terça-feira, 15 de abril de 2008

Antenor Ferrari diz: “Não sei quem é Ferrigolo, não o defenderia”

O vice-presidente do PMDB de Porto Alegre, Antenor Ferrari (ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul), afirmou para Videversus, na tarde desta terça-feira, que não tomou nenhuma iniciativa junto à Comissão de Ética do diretório do partido na capital gaúcha no sentido de obter o arquivamento do processo de expulsão do presidente da Procergs, empresário Ronei Ferrigolo. Ferrari foi enfático: “Não conheço essa pessoa. Se passasse por ele na rua, não saberia quem é. Também não indiquei o nome dele para a presidência da Procergs (Companhia Estadual de Processamento de Dados). Se tivesse sido consultado, quando estava no exercício da presidência do partido, eu não teria indicado ele para o cargo. A nomeação dele é exclusiva responsabilidade do diretório regional”. Antenor Ferrari diz que não faria jamais pressão sobre a comissão de ética para obter qualquer resultado em algum processo. E reitera que não sabia do arquivamento do processo de expulsão de Ronei Ferrigolo do PMDB, aberto por iniciativa de Luis Carlos Leivas Job (Melinho, ex-chefe de gabinete do ex-governador Germano Rigotto) e Ernesto Teixeira (atual presidente do DEP – Departamento de Esgotos Pluviais da Prefeitura de Porto Alegre).

Governadora Yeda Crusius anuncia nesta terça-feira o megainvestimento da Aracruz

A governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), anuncia na manhã desta terça-feira, no Palácio Piratini, o maior investimento da história atual do Estado: US$ 2,8 bilhões na montagem da nova fábrica da Aracruz, no município de Guaíba. A empresa tomou sua decisão menos de uma semana após o governo de Yeda Crusius ter aprovado o novo Zoneamento Ambiental da Silvicultura, após enfrentar um percalço judicial levantado por fundamentalistas ambientalistas retardatários. Carlos Aguiar, diretor-presidente da Aracruz, estará presente na cerimônia no Palácio Piratini. O governo Yeda Crusius está se confirmando como a maior fábrica de boas notícias, com uma atração absolutamente recorde em termos de novos investimentos no Rio Grande do Sul, que deverão mudar a face econômica do Estado. A nova planta da Aracruz prevê a construção de quatro terminais fluviais. Nela a Aracruz produzirá 1,3 milhão de toneladas de celulose branqueada a partir do eucalipto, além das 500 mil toneladas que já fabrica na atual unidade, a antiga Riocell, adquirida da Klabin em 2003.

João Luiz Vargas, presidente do Tribunal de Contas, decidiu a favor da Fatec

Torna-se cada vez mais inevitável a convocação do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, conselheiro João Luiz Vargas, para depor na CPI do Detran. Esta tendência ficou praticamente delineada nesta segunda-feira, após a descoberta de uma decisão adotada por João Luiz Vargas em favor da Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (Fatec), envolvida com irregularidades na fraude da autarquia. Por determinação de João Luiz Vargas, a secretaria estadual de Educação foi obrigada a suspender um contrato com a fundação Conesul, vencedora da licitação para executar as provas do supletivo para 200 mil alunos da rede pública, realizada no governo Germano Rigotto (PMDB). O pedido de impugnação do concurso foi feito pela Fatec, em julho de 2005. Isto contradiz frontalmente a declaração de João Luiz Vargas de que nunca intercedeu em favor das fundações de direito privado que se aproveitam da Universidade Federal de Santa Maria. A licitação vencida pela Conesul, concorrente da Fatec, conseguiu reduzir a valor gasto com os exames em R$ 550 mil na comparação com o ano anterior. A decisão de João Luiz Vargas atrasou a realização das provas em cerca de três meses. Mais de 200 mil inscritos não puderam completar o supletivo. Muitos perderam oportunidades de emprego em suas vidas por causa dessa decisão. Ao final, o Pleno do Tribunal de Contas rejeitou por unanimidade a decisão temporária de João Luiz Vargas favorável à Fatec. Não bastasse isso, João Luiz Vargas foi sócio da empresa IGPL (Inteligência em Gestão Pública), dirigida pelo filho de José Fernandes, dono da Pensant, considerada o verdadeiro pivô da fraude do Detran RS e que resultou em desvios de recursos públicos superiores a 43 milhões de reais. João Luiz Vargas foi sócio nessa empresa em 2002 e 2003, e depois foi substituído na sociedade por seu filho. É evidente, a cada dia que passa, que João Luiz Vargas deve renunciar ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul.

Pellegrini diz que era figura decorativa e apenas deu prosseguimento a contratos

Primeiro a depor na tarde desta segunda feira na CPI do Detran RS, na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, o ex-presidente da Fatec (fundação de direito privado que se aproveitava da Universidade Federal de Santa Maria para desviar recursos públicos), Luiz Carlos de Pellegrini, disse que a direção da entidade não é um posto almejado na universidade e que o assumiu, em maio de 2006, atendendo a apelo do Conselho Superior da Fundação, formado por 20 pessoas. “A direção funciona mais como uma figura decorativa. E, confesso, não ficávamos o dia inteiro na Fundação. A Fatec fica num prédio isolado e os projetos são desenvolvidos nos laboratórios, na área do campus. Os documentos eram levados até nós para assinarmos. Mas, tínhamos sempre a preocupação de passá-los antes pelo setor jurídico”, ressalvou. “O projeto Detran tinha em torno de 120 funcionários e nos foi comentado que era para ter sido constituído um fundo, uma reserva técnica, para cobrir indenizações desses trabalhadores ao final do contrato. Este fundo, porém, não existia. Inclusive, estava negativo”, disse ele. Pellegrini não soube dizer onde foram aplicados os recursos do fundo. “Algumas pessoas foram demitidas, outras foram contratadas em outro lugar e começaram a surgir ações trabalhistas. Tivemos o caso de um cidadão cuja indenização ultrapassava os R$ 100 mil. E isso nos gerou um pânico. O total poderia chegar a R$ 6 milhões”, comentou ele. Pellegrini disse ter chamado o então secretário-executivo da Fundação, Silvestre Selhorst, e o coordenador do Projeto, Dario Trevisan, para tratar do assunto. Na época, foi proposto ao Detran um reajuste no valor do contrato, condição que não foi aceita pelo presidente da autarquia: “Aí surgiu a hipótese de substituição das fundações para a realização dos exames, especialmente o dos examinadores. Sou leigo nisso, mas me foi passado que em dois anos prescreveria o direito a indenizações trabalhistas”, declarou ele. Ou seja, confessou que participou de uma trampa para fraudar direitos trabalhistas de trabalhadores. Conforme informou, ele assinou o contrato, mas não elaborou o documento. Quem sugeriu a substituição, segundo ele, foi Silvestre Selhorst, em razão da situação pela qual a Fatec estava passando. Consta nos registros da Assembléia, no dia 9 de maio de 2007, a presença na Casa, pela manhã, de Pellegrini, Ferdinando Fernandes, Silvestre Selhorst e Flávio Vaz Netto. Pellegrini disse ter vindo a Porto Alegre, a convite de Silvestre Selhorst, para uma reunião no Detran, mas foi conduzido à Assembléia, onde reuniu-se com Selhorst, Fernandes e Francisco (Chico) Fraga. Pellegrini não soube dizer em que sala se deu a reunião. Na ocasião, Chico Fraga teria feito menção, segundo Pellegrini, aos “direitos do rapaz”. Pellegrini entendeu que o “rapaz” seria Lair Ferst. Na época, Ferst já havia sido demitido da Fatec. Questionado quanto à razão da demissão, Pellegrini respondeu que Ferst “não aparecia na Fundação”. Pellegrini disse ter abandonado a reunião para não discutir o assunto. Segundo o depoente, no mesmo dia, à tarde, e na mesma sala, houve novo encontro, desta vez com Flávio Vaz Netto, além de Ferdinando Fernandes e Silvestre Selhorst. Pellegrini disse que perguntou a Vaz Netto se estava tudo bem com o contrato entre o Detran e a Fatec.

