sábado, 19 de abril de 2014

CAMPING DIGITAL DO PT TREINA SEUS MILITANTES PARA AÇÃO DE CONTRA-INFORMAÇÃO NAS REDES SOCIAIS, NA INTERNET

A um custo de R$ 400 mil, o PT começou na sexta-feira a treinar militantes do partido para aumentar e capacitar o time do partido que desenvolve ações de contra-inteligência nas redes sociais. Em um "camping digital" desenvolvido em São José dos Campos, no interior paulista, até o domingo, cerca de 2 mil inscritos participaram de debates, palestras e oficinas que têm por objetivo formar o exército virtual da sigla que vai atuar durante o período eleitoral. Em sua maior parte instalados em barracas do camping, dentro de um clube da cidade, os petistas começaram a chegar para o evento na noite de sexta-feira. São uma mescla de jovens e adultos, de diversos Estados: uns familiarizados com a rede e dispostos a discutir estratégias e outros que ainda engatinham no mundo digital. Entre os campistas, vereadores, assessores parlamentares e militantes em geral. Poucos portavam netbooks ou outros gadgets (aparelhos eletrônicos portáteis). Nos três dias, frequentarão eventos que vão da tecnologia - "como usar um editor de imagens", "como formar e articular redes", "fotografia para o ativismo" - às estratégias -"como fazer seu blog acontecer", "meme, como fazer um viral" -, passando pelo conteúdo - "novos movimentos de juventude, manifestações globais e as novas utopias pós-capitalistas" e "reforma política e a crise da democracia representativa".

JOSÉ SERRA TEM ALTA E DEIXA O HOSPITAL SÍRIO LIBANÊS

O ex-governador José Serra teve alta médica na tarde deste sábado e deixou o Hospital Sírio Libanês. O político estava internado desde terça-feira, por conta de uma infecção bacteriana. Pessoas próximas ao ex-governador disseram no início da tarde que a avaliação médica não havia apontado nenhuma gravidade no quadro de saúde de Serra. Apesar disso, ele mesmo tinha optado por permanecer no hospital para evitar complicações com a aplicação dos antibióticos. No fim de janeiro deste ano, Serra passou por uma cirurgia na próstata no mesmo hospital. Em julho de 2013, durante avaliação pré-operatória sobre a hiperplasia prostática benigna, o ex-governador acabou tendo de ser submetido a um cateterismo cardíaco, sendo indicado tratamento percutâneo com colocação de um stent, o que adiou a intervenção cirúrgica na próstata.

APAGÃO DEIXA AEROPORTO INTERNACIONAL DO GALEÃO ÀS ESCURAS NA SEXTA-FEIRA SANTA

O Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim /Galeão ficou às escuras na noite de Sexta-Feria da Paixão, devido a  um curto-circuito na subestação principal do aeroporto. De acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), o problema ocorreu às 21h45, afetando os terminais 1 e 2 de passageiros. Os dois terminais começaram a ter o fornecimento restabecido 15 minutos depois, mas o sistema foi normalizando gradativamente. Segundo a Infraero, a iluminação na pista de pousos e decolagens  não foi afetada pelo blecaute nos terminais, mas por medida de segurança 11 vôos atrasaram, sem necessidade de cancelamento de nenhum vôo. A Infraero informou, ainda, que a luz voltou a funcionar no Terminal 2 por volta das 22h50, e no Terminal 1 a luz foi totalmente restabelecida às 23 horas. A empresa informou que o saguão dos terminais não estava completamente lotado, porque o movimento maior de chegada e saída do Rio de Janeiro ocorreu na quinta-feira. A concessionária de energia Light informou que não foi acionada porque a rede elétrica do Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim/Galeão é independente e de responsabilidade do próprio aeroporto.

O OUTRO ESQUELETO DA PETROBRAS EM PASADENA

Da operação da Petrobras em Pasadena, no Texas, uma parte ainda está bem guardada. Quando o litígio entre a estatal e a sócia belga terminou, um terreno comprado pela Astra foi herdado pela empresa brasileira. Trata-se de uma fábrica de papel falida chamada Pasadena Paper — tão centenária quanto a própria refinaria. A Petrobras tinha a intenção de usar o local para a ampliação da planta de refino. A idéia era aumentar a capacidade de processamento de 100 000 barris diários para 200 000. Junto com o projeto, a estatal aprovou a criação de uma nova empresa a ser instalada no local: a Petrobras Asphalt, que fabricaria asfalto como subproduto do petróleo processado em Pasadena. A empresa foi registrada no banco de dados do Estado do Texas em 8 de janeiro de 2010. Mas sua atuação foi fulminante. No início de 2013, já estava fora de operação.
Não há registros da atuação da Asphalt em Pasadena. Sua área, assim como o restante do terreno da empresa de papel, integra um elefante branco na cidade e funciona meramente como galpão de estocagem de insumos da refinaria. A Petrobras jamais comunicou aos seus acionistas sobre a criação da nova empresa e tampouco o que pretendia com ela. Comandada pelo então gerente da área de asfalto da BR Distribuidora, Jorge Paulo Moro, a Asphalt tem em seu DNA as digitais de Nestor Cerveró e seu sucessor na diretoria internacional, Jorge Zelada. À época da criação da empresa, Cerveró era diretor financeiro da BR, o único braço da estatal ligado a projetos de asfalto. Foi ele que chancelou a indicação de Moro, funcionário de carreira da estatal, para liderar o negócio. Outra indicação foi a de Sócrates José Marques da Silva, assessor de Zelada, que também assinou pela criação da empresa. Da mesma forma que o projeto de expansão da refinaria nunca vingou, a Petrobras Asphalt também foi sepultada. Com a chegada de Graça Foster à presidência da estatal, não só a diretoria internacional viu seu poder minguar, como os projetos que estavam sob sua batuta também foram congelados. O quanto a Petrobras gastou para criar a estrutura da Asphalt nos Estados Unidos ainda é um mistério. Contudo, apenas para implodir um prédio localizado no terreno da empresa de papel e assim usá-lo para seus próprios interesses, a estatal injetou 10 milhões de dólares, por meio da refinaria de Pasadena. Em 2013, a Asphalt deixou de operar e seus funcionários voltaram ao Brasil. No pouquíssimo tempo em que funcionou nos EUA, a única coisa que acumulou foram duas ações na Justiça, das quais é ré. Ambas alegavam terem contratos firmados com a empresa brasileira, cujos pagamentos não foram honrados. Para escapar das penalidades, a empresa tem alegado que está em processo de dissolução e não pode arcar com nenhuma penalidade financeira.

POLÍCIA FEDERAL PRENDE VEREADOR LÍDER DA GREVE DA POLÍCIA MILITAR NA BAHIA

A Polícia Federal prendeu na sexta-feira o vereador Marco Prisco (PSDB), líder dos policiais militares grevistas na Bahia. Prisco foi detido em um resort na Costa do Sauípe, litoral baiano. O parlamentar foi transferido imediatamente para a Penitenciária da Papuda, em Brasília. Além de vereador em Salvador, Prisco é diretor-geral da Associação de Policiais e Bombeiros da Bahia (Aspra), uma das entidades que organizaram as paralisações da Polícia Militar neste ano e em 2012, após a qual Prisco se elegeu. A pedido do Ministério Público Federal, o juiz Antônio Oswaldo Scarpa, da 17ª Vara Federal em Salvador, expediu o mandado de prisão preventiva contra Prisco no dia 15 de abril, antes, portanto, de os praças da Polícia Militar firmarem acordo com o governo Jaques Wagner (PT) para dar fim à greve. O Ministério Público Federal afirmou que o objetivo da prisão preventiva de Prisco é "garantir a ordem pública". Ele é réu, desde o ano passado, em ação penal por formação de quadrilha armada e crime contra a Segurança Nacional. O Ministério Público Federal denunciou Prisco e outros seis militares (entre soldados e cabos), em abril de 2013, por crimes cometidos durante a greve de 2012, às vésperas do Carnaval. Para garantir a segurança de Prisco, o juiz decidiu que o réu deve ser mantido em presídio federal, em unidade de segurança máxima, por até noventa dias. Por isso foi levado para a Papuda. A prisão de Prisco teve auxílio da Polícia Rodoviária Federal e da Aeronáutica, que cedeu a base área para a decolagem do avião que transportou o vereador para Brasília. Como é acusado de cometer crime político, Prisco terá de recorrer ao Supremo Tribunal Federal.

