sexta-feira, 23 de maio de 2008

Terroristas do MST desocupam área invadida da Aracruz Celulose em Canguçu

Os terroristas do MPA (Movimento dos Pequenos Agricultores) e do MST desocuparam na manhã desta quinta-feira a área de 883 hectares da Aracruz Celulose, na localidade de Arroio das Pedras, em Canguçu (RS), que eles haviam invadido na quarta-feira. A região fica distante cerca de 80 quilômetros da sede do município. Já na noite de quarta-feira a Justiça emitiu decisão determinando a reintegração de posse da fazenda. A Brigada Militar deslocou 300 policiais militares para acompanhar as movimentações dos terroristas do MPA e MST na região, a maior parte de homens do Batalhão de Operações Especiais (BOE).idades apoiadoras, e representante do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Esses terroristas covardes do MST, já que estavam na região, poderiam ter invadido as terras do deputado estadual latifundiária petista Ronaldo Zulke, que planta “deserto verde” (pinus e eucaliptos) com financiamentos de bancos públicos, o BNDES e Caixa RS. Mas, nesse caso, os companheiros se protegem. Ninguém dá um pio sobre o companheiro latifundiário Ronaldo Zulke, que planta seus “desertos verdes” em latifúndio no município de Encruzilhada, ao lado de Canguçu.

Ministério Público Federal denuncia sete petistas por dispensa de licitação em Santa Maria

O Ministério Público Federal de Santa Maria apresentou denúncia à 3ª Vara Federal de Santa Maria contra sete pessoas por crime contra a lei de licitações. A denúncia é contra a vereadora licenciada Misiara Oliveira (PT), o presidente do PT de Santa Maria, Alexandre Bento, a diretora do jornal A Razão, Maria Zaira Silveira de Grandi, a diretora de A Razão Editora Ltda, Renata de Grandi, e os funcionários públicos José Salamoni Filho, Lisandro dos Santos Machado e Adriana Sangói Antunes. Todos são acusados de dispensar a licitação, prevista em lei, para a aplicação de recursos vindos do Fundo Nacional de Desenvolvimento para a Educação (FNDE) para a prefeitura petista de Santa Maria, comandada pelo prefeito petista Valdeci de Oliveira. Misiara é atualmente assessora no gabinete do ministro da Educação. Ela trabalha junto com a mulher do deputado federal petista Paulo Pimenta. Parte do dinheiro seria investido em ações do Centro de Cultura e Integração (CCI), do município. Este não é o primeiro processo envolvendo o CCI. Em 2006 a Justiça acolheu a denúncia por improbidade administrativa contra suspeitos petistas em desvio de recursos. A denúncia do Ministério Público Federal está com a juíza Simone Barbisan Fortes, que também é responsável pela denúncia contra os 44 suspeitos de envolvimento na fraude do Detran.

TCU condena sete oficiais do Exército por fraude em folha de pagamento

O Tribunal de Contas da União condenou sete oficiais do Exército a devolverem R$ 2 milhões aos cofres públicos. Eles são acusados de cometer fraude no sistema de pagamentos do Exército. Segundo o Tribunal, 55 pensionistas foram incluídos de forma irregular na folha de pagamentos depois que o programa de informática do CPEx (Centro de Pagamento do Exército) foi alterado. Ainda de acordo com o Tribunal de Contas da União, os indícios são de que os beneficiados sejam parentes dos oficiais envolvidos na fraude.

BNDES planeja criar subsidiária no Exterior

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, disse que o banco "está em processo de criação de uma subsidiária internacional para poder operar em moeda forte, apoiando o desenvolvimento de exportações brasileiras ou a internacionalização de empresas brasileiras". Coutinho não quis comentar se o banco estaria planejando uma emissão de títulos no Exterior. Conforme uma fonte da agência Dow Jones, o BNDES planeja captar US$ 1 bilhão com a emissão de bônus no Exterior. Entre as razões citadas por Luciano Coutinho para a criação de uma subsidiária internacional há, ironicamente, o reflexo das queixas de empresários e investidores: a carga tributária. A criação de uma subsidária internacional, afirmou Coutinho, é "racional", pois segundo ele, hoje o BNDES capta recursos no mercado internacional, tem de trazer ao País, incorrendo em tributação, e depois tem de sair outra vez.

