segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Mercedes admite retorno de Raikkonen à McLaren no Mundial de F-1 em 2010

O diretor da Mercedes-Benz, parceira da equipe McLaren de F-1, Norbert Haug, admitiu nesta segunda-feira que existe a possibilidade de o finlandês Kimi Raikkonen retornar à equipe inglesa na próxima temporada. Raikkonen, que deixou a escuderia em 2006, defende atualmente a Ferrari. Apesar de ter contrato com o time italiano até 2010, o finlandês pode ser substituído por Fernando Alonso para o próximo ano. Caso acerte a volta de Raikkonen, a McLaren deve demitir o finlandês Heikki Kovalainen e teria uma dupla de pilotos formada por dois campeões mundiais. Raikkonen venceu o Mundial de 2007, pela Ferrari, enquanto o inglês Lewis Hamilton é o atual campeão.

Governo de Honduras fecha rádio e TV que apóiam golpista Manuel Zelaya

O governo de Honduras fechou nesta segunda-feira duas das principais emissoras de oposição do país, a rádio Globo e o Canal 36. As duas empresas de comunicação são favoráveis ao presidente deposto pela Suprema Corte, o golpísta Manuel Zelaya. Elas foram fechadas como parte do decreto de domingo que estabeleceu estado de exceção no país por 45 dias, o que é previsto pela Constituição de Honduras, o que permite proibir protestos públicos e suspender liberdade de expressão e de imprensa. Dezenas de soldados do Exército de Honduras invadiram e tiraram do ar na madrugada desta segunda-feira a Rádio Globo. Os militares também fecharam o Canal 36, que estava transmitindo apenas um padrão teste. O decreto do governo, aprovado em Conselho de Ministros, autoriza a polícia e as forças armadas a fecharem quaisquer estações de rádio ou televisão "que não ajustarem sua programação às disposições atuais". O porta-voz do governo interino, Rene Zepeda, confirmou que as duas emissoras foram retiradas do ar pelo decreto que fecha meios de comunicação "que atacam a paz e a ordem pública". "Desmantelaram a rádio, desmantelaram a Constituição da República", disse Andrés Pavón, presidente do Comitê para a Defesa dos Direitos Humanos de Honduras (CODEH). "É uma agressão total, estamos diante de um regime militar", completou ele, em uma versão completamente ideologizada do que verdadeiramente ocorre no país. Honduras não está em um regime militar, está em um regime constitucional pleno, que estabeleceu o estado de exceção que é previsto na Constituição. Estado este que foi imposto pelo clown bolivariano, com seu estúpido retorno ao país, organizado pelos bolivarianos Hugo Chávez e Lula.

Senado sabatina Toffoli na quarta-feira

Os senadores da Comissão de Constituição e Justiça sabatinam na quarta-feira José Antonio Dias Toffoli, advogado-geral da União. Ele foi indicado pelo presidente bolivariano Lula para ocupar uma vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal. Na semana passada, os senadores cumpriram o acordo fechado pelos líderes partidários e concederam vista ao relatório do senador Francisco Dornelles (PP-RJ) sobre a escolha de Toffoli. O texto de Dornelles foi positivo à indicação de Toffoli à medida que não traz críticas ao advogado nem faz referência às polêmicas lançadas contra a indicação dele para o cargo. O parecer de Dornelles não cita o fato dele ter sido advogado do presidente bolivariano Lula nas disputas eleitorais de 1998, 2002 e 2006, nem o fato de ter sido reprovado em dois concursos públicos para juiz em São Paulo. Se for aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça, o nome de Toffoli terá ainda que ser referendado pelo plenário do Senado Federal com o apoio de pelo menos 41 senadores.

Movimento entrega à Câmara dos Deputados projeto contra candidatura de "ficha suja"

Apesar da resistência dos deputados federais em discutir restrições para a participação de políticos "ficha suja" nas eleições, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral vai entregar nesta terça-feira à Câmara dos Deputados o projeto de iniciativa popular que estabelece novos critérios para os candidatos com problemas na Justiça disputarem cargos públicos. O movimento reuniu 1,3 milhão de assinaturas favoráveis à proposta. Pela legislação brasileira, projetos de iniciativa popular só podem ser encaminhados ao Congresso com a adesão mínima de 1% da população brasileira, o que equivale ao mínimo de 1,3 milhão de assinaturas. O presidente da Câmara dos Deputados, o deputado federal Michel Temer (PMDB-SP), saiu em defesa da iniciativa popular depois de reunir-se na semana passada com representantes do movimento. "A iniciativa é uma demonstração prática do amálgama de democracia direta e representativa que é a Constituição", afirmou. Temer prometeu dar celeridade à matéria depois que o texto chegar ao Legislativo.

Banda larga estará em 20% das casas do mundo até o fim do ano

No fim deste ano, 20% de todas as casas do mundo estarão conectadas à internet de alta velocidade, conforme estudo da consultoria Gartner, especializada em tecnologia, publicado nesta segunda-feira. "Apesar da crise econômica mundial, o número de casas conectadas à internet de alta velocidade continua aumentando de forma significativa", destaca a Gartner. "Os consumidores estão atentos a seus gastos, mas abandonar suas conexões de alta velocidade não está entre suas prioridades", afirma a analista Amanda Sabia no comunicado. Em 2008, 382 milhões de casas já tinham conexão, mas este número aumentará para 422 milhões ao final de 2009, ou seja, 10,5% a mais. Para 2013, a Gartner aposta em 580 milhões, o que representaria uma alta de 37,4% em relação a 2009. Os países emergentes, em particular China, Brasil e Índia, terão forte desenvolvimento nestas conexões, mas a diferença em relação às nações industrializadas continuará sendo grande. No fim de 2008, quase 20 países tinham percentuais de conexões superiores a 50%. A Coréia do Sul, com 86% de suas casas equipadas com esta tecnologia, está à frente da lista. No trio de ponta estão ainda Holanda (80%) e Dinamarca (80%).

França promete "transparência" ao Brasil após acidente com caças Rafale

A França prometeu ao Brasil "transparência" com relação aos aviões de combate Rafale que o país estuda comprar em uma operação milionária, após o acidente de duas aeronaves deste modelo no Mar Mediterrâneo, indicou nesta segunda-feira um porta-voz do ministério francês da Defesa. "Com o Brasil, que é um sócio essencial, quando chegar a hora e segunda modalidades que, tenho entendido, ainda não foram fixadas, haverá relações de transparência naturais como podem esperar dois países parceiros", disse Laurent Teisseire. O comando da FAB pediu na semana passada às autoridades francesas para ter acesso às investigações abertas após o acidente de dois caças Rafale na quinta-feira no Mar Mediterrâneo, devido aparentemente a uma colisão em vôo. Este acidente aconteceu no momento em que o Brasil estuda a compra de 36 caças Rafale ao construtor francês Dassault Aviation por US$ 7 bilhões (5 bilhões de euros).

Ministro Nelson Jobim diz que preferência da Embraer por suecos não terá peso na escolha de caças

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse nesta segunda-feira que não vai levar em conta a opinião da Embraer no processo de escolha para a compra de novos caças para a Aeronáutica. O vice-presidente executivo para o mercado de defesa da empresa, Orlando José Ferreira Neto, declarou ao jornal Valor Econômico que a proposta da sueca Saab é a melhor do ponto de vista de transferência de tecnologia. Ele informou que a Embraer avaliou as propostas feitas até agora, a pedido da própria Aeronáutica. "Não cabe a Embraer ter opinião a respeito desse assunto. Quem cabe é o governo brasileiro, e a Embraer não é parte do governo brasileiro", afirmou Nelson Jobim, depois de participar da abertura de conferência internacional sobre energia nuclear (Inac), no Rio de Janeiro. Jobim reafirmou que a queda dos caças franceses Rafale, na semana passada, não terá influência na decisão do governo brasileiro.

Adesão do PMDB à candidatura da petista Dilma Rousseff oficializa racha do partido pobreg

O PMDB, para não fugir à regra, vai seguir rachado em 2010 na disputa pela Presidência da República. Embora a maioria do partido seja favorável à adesão à candidatura da petista Dilma Rousseff (ministra chefe da Casa Civil), a ala que apóia o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), promete reverter o pensamento dos peemedebistas aliados do governo Lula até o início de 2010. A ala serrista do PMDB aposta na queda da candidatura de Dilma Rousseff para reverter a maioria dos peemedebistas que atualmente apóiam a petista. "Confesso que hoje somos minoritários, a parte governista é bem maior. Mas a Dilma está caindo nas pesquisas Pelo que conheço do PMDB, muitos vão abandonar esse barco", disse o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE). O parlamentar, que é um dos articuladores do apoio do PMDB a José Serra, defendeu que o partido espere antes de definir que vai apoiar Dilma Rousseff formalmente. Nos bastidores, porém, aliados do presidente licenciado do partido, deputado federal Michel Temer (PMDB-SP), negociam o anúncio nos próximos dias do apoio a Dilma Rousseff, o que abre caminho para o presidente da Câmara dos Deputados ser indicado para a vice-presidência na chapa da petista.

Governo de Micheletti decreta estado de sítio em Honduras

O governo de Honduras decretou estado de sítio no país na noite deste domingo, suspendendo por 45 dias as garantias constitucionais, a liberdade de ir e vir, de circulação, expressão e reuniões públicas. O decreto permite desalojar manifestantes, fechar os meios de comunicação que "ofendam a dignidade humana, os funcionários públicos ou atentem contra a lei”. Suspeitos poderão ser presos. O governo provisório justificou o estado de sítio como necessário "para a manutenção da ordem pública", ameaçada com os incidentes ocorridos com o retorno do golpista Manuel Zelaya a Honduras, em ação patrocinada pela Venezuela do clown bolivariano Hugo Chávez, e pelo Brasil, do bolivariano Lula. O presidente deposto, o golpista Manuel Zelaya, que continua na embaixada do Brasil com cerca de 100 asseclas, considerou o decreto uma “barbaridade" e pediu ao Parlamento que o suspenda, convocando os deputados a dialogar. Zelaya utiliza a embaixada do Brasil, o tempo inteiro, como um palanque para promover a insurreição no país. Uma rádio e uma TV, que o apóiam, correm risco de fechar com a decisão do governo interino.

Embaixada do Brasil em Honduras perderá status diplomático

O governo de Honduras afirmou neste domingo que a Embaixada do Brasil em Tegucigalpa perderá seu status diplomático em dez dias, mas descartou que isso signifique uma possível "intervenção" no local para capturar o presidente deposto, o golpista Manuel Zelaya. “O privilégio do Brasil de ter uma missão em Honduras acaba em dez dias por reciprocidade, mas isso não é um elemento para dizer que o senhor Zelaya ficará na rua ou que fica em aberto uma intervenção para capturá-lo”, declarou o chanceler Carlos López. Ele assegurou que os dez dias dados ao Brasil para que esclareça e resolva a situação de Zelaya não é um ultimato, mas "um prazo de cortesia": “As relações estão quebradas desde sábado, quando foi emitido o comunicado, mas está sendo dado um período moderado de cortesia internacional para que os funcionários possam entregar suas carteiras para ir embora”. López disse que foi o Brasil que rompeu com o atual governo ao desconhecê-lo e assegurou que se não existe essa relação bilateral evidentemente deve-se "baixar o escudo", pois o prédio passa a ser um escritório particular.