EX-MINISTRO DE COLLOR DE MELO DESISTE DE FAZER PARTE DO CONSÓRCIO DE TRÊS IRMÃOS

Depois de uma semana de pressão nos bastidores, Furnas conseguiu, enfim, livrar-se da sociedade com o secretário de Assuntos Estratégicos do governo de Fernando Collor de Mello, Pedro Paulo Leoni Ramos, na usina hidrelétrica Três Irmãos. Na noite de quinta-feira, o empresário, que se viu enredado no escândalo da operação Lava-Jato da Polícia Federal, confirmou sua saída do negócio, como já circulava nos bastidores. A partir de agora, o desafio é encontrar novos sócios privados que arquem com 50,1% do negócio. A estatal do setor elétrico se associou à GPI Investimentos e Participações e outras três empresas controladas pelo grupo de Leoni Ramos para arrematar a concessão de Três Irmãos, leiloada pelo governo federal no último dia 28. A mesma GPI é citada no relatório da Polícia Federal sobre a Operação Lava-Jato. De acordo com as investigações, há indícios de que a empresa presidida por Leoni Ramos poderia ser sócia do doleiro Alberto Youssef no laboratório Labogen. Desde que a suspeita da polícia veio à tona, Furnas vinha tentando se livrar do sócio.

MORRE O NARRADOR ESPORTIVO LUCIANO DO VALLE

O narrador esportivo Luciano do Valle morreu na tarde deste sábado. Ele passou mal durante uma viagem de avião entre São Paulo e Uberlândia, em Minas Gerais. Socorrido no aeroporto da cidade mineira, o locutor foi levado ao hospital Santa Genoveva, mas não resistiu. Luciano do Valle viajava a Uberlândia para narrar o jogo entre Atlético-MG e Corinthians, marcado para o domingo no Estádio Parque do Sabiá, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele passou mal a bordo do vôo JJ 3244, minutos antes do pouso, e recebeu os primeiros socorros de um médico voluntário. Segundo informações divulgadas pela Tam, o narrador sentiu uma melhora e desembarcou normalmente, mas voltou a sentir-se mal no saguão do aeroporto e foi encaminhado ao hospital, onde veio a falecer. Luciano do Valle nasceu na cidade de Campinas, no interior de São Paulo, em 1947. Ele começou a carreira profissional aos 16 anos como locutor na Rádio Educadora, ao lado do radialista Lombardi Netto. Trabalhou na Rádio Brasil de Campinas, antes de ser convidado pelo locutor esportivo Pedro Luís Paoliello para atuar na Rádio Gazeta, em São Paulo. Em 1968, mudou-se para a Rádio Nacional (atual Globo). Ele chegou à TV em 1974, pela própria Globo. Ali, substituiu Geraldo José de Almeida no posto de titular, na fase pré-Galvão Bueno. Pela emissora carioca, narrou o segundo título de Emerson Fittipaldi na Fórmula 1, em 1974, e transmitiu duas Copas (1978 e 1982) e duas Olimpíadas (1976 e 1980). Quando saiu da Globo, teve uma rápida passagem pela Record, organizando, com a ajuda da emissora, o jogo de vôlei entre Brasil e União Soviética, no Maracanã, que detém, até hoje, o recorde de público em uma partida de vôlei. Na Band, Luciano estreou em 1983, onde criou o Show do Esporte, levando para a TV as jornadas esportivas do rádio. Ele foi precursor nas transmissões da Fórmula Indy, em 1985. Foi a partir da voz dele que o Brasil acompanhou a rivalidade entre as equipes de Hortência e Paula, que, juntas, ganharam o Pan de 1991, em Havana, e o título mundial de 1994. Luciano foi uma espécie de promotor do boxeador Maguila, principal peso pesado brasileiro da história. O locutor abriu espaço para as transmissões de NBA no País e também para o futebol americano. Criou modelos bem sucedidos para a TV, como o Verão Vivo — transmitido de postos da Band no litoral brasileiro — e o Apito Final, base do modelo de mesa redonda que se popularizou nas últimas duas décadas. Comandou programa de variedades (Valle Tudo), transmitiu carnaval e até programa matinal (Tudo em Dia). No início de 2012, teve um AVC que o obrigou a passar por sessões de fonoaudiologia, para reaprender a falar. Apesar da saúde debilitada, o narrador não se afastou das transmissões. Uma operação na bexiga o tirou da cobertura dos Jogos de Londres de 2012 pela Bandsports. Seu último trabalho foi no título paulista do Ituano, nos pênaltis, sobre o Santos.

JOSÉ SERRA ESTÁ INTERNADO EM SÃO PAULO, NO SÍRIO LIBANÊS, COM UM QUADRO INFECCIOSO

O ex-governador de São Paulo, José Serra (PSDB), está internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para tratar de uma infecção bacteriana, de origem ainda não detectada. A assessoria do hospital confirmou a internação do ex-governador, sem fornecer detalhes. O ex-governador Alberto Goldman afirmou que falou com Serra no fim da tarde de quinta-feira, por telefone. Serra teria lhe dito que estava bem, recebendo antibióticos, e aguardava resultados dos exames feitos para identificar o tipo de bactéria. Em janeiro passado, Serra esteve internado no Hospital Sírio Libanês para uma cirurgia na próstata. O hospital informou que a intervenção foi necessária “para tratamento de quadro de crescimento benigno local”. O ex-governador apresentava um quadro de hiperplasia prostática benigna - aumento benigno do órgão.

PT FAZ "CAMPING DIGITAL" PARA ORGANIZAR GUERRILHA VIRTUAL. QUE MEDINHO!!!

Vejam esta foto de Werther Santana, publicada no Estadão deste sábado.

barracas petistas
Debaixo de cada uma dessas barracas, há um petista. Ave! Eles participam neste fim de semana de um “camping digital” para organizar a guerrilha virtual contra os reacionários, entendem? Estão lá para aprender a fazer blogs, perfis nas redes sociais, militância em suma. Podem se preparar: a partir de segunda ou terça-feira, certamente aumentará muito o teor de trolagem na rede. São especialistas nisso. É alguém expressar uma opinião com a qual não concordam, tem início o festival de agressões, de baixarias, de demonização. Também fazem patrulha organizada dos meios de comunicação.
Essa coisa de “exército” organizado para defender pontos de vista me remete sempre a coisas como estas:
nazistas reunidos
 Juventude fascista
Uma das imagens dispensa comentários elucidativos. A outra retrata meninos da Juventude Fascista fazendo exercícios.
Na reportagem do Estadão, um dos participantes explica: “Hoje, um idiota de direita com cinco milhões de seguidores faz um estrago que não conseguimos conter com nossos militantes”. Por isso o partido decidiu reunir a sua “juventude”. Ah, entendi. O exército virtual está sendo montado para enfrentar “os idiotas de direita”.
Leio na reportagem que este blog — ou, quem sabe, o blogueiro — preocupa alguns membros da Juventude Petista. Uma das militantes virtuais explicava por que Dilma usou uma expressão de Valeska Popozuda no Facebook nestes termos:“A gente não quer atrair só o pessoal da esquerda; queremos atrair a direita. Queremos atrair a juventude. Quem atrai a juventude? A Valeska Popozuda! Mas sou contra o pancadão político, bater por bater. Bloqueie quem te agredir. É melhor você eliminar uma pessoa agressiva do que alimentar o ódio dela. Se chamar de petralha, nem precisa responder!”.
Pô, eu nem sabia que essa palavrinha doía tanto. E olhem que já expliquei mais de uma vez: nem todo petista é petralha, mas todo petralha é petista. Ou por outra: o petralha é um tipo de petista que justifica o assalto aos cofres públicos em nome da causa.
Evidentemente, a palavra teria caído no vazio se isso não acontecesse com escandalosa frequência no País, certo? Em vez de cair, foi parar no “Grande Dicionário Sacconi da Língua Portuguesa”.
Verbete "petralha" no Grande Dicionário Sacconi da Língua Portuguesa
Verbete “petralha” no Grande Dicionário Sacconi da Língua Portuguesa
Pronto! Hoje é dia de odiar mais um pouquinho Reinaldo Azevedo, debaixo daquelas barracas. Imagino como deve ser à noite, com todos aqueles petistas pensando e rimando ao mesmo tempo… Estou a muitos quilômetros de São Paulo, mas sinto daqui…Por Reinaldo Azevedo

