terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Irã lança emissora de TV internacional em espanhol

O ditador iraniano, o nazista islâmico Mahmoud Ahmadinejad, inaugurou uma emissora internacional em espanhol, a HispanTV, que terá programação durante as 24 horas do dia, informou nesta terça-feira a televisão estatal iraniana. "Viva Espanha, viva América Latina", afirmou em espanhol o ditador nazista islâmico iraniano na cerimônia oficial de inauguração. O ditador venezuelano, Hugo Chávez, aliado do Irã, enviou uma mensagem de felicitações que foi lida durante a cerimônia. A emissora terá jornalistas iranianos, espanhóis e latino-americanos. O novo canal integrará a rede de emissoras existentes, Press-TV (inglês), Al-Alam (árabe) e outras que exibem programas em 30 idiomas, como francês, hebraico, turco, russo, curdo, armênio e chinês.

Projeto prevê isenção de imposto de renda para professores

Professores que trabalham na rede pública de educação infantil, fundamental, média e superior poderão deixar de pagar o imposto de renda. A isenção está prevista no projeto 2607, de 2011, apresentado pelo deputado Felipe Bornier (PSD-RJ), em análise na Câmara dos Deputados. Além de beneficiar os professores em efetivo exercício, a idéia da proposta, segundo o autor, é incentivar o maior número possível de pessoas a migrarem para o exercício do magistério. O projeto recebeu o apoio do diretor do Sindicato dos Professores do Distrito Federal, Rodrigo Rodrigues. Ele diz que muitos profissionais se sentem desestimulados com a atividade de docência e acabam buscando outras funções. Por outro lado, Rodrigues ressalta que é importante verificar de que forma o benefício será concedido. O projeto que isenta os professores em atividade na rede pública do pagamento de imposto de renda deve ser analisado pelas comissões de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça. Se aprovado, pode seguir ao Senado sem passar pelo plenário da Câmara.

Em Cuba, Dilma diz que direitos humanos não podem ser arma ideológica

Instada nos últimos dias por dissidentes do governo cubano a falar sobre violações de direitos humanos na ilha, a presidente Dilma Rousseff disse a jornalistas nesta terça-feira, em Havana, que só tratará do tema em "perspectiva multilateral" e afirmou que a questão não pode ser "só uma arma de combate político-ideológico". "Nós vamos falar de direitos humanos em todo o mundo? Vamos ter de falar de direitos humanos no Brasil, nos Estados Unidos, a respeito de uma base aqui que se chama Guantánamo", respondeu a presidente, logo após depositar flores no memorial de José Martí, herói nacional cubano, na primeira parte de sua agenda oficial em Cuba. Questionada se falaria com autoridades cubanas sobre o caso da blogueira Yoani Sánchez, que espera do governo da ilha autorização para ir ao Brasil, Dilma respondeu: "O Brasil deu seu visto para a blogueira. Agora, os demais passos não são da competência do governo brasileiro".

Governo libera 18 montadoras de aumento no IPI

O governo divulgou nesta terça-feira a lista das montadoras que ficarão livres do aumento de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) até o final do ano. A formalização ocorreu após o prazo de 45 dias, prorrogado por igual período, para que as empresas comprovassem conteúdo mínimo regional de 65% nos veículos. A portaria publicada no Diário Oficial da União traz 18 nomes. As fabricantes, segundo análise do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, atendem os requisitos da nova alíquota do imposto anunciada no ano passado. A medida vale para veículos com conteúdo nacional mínimo de 65% e para aqueles produzidos nos países que têm acordos comerciais com o Brasil, como o México e os membros do Mercosul. Ou seja, mesmo marcas com fábrica no País, como Ford e GM, terão de pagar alíquota maior para os veículos importados de outros países que não alcançarem o índice. A produção dessas empresas cumpre ainda, na avaliação do governo, as regras de investimento de 0,5% do faturamento líquido em pesquisa e desenvolvimento, além de cumprir pelo menos seis de 11 etapas de produção dentro do Brasil. Com o aumento do IPI, as marcas não enquadradas nos critérios de exceção passam a ter alíquota de até 55%. Antes, o imposto variava entre 7% e 25%. As montadoras beneficiadas são as seguintes: Agrale, Hyundai, Fiat, Ford, GM, Honda, Iveco, MAN, Mitsubishi, Mercedes-Benz, Nissan, Peugeot Citroën, Renault, Scania, Toyota, Volkswagen, Volvo, International Indústria Automotiva da América do Sul.