Cezar Miola assume vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul

Em meio à maior crise de descrédito da sua história, o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul deu posse, na tarde desta segunda-feira, ao procurador Cezar Miola, até ontem Procurador Geral do Ministério Público Especial junto à Corte. O auditório Romildo Bolzan, do Tribunal de Contas, ficou completamente lotado para a posse do conselheiro Cezar Miola. Videversus pode assegurar que, a partir de agora, os julgamentos no Tribunal de Contas não serão mais como era até agora. Algo vai mudar substancialmente na história nada elogiosa do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul até agora. Cezar Miola é um servidor público exemplar. Se o Estado tivesse algumas dezenas iguais a ele, com certeza a história do Rio Grande do Sul moderno seria diferente. Ao mesmo tempo, assume como Procurador Geral do Ministério Público Especial o procurador Geraldo Costa Da Camino. Ele fez uma dupla muito importante até agora, com Miola, para a afirmação dos princípios republicanos na vida pública gaúcha. Terá papel muito mais importante a partir de agora. Se um Da Camino já produz uma Operação Rodin, com dez Da Camino dificilmente haveria facilidade para roubo de recursos públicos no Rio Grande do Sul.

Obras do pólo naval envolvem toda a população de Rio Grande

Duas grandes operações logísticas paralisaram a cidade de Rio Grande nesta segunda-feira, envolvendo a instalação do pólo naval. A primeira foi uma manobra para levar ao dique seco peças gigantes de aço que serão usadas na construção de navios, na tarde desta segunda-feira. Duas mesas industriais de aço, cada uma com 15 toneladas, 13 metros de comprimento e nove metros de largura foram levadas do Distrito Industrial até a WTorre, no Dique Seco. Por causa da operação, cerca de seis quilômetros de trânsito ficaram interrompidos nos dois sentidos. A segunda é a substituição da rede que leva energia de Rio Grande para São José do Norte. A troca de cinco cabos aéreos da linha de transmissão deve começar nesta terça-feira e se prolongar até o dia 23 de abril. Atualmente eles estão localizados a 72 metros acima do nível da água. Os novos cabos, tracionados, evitarão a formação da “barriga”. A mudança permitirá a entrada do “pórtico-guindaste”, um equipamento com 85 metros de altura que a WTorre está trazendo da China para o Dique Seco.

Cubanos fazem fila para comprar celulares após autorização do governo

Dezenas de cubanos formaram filas nesta segunda-feira em escritórios da telefonia estatal para comprar aparelhos de telefone celular, apesar dos preços altos para os padrões salariais cubanos. Até agora, só estrangeiros podiam comprar celulares na “democrática” Cuba do ex-ditador Fidel Castro e do atual ditador Raul Castro (dinastia comunista). Muitos cubanos pediram para seus familiares, que moram em Miami, financiarem a compra do celular. Ou seja, o que o “genial” ditador Raul Castro fez foi abrir uma “janela de liberdade” para recambiar dólares de cubanos que vivem nos Estados Unidos. Ele também permitiu que os cubanos possam comprar carros, computadores e se hospedar nos hotéis que até agora eram reservados só para os estrangeiros. O dinheiro, naturalmente, virá de Miami. Os exilados mandarão o dinheiro para que seus familiares possam comprar terras, casa, carros, computadores, celulares, e até possam ter o prazer de passar um dias nos hotéis cubanos à beira mar. Em 30 escritórios da Empresa de Telecomunicações de Cuba os cubanos podem escolher entres seis modelos de aparelhos que vão de US$ 64,80 até US$ 288,80 e contratar uma linha por US$ 119,88. O serviço pré-pago é utilizado por meio de cartões US$ 1,80, US$ 21,60 ou US$ 42,20.

Tribunal de Justiça de Minas Gerais nega pedido de liberdade a prefeito de Juiz de Fora

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais negou o pedido de liberdade do prefeito de Juiz de Fora (MG), Carlos Alberto Bejani (PTB), um dos 17 prefeitos acusados de desvio ilegal de recursos do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) repassados pela União. Com a decisão, Bejani continua preso na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na grande Belo Horizonte. A decisão é do desembargador Sérgio Resende, da 3ª câmara Criminal do Tribunal de Justiça, que entendeu que faltam provas questionando a ilegalidade da prisão em flagrante. Bejani foi detido na última quarta-feira pela Polícia Federal, durante a Operação Pasárgada, que prendeu outras 52 pessoas em Minas Gerais, na Bahia e no Distrito Federal.

Funcionários do jornal esquerdista "Le Monde" fazem greve contra demissões

Os funcionários do jornal francês esquerdista "Le Monde" fizeram um protesto nesta segunda-feira contra um plano que prevê a demissão de 130 pessoas, conseqüência da crise que afeta a imprensa francesa. "O Le Monde estará ausente das bancas nesta segunda-feira", advertiu na primeira página o jornal em sua edição de fim de semana. Este é a primeira vez na história da publicação que os jornalistas fazem greve por razões internas. Desde a criação do jornal em 1944, a redação só deixou de trabalhar em uma ocasião, em 1976, para protestar contra o controle do grupo Hersant sobre o jornal "France Soir". O anúncio na semana passada da diretoria do jornal, que tem circulação diária de 320 mil exemplares, de um plano drástico de reestruturação ligou o sinal de alerta entre os funcionários. Com uma situação deficitária e grandes dívidas, a direção propôs uma série de medidas para restaurar o equilíbrio do jornal e de seus suplementos até 2010. O plano prevê a demissão de 130 pessoas, sendo entre 85 e 90 jornalistas, número que representa 25% da redação.

Crivella ganha apoio do PR e mantém discurso de proximidade com Lula

Pré-candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro, o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), fechou nesta segunda-feira aliança com mais um partido da base governista e manteve o discurso da proximidade com o presidente Lula. O PR (antigo PL, que era o partido de Crivella antes do PRB) vai compor a aliança com o PTB e o PTdoB, e garantir mais um minuto ao programa de Crivella no horário eleitoral. Crivella disputa a participação de Lula no palanque do Rio de Janeiro com Alessandro Molon (PT) e Jandira Feghalli (PC do B).

Paulo Bernardo diz que vincular reajuste do mínimo a benefícios do INSS é "insustentável"

O ministro Paulo Bernardo (Planejamento) criticou nesta segunda-feira a aprovação no Senado, na semana passada, do projeto de lei que regulamenta a emenda que vincula o aumento do salário mínimo ao reajuste dos benefícios dos aposentados pelo INSS. O segundo projeto aprovado que pegou a base aliada de surpresa estabelece a extinção do fator previdenciário, mudando a forma de cálculo dos benefícios da Previdência. Ainda não se sabe qual será o impacto da medida nas contas públicas. O ministro considerou o projeto insustentável porque, entre outros problemas, "vai anular a política de reajuste do salário mínimo".

Volks assina acordo com governo e anuncia recall de Fox

A Volkswagen assinou um acordo com o governo e anunciou que fará um recall do Fox. O TAC (termo de ajustamento de conduta) foi assinado nesta segunda-feira com o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça. A Volks terá prazo de 30 dias, prorrogáveis por mais 30, para iniciar o procedimento, que vai envolver os 477 mil Fox produzidos pela empresa desde 2003. A proposta de recall foi feita pelo governo após denúncia de que o manuseio do banco traseiro teria machucado e até mutilado dedos de usuários.

Prefeito de Recife defende terceiro mandato para Lula em encontro de petistas

O prefeito de Recife, João Paulo (PT), defendeu nesta segunda-feira um terceiro mandato para o presidente Lula a partir de 2011. Em encontro nacional de prefeitos do PT, João Paulo argumentou que o presidente Lula vem fazendo "a maior revolução social" do País, motivo que o credencia para permanecer no poder. João Paulo foi aplaudido por grande parte dos cerca de 300 participantes do encontro, em um hotel de Brasília, a portas fechadas. É isso aí, o PT em peso prepara o golpe. "Enquanto não tiver uma posição definida do partido, vou continuar cantando essa posição por aí em ritmo de frevo. Espero ter convencido um monte de prefeitos", afirmou ele. O prefeito de Nova Iguaçu (RJ), Lindberg Farias (PT), admitiu que alguns candidatos às eleições municipais deste ano vêm usando a bandeira do terceiro mandato nos palanques eleitorais. A proposta de João Paulo, além de assegurar um terceiro mandato para Lula, prevê transformar o mandato presidencial para cinco anos. Assim, depois de terceiro mandato, Lula poderia pleitear um quarto, e chegar até os 20 anos de poder, como é o sonho dos “democratas” do PT.