Pobreza volta a crescer na Argentina

Ao longo da meia década em que o denominado "casal presidencial" - o ex-presidente Néstor Kirchner e sua esposa e atual presidente, a populista Cristina Kirchner - está no comando da Argentina, a pobreza no país registrou uma acentuada queda. Quando Kirchner tomou posse no dia 25 de maio de 2003, a pobreza assolava 53% dos argentinos. No início do ano passado a proporção de pobres havia caído à metade, registrando um nível de 26%. Segundo a presidente, em 2008 o volume de pobres teria baixado mais ainda, e estaria ao redor de 20%. Mas, economistas independentes, sindicalistas e lideranças da oposição afirmam que ao contrário do que sustenta o governo, desde 2007 a pobreza voltou a crescer, empurrada pela escalada da inflação. Os críticos do governo afirmam que Cristina, que tomou posse em dezembro passado, está empenhada em camuflar a nova alta da pobreza. Conforme o presidente da Pastoral Social, monsenhor Jorge Casaretto, com base em um relatório da Universidade Católica Argentina (UCA), a proporção de argentinos pobres atualmente estaria entre 28,1% e 30,6%, incluída neste grupo, a proporção de indigentes seria de 8,7% a 10,5%.

Filho do ministro das Comunicações, senador Hélio Costa, é "fantasma" no Senado Federal

O filho do ministro das Comunicações, Hélio Costa, Eugenio Alexandre Tollendal Costa, é funcionário-fantasma no gabinete do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA). Eugenio tem um cargo de assistente parlamentar no Senado Federal há cinco anos, mas nem o próprio senador o conhece. Flexa Ribeiro afirmou nunca ter falado com Eugenio, nem pelo telefone. "Nunca falei com ele. Não o conheço, não sei onde ele mora", disse Flexa Ribeiro. Eugenio vive em Juiz de Fora (MG). Como assistente parlamentar de Flexa Ribeiro, Eugenio ganha R$ 2.649,46 por mês. Conforme ato de nomeação, ele foi contratado em 13 de junho de 2003 para assessorar Duciomar Costa (PTB-PA). À época, Duciomar e Hélio Costa (que assumiu o cargo de ministro em 2005) eram colegas no Senado. O petebista foi eleito prefeito de Belém em 2004, quando deixou sua cadeira para seu suplente, Flexa Ribeiro, que manteve Eugenio no cargo até hoje. Eugenio se formou, em dezembro de 2007, no curso de comunicação social da Faculdade Universo de Juiz de Fora. A instituição é da família do suplente do ministro Hélio Costa, o senador sem voto Wellington Salgado (PMDB-MG).

Gerdau compra fatia da BNDESPar na Aços Villares por R$ 1,3 bilhão

O grupo Gerdau anunciou que fechou acordo para comprar a fatia de 28,88% que a BNDESPar possui na Aços Villares por R$ 1,3 bilhão. O valor pago por ação, de R$ 1,3685, representa um prêmio de 9,48% sobre o preço de fechamento das ações da empresa nos negócios de quarta-feira. Com a aquisição, o grupo brasileiro passa a ter, indiretamente, 52,26% do capital total e votante da Aços Villares, atualmente controlada pela Sidenor, com 58,44% das ações ordinárias. A Sidenor é controlada pela Gerdau (40%), Santander (40%) e um grupo de executivos da própria empresa espanhola (20%).

Ministro Guido Mantega demite dois auditores da Receita Federal por improbidade

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, demitiu na quarta-feira dois ex-graduados funcionários da Receita Federal - Paulo Baltazar Carneiro e Sandro Martins Silva - por improbidade administrativa e por gerenciar e administrar empresa privada. Eles foram investigados em processos abertos pela Corregedoria da Receita, que resultaram na demissão, e respondem ainda a inquérito do Ministério Público, acusados de favorecer empresas privadas em troca do recebimento de propinas. Sandro e Paulo Baltazar eram sócios da empresa Martins Carneiro, que dava consultoria na área tributária. De acordo com as investigações, eles atuavam dos dois lados do balcão e chegavam a modificar normas tributárias para favorecer os clientes que, desse modo, conseguiam reduzir ou escapar do pagamento de multas milionárias impostas pelo Fisco. Os dois auditores foram muito influentes na Receita Federal durante vários anos. Paulo Baltazar foi secretário-adjunto da Receita Federal. Quando as acusações vieram à tona e as investigações começaram, ele já era aposentado, mas exercia o cargo de assessor da Receita. Sandro Martins ainda se encontrava na ativa e era assessor do então secretário da Receita, Everardo Maciel.

Supremo retoma julgamento sobre células-tronco na próxima quarta-feira

O Supremo Tribunal Federal deve retomar na próxima quarta-feira a votação sobre o uso de células-tronco embrionárias em pesquisas científicas. O julgamento da ação que pede a inconstitucionalidade do artigo 5º da Lei de Biossegurança foi iniciado e interrompido no dia 5 de março, após pedido de vista do ministro Carlos Alberto Menezes Direito. A ação direta de inconstitucionalidade foi proposta em 2005 pelo então procurador-geral da República, Cláudio Fonteles, que defende que o embrião pode ser considerado vida humana. Ele pede a exclusão do artigo 5º da Lei de Biossegurança, que permite a utilização em pesquisas de células-tronco embrionárias fertilizadas in vitro e não utilizadas. A regulamentação prevê que os embriões usados estejam congelados há três anos ou mais e veta a comercialização do material biológico. Também exige a autorização do casal. No julgamento de 5 de março, o relator do processo no Supremo, ministro Carlos Ayres Britto, votou contra a ação, ou seja, a favor da continuidade das pesquisas com células-tronco embrionárias. A ministra Ellen Gracie, então presidente do Supremo, adiantou o voto e disse que seguirá o relator, contra a inconstitucionalidade da lei.