Petrobras detecta vazamento de petróleo em poço do pré-sal

A Petrobras informou nesta terça-feira que detectou um vazamento de cerca de 160 barris de petróleo de um poço da companhia perfurado na camada pré-sal da bacia de Santos, a cerca de 300 quilômetros do litoral do Estado de São Paulo. Na área, a estatal realiza um teste de produção com um navio-plataforma, batizado de FPWSO Dynamic Producer. A unidade foi alugada pela companhia para realizar o chamado teste de longa duração como de Carioca Nordeste, na região onde estão outras importantes descobertas do pré-sal como o campo de Lula. Segundo a Petrobras, "não há possibilidade do petróleo chegar à costa brasileira". A Petrobras informou que o poço estava em produção no momento do acidente, que provocou "um rompimento na coluna de produção", ou seja, no duto perfurado na rocha por onde o óleo flui até a cabeça do poço. Segundo a estatal, o volume de 160 barris é uma "estimativa preliminar". O plano de emergência, diz a companhia, já foi acionado. No vazamento da americana Chevron, foram derramados 2.400 barris de óleo e o vazamento levou dias para ser contido porque o petróleo continuava a escapar por fissuras no fundo do mar, embora o poço estivesse fechado. O acidente da Chevron despejou, portanto, um volume 14 vezes superior ao informado incialmente pela Petrobras.

Líder miliciano líbio processa ex-chefe de espionagem britânico

O líder de uma milícia líbia iniciou uma ação legal contra um ex-chefe da inteligência britânica, que ele acusa de desempenhar um papel vital na sua devolução ilegal para a Líbia para ser preso e torturado sob o regime de Muammar Gaddafi, disseram seus advogados em Londres. Abdel Hakim Belhadj, que comanda uma das milícias mais poderosas da Líbia, está querendo indenização de Mark Allen, que era diretor de contraterrorismo no MI6, a agência de inteligência no exterior do Reino Unido. Belhadj e um segundo dissidente líbio, Sami al-Saadi, acusam Allen de cumplicidade em tortura, negligência e abuso de autoridade em cargo público. "Estamos preparando essa medida incomum de preparar uma ação legal contra um indivíduo porque os documentos que temos em nossa posse sugerem que Sir Mark estava diretamente envolvido na rendição ilegal de nossos clientes", disse o advogado Sapna Malik, da firma Leigh & Day, que representa Belhadj e Saadi. Um especialista no Oriente Médio educado em Oxford, Allen se aposentou do MI6 em 2004 e foi trabalhar para a empresa de petróleo BP e para o The Monitor Group, uma empresa de consultoria e investimento mundial. Belhadj acusa Allen de ajudar na organização da operação que o levou de Bangcoc para uma prisão na Líbia em 2004. Durante os seis anos em que ficou na prisão, diz Belhadj, ele foi torturado e espancado. Ele também acusa agentes norte-americanos e tailandeses de abusar dele quando foi detido em Bangcoc.

França anuncia vitória de seu caça na Índia e aumenta chances no Brasil

O governo francês anunciou nesta terça-feira que a Índia escolheu o caça Dassault Rafale na megaconcorrência para o fornecimento de 126 aviões à Força Aérea do país. Ainda faltam detalhes antes da assinatura, mas a vitória anunciada é uma grande conquista para a fabricante francesa e aumenta consideravelmente as chances do Rafale na disputa pelo fornecimento de 36 caças à FAB. Isso porque o Rafale sempre foi um caça com problemas de escala industrial. Até hoje, ele perdeu todas as disputas internacionais em que concorreu, sendo operado exclusivamente pela Força Aérea e Marinhas francesas. Até aqui, haviam sido encomendados 272 unidades, o que não garantia o futuro do modelo sem uma venda externa. O problema sempre apontado foi o alto preço do avião na venda e em operação. No caso da Índia, estima-se que serão gastos mais de US$ 11 bilhões, o que dá um custo relativamente baixo, de menos de US$ 90 milhões por avião e pacote de armas e tecnologia. No caso brasileiro, até porque a encomenda é menor, o valor ofertado supera os US$ 200 milhões por unidade, mas é uma estimativa de antes de a concorrência ter parado, no começo do governo Dilma Rousseff. Na Índia, o Rafale derrotou o Eurofighter Typhoon, feito pelo consórcio europeu EADS. No Brasil, disputa com o Boeing F-18 (EUA) e Saab Gripen (Suécia).

Polícia Federal faz operação de combate a crimes financeiros em Minas Gerais

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira uma operação de combate a crimes financeiros e de sonegação fiscal cometidos por um grupo de empresas financeiras em Minas Gerais. O grupo agia em Belo Horizonte e Lagoa Santa. Os principais clientes eram militares da Aeronáutica. As empresas são suspeitas de fazer empréstimos irregulares e de prestar serviço na área de seguros para carros sem autorização do Banco Central, da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e da Susep (Superintendência de Seguros Privados). A operação também apura a contratação de financiamentos de forma irregular na Caixa e outras bancos, além de esquema de lavagem de dinheiro. Os policiais cumpriram nas duas cidades oito mandados de prisão temporária e 18 mandados de busca e apreensão, além do confisco de bens e bloqueio de contas.