Conselho Universitário da UnB adia discussão sobre escolha de novo reitor

O Conselho Universitário da UnB (Universidade de Brasília) adiou para esta terça-feira a decisão para definir os critérios para a escolha do reitor temporário em substituição a Timothy Mulholland, que renunciou ao cargo no domingo. Após cerca de três horas de reunião, ficou acertado que na tarde desta terça-feira serão definidos os critérios e avaliados os nomes que serão apresentados ao ministro da Educação, o trotskista Fernando Hadadd, até as 18 horas. Este conselho, dominado pelo PT, é uma suprema inutilidade e incapacidade reunidas. Deixou a universidade chegar ao ponto em que está.

Venda de papelão ondulado registra queda de 5,8% em março

As vendas do setor de papelão ondulado, considerado a embalagem das embalagens e, por isso, um dos termômetros da economia, foram de 188,1 mil toneladas em março, uma queda de 5,8 % em relação a março de 2007 (199,7 mil toneladas). Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pela ABPO (Associação Brasileira do Papelão Ondulado). O setor acumula venda de 542,3 mil toneladas no primeiro trimestre de 2008, queda de 0,3 % em relação ao primeiro trimestre de 2007 (543,5 mil toneladas). "As vendas do primeiro trimestre de 2008 ficaram aquém das previsões do setor, quando comparadas com igual período do ano passado", comenta Paulo Sérgio Peres, presidente da ABPO. A queda de março, na comparação com o mesmo mês de 2007, é a pior desde novembro de 2003, quando o setor registrou recuo de 7,8%. Isso quer dizer, concretamente, uma coisa: queda nas encomendas da produção industrial.

ACM Neto defende candidatura de Kassab em São Paulo

O deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA) afirmou na tarde desta segunda-feira que o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), tem que disputar a reeleição nas eleições municipais de outubro. A aliança entre DEM e PSDB está ameaçada porque os tucanos estão divididos entre Kassab e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). "Kassab tem o direito de pleitear a Prefeitura de São Paulo", disse o parlamentar, antes do encontro entre os líderes dos dois partidos em um hotel de São Paulo para discutir o assunto. Apesar de defender a candidatura de Kassab, ACM Neto disse que espera que os dois partidos estejam juntos nas eleições em São Paulo. "É o meu desejo que a aliança continue", afirmou.

Dilma Rousseff adia ida à comissão do Senado para o final do mês

A ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, vai prestar depoimento à Comissão de Infra-Estrutura do Senado somente a partir do dia 29 de abril, quando retorna de viagem oficial ao Japão e Estados Unidos. O depoimento da ministra era esperado pela oposição para ocorrer nesta próxima quarta-feira, mas o senador Romero Jucá (PMDB-RR) recebeu da ministra a confirmação de que estará no Congresso somente no final do mês. Os parlamentares da oposição já anunciaram que vão fazer perguntas sobre o vazamento de informações da Casa Civil que deu origem ao dossiê anti-FHC.

CPI dos Cartões recebe 348 caixas com prestação de contas de 20 órgãos federais

A CPI dos Cartões Corporativos recebeu nesta segunda-feira mais 348 caixas com documentos do governo federal com as prestações de contas de gastos de 20 órgãos federais com os cartões e as "contas B". Os documentos reúnem apenas despesas não sigilosas do Executivo e ficarão à disposição para consulta dos integrantes da CPI. Entre os ministérios que encaminharam as prestações de contas ao Congresso estão Transportes, Saúde, AGU (Advocacia Geral da União) e o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária). No início de abril, a comissão já havia recebido 102 caixas com documentos que comprovam os gastos efetuados por funcionários do governo federal desde 1998. Parlamentares da base aliada pressionaram o governo para encaminhar os documentos à CPI com o objetivo de evitar o encerramento dos trabalhos da comissão. A presidente da CPI, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), prometeu dar fim aos trabalhos amanhã se os governistas não aprovarem novos requerimentos de quebra de sigilo ou convocações de autoridades.

Senador Magno Malta é internado em São Paulo com suspeita de dengue

O senador Magno Malta (PR-ES) está internado desde a noite de sábado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, com suspeita de dengue. Malta começou a se sentir mal no sábado com os principais sintomas da doença: febre, dor de cabeça, dor no corpo e náusea. Malta está sendo acompanhado pela equipe médica do infectologista David Uip e faz exames para confirmar ou não o diagnóstico da doença. Magno Malta esteve no Rio de Janeiro, que enfrenta uma epidemia da doença. Desde o começo do ano, 75.399 casos de dengue foram notificados no Estado. No total, 50 pessoas morreram neste ano na cidade do Rio de Janeiro pela doença.

Ministério da Educação proíbe fundações de doarem bens e serviços para universidades

Os ministros da Educação, Fernando Haddad, e da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, anunciaram nesta segunda-feira mudanças no uso de recursos públicos pelas fundações universitárias. Entre outras alterações, a proibição de doações de bens e serviços para as universidades. A partir de portaria editada pelo Ministério da Educação, as fundações serão obrigadas a transferir em espécie os recursos para as universidades. A mudança foi acelerada pelas denúncias envolvendo o ex-reitor da UnB (Universidade de Brasília) Timothy Mulholland, acusado de utilizar R$ 470 mil da Finatec (Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos) para comprar móveis de luxo para seu apartamento pessoal. Mas, que coisa.... A Finatec comprou o mobiliário de luxo do apartamento do reitor com recursos que havia recebido da própria universidade. Foi uma clássica operação de triangulação. Com a portaria, as fundações terão que seguir as regras previstas pela lei de licitações. "O que ocorreu foi o repasse de bens e serviços para a UnB. Não se repassou recursos, por isso não houve licitação. Agora, a fundação obrigatoriamente terá que repassar os recursos. Se houvesse a nova regra não teria ocorrido esse e muitos outros casos de irregularidades que estão sendo objetos de questionamentos", disse Haddad. Não se sabe se ele é pateta ou está se fazendo de pateta, com uma conversa de lunático. Se usarem incorretamente a legislação, as fundações vão arcar com as conseqüências", disse Haddad. Outra tremenda ignorância, para não dizer coisa pior. Essas fundações, todas, são fundações de direito privado, vinculadas portanto ao ordenamento jurídico dos Estados. Elas devem ser fiscalizadas pela Curadoria das Fundações dos Mistérios Públicos estaduais, os quais não cumprem a sua obrigação, ou seja, não fiscalizam as fundações. No caso da Finatec, ela só foi fiscalizada porque se localiza em Brasília, e quem a fiscaliza é o Ministério Público Federal do Distrito Federal, órgão vinculado ao Ministério Público Federal. Deu para entender?!!!! Promotores e procuradores estaduais, desde que conseguiram garantir os seus subsídios, não fazem nada, não mostram resultado algum do imenso custo que representam para a sociedade brasileira. A portaria prevê ainda que dois terços de professores da universidade devem estar envolvidos em todos os projetos de pesquisa financiados pela fundação. Hummmm .... isso significa ampliar ainda mais a sacanagem..... Agora, para completar, a suprema besteira dita pelo ministro: ele explicou que as fundações que não seguirem as novas determinações do governo poderão ser descredenciadas do apoio às universidades para se tornarem apenas entidades de direito privado. Quá, quá, quá, isso é uma tremenda boçalidade. Fundações de direito privado é o que ela sempre foram, e continuam sendo, e continuarão sendo. "Nós não temos a prerrogativa de extinguir uma fundação, mas descredenciá-la. Toda entidade, inclusive as de direito privado, são obrigadas a se submeterem ao Ministério Público. Mas uma fundação que não seguir essas regras perde o vínculo com a universidade e segue o seu caminho", afirmou ele. Outra gigantesca idiotice. As fundações de direito privado não têm, nunca tiveram, e continuarão não tendo vínculo com as universidades, e tampouco credenciamento. Esse ministro ou é muito ignorante ou não dá para entender o que ele deseja. A sua portaria é um amontoado de inutilidades. O que falta explicar é como o seu ministério repassou e continua repassando milhões e milhões de reais para essas fundações picaretas sem qualquer fiscalização.