Petrobras anuncia nova descoberta de petróleo na bacia marítima de Santos

A Petrobras anunciou na quarta-feira a descoberta de uma nova "acumulação de petróleo" a grandes profundidades na bacia marítima de Santos, a mesma área onde no ano passado a companhia declarou a existência de uma promissora reserva de hidrocarbonetos. Segundo explicou a empresa, a nova jazida foi identificada no bloco BM-S-8, que opera em parceria com a anglo-holandesa Shell (20%) e a portuguesa Galp Energia (14%). O consórcio, no qual a Petrobras atua como operadora e tem 66% de participação, "comprovou a presença de petróleo nos reservatórios do pré-sal, em águas ultraprofundas", com a perfuração do poço 1-SPS-52A. O poço pioneiro foi concluído no dia 18 de maio, a uma profundidade de 6.773 metros, conforme informou a empresa, que não especificou as reservas prováveis da jazida. "Análise preliminares indicam que a densidade do petróleo está entre 25 e 28 graus API, comparável ao de outras descobertas no pré-sal", explicou a empresa. O petróleo dessa densidade API (uma medida internacional de referência) é considerado leve e de maior valor comercial que o médio e pesado, normalmente extraído no Brasil. O bloco exploratório está localizado a cerca de 250 quilômetros do litoral do estado de São Paulo, em águas de 2.139 metros de profundidade.

Polícia colombiana captura sucessor de chefe paramilitar extraditado

A polícia colombiana capturou na quarta-feira, em um exclusivo setor da cidade de Medellín (noroeste), o sucessor do chefe paramilitar Don Berna, extraditado aos Estados Unidos sob acusações de narcotráfico. Alirio de Jesús Rendón, conhecido como El Cebollero, era um dos 20 criminosos mais procurados do noroeste da Colômbia e o governo do país oferecia 50 milhões de pesos (US$ 28 mil) para quem fornecesse informações sobre sua localização. Ele era praticamente o sucessor de Don Berna, como era conhecido Diego Fernando Murillo. Rendón é acusado de ser um dos principais chefes do Oficina de Envigado, segundo as autoridades um grupo dedicado a atividades de narcotráfico, assassinatos por encomenda, extorsão, furto de veículos e contrabando de mercadorias. A polícia demorou oito meses na operação que permitiu a captura de Rendón.

Polícia Federal apreende R$ 7 milhões escondidos em sete malas no Amazonas

A Polícia Federal apreendeu na noite de quarta-feira, em uma casa de conjunto habitacional em Coari (AM), cerca de R$ 7 milhões em cédulas, em sua maior parte de R$ 50,00 e R$ 100,00. A apreensão do dinheiro ocorreu após a prisão, também na quarta-feira, de 21 suspeitos de participação em um esquema de desvio de verbas públicas instalado na Prefeitura de Coari. De acordo com a Polícia Federal, o esquema era liderado pelo prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PMDB). Segundo o delegado Jocenildo Cavalcante, o dinheiro estava armazenado em sete malas, escondidas no forro da casa. "Não tinha morador na casa. Não tinha móveis. As informações que temos é que a casa é da prefeitura. Inclusive, durante as diligências no imóvel, três advogados chegaram e se identificaram como sendo da prefeitura. Não temos ainda a confirmação de que o imóvel seja da prefeitura", disse Cavalcante.

Morto o número 2 do Sendero Luminoso no Peru

Os grupos terroristas na América do Sul seguem sendo golpeados. O número 2 do Comitê Regional de Huallaga do Partido Comunista Peruano Sendero Luminoso, Juan Laguna Domínguez, conhecido pelo apelido de “Piero”, “Lee”, “Barbón” ou “Clay II”, foi morto às 23 horas de domingo, em Sachavaca, distrito de Monzón, na provincia de Huamalíes, Huánuco, por uma patrulha do Exército e de membros da Direção Nacional de Inteligência. A patrulha da 3ª Brigada das Forças Especiais do Exército peruano seguia os passos do terrorista há várias semanas e, nos últimos dias, tinha recebido informação da inteligência militar sobre a possível presença de “Piero” em uma festa de aniversário na zona de Sachavaca. Um grupo de terroristas fortemente armados chegou até a zona acompanhado por Juan Laguna Dominguez, quando aconteceu o enfrentamento, perto da estrada que leva a Monzon. Aí foi abatido o terrorista senderista e foram feridos dois dos membros do seu grupo de segurança. Os terroristas sobreviventes carregaram os cadáveres, mas deixaram todo equipamento militar para poder fugir.