Sérgio Buchmann dá respostas evasivas à interpelação judicial de Genilton Ribeiro

O ex-presidente do Detran gaúcho, o auditor fiscal Sérgio Buchmann (funcionário da Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul, na foto), encaminhou resposta no dia no último dia 11 a interpelação feita em juízo por Genilton Ribeiro, subsecretário estadual da Administração. Na resposta, encaminha pelo escritório Brunetti Castilhos Advocacia, ele reafirma que ouviu de Genilton acusações contra a governadora Yeda Crusius, o delator Lair Ferst e o procurador de Estado Flávio Vaz Neto, ex-presidente do Detran. Sérgio Buchmann também diz que a suposta “conversa” com Genilton Ribeiro não teve testemunhas, admite que não tem provas do que disse na Polícia Federal, e nem sequer sabe se o que disse tem ou não tem fundamento. Mas não é mesmo uma autêntica maravilha? O subsecretário Genilton Ribeiro interpelou o auditor fiscal Sérgio Buchmann porque deverá processá-lo civil e criminalmente. Sérgio Buchmann ficou apenas três meses no Detran e surgirá nos próximos dias como a grande estrela do PT na CPI petista na Assembléia Legislativa. Há no caso toda uma história extremamente mal contada. Ao sair do Detran, atirando para todos os lados, Sérgio Buchamann correu a procurar o Ministério Público do Estado para prestar depoimento. Ao que consta, foi recebido pelo promotor Ricardo Herbstrith. Este tomou uma atitude absolutamente insólita: levou o seu depoente para depor na Polícia Federal, onde já se encontrava o procurador federal Enrico Rodrigues de Freitas (ele faz parte da Força Tarefa da Operação Rodin, e atua em Cachoeira do Sul. Na semana passada, na CPI do PT, a deputada estadual petista Stela Farias (ré em um alentado processo de improbidade administrativa que corre contra ela na comarca de Alvorada), divulgou o áudio do depoimento de Sérgio Buchmann na Polícia Federal. Pelo tom da voz no depoimento percebe-se como ele estava resoluto, determinado, com muita coragem, mesmo. Pois bem, agora se sabe que o tom mudou vivamente na resposta à interpelação judicial. Nesta, ele diz que foi surpreendido pela convocação dos policiais. Nesse episódio também ressalta a atuação do xerife Ricardo Herbstrith, promotor do Ministério Público Estadual, que deveria ter aberto uma investigação na sua alçada, mas que levou o depoente Buchmann para depor na Polícia Federal. Por que Herbstrith não cumpriu o seu papel? Agora se sabe que, na semana passada, o nome do promotor Ricardo Herstrith foi encaminhado em uma lista lista sêxtupla para o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, que deverá escolher um como representante do Ministério Público no quinto constitucional da corte gaúcha. Perguntinha rápida: como pode ser candidato do Ministério Público, a uma vaga de desembargador, quem foi condenado pelo Conselho Superior do próprio Ministério Público? Esperem mais detalhes. O grampo está solto.

Ministro Gilmar Mendes cobra governo Lula por “vazamento seletivo de dados” na Polícia Federal

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, cobrou o governo do bolivariano Lula sobre resultados de inquéritos abertos para apurar supostos abusos a partir de "vazamento seletivo de informações protegidas por segredo de Justiça, de forma a propagar aleivosias e suspeitas fabricadas". Em ofício ao ministro da Justiça, o peremptório Tarso Genro (foto), chefe da Polícia Federal (comissário da KGB petista), Gilmar Mendes enumera nove ocorrências que, segundo ele, caracterizam "finalidade de acuar e intimidar magistrados para que não contrariassem, mas se submetessem aos desígnios de agentes que desonram a Polícia Federal e o Ministério Público". O questionamento é extensivo ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, chefe do Ministério Público Federal. "Diversos foram os casos em que tal procedimento ficou patente, revelando que havia método na aparente insensatez", assinala o ministro Gilmar Mendes. O ministro cita um caso em que ele mesmo foi alvo. Seu nome foi divulgado pela Polícia Federal, em 2007, durante a gestão do delegado Paulo Lacerda, como beneficiário de brindes da construtora Gautama. O investigado era Gilmar de Melo Mendes, ex-secretário da Fazenda de Sergipe: "A informação foi divulgada de modo a induzir a confusão de homonímia”. Segundo Gilmar Mendes, juízes que não se curvassem às pretensões dos investigadores "passavam à avaliação de corruptos e, na sequência, tinham seus nomes temerariamente vinculados a fatos inverídicos ou a episódios completamente desvinculados de suas vidas pessoais ou profissionais". Isso comprova a existência de um Estado totalitário montado pelo PT e executado pelo comissário Tarso Genro, por meio de sua KGB, a Polícia Federal.

Deputado José Sperotto sai nesta semana do DEM gaúcho

O PSDB deverá se tornar na segunda maior bancada na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, nesta semana, com o ingresso do deputado estadual José Sperotto, que requer na Justiça Eleitoral o reconhecimento de justa causa para se desfiliar do DEM, partido pelo qual foi eleito. A causa será julgada pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral nesta terça-feira. O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul realizou, no dia 24 de setembro, uma audiência na qual o parlamentar e seis testemunhas, três de cada parte, foram ouvidos pelo procurador Regional Eleitoral, Vitor Hugo Gomes da Cunha, e pelo relator do processo, desembargador Luiz Felipe Silveira Difini. Sperotto diverge frontalmente do atual comando do DEM no RS. O DEM opõe-se de maneira drástica ao governo de Yeda Crusius (PSDB), apoiado por José Sperotto, e por causa disso o deputado é hostilizado pelo partido há três anos.

Ministério Público do Tribunal de Contas vai investigar enriquecimento do deputado estadual Alexandre Postal

O Ministério Público Estadual Junto ao Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul vai iniciar uma investigação sobre os fortes sinais de enriquecimento do deputado estadual Alexandre Postal (PMDB). A investigação será feita a partir de investigação protocolada no Tribunal de Contas. Conforme a representação, o deputado estadual Alexandre Postal adquiriu, recentemente, duas grandes propriedades imobiliárias. Uma delas seria apartamento de cobertura em edifício na rua 1º de Janeiro, e uma mansão em condomínio fechado no balneário de Atlântida, no litoral norte gaúcho.

Tribunal de Contas gaúcho espera a votação na Assembléia do seu trenzão da alegria

Está na pauta para votação na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, díade o dia 9, o projeto de Lei 254/08, que trata do Plano de Carreira para os servidores do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul. A votação poderá sair nesta semana. As perspectivas para o contribuinte gaúcho são as piores possíveis, porque esse plano de carreira para os servidores do Tribunal de Contas embute um violento trem da alegria. Através de gratificação especial, ele aumentará os salários dos servidores em 100%. Pior do que isso, vai consolidar a incorporação de gratificações ilegais que o Tribunal de Contas, ao arrepio da lei, e com uma interpretação toda favorável aos seus, foi distribuindo ao longo dos anos, desde o governo Antonio Britto (PMDB), que havia acabado com esta farra. Como os deputados estaduais gaúchos estão aterrorizados com as investigações realizadas pelo Ministério Público Especial junto ao Tribunal de Contas, a tendência é de que queiram conceder tudo aos funcionários da Corte de Contas, para “aliviar o clima”. E o idiota do contribuinte gaúcho é que vai pagar, sem relinchar.

Agentes do ex-Dops vigiaram Lula e Serra em São Paulo

Durante 16 anos, em meio à euforia da abertura democrática, arapongas da polícia de São Paulo espreitaram José Serra, Franco Montoro, Mário Covas, Aloysio Nunes Ferreira, Michel Temer, Dom Claudio Hummes, Luiz Inácio Lula da Silva e outras lideranças políticas, sociais e religiosas. A vigilância clandestina foi exercida intensamente e prevaleceu por todo o período entre março de 1983 e maio de 1999. O segredo dos espiões estava lacrado havia uma década em grandes caixas de papelão empilhadas no Arquivo Público do Estado. Elas escondiam acervo de 1.286 pastas com dados pessoais e temáticos, 52.875 fichas remissivas, documentos expedidos por repartições oficiais, relatórios de ações investigativas, materiais apreendidos e robusta coleção de recortes de jornais da época.

DEM promete obstruir votações

O DEM vai obstruir as votações na Câmara dos Deputados e no Senado Federal a partir desta terça-feira para pressionar os líderes do governo Lula nas duas Casas a aceitar a inclusão na pauta sobre o repasse de R$ 1 bilhão aos Municípios. O projeto de lei do Congresso Nacional tem o objetivo de compensar os municípios da queda de receita do Fundo de Participação de Municípios (FPM). A oposição quer a aprovação de urgência para a tramitação da proposta. Segundo o líder do DEM, deputado Ronaldo Caiado (GO), o Governo quer adiar ao máximo o pagamento aos municípios e, em razão disso, a base aliada não concorda com a urgência.

Câmara dos Deputados pode limitar compra de terras brasileiras por estrangeiros

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados pode votar nos próximos dias o projeto de lei que limita a posse e propriedade de terras no Brasil por estrangeiros. Se aprovado na Comissão de Constituição e Justiça, pelo seu caráter conclusivo, o projeto poderá seguir direto ao Senado Federal, sem passar pelo Plenário da Casa. O texto proíbe que estrangeiros não residentes ou domiciliados no País há mais de dez anos possuam imóvel rural com mais de quinze módulos fiscais em todo o território da Amazônia Legal. A mesma restrição vale para empresas e entidades estrangeiras não instaladas no País há pelo menos uma década. Nas áreas de fronteira, o projeto é mais rigoroso: não permite que nenhum estrangeiro com menos de 10 anos no País possua propriedade.

Tarsila Crusius vai processar jornalista Ricardo Noblat e jornal O Globo

Nesta segunda-feira o jornalista Ricardo Noblat e o jornal O Globo levarão dois processos, ambos movidos por Tarsila Crusius, filha da governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB). Tarsila Crusius resolveu processar também o jornalista André Machado, de Zero Hora, mais o jornal O Estado de S. Paulo e a revista Veja. O processo cível diz respeito a exposição de fotos relacionados com o cárcere privado, injúria e ameaças físicas à integridade dos filhos de 8 e 11 anos de Tarsila Crusius, agressões realizadas defronte a casa da governadora Yeda Crusius, em julho, todas lideradas pela presidente do Cpers (sindicato petista). Os veículos de imprensa publicaram fotos dos netos de Yeda Crusius, sem preservar a identidade das crianças e, pior, situando-as atrás das grades da casa da governadora, em uma posição destinada a passar a imagem de que estavam em cela de prisão comum. As crianças passaram vexames até mesmo dentro da escola que freqüentam. É curioso, porque a imprensa, em geral, toma cuidado para não mostrar as fisionomias de menores bandidos, mas não vacilaram em mostrar as feições apavoradas dos netos da governadora Yeda Crusius, assustados pela sanha petista.

Tribunal de Contas da União manda bloquear R$ 5,2 milhões de obra do PAC

O Tribunal de Contas da União determinou a retenção de R$ 5,2 milhões de uma obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para construir 1.290 casas populares em Brasília. A obra foi inaugurada no dia 15 de junho pela ministra da Casa Civil, a candidata petista Dilma Rousseff, e o governador José Roberto Arruda (DEM). Na ocasião, eles entregaram 32 moradias na Vila Estrutural, bairro pobre de Brasília. Três meses depois, o Tribunal de Contas da União identificou sobrepreço de R$ 5,2 milhões, irregularidades na licitação e falhas na execução da obra, avaliada em R$ 72 milhões. O caso foi considerado "grave" pelo ministro Aroldo Cedraz, relator do processo. Segundo ele, houve "inexecução de serviços pactuados ou execução em quantidades inferiores às contratadas". Os valores deverão ser retidos nos pagamentos feitos à empresa Ericstel Construções Ltda, vencedora da concorrência para construir as moradias, de 41 metros quadrados. Além de analisar o contrato de todo o projeto, os técnicos visitaram as 32 casas, inauguradas por Dilma e Arruda, e constataram falta de itens previstos e pagos, como soleiras de mármore ou granito, chapiscos e vidros.