Brasil pode ter o terceiro maior campo de petróleo do mundo

O diretor-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo), Haroldo Lima, disse nesta segunda-feira que o bloco BM-S-9, conhecido como Carioca, pode ser o terceiro maior campo de petróleo do mundo. Segundo ele, o poço, que teria reservas em torno de 33 bilhões de boe (barris de óleo equivalente), seria cinco vezes maior que o megacampo de Tupi, na Bacia de Santos. Durante o 4º Seminário de Petróleo e Gás Natural promovido pela Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, Haroldo Lima ressaltou que as informações são "oficiosas", mas oriundas de fontes da Petrobras. "Seria a maior descoberta feita no mundo nos últimos 30 anos e seria também o terceiro maior campo do mundo na atualidade. É algo do Oriente Médio, mas nada está confirmado", afirmou Haroldo Lima. O diretor da ANP explicou que o BM-S-9 fica a oeste de Tupi (BM-S-11). Outra grande descoberta da Petrobras, o campo de Júpiter também fica na zona de influência do Carioca (BM-S-24). Todos ficam sob uma extensa camada de sal, localizada até a 5.000 metros de profundidade. O BM-S-9 é operado pelo consórcio Petrobras, que tem 45% do campo, a British Gas, com 30%, e Repsol, com 25%. Anunciado em novembro do ano passado, o megacampo de Tupi, na Bacia de Santos, tem uma reserva estimada pela Petrobras entre 5 bilhões e 8 bilhões de barris de petróleo, sendo considerado uma das maiores descobertas de petróleo do mundo dos últimos sete anos. Agora, o negócio é o seguinte: o Brasil está cada vez mais dependente de importações de petróleo. Em 2007, a conta petróleo ficou deficitária em 5 bilhões de dólares. Para 2008 está previsto um déficit não inferior a 8 bilhões de dólares. E esses “megacampos” anunciados pelo governo Lula, curiosamente, cada um deles em momento de crise, na melhor das hipóteses não estarão produtivos antes de 2015.

César Maia diz que Fernando Gabeira pediu "bolsa-ditadura"

O prefeito do Rio de Janeiro, César Maia (DEM), disse em mensagem do seu blog nesta segunda-feira que o deputado federal Fernando Gabeira (PV-RJ) pediu uma espécie de "bolsa-ditadura" ao governo federal para compensar o período em que ficou no exílio político durante o regime militar. Segundo o blog, Gabeira disse na reportagem que o direito à indenização deveria se restringir aos casos de comprovado e irreparável prejuízo e, como preso e exilado, não pediu indenização. Porém, segundo o prefeito Cesar Maia, o deputado federal "pediu sim, embora indiretamente". Gabeira reconhece que pediu ao governo, em 2003, que considerasse como tempo de serviço para aposentadoria os sete anos que ficou exilado na Suécia. Segundo Gabeira, nesse período trabalhou como maquinista no metrô e jornalista de uma rádio sueca. Gabeira disse que entrou com o pedido para ter uma garantia de aposentadoria, pois já tem 67 anos e trabalha desde os 18 anos. "Não queria morrer à mingua. Nem depender de amigos ou dos meus filhos", disse ele.

Petróleo atinge novo recorde em Nova York e chega a US$ 111,76

O petróleo bateu novo recorde nesta segunda-feira, ao fechar a US$ 111,76 o barril em Nova York. A alta foi de 1,5% sobre o fechamento de sexta-feira, após as perturbações sobre a oferta e o retrocesso do dólar em relação ao euro. Na Nymex (Bolsa Mercantil de Nova York), o barril de petróleo cru para entrega em maio subiu US$ 1,62 ante o preço anterior e fechou, pela primeira vez, acima dos US$ 111,00 o barril.

Grupo armado ataca penitenciária federal de alta segurança

Um grupo armado com fuzis promoveu na noite de domingo a primeira tentativa de resgate em um presídio federal. A ação ocorreu na unidade de Campo Grande (MS), onde estão criminosos como Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, e Juan Carlos Ramírez Abadía. Os criminosos chegaram à unidade por volta das 22 horas e dispararam diversos tiros. Um helicóptero também sobrevoou o local, o que é proibido. Agentes que estavam de plantão reagiram à ação e receberam apoio das polícias Civil, Federal e Rodoviária Federal. O grupo fugiu. Com capacidade para 208 presos em celas individuais, o presídio abriga cerca de 120 atualmente.

Mesmo com renúncia de reitor, alunos decidem manter ocupação da UnB

Os alunos da UnB (Universidade de Brasília) decidiram em assembléia realizada na tarde desta segunda-feira manter a ocupação da reitoria da instituição mesmo após a renúncia do reitor, Timothy Mulholland, e do vice-reitor, Edgar Mamiya, durante o fim de semana. O fim do protesto está condicionado à realização de eleições paritárias, nas quais os votos dos professores, estudantes e funcionários têm o mesmo peso. Pelo sistema atual de eleições na UnB o voto dos professores pesa 70%, dos alunos 15% e dos servidores 15%. Já existe uma ordem judicial de desalojamento dos estudantes da reitoria, que deve ser executada pela Polícia Federal. Cabe a esta organização, dentro dos melhore preceitos do Estado Democrático de Direito, aplicar dois minutos de cassetete democrático para cumprir a ordem judicial, e tudo voltará ao normal.

Haroldo Lima defende aumento da taxação sobre petróleo e gás no Brasil

O diretor-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo), Haroldo Lima, defendeu nesta segunda-feira o aumento da taxação sobre a produção de petróleo e gás no Brasil. Ele ressaltou que, nos últimos anos, os principais países produtores vêm fazendo isso, e que o Brasil é o único que ainda não sobretaxou as empresas. Haroldo Lima não se mostrou favorável a mudanças na Lei do Petróleo. Segundo ele, a discussão sobre alterações na lei teria que ser feita no Congresso Nacional, e que, como ex-parlamentar, sabe que o processo seria longo. Para Lima, o País não deve perder tempo com questões relacionadas ao desenvolvimento. Por isso, destacou que vai apresentar ao CNPE (Conselho Nacional de Política Energética), no início de maio, sugestões para alterar o Decreto 2.705, de 1998, que define a cobrança de royalties e participações especiais sobre campos de petróleo e gás. O diretor explicou que as alterações serão centradas no aumento da cobrança sobre a produtividade e rentabilidade dessas áreas.

Petrobras fecha contratos na Noruega que superam US$ 5 bilhões

A Petrobras fechou dois contratos com as empresas norueguesas de petróleo Seadrill e MPF, em valor superior a US$ 5 bilhões. Os contratos englobam o aluguel de plataformas de exploração por parte da Petrobras para as atividades de prospecção. Em um acordo de até US$ 4,1 bilhões, a Seadrill fornecerá à estatal brasileira três plataformas semi-submergíveis de exploração durante seis anos. Este acordo elevará a US$ 12 bilhões a agenda de pedidos da Seadrill. A Seadrill é um dos principais grupos de exploração de petróleo do mundo. Suas plataformas West Eminence, West Taurus e West Orion, em construção na Coréia do Sul e na Cingapura, serão utilizadas na costa do Brasil a partir do primeiro trimestre de 2009 no caso das duas primeiras e do terceiro trimestre de 2010 para a terceira. O grupo também anunciou ter assinado um contrato para alugar à Petrobras uma plataforma de exploração em águas profundas a partir do quarto trimestre de 2009. O acordo, de US$ 630 milhões em três anos, tem uma opção que permite a Petrobras prolongar o acordo por dois anos adicionais, o que elevaria o valor final a US$ 965 milhões.

Após pressão, DEM e PSDB demoram para indicar integrantes de nova CPI dos Cartões

Apesar da pressão dos partidos de oposição para que a nova CPI dos Cartões Corporativos seja instalada no Senado Federal, DEM e PSDB ainda não indicaram os integrantes dos partidos que vão compor a comissão. A CPI foi criada na semana passada pelo presidente do Senado Federal, senador Garibaldi Alves (PMDB-RN). Para ser instalada oficialmente é necessário que os partidos indiquem os seus integrantes. Assim como a oposição, os líderes governistas também não indicaram os integrantes da nova CPI. O PMDB chegou a encaminhar os nomes dos senadores para a Mesa Diretora do Senado, mas as sugestões foram retiradas porque houve duplicidade entre os indicados. Garibaldi Alves tem a autonomia de indicar os integrantes da CPI caso os partidos adiem a decisão, mas o regimento do Senado não fixa prazo para que a comissão seja instalada. Na prática, a CPI pode não sair do papel se não houver pressão dos líderes partidários para que seja instalada. A oposição, no entanto, promete indicar esta semana os integrantes da CPI para agilizar a sua instalação.