Positivo inicia produção de telas de LCD em unidade da Bahia

A Positivo Informática anunciou na quarta-feira que iniciou a produção de monitores LCD em sua unidade de Ilhéus (BA). Segundo a empresa, a produção de monitores LCD próprios é parte da estratégia de verticalização da produção de componentes, com o objetivo de sustentar margens, com redução de custos ou diferenciação de produtos. Também conforme a Positivo, dentro dessa estratégia, em janeiro de 2008 começou a produzir suas próprias placas-mãe (40 mil unidades/mês). A fábrica da empresa tem 3.100 metros quadrados de área construída, com capacidade de produção máxima de 70 mil monitores por mês, e foi adquirida por cerca de R$ 2 milhões.

Banco do Brasil negocia a compra da Nossa Caixa

O Banco do Brasil anunciou na quarta-feira que está em tratativas para adquirir a Nossa Caixa, banco controlado pelo governo paulista. A negociação foi comunicada pelas duas partes à Comissão de Valores Mobiliários. Os bancos estatais não divulgaram há quanto tempo a negociação está em andamento e nem por quanto o negócio se concretizaria. Com a compra da Nossa Caixa, o Banco do Brasil poderia ganhar um pouco mais de folga na liderança do setor bancário nacional, no qual já sentia a proximidade dos gigantes privados Itaú e Bradesco. Segundo dados do Banco Central relativos a dezembro do ano passado, o Banco do Brasil possui ativos totais de R$ 357,75 bilhões. Passaria a ter cerca de R$ 405,2 bilhões com a aquisição. A Nossa Caixa é o 12º maior banco do País, com ativos totais de R$ 47,44 bilhões. Sua principal atuação é junto a servidores públicos paulistas. No início do ano passado, o banco comprou a folha de pagamento dos servidores estaduais por R$ 2 bilhões. No primeiro trimestre o banco estadual paulista teve lucro de R$ 114,9 milhões, com alta de 31% sobre o mesmo período do ano anterior. Segundo dados da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), o governo paulista detém 71,75% das ações da Nossa Caixa.

Governo italiano transforma a imigração ilegal em crime

O governo do primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, aprovou na quarta-feira a transformação da imigração ilegal em crime, entre uma série de medidas chamadas de "segurança" e que abrangem outras questões, como o combate à máfia. A decisão foi tomada durante o primeiro conselho de ministros do governo de Berlusconi, realizado na cidade de Nápoles, e que durou quatro horas. No total, são 30 medidas, 20 delas antimáfia, incluídas em um decreto de lei e em três projetos de normativa. O governo espera que todas entrem em vigor "até o final de julho", segundo o primeiro-ministro italiano. A criminalização da imigração clandestina já figurava em uma lei promulgada no último mandato de Berlusconi, declarada parcialmente inconstitucional em 2004. Segundo explicou o ministro do Interior, Roberto Maroni, além da tipificação como crime da imigração irregular, entre as novas medidas está a aceleração dos processos judiciais e dos tempos de expulsão.

Senado aprova projeto que criminaliza a pedofilia pela internet

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal aprovou o projeto de lei que torna crime a produção, divulgação e venda de imagens com pornografia infantil. A matéria segue agora para a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado. Antes de ir a plenário, o projeto deve passar pela CPI da Pedofilia, onde deve sofrer modificações. A comissão quer que a nova legislação exija também que os provedores de internet preservem as provas dos crimes, em vez de apagá-las. Além disso, os membros querem aumentar a proteção a entidades públicas e privadas que recebem denúncias desse tipo.

Anatel adia análise de mudanças na legislação para beneficiar Oi e Brasiltelecom

O presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Ronaldo Sardenberg, pediu vistas de dois processos que tratam de mudanças em legislações do setor, que estavam na pauta de votações da reunião da quarta-feira, segundo sua assessoria, para que os dois documentos sejam consensuais. O primeiro processo trata de mudanças no Plano Geral de Outorga, que proíbe que uma empresa de telefonia fixa compre outra em área diferente. Na prática, a modificação permitirá a aprovação pela Anatel da compra da Brasil Telecom pela Oi. A operação foi concluída no fim de abril por R$ 5,863 bilhões. O segundo processo cria o Plano Geral de Atualização do Marco Regulatório, que especificará mudanças necessárias em regulamentos, portarias e normas da agência para os próximos dez anos. Os dois processos foram iniciados a pedido do Ministério das Comunicações. Esse é o maior escândalo do governo Lula. Vai ser beneficiada a empresa que patrocina o primeiro filho, e que tornou Lulinha um multimilionário da noite para o dia.