Senadora Marina Silva briga para manter mandato

A senadora Marina Silva (AC), recém-filiada ao PV, disse ontem, em Fortaleza, que rejeita entregar o mandato ao PT. Foi uma resposta ao deputado federal petista cassado (por corrupção) José Dirceu (PT-SP), que nesta semana a comparou aos políticos tradicionais e cobrou a devolução do mandato. Marina Silva ainda anunciou que percorrerá o País para debater o desenvolvimento sustentável. Em entrevista à rádio O Povo/CBN, a mesma usada pelo réu (do processo penal do Mensalão) José Dirceu para atacá-la, Marina Silva destacou que foi eleita por suas bandeiras e, por esse motivo, não por conveniência política, trocou de legenda.

Professor norte-americano explica porque as escolas brasileiras são tão ruins

Está em Veja: "Poucos especialistas observaram tão de perto o dia a dia em escolas brasileiras quanto o americano Martin Carnoy, 71 anos, doutor em economia pela Universidade de Chicago e professor na Universidade Stanford, nos Estados Unidos, onde atualmente também comanda um centro voltado para pesquisas sobre educação. Em 2008, Carnoy veio ao Brasil, país que ele já perdeu as contas de quantas vezes visitou, para coordenar um estudo cujo propósito era entender, sob o ponto de vista do que se passa nas salas de aula, algumas das razões para o mau ensino brasileiro. Ele assistiu a aulas em dez escolas públicas no país, sistematicamente - e chegou até a filmá-las -, além de falar com professores, diretores e governantes. Em entrevista à editora Monica Weinberg, Martin Carnoy traçou um apurado cenário da educação no Brasil. Diz ele, sobre o “construtivismo”, que impera na educação brasileira: “O construtivismo que é hoje aplicado em escolas brasileiras está tão distante do conceito original, aquele de Jean Piaget (psicólogo suíço, 1896-1980), que não dá nem mesmo para dizer que se está diante dessa teoria. Falta um olhar mais científico e apurado sobre o que diz respeito à sala de aula. É bem verdade que esse não é um problema exclusivamente brasileiro. Especialistas no mundo todo têm o hábito de martelar seus ideários sem se preocupar em saber que benefícios eles trarão ao ensino. Há um excesso de ideologia na educação. No Brasil, a situação se agrava porque, acima de tudo, falta o básico, bons professores”. Ele é enfático ao dizer: “Os professores brasileiros precisam, de uma vez por todas, ser inspecionados e prestar contas de seu trabalho, como já ocorre em tantos países. A verdade é que, salvo raras exceções, no Brasil ninguém sabe o que eles estão ensinando em sala de aula. É o que me faz comparar as escolas públicas brasileiras às empresas pré-modernas. Elas não contam com mecanismos eficazes para cobrar e incentivar a produtividade. Contratam profissionais que ninguém mais no mercado quer, treinam-nos mal e, além disso, não exercem nenhum tipo de controle sobre eles. Hoje, os professores brasileiros estão, basicamente, livres para escolher o que vão ensinar do currículo. Não há padrão nenhum - tampouco há excelência acadêmica”.

Dilma Rousseff acha os homens brasileiros fracos

A petista Dilma Rousseff, candidata do PT à Presidência da República, deu mais uma das suas estapafúrdias declarações. Ela disse: “Estou em um País em que nenhum homem assume suas posições. Quando eu assumo, sou tachada de durona e mal-humorada”. Que tal? Não há dúvida de que a candidata bolivariana Dilma Rousseff tem uma avaliação ruim do homem brasileiro. A bolivariana Dilma Rousseff, que pegou em armas, acha o macho brasileiro meio frouxo, meio bocó, meio bobalhão, aquilo que, na escola, antigamente, a gente chamava “mulherzinha”, em sentido pejorativo. É isso: a bolivariana Dilma Rousseff acha o homem brasileiro “muito mulherzinha”. A bolivariana Dilma Rousseff, com toda certeza, esta mal acostumada e pode ter uma experiência deformada com homens. Ela tem todas as características de uma mulher misândrica. O que há de comum entre Lênin, Stálin, Mao Tse-Tung, Lula, Guido Mantega e Aloizio Mercadante? Todos eles são maus exemplos de homens para a ministra Dilma Rousseff. Os três primeiros certamente ajudaram a compor seu imaginário juvenil de varões que “assumem posições”. E, quando esquerdistas desse (ou daquele) quilate se posicionam, é melhor sair da frente. A humanidade treme. O que quero dizer é que o desempenho de valentes como estes citados distorcem a impressão do que pode ser um “homem de posição”. Fica difícil rivalizar com qualquer um deles caso se leve em conta a sua obra, não é mesmo? Fizeram questão de, sob certo ponto de vista, deixar Gengis Khan no chinelo. Dilma Rousseff vê o homem contemporâneo e deve pensar: “Que falta de posição!” Os três distorcem o seu imaginário adulto. Na entrevista, ela voltou a se referir aos “homens meigos” que a cercam, que, salvo engano, são brasileiros e, pois, “não assumem posições”. Tomo Guido Mantega apenas como emblema. Dilma Rousseff gosta de dar bafão, o famoso esporro, nos seus subordinados meigos. Mantega é um dos alvos constantes. E ele agasalha a fúria da chefa com impressionante meiguice, pouco importa quem assista ao espetáculo. Não que ela seja, de fato, um exemplo de eficiência. Ela só é mais rápida do que os que a cercam para arrumar culpados, e sua ausência de limites se confunde com excesso de competência. Ela conclui: “O homem brasileiro não assume posição”. Mercadante, um senador do seu partido, também a leva a má impressão sobre o homem brasileiro, apesar de “assumir posições”, todas “irrevogáveis”. A sua contribuição foi dar novo sentido para “irrevogável”: o “irrevogável” passou a significar “revogável”. Dilma Rousseff pode ter pensado: “Isso é o homem brasileiro”. E, é claro, Lula tem sido a mais permanente influência no juízo deformado que Dilma Roussef faz do “homem brasileiro”, o que certamente estimula a sua misandria. No que acerta, Lula se dedica, a cada dia, a negar o que dissera aquele antigo político de oposição; no que erra, ele guarda impressionante coerência com o seu passado. (conforme dicionário, misandria significa aversão mórbida ao sexo masculino).

Lula diz que "não aceita ultimato de governo golpista" de Honduras

O Brasil "não aceita ultimato de um governo golpista", declarou o presidente bolivariano Lula, em resposta ao prazo de dez dias dado pelo governo de Roberto Micheletti para definir o status de Manuel Zelaya, que está na embaixada do Brasil em Tegucigalpa. O bolivariano Lula disse que o deposto golpista Zelaya é "o presidente legítimo de Honduras" e que seu status é "hóspede da Embaixada do Brasil" em Tegucigalpa. O governante brasileiro respondeu, assim, ao ser perguntado pelo prazo "não maior de dez dias" dado por Micheletti ao Brasil para que defina o status de Zelaya, que está na sede diplomática brasileira desde que voltou a Honduras, na segunda-feira da semana passada. "Zelaya foi expulso do poder da maneira mais vergonhosa possível", disse Lula. "Para mim, a solução é simples: os golpistas devem sair do palácio presidencial", afirmou, acrescentando que "Zelaya deve retornar ao poder e se deve convocar eleições". Não, o vagabundo Zelaya não foi expulso de maneira vergonhosa do Palácio, foi deposto por uma decisão do Supremo Tribunal de Honduras, que o bolivariano Lula insiste em ignorar.

Violência e racha com PMDB abalam PT na Bahia

A um ano da disputa pelo governo da Bahia, a oposição aproveita a onda de atentados criminosos em Salvador para tentar desestabilizar a pré-candidatura à reeleição do governador Jaques Wagner (PT), fragilizado politicamente pela recente saída do PMDB da base aliada e pela dificuldade em reduzir os índices de desemprego e de infectados pela dengue. Quarto colégio eleitoral do País (com 9,2 milhões de eleitores, ou 7% do total), a Bahia é considerada pelo presidente Lula peça-chave na costura da aliança nacional entre o PT e PMDB. É o Estado mais populoso governado por petistas. Criticada em propagandas políticas e discursos da oposição, a gestão da segurança pública será o alvo prioritário dos principais pré-candidatos de oposição a Jaques Wagner: o ex-governador Paulo Souto (DEM) e o antigo aliado Geddel Vieira Lima (PMDB), ministro da Integração Nacional. "Esse nível de violência, nunca antes visto na história da Bahia, com certeza será tema central nos debates do ano que vem", afirma Leur Lomanto Júnior, líder do PMDB na Assembléia Legislativa baiana.

Polícia diz que Alstom pagou R$ 2,4 mi a firma-fantasma

A Alstom pagou cerca de R$ 2,4 milhões a uma empresa-fantasma chamada Mutual Finance Investments & Participações, criada com os números de documentos de duas donas de casa que moram em palafitas na periferia de Manaus (AM). A Polícia Civil de São Paulo acredita que o dinheiro foi usado para comprar dólares, usados para pagar propina a políticos ou a funcionários públicos. Os depósitos foram feitos em 2003. A Alstom diz que o dinheiro depositado na conta da Mutual foi a comissão paga a um corretor pela venda de títulos da Cesp (Companhia Energética de São Paulo).

Governo de Micheletti dá prazo ao Brasil para que defina status de Zelaya

Na noite de sábado, o governo de Roberto Micheletti, deu um prazo de dez dias ao Brasil para que defina o status do presidente deposto, o golpista Manuel Zelaya, que desde a segunda-feira passada está refugiado na Embaixada do país em Tegucigalpa. O governo Micheletti exigiu ainda que o Brasil se assegure de que sua Embaixada não será usada por Zelaya "para pregar a violência", em alusão ao pedido do presidente deposto que pediu à população hondurenha que pratique "atos de desobediência civil" contra o regime interino. Em comunicado o governo pede que o Brasil "tome medidas imediatas que assegurem que Zelaya deixe de utilizar a proteção da missão diplomática brasileira para instigar a violência em Honduras". Jamais se viu antes uma intromissão tão ostensiva do Brasil na vida interna de outro país.

Clown bolivariano Hugo Chávez agora interfere diretamente no Brasil e diz que Dilma é sua candidata

O presidente da Venezuela, o ditador caribenho e clown bolivariano Hugo Chávez, disse no sábado que a ministra-chefe da Casa Civil, a petista bolivariana Dilma Rousseff, é sua candidata para as eleições brasileiras de 2010. "Dilma será a próxima presidente do Brasil", afirmou Chávez em seu discurso na abertura da 2ª Cúpula América do Sul-África, realizada em Isla Margarita, na Venezuela. "Sei que vão me acusar de ingerência, meu coraçãozinho é quem está falando", disse o palhaço caribenho. Lula, que estava no convescote, “sorriu” ao ouvir o discurso do clown bolivariano.