EX-DIRETOR DA PETROBRAS É INDICIADO POR LAVAGEM DE DINHEIRO E FALSIDADE IDEOLÓGICA

A Polícia Federal indiciou Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, pelos crimes de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e organização criminosa. Ele é suspeito de ter ocultado a origem de recursos ilícitos com a ajuda do doleiro Alberto Youssef, que foi indiciado por lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, evasão de divisas, organização criminosa, falsa identidade em contrato de câmbio e por operar instituição de câmbio sem autorização. Outras 44 pessoas investigadas na operação Lava-Jato foram indiciadas na noite de terça-feira, quando o delegado Márcio Adriano Anselmo entregou ao Ministério Público Federal e à Justiça Federal relatórios sobre as investigações. Costa ainda pode ser indiciado posteriormente por corrupção passiva e evasão de divisas, porque policiais ainda analisam indícios de que ele recebeu propina por contratos fechados pela Petrobras com um clube de fornecedores. Também são rastreados recursos remetidos ilegalmente ao Exterior pelo ex-diretor, com ajuda de Youssef. No começo das investigações, policiais descobriram que Youssef comprou um Land Rover Evoque blindado, avaliado em 300.000 reais, para que Costa utilizasse. Foi considerada uma tentativa de ocultar a origem do bem. O esquema investigado na operação Lava-Jato movimentou pelo menos 10 bilhões de reais em operações de lavagem de dinheiro. O indiciamento dos suspeitos não implica que sejam acusados pelos mesmos crimes na denúncia do Ministério Público à Justiça. Mas, juridicamente, esse ato sinaliza aos procuradores da República que os delegados acreditam ter fundamentos de que foram cometidos determinados crimes. A Polícia Federal apresentou uma conclusão parcial do inquérito na terça-feira, porque os documentos precisavam estar com o Ministério Público até a noite de quarta-feira, para que os procuradores tenham tempo de apresentar denúncias até a noite desta segunda-feira. Esse prazo precisa ser cumprido, porque há 14 suspeitos presos preventivamente. Há ainda um preso temporariamente. Caso eles não sejam denunciados à Justiça até segunda-feira, a defesa teria amparo legal para solicitar a revogação de prisões. Diversos documentos, HDs, CDs, DVDs e pen-drives continuam sob análise na Polícia Federal. No caso de Youssef, a Polícia Federal destacou, em um dos relatórios, que ele utilizava 34 telefones. Por isso, ainda vão ser feitos cruzamento de dados para que os policiais tenham a dimensão dos contatos do doleiro. Todos os investigados podem ser acusados posteriormente por outros crimes. Condenado no processo do Mensalão do PT por lavagem de dinheiro, Enivaldo Quadrado foi indiciado por lavagem de dinheiro, organização criminosa e falsidade ideológica. Durante as investigações do caso, policiais constataram que Youssef era o verdadeiro dono da corretora Bônus-Banval, oficialmente registrada em nome de Quadrado. A Operação Lava-Jato começou a ser deflagrada em 17 de março para desmontar um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas, capitaneado por quatro doleiros. Dois deles foram indiciados por financiamento ao tráfico de drogas, diante de indícios da ligação deles com traficantes. Paulo Roberto Costa teve de prestar depoimento nesse dia, mas acabou preso em 20 de março, porque policiais flagraram familiares dele destruindo e ocultando provas. Na segunda etapa da operação, realizada em 11 de abril, a Polícia Federal teve como alvo contrato de 443 milhões de reais da Ecoglobal. Há indícios de que o ex-diretor intermediou esse negócio. Foram apreendidas mais de 400 páginas de documentos na sede da estatal, no Rio de Janeiro.

MONTADORAS ELEVAM CORTE NA PRODUÇÃO DE VEÍCULOS

Mais uma montadora, a Fiat Automóveis, deu férias de 20 dias a 800 funcionários da fábrica de Betim (MG). Segundo a empresa, o objetivo é o "balanceamento de estoques". Com as férias, fica suspenso um dos dois turnos da linha de produção dos modelos Bravo, Doblò, Idea e Linea. Ao todo, 2.400 unidades deixarão de ser fabricadas no período. A Fiat é a 11ª montadora a adotar medida de corte de produção. O setor acumula estoques para 48 dias de vendas, média mais alta desde novembro de 2008. Além da queda de vendas no mercado interno, a redução das exportações para a Argentina, destino de quase 13% da produção brasileira de veículos, é outro fator que leva a indústria a cortar produção. Na terça-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, se reuniu em São Paulo com o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luis Moan, para tratar do assunto. Desde fevereiro, 11 montadoras de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, de um total de 20, anunciaram ações para reduzir a produção, como férias coletivas, suspensão temporária de contratos de trabalho e programa de demissão voluntária (PDV). O mercado apresentou melhora de 10,9% nas vendas na primeira metade do mês em relação a março, mas queda de 10,3% na comparação com abril de 2013, com 140,9 mil veículos licenciados até o dia 14. No acumulado do ano, as vendas estão 3,4% abaixo do resultado do mesmo período do ano passado, com 953,7 mil unidades. Na segunda-feira, durante a inauguração de uma fábrica da Nissan em Resende (RJ), o presidente mundial da aliança Renault/Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn, classificou o crescimento econômico do país nos últimos anos como "decepcionante", atingindo até mesmo o pujante setor automobilístico, cujo mercado poderá amargar uma estagnação nas vendas de 2014 e 2015.

IBGE DIZ QUE VAI REAVALIAR DECISÃO SOBRE A PESQUISA PNAD CONTÍNUA

A direção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) confirmou que concorda em reavaliar a decisão de suspender a divulgação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), em boletim interno divulgado para os funcionários ao fim do dia de terça-feira. A informação tinha sido passada pelo coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE e responsável pela pesquisa, Cimar Azeredo, na última segunda-feira. Na nota, a direção do instituto reconhece que acertou com os coordenadores rebelados, que ameaçavam uma entrega coletiva de cargos, a criação de um grupo técnico, encabeçado pela Coordenação de Trabalho e Rendimento (Coren) e pela Coordenação de Métodos e Qualidade (Comeq) para elaborar uma alternativa à mudança no cronograma de divulgações da Pnad Contínua.

RENAN CALHEIROS REAFIRMA AO SUPREMO QUE CPI PODE INVESTIGAR VÁRIOS FATOS

O presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou na quarta-feira ao Supremo Tribunal Federal que não é necessária conexão entre os fatos para a instalação de uma CPI.  A nova manifestação, elaborada por advogados do Senado, foi enviada para a ministra Rosa Weber, que analisa os mandados de segurança impetrados pela oposição e por parlamentares governistas sobre a criação da CPI da Petrobras. A decisão deve sair nos próximos dias. De acordo com o entendimento da advocacia do Senado, a investigação de temas exclusivos só foi exigida pelo STF, ao analisar questões semelhantes, no caso de CPIs que estavam em andamento. "Não se pode definir, a priori, que certos temas ou fatos determinados sejam excluídos definitivamente e irrevogavelmente do âmbito de investigação da CPI", informa o Senado. Os advogados  também afirmaram que não houve manobras protelatórias da Mesa Diretora do Senado e que o Regimento Interno foi seguido durante a tramitação dos requerimentos de criação da CPI.

COMISSÃO DO SENADO APROVA PROJETO SOBRE CRIAÇÃO DE MUNICÍPIOS

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou na quarta-feira o projeto de lei que trata de novos critérios para a criação, emancipação e fusão de municípios. O texto foi apresentado pelo senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) para tirar dúvidas deixadas pelo veto da presidenta Dilma Rousseff a outro projeto dele que tratava do mesmo assunto. O relatório do senador Valdir Raupp (PMDB-RO) aprovado é favorável à maior parte da proposta de Mozarildo, mas altera alguns pontos importantes no que se refere aos critérios para a criação de municípios. O principal deles diz respeito ao número mínimo de habitantes do distrito que queira se emancipar. Procurando direcionar a criação de municípios para as regiões com menor densidade populacional e maior necessidade de desenvolvimento, o autor do projeto propunha que o número mínimo de habitantes para a emancipação deveria ser 5 mil na Região Norte, 6,5 mil na Região Centro-Oeste, 8,5 mil no Nordeste e 15 mil no Sul e Sudeste. No entanto, o relator considerou que os números eram insuficientes para evitar os impactos alegados pelo governo para vetar o projeto anterior.

JUSTIÇA NEGA PEDIDO DO MENSALEIRO JACINTO LAMAS PARA COMPARECER À VIGÍLIA DE PÁSCOA

A Vara de Execuções Penais do Distrito Federal negou pedido do ex-tesoureiro do extinto PL (atual PR), o mensaleiro Jacinto Lamas, para comparecer à Vigília Pascal de sua igreja, nos dias 19 e 20 de abril, durante a madrugada. De acordo com a decisão, Lamas não pode receber tratamento diferenciado em relação aos demais presos. Ele foi condenado a cinco anos de prisão no processo do Mensalão do PT. Segundo o juiz Mário José de Assis Pegado, o ex-tesoureiro poderá deixar o presídio no saídão de Páscoa, mas deverá cumprir os horários estabelecidos pela Justiça e chegar em casa às 18 horas.

BRASIL SOBE UMA POSIÇÃO EM RANKING DE MAIOR CUSTO DE ENERGIA PARA A INDÚSTRIA

Com os  quatro últimos  reajustes autorizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel),  o custo médio da energia elétrica para a indústria brasileira subiu, em 2014, de R$ 292,75 por megawatt-hora (MWh), para R$ 301,66 MWh. O aumento de  3% fez o  Brasil perder  uma posição no ranking internacional de maior custo de energia elétrica formado por 28 nações, passando a ocupar a décima colocação. Os dados constam de estudo da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). O custo  médio internacional atinge R$ 269,07 por MWh. Entre os países analisados, a Índia apresenta o custo de energia elétrica mais alto (R$ 630,92 por MWh). Em seguida, vêm Itália (R$ 500,52), Singapura (R$ 460,25), República Tcheca (R$ 398,36), Turquia (R$ 393,80), Colômbia (R$ 376,90), El Salvador (R$ 348,17), México (R$ 322,42) e Portugal (R$ 321,60).