Governador de Sergipe diz que não vai processar Rita Lee

O governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), negou que tenha intenção de processar Rita Lee. Em mensagem postada em seu Twitter e enviada à imprensa pela assessoria do governo nesta terça-feira, ele afirma que o cachê pela apresentação já foi pago. "A hipótese de reaver o cachê foi aventada durante a confusão na madrugada do domingo e logo arquivada", diz o comunicado: "Show feito, cachê pago, caso encerrado". A ameaça de processo foi feita pelo petista Marcelo Déda ainda durante a apresentação de Rita Lee após a cantora provocar a Polícia Militar. Rita Lee estava em Sergipe fazendo a última apresentação de sua carreira. O imbróglio começou no meio do show, quando a cantora afirmou ter visto membros de seu fã clube sendo "agredidos por policiais". Primeiro, declarou que não os queria em sua apresentação. Ainda calma, disse: "Vocês são legais, vão lá fumar um baseadinho". Mas, quando os policiais vieram para a frente do palco, formando uma parede humana de frente para ela, a cantora se alterou. Lembrou já ter vivido o período da ditadura e disse não ter medo deles. Chamou os policiais militares de "cavalo", "cachorro" e "filho da puta". Terminado o show, Rita Lee foi levada pela polícia à delegacia, onde prestou depoimento e assinou um boletim de ocorrência. A ex-senadora e hoje vereadora de Maceió Heloisa Helena (PSOL) estava no show e também assinou o documento como testemunha a favor da cantora. Logo após a apresentação, o petista Marcelo Déda disse ter testemunhado "um espetáculo deprimente" por parte de Rita Lee.

Edital do leilão de aeroportos não será modificado

O ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, informou nesta terça-feira que apesar dos cinco pedidos de impugnação relativos a itens do do edital do leilão de concessão dos aeroportos de Brasília (DF), Guarulhos (SP) e Campinas (SP), marcado para 6 de fevereiro, o texto não será modificado. Segundo ele, esclarecimentos foram prestados às empresas que entraram com os pedidos e não haverá necessidade de mudar o edital. "O que estamos fazendo são esclarecimentos, o que era relevante foi aprovado no ano passado pelo Tribunal de Contas da União, a estrutura e a modelagem, agora são mais processos de esclarecimento", informou o ministro. Bittencourt viajou ao Rio de Janeiro para conhecer o Centro de Gerenciamento Aeroportuário (GCA) e o novo posto da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) no Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão. Na visita ao Tom Jobim, o diretor-presidente da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), Marcelo Guaranys, disse que o pedido de liminar contra o leilão, feito por funcionários na 8ª Vara da Justiça Federal, em Campinas, é um processo comum em licitações e que não haverá impedimento para a realização do leilão na próxima segunda-feira. Ele disse esperar ágio sobre o preço inicial estipulado pelo governo, como ocorreu na primeira licitação, do aeroporto de São Gonçalo do Amarantes (RN), que teve preço 228,8% maior.

Na Argentina, Tevez recorre de multa milionária do City

O atacante Carlos Tevez, que está em auto-exílio na Argentina, apresentou um recurso à Premier League inglesa contra a multa de seis salários imposta pelo Manchester City depois que o jogador abandonou os treinos e voltou para seu país natal sem permissão em novembro. O City, líder do Campeonato Inglês, puniu o argentino de 27 anos após uma apuração interna que o considerou culpado de má conduta em 22 de dezembro. A Premier League deve realizar uma audiência em fevereiro sobre o caso. Tevez e o City travam uma disputa desde que o jogador descumpriu a determinação do técnico Roberto Mancini de fazer o aquecimento para entrar no segundo tempo de um jogo da Copa dos Campeões contra o Bayern de Munique, em setembro passado. Tevez não jogou mais desde então. A mídia inglesa disse na semana passada que Tevez até agora já perdeu 9 milhões de libras (pouco menos de R$ 25 milhões) em salários e bônus. Ele recorreu contra a punição diretamente no clube, mas seu apelo foi recusado. Com o fechamento da janela de transferências de janeiro nesta terça-feira, é improvável que Tevez seja negociado apesar do impasse, o que significa que a disputa deve prosseguir pelo menos até o fim da temporada.

Pesquisa Seade/Dieese aponta crescimento de renda do trabalhador pelo terceiro mês

O rendimento médio real dos ocupados (descontada a inflação) cresceu 0,7% no Brasil em novembro, ficando em R$ 1.443,00. Já o dos assalariados apresentou alta de 1,4%, para R$ 1.506,00. Este é terceiro mês consecutivo de incremento na renda (após oito quedas no início do ano e estabilidade nos meses de julho e agosto). As informações são da PED (Pesquisa de Emprego e Desemprego), realizada pela Fundação Seade e pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) em sete regiões metropolitanas e divulgada nesta terça-feira. Nos últimos 12 meses, no entanto, o rendimento médio dos ocupados apresentou alta de apenas 0,2% (para R$ 1.412,00), enquanto a dos assalariados recuou 0,2% (para R$ 1.467,00). No ano, houve aumento de 3,5% do assalariamento total. O crescimento do setor privado ocorreu exclusivamente pela contratação de assalariados com carteira de trabalho assinada (5,8%), uma vez que se retraiu o emprego sem carteira (4,7%). Também diminuíram os contingentes de empregados domésticos (1,2%) e de autônomos (1,0%) e manteve-se relativamente estável o dos classificados nas demais posições ocupacionais (-0,3%). Do total das 19,839 milhões de pessoas empregadas em 2011, no setor privado, 11,537 milhões tiveram registro em carteira. "Registramos o menor número de desemprego oculto da série histórica neste ano".