Garibaldi diz que nova CPMF vai esbarrar no "fantasma" da antiga contribuição

O presidente do Senado Federal, senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), criticou na quarta-feira as articulações para recriar a CPMF. O senador disse que a nova contribuição "não passará fácil" pelo Senado porque vai esbarrar no "fantasma" da antiga CPMF. Para ele, o ideal seria sobretaxar bebidas e cigarros. "A nova contribuição não passa fácil. O fantasma da velha CPMF pode prevalecer. Isso pode levar o debate a radicalismos", afirmou Garibaldi Alves, referindo-se à votação em dezembro de 2007 quando a PEC (proposta de emenda constitucional) da CPMF foi rejeitada pelos senadores e o governo saiu derrotado na votação.De acordo com aliados governistas subordinados, a Emenda 29 (que amplia os recursos para a saúde), que deve ser votada na próxima semana, só pode ser implementada se houver fontes de recursos.

Oposição promete derrubar recriação da CPMF na Justiça e no plenário do Senado

A oposição promete recorrer ao Supremo Tribunal Federal para impedir a recriação da CPMF na Câmara dos Deputados caso os parlamentares insistam em um projeto de lei complementar para aprovar a contribuição em meio às discussões da Emenda 29 (que amplia os recursos para a saúde). Os oposicionistas argumentam que o Legislativo não tem poderes para criar impostos, argumento sustentado pela Constituição Federal. "Se esse absurdo prosseguir na Casa, temos que fazer uma avaliação de sanidade no Congresso. O único caminho seria recorrer ao Supremo Tribunal Federal”, disse o líder do DEM na Câmara dos Deputados, o deputado federal Antônio Carlos Magalhães Neto.

Receita diz que novo recorde de arrecadação é "atípico"

Mais uma vez a Receita Federal atribuiu o recorde de arrecadação registrado no ano a "fatores atípicos" e ao bom desempenho da economia brasileira. A arrecadação de impostos e tributos fechou os primeiros quatro meses do ano com o valor recorde de R$ 223,2 bilhões, uma alta de 12,56% sobre o mesmo período do ano passado. O resultado de abril (R$ 59,574 bilhões) também foi recorde para este mês do ano e representa a quarta melhor arrecadação da série histórica, com valores corrigidos pela inflação. Entre os "fatores atípicos", segundo a Receita, está a arrecadação de cerca de R$ 2 bilhões com multas, juros e depósitos judiciais no quadrimestre, o que explicaria parte do valor total arrecadado a mais no período, cerca de R$ 25 bilhões.

Presidente da Funai quer que guarda nacional ambiental defenda reservas indígenas

O presidente da Funai (um dos órgãos mais corruptos da administração federal), Márcio Meira, disse nta quarta-feira que vai pedir ao novo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, que autorize a futura guarda nacional ambiental a atuar na proteção das reservas indígenas, além das áreas de preservação na Amazônia. A sugestão de criar a guarda foi dada por Minc ao presidente Lula para proteger as áreas de preservação. "Pretendo procurar o futuro ministro para pedir apoio à força nacional ambiental para também atuar na proteção de terras indígenas", disse Meira. Os petistas estão querendo formar mais uma milícia para ser controlada pelo partido.

Presidente da Funai critica ataque de índios a engenheiro da Eletrobrás no Pará

O presidente da Funai, Márcio Meira, criticou na quarta-feira a agressão sofrida pelo engenheiro da Eletrobrás, Paulo Fernando Rezende, produzida por um grupo de índios na região de Altamira (PA). Segundo Meira, nada justifica um ato de violência. Ele disse ainda que a instituição mantém um diálogo permanente com a etnia caiapó cujos integrantes são suspeitos de terem cometido as agressões. Para Meira, a agressão foi "um fato isolado motivado pelo clima da discussão". "Isso provoca revolta. Não há justificativa em hipótese nenhuma. Não podemos aceitar", afirmou Meira, depois de uma audiência no Palácio do Planalto. A Polícia Federal em Altamira instaurou um inquérito para investigar a agressão sofrida pelo engenheiro durante encontro para discussão da construção de barragens na bacia do rio Xingu e a hidrelétrica de Belo Monte. Rezende fazia uma explanação para uma platéia de cerca de 1.000 pessoas quando representantes de diversas etnias, principalmente do grupo caiapó, começaram a gritar, cantar, dançar em círculos e se aproximar lentamente de onde estavam os palestrantes. Armados de facões e bordunas, eles cercaram o grupo e não deixaram ninguém sair. A confusão foi acompanhada por policiais militares, que não interferiram.

Imagens provam que entidade não-índia, que trabalha com os caiapós, comprou facões antes de audiência em Altamira

A Polícia Federal tem em mãos imagens que demonstram que, um dia antes de os índios ferirem o engenheiro da Eletrobrás, em Altamira, um coordenador do Conselho Indigenista Missionário (CIMI) chamado José Ribeiro, comprou facões. O CIMI (organismo da Igreja Católica) “trabalha” com os caiapós, sob a supervisão de um padre chamado Josebá, que também estava na loja. O facões foram comprados com nota fiscal, emitida em nome do Movimento das Mulheres Trabalhadores de Altamira. Em Altamira, Raposa Serra do Sol ou Bauru, os índios são massa de manobra das teses de ONGs e facções pára-militares dos comunistas primitivos da Igreja Católica, como esse tal CIMI.