JOAQUIM BARBOSA PEDE PARECER SOBRE QUEBRA DE SIGILO EM INVESTIGAÇÃO SOBRE O BANDIDO PETISTA MENSALEIRO JOSÉ DIRCEU

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, pediu ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, parecer sobre o pedido do Ministério Público do Distrito Federal para quebrar o sigilo telefônico dos envolvidos na investigação sobre o suposto uso de celular pelo ex-ministro da Casa Civil, o bandido petista mensaleiro José Dirceu. Para investigar se José Dirceu usou o celular dentro do presídio, o Ministério Público pediu ao Supremo a quebra do sigilo das ligações telefônicas dos envolvidos. A promotora Márcia Milhomens Sirotheau Correa forneceu as coordenadas geográficas, indicando a longitude e latitude das áreas onde as ligações teriam ocorrido.

EX-DIRETOR DA PETROBRAS DISSE QUE COMPRA DA REFINARIA DE PASADENA FOI UM BOM NEGÓCIO

A compra da Refinaria de Pasadena pela Petrobras não foi um mau negócio, segundo o ex-diretor da Área Internacional da empresa brasileira, Nestor Cerveró. Ele explicou que o empreendimento no Texas perdeu valor quando a estatal redefiniu prioridades e concentrou os investimentos na exploração do pré-sal. Na quarta-feira, durante uma audiência na Câmara, Cerveró rejeitou enfaticamente o termo “malfadado”, atribuído ao negócio por vários deputados, que questionaram aspectos do negócio: “O projeto, em si, não foi malfadado. Foi um bom projeto na época. Estamos fazendo análise posterior a uma série de eventos que modificam o cenário”. Segundo ele, o projeto tinha rentabilidade “que nunca vamos saber se seria atingida, porque foi feita por mudança estratégica drástica do conselho de administração”, e completou: “Não posso condenar”. Segundo ele, a descoberta do petróleo em camadas mais profundas criou mais demandas para os investimentos da estatal. Perguntado sobre se faria, hoje, um resumo executivo igual ao que apresentou à época, Cerveró disse que sim, desde que considerando as mesmas condições de mercado. "Uma coisa é falar depois do jogo terminado. Sei que o projeto não teve condições de ser realizado. Mas até a execução e a aprovação, ele tinha todas condições econômicas de ser realizado. Se elas se repetissem, faria de novo, mas dentro dos conhecimentos que eu tinha na época", disse ele. Nas contas apresentadas pelo ex-diretor, a Petrobras investiu US$ 1,23 bilhão no negócio. Ele disse que os custos de compra foram inferiores à média negociada em outras refinarias à época. Por isso, descartou que a estatal tenha pago um valor excessivo pela parte da refinaria norte-americana que pertencia ao grupo belga Astra Oil, quando as duas empresas se desentenderam. Segundo Cerveró, o prejuízo contabilizado no negócio de Pasadena é contábil e que, nos primeiros meses, a refinaria teve resultados “muito positivos” e que “as margens de petróleo leve eram altas”, disse. Sobre a desvalorização das ações da Petrobras, Cerveró disse que a redução no valor de mercado ocorre em função dos investimentos exigidos na exploração de petróleo do pré-sal.

PERCEPÇÃO POPULAR SUGERE INFLAÇÃO DE 37% NA ARGENTINA

O Centro de Investigações em Finanças da Universidade Di Tella anunciou que o índice de percepção de inflação argentina indicou que a população possui uma expectativa de uma alta de preços em média de 37,5% nos próximos doze meses. As consultorias econômicas consideram que a inflação deste ano chegará a 35%. Integrantes do governo Kirchner esperam que a inflação, que no Orçamento Nacional estava prevista para não passar de 11%, agora indicam que ficaria um pouco abaixo dos 30%. Na terça-feira o ministro da Economia, Axel Kicillof, anunciou que a inflação de março, elaborada pelo Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (Indec), foi de 2,6%. Desta forma, o total acumulado no primeiro trimestre foi de 9,7%. No entanto, os deputados da oposição, que elaboram o denominado “Índice-Congresso” como alternativa ao índice oficial, suspeito de elevada manipulação, afirmam que a inflação de março foi de 3,3%. De acordo com o Departamento de Estatística e Censos da cidade de Buenos Aires, a inflação na capital argentina em março foi de 3,6%.

LEI CONTRA MILÍCIAS É APLICADA EM SÃO PAULO A MILITANTES DOS BLACK BLOCS

Pela primeira vez, a Polícia Civil indiciou dois black blocs com base em uma lei de 2012, pensada originalmente para combater milícias paramilitares que atuam no Rio de Janeiro. Com isso, o grupo passou a ser visto como uma organização criminosa. Os dois adultos presos no protesto contra a Copa do Mundo ocorrido na terça-feira, em São Paulo, responderão por associação criminosa, artigo 288-A do Código Penal. Mas uma decisão da Justiça concedida na quarta-feira já soltou um deles. Desde que surgiram, nos protestos contra o aumento da tarifa de ônibus, em junho passado, os terroristas negam que são um grupo organizado. Afirmam que black bloc é um jeito de agir durante as manifestações, que inclui "ações diretas" contra alvos como bancos. Ao todo, 54 pessoas haviam sido detidas pela Polícia Militar no protesto, que terminou depois de quatro horas, quando duas agências bancárias da Avenida Vital Brasil, na zona oeste, foram depredadas. Mas, à Polícia Civil, a Polícia Militar afirmou que apenas o quarteto praticou atos de vandalismo. A associação criminosa foi a saída encontrada pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG), da Polícia Civil, para tentar punição maior contra acusados de vandalismo nas manifestações. Até então, pessoas detidas nos atos eram acusadas, principalmente, de dano ao patrimônio, crime que não resulta em prisão. "Nosso propósito é identificar lideranças, para constatar que eles estão associados com o propósito de cometer crimes. Por isso, lavramos o flagrante", disse o delegado Antônio Carlos Herb, da DIG. "Essa lei é um adendo à formação de quadrilha, para combater a milícia armada. Inclui constituir, integrar e patrocinar grupos criminosos. Mesmo se você não for em uma manifestação, mas patrocinar os black blocs, você será indiciado", disse outro delegado da DIG, Carlos Castiglioni.

AÉCIO NEVES REVELA QUE INFLAÇÃO ESTARÁ ENTRE FOCOS DA CAMPANHA

O candidato do PSDB ao Palácio do Planalto, Aécio Neves (MG), já evidenciou que a inflação será um dos focos principais do seu discurso na disputa pela Presidência da República, responsabilizando o atual governo pela retomada da alta dos preços. "Você também está preocupado com a volta da inflação?" é a chamada de menos de um minuto que foi postada na internet, avisando que programa de TV do PSDB iria ao ar na noite de quinta-feira, às 20h30. "Há mais de um ano, eu venho dizendo: tomem cuidado que a inflação está voltando. O governo finge que não está acontecendo. Você compra hoje as mesmas coisas, quando vai ao mercado, que comprava um ano atrás? Claro que não", afirmou Aécio Neves. "Mas se o governo não reconhece que a inflação está saindo do controle - a dos alimentos já está acima de 10% - ele não vai tomar as medidas necessárias para enfrentá-la. O que me preocupa é que muitas das conquistas que nos trouxeram até aqui estão indo embora", continua. "Porque não adianta você achar distribuir algum benefício para qualquer cidadão (...) se, com a inflação, a receita que ele tem é corroída, o salário que ele tem ou o benefício que ele recebe vai embora", disse o candidato na chamada.

OSX TEM PREJUÍZO DE R$ 2,4 BILHÕES EM 2013

A empresa de construção naval do grupo de Eike Batista, a OSX, teve prejuízo líquido de 2,4 bilhões de reais em 2013, frente a um resultado negativo de 32,7 milhões de reais no ano anterior. A receita líquida somou 745,1 milhões, aumento de 71,8 por cento na comparação com o ano anterior, relativa aos contratos de afretamento e operação e manutenção das plataformas OSX-1 e OSX-3 e à construção do navio lançador de linha (PLSV) para o cliente Sapura, informou a empresa em relatório. Os custos de bens e serviços totalizaram 237,6 milhões de reais, alta de 13,7% na comparação anual, e as despesas operacionais foram de 185 milhões de reais, em linha com o ano anterior. De acordo com a empresa, as unidades de construção naval e leasing foram negativamente afetadas pela baixa contábil de 2,425 bilhões de reais, e pela baixa de ativos, no montante de 830 milhões de reais. A empresa encerrou o ano com um endividamento consolidado de 5,027 bilhões de reais, sendo 85,2% de curto prazo e 14,8% de longo prazo.