Proibição de megacargueiros na China deve afetar a Vale

O governo chinês não permitirá mais que navios gigantes que superem a capacidade máxima aprovada de 300 mil toneladas atraquem em seus portos, informou o Ministério do Transporte do país nesta terça-feira. A decisão deve afetar os planos da mineradora Vale de utilizar seus megacargueiros para suprir seu principal mercado de minério de ferro. Os navios que excediam a capacidade aprovada antes eram avaliados caso a caso, mas o ministério informou em comunicado nesta terça-feira que navios cargueiros e petroleiros gigantes estão proibidos. A medida entra em vigor imediatamente. O comunicado surge apenas um mês depois de a Vale tentar descarregar o navio Berge Everest, com 388 mil toneladas de minério de ferro, no porto de Dalian, rapidamente gerando protestos da influente associação de armadores chinesa (China Shipowners Association). A entidade tem ativamente pedido que Pequim barre os navios gigantes da Vale. Nenhum porto chinês tem, atualmente, aprovação para receber navios com mais de 300 mil toneladas e os navios da Vale podem carregar até 400 mil toneladas. O Ministério do Transporte chinês admitiu que sua decisão de proibir navios gigantes também decorre em parte da crise que assola a indústria de navegação chinesa, assim como assuntos de segurança marítima. Com a desaceleração econômica em importantes regiões no mundo, como a Europa, a demanda por embarcações, muitas delas construídas e operadas por companhias chinesas, caiu, levando também os valores do frete marítimo para baixo. A frota dos megacargueiros da Vale, mais competitivos que outras embarcações, pelos ganhos de escala, está ampliando sua atuação no mercado justamente neste momento ruim do setor, alimentando o lobby contrário chinês. Com Pequim mantendo seus portos fechados aos Valemax, a mineradora terá de depender do transporte mais caro feito por embarcações que fazem o transbordo da carga em outros países na região para abastecer o maior consumidor de minério de ferro.

Presidente da Colômbia rejeita ajuda de mediadores em diálogos de paz

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, pediu nesta terça-feira para que mediadores de processos de paz parem de atuar nos diálogos com a organização terrorista e traficante de cocaína Farc. "Apresentaram todo tipo de iniciativas, mandam argumentos, personagens nacionais, personagens internacionais que querem fazer uma proposta, que querem criar um grupo, que querem intervir", disse Santos, durante uma reunião. O presidente completou: "A resposta é a mesma que dei a vários chefes de Estado que, de muita boa vontade, se ofereceram na última reunião da Celac (Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos), o melhor nesta altura é que não façam nada, que não se metam". Santos acrescentou que "o mais inconveniente" em relação à paz em seu país é que se criem grupos ou "façam propostas públicas", já que "isso não contribui, mas, pelo contrário, gera um ambiente negativo e contraproducente". O governo da Colômbia reiterou na segunda-feira sua oferta para coordenar o resgate de seis reféns do grupo terrorista e traficante de cocaína Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). A oferta foi feita pelo ministro da Defesa, Juan Carlos Pinzón Bueno, um dia após a associação "Colombianos e Colombianas pela Paz" (CCP), liderada pela ex-senadora Piedad Córdoba, ter pedido a empresários do país uma contribuição para alugar um helicóptero para a operação de resgate. Essa ex-senadora já perdeu o mandato por ser ligada ao terrorismo.

Bradesco vira alvo em novo ataque de hackers a bancos

Hackers brasileiros do grupo Anonymous disseram que realizaram um novo ataque a instituições bancárias nesta terça-feira. O site do banco Bradesco foi o alvo da ação de protesto feita pelo grupo. Na segunda-feira, a página do Itaú ficou fora do ar por alguns minutos. Por volta de 10 horas da manhã desta terça-feira, o site do Bradesco ficou indisponível por mais de dez minutos e apresentou instabilidade e lentidão durante cerca de 30 minutos. Por nota, o Bradesco informou que o site recebeu um volume de acessos superior a média e que chegou apresentar intermitência, mas que não chegou a ficar fora do ar. A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) afirmou que os ataques a sites dos bancos, se bem sucedidos, "atingiriam e prejudicariam a população que utiliza os serviços eletrônicos para obter informações e realizar transações bancárias". Ainda segundo a entidade, as instituições financeiras têm "mecanismos e contingências capazes de inibir eventuais ataques como os tentados contra os bancos" e ainda ressaltou que a instituição "vem postulando com empenho a aprovação de lei especifica que criminalize ataques e fraudes eletrônicas". O grupo Anonymous diz, por meio de suas contas no Twitter, que a ação é um protesto contra a corrupção e será feita ao longo da semana com o intuito de deixar a cada dia um serviço de internet banking fora do ar por pelo menos 12 horas. O grupo tem utilizado de uma técnica de ataques de negação distribuída de serviço, o DDOS (um acrônimo em inglês para Distributed Denial of Service), que consiste em bombardear um servidor com pedidos de acesso para um site até que ele atinja o limite de sua capacidade e fique indisponível.

