quinta-feira, 15 de junho de 2017

Miguel Reale Júnior diz que PSDB está se "peemedebetizando"


Um dos autores do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, Miguel Reale Júnior esclareceu, nesta terça-feira (13), os motivos de sua desfiliação do PSDB. O anúncio foi feito na noite de segunda-feira (12), logo após o partido ter decidido permanecer no governo Temer. "O PSDB está se peemedebetizando", afirmou o jurista, fazendo referência à criação do partido, em 1988. Naquele ano, ex-integrantes do PMDB, como Fernando Henrique Cardoso, Franco Montoro e Mário Covas, decidiram liderar a fundação de uma nova legenda, devido à discordância com uma ala do PMDB considerada "fisiológica" e liderada pelo então presidente da República, José Sarney, mas principalmente por causa do domínio político de Orestes Quércia dentro do PMDB de São Paulo. Reale Júnior foi ministro da Justiça no governo Fernando Henrique Cardoso.

O jurista enfatizou que o PSDB deve seguir apoiando as reformas, mas que, para isso, não precisa necessariamente fazer parte do governo. Ele comentou, ainda, que as denúncias contra Temer e o senador tucano Aécio Neves, que surgiram com as delações da JBS, são "gravíssimas" e que o partido está deixando de tomar uma decisão ética, o que estaria em desacordo com a própria carta de fundação do partido. "Quem praticou fatos delituosos tem que ser punido. Esse partido (PSDB) tem que ser distinguido por outros por isso. Se não é distinguido por outros, eu saio do partido", enfatizou o jurista. 

Um comentário:

Paolo Hemmerich disse...

- O DR. REALE FOI PEGO DE SURPRESA!! PARA ELE, TEMER ERA HONESTÍSSIMO E FOI POR ESSE MOTIVO QUE O JURISTA TANTO SE EMPENHOU PELO IMPEACHMENT DE DILMA!! ESTÁ CERTO QUE MINHA SECRETÁRIA AQUI DE CASA, DONA GENOVEVA, 4º ANO INCOMPLETO, SEMPRE SOUBE QUE O VICE DE DILMA NÃO PODIA SER EXATAMENTE UM SER ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA!! MAS O DR. REALE E TANTOS OUTROS "INDIGNADOS" COM TEMER, NÃO SABIAM DE NADA!! E, PARECE, CONTINUAM A NÃO SABER DE COISA ALGUMA!!!