ACUSADO DE RECEBER DINHEIRO DE DOLEIRO ESTÁ FORA DO PAÍS

E-mails interceptados pela Polícia Federal na Operação Lava Jato indicam que o ex-presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Clementino de Souza Coelho, irmão do ex-ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, pediu ao doleiro Alberto Youssef que fizesse depósitos em contas de pelo menos dois familiares. Os e-mails trocados entre Clementino e Youssef, preso desde o mês passado sob suspeita de comandar um esquema bilionário de lavagem de dinheiro, contêm comprovantes de depósitos feitos na conta de João Clementino de Souza Coelho e pedidos de dinheiro em nome de Maria Cristina Navarro de Brito, respectivamente filho e mulher do ex-presidente da Codevasf. Um terceiro destinatário do dinheiro foi identificado como Fábio Leivas pela Polícia Federal, sem mais detalhes. As mensagens foram trocadas entre o fim de janeiro e o início de fevereiro de 2014.

PETROBRAS ASSINA NOVA CONTRATO COM YPFB PARA FORNECER GÁS NATURAL NO MATO GROSSO

A Petrobras informou na quarta-feira que assinou com a estatal boliviana YPFB novo contrato para fornecimento de gás natural à Usina Termelétrica Mário Covas (também chamada de UTE Cuiabá), no Mato Grosso. O contrato prevê a importação de 2,24 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural boliviano. O acordo tem vigência até 30 de agosto deste ano. "Os 2,24 milhões de m3/dia demandados pela UTE Cuiabá serão entregues por meio do Gasoduto Bolívia-Mato Grosso e se somarão aos 30 milhões de m3/dia que o Brasil já importa do país vizinho através do Gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol)", disse a Petrobras em comunicado. Segundo a estatal brasileira, a UTE Cuiabá pode retomar suas operações e gerar eletricidade para o Estado do Mato Grosso e o Sistema Interligado Nacional. As atividades na usina estão interrompidas desde 27 de março, quando se encerrou o antigo contrato entre a Petrobras e a YPFB. A termelétrica, alugada desde 2011 pela Petrobras, possui capacidade instalada de 480 megawatts.

CONCEPA ASSINA ADITIVO AO CONTRATO DE CONCESSÃO COM A ANTT

A Triunfo Participações e Investimentos (TPI) informou aos seus acionistas e ao mercado em geral que sua subsidiária, a concessionária da Rodovia Osório-Porto Alegre (Concepa), assinou junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o 13º Aditivo ao contrato de concessão. Segundo a empresa, o contrato será reequilibrado pelo fluxo de caixa marginal, considerando uma taxa interna de retorno (TIR) real e do projeto de 8,01% bem como a indenização dos investimentos feitos. Além disso, a Concepa fará jus ao recebimento de uma taxa de administração de 7,66% para os investimentos em Capex e 6,24% para os investimentos indiretos. O governo terá até o dia 31 de dezembro de 2015 para pagar a indenização pactuada, informa a Triunfo. No caso de inadimplemento, automaticamente prorrogará o contrato em um prazo estimado de 22 meses. O aditivo prevê a execução da quarta pista da BR-290/RS nos dois sentidos, entre o acesso da BR-448, em Porto Alegre, e o trevo de Gravataí que dá acesso à RS-118.

IBGE DIZ QUE 60% DAS CIDADES NÃO TÊM PRESENÇA DE PRINCIPAIS ÓRGÃOS PÚBLICOS FEDERAIS

Mais de 60% dos municípios brasileiros não possuem qualquer posto de atendimento dos principais órgãos públicos federais do País. Os moradores precisam se deslocar aos municípios vizinhos para conseguir acesso aos serviços de órgãos como o INSS, Secretaria da Receita Federal e Tribunais Regionais do Trabalho. A informação foi levantada pela pesquisa Redes e Fluxos do Território - Gestão do Território, divulgada na quarta-feira, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dados do levantamento mostram que apenas 39,6% dos municípios brasileiros podem ser considerados centros de gestão pública, o que significa que os outros 60,4% não possuem nenhuma representatividade ou ficam totalmente de fora da estrutura de ligação entre importantes instituições públicas nacionais. O estudo analisou apenas a presença em território brasileiro de órgãos federais com considerável capilaridade: IBGE, INSS, Justiça Federal, Ministério do Trabalho e Emprego, Secretaria da Receita Federal, Tribunais Regionais Eleitorais e Tribunais Regionais do Trabalho.

POLÍCIA ACREDITA FIRMEMENTE QUE ASSISTENTE SOCIAL EDELVANIA WIRGANOVICZ AJUDOU A MATAR O MENINO BERNARDO BOLDRINI

A assistente social Edelvania Wirganovicz, de 40 anos, presa por suspeita de participar do assassinato do menino Bernardo Uglione Boldrini, de 11 anos, em Três Passos, no norte gaúcho, pode ter agido motivada por dinheiro. Essa é uma das explicações que a Polícia Civil tem para o seu envolvimento no caso. Conforme a delegada Caroline Bamberg, a madrasta do menino, a enfermeira Graciele Ugulini, de 32 anos, matou a criança e a enterrou com a ajuda de Edelvania. A participação física do pai do garoto, o médico Leandro Boldrini, de 38 anos, ainda é uma incógnita. A maior suspeita dos policiais é que ele tenha auxiliado no planejamento e na ocultação do crime. Edelvania foi quem indicou o local exato em que o corpo de Bernardo Boldrini estava enterrado, às margens do Rio Mico, em Frederico Westphalen. No dia seguinte ao crime, em 5 de abril, ela foi até o interior do município, na casa da mãe, a quem presenteou com uma pá e uma cavadeira. A mãe, uma produtora rural, estranhou os regalos. Os equipamentos estão passando por perícia para verificar se possuem resíduos do mesmo solo em que o menino foi enterrado.

ADVOGADO DA AVÓ DE BERNARDO BOLDRINI DIVULGA E-MAILS COMPROVANDO QUE A REDE DE PROTEÇÃO À CRIANÇA DE TRÊS PASSOS FOI AVISADA DAS AGRESSÕES E AMEAÇAS QUE O MENINO SOFRIA, MAS NADA FOI FEITO

No fim da tarde de quinta-feira, o advogado da avó materna do menino Bernardo Boldrini, Marlon Balbon Taborda, começou a divulgar uma série de e-mails que, segundo ele, comprovariam que a rede de proteção à criança de Três Passos foi alertada sobre o perigo que o menino corria. Conselho Tutelar e Ministério Público cometeram uma "falta grave" ao não investigarem uma denúncia feita por uma ex-babá do menino de que ele teria sofrido uma tentativa de asfixia pela madrasta em 2012: "Avisamos os órgãos da rede de proteção da criança para averiguar os acontecimentos. Demos nomes de testemunhas a serem averiguadas, mas nunca fomos informados, nunca recebemos qualquer retorno". A babá afirma que o comportamento de Leandro Boldrini, pai do menino, mudou depois que a ex-mulher morreu e começou a morar com Graciele. Segundo ela, no fim de 2012, quando já não trabalhava mais na casa dos Boldrini, encontrava Bernardo na rua com frequência. Em uma ocasião, ele revelou que a madrasta o havia agredido com uma vassoura e tinha tentado asfixiá-lo. Conforme a babá, o menino era impedido por Graciele de entrar em casa quando o pai não estava. Para a promotora da Infância de Três Passos, Dinamárcia Maciel de Oliveira, tudo o que estava ao alcance do Ministério Público foi feito. É óbvio que não foi feito, porque se tivesse sido feito, o menino Bernardo Boldrini não estaria morto.

CIENTISTA POLÍTICO DIZ QUE MENOR INTENÇÃO DE VOTO DEVE PREOCUPAR A PETISTA DILMA ROUSSEFF

O cientista político Fernando Abrucio, professor e pesquisador da Fundação Getulio Vargas (FGV) de São Paulo, afirmou na quinta-feira que a queda das intenções de voto, acompanhada da perda da popularidade, deve ser um fator de "preocupação" para a presidente Dilma Rousseff (PT), pré-candidata à reeleição, na campanha eleitoral. "É um processo de queda das intenções de voto ainda pequeno, mas matematicamente contínuo, o que acompanha, na boa medida, a relativa perda de popularidade presidencial", afirmou. Abrucio, que é doutor em ciência política pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (o mais escrachado reduto do petismo), lembrou que o declínio contínuo da avaliação do governo Dilma se aproxima dos dados de junho, quando ela teve queda na popularidade após as manifestações de rua. "Parece bastante preocupante para Dilma, embora não haja um crescimento dos candidatos de oposição", disse.

ASSESSOR DE MINISTRO DA PREVIDÊNCIA PEDE DEMISSÃO DEPOIS DA REVELAÇÃO DE SUAS LIGAÇÕES COM O DOLEIRO ALBERTO YOUSSEF

Apontado como recebedor de R$ 20 mil de uma empresa de fachada do doleiro Alberto Youssef - alvo maior da Operação Lava Jato -, o jornalista José Wilde de Oliveira Cabral, assessor especial do ministro da Previdência Social, pediu exoneração do cargo na quinta-feira. Logo cedo ele entregou uma carta ao ministro, Garibaldi Alves, na qual afirma que “não tem, nem nunca teve qualquer relação profissional com a M.O Consultoria”. “Pelo valor divulgado do pagamento feito a mim, é razoável supor que se trata de remuneração por serviço de assessoria de imprensa que prestei em 2010, com pagamento efetuado no primeiro semestre de 2011”, assinala José Wilde, em nota. O ex-assessor especial do ministro afirma que a empresa para a qual prestou assessoria, “obviamente com cláusula de confidencialidade, como comum nas questões de tratamento de imagem pública”, desempenhava atividades legais no mercado. “A propósito, esse trabalho esporádico que então desempenhei não me permitiu tomar conhecimento de eventuais relações entre a empresa, suas coligadas e outras companhias”, argumenta.