Dívida do setor público cai e soma 36,5% do PIB em 2011

As contas dos governos federal, estaduais e municipais e das empresas estatais somaram resultado positivo de R$ 128,71 bilhões em 2011, 3,11% do PIB. O valor foi suficiente para alcançar a meta para o ano, que era de R$ 127,9 bilhões. De acordo com os dados divulgados nesta terça-feira pelo Banco Central, a dívida líquida do setor público correspondeu a 36,5% do PIB. Em dezembro de 2010, a proporção era de 37,5%. A relação dívida líquida/PIB é um dos principais indicadores para medir o nível de endividamento de um País. O governo central (governo federal, INSS e BC) teve superávit de R$ 93,03 bilhões, os governos regionais (Estados e municípios) de R$ 32,9 bilhões e as empresas estatais de R$ 2,71 bilhões.

Ataques dos Estados Unidos com aviões espiões são inaceitáveis, diz Paquistão

O governo paquistanês classificou nesta terça-feira como "inaceitáveis" os ataques com aviões não-tripulados americanos em seu território depois que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reconheceu publicamente pela primeira vez sua existência. "São ilegais, polêmicos e, portanto, inaceitáveis", escreveu o porta-voz das Relações Exteriores paquistanês, Abdul Basit, sobre os chamados "drones" (zangões). Anos atrás existia uma cooperação para lançar estes ataques contra alvos talibãs e da rede terrorista Al Qaeda, porém desde 2011 os "drones" são um motivo de discórdia entre Washington e Islamabad. "Não podemos consentir a violação de nossa soberania", advertiu Basit. Em conversa com internautas, Obama admitiu pela primeira vez na última segunda-feira o uso de "drones" em ataques a supostos militantes da Al Qaeda e de redes jihadistas presentes nas áreas tribais paquistanesas que fazem fronteira com o Afeganistão. O presidente disse que os aviões não-tripulados "não fizeram um grande número de vítimas civis" e que os ataques são precisos, algo discutido por algumas organizações de direitos humanos. Os "drones" são uma das armas mais usadas por Obama na luta antiterrorista: em 2010 foram 118 ataques só no Paquistão, frente a 70 do ano passado, um reflexo das turbulentas relações diplomáticas entre ambos os países.

França deve prorrogar uso de reatores, diz tribunal de contas

A França não tem opção senão prorrogar a vida útil das suas usinas nucleares, segundo parecer do Tribunal de Contas do país. O órgão afirmou nesta terça-feira que investir na renovação do parque atômico ou em energias alternativas seria caro demais e não há mais tempo para isso. O tribunal, independente do governo francês, disse em um relatório que, "na ausência de decisões de investimento, uma decisão implícita já foi tomada, que compromete a França a prorrogar a vida útil dos reatores para além dos 40 anos, ou alterar rapidamente a matriz energética, o que implica mais investimentos". Até o final de 2022, 22 dos 58 reatores da França já terão 40 anos em operação. A França é o país do mundo que mais depende da energia atômica. O relatório, publicado nesta terça-feira, defendeu que, se a vida útil dos reatores for limitada a 40 anos, o país teria de construir 11 reatores de nova geração dentro de dez anos. A estatal energética EDF, que opera todos os reatores franceses, já manifestou a intenção de prorrogar a vida útil das usinas para 60 anos, embora não haja um limite oficial ao seu funcionamento. A maior parte dos reatores franceses foi construída nas décadas de 1980 e 90.

Campus Party dobra internet e espera 200 mil visitantes em São Paulo

O evento de tecnologia e inovação Campus Party, que acontece a partir da próxima semana em São Paulo, espera neste ano 7.000 pessoas, entre participantes e palestrantes. O evento terá espaço para acampamento de 5.000 pessoas. Segundo o diretor geral do evento, Mário Tesa, a área Expo (zona de visitação livre, sem acesso às palestras), terá a visita de até 200 mil pessoas. Esta é a quinta edição da feira no Brasil, que tem a proposta de discutir tendências do mundo digital. Entre os temas a serem debatidos estão inovação, cultura digital, entretenimento e ciência. Pela primeira vez em cinco anos a Campus Party acontecerá no pavilhão de exposições do Anhembi, um dos maiores espaços para eventos da capital, na zona norte da cidade. A infraestrutura de internet terá conectividade de 20 Gbps, o dobro do ano passado. A ideia é que os participantes compartilhem conteúdo digital.

