quinzinho", e foi até alavancada para "Vinte e seizinho", em duas de 13.

Mão Santa é o candidato ao Senado mais rejeitado pelos eleitores

Apesar de estar no segundo lugar na preferência do eleitorado do Piaui para ser reeleito ao Senado Federal, o senador Francisco de Assis de Moraes Souza, o Mão Santa (PSC), tem a maior taxa de rejeição dos eleitores, aponta a pesquisa Jornal Meio Norte – Instituto Amostragem. Segundo o levantamento, 22,16% dos eleitores afirmam que não votariam de jeito nenhum em Mão Santa. Em seguida vem Toin do Frango (PSL), com índice de rejeição de 17,15%. O terceiro mais rejeitado, com índice de 16,27%, é o senador Heráclito Fortes (DEM). O deputado federal Antônio José Medeiros (PT) tem índice de rejeição de 13,63%. Joaquim Saraiva (PR) tem índice de rejeição de 11,61%; Ciro Nogueira (PP) tem índice de rejeição de 9,23% e o candidato do PCB ao Senado, Antônio de Deus Neto, é rejeitado por 8,71% do eleitorado. O candidato ao Senado com menor índice de rejeição, de 6,68%, é o ex-governador Wellington Dias (PT).