Isabelita Perón alega ser cidadã espanhola para evitar extradição

A defesa da ex-presidente da Argentina e viúva do general Juan Domingo Perón, María Estela Martínez de Perón, de 77 anos, a Isabelita, alegou nesta segunda-feira que a Justiça argentina não pode julgá-la porque ela é uma cidadã espanhola e porque seu estado de saúde não permite. A Justiça da Espanha decidirá em uma semana se extradita Isabelita Perón, acusada de violação aos direitos humanos durante sua gestão (1974-1976). Ela compareceu nesta segunda-feira à Audiência Nacional (principal instância penal espanhola), em audiência presidida pelo juiz Fernando García Nicolas, que decidirá se extradita a ex-chefe de Estado. Durante a audiência, a defesa de Isabelita alegou que a "Argentina não tem jurisdição porque a acusada tem nacionalidade espanhola". Outro argumento usado contra a extradição foi que ela tem idade avançada e que seu estado de saúde desaconselha uma viagem à Argentina. O promotor da causa, Pedro Rovira, se disse a favor que a ex-presidente seja julgada em seu próprio país. A viúva do general Perón, que mora na Espanha desde 1981, em um chalé na localidade de Villanueva de la Cañada, nos arredores de Madri, está em liberdade condicional desde que foi detida no dia 12 de janeiro de 2007 a pedido da Justiça espanhola. O juiz federal de Mendoza (oeste da Argentina), Héctor Acosta, havia solicitado à Espanha, no dia anterior, a detenção da ex-presidente pelo desaparecimento do militante político Héctor Aldo Fagetti e pela detenção do menor Jorge Valentín Berón, em fevereiro de 1976, um mês antes de ser derrubada por um golpe militar. O juiz Acosta a responsabilizou pela assinatura de decretos que ordenaram aniquilar a atuação dos elementos subversivos que atuavam na Argentina. Quatro dias após sua detenção, no dia 16 de janeiro de 2007, outro juiz federal argentino, Norberto Oyarbide, liberou outra ordem de detenção contra Isabelita por sua responsabilidade nas operações da Aliança Anticomunista Argentina, a Triple A, responsável por mais de 1.500 assassinatos nos anos 70. À frente da Triple A estava o então ministro do Bem-Estar Social, José Lopez Rega, braço-direito dos governos de Perón e de sua mulher.

PT abre mão de candidato próprio em Belo Horizonte para apoiar candidato do PSB

O Diretório Municipal do PT de Belo Horizonte decidiu no domingo abrir mão da candidatura própria na disputa pela prefeitura da cidade. Os petistas mineiros decidiram aprovar o candidato que for indicado pelo PSB. A decisão do Diretório Municipal está em linha com o acordo costurado pelo prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), com o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB). Pelo acordo, o PT indicará o candidato a vice nessa chapa. Inicialmente, Aécio Neves e Pimentel negociavam a candidatura do empresário Márcio Lacerda (PSB) para encabeçar a chapa para a Prefeitura de Belo Horizonte. Mas, o nome de Lacerda perdeu força pelo fato de ser muito ligado a Aécio Neves. Por conta disso, o nome da ex-reitora da Universidade Federal de Minas Gerais, Ana Lúcia Gazzola, também filiada ao PSB, ganhou força como possível candidata da chapa apoiada pelo PT-PSDB e PSB.

Patrus critica PT de Belo Horizonte por aprovar aliança sem consultar partido

O ministro Patrus Ananias (Desenvolvimento Social) criticou nesta segunda-feira o fato de o PT de Belo Horizonte ter aprovado a aliança com o PSB para as eleições de outubro sem consultar o partido. Patrus disse que nunca foi contra a aliança mas questiona a maneira como o processo foi conduzido, pois o partido tomou a decisão de não lançar candidato próprio "sem uma consulta mais ampla às bases".

ANP quer retomada da oitava rodada de licitação de campos de petróleo

O diretor-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis), Haroldo Lima, informou nesta segunda-feira que vai encaminhar no início de maio para o Conselho Nacional de Política Energética uma proposta para retomar a oitava rodada de licitações, que foi suspensa em novembro de 2006. Lima disse que serão apresentadas três alternativas. A primeira delas prevê que o leilão seja retomado do ponto que foi paralisado e com todos os blocos ainda previstos sendo leiloados. Essa opção, frisou, é a preferida da ANP. A segunda prevê que a rodada seja retomada, mas sem os 10 blocos que estão na área de influência da camada pré-sal. Lima explicou que será avaliado se essas áreas têm as mesmas características das 41 áreas retiradas da nona rodada logo após a descoberta do megacampo de Tupi, no final do ano passado. O governo Lula está estudando mudanças nas regras de exploração desses campos, dado o grande volume de petróleo que eles apresentam. A última opção prevê que o leilão seja retomado simbolicamente e encerrado em seguida sem que haja concorrência.

Dilma Rousseff não gostou do seu desempenho na entrevista coletiva

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, está "down", disseram amigos dela para a coluna de Mônica Bergamo desta segunda-feira, publicada no jornal Folha de S. Paulo. De acordo com amigos, o motivo da tristeza não seria o dossiê com gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Mas, sim, a avaliação que ela faz da entrevista coletiva que concedeu para falar sobre o caso. Para a ministra, seu desempenho foi fraco. Na entrevista, Dilma Rousseff voltou a negar o dossiê e afirmou que os computadores da Casa Civil poderiam ter sido alvo de uma invasão promovida por um "espião de crachá". Nos últimos dias, o governo Lula passou a dar sinal de concordância de que o dossiê existe. O ministro da Justiça, Tarso Genro, chegou ao desplante de afirmar, peremptoriamente, como sempre, que “crime não é fazer dossiê, e sim vazá-lo”. Tarso Genro até defendeu, peremptoriamente, o uso político de dossiês. Dilma Rousseff esfriará a cabeça em Porto Alegre, cuidando dos preparativos de casamento de sua Paula Rousseff Araujo. A garota vai passar lua-de-mel no Taiti, paga pelos convidados. Mas, nem seria necessário, porque os pais, Dilma e Carlos Araujo, são bastante abonados. Eles sabem cuidar do cofre.

PC é conquista superior do ser humano, diz Lula

A ampliação do acesso da população à internet e a crescente demanda interna por artigos de informática são conquistas do cidadão brasileiro, afirmou nesta segunda-feira o presidente Lula. Em seu programa semanal de rádio "Café com o Presidente", ele mencionou a instalação de laboratórios digitais nas escolas públicas como esforço para democratizar as oportunidades de estudo. Para o nível básico, prometeu mais 12 mil salas com computadores ainda para este ano. "Nós iremos atender, até 2010, 37 milhões de jovens do ensino fundamental. Nós vamos dotar as escolas públicas urbanas brasileiras de equipamentos que podem permitir que o nosso jovem possa aprimorar os seus estudos e possa produzir muito mais na escola”. Dados do IBGE publicados no ano passado apontavam o Brasil como 62º no ranking mundial de usuários de internet. Relatório do Ibope/NetRatings divulgado no mês passado aponta que o Brasil tem 39 milhões de pessoas que acessam a internet de qualquer ambiente (residência, trabalho, escola, LAN houses, bibliotecas, etc...).

PT quer dar impulso à candidatura de Marta Suplicy com horário de TV

O PT de São Paulo tenta recuperar na Justiça Eleitoral o tempo de TV que perdeu por irregularidades na eleição passada. O partido pretende alavancar a pré-candidatura da ministra Marta Suplicy (Turismo) usando esse tempo perdido. Para isso, o partido pretende colocar Marta Suplicy dia e noite em comerciais partidários na TV. Os dirigentes do PT dizem acreditar que a estratégia deve elevar de 30% para 35% a taxa de intenção de voto em Marta Suplicy. De acordo com a última pesquisa Datafolha, Marta Suplicy está tecnicamente empatada no primeiro lugar com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB). A petista aparece com 29% das intenções de voto, contra 28% de Alckmin. Kassab aparece com 13%.

Quarto maior banco dos Estados Unidos anuncia prejuízo de US$ 393 milhões no primeiro trimestre

O Wachovia (quarto maior banco dos Estados Unidos) anunciou nesta segunda-feira que teve prejuízo de US$ 393 milhões, ou US$ 0,20 por ação, no primeiro trimestre do ano. No mesmo período do ano passado, o banco tinha obtido lucro de US$ 2,3 bilhões, ou US$ 0,20 por ação. O banco perdeu US$ 270 milhões, ou US$ 0,14 por ação. A receita também teve recuo, fechando 4,5% menor do que no mesmo trimestre de 2007, a US$ 7,89 bilhões. O resultado foi muito pior do que era esperado pelos analistas do setor. Para tentar se recuperar das perdas, o Wachovia anunciou a obtenção de US$ 7 bilhões em recursos através da venda de ações.