Kassab eleva pressão para PSDB apoiar Afif Domingos

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), elevou a pressão para o PSDB abrir mão de candidatura própria e apoiar o vice-governador Guilherme Afif Domingos (PSD) na eleição municipal. Ele disse que não manterá a aliança com um tucano na cabeça de chapa e avisou que avançará nas negociações para indicar o vice de Fernando Haddad (PT) caso o PSDB não aceite logo a sua proposta. "Esta é a relação que a gente quer ter com o PSDB: o apoio à candidatura do Afif", disse o prefeito: "A conversa está encerrada e nós aguardamos a posição do PSDB". Kassab afirmou que não vai parar as conversas com o PT à espera de uma resposta dos tucanos: "As coisas podem acontecer em paralelo. Não tem por que esperar". Segundo ele, não há "nenhum sentido" em negociar se o PSDB lançar candidato, como deseja o governador tucano Geraldo Alckmin. Os dois são virtuais adversários na eleição estadual de 2014. Kassab definiu o lançamento de Afif como "prioridade" e um eventual apoio a Haddad como "alternativa". "Mas não é um leilão", disse.

Londres enviará navio de guerra às Ilhas Faklands devido à tensão com Argentina

O Reino Unido enviará às ilhas Falklands nos próximos meses um de seus navios de guerra mais modernos da Royal Navy (Marinha), informou nesta terça-feira o Ministério de Defesa britânico. Trata-se do destróier "HMS Dauntless", que nos próximos meses vai partir em direção ao Atlântico Sul e substituirá a fragata britânica "HMS Montrose", acrescentou o Ministério. Conforme o Ministério da Defesa, a troca de embarcações já estava programada, mas ocorre em um momento de tensão entre o Reino Unido e a Argentina pela soberania das ilhas.

Avanço da produção industrial não anula perdas acumuladas, diz IBGE

O avanço da produção da indústria nos dois últimos meses de 2011 não anula as perdas do setor acumuladas no período de agosto a outubro, quando somou um resultado negativo de 2,4%, segundo o IBGE. Juntas, as altas de novembro e dezembro totalizam 1,1%. Segundo o IBGE, o saldo negativo do setor nos cinco meses finais de 2011 ficou em 1,4%, embora a indústria já tenha mostrado um quadro mais favorável a partir de novembro. A indústria encerrou dezembro com nível de produção 3,5% inferior ao patamar recorde de produção do setor, alcançado em março de 2011. Aquele mês, diz, marcou o fim do ciclo de recuperação da indústria pós-crise de 2008 e 2009. Na comparação com os mesmos meses de 2010, a queda de 1,2% na produção de dezembro representa a quarta retração consecutiva do setor, ressalta o economista. De novembro para dezembro, a indústria cresceu 0,9%.

Globo prepara Roberto Marinho Neto para assumir cargo de direção

A Globo deve começar em breve a preparação de Roberto Marinho Neto para assumir, depois de um longo estágio, um cargo de direção no grupo. Neto é filho de Roberto Irineu Marinho, presidente das Organizações Globo. Oficialmente, porém, ele ainda segue nos Estados Unidos cursando um MBA e não tem previsão de retorno para 2012.

Taxa de desemprego em 2011 foi de 10,5%, aponta Seade/Dieese

A taxa média de desemprego no Brasil caiu em 2011, passando de 11,9%, em 2010, para 10,5% no ano passado. As informações são da PED (Pesquisa de Emprego e Desemprego), realizada pela Fundação Seade e pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) em sete regiões metropolitanas e divulgada nesta terça-feira. Em dezembro, a taxa havia recuado para 9,1%, ante 9,7% em novembro. Esta é menor taxa verificada desde o início da série histórica, em janeiro de 1998. No mesmo mês, havia 2,020 milhões de pessoas desempregadas no País, resultado da redução de 142 mil desempregados em novembro. A taxa registrada em São Paulo caiu de 9,5%, em novembro, para 9%, em dezembro, quarta queda consecutiva e o menor número registrado da série histórica.