Mangabeira Unger critica proposta de Minc de criar guarda nacional ambiental

O ministro Mangabeira Unger (da Sealopra) descartou na quarta-feira a criação de guarda nacional ambiental para fiscalizar a região Amazônica, como sugeriu o futuro ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc. Unger definiu a idéia no grupo de "definições prematuras" e que não devem ser adotadas no atual momento de discussão do PAS (Programa Amazônia Sustentável). Unger criticou ainda as "idéias erradas" que há em torno da Amazônia. Segundo ele, é impossível manter a região como um "santuário" sem desenvolver ações produtivas, assim como é necessário conter os avanços depredatórios.

Embraer entrega primeiro avião Embraer 190 na China

A empresa aeronáutica brasileira Embraer entregou na terça-feira o seu primeiro Embraer 190 na China, para a Grand China Express, controlada pelo grupo Hainan Airlines. A entrega do aparelho segue-se à recepção, na passada semana, da certificação da Civil Aviation Administration of China (CAAC) para a operação dos jatos Embraer 190 e Embraer 195 na China continental. Mauro Kern, vice-presidente executivo da Embraer para o mercado de aviação comercial, afirma que "esta certificação constitui mais um importante passo para nossos E-Jets no excelente e promissor mercado de aviação da China". A Embraer informa ainda que os Embraer 170 e 175 serão certificados de acordo com a necessidade do mercado e novos pedidos de clientes chineses. A Embraer estima que o mercado chinês de aviação terá um crescimento médio de 7,5% ao ano nos próximos 20 anos, sendo necessários cerca de 730 aviões novos de 30 a 120 lugares, o que representará 10% da procura mundial neste segmento. Já na faixa de 91 a 120 assentos, na qual o Embraer 190 está posicionado, haverá uma necessidade de mercado de 450 aviões novos na China.

Comitiva de montadora de jipes russa visita o Rio Grande do Sul nesta sexta-feira

Uma comitiva de dirigentes da montadora russa de jipes militares Gaz Tiger estará nesta sexta-feira em Porto Alegre para discutir a implantação de uma fábrica no Rio Grande do Sul. Eles também irão visitar a região de Santa Rosa, que está sendo apontada como possível local para fixação da fábrica. O veículo blindado de uso policial foi aprovado por uma missão gaúcha, que esteve na Rússia em abril. Os jipes seriam utilizados em ações específicas, como combate a assaltos a bancos. Entre as exigências da montadora para confirmar a instalação da fábrica está a aquisição de 32 unidades do jipe por parte do governo gaúcho. Rio de Janeiro e o Uruguai também têm interesse no negócio.

Dois chefes terroristas das Farc são capturados na Colômbia

Autoridades colombianas capturaram nesta quinta-feira dois chefes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), organização terrorista e traficante de cocaína, em operações em Medellín e Arauquita. Agentes do Corpo Técnico de Investigação e tropas militares capturaram, em Medellín, Miguel Gaviria Fontalvo, conhecido como "Jader". Ele seria o substituto de Gustavo Rueda Díaz, conhecido como "Martín Caballero", morto durante um combate com a Marinha colombiana em outubro de 2007. "Martín Caballero" atuava no norte do país e foi o responsável por dezenas de seqüestros, entre eles o do chanceler Fernando Araújo, que permaneceu seis anos em cativeiro. "Jader" foi preso em uma casa em um bairro popular de Medellín. No local, as autoridades apreenderam cinco computadores e 10 milhões de pesos em dinheiro. Já em Arauquita, homens da Marinha capturaram John Jairo Quintero Hernández. Conhecido como "Macaco Quintero", ele era braço direito de Germán Briceño Suárez, irmão de "Macaco Jojoy", terrorista que é o principal comandante militar das Farc.

Promotor argentino pede prisão de Carlos Menem

Um promotor federal da Argentina pediu nesta quinta-feira a detenção do ex-presidente argentino Carlos Menem em um caso por irregularidades na investigação do atentado de 1994 contra a Associação Mutual Israelita Argentina (Amia), em Buenos Aires, que deixou 85 mortos. O promotor também solicitou a prisão de Munir Menem, um dos irmãos do ex-presidente, do ex-chefe dos serviços secretos, Hugo Anzorreguy, e de Juan José Galeano, o juiz que investigou o atentado. Ao pedir a detenção de Carlos Menem, o promotor Alberto Nisman reivindicou ao juiz federal Ariel Lijo a retirada dos privilégios do ex-governante. Disse Carlos Menem, amigo do Irã: “Há algo muito perverso e inconfessável nestes ataques, que não resistem à menor análise séria do ponto de vista jurídico”, Ele acusou o ex-presidente argentino Néstor Kirchner e sua mulher, a atual presidente, Cristina Fernández de Kirchner, de usarem "sistemática e vilmente o caso Amia com fins parciais de encobrir suas manobras". O ataque à Amia foi o segundo atentado terrorista contra alvos judeus na Argentina, após o ataque à Embaixada de Israel em Buenos Aires, cometido em 17 de março de 1992, e que causou a morte de 29 pessoas. Os dois atentados são atribuídos a organizações terroristas islâmicas. A Justiça argentina declarou foragidos nove iranianos, entre eles o ex-presidente do Irã, Hashemi Rafsanjani, cuja prisão foi pedida no ano passado como um dos responsáveis pelo ataque à Amia.