ONS REFAZ EXPECTATIVAS PARA CHUVAS E RESERVATÓRIOS

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) divulgou na quinta-feira previsões mais otimistas para o mês de abril, ante as expectativas divulgadas na semana passada, com melhores perspectivas de chuvas, de armazenamento dos reservatórios e menor previsão de crescimento no consumo. As expectativas de chuvas para abastecimento dos reservatórios de usinas hidrelétricas neste mês de abril no Sudeste e no Centro Oeste passaram a 38,3% ao final do mês. A previsão da semana passada era de 36,8%. As afluências esperadas para esta região no mês de abril passaram a 76% da média histórica, ante expectativa anterior de 71%. No jargão do setor elétrico, afluência é a quantidade de água dos rios convertida em energia. Segundo relatório da ONS, a revisão de fechamento de abril prevê afluências "levemente superiores às previstas na revisão anterior para os subsistemas SE/CO e Sul, e estabilidade para os subsistemas Nordeste e Norte". "Na semana de 19 a 25/04/2014, deverá ocorrer chuva fraca isolada nas bacias dos rios Uruguai, Jacuí e Iguaçu, e chuva fraca nas bacias dos Rios Paranapanema, Tietê, Grande, Paraíba do Sul, Paranaíba e São Francisco", informou. O órgão destacou, no entanto, que as médias de afluências verificadas no primeiro trimestre de 2014 para os subsistemas SE/CO e Nordeste situam-se na posição de terceiro pior do histórico de 82 anos. A previsão para o nível dos reservatórios na região Sul no fim de abril passou de 42,8% para 43,4%, na comparação com a previsão de semana passada. No Nordeste, a previsão passou de 43,1% para 43,6%; no Norte, caiu de 90,6% para 90,4%.

USP ANULA DEMISSÃO DE PROFESSORA DESAPARECIDA NA DITADURA MILITAR

A Congregação do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP) anulou na quinta-feira a demissão da professora Ana Rosa Kucinski, desaparecida no período da ditadura militar. O argumento mantido pela universidade até então era que Ana Rosa havia sido demitida por abandono de emprego. O diretor do Instituto de Química da USP, professor Luiz Henrique Catalani, classificou a postura da congregação como "apropriada" diante de um "equívoco" cometido pela comissão que demitiu a professora sob justificativa de abandono de emprego. "A congregação de hoje devia essa homenagem a Ana Rosa. A comissão processante daquela época ignorou uma série de elementos, fatos alimentados pela família e que não foram levados em consideração", disse Catalani, que também participou da reunião realizada no campus da USP, em São Paulo.

IBOPE DIZ QUE DESAPROVAÇÃO SOBE DE 43% PARA 48%

A desaprovação à maneira de governar da presidente Dilma Rousseff subiu de 43% em março para 48% em abril, enquanto a avaliação positiva do governo passou de 36% para 34%, de acordo com pesquisa Ibope divulgada na quinta-feira. O levantamento aponta também que a aprovação à maneira de governar de Dilma caiu de 51% para 47%. Desde dezembro de 2013, a aprovação ao governo Dilma caiu 9 pontos, passando de 43% para os atuais 34%. Seis por cento afirmaram que o governo é ótimo e 28 por cento o consideraram bom. Para 34 por cento dos entrevistados, o governo é regular, enquanto 14 por cento disseram ser ruim e 16 por cento consideraram péssimo, somando 30 por cento de avaliação negativa. Dos entrevistados que desejam mudanças no governo, 64 por cento esperam que elas sejam implementadas por outro presidente e não por Dilma, enquanto para 25 por cento as mudanças poderiam ser realizadas pela própria Dilma. A pesquisa Ibope também mostrou queda nas intenções de voto em Dilma de 40 por cento em março para 37 por cento em abril.

GREVE NA BAHIA "VIOLOU A CONSTITUIÇÃO", DIZ O MINISTRO DA JUSTIÇA PETISTA

O ministro da Justiça, o "porquinho" petista José Eduardo Cardozo, e o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), estavam reunidos para discutir estratégias de atuação dos integrantes da Força Nacional de Segurança e do Exército enviados à Bahia para fazer o policiamento durante a greve da Polícia Militar, quando foram informados que o movimento havia sido encerrado. Na saída do encontro, porém, os dois não festejaram o fim da greve. O "porquinho" petista José Eduardo Cardozo disse que a greve da PM no Estado foi "uma clara violação do texto constitucional" e que o governo federal está preparado para auxiliar os Estados em casos semelhantes. "Temos vários direitos constitucionais, um deles é o de segurança pública, e para garantir esses direitos a Constituição coloca certos limites a ação de agentes", explicou: "No caso da Bahia, houve uma clara violação do texto constitucional. Não é possível que nós tenhamos interesses corporativos colocados acima do interesse da sociedade, que reivindicações sejam feitas espalhando pânico e terror". Claro, a Bahia é comandada por um "companheiro". Já em São Paulo as greves de policiais são insufladas pelo PT.

CIENTISTAS DESCOBREM PLANETA HABITÁVEL SEMELHANTE À TERRA

Pela primeira vez, cientistas descobriram um planeta do tamanho da Terra orbitando uma região habitável ao redor de uma estrela distante. A descoberta, anunciada na quinta-feira, é o mais próximo que os cientistas já chegaram de encontrar um gêmeo da Terra. A estrela, conhecida como Kepler-186 e situada a quinhentos anos-luz de distância na constelação de Cygnus, é menor e menos vermelha que o Sol. O planeta mais distante da estrela, designado Kepler-186f, recebe cerca de um terço da radiação de sua estrela irmã, como a Terra recebe do Sol, o que significa que naquele mundo o meio-dia é aproximadamente semelhante à Terra, uma hora antes do crepúsculo, disse o astrônomo Thomas Barclay, do Centro de Pesquisa Ames, da agência espacial dos Estados Unidos (Nasa), em Moffett Field, na Califórnia. O planeta está à distância certa de sua estrela-mãe para conter água líquida em sua superfície, se existir alguma, uma condição que os cientistas suspeitam ser necessária para a vida. "Este planeta é um primo da Terra, não um gêmeo da Terra", disse Barclay, que integra a equipe de cientistas que relatou a descoberta na revista Science. A Nasa lançou o telescópio espacial Kepler em 2009 para pesquisar cerca de 150.000 estrelas em busca de sinais de algum planeta passando ao largo, ou transitando, em relação ao ponto de vista do telescópio. No ano passado, o Kepler foi deslocado por uma falha no sistema de posicionamento. As análises dos dados arquivados no Kepler continuam. Da posição na qual o Kepler observa, um planeta de tamanho e localização semelhantes aos da Terra orbitando uma estrela parecida com o Sol bloquearia somente entre 80 e 100 fótons de cada milhão à medida que transita. O padrão se repete a cada 365 dias, e seriam necessárias pelo menos três passagens para descartar outras possibilidades, por isso a pesquisa leva tempo. "É muito desafiador encontrar análogos da Terra", afirmou Barclay: "A maioria dos candidatos não o é, mas as coisas mudam à medida que recebemos mais medições". Os cientistas não sabem nada sobre a atmosfera do Kepler-186f, mas ele será alvo de telescópios futuros com capacidade para detectar elementos químicos que podem ser identificados com a vida. "Este planeta está em uma zona habitável, mas não quer dizer que ele é habitável", afirmou Barclay. Até agora, os cientistas encontraram quase 1.800 planetas além do sistema solar. "No ano passado houve muito progresso na busca por planetas semelhantes à Terra. O Kepler-186f é significativo porque é o primeiro exoplaneta com a mesma temperatura e quase o mesmo tamanho da Terra", disse o astrônomo David Charbonneau, do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian.

MARANHÃO REGISTRA 11ª MORTE DE PRESO EM 2014

A Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Sejap) do Maranhão divulgou na quinta-feira que mais um preso foi encontrado enforcado nas prisões maranhenses. Laurêncio da Silva, de 24 anos, foi assassinado durante a madrugada na cela 2 da Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), no Anil. Silva é o 11º preso morto nas prisões do Maranhão neste ano e o quarto nos últimos cinco dias. Segundo a Sejap, o caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e uma sindicância foi aberta para apurar responsabilidades e as circunstâncias para o corrido. A Polícia Civil investiga se as mortes nas prisões do Maranhã são resultado da disputa entre facções criminosas por poder dentro das penitenciárias. Não há dúvida, há um sistema de execuções sistemáticas de preso no Maranhão governado pela família Sarney.

