domingo, 30 de maio de 2010

Justiça argentina ordena operação policial na casa de diretora do "Clarín"

A Justiça argentina determinou na sexta-feira que a polícia entrasse na casa da diretora do grupo de mídia "Clarín", Ernestina Herrera de Noble, com o objetivo de obter material genético necessário para exames de DNA de seus filhos adotivos, Marcela e Felipe. Os dois são protagonistas de uma ação judicial iniciada em 2001, na qual entidades de direitos humanos sustentam que ambos foram raptados pelo regime militar instaurado em 1976 e, depois, entregues ilegalmente a Ernestina. Durante uma audiência na manhã de sexta-feira, Marcela e Felipe haviam se recusado a fornecer amostras de sangue para comparar com o Banco Nacional de Dados Genéticos, que reúne o DNA de todas as famílias que procuram crianças raptadas durante a ditadura. Pouco depois, a polícia foi até a casa de Ernestina, onde os dois estavam, e levou as roupas que vestiam naquele momento. Para um canal de TV que pertence ao grupo Clarín, os dois disseram que estão sendo expostos pela juíza e que tiveram a "paz roubada". Marcela e Felipe já haviam fornecido amostras de sangue em dezembro, mas só permitiram que o DNA fosse comparado com o de duas famílias que procuram filhos desaparecidos, e não com o Banco Nacional de Dados Genéticos. O conflito judicial em torno dos filhos adotivos de Ernestina são parte da guerra declarada travada entre o grupo Clarín e o governo da presidente peronista populista Cristina Kirchner, uma administração muito incompetente e com objetivos totalitários.

Ator Dennis Hopper morre na Califórnia aos 74 anos


O ator Dennis Hopper, mais conhecido por dirigir e estrelar o filme "Easy Rider - Sem Destino" (1969), morreu no sábado, em sua casa em Venice, Califórnia, por causa de complicações do câncer de próstata. Dennis Hopper tinha 74 anos e morreu por volta das 8h15. O ator recebeu em setembro o diagnóstico de câncer de próstata, que estava em estágio avançado. Documentos judiciais revelaram, em março, que ele chegou a pesar menos de 45 quilos e estaria fraco demais para continuar a quimioterapia. Mesmo doente, em janeiro ele entrou com um processo de divórcio contra Victoria Duffy, com quem passou 14 anos casado. Os dois disputavam a guarda da filha Galen, de 7 anos. Dennis Hopper teve uma carreira prolífica no cinema e na televisão, atuando em mais de 200 produções ao longo dos quase 60 anos de carreira. Seu primeiro grande sucesso foi ao lado do ator James Dean, no filme "Juventude Transviada", de 1955, realizado por Nicholas Ray. No ano seguinte, apareceu em mais um grande sucesso, "Assim caminha a humanidade", dirigido por George Stevens e ao lado de estrelas como Rock Hudson e Elizabeth Taylor. Os anos 60 foram consagradores para o ator, sobretudo após estrelar e dirigir "Easy Rider - Sem destino", um clássico da contracultura americana e considerada sua obra-prima. Como ator ainda, participou de grandes clássicos do gênero western, como "Rebeldia indomável" (1967) e "Bravura indômita" (1969). Em 1979, interpretou o papel de um fotógrafo no que é considerado um dos maiores filmes de guerra da história do cinema, "Apocalypse Now", de Francis Ford Coppola. Com o mesmo diretor, fez em 1983, "O selvagem da motocicleta", um filme sombrio filmado em preto-e-branco. Em 2009, Hopper trabalhou na série de televisão "Crash", baseada no filme homônimo, ganhador de três Oscar.

Grêmio terá que indenizar família de jovem que caiu de arquibancada e morreu

A juíza Cláudia Maria Hardt, da 18ª Vara Cível de Porto Alegre (RS), julgou procedente em parte uma ação proposta pela família de um jovem que caiu no fosso do estádio Olímpico. O Grêmio terá que pagar R$ 60 mil à mãe e a cada um dos dois irmãos de William da Silva, a título de indenização por danos morais, deduzido o valor do seguro já recebido, de R$ 25 mil. Em 9 de maio de 2007, William, então com 21 anos e estudante de medicina na Universidade Federal de Santa Maria, foi até Porto Alegre para assistir ao jogo do Grêmio contra o São Paulo, pela Libertadores. Por volta das 21h40, caiu no fosso que separava a arquibancada do gramado e sofreu traumatismo craniano. Ele morreu no hospital, na madrugada seguinte.

Brasil suspende exportação de carne bovina processada aos Estados Unidos

O Ministério da Agricultura suspendeu as exportações brasileiras de carne bovina industrializada para os Estados Unidos, após ocorrências na semana passada sobre a presença acima do normal de um tipo de remédio no produto embarcado para o mercado norte-americano. Segundo o ministério, a proibição de emissão de certificados para exportação ao mercado dos Estados Unidos está em vigor desde a noite de quinta-feira e permanecerá por tempo indeterminado. O Brasil exporta apenas carne termoprocessada para os Estados Unidos, já que ainda não conseguiu um acordo com o governo do país para embarcar carne fresca, que é o principal produto da pauta de exportações do setor.