Denise Abreu, uma outra mulher-bomba para o governo Lula

A ex-fumadora de charutos, Denise Abreu, ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil, esteve em Brasília durante a semana, com documentos que, segundo ela, provam que a antiga diretoria colegiada da Anac praticou os atos administrativos lesivos que o Ministério Público Federal está atribuindo apenas a ela. A minuta da permissão para a venda da VarigLog a um chinês, por exemplo, que contraria a legislação nacional, já chegou pronta à Anac. Denise Abreu é testemunha viva das malfeitorias governamentais petistas e das canalhices privadas do setor aéreo. Ela luta para limpar o seu nome e conseguir reintegração à Procuradoria do governo de São Paulo.

Supremo Tribunal Federal agora sabe que Roraima apóia o general Heleno e repudia Tarso Genro

O ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal, tomou conhecimento nesta quinta-feira, durante visita a Roraima, quando sobrevoou parte do Estado, que a Assembléia Legislativa do Estado aprovou, por unânimidade, uma moção de repúdio ao ministro da Justiça, Tarso Genro. Ao mesmo tempo, aprovou a concessão de título de Cidadão Benemérito do Estado ao general Augusto Heleno Pereira, comandante militar da Amazônia, que em abril criticou a demarcação da terra indígena Raposa Serra do Sol e chamou a política indigenista do governo Lula de "lamentável" e "caótica". Ao contrário do general Augusto Heleno, O peremptório ministro Tarso Genro é favorável à demarcação contínua de terras, apoiando que se entregue a seis mil índios uma extensão de terras superior ao Estado de Sergipe. O ministro da Justiça quer expulsar os "não-índios" da reserva, e essa questão será decidida pelo Supremo Tribunal Federal.

Colômbia abre novas investigações sobre arquivos das Farc

A Procuradoria colombiana solicitou, nesta quinta-feira, a investigação de três parlamentares, entre eles a ex-mediadora de paz senadora Piedad Córdoba, dois equatorianos e um deputado venezuelano por ligações com as Farc, organização terrorista e traficante de cocaína, com base em documentos encontrados em um computador de chefe terrorista morto. O procurador geral Mario Iguarán disse que também serão investigados dois jornalistas colombianos: Carlos Lozano, diretor da revista comunista "Voz", e William Parra, do canal Telesur, e a diretora de uma Ong. Iguarán explicou que as investigações foram abertas "com base no relatório da polícia judicial, relacionado aos computadores de Raúl Reyes", o número dois das Farc, morto em 1º de março, em um ataque das tropas colombianas a seu acampamento em território equatoriano.

Repressor da ditadura militar é indiciado por seqüestro de freiras francesas na Argentina

A Justiça argentina indiciou e emitiu a prisão preventiva, nesta quinta-feira, de Ricardo Cavallo, ex-capitão da Marinha, conhecido como "Sérpico", pelo seqüestro e desaparecimento de duas freiras francesas na ditadura (1976/83). O ex-repressor, extraditado pela Espanha no final de março passado, também está sendo processado pelo sumiço de Azucena Villaflor, uma das fundadoras da organização humanitária Mães da Praça de Maio, e de pelo menos outros dez opositores. No seqüestro das freiras francesas Léonie Duquet e Alice Domon, também teve um papel fundamental o ex-capitão Alfredo Astiz, da Marinha de Guerra, mais conhecido como "o anjo loiro da morte". Astiz cumpre prisão preventiva na Argentina e foi condenado à revelia à prisão perpétua por um tribunal francês, em 1990, pelo desaparecimento e morte das duas religiosas. O juiz federal Sergio Torres ordenou ainda o embargo de 12 milhões de pesos (3,7 milhões de dólares) dos bens do ex-militar, que atuou na Escola de Mecânica da Armada (Esma), por onde passaram cerca de 5.000 prisioneiros, a maioria desaparecida. A Justiça acusa Cavallo dos crimes de assassinato, detenção ilegal, torturas, extorsão, roubos com violência e intimidação e falsificação de documentos, cometidos durante o regime militar. Léonie e Alice foram seqüestradas junto com outras pessoas, em 1977, na Igreja da Santa Cruz de Buenos Aires, quando participavam de reuniões do grupo fundador das Mães da Praça de Maio, que buscavam seus filhos desaparecidos. Os restos mortais de Duquet e de quatro mães da Praça de Maio foram jogados no mar de um avião, em um dos chamados "vôos da morte". Os corpos foram arrastados pela maré até uma praia e acabaram sendo enterrados como não identificados, em um cemitério da província de Buenos Aires (centro-leste). Somente em 2005 foram encontrados e identificados. O corpo de Alice Domon continua desaparecido.