DILMA NOMEIA TORON PARA VAGA NO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO

A presidente Dilma Rousseff nomeou na quarta feira o criminalista Alberto Zacharias Toron para o cargo de juiz do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo. Toron, há 32 anos na advocacia, vai ocupar cadeira da classe jurista - destinada a advogados na Corte eleitoral. Toron integrava lista tríplice do TRE paulista e passou pelo crivo do Tribunal Superior Eleitoral, que examinou os requisitos objetivos e subjetivos - notório saber jurídico e reputação ilibada. Levada a lista ao Palácio do Planalto, ele foi o escolhido por Dilma. O mandato de Toron é de dois anos, renovável por mais dois anos, uma única vez. Mestre e doutor em Direito Penal pela Universidade de São Paulo (USP), professor da PUC/SP de Direito Penal, Toron possui curso de especialização em Direito Penal da Universidade de Salamanca e de Direito Penal Econômico da Universidade de Coimbra. Ele foi presidente do Conselho Estadual de Entorpecentes do governo Mário Covas (PSDB).

BRASIL ABRIU APENAS 13 MIL VAGAS DE EMPREGO EM MARÇO, O PIOR RESULTADO NOS ÚLTIMOS 15 ANOS

A comemoração do Carnaval em março acabou levando o Brasil a registrar a menor abertura de empregos formais para o mês em 15 anos, com destaque para os setores de comércio, agricultura e na construção civil. O País teve abertura de apenas 13.117 vagas formais de trabalho em março, muito abaixo do esperado, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho na quinta-feira. A mediana das expectativas era de abertura de 68 mil vagas no período. Em fevereiro, haviam sido criados 260,8 mil postos com carteira assinada, sem ajuste. No mês passado, o comércio registrou demissão líquida (contratações menos dispensa) de 26.251 trabalhadores, enquanto a agricultura dispensou outros 5.314 trabalhadores e a construção civil fechou 2.231 vagas. Na outra ponta, os setores da indústria da transformação e de serviços mostraram contratações líquidas, de 5.484 e 37.453 no mês passado. No acumulado do primeiro trimestre deste ano, o mercado formal de trabalho registrou a contratação líquida de 344.984 trabalhadores, nos dados com ajustes.

EDUARDO CAMPOS COMEÇA A APRESENTAR SUA PLATAFORMA PARA A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

O Brasil precisa cortar gastos ruins de custeio da máquina pública e de uma reforma tributária fatiada, sem perder conquistas sociais ou reduzir direitos trabalhistas, disse o pré-candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos. Para ele, isso depende fundamentalmente de uma mudança na governança política. Ele defende que a Petrobras tenha uma política clara e pública de reajustes dos preços dos combustíveis, a exemplo do que ocorre com tarifas de energia e telefonia. "Nós vamos conter a inflação, nós vamos fazer o Brasil crescer, nós vamos alavancar os investimentos no Brasil, nós vamos conter o gasto ruim, nós vamos fazer o dever de casa que precisa ser feito", prometeu: "Não vamos fazer isso perdendo conquistas sociais, não vamos fazer isso sacrificando o direito dos trabalhadores. Vamos fazer isso com uma governança inteligente, passando confiança aos investidores, tendo coragem de fazer os cortes que a máquina pública precisa". Tudo isso, na visão de Eduardo Campos, só será possível com a mudança na relação política, considerada por ele a barreira mais importante a ser vencida. "Agora é um novo ciclo, o padrão político brasileiro está vencido, o padrão de governança do Estado está vencido", disse ele. "Quem falar isso para o Brasil vai encantar a vida brasileira e vai ter o apoio da sociedade para fazer mudanças", afirmou o pernambucano. Segundo ele, se o Brasil pôde derrotar a ditadura, não há por que duvidar que é possível vencer "a velha política que está em Brasília": "Essa é a trincheira que tem que ser derrotada para abrir um novo tempo e um novo ciclo no País. Para mim é muito claro o diagnóstico de que a primeira das mudanças... é uma mudança na política". Eduardo Campos disse que a "velha governança política" terá que ser vencida com a ajuda da sociedade, que pode pressionar o Congresso Nacional a votar o que os candidatos pactuaram durante a campanha eleitoral. Eduardo Campos aposta que sua vitória já solucionaria parte das preocupações dos mercados: "Eu acho que a gente vai começar a ajustar a economia antes de janeiro de 2015. A gente vai começar a ajustar a economia ganhando a eleição. Nós temos problemas nos fundamentos macroeconômicos, mas esses problemas não são nem maiores do que já foram no passado e nem são maiores do que os problemas que outros países do mundo da mesma dimensão do Brasil têm". Se eleito, Eduardo Campos disse que determinará que a Petrobras tenha uma política clara de reajuste para os combustíveis, semelhante ao que ocorre com outros segmentos da economia. "O setor de energia tem uma regra, telefonia tem uma regra, a passagem de ônibus tem uma regra. Há um preço transversal na economia em questão que é o preço do combustível. Ele tem que ter uma regra. E essa regra tem que estar na equação da política macroeconômica", afirmou o pré-candidato.

GOOGLE MOSTRA ROTAS DE TRANSPORTE PÚBLICO NAS CIDADES-SEDES DA COPA DO MUNDO

O Google anunciou na quinta-feira que expandiu para 22 o número de cidades brasileiras que contam com a função de verificar rotas de transporte público no Google Maps, também conhecidas como Google Transit. A partir de agora, todas as cidades-sede da Copa do Mundo contém a função no app do Google Maps para iOS ou Android e também no desktop, dando uma boa ajuda para os mais de 600 mil turistas que são esperados no País para o maior campeonato de futebol do mundo. Com o Transit, é possível verificar horário de partida e chegada dos meios de transporte, as rotas, a quantidade de paradas, a distância e até mesmo os valores de cada meio. Além das cidades-sede, Goiânia, Guarullhos, Sorocaba, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Santos, Mogi das Cruzes, Blumenau, Brusque e Itajaí também contam com o serviço. Outra função do Transit é mostrar rotas de ônibus intermunicipais, que ligam mais de 800 cidades do País.

GAYS, LÉSBICAS, TRAVESTIS E TRANSEXUAIS TERÃO ESPAÇO EXCLUSIVO NAS PRISÕES

Gays, lésbicas, travestis e transexuais presos devem ter direito a um espaço exclusivo de convivência nos estabelecimentos prisionais. É o que diz resolução publicada na quinta-feira, pelo Conselho Nacional de Combate à Discriminação, ligado à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. O texto não equivale a uma lei e não estabelece nenhuma penalidade caso os Estados não criem essas áreas ou obriguem os presos a se transferir para elas. O Estado de São Paulo adotou em janeiro uma resolução, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, que garante a travestis e transexuais o direito de se instalar em celas ou alas separadas. As regras estaduais, porém, não são tão abrangentes quanto a resolução federal, pois tratam de travestis e transexuais e não incluem gays, lésbicas e bissexuais na maior parte da regulamentação.

FORÇA SINDICAL PLANEJA PROTESTOS EM MAIO

A Força Sindical planeja realizar protestos durante todas as semanas do mês de maio para aproveitar a visibilidade do período pré Copa do Mundo e tentar melhorar as negociações salariais para as categorias com data-base no primeiro semestre. Os dirigentes da central tiveram na quinta-feira uma reunião de pouco mais de três horas com cerca de 60 líderes dos principais sindicatos e decidiram batizar o cronograma de protestos de "esquenta Copa". "Não vai ser um série de protestos contra a Copa, mas queremos aproveitar esse momento de visibilidade para tentar sensibilizar a classe patronal e os governos", afirmou Miguel Torres, presidente da Força Sindical. Entre esses setores que planejam manifestações estão aeroviários, rodoviários, trabalhadores da construção civil, das usinas de etanol e da alimentação, eletricitários, telefônicos, servidores públicos municipais e estivadores.

PETROBRAS BATE NOVO RECORDE DE PRODUÇÃO NO PRÉ-SAL

A Petrobras bateu novo recorde de produção no pré-sal, de 412 mil barris de petróleo por dia em 27 de fevereiro, informou a petroleira em nota à imprensa na quarta-feira. O aumento de produção da estatal é fundamental para a empresa gerar mais caixa e aliviar seu elevado endividamento, motivo de preocupação entre analistas de mercado. A empresa deu início em 18 de fevereiro à operação de um poço que alcançou a maior produção na região – 36 mil barris diários – a partir de uma nova tecnologia. O poço 9-SPS-77A, no campo de Sapinhoá, está interligado ao FPSO Cidade de São Paulo por um modo pioneiro de conexão à plataforma, cujo sistema tem sustentação em uma bóia submersa ancorada com peso de 1,9 mil toneladas. "Resultados como esses, decorrentes de ações gerenciais objetivas, levaram a companhia em 2013 a realizar lucro líquido de R$ 23,6 bilhões, 11 superior ao de 2012", acrescentou a companhia. A Petrobras ainda manteve sua meta de produção de óleo e gás para 2020 em 5,2 milhões de barris ao dia, na comparação com o plano de médio prazo divulgado no ano passado. A empresa enxugou em 6,8% seu robusto plano de negócios para o período de cinco anos, com previsão de investimentos de US$ 220,6 bilhões entre 2014 a 2018.