Lula diz ser necessário impedir retrocesso nas democracias da América Latina

O presidente bolivariano Lula afirmou no sábado que é preciso impedir os "retrocessos" no processo democrático da América Latina, ao citar a crise política em Honduras, onde o presidente deposto, o golpista Manuel Zelaya, permanece na embaixada do Brasil em Tegucigalpa: "Lutamos muito para varrer para o lixo da história as ditaduras militares de antes, não podemos permitir retrocessos deste tipo em nosso continente. Esta é uma questão importante para nós, sul-americanos, na alvorada de um século moldado pela democracia e o multilateralismo". Lula distorce deliberadamente os fatos para enquadrá-los ao seu entendimento bolivariano de democracia. Zelaya foi deposto constitucionalmente, por uma ordem do Supremo Tribunal de Honduras, porque pretendia violar a lei e realizar um plebiscito para se manter no poder, como os bolivarianos Rafael Correa, no Equador; o clown bolivariano Hugo Chaves, na Bolívia, e o trotskista cocaleiro Evo Morales, na Bolívia. Ver o bolivariano Lula defendendo a democracia, enquanto se abraça sem qualquer vergonha aos genocidas da dinastia Castro de Cuba, ou com o fascista islâmico Ahmadinejad, do Irã, é de morrer de rir.

Serra evita rebater críticas de Ciro e diz que não vai "entrar em baixaria"

Em encontro do PSDB realizado em Natal (RN), no sábado, o governador de São Paulo, José Serra, evitou comentar as críticas feitas pelo deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), coronel nordestino, que na sexta se referiu a ele como "mais feio na alma do que no rosto". Serra afirmou apenas que não iria entrar em "baixaria", e se negou a rebater as declarações do possível adversário à sucessão presidencial em 2010. "Olha, eu tenho mais coisas para fazer, estamos governando São Paulo, não vou entrar em nenhuma baixaria ou bate-boca", disse Serra.

Diplomata diz que embaixada em Honduras vive situação "única no mundo"

O encarregado de Negócios do Brasil em Tegucigalpa, Francisco Catumda, que abandonou no sábado sua embaixada, onde está abrigado o presidente deposto de Honduras, o golpista Manuel Zelaya, revelou que a sede diplomática está sitiada pelas tropas do governo, em uma situação "única no mundo". "É o único local que conheço, em todo o mundo, onde há uma embaixada sitiada", declarou Francisco Catumda ao sair da sede diplomática, cercada por militares e policiais. "Vocês viram quanta papelada, quanta coisa, quanta checagem, quanta negociação para que eu, o encarregado de Negócios do Brasil, pudesse sair", destacou Catumda. O diplomata bolivariano não havia saído do prédio da embaixada desde a chegada de Zelaya ao local, na segunda-feira passada, após o presidente deposto entrar secretamente em Honduras.

PPS fecha aliança com PSDB no Amazonas para disputar governo em 2010

O PPS e o PSDB no Amazonas anunciaram no sábado que irão se unir para disputar as eleições para o governo do Estado em 2010. A aliança foi definida em reunião realizada em Manaus, e confirmada pelo presidente municipal do PPS na capital, vereador Hissa Abrahão. "Na esfera nacional, a união entre os cinco partidos (PPS, PSDB, DEM, PSB e PDT) está praticamente, definida. No Amazonas, temos certo a aliança do PPS com o PSDB, mas deveremos nos unir a outros partidos que têm se mostrado oposição ao governo e estão buscando um posicionamento independente na elaboração de suas propostas", disse Guto Rodrigues, presidente estadual do PPS.

Médico diz que tratamento de Dilma Rousseff contra o câncer está "encerrado"

O oncologista responsável pelo tratamento que a ministra petista Dilma Rousseff (Casa Civil) iniciou em abril contra um câncer linfático disse na sexta-feira que os exames realizados por ela na quinta-feira mostram que não há mais evidência da doença e que o tratamento terminou. "Ela está sem evidência de doença e com risco baixíssimo de a doença retornar a longo prazo", disse Paulo Hoff: "O tratamento está encerrado”. O médico evitou, entretanto, usar a palavra cura. Em tratamentos de câncer, em geral espera-se cinco anos sem o reaparecimento da doença para decretar a cura total.

Audiência pública em Brasília marca três anos da tragédia com avião da Gol

A tragédia com o vôo 1907 da Gol, que matou 154 pessoas em setembro de 2006, completa três anos na terça-feira. Para marcar a data, as famílias das vítimas promovem no dia uma audiência pública em Brasília, programada para ocorrer às 14h30 na Câmara Federal. Segundo a Associação dos Parentes e Amigos das Vítimas do Vôo 1907, o objetivo do evento é discutir e analisar o andamento das investigações sobre a queda do Boeing da Gol, atingido em cheio por um jatinho de empresa norte-americana. A idéia também é cobrar agilidade nos dois processos criminais sobre o caso, que continuam em andamento na Justiça. Em 2008, os pilotos do jato Legacy da empresa norte-americana ExcelAire foram absolvidos pela Justiça brasileira. A Procuradoria e as famílias recorreram da decisão, que ainda depende de análise do Tribunal Regional Federal em Brasília. "É com o coração angustiado que esperamos que nosso recurso seja aceito e os pilotos voltem a responder na justiça de Sinop por todos os seus crimes", afirmou Rosane Guthjar, viúva de uma das vítimas.

Grupo espanhol Fortuny investirá US$ 500 milhões em usina eólica em Livramento

Assim que encontrar compradores para sua energia no leilão marcado pela Aneel para o dia 25 de novembro, o grupo espanhol Fortuny iniciará a construção da mega-usina eólica de 149,8 MW de Livramento, na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai. O grupo espanhol tem planos para a construção de outras usinas na Fronteira Oeste gaúcha e também para a parte Nordeste do Estado. Nesta segunda-feira a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), irá a Livramento para entregar a Licença de Instalação para o grupo Fortuny.

Militantes do golpista Zelaya entraram armados na embaixada brasileira

Cerca de 20 asseclas do presidente deposto de Honduras, o golpista Manuel Zelaya, entraram armados na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa. As armas foram recolhidas na terça-feira, um dia depois da chegada de Zelaya à embaixada. “Foi o próprio presidente Zelaya quem conversou com seus apoiadores e lhes pediu que nos entregassem as armas. Ele argumentou que lá fora os homens estavam armados com fuzis e outras armas muito mais pesadas e que, se houvesse uma invasão da embaixada e encontrassem pessoas armadas, poderia haver um banho de sangue. Ele disse que não queria sangue”, afirmou o brasileiro Wilson Batista, responsável pelo serviço de comunicação da Embaixada do Brasil.

Secretaria da Saúde confirma mais sete mortes por gripe suína no Rio Grande do Sul

A Secretaria da Saúde do Estado confirmou na tarde de sexta-feira mais sete mortes por gripe suína no Rio Grande do Sul. De acordo com os dados do Centro Estadual de Vigilância em Saúde, o total de óbitos chegou a 190 no Estado, desde o início da epidemia causada pelo vírus Influenza H1N1. As mortes aconteceram em Vacaria, Uruguaiana, Lagoa Vermelha, Rodeio Bonito, Passo Fundo, Bento Gonçalves e na capital entre os dias 29 de julho e 27 de agosto.

Micheletti diz que cerco policial à Embaixada do Brasil é pedido de Lula

O presidente de Honduras, Roberto Micheletti, assegurou na sexta-feira que o cerco a Embaixada do Brasil está estabelecido em resposta ao pedido do governo do bolivariano Lula de garantir a segurança em seu interior. “Nós só estamos respondendo ao pedido que fez o governo do senhor Lula da Silva ao governo de Honduras, que queria garantir segurança da Embaixada, do edifício e também a vida dos que estão lá dentro”, disse Micheletti.

Igreja tenta mediar crise em Honduras mas opositores impedem encontro entre Zelaya e bispo católico

O governo de Honduras, presidido por Roberto Micheletti, impediu na sexta-feira que o bispo católico Luis Alfonso Santos e o candidato presidencial César Ham se reunissem com o presidente deposto do país, o golpista Manuel Zelaya. Na quinta-feira, o arcebispo auxiliar de Tegucigalpa, Juan José Pineda, cruzou o cordão militar que cerca a embaixada brasileira para conversar com o golpista Zelaya. "Como filho deste país e desta Igreja, eu quis assumir a responsabilidade de dar o primeiro passo e abrir esta porta para que haja diálogo", disse após o encontro. A Igreja Católica apoiou a deposição do golpista Zelaya em 28 de junho.

Ibama devolve estudo da ampliação do porto de São Sebastião com 19 exigências


O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) decidiu na última semana devolver o estudo sobre os impactos ambientais da ampliação do porto de São Sebastião (litoral norte de São Paulo). O EIA-Rima (estudo e relatório de impacto ambiental) foi apresentado ao órgão pela Companhia Docas de São Sebastião. As obras de ampliação, planejadas pelo governo do Estado de São Paulo para começar já em 2010, devem deixar Ilhabela com a vista para um paredão de navios e contêineres. Desde o anúncio da ampliação, ONGs, entidades e políticos da cidade se mobilizaram para tentar ao menos reduzir os impactos na cidade. Há dois projetos para a ampliação e o mais avançado, elaborado pelo governo do Estado de São Paulo, quer ampliar em 30 vezes a capacidade do porto, alcançando 1,5 milhão de contêineres por ano. Uma área de 40 campos de futebol foi reservada para pilhas de até cinco contêineres de altura. O plano prevê ainda receber o chamado "gigante dos mares", navio com quase 400 metros e altura de dez andares. O número de navios ancorados passará de quatro para 18 por vez.

Ministro Nelson Jobim admite vincular PIB à recomposição do orçamento das Forças Armadas

Em meio à crise econômica que atinge as Forças Armadas brasileiras, em especial o Exército, o ministro da defesa, Nelson Jobim, disse nesta sexta-feira que a prioridade para a Marinha, o Exército e a Aeronáutica neste momento é a reestruturação das instituições, com a aquisição de novos equipamentos e mudanças de pessoal. Jobim não descarta adotar proposta de vincular um percentual fixo do PIB (Produto Interno Bruto) ao orçamento das Forças Armadas, mas disse que os militares devem antes definir prioridades para a aplicação dos recursos. Jobim disse que a fixação de percentual do PIB para o repasse de recursos não pode ocorrer sem que os militares "tenham em que aplicar". Na semana passada, o Comando do Exército decidiu reduzir o expediente nas segundas e sextas-feiras uma vez que não há verba suficiente para o pagamento das contas de água, luz, telefone e alimentação dos soldados.

Lula vai estrear aviões da Embraer em viagem para Lisboa nesta semana

O governo do Brasil investiu R$ 211 milhões na compra de dois novos aviões presidenciais que vão substituir os "sucatinhas" utilizados pelo presidente bolivariano Lula em viagens nacionais e internacionais. Cada uma das aeronaves, fabricadas pela Embraer, custou R$ 87 milhões ao governo. Do total, o governo já pagou R$ 154 milhões à Embraer, mas vai executar o resto do pagamento em 2010. As aeronaves foram recebidas oficialmente na sexta-feira. Segundo o ministro da Justiça, Nelson Jobim, as aeronaves foram substituídas a pedido da Força Aérea Brasileira depois de falhas em seus equipamentos. Pintados com as cores da bandeira brasileira, os aviões presidenciais Embraer-190 vão abrigar 54 passageiros, com capacidade de vôo de até 5.300 quilômetros sem escalas. A parte anterior da aeronave, a exemplo dos "sucatinhas", foi modificada para oferecer ao presidente boliviariano Lula um escritório e um quarto com cama de casal.

Prazo para candidatos mudarem de partido ou se filiarem termina em 3 de outubro

O prazo para os candidatos que pretendem disputar as eleições de 2010 mudarem de partido vence no dia 3 de outubro. Também acaba neste dia o prazo para os pré-candidatos sem filiação assinarem suas fichas partidárias. O prazo para os candidatos que disputarem 2010 mudarem de domicílio eleitoral também termina em 3 de outubro. O Tribunal Superior Eleitoral lembra que nesta data os partidos precisam estar com o registro do estatuto deferido pelo tribunal. O primeiro turno das eleições de 2010 ocorrerá no dia 3 de outubro de 2010. Em caso de segundo turno, os eleitores voltarão às urnas em 31 de outubro.