Lucro do banco Santander cresce 5% em 2011 e alcança R$ 7,7 bilhões

O banco Santander Brasil anunciou nesta terça-feira que registrou lucro líquido de R$ 7,755 bilhões em 2011, 5,1% a mais do que os R$ 7,382 registrados em 2010. No quarto trimestre, somou R$ 1,799 bilhão, queda de 0,2% frente ao trimestre anterior. No padrão contábil brasileiro, o Santander teve ganho líquido de R$ 3,557 bilhões no ano passado, uma queda de 7,9% em relação ao ano anterior. O resultado do banco contrasta com o da matriz espanhola, que teve forte queda no lucro, por conta do reconhecimento de perdas no setor imobiliário. No mundo, o Santander lucrou 7,021 bilhões de euros, 14% menos do que no ano anterior. Com a crise na Europa, o Santander brasileiro aumentou sua fatia nos resultados globais do gigante espanhol. O Brasil já contribui com 28% dos ganhos globais. Há um ano era 25% e logo depois da compra do Banco Real, em 2008, estava em 22%. "É razoável pensar que em 2012 vamos chegar a 30% dos resultados globais", disse Marcial Portela, presidente do banco no Brasil. No ano passado, a unidade brasileira mandou cerca de 80% dos R$ 3,175 bilhões em dividendos para a matriz na Espanha. A carteira de crédito total do Santander ficou em R$ 194,184 bilhões no fechamento de 2011, alta de 20,9% em 12 meses e de 5,1% na comparação com o trimestre anterior. O segmento de pessoa física registrou crescimento de 24,4% em doze meses e 5,4% no trimestre. Segundo a instituição, os produtos de maior destaque na carteira em ambos os períodos foram, cartões e imobiliário. O índice de inadimplência (carteira vencida há mais de 90 dias mais créditos normais com alto risco de inadimplência) atingiu 6,7% no quarto trimestre, mantendo-se estável em comparação ao trimestre anterior. Em relação ao mesmo período de 2010, o índice registrou alta de 0,9 ponto percentual, impulsionado pelo segmento pessoa física, que apresentou, no mesmo período, alta de 1,4 ponto percentual. A carteira pessoa jurídica registrou crescimento de 0,4 ponto percentual. Você sabe como a maioria desses bancos alcança esses lucros fabulosos? É com a exclusiva atuação de sua tesouraria, na compra de títulos da dívida pública mobiliária brasileira. É por isso que eles sempre querem os juros lá no alto.

Tribunal da Espanha descarta anular julgamento contra juiz Baltazar Garzón

O Tribunal Supremo da Espanha descartou nesta terça-feira anular o julgamento contra Baltazar Garzón, juiz acusado de violação da lei de anistia por ter reaberto o processo de crimes da ditadura de Francisco Franco (1939-1975). A decisão, tomada por sete magistrados, revela que não há provas para justificar a anulação do julgamento. O pedido foi feito pela defesa na semana passada, alegando que a causa não era válida por não existir "nenhum prejudicado direto", sendo apenas uma acusação popular. No entanto, o tribunal considerou o julgamento de "natureza pública" e que a Justiça tomou decisões que impediram a "personificação das pessoas que seriam consideradas prejudicadas pelos fatos", em referência à lei de anistia. O advogado de Garzón, Gonzalo Martínez-Fresneda, acusou o juiz Luis Navajas de "perda da imparcialidade" e de ter cooperado com a acusação para escrever o processo. A ação foi feita por prejudicados que alegaram que Garzón não era "competente" para reabrir as investigações sobre o desaparecimento de cerca de 114 mil pessoas no período da ditadura de Franco e da Guerra Civil espanhola (1936-1939). Caso seja condenado, o juiz não poderá exercer a profissão por 20 anos. Garzón, que foi o responsável pela primeira prisão do ex-ditador chileno Augusto Pinochet, afirmou que se baseou em um caso argentino para julgar os crimes do período de governo de Francisco Franco. Em 2005, a Justiça espanhola condenou a 640 anos de prisão o oficial da Marinha argentina Adolfo Scilingo, por crimes contra a humanidade cometidos no início da ditadura do país sul-americano, em 1976 e 1977. O tribunal comprovou a culpa do militar na morte de 30 pessoas após sessões de tortura. Os advogados que acusaram o juiz espanhol Baltasar Garzón de ter recebido verbas milionárias para dar cursos em Nova York entre 2005 e 2006 anunciaram na segunda-feira que apresentarão um recurso contra o magistrado para que ele responda por crime de extorsão e seja preso. Garzón foi acusado pela Suprema Corte da Espanha por suborno impróprio em 27 de janeiro. Antonio Panea e José Luis Mazón disseram que Garzón "se coloca em uma posição insustentável ao negar que tenha solicitado patrocínios a grandes empresas, ex-clientes e potenciais clientes da Suprema Corte, que também serão incluídos no processo". Os dois advogados afirmam que Garzón pediu cerca de US$ 2,5 milhões para cursos ministrados nos Estados Unidos e obteve US$ 1,237 milhão. "Garzón está negando as evidências que o incriminam, inclusive uma carta escrita em 2006 ao presidente do Banco Santander, Emilio Botín, no qual pede fundos para os cursos que estava ministrando", afirmam os advogados, que sustentam que o juiz pagou seu assistente pessoal com essa verba. Segundo Panea e Mazón, Baltasar Garzón, magistrado que condenou o ex-ditador chileno Augusto Pinochet, usou sua posição para pedir fundos para grandes empresas, como Telefônica, BBVA, CEPSA e ENDESA, que tiveram ou podem ter casos julgados na Suprema Corte. Por isso, Garzón teve uma conduta proibida, que não pode ser classificada apenas como suborno.