JÉRÔME VALCKE ANUNCIA NOVA VISITA A SEDES DA COPA DO MUNDO

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, anunciou na quinta-feira que fará uma nova visita às sedes da Copa do Mundo nos próximos dias. O dirigente passará por cinco cidades - São Paulo, Curitiba, Cuiabá, Fortaleza e Rio de Janeiro - entre quarta e sexta-feira para avaliar a finalização dos estádios e até o local que receberá a Fan Fest de Fortaleza. Valcke será acompanhado pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e por Ronaldo e Bebeto, membros do Comitê Organizador Local da Copa (COL). Juntos, eles farão uma vistoria no Itaquerão, em São Paulo, na Arena da Baixada, em Curitiba, e na Arena Pantanal, em Cuiabá. São os estádios que sofreram os maiores atrasos na preparação para o Mundial. Além desses lugares, o secretário-geral vai visitar pela primeira vez um local que receberá a Fan Fest na Copa, o Aterro de Iracema, em Fortaleza. A Fan Fest é um evento aberto organizado pela Fifa em locais públicos das sedes do Mundial, como praças, em dias de jogos. Os locais contam com telões para a transmissão da partida. A visita de Valcke terá início por São Paulo, na terça-feira.

GOVERNO DILMA NÃO VÊ NECESSIDADE DE RACIONAMENTO DE ENERGIA, DIZ O BANCO CREDIT SUISSE

O governo federal não vê necessidade de racionamento de energia e não iniciará uma campanha para economia de energia porque considera que a situação de atendimento da demanda neste ano é administrável, informaram analistas do Credit Suisse em relatório, após reunião com autoridades na quarta-feira. O Credit mencionou em relatório que, segundo o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp, é possível operar as fontes de fornecimento de energia com menos restrições com as quais normalmente se opera, se o cenário hidrológico exigir. "Como exemplos, ele observou que o ONS é capaz de reduzir os fluxos de água em algumas bacias utilizadas para o transporte (Tietê-Paraná), juntamente com menores restrições de reservatórios em algumas regiões que são usados como fontes para a irrigação, sem impactar as condições econômicas e de vida nessas áreas", escreveram os analistas liderados por Vinicius Canheu. Chipp também teria mencionado entre eventos dos próximos meses que colaborarão para o nível das represas das hidrelétricas do País a possibilidade de ocorrência de um fenômeno El Niño com menos intensidade em breve e as expectativas de temperaturas no Sul e Sudeste do Brasil menores que as médias nas próximas semanas. Os analistas do Credit acrescentaram que acreditam que o governo não deverá tomar novas medidas para apoiar o setor pelos próximos meses além do leilão A-0 e da captação de recursos pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). "Como resultado, investidores devem esperar continuar vendo volatilidade na performance no setor", escreveram. Analistas ainda esperam que os preços de energia de curto prazo se mantenham em níveis máximos nos próximos meses.

COMÉRCIO DE BRASIL E ARGENTINA PREOCUPA A ANFAVEA

Após reunião com a presidente Dilma Rousseff, na manhã de quinta-feira, o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, disse que o governo brasileiro tem uma reunião marcada com as autoridades argentinas nos próximos dias para tentar destravar as exportações de automóveis para o país vizinho. De acordo com ele, o ministro do Desenvolvimento, Mauro Borges, e o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Paulo Caffarelli - que também estavam presentes na reunião - irão a Buenos Aires tratar do assunto. "Estamos preocupados com a situação argentina e o objetivo da reunião entre os governos será operacionalizar o memorando de entendimento assinado em março, que pode normalizar o fluxo das vendas", disse Moan. Ele citou a queda de 32% nas exportações totais brasileiras de automóveis no primeiro trimestre deste ano. "Isso é prejuízo pesado, pois representa entre 6% e 8% da nossa produção", acrescentou. O representante do setor automotivo também citou o aumento dos custos da indústria, principalmente em logística e na aquisição de insumos como o aço e a energia elétrica: "O setor está em processo de ajuste de estoques, mas as empresas estão adotando mecanismos para preservar o emprego, como férias coletivas e outras medidas. O investimento em treinamento e capacitação no setor é alto, portanto todos querem evitar demissões".

TAM ANUNCIA QUE ESTÁ NEGOCIANDO VÔOS PARA LIGAR O RIO DE JANEIRO, PORTO ALEGRE E SANTIAGO

A empresa aérea TAM, do grupo Latam Airlines, afirmou que está negociando com as autoridades dois novos vôos entre o Brasil e o Chile, país sede do grupo. Os vôos ligariam a cidade do Rio de Janeiro com Santiago, e também Porto Alegre com a capital chilena. O movimento segue anúncio feito pela concorrente Gol, que decidiu retomar os vôos entre Brasil e Chile, mas nesse caso, ligando São Paulo a Santiago. A TAM informou que, juntamente com a LAN, já opera 56 vôos semanais entre o Brasil e Chile, sendo que já tem a confirmação de elevar em mais sete vôos as rotas entre São Paulo e Santiago e Rio de Janeiro e a capital chilena.

REVISTA THE ECONOMIST DIZ QUE BRASILEIRO É "IMPRODUTIVO"

A última edição da revista The Economist traz uma reportagem bastante crítica ao mercado de trabalho no Brasil e em especial à produtividade dos trabalhadores. Com o título "Soneca de 50 anos", a reportagem diz que os brasileiros "são gloriosamente improdutivos" e que "eles devem sair de seu estado de estupor" para ajudar a acelerar a economia. A reportagem diz que após um breve período de aumento da produtividade vista entre 1960 e 1970, a produção por trabalhador estacionou ou até mesmo caiu ao longo dos últimos 50 anos. A paralisia da produtividade brasileira no período acontece em contraste com o cenário internacional, onde outros emergentes, como Coréia do Sul, Chile e China apresentam firme tendência de melhora do indicador. "A produtividade do trabalho foi responsável por 40% do crescimento do PIB do Brasil entre 1990 e 2012 em comparação com 91% na China e 67% na Índia, de acordo com pesquisa da consultoria McKinsey. O restante veio da expansão da força de trabalho, como resultado da demografia favorável, formalização e baixo desemprego", diz a revista. A reportagem diz que uma série de fatores explicam a fraca produtividade brasileira. O baixo investimento em infraestrutura é uma das primeiras razões citadas por economistas. Além disso, apesar do aumento do gasto público com educação, os indicadores de qualidade dos alunos brasileiros não melhoraram. Um terceiro fator menos óbvio é a má gestão de parte das empresas brasileiras. Há ainda a legislação trabalhista. A revista diz que muitas empresas preferem contratar amigos ou familiares menos qualificados para determinadas vagas para limitar o risco de roubos na empresa ou de serem processados na Justiça trabalhista. A revista também cita que a proteção do governo aos setores pouco produtivos ajuda na sobrevivência das empresas pouco eficientes. A reportagem ouviu um empresário norte-americano que é dono do restaurante no Itaim Bibi, em São Paulo. Blake Watkins diz que um trabalhador brasileiro de 18 anos tem habilidades de um norte-americano de 14 anos. "No momento em que você aterrissa no Brasil você começar a perder tempo", disse o dono do restaurante BOS BBQ, que se mudou há três anos para o País.

SUPREMA CORTE DOS EUA MANTÉM ORDEM DE PRISÃO CONTRA MALUF

Acusados de manter 11 milhões de dólares (o equivalente a 24 milhões e meio de reais) em uma conta bancária em Nova York, o ex-prefeito e deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) e um de seus filhos, o empresário Flávio Maluf, sofreram novo revés, desta vez na Suprema Corte de Nova York (EUA). O órgão rejeitou, no dia 15 de abril, outro pedido do deputado brasileiro para anular o processo que pede sua prisão e a de Flávio Maluf. O valor mantido em Nova York pode ter sido subtraído por Maluf quando ele foi prefeito da capital paulista, entre 1993 e 1996. O dinheiro, segundo a acusação na Suprema Corte, seria apenas uma parte de montante relativo a fraudes em obras viárias de grande porte contratadas em sua gestão. A principal obra citada como rota do escoamento de divisas foi a construção da Avenida Água Espraiada, na Zona Sul da cidade. Ele e o filho ainda podem recorrer da decisão. Sempre que questionado sobre as acusações do Ministério Público, Maluf reitera que “não tem e nunca teve dinheiro no Exterior”. A ação da Promotoria de Nova York provocou uma grave consequência para Maluf – seu nome foi inserido na lista de mais procurados da Interpol, organismo que aloja as polícias de quase 200 países. Com a inclusão de seu nome na lista da Interpol, se sair do Brasil, Maluf pode ser preso em qualquer aeroporto.