Google lança mapa de São Paulo com situação do trânsito em tempo real

O Google vai lançar nesta semana um serviço que aponta informações de fluxo do trânsito nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. O serviço de mapas do Google já traz o menu pelo qual o trânsito pode ser visualizado. O serviço de trânsito já vigora em mapas do Google de outras cidades no Exterior e funciona a partir de linhas coloridas nas principais avenidas e ruas das cidades. Enquanto as cores verde e amarela indicam, respectivamente, o fluxo normal e um pouco lento, a cor vermelha aponta trânsito congestionado e a preta, tráfego totalmente parado.

Lula diz que golpista Zelaya pode ficar o tempo que for necessário em embaixada

O presidente deposto de Honduras, o golpista Manuel Zelaya, pode permanecer na embaixada brasileira na capital hondurenha, Tegucigalpa, o tempo que achar necessário, disse o presidente bolivariano Lula na sexta-feira. O governo brasileiro, que nega ter participado do plano para o retorno do golpista Zelaya a Honduras, sem convencer ninguém, tem mantido uma posição de irrestrito apoio ao direito do presidente deposto de voltar ao poder e exige o respeito à embaixada, cercada por militares e policias desde segunda-feira.

Novo articulador político de Lula assume nesta segunda-feira no lugar de José Múcio

O presidente Lula passa a contar a partir desta segunda-feira com um novo articulador político para o seu governo. Alexandre Padilha (ligado à ministra da Casa Civil, a petista Dilma Rousseff) toma posse na Secretaria de Relações Institucionais da Presidência. O novo ministro era subchefe de Assuntos Federativos do ministério e assume o cargo de José Múcio Monteiro, que foi indicado para uma vaga no Tribunal de Contas da União, no lugar do ministro Marco Antonio Vilaça, que se aposentou. Alguém sabe dizer quem é Alexandre Padilha? Pois fique sabendo: ele é médico, tem 38 anos, é petista. Milita no PT desde os tempos de movimento estudantil, participou de todas as campanhas presidenciais do PT, diretor da UNE na época do impeachment de Fernando Collor. Morou quatro anos na Amazônia como infectologista e, em 2004, assumiu o departamento de saúde da Funasa, o órgão mais corrupto do governo federal. Chegou ao Palácio do Planalto em 2005, a convite de um amigo petista com sobrenome sugestino, Vicente Trevas, à época subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais. Em 2008, assumiu o posto. Responsável pela articulação do governo com Estados e municípios, teve papel ativo nas costuras das eleições municipais de 2008. Idealizou também o encontro de prefeitos em Brasília no início deste ano. Entenderam? Ligado à ala Construindo um Novo Brasil, majoritária do PT (ala do José Dirceu), Padilha teve apoio de boa parte da bancada do PT na Câmara.

Senador Arthur Virgílio cobra explicações do Senado sobre gastos com cursos de servidores no Exterior

A primeira-secretaria do Senado terá que dar novas explicações ao líder do PSDB, senador Arthur Virgílio (AM), sobre o número dos servidores da Casa que fizeram curso no Exterior nos últimos 14 anos. Ele protocolou na sexta-feira um requerimento pedindo que seja informado quanto custou, por mês, ao Senado Federal, os cursos e congressos realizados por funcionários no Exterior. Pelo menos 100 servidores foram ao Exterior com despesas parcial ou integralmente pagas pela Casa. Após quase 80 dias, o comando do Senado Federal entregou na última segunda-feira um levantamento a Arthur Virgílio, que não informa o montante gasto pela Casa. Entre os cursos identificados estão os de contraterrorismo, inglês e capoeira. "A lista de servidores do Senado que fizeram cursos no exterior não atendeu integralmente ao que solicitava. Não ficou claro quais são os servidores efetivos e quais são os servidores comissionados daquela relação, onde estão ou estavam lotados os servidores listados, qual foi o custo mensal e anual de cada um desses servidores aos cofres do Senado. É preciso que isso seja esclarecido", disse Arthur Virgílio. O levantamento mostra ainda que 98 servidores tiveram autorização do Senado para ir ao Exterior participar de cursos de capacitação, entre eles de idiomas, graduação, pós-graduação, entre 2007 e 2009. A maior parte das licenças ocorreu em 2008, quando 58 funcionários foram liberados. Arthur Virgílio pediu para ter acesso aos dados depois de descobrir que o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) tinha empregado em seu gabinete um servidor que, apesar de estar lotado na Casa, realizou curso no Exterior com o salário pago pela Casa. Arthur Virgilio respondeu a processo no Conselho de Ética pela denúncia de que um de seus servidores fez curso no Exterior às custas do Senado. O senador devolveu mais de R$ 210 mil ao Legislativo, mas ficou irritado com Renan, que considerou legítimo o pagamento. "Eu me antecipei a tudo. Bastava eu ter ficado quieto que não teria tido a repercussão que teve. Mas eu falei dez vezes sobre o assunto. Chamei atenção para o problema e eu próprio dei a solução. Eu falava dos fatos, mas não mencionava os nomes das pessoas envolvidas. Eu suponho que Vossa Excelência haverá de se explicar perante a Casa e a nação, como eu estou fazendo", disse Arthur Virgílio.

Polícia italiana desconfia que há corpos em navio com carga radioativa

Investigadores na Itália afirmaram que podem ter encontrado dois corpos a bordo de um navio afundado por membros da máfia que contém lixo nuclear. Uma câmera submarina usada para examinar o navio, que está a uma profundidade de 500 metros na costa sudoeste da Itália, também mostrou barris da cor laranja, com a palavra "tóxico" escrita neles. As autoridades acreditam que o navio pode ter sido afundado pela máfia calabresa como parte de um plano para lucrar com a indústria do lixo. O cargueiro foi descoberto depois que um informante da máfia disse às autoridades que ele estava envolvido em uma operação para destruir navios que continham lixo nuclear e outros tipos de dejetos. Promotores locais afirmam que é possível que parte da tripulação não soubesse da intenção de afundar a embarcação ou então foi morta pela máfia. O informante da máfia afirma que ele afundou pessoalmente dois outros navios e que também sabia a respeito de pelo menos outros 30 navios sabotados pela máfia.

Banco Central escolhe bancos para gerenciar US$ 6 bilhões das reservas

O Banco Central abriu na sexta-feira uma seleção para escolher até seis instituições financeiras para gerenciar US$ 6 bilhões das reservas internacionais, que atualmente estão em US$ 203 bilhões. A idéia é que, ao permitir que outros agentes gerenciem parte das reservas, o que ocorre desde 2000, o Banco Central tenha acesso a novas tecnologias de alocação de ativos e novos conhecimentos sobre os mercados financeiros. Para participar, a instituição financeira precisa ter experiência em títulos de renda fixa de outros países, títulos corporativos, ações, commodities e moedas, além de comprovar que geria uma carteira de no mínimo US$ 100 bilhões em junho de 2009. Será exigido ainda que o banco candidato já administre carteiras de clientes como bancos centrais, fundos soberanos ou outras organizações governamentais ou multilaterais.

Governo interino de Honduras é "governo de mentirosos", diz bolivariano assessor de Lula

O trotskista bolivariano Marco Aurélio “Top Top” Garcia, assessor especial da Presidência, disse na sexta-feira que o governo do presidente de Honduras, Roberto Micheletti, é um "governo de mentirosos" e negou que Brasília tenha facilitado a volta a Tegucigalpa do presidente deposto, o golpista Manuel Zelaya, que se refugia desde segunda-feira passada na Embaixada do Brasil em Honduras. "O governo hondurenho é um governo de mentirosos. Mentiram para o povo ao dizer que tinham destituído legalmente o presidente Zelaya. É um governo de golpistas", disse “Top Top” García, em declarações à imprensa em Pittsburgh. O trotskista bolivariano “Top Top” García criticou ainda a declaração do Ministério de Relações Exteriores hondurenho que informou em comunicado que "a presença do senhor Zelaya na missão do Brasil em Tegucigalpa é um ato promovido e consentido pelo governo do Brasil".

Ditadura cubana fecha quatro restaurantes estatais para economizar

A ditadura comunista genocida de Cuba, dominada pela dinastia facínora dos Castro há 50 anos, e que levou o país a um desastre total, determinou na sexta-feira que irá fechar restaurantes controlados pelo Estado em quatro ministérios e aumentar o pagamento dos trabalhadores em uma reforma experimental, que visa cortar subsídios governamentais. A ação é parte da campanha do presidente genocida Raul Castro para reduzir os gastos. Se funcionar, a medida será "estendida gradualmente para todo o país", de acordo com o jornal do partido comunista Granma. O jornal disse que mais de 3,5 milhões de pessoas têm almoços subsidiados nos 24,7 mil restaurantes estatais, criados em 1963, todos os dias de trabalho, com o custo de US$ 350 milhões para o governo. Para substituir os restaurantes, a partir do dia 1º de outubro, os funcionários dos ministérios receberão 15 pesos adicionais, equivalente a 70 centavos de dólar, no seu pagamento diariamente. Com o dinheiro os trabalhadores podem comprar sanduíches, pizzas, refeições prontas ou trazer seus almoços de casa. A média salarial cubana é de cerca de 400 pesos, um pouco menos de US$ 20 dólares. Isso é o que ganham aos assalariados cubanos. A ditadura cubana genocida diz que 20% de toda a comida importada para os restaurantes são roubadas e vendidas ilegalmente.

Metalúrgicos de três fornecedores da Embraer entram em greve

Cerca de 250 metalúrgicos de três fornecedores de componentes para aviões da Embraer decidiram entrar em greve na sexta-feira, exigindo início de negociação salarial, informou o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região. Os trabalhadores da Sobraer, da Sopeçaero e da Pesola, que fazem parte do grupo belga Sonaca, defendem início das negociações salariais em setembro. Os patrões, segundo o sindicato, sustentam que a data-base deve se manter em novembro.

Golpista Zelaya denuncia ataque com gás tóxico na embaixada

O presidente deposto de Honduras, o golpista Manuel Zelaya, pediu na sexta-feira a intervenção da Cruz Vermelha Internacional para “impedir os ataques com um gás tóxico” nos arredores da Embaixada do Brasil em Tegucigalpa, onde está refugiado desde segunda-feira passada, quando voltou em segredo ao país, sustentado pelos bolivarianos Hugo Chávez e Lula. O delirante golpista Zelaya disse que está sendo perseguido por “agentes israelenses”. Todos os bolivarianos são antissemitas.

Assassina da atriz Sharon Tate morre em prisão da Califórnia

Susan Atkins, membro da família criminosa Manson, condenada por assassinar sete pessoas em 1969, entre elas a atriz Sharon Tate, morreu na noite da última quinta-feira, aos 61 anos, em uma prisão da Califórnia. Atkins, que sofria de um câncer terminal, teve o seu pedido de liberdade devido à doença negado. Cúmplice do criminoso norte-americano Charles Manson, ela foi uma das partícipes mais notórias da seita e admitiu ter esfaqueado até a morte a atriz Sharon Tate, que estava grávida de oito meses do marido, o diretor de cinema Roman Polanski, em 1969. Atkins disse que a esfaqueou porque estava "farta" de ouvi-la implorando. Depois de apunhalar Tate, Atkins usou seu sangue para escrever "PIG" (porco, em inglês) na porta de entrada da casa. Ela foi condenada à morte depois de ter sido considerada culpada de sete assassinatos e uma conspiração para matar. A sentença de morte foi comutada em prisão perpétua em 1972 quando a Suprema Corte da Califórnia aboliu a pena de morte. Charles Manson ordenou a seus devotos realizar vários assassinatos aleatórios em bairros alvos de classe média alta para provocar uma guerra de raças apocalíptica. Manson, aos 74 anos, e outros três membros de sua seita, continuam na prisão. Justiça boa é a norte-americana. A criminosa morre na cadeia. Se tivesse matado Sharon Tate no Brasil, Susan Atkins estaria livre no máximo em cinco anos.

