sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Cristovam Buarque defende candidato próprio do PDT e diz não ver diferença entre Serra, Dilma e Ciro

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) defendeu nesta quinta-feira no Twitter a candidatura própria do partido à Presidência da República. O PDT integra a base de apoio do presidente bolivariano Lula, que tenta unificar a base de sustentação do seu governo em torno da pré-candidatura da ministra petista Dilma Rousseff. Instado por internautas a se lançar candidato, Cristovam Buarque respondeu: "Defendo que o PDT tenha candidato próprio". Cristovam disputou a eleição presidencial de 2006, quando recebeu 2,5 milhões de votos no primeiro turno. No Twitter, Cristovam Buarque criticou a disputa eleitoral de 2010 e disse não ver diferença entre as propostas dos pré-candidatos Dilma Rousseff, o governador José Serra (PSDB-SP) e o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE). "No governo Lula, o Brasil sofreu grande retrocesso no debate de idéias. Basta ver a semelhança no discurso dos candidatos à Presidência", escreveu ele.