Oposição propõe investigação criminal contra Fernando Bezerra

O PPS ingressou nesta terça-feira na Procuradoria-Geral da República com pedido de abertura de inquérito criminal contra o ministro Fernando Bezerra (Integração Nacional). O partido de oposição acusa o ministro de “condescendência criminosa” por ele ter intercedido a favor da manutenção no cargo do ex-diretor-geral do Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas), Elias Fernandes, mesmo com existência de relatório da Controladoria-Geral da União apontando irregularidades no órgão que somam R$ 190 milhões apenas em obras irregulares. A ação é baseada em matéria do jornal Folha de S. Paulo, na última semana, que mostrou documento encaminhado em dezembro pelo ministro à colega Gleisi Hoffmann (Casa Civil) no qual ele diz que a intervenção ministerial no órgão era uma medida “demasiadamente drástica”, não se “sustentando sob a ótica da razoabilidade administrativa” e que apenas o afastamento do diretor administrativo seria suficiente para resolver o problema de corrupção no órgão.

Anac reajusta tarifa de embarque em vôos domésticos e internacionais

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) anunciou nesta terça-feira o reajuste das tarifas de embarque cobradas dos passageiros em vôos domésticos e internacionais. O aumento será de 4,4%. No caso de aeroportos categoria 1, mais movimentados, como Porto Alegre (RS), Guarulhos e Congonhas(SP), Galeão e Santos Dumont (RJ), Confins (MG) e Brasília, a tarifa doméstica (para vôos dentro do País) passa dos atuais R$ 20,66 para R$ 21,57. No caso dos vôos internacionais, a tarifa de embarque sobe de R$ 36,57 para R$ 38,19, nos aeroportos de categoria 1, e dos atuais R$ 30,47 para R$ 31,82, naqueles de categoria 2. Os aeroportos só poderão aplicar o reajuste dentro de 45 dias.

Produção industrial fecha 2011 com crescimento de 0,3%

A produção industrial do Brasil fechou 2011 com crescimento de 0,3% em relação ao ano anterior. A taxa é bem inferior à registrada em 2010, quando foi observado um aumento de 10,5%. O dado foi divulgado nesta terça-feira pelo IBGE. Entre os setores da indústria, o maior crescimento foi percebido no segmento dos bens de capital, que subiram 3,3%. Os bens intermediários também cresceram, mas em uma taxa de 0,3%. Já os bens de consumo duráveis e bens de consumo semi e não duráveis tiveram quedas de 2% e 0,2%, respectivamente. Comparando apenas o mês de dezembro com o mês de novembro, houve um aumento de 0,9%. Já em comparação com dezembro de 2010, foi registrada uma queda de 1,2%.

Depois de atacar o Itaú, hackers tiram do ar site de Bradesco

O site do banco Bradesco ficou fora do ar durante parte da manhã desta terça-feira. O acesso por meio de celulares como o iPhone, por exemplo, também apresentou problemas. O Bradesco informou que a página "apresentou momentos de intermitência, com volume de acessos acima da média, mas não chegou a ficar fora do ar". O grupo hacker Anonymous assumiu a autoria do ataque ao site do banco. Em mensagem publicada no Twitter, os hacker afirmaram que o "alvo foi atingido" e que o site bradesco.com.br "está à deriva". O grupo anunciou no microblog que realizaria ataques a diversos sites de bancos brasileiros nesta semana e já derrubaram o site do Itaú na segunda-feira. A ação, batizada de #OpWeeksPayment, é um protesto contra a corrupção. Como se sabe, os bancos são os maiores agentes do governo do PT e os que mais lucram.

Dilma acerta com PP a substituição do ministro Mário Negromonte

A presidente Dilma Rousseff acertou a saída do ministro Mário Negromonte (Cidades) com a direção do PP e com o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT). Negromonte poderá sair ainda nesta semana, logo depois da volta da presidente ao Brasil, nesta quarta-feira. Como na quinta-feira a presidente terá de enviar uma mensagem com os planos de trabalho do governo ao Congresso, é possível que o acerto para a saída de Negromonte ocorra na sexta-feira. A presidente pretende reunir-se com o ministro, uma forma de demonstrar um último sinal de prestígio, repetindo um gesto que usa desde a saída de Antonio Palocci (Casa Civil), em junho. Será o nono ministro a deixar o governo Dilma. Desses, seis foram após denúncias de irregularidades: Antonio Palocci, Alfredo Nascimento, Wagner Rossi, Pedro Novais, Carlos Luppi e Orlando Silva. Entre os nomes analisados pelo governo para suceder Negromonte no Ministério das Cidades estão o do líder do PP na Câmara, Agnaldo Ribeiro (PB), e dos deputados Márcio Reinaldo (MG), Beto Mansur (SP) e dos senadores Benedito de Lira (AL) e Ciro Nogueira (PI). A presidente Dilma Rousseff, no entanto, prefere Márcio Fortes, que já foi ministro das Cidades e hoje ocupa o cargo de Autoridade Pública Olímpica (APO).