Henrique Meirelles fecha com PMDB e avisa Lula nesta segunda-feira sobre sua filiação

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, deve assinar sua ficha de filiação ao PMDB na quarta-feira. Antes de formalizar a filiação, Meirelles deve conversar com o presidente bolivariano Lula. O PMDB de Goiás já dá como certa a filiação de Meirelles. Segundo o presidente do Diretório Estadual do PMDB-GO, Adib Elias Júnior, Henrique Meirelles já conversou com lideranças locais e anunciou sua decisão. "Estamos bem conversados sobre a filiação. Meirelles foi sondado por outros partidos, mas fez sua opção pelo PMDB", disse Elias Júnior.

Pré-sal vai requerer até R$ 4 bilhões para treinar 243 mil profissionais

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, anunciou na sexta-feira que 243 mil profissionais serão treinados até 2012 para servir a cadeia de suprimento que atenderá os projetos do pré-sal. São funcionários da estatal e de outras empresas de cerca de 820 funções diferentes, com postos de trabalho em todo o Brasil. Gabrielli estimou gastos de R$ 3 bilhões a R$ 4 bilhões apenas em treinamento profissional e desenvolvimento tecnológico. O recurso é proveniente de participações especiais (compensações financeira pagas pelas concessionárias de exploração de petróleo e gás natural) repassadas pela ANP (Agência Nacional de Petróleo). O dinheiro já está sendo investido.

Ciro Gomes faz críticas a José Serra, seu eterno “desafeto”

O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE), coronel cearense que não abdica de sua atitude de criticar ferozmente os adversários, fez críticas na sexta-feira ao seu desafeto político preferido, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB). Os dois devem disputar a Presidência da República em 2010. "Ele é feio para caramba, mais feio na alma do que no rosto. Ele tem uma truculência ao se relacionar com seus adversários. A conduta pessoal dele em relação aos seus adversários é uma conduta feia, de não enfrentar com linguagem civilizada, uma atitude destrutiva, que inibe o diálogo. Para mim, é horrível. Até minha conta pessoal de salário ele conseguiu que um juiz de São Paulo bloqueasse", disse Ciro Gomes. Coitadinho do coronel cearense. Ele foi condenado na Justiça a pagar indenização a José Serra pelos desaforos que proferiu.

Justiça do Rio de Janeiro determina que Oi identifique usuário de e-mail devido a ofensas

A Justiça do Rio de Janeiro determinou que a Oi identifique a origem de e-mails ofensivos dirigidos a um internauta. A decisão, proferida na 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, ocorreu no dia 17 de setembro. Desde 2007, Alexandre Gaze Filho foi alvo de e-mails anônimos com mentiras e ofensas. Ele descobriu os IP's (protocolos de internet, números de "identidade" na rede) usados pelo agressor, que pertencem a usuários do provedor Velox, serviço também prestado pela Oi. Gaze entrou com uma ação na Justiça do Rio de Janeiro pedindo para que a Telemar fornecesse a origem das mensagens, o que foi concedido, por unanimidade, pelos desembargadores da 13ª Câmara Cível. A decisão anterior a esta já havia sido favorável ao internauta, mas a Oi entrou com um recurso na tentativa de anular a sentença.

Governo do Maranhão decreta calamidade pública no sistema de água em São Luís

O governo do Maranhão decretou na manhã de sexta-feira, por 90 dias, estado de calamidade pública no sistema de água em São Luís, em razão do colapso no sistema de abastecimento da capital. Na semana passada, o rompimento de uma adutora deixou moradores da cidade sem água de domingo a quarta-feira. O secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, explicou que a decisão foi tomada baseada em estudos feitos durante cinco meses pela nova diretoria da Caema (Companhia de Águas e Esgotos do Maranhão). "Constatamos que a situação é realmente de calamidade e comunicamos a governadora, que imediatamente se mobilizou solicitando a Procuradoria-Geral do Estado para estudar a questão, verificar qual o mecanismo para colocar toda a máquina do Governo para atender as necessidades diagnosticadas", disse ele.

Ciro Gomes diz que relação entre PT e PMDB é "frouxa"

O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) afirmou na sexta-feira que a relação entre PT e PMDB é "frouxa". O PMDB faz parte da base de sustentação do governo do presidente bolivariano Lula, assim como o partido de Ciro Gomes. "O PT é o principal partido do Brasil e o PMDB é um partido tão bom e tão ruim como qualquer outro. Uma aliança tem que ter sentido moral e intelectual defensável. Mas eu acho que a atual hegemonia moral e intelectual que preside a relação entre PMDB e PT é frouxa”, disse o coronel cearense Ciro Gomes. " O socialista criticou ainda um debate "conservador" nas eleições ao afirmar que a aliança entre PMDB e PT para 2010 tende a isso.

Banco Itaú Unibanco lança fundo ligado a carbono

O mercado financeiro brasileiro se aproxima cada vez mais dos créditos de carbono. Na quinta-feira foi apresentado em São Paulo o Fundo Itaú Índice de Carbono. O rendimento será baseado na variação do BGCI (Barclays Capital Global Carbon Index), indicador mundial que monitora o desempenho dos créditos de carbono, certificados que atestam a redução da emissão de gases do efeito estufa, responsável pelo aquecimento global. O novo fundo de investimento se destina a quem tenha no mínimo R$ 300 mil aplicados no Itaú Unibanco. A aplicação mínima é de R$ 30 mil, com taxa de administração de 2% ao ano, sem cobrança adicional pelo desempenho. A captação começa nesta segunda-feira, e vai até 6 de novembro. O banco espera obter R$ 100 milhões. As operações começam em 9 de novembro e se estendem por dois anos, sem possibilidade de resgate antecipado.

Chefe de equipe novata da F-1 elogia Nelsinho, mas questiona sua imagem

O chefe da Manor, uma das equipes que irão estrear na F-1 na próxima temporada, John Booth, elogiou a capacidade de Nelsinho Piquet e abriu a possibilidade de o piloto brasileiro voltar à categoria já em 2010. Demitido da Renault, Nelsinho não foi punido pelo Conselho Mundial da FIA pelo acidente que provocou propositalmente durante o GP de Cingapura do ano passado para beneficiar seu então companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso. A FIA perdoou o brasileiro por ter cooperado nas investigações. Ele afirmou que apenas cumpriu um pedido feito pelo ex-chefe da equipe francesa, Flavio Briatore, e por Pat Symonds, ex-engenheiro chefe. "Não falei com Nelsinho até agora, mas é um grande piloto. Não tenho problemas pessoais com ele, mas ainda está incerta a posição dele em relação aos patrocinadores", disse Booth, em entrevista ao jornal inglês "Yorkshire Post".

José Dirceu diz que candidatura de Ciro Gomes obriga PT a apressar lançamento da petista Dilma Rousseff

O petista José Dirceu, ex-ministro chefe da Casa Civil, deputado federal (PT-SP) cassado por corrupção, disse na sexta-feira, em seu blog, que a candidatura do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) à Presidência obrigará o PT a apressar o lançamento do nome da petista bolivariana Dilma Rousseff (Casa Civil). "A candidatura de Ciro Gomes, se confirmada como tudo indica, levará também o PT a ter que acelerar suas alianças e as definições relativas à candidatura da ministra Dilma Roussef", escreveu o réu do Mensalão, José Dirceu, em seu blog. José Dirceu negou que tenha defendido o rompimento da aliança PSB-PT nas eleições de 2010. "Se Ciro for candidato, o PSB legitimamente é que estará deixando a aliança com o PT e com nossa candidata, Dilma Rousseff, sem deixar o governo e o apoio ao presidente Lula, como tem reafirmado o próprio deputado-candidato”, disse José Dirceu.

Brasília tem a maior proporção de ricos no Brasil

Brasília concentra a maior proporção de pessoas na classe alta no País, de acordo com dados da FGV (Fundação Getúlio Vargas), baseados na Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios). Do total da população do Distrito Federal, 26,5% pertencem à classe AB. Em todo o Brasil, essa classe representa 10,4% do total. Em 2007, a classe alta significava 27,4% da população do Distrito Federal. Por outro lado, 3,08% da população do Maranhão estão na classe AB, o menor nível entre todos os Estados do Brasil. Pelos critérios da Fundação Getúlio Vargas, compõem a classe AB quem tem renda domiciliar superior a R$ 4.807,00; entre R$ 1.115,00 e R$ 4.806,00 estão os integrantes da classe C; com renda domiciliar de R$ 768,00 a R$ 1.114,00 estão o brasileiros da classe D; e finalmente, quem tem renda domiciliar inferior a R$ 768,00 está na classe E.

Petista Dilma Rousseff diz que volta de Zelaya ao poder em Honduras é inegociável

A ministra-chefe da Casa Civil, a petista bolivariano Dilma Rousseff, disse na sexta-feira que a volta ao poder do presidente deposto de Honduras, o golpista Manuel Zelaya, é inegociável. "Eu não acredito que a ONU, a OEA, qualquer país latino-americano, os Estados Unidos respondam a isso falando que vão negociar a não-ida do Zelaya para a sua situação de presidente constitucional", disse ela. "Ninguém pode dizer isso, porque seria uma posição, no mínimo, esdrúxula. A gente não negocia certos princípios. Eu não posso dizer que, se a ditadura ficar um pouco menos ditadura, nós aceitamos a ditadura”, comentou ela. O caso é o seguinte: onde ela viu ou está vendo ditadura? Zelaya foi deposto por uma ordem da Suprema Corte de Honduras que não admitia a sua tentativa de dar um golpe, mudando a constituição hondurenha.

Ciro Gomes confirma disposição de disputar Presidência e diz que decisão de Lula sairá em fevereiro

O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) reafirmou na sexta-feira sua disposição em disputar a Presidência da República em 2010 e disse ter conversado com o presidente Lula sobre assunto, o qual ficou de pensar sobre a possibilidade de duas candidaturas da base. Lula ficou de dar uma resposta ao coronel nordestino Ciro Gomes até fevereiro. O partido de Ciro Gomes, o PSB, integra a base aliada do presidente Lula. Setores do PT são contrários ao lançamento de duas candidaturas da base.

Senado deixa exoneração do ex-namorado da neta de Sarney para esta segunda-feira

A exoneração de Henrique Dias Bernardes, ex-namorado da neta do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), deve ser publicada no Boletim Administrativo de Pessoal desta segunda-feira. Bernardes foi contratado por meio de um ato secreto para trabalhar na Diretoria Geral, mas acabou deslocado de função. O responsável do setor que Bernardes trabalha pediu que ele fosse mantido, mas Sarney decidiu pela exoneração para evitar desgastes políticos.

Presidente do PSDB diz que Ciro Gomes tira votos de Serra e Dilma e leva disputa ao segundo turno

O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), disse na sexta-feira que a possível candidatura do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) à Presidência muda o cenário eleitoral de 2010. Para o presidente do PSDB, o ingresso de Ciro Gomes muda o cenário eleitoral e levará a disputa de 2010 para o segundo turno. Sérgio Guerra disse que o deputado federal cearense (coronel nordestino) roubará votos de Dilma Rousseff e de uma pequena parcela de Serra. Para os tucanos, a candidatura da senadora Marina Silva (PV) também pode tirar votos de eleitores do Rio de Janeiro que estavam dispostos a votar em José Serra.