Marta Suplicy é vaiada durante Marcha para Jesus em São Paulo

A ministra do Turismo, Marta Suplicy, foi vaiada durante seu discurso na 16ª edição da Marcha para Jesus, realizada nesta quinta-feira, em São Paulo. Convidada pelo deputado estadual Bispo José Bruno (DEM), a ministra começou a falar sobre a manifestação da fé e “homenagem ao povo de Deus”, quando acabou sendo interrompida por vaias. A organização do evento iniciou, em seguida, uma oração, acabando com o discurso da ministra. Depois Marta Suplicy disse: “Não é a primeira vez que participo da marcha, vim em 2002. O nosso povo respeita muito as expressões religiosas. Eu fico feliz que o Brasil seja realmente um País onde nós brasileiros podemos expressar toda a fé da maneira que nós gostamos”. O presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), também discursou. Além de falar contra as drogas, bebidas e violência, ele saiu do palco com a promessa de levar o pedido para a criação do dia do evangélico para ser avaliado no colégio de líderes da Câmara, e saiu bastante aplaudido. O prefeito Gilberto Kassab (DEM) afirmou que em 2009 o evento deve ser realizado no Autódromo de Interlagos, na Zona Sul. Segundo ele, a idéia é realizar a marcha em um local que tenha estrutura para receber milhões de pessoas e não prejudique o trânsito nas vias da cidade.

Procurador vai recorrer contra a licitação da iluminação pública em Porto Alegre

O procurador geral do Ministério Público Especial junto ao Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, Geraldo Costa da Camino, vai recorrer da decisão tomada na quarta-feira pelo Pleno do Tribunal de Contas, que, ao julgar processo da Prefeitura de Porto Alegre, deliberou, por 4 a 2, pela revogação da medida cautelar que suspendera a licitação cujo objeto é a eficientização e manutenção do sistema de iluminação pública de Porto Alegre. Ou seja, a troca de 90 mil pontos de luz (postes) na cidade em nove meses. Para o procurador Geraldo Costa da Camino, esta licitação guarda muita semelhança com a licitação do lixo da prefeitura de Porto Alegre detonada pelo Tribunal de Contas, porque é concentracionária, de forma a impedir a participação de mais concorrentes; e, principalmente, porque terceiriza serviços da prefeitura, como a compra de materiais, a manutenção dos postes de iluminação e a fiscalização.

Procuradora de Estado amiga de Flávio Vaz Neto pede para sair da CPI do Detran

O deputado estadual Adilson Troca (PSDB), relator da CPI do Detran-RS, aceitou o pedido de afastamento da comissão parlamentar de investigação da procuradora do Estado, Andreia Flores Vieira. Isso aconteceu depois de matéria do jornal Zero Hora ter demonstrado que ela é amiga pessoal do ex-presidente do Detran, o também procurador de Estado Flávio Vaz Neto, denunciado pela Polícia Federal na Operação Rodin, que apurou o desvio de mais de 43 milhões de reais da autarquia gaúcha, principalmente durante o governo de Germano Rigotto. Andréia Flores Vieira assessora o relator, e não se deu ao trabalho de avisar antes a ele que era amiga pessoal de um dos principais envolvidos nas fraudes do Detran. Ela também foi sub-chefe da Sub-Chefia Jurídica da Casa Civil do governo Rigotto. Na sessão da CPI do Detran realizada na última quarta-feira, o ex-secretário executivo da Fatec (fundação de direito privado que prestava serviço para o Detran e terceirizava os mesmos), Silvestre Selhorst, reafirmou que Francisco Fraga, secretário de governo da prefeitura de Canos, participou de reunião na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul ocorrida no dia 9 de maio de 2007, e que foi apresentado a Chico Fraga nessa ocasião. Francisco Fraga, que é filiado ao PTB, demonstra uma enorme afinidade com o PMDB, especialmente com o deputado federal Eliseu Padilha e membros de seu grupo. A mulher de Chico Fraga trabalhava no escritório político de Eliseu Padilha. E o filho de Chico Fraga, Jonatan Fraga, trabalhou na Coordenadoria da bancada do PMDB na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul. Ele foi nomeado para o cargo por indicação direta do deputado estadual Marco Alba, atual secretário de Habitação, Saneamento e Desenvolvimento Urbano do Rio Grande do Sul. Marco Alba é considerado um dos braços de Eliseu Padilha dentro do PMDB gaúcho.