Marisa Serrano decide nesta terça-feira encerramento da CPI mista dos Cartões Corporativos

A presidente da CPI mista dos Cartões Corporativos, a senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), marcou uma reunião para esta terça-feira para votar os requerimentos de convocação pendentes. Se os requerimentos forem rejeitados, Marisa Serrano promete encerrar sua parte nos trabalhos da comissão. Ela deve pedir para o relator, deputado federal Luiz Sérgio (PT-RJ), concluir seu relatório final com os resultados dos trabalhos da comissão. O encerramento da CPI mista está em linha com a estratégia da oposição de esvaziar as investigações da comissão. O objetivo dos senadores de oposição é focar seus esforços na CPI exclusiva do Senado. Para que a nova CPI dos Cartões seja instalada, os líderes partidários precisam formalizar as indicações de seus integrantes. O DEM vai indicar para titulares da CPI os senadores Demóstenes Torres (GO) e Efraim Morais (PB), enquanto o PSDB vai escolher entre os senadores Álvaro Dias (PR) e Marconi Perillo (GO).

Investidor aposta em mais altas da Selic

O mercado financeiro já embute em suas apostas novas altas da taxa Selic (11,25% ao ano) neste ano, além dos 0,25% previsto para a reunião que começa nesta terça-feira e termina amanhã. Segundo o economista da López León, Flávio Serrano, desde o final de fevereiro as taxas inverteram a curva e passaram a embutir novas perspectivas de alta dos juros. O movimento se intensificou com a ata da 133ª reunião do Comitê de Política Monetária, divulgada em meados de março. O documento revelava quanto os índices de inflação estavam incomodando a autoridade monetária. Será interessante descobrir qual vai ser o discurso de Lula após essa reunião do Copom.

Lei proíbe telefones celulares em salas de aula do Rio de Janeiro

Uma lei estadual proibindo o uso de telefones celulares nas salas de aula das escolas públicas do Rio de Janeiro foi sancionada pelo governador Sérgio Cabral Filho (PMDB) e publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial do Estado. Segundo o autor da lei, o objetivo é "assegurar a essência do ambiente escolar, onde a atenção do aluno deve estar 100% direcionada aos estudos, na fixação do aprendizado passado pelos professores, sem que nada possa competir ou desviá-lo desse objetivo". Conforme ele, o uso do telefone "compromete o desenvolvimento e a concentração dos alunos" e "são preocupantes os relatos de professores e alunos de como é comum o uso do celular dentro das salas de aulas". O deputado tem toda razão, é uma aberração estudante na sala de aula com celular. É claro que o deputado está sendo patrulhado por estudantes estúpidos, mas os que pensam o Brasil não podem agir como o gosto dos idiotas.

Polícia Federal prende na Bahia interventor de fazenda de traficante

O contador Edvaldo Budóia foi preso por agentes da Polícia Federal, na manhã desta segunda-feira, cinco meses depois de assumir o comando da Fazenda Mariad, em Juazeiro, 508 quilômetros ao norte de Salvador. Ele foi nomeado interventor da Mariad pela Justiça, depois que o administrador Rogério Alves de Santana se afastou do cargo, alegando problemas de saúde. Santana passou a responder pela fazenda no fim de agosto, depois que o proprietário, o traficante colombiano Gustavo Durán Bautista, foi preso, ao ser flagrado com cerca de meia tonelada de cocaína, no Uruguai. A fazenda fazia parte de uma empresa de importação e exportação de frutas, usada como fachada para o envio de drogas para a Europa. O interventor teria facilitado roubos de maquinário de propriedade da empresa e vendido frutas e equipamentos agrícolas da fazenda a preços abaixo do mercado, beneficiando propositalmente alguns parceiros comerciais.

GM vai investir US$ 200 milhões em nova fábrica em Joinville

A General Motors anunciou que vai começar a construir uma fábrica de motores e de componentes automotivos, no valor de US$ 200 milhões, em Joinville, Santa Catarina. A montadora quer aumentar sua capacidade de produção no Brasil e na América do Sul, onde tem obtido crescimento nas vendas. A GM afirmou que a fábrica, que deve empregar cerca de 500 pessoas, deverá começar a produzir no quarto trimestre de 2009. Com plena capacidade, a unidade poderá fabricar 120 mil motores e 50 mil cabeçotes por ano. Embora as vendas da GM no mercado americano estejam em queda, a montadora está obtendo crescimento consistente na América do Sul. A GM registrou 19,4% de aumento nas vendas de veículos em 2007, para 1,2 milhão, na América Latina, África e Oriente Médio.

São Paulo testa recuperação de 3,6 milhões de alunos da rede pública

A Secretaria de Educação de São Paulo testa nesta terça-feira 3,6 milhões (65% do total de 5,5 milhões) de alunos de 5ª a 8ª série e Ensino Médio da rede estadual que fizeram recuperação em matemática e língua portuguesa. Foram 42 dias de recuperação intensiva focada nas duas disciplinas. Esta é a primeira vez que a secretaria aplica uma prova para verificar os resultados obtidos pela recuperação. A avaliação elaborada pela Secretaria da Educação tem 40 questões (20 de língua portuguesa e 20 de matemática), além de redação. A correção será feita pelas próprias escolas, e não há prazo definido pela Secretaria para a entrega das notas. Os alunos que não demonstrarem evolução no aprendizado continuarão em recuperação. Isto é o que era preciso aplicar no País inteiro. É urgente que na educação brasileira se volte ao velho método das sabatinas. Chega de modernismos e de métodos pedagógicos que nada ensinam. Chega de modismos piagetianos. Chega de construtivismos, etc....Professor tem que trabalhar, aluno tem que estudar, e o resultado tem que ser testado em provas rotineiras.

Dólar comercial recua 0,18% e encerra a R$ 1,687

Após uma alta na última sexta-feira, quando interrompeu oito baixas consecutivas, o dólar retomou a trajetória de queda nesta segunda-feira em relação ao real. O dólar comercial caiu 0,18% e fechou a R$ 1,687. O novo declínio foi assegurado pela continuidade do fluxo financeiro favorável diante da expectativa de um aumento da Selic, taxa básica de juros, pelo Banco Central, nesta quarta-feira, o que deve elevar o diferencial de juros interno e externo. Isso é absolutamente preocupante para a balança comercial brasileira e para a economia nacional como um todo. Na segunda semana deste mês, a balança comercial teve um superávit de US$ 319 milhões, 62,11% menor que o superávit da semana anterior, que foi de US$ 842 milhões. Além disso, na comparação com a segunda semana de abril de 2007, quando o saldo foi de US$ 904 milhões, o superávit da semana passada foi 64,71% menor.

Embraer apresenta novo jato executivo Phenom 300

A Embraer concluiu no último sábado a montagem do primeiro jato Phenom 300 na Unidade Gavião Peixoto, na região de Araraquara. A apresentação (rollout, em inglês) antecede uma série de ensaios em solo preparativos para o primeiro vôo do jato. A montagem final do segundo Phenom 300 já foi iniciada na mesma fábrica. A apresentação do Phenom 300 ocorreu dez meses após a apresentação do Phenom 100, em junho de 2007. O primeiro corte de metal do Phenom 300 foi realizado no final de março de 2007. A instalação das asas e dos motores aconteceu em fevereiro de 2008 e, a primeira partida elétrica (electrical power-on), em março de 2008. As subseções foram montadas na Unidade Botucatu. Diferentemente do Phenom 100, a montagem final do Phenom 300 foi executada na Unidade Gavião Peixoto, onde a campanha de testes também será realizada. "Estamos empolgados por ver o Phenom 300 tornar-se realidade. O Phenom 300, que apresenta conforto superior, o melhor desempenho da categoria e baixo custo operacional, estabelecerá um novo padrão para a categoria Light Jet.", afirmou Luís Carlos Affonso, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Executiva. Mais de 400 engenheiros participaram do programa Phenom 300.