Golpista Zelaya convoca novos protestos contra governo interino em Honduras

O presidente deposto de Honduras, o golpista Manuel Zelaya, usou mais uma vez a embaixada do Brasil como seu comitê de campanha e convocou seus apoiadores a novos protestos e manifestações contra o governo de Roberto Micheletti, chamando claramente a uma insurreição, em meio aos primeiros passos pela retomada das negociações depois de cinco dias de sua chegada, em segredo, ao país e seu refúgio na embaixada brasileira. "Exortamos a resistência a manter a batalha até que juntos, povo e presidente, consigam as reformas constitucionais e a queda dos usurpadores", pediu o golpista Zelaya, em comunicado lido por seu assessor Eduardo Reina, na Radio Globo.

Banco Central afirma que expansão dos gastos públicos é de "complexa reversão"

O relatório de inflação, divulgado pelo Banco Central na sexta-feira, destaca que há uma tendência de expansão nos gastos públicos, ao mesmo tempo em que, por conta da crise financeira, as receitas estão caindo. O diretor de Política Econômica do Banco Central, Mário Mesquita, explicou que existem vários benefícios que são difíceis de reverter, ou seja, que continuarão pesando nas contas públicas no futuro, como salários e reajustes de benefícios da Previdência Social. Apesar disso, o Banco Central apontou que gastos assistenciais ajudaram a segurar a demanda durante a crise.

Petrobras confirma estudo em busca de petróleo na Bahia

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, disse na sexta-feira que a estatal está pesquisando a existência de petróleo na camada do pré-sal ou ainda mais profunda na Bahia. Há indícios de óleo na região, mas ainda não foram feitas perfurações necessárias para confirmar sua existência. Gabrielli afirmou que a estatal está desenvolvendo a planta de uma plataforma de liquefação para o gás natural extraído do pré-sal. Antes da construção da plataforma, a Petrobras vai escoar a produção de gás do pré-sal por meio de um gasoduto, que ligará o campo de Tupi ao campo de Mexilhão, na Bacia de Santos. Até hoje, segundo a Petrobras, a faixa da camada pré-sal é confirmada ao longo de 800 quilômetros entre os Estados do Espírito Santo e Santa Catarina, abaixo do leito do mar, e engloba três bacias sedimentares (Espírito Santo, Campos e Santos).

Banco Central prevê a menor taxa de desemprego da série histórica em dezembro

O Banco Central prevê que a taxa de desemprego encerre o ano em 6,7%, a menor taxa da série histórica, desde 2002. Em dezembro do ano passado, a taxa foi de 6,8%. De acordo com o diretor de Política Econômica do Banco Central, Mário Mesquita, isso deve ocorrer pela recuperação da indústria e a contratação de temporários em dezembro. "Parece que de fato o pior momento na contração econômica teria ficado para trás. A indústria voltou a contratar, o setor de serviços não chegou a ter demissões massivas e as decisões de contratação temporária se darão em um ambiente mais favorável do que o ano passado", completou ele.

Ministro José Gomes Temporão diz que vacina contra dengue é "coisa para cinco anos"

O Brasil vai desenvolver uma vacina contra a dengue em parceria com a farmacêutica britânica GlaxoSmithKline (GSK), afirmou na sexta-feira o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, em Londres. O ministro estimou que o desenvolvimento do medicamento é "coisa para cinco anos", mas alertou para o "longo caminho" até que se possa produzir uma vacina confiável contra a doença. "Primeiro, é preciso desenvolver um protótipo, depois produzi-lo em escala semi-industrial, depois testar em animais, depois testar em seres humanos, é um longo caminho a ser desenvolvido”, disse ele. Pela parceria, o governo brasileiro e a multinacional dividirão o custo de 70 milhões de euros (R$ 184 milhões) destinados a criar uma unidade de pesquisa e desenvolvimento na Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. A unidade terá como objetivo desenvolver tecnologias de prevenção às chamadas doenças negligenciadas, grupo que, além da dengue, inclui também malária e febre amarela.

Procuradoria encaminha ação contra servidores por esquema de extração de diamantes

O Ministério Público Federal em Rondônia encaminhou à Justiça uma ação de improbidade administrativa contra três servidores da Funai suspeitos de envolvimento em um esquema de extração ilegal de diamantes em aldeias de índios cinta-larga no Estado. Entre as irregularidades apontadas pela Procuradoria estão a cobrança para entrada de garimpeiros em uma reserva de Espigão D'Oeste (RO) e agenciamento de garimpeiros. Os suspeitos, José Nazareno Torres de Moraes, Valdir de Jesus Gonçalves e João Bosco da Silva Farias, trabalhavam na Funai em Cacoal (RO) e hoje atuam, respectivamente, em Belém (PA), Tabatinga (AM) e Dourados (MS). Segundo a ação, eles enriqueceram ilicitamente e "ofenderam os princípios da administração pública".

Banco Central diz que reservas internacionais ainda não atingiram o limite

O diretor de Política Econômica do Banco Central, Mário Mesquita, disse na sexta-feira que as reservas internacionais brasileiras ainda não atingiram o limite considerado adequado pela instituição. Mesquita disse que o Banco Central não divulga qual o teto para as reservas, mas afirmou que a situação econômica ainda pede a manutenção da política de acumulação. Mesquita avaliou que os níveis de reservas internacionais foram importantes para proteger o Brasil durante a crise e permitir uma maior atuação do Banco Central.

Espanha tentará mediar crise em Honduras a pedido do bolivariano Lula

O governo espanhol vai atender a um pedido do presidente bolivariano Lula e tentar mediar a crise política em Honduras. Segundo o ministério de Relações Exteriores da Espanha, o Brasil solicitou ajuda urgente ao primeiro-ministro José Luis Rodríguez Zapatero durante a recente Assembléia Geral da ONU. As negociações para uma solução dialogada já começaram, segundo o governo espanhol. Em nota à imprensa, o ministro Miguel Ángel Moratinos afirmou que a Espanha "está mantendo consultas informais com as autoridades interinas de Honduras e com personalidades da vida política e social do país para abrir um diálogo".

Sarney diz ter recebido apoio de líderes para transferir servidores e nega gasto extra

Em nota divulgada na sexta-feira, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirma que recebeu o apoio de líderes de sete partidos na Casa antes de decidir aumentar o número de servidores nos escritórios estaduais de integrantes da Mesa Diretora e líderes partidários. Esses sete representam metade dos partidos. Para justificar a medida, Sarney afirma na nota que os funcionários já trabalham nos Estados, o que não ocasionará gastos extras à Casa. "Os funcionários já estão nos Estados, não há criação de cargos nem aumento de despesas, apenas é mantida uma situação já existente, como a restrição mencionada acima", diz a nota. Sarney afirma que os líderes Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), Inácio Arruda (PCdoB-CE), Francisco Dornelles (PP-RJ), Osmar Dias (PDT-PR), Renan Calheiros (PMDB-AL), Marcelo Crivella (PRB-RJ), e da minoria, Raimundo Colombo (DEM-SC), apoiaram a medida. Com o aval de Sarney, a cúpula do Senado decidiu na última quinta-feira autorizar três servidores dos gabinetes de líderes partidários e de integrantes da Mesa Diretora a trabalharem nos escritórios estaduais dos parlamentares.

Simon quer anular autorização para que líderes transfiram servidores para reduto eleitoral

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) cobrou na sexta-feira que a Mesa Diretora anule a decisão que autorizou líderes partidários e integrantes do comando da Casa a deslocarem três servidores lotados em seus gabinetes para os Estados, o que abre caminho para o uso deles nas campanhas políticas locais. Segundo Simon, diante das declarações dos líderes partidários negando que tenham articulado a medida, cabe ao presidente do Senado voltar atrás. "Eu faço um apelo para que a Mesa recue. É um gesto político importante para a Casa porque se não recuar será um gesto triste. Essa medida não ajuda em nada o Senado a melhor sua imagem. Será um gesto de grandeza", disse.

OMC vai investigar restrição dos Estados Unidos contra suco de laranja do Brasil

A Organização Mundial do Comércio vai avaliar um caso apresentado pelo Brasil contra os Estados Unidos por medidas antidumping (contra a venda de produtos a preços abaixo dos custos de produção) impostas sobre o suco de laranja exportado para o mercado norte-americano. A principal questão no caso do suco de laranja é o uso pelos Estados Unidos do sistema chamado de "zeramento" ("zeroing", em inglês), que consiste na retirada do cálculo de dumping das transações em que os preços de exportação são maiores que os preços de venda no mercado interno do país que exporta. Ou seja, para julgar se ocorre ou não dumping nas vendas de suco de laranja brasileiro, o governo dos Estados Unidos não considera todos os negócios registrados, mas apenas parte deles, o que distorce as conclusões sobre dumping ou não do produto no mercado norte-americano.

Estudo afirma que surras diminuem o quociente de inteligência de crianças

Palmadas e outras punições corporais atrasam a inteligência infantil, segundo demonstra um novo estudo. O quociente de inteligência de crianças entre 2 e 4 anos que receberam palmadas regulares de seus pais caiu mais de cinco pontos no decorrer de quatro anos, comparado com o de crianças que não levaram palmadas. "O lado prático disso é que os pediatras e psicólogos precisam começar a fazer o que nenhum deles faz agora, e dizer, 'não batam, sob qualquer circunstância'", diz Murray Straus, sociólogo da Universidade de New Hampshire, em Durham, que capitaneou o estudo juntamente a Mallie Paschall, do Centro de Pesquisa e Prevenção em Berkeley, na Califórnia.

Banco Central diz que recuperação mundial é mais intensa que a prevista

O Banco Central afirmou na sexta-feira, no Relatório de Inflação do terceiro trimestre, que a recuperação econômica mundial ocorre com mais intensidade que o previsto, mas alerta que sua sustentação depende de outros indicadores, principalmente dos Estados Unidos e da zona do euro. O Banco Central, no entanto, ressalta que tal movimento ainda depende "da redução das incertezas, da qualidade dos ativos das instituições financeiras e da retomada da demanda agregada nas principais economias".

Supremo rejeita pedido para arquivar ação contra deputado federal

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, indeferiu pedido do deputado federal Cleber Verde (PRB-MA) para trancar ação penal contra ele por crime contra a administração pública. O parlamentar é acusado pelo Ministério Público Federal por inserção de dados falsos no sistema de informações do INSS que permitiram a aposentadoria de um contribuinte. O fato teria ocorrido quando Verde era gerente regional substituto do INSS no Maranhão.

PSDB caça parlamentares da base que queiram mudar de legenda para 2010

Partidos de oposição deflagraram uma corrida em busca de parlamentares governistas dispostos a trocar de legenda de olho nas eleições de 2010. No Senado, o PSDB vai ampliar os seus quadros e deve se tornar a segunda maior bancada da Casa, com 14 parlamentares, atrás apenas do PMDB, que conta com 17 senadores. O senador Expedito Junior (sem partido-RO) promete assinar sua filiação ao PSDB. Como o senador formalizou a saída do PR na semana passada, abriu caminho para aumentar a bancada do PSDB no Senado. O PSDB também objetiva alcançar os senadores Flavio Arns (sem partido-PR) e Valter Pereira (PMDB-MS). O presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PE), afirmou que essa negociação é natural: "Essas conversas surgem naturalmente até porque são parlamentares que estão alinhados com o nosso programa político".