Deputado estadual Jerônimo Goergen repudia invasão de fazenda Southall em São Gabriel

O deputado estadual Jerônimo Goergen (PP), presidente de seu partido no Rio Grande do Sul, denunciou nesta segunda-feira que, no final da tarde de domingo, a Brigada Militar apreendeu munição para revólver e cartuchos de armas de caça em um gol vermelho. De acordo com o sindicato rural de São Gabriel, o veículo é de frequente de Ivonete Tonin, uma das principais chefias da organização terrorista clandestina. Jerônimo Goergen repudia a ação, e reafirma a posição de que o governo federal tem que cumprir a Portaria nº 101 do Incra, que determina a exclusão do cadastro nacional de reforma agrária de pessoas envolvidas em invasões de terra. Diz ele: “O MST insiste em afrontar o Estado de Direito. Enquanto o governo federal não cumprir a lei, as invasões vão continuar, o que só fará com que a sociedade siga tendo prejuízos. Só teremos paz no campo quando os verdadeiros agricultores puderem trabalhar a terra com tranquilidade, sem invasões”.Segundo o sindicato rural da cidade, na tarde desta segunda-feira, das 80 cabeças de gado pertencentes à propriedade, duas já haviam sido abatidas pelos terroristas invasores. A Brigada Militar e a Polícia Civil, na retirada desses invasores, deve qualificar a todos, para que possam ser processados.

CPI do Detran-RS pede dados sobre operações financeiras de indiciados no Exterior

Os seguintes requerimentos foram aprovados na sessão desta segunda-feira da CPI do Detran-RS da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul: o requerimento nº 125 pede a convocação para depoimento de Valter Ferreira da Silva, presidente do Sindicato dos Instrutores e Examinadores de Condutores de Veículos Automotores do Rio Grande do Sul, sobre fatos relativos à transição do contrato de prestação de exames de habilitação da Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (Fatec) para a Fundação Educacional e Cultural para o Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Educação e da Cultura (Fundae); o requerimento nº 126 solicita ao Ministério das Relações Exteriores, ao Ministério da Justiça, à Polícia Federal, à Receita Federal e ao Banco Central informações sobre a existência de contas correntes, aplicações financeiras existentes (ativas ou encerradas) em outros países, especialmente no Uruguai, dos 39 indiciados pela Operação Rodin e das empresas Pensant Consultores; Newmark Tecnologia da Informação Logística e Marketing; Rio Del Sur Auditoria & Consultoria; Newmark Serviço da Informação e Inteligência; IGPL – Inteligência em Gestão Pública; NT Pereira – Processamento de Dados; Doctus Consultores; FUNDAE – Fundação Educacional e Cultural para o Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Educação; FATEC – Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência; Carlos Rosa Advogados Associados; Nachtigall Advogados Associados; e Pakt; o requerimento n.º 127 solicita cópias dos documentos referentes à evolução patrimonial de Alfredo Pinto Telles, sócio da Newmark Tecnologia da Informação, durante o período de janeiro/2000 e janeiro/2007; o requerimento n.º 128 solicita cópia integral dos livros contábeis da empresa PAKT, CNPJ sob o n.º 01957582/001-61; o requerimento n.º 129 solicita a quebra do sigilo fiscal, bancário e financeiro das empresas Polo e Andrade Consultores e Höher e Cioccari Advogados Associados; o requerimento n.º 130 pede o depoimento do adjunto de procurador do Ministério Público Especial junto ao Tribunal de Contas, Geraldo Costa Da Camino, o qual iniciou toda a investigação que resultou na Operação Rodin, com a Representação 035/2007; o requerimento n.º 131 pede a quebra do sigilo fiscal, bancário e financeiro de 24 indiciados e envolvidos na Operação Detran, com os seguintes 24 envolvidos: Alfredo Pinto Telles, Antônio Dorneu Cardoso Maciel, Carlos Ubiratan dos Santos, Dario Trevisan de Almeida, José Antônio Fernandes, Ferdinando Francisco Fernandes, Flávio Roberto Luiz Vaz Netto, Lair Antonio Ferst, Rosana Cristina Ferst, Luciana Balconi Carneiro, Patrícia Jonara Bado Dos Santos, Rubem Höher, Silvestre Selhorst, Hermínio Gomes Junior, Pedro Luiz Saraiva Azevedo, Luiz Carlos de Pellegrini, Rosmari Greff Ávila Silveira, Carlos Dahlem da Rosa, Paulo Jorge Sarkis, Denise Nachtigall Luz, Alexandre Dornelles Barrios, Luiz Paulo Rosek Germano, Francisco José de Oliveira Fraga, Nilza Terezinha Pereira.

Prefeitura de Porto Alegre vai reinaugurar a Fonte Talavera

A Fonte Talavera, localizada em frente à prefeitura de Porto Alegre, entra na reta final do processo de restauração. Danificada há quase três anos, durante um protesto público de carroceiros, a fonte precisou esperar por peças vindas da Espanha, país onde foi concebida, há mais de 160 anos. As peças foram refeitas na Artesania Tavalerana, localizada na cidade espanhola de Talavera de la Reina, e chegaram a Porto Alegre em março passado. Segundo o arquiteto Edgar da Luz, responsável pela restauração, a montagem de infra-estrutura no local da fonte está em fase final. Começam agora os trabalhos de preparação das peças novas, bem como de limpeza e restauração de partes da obra original. A montagem total da Fonte Talavera deve ficar pronta em 60 dias. O trabalho de instalação está estimado em R$ 49 mil, preço que custará aos contribuintes de Porto Alegre pelos carroceiros, que não contribuem com um centavo em impostos. Presenteada a Porto Alegre pela Sociedade Espanhola de Socorros Mútuos no centenário da Revolução Farroupilha, em 1935, a peça é uma construção original de 1855. Foi criada pelo artista Juan Ruiz de Luna e fabricada em seu atelier, em Talavera de la Reina, na Espanha.

Prefeitura de Porto Alegre vai reinaugurar a Fonte Talavera

A Fonte Talavera, localizada em frente à prefeitura de Porto Alegre, entra na reta final do processo de restauração. Danificada há quase três anos, durante um protesto público de carroceiros, a fonte precisou esperar por peças vindas da Espanha, país onde foi concebida, há mais de 160 anos. As peças foram refeitas na Artesania Tavalerana, localizada na cidade espanhola de Talavera de la Reina, e chegaram a Porto Alegre em março passado. Segundo o arquiteto Edgar da Luz, responsável pela restauração, a montagem de infra-estrutura no local da fonte está em fase final. Começam agora os trabalhos de preparação das peças novas, bem como de limpeza e restauração de partes da obra original. A montagem total da Fonte Talavera deve ficar pronta em 60 dias. O trabalho de instalação está estimado em R$ 49 mil, preço que custará aos contribuintes de Porto Alegre pelos carroceiros, que não contribuem com um centavo em impostos. Presenteada a Porto Alegre pela Sociedade Espanhola de Socorros Mútuos no centenário da Revolução Farroupilha, em 1935, a peça é uma construção original de 1855. Foi criada pelo artista Juan Ruiz de Luna e fabricada em seu atelier, em Talavera de la Reina, na Espanha.

Prefeitura de Porto Alegre vai reinaugurar a Fonte Talavera

A Fonte Talavera, localizada em frente à prefeitura de Porto Alegre, entra na reta final do processo de restauração. Danificada há quase três anos, durante um protesto público de carroceiros, a fonte precisou esperar por peças vindas da Espanha, país onde foi concebida, há mais de 160 anos. As peças foram refeitas na Artesania Tavalerana, localizada na cidade espanhola de Talavera de la Reina, e chegaram a Porto Alegre em março passado. Segundo o arquiteto Edgar da Luz, responsável pela restauração, a montagem de infra-estrutura no local da fonte está em fase final. Começam agora os trabalhos de preparação das peças novas, bem como de limpeza e restauração de partes da obra original. A montagem total da Fonte Talavera deve ficar pronta em 60 dias. O trabalho de instalação está estimado em R$ 49 mil, preço que custará aos contribuintes de Porto Alegre pelos carroceiros, que não contribuem com um centavo em impostos. Presenteada a Porto Alegre pela Sociedade Espanhola de Socorros Mútuos no centenário da Revolução Farroupilha, em 1935, a peça é uma construção original de 1855. Foi criada pelo artista Juan Ruiz de Luna e fabricada em seu atelier, em Talavera de la Reina, na Espanha.

TCU denuncia que repasses do governo Lula a ONGs são "contrários ao interesse público"

Os R$ 24 milhões tirados dos cofres públicos nos últimos cinco anos para serem dados à Abrasel, entidade de classe que reúne donos de bares e restaurantes, são um exemplo do que o Tribunal de Contas da União classificou como repasses "contrários ao interesse público". Uma auditoria do TCU analisou 167 contratos com as Ongs durante o governo Lula. Neste período, a fantástica cifra de R$ 12,6 bilhões em dinheiro do contribuinte foi parar nos caixas destas entidades. No caso da Abrasel, o repasse foi facilitado pelas relações em comum que o dirigente da Ong tem com Lula. A pedido de um amigo, o presidente participou de um evento do setor em agosto de 2006. A “forçinha” veio através do Ministério do Turismo, que deu R$ 300 mil para o 18º Congresso da Abrasel. Uma das principais bandeiras da organização é se opor ao projeto de lei para banir o fumo em ambientes fechados, que aguarda assinatura de Lula. Nos anos 90, a Abrasel foi usada pela indústria do cigarro para defender a idéia de que fumantes e não-fumantes deveriam conviver no mesmo espaço. "Não houve atendimento ao interesse público", denuncia a auditoria do Tribunal de Contas da União sobre o caso. O levantamento oficial aponta que grande parte do dinheiro teria beneficiado apenas os dirigentes e associados da entidade. O Tribunal encontrou irregularidades na seleção das entidades: falta de qualificação para as atividades contratadas, falhas na prestação de contas e ausência de acompanhamento e fiscalização por órgãos do governo.

Garimpeiros e terroristas do MST ameaçam parar estrada de ferro da Vale do Rio Doce

O clima de insegurança em Parauapebas (PA) aumentou nesta segunda-feira. Garimpeiros e terroristas do MST ameaçam parar a Estrada de Ferro Carajás, às vésperas do aniversário do chamado massacre de Eldorado do Carajás. Os integrantes da força para-militar do MST permanecem de prontidão no acampamento em Parauapebas. Eles chegaram de várias partes do Maranhão e do Pará e ameaçam invadir as instalações da ferrovia da Companhia Vale do Rio Doce, usada para transportar minério de ferro, combustíveis e passageiros. A data da invasão pode ser quinta-feira, para que o MST celebre a sua tentativa de ação militar comandada em Carajás, que resultou na morte de 19 terroristas após enfrentamento com a Polícia Militar do Pará. A rodovia foi liberada em uma hora. Em Agudos, no interior de São Paulo, manifestantes invadiram uma fazenda da AmBev no fim de semana. Em Pernambuco, 28 propriedades rurais foram invadidas desde sábado. Em Santa Maria da Boa Vista fica uma das áreas invadidas.

Justiça dá prazo para que terroristas do MST desocupem fazenda em São Gabriel

Os terroristas do MST, que invadiram nesta segunda-feira a Fazenda Southall, em São Gabriel (RS), terão até sexta-feira, às 10 horas, para sair da área, conforme determinação do juiz Eduardo Pontes, da 1ª Vara Cível da cidade. O juiz atendeu pedido de reintegração de posse feito na tarde desta segunda-feira pelos proprietários da fazenda. Também ficou determinado que a Brigada Militar passe a monitorar o local, garantindo a segurança e evitando a entrada de novos invasores. Como os gaúchos têm a felicidade de viver em um Estado Democrático de Direito, comandado por uma governadora, Yeda Crusius (PSDB), que cumpre a lei, já se pode contar que os terroristas que invadiram a fazenda sairá do lugar com toda certeza. O juiz autorizou a utilização de força pública necessária ao cumprimento da medida. Ele determinou, ainda, que o Conselho Tutelar acompanhe a saída dos invasores. Segundo a polícia, a água e a luz da propriedade já foram cortadas e mais de 100 oficiais monitoraram a situação no local. O comandante da Brigada Militar na Fronteira-Oeste, coronel Lauro Binfel, disse que até o momento não foi necessária interferência policial no acampamento. Cerca de 800 terroristas, treinados em tática de guerrilha, estão na Fazenda Southall.

Tiroteio faz médicos gaúchos deixarem bairro no Rio de Janeiro

Todos os médicos gaúchos que atendiam pacientes da dengue no bairro da Penha, no Rio de Janeiro, deixarão este bairro. O pedido foi aceito pelas secretarias de Segurança e da Saúde do Estado em uma reunião no domingo, um dia depois que um tiroteio próximo à tenda amedrontou o grupo. Eram 18 horas de sábado quando os tiros começaram. A seguir, rajadas de fuzil foram ouvidas, segundo o pediatra Nilson Maestri. Médicos e pacientes se jogaram no chão. A médica Carla Ribeiro Leonhardt, de 27 anos, relatou ter sentido medo. Nesta segunda-feira, nova reunião confirmou a transferência dos gaúchos para o Hospital Anchieta, no Caju. Perto do hospital-tenda dos gaúchos fica o Complexo do Alemão, um dos morros mais violentos do Rio de Janeiro.

Exército colombiano descobre refinarias das Farc

O exército colombiano descobriu nesta segunda-feira oito pequenas refinarias de petróleo montadas pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), organização terrorista e traficante de cocaína, nas selvas da fronteira sul com o Equador. As instalações, de características artesanais, foram achadas na zona rural de Valle del Guamez, cidade do departamento de Putumayo, localizada a cerca de 1,5 mil quilômetros de Bogotá. A ANE destacou que os rebeldes tinham armazenados no local mais de 77 mil barris de petróleo (aproximadamente 285 mil litros), além de 1.375 galões (5.085 litros) de gasolina e outros 500 galões (1.850 litros) de óleo combustível. Os combustíveis tinham como destino diferentes laboratórios para o processamento de pasta base de coca. O petróleo foi extraído do Oleoduto Transandino, que transporta petróleo de campos de Putumayo até Tumaco, porto voltado para o Pacífico e que fica em Nariño, departamento da mesma fronteira.

Exposição de Londrina movimenta mais de R$ 175 milhões

O bom momento da agropecuária nacional aliado ao aumento do poder aquisitivo da população alavancaram os negócios da 48ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina. Estimativa preliminar da Sociedade Rural do Paraná aponta que a comercialização da feira ultrapassou a meta inicial, superando os R$ 175 milhões. O volume é 6% maior do que o registrado no ano passado. Todos os segmentos tiveram crescimento com relação a 2007. O número de visitantes do primeiro final de semana aumentou em 10% na comparação com a feira do ano passado. A comercialização nos leilões já havia superado os R$ 20 milhões antes mesmo dos dois últimos dias de festa.

PMDB de Porto Alegre arquiva processo de expulsão do empresário presidente da Procergs

No maior silêncio, o PMDB de Porto Alegre arquivou, na semana passada, o pedido de expulsão contra o presidente da Procergs (Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul), o empresário Ronei Ferrigolo, do ramo de informática. A comunicação do arquivamento do processo de expulsão do empresário Ferrigolo foi comunicada a ele na semana passada, por meio de ofício, confirmou a Videversus, na noite desta segunda-feira, o presidente da Comissão de Ética do PMDB de Porto Alegre, Luis Afonso Almeida. Também foi comunicado arquivamento do processo, por ofício, ao presidente do partido na capital gaúcha, deputado estadual Luiz Fernando Salvadori Zachia. Conforme Luis Afonso Almeida, a relatora da comissão de ética, Flora Henrique Oliveira, notificou todas as partes envolvidas, mas apenas o denunciado, empresário Ronei Ferrigolo, do ramo de informática, apresentou sua defesa. Já as partes denunciantes, Luis Carlos Leivas Melo e Ernesto Teixeira, deixaram de comparecer aos atos do processo na comissão de ética. Luis Afonso Almeida também negou a informação passada a Videversus por três fontes (que preferiram não se identificar) de que quatro peemedebistas notórios teriam intercedido no processo em favor de Ronei Ferrigolo: o vereador Sebastião Melo, presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre; o deputado estadual Edison Brum (ex-líder da bancada do PMDB na Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul), Carlos Alberto Pacheco Campos (Cao), ex-presidente da Procergs, e responsável pela filiação ao PMDB do empresário Ferrigolo, seu ex-diretor na estatal gaúcha, e Antenor Ferrari, ex-presidente do PMDB de Porto Alegre. Luis Afonso Almeida disse a Videversus: “Ninguém veio falar comigo, e nem viriam, porque sabem que eu não admito uma coisa deste tipo”. Também o vereador Sebastião Melo, consultado por Videversus, na noite desta segunda-feira, negou iniciativa do gênero: “Eu não fui pedir pelo Ferrigolo. Aliás nem conheço ele direito, sei que ele foi filiado em um período que fiquei na presidência do partido, quando vieram para o PMDB vários filiados do PHS”. Antenor Ferrari, no final de semana, disse a Videversus que não sabia do assunto: “Eu nem estou mais na presidência do partido”. Com tudo isso, o PMDB de Porto Alegre garantiu sua permanência no governo do Estado em mais um cargo deo escalão, sendo representado pelo novel peemedebista Ronei Ferrigolo.