PT e PMDB devem selar pré-aliança formal para 2010

O PMDB pretende indicar o presidente da Câmara dos Deputados, o deputado federal Michel Temer (SP), para ser o vice da ministra petista Dilma Rousseff (Casa Civil) na provável aliança formal entre petistas e peemedebistas para disputar a Presidência. Na próxima quarta-feira, Temer viajará com Lula para a Dinamarca, na comitiva que defenderá a candidatura do Rio de Janeiro para a Olimpíada de 2016. Na volta, o PT e o PMDB deverão anunciar a pré-aliança formal para concorrer à sucessão presidencial de 2010. O presidente do PT, deputado federal Ricardo Berzoini, disse não haver "qualquer tipo de restrição ao nome de Temer": "A indicação é do PMDB. Obviamente que a Dilma, como candidata, vai ter que dar a sua opinião. É um processo combinado".

Após escândalo, Renault já perdeu dois patrocínios na F-1

A Renault perdeu dois grandes patrocinadores. O primeiro foi a Mutua Madrileña, seguradora espanhola, que divulgou que a Renault violou o regulamento da FIA e, consequentemente seu contrato, para quebrar o acordo que valia até o fim de 2010. No GP de Cingapura os carros da equipe já não exibiram o logo da Mutua na lateral do cockpit. O segundo patrocínio rompido foi o do ING, principal patrocinador e que dava nome à equipe. A maior instituição financeira holandesa já dissera que não renovaria o acordo com o time, mas, após a decisão do Conselho Mundial da FIA, antecipou o fim do contrato.

Barack Hussein já considera a possibilidade de intervenção militar no Irã

O presidente dos Estados Unidos, Barack Huseein, afirmou na sexta-feira que “não descarta” a opção militar no Irã, mas prefere continuar a via diplomática para persuadir o país a renunciar a suas atividades de enriquecimento de urânio. Barack Hussein afirmou em Pittsburgh: “Não descarto nenhuma opção no que se refere à segurança nacional, mas a via diplomática continua sendo o caminho preferido”. Ele, mais o presidente da França, Nicolas Sarkozy, e o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Gordon Brown, acusaram o Irã na sexta-feira de estar construindo uma usina atômica escondida dentro de uma montanha, em flagrante desrespeito às regras de não-proliferação nuclear. Algumas horas depois de um duro comunicado dos chefes de Estado e de governo reunidos nos Estados Unidos, o governo iraniano confirmou publicamente a existência da usina de enriquecimento de urânio e defendeu sua construção. O Irã é “um enganador em série”, acusou Gordon Brown, que falou ao lado de Obama e Sarkozy antes do início dos trabalhos do dia da reunião de cúpula do G-20. Pois é, esse o país com o qual o grande aiotolá Lula se abraça. Ele adora se abraçar com o fascista islâmico Ahmadinejad, que está construindo bombas atômicas. A denúncia da construção secreta da nova instalação nuclear do Irã foi feita na última quinta-feira, em Viena, pela Agência Internacional de Energia Atômica. O Irã já possui uma grande usina de enriquecimento de urânio conhecida, em Natanz, a 250 quilômetros de Teerã, na região central do país, cuja existência foi revelada em 2002. O complexo já conhecido, que tem uma parte subterrânea, é monitorado atualmente pelos inspetores da AIEA.

MST ocupa as terras dos índios na Reserva Raposa - Serra do Sol

Seis meses depois do Supremo Tribunal Federal determinar a expulsão dos arrozeiros da reserva Raposa - Serra do Sol, os índios de Roraima estão em busca de parcerias para se tornarem arrozeiros. Nessa nova “vocação”, os índios se aproximaram da organização terrorista MST, que procura projeção no extremo norte do País, onde quer montar bases armadas. A organização terrorista MST se dispôs a treinar técnicos indígenas em suas escolas no Rio Grande do Sul e doar dez mil quilos de sementes de arroz orgânico. Ora, assentamentos do MST são um fracasso total, não produzem absolutamente nada, os assentados arrendam suas terras para arrozeiros. O negócio em Roraima tem apenas um nome: é golpe. A legislação proíbe o arrendamento de terras da União, como é o caso de toda reserva indígena. “O que a gente quer é parceria para transferência de tecnologia”, diz a uapixana Pierlângela Nascimento da Cunha. Dá para acreditar? Pois acredite quem quiser... A reserva é formada por 199 comunidades em diferentes estágios de contato com a sociedade nacional, mas a grande maioria é de índios totalmente aculturados. Júlio Macuxi, do Conselho Indígena de Roraima (CIR), é um dos mais entusiasmados com a parceria com o MST. Ele diz que o movimento é a única entidade com tecnologia na produção do arroz orgânico. Quá..... Quá.... Quá.... MST com tecnologia?!!!

Hotel aberto por Dom Pedro 2º será reformado após 25 anos de abandono

Há 25 anos abandonado, o Hotel das Paineiras, no Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro, vai ressurgir com jardins suspensos, museu e centro de pesquisa, e ainda ajudará a solucionar o acesso caótico à estátua do Cristo Redentor. Esse é o perfil do projeto do escritório paulista de arquitetura Estúdio América, vencedor do concurso promovido pelo Instituto de Arquitetos do Brasil. O projeto, com custo estimado de R$ 14 milhões, deve ficar pronto em dois anos. Segundo o Ministério do Meio Ambiente, o custo será bancado por empresas interessadas em explorar o complexo. Inaugurado em 1884 pelo imperador Dom Pedro 2º, o Paineiras por muito tempo dividiu com o Copacabana Palace o status de principal hotel carioca. Aos pés do Corcovado, com uma vista privilegiada, ele serviu de concentração para a seleção brasileira e de hospedagem para vários presidentes da República. O projeto, que será apresentado hoje, mantém a fachada do hotel. Uma antiga estação de trem será reativada para conexão direta com o Cristo Redentor. A previsão é que estejam disponíveis 40 quartos nos dois andares (antes havia 98). O local terá ainda restaurante, museu, centro de pesquisa e de visitantes, sede do Instituto Chico Mendes e cafés. O terceiro andar, adicionado ao antigo prédio na década de 70, dará lugar a um centro de convenções, com fachada diferente da do hotel.

Banco Central aumenta previsão de inflação para 2009 e 2010

O Banco Central revisou sua estimativa para a inflação em 2009. Segundo relatório divulgado na sexta-feira, a autoridade monetária prevê que a inflação feche o ano em 4,2%, acima dos 4,1% previstos no último relatório, em junho. Para 2010, a estimativa é de 4,4%, acima dos 3,9% previstos no último relatório. Ambas as previsões estão abaixo da meta de 4,5%, estipulada para os dois anos. Essa previsão leva em conta os atuais níveis da taxa básica de juros e do câmbio. O Banco Central fez também estimativas considerando os juros e o valor do câmbio projetados pelo mercado financeiro para este ano. Neste cenário, a previsão do BC se manteve também em 4,2%, a mesma previsão feita anteriormente.

Favorito em eleições de Honduras admite apoiar volta ao poder do golpista Zelaya

Candidato favorito às eleições presidenciais hondurenhas de novembro, Porfírio "Pepe" Lobo, do Partido Nacional, que apoiou inicialmente a destituição do golpista Manuel Zelaya, afirmou na última quinta-feira que aceitaria o seu retorno ao poder, desde que mediante negociação. "Sim, se o retorno de Zelaya for resultado do diálogo, nós, hondurenhos, aceitamos. O importante é que a população esteja de acordo", disse Pepe Lobo. Segundo ele, é preciso retomar as negociações mediadas pela Costa Rica, interrompidas pela recusa do governo interino em considerar a volta do golpista Zelaya ao poder.

Polícia Federal diz que agente aposentado forjou dossiê contra irmão do Franklin Martins

Um agente federal aposentado lotado na ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Combustíveis) é apontado pela Polícia Federal como o autor de um falso dossiê contra o administrador de empresas Victor de Souza Martins, diretor da ANP e irmão do ministro da Comunicação Social, Franklin Martins. Segundo o dossiê, Victor de Souza Martins usava seu cargo na agência para beneficiar as prefeituras que contratavam a empresa Análise Consultoria, que é dele e de sua mulher. Na ANP, ele e outros dois diretores são responsáveis por definir se um município deve ou não receber royalties do petróleo (compensação que as empresas produtoras pagam à União, aos Estados e municípios) e se o valor pago deve ser revisto. O dossiê acusa Victor de Souza Martins de aumentar a parcela recebida pelas prefeituras atendidas por sua empresa. A existência do dossiê foi divulgada em abril. Segundo o jornal "O Estado de S. Paulo" publicou na última quinta-feira, em maio a Polícia Federal descobriu um pendrive contendo o dossiê, transcrições de grampos telefônicos e declarações de renda obtidas ilegalmente. Não se sabe para quem o pendrive foi enviado nem quais pessoas viram seu conteúdo, mas a Polícia Federal identificou Wilson Pinna como autor do dossiê. Pinna foi nomeado em 2005 pela diretoria colegiada da ANP para o cargo de assessor do diretor-geral Haroldo Lima, responsável pela área de inteligência da agência. Denunciado à Justiça Federal por interceptação telefônica ilegal e quebra de sigilo fiscal, Pinna teve sua prisão pedida e negada, o que já depõe contra o relatório da investigação da Policia Federal, conhecida como KGB petista, comandada pelo comissário petista Tarso Genro.

Banco manda e-mail confidencial para Gmail errado e quer obrigar Google a revelar usuário

Um funcionário do banco Rocky Mountain Bank, de Wyoming (Estados Unidos), enviou por acidente um arquivo confidencial para endereço de e-mail Gmail errado. O conteúdo do e-mail incluía nomes, endereços, e outros dados pessoais de mais de 1.300 clientes do banco. Logo depois do erro, o mesmo funcionário mandou outra mensagem para a mesma conta de e-mail solicitando que o e-mail anterior fosse apagado antes sequer de ser aberto. Como não houve resposta, o banco resolveu entrar em contato com o Google, buscando informações sobre a conta Gmail para a qual foram enviados os dados. O Google se recusou a fornecer as informações sobre a conta. Devido a isso, o banco entrou com um processo contra a empresa, buscando obrigá-la a fornecer a informação sobre o usuário.

Air France é condenada em sete ações de familiares de vítimas do vôo 447

A Air France já foi condenada em pelo menos sete ações de familiares de vítimas do desastre do vôo 447. Na última ação em que a companhia foi condenada ficou decidido que a Air France vai pagar pensão de 43 salários mínimos (ou R$ 20 mil) por 24 meses aos familiares (mulher, duas filhas e netos) de João Marques da Silva Filho, que tinha 67 anos. A Justiça tem determinado também que sejam pagos sete salários mínimos (R$ 3.200,00) para cada familiar fazer tratamento psiquiátrico. A empresa já conseguiu reverter uma das decisões, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que determinava o pagamento de tratamento psicológico para os pais e a irmã de Carlos Eduardo Lopes de Mello, de 33 anos. A empresa alega que o pagamento só poderia ser feito depois que todos passassem por diagnóstico individual.

Unilever compra marcas do grupo Sara Lee por 1,3 bilhão de euros

A gigante dos produtos de consumo Unilever acertou a compra de marcas de cuidado pessoal do grupo Sara Lee por 1,275 bilhão de euros (US$ 1,87 bilhão) na sexta-feira, para reforçar a liderança global em desodorantes e limpeza de pele. O grupo anglo-holandês está comprando negócios com 85% das vendas na Europa, enquanto a Sara Lee vai buscar agora vender negócios com produtos de consumo doméstico separadamente. O acordo marca a primeira grande aquisição da Unilever sob o comando do novo presidente-executivo, Paul Polman.