Emissão de ações pode capitalizar Banco do Brasil em mais R$ 9,7 bilhões

A emissão de 286 milhões de ações ordinárias deve render o equivalente a R$ 8,6 bilhões ao Banco do Brasil, considerando-se a média diária das cotações no mês de abril, como determina o decreto de autorização do presidente Lula para o aumento de capital, publicado em edição especial do Diário Oficial da União, distribuído na sexta-feira. Mas, como existe intenção de ofertar mais 70,849 milhões de ações secundárias, no valor aproximado de R$ 1,17 bilhão, a captação total vai superar R$ 9,7 bilhões. O decreto autoriza a venda pública das ações, mas ressalta a manutenção do controle da União, com no mínimo 50% mais uma ação do capital votante.

Base de cartões no Brasil cresce 10% em 12 meses até abril

A base de cartões do mercado brasileiro manteve expansão em abril. Já o volume de transações e o faturamento do setor desaceleraram levemente o ritmo de crescimento, mas voltaram a subir forte este mês devido ao Dia das Mães. Em abril, o número de cartões ativos no País subiu 10% no espaço de 12 meses, para 586,6 milhões de plásticos, segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços. O movimento foi puxado pelo segmento de private labels, de cartões emitidos por lojistas, com alta de 14%, seguido pelos cartões de crédito, com avanço de 11%. Os cartões de débito evoluíram 7% no período. Já as 536,9 milhões de transações realizadas em abril foram 14% maiores na comparação anual, ritmo inferior à expansão observada nos três primeiros meses do ano, de 15% a 16%. Com isso, o faturamento do setor, que chegou a R$ 40 bilhões no mês passado, desacelerou para uma evolução anual de 19%, ritmo que vinha acima de 20% de expansão entre janeiro e março.

Rosinha Garotinho recebe alta após cirurgia em São Paulo para retirada de nódulo

A prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosinha Garotinho (PR), recebeu alta na tarde de sexta-feira após passar por uma cirurgia para retirada de um nódulo da tireóide. Segundo informações do hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde ela esteve internada desde a última quarta-feira, os exames identificaram o nódulo como benigno.

Serra promete assumir Sudene no primeiro semestre de seu governo

O pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, prometeu na sexta-feira que, se for eleito, irá comandar pessoalmente a Sudene (Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste) nos seis primeiros meses de seu governo. "Vou acumular o trabalho de presidente da República com o de presidente da Sudene", afirmou o tucano, durante o lançamento na pré-candidatura do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) ao governo de Pernambuco. Segundo Serra, a ideia é que ele comande uma reforma no órgão responsável por incentivar o crescimento econômico do Nordeste.

Serra vai a lançamento de Jarbas e tenta atrair voto nordestino

O pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, José Serra, participou na sexta-feira de lançamento da pré-candidatura do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) ao governo de Pernambuco. A ênfase ao Nordeste faz parte da estratégia da campanha tucana de aumentar os votos em uma região onde a popularidade do presidente Lula beira os 90%. Além disso, Pernambuco, terra natal de Lula, é o Estado onde Serra apresenta o pior desempenho nas intenções de voto. Nas últimas pesquisas realizadas em Pernambuco, Serra aparece com 24% e Dilma Rousseff (PT) com 53%, pelos números do Vox Populi.

Ministério Público acusa PT de usar propaganda para exaltar Dilma

O Ministério Público Eleitoral entrou com uma representação contra o PT que acusa o partido de usar a propaganda partidária para exaltar a pré-candidata à Presidência, Dilma Rousseff. A propaganda foi ao ar no dia 13 deste mês e teve como estrelas Dilma e o presidente Lula. Na peça, Lula compara a história de Dilma a do líder sul-africano Nelson Mandela. A representação está sendo analisada pelo ministro Aldir Passarinho, do Tribunal Superior Eleitoral, corregedor-geral eleitoral. Neste caso, os partidos de oposição preferiram não entrar na Justiça contra o PT. Para a procuradoria, a propaganda faz "explícita exaltação do nome da pré-candidata e propaganda negativa do candidato adversário". Segundo a representação, assinada pelo procurador-geral eleitoral Roberto Gurgel, Lula ocupou metade do espaço do programa para traçar a trajetória da ex-ministra da Casa Civil.

Ministério Público acusa PT de usar propaganda para exaltar Dilma

O Ministério Público Eleitoral entrou com uma representação contra o PT que acusa o partido de usar a propaganda partidária para exaltar a pré-candidata à Presidência, Dilma Rousseff. A propaganda foi ao ar no dia 13 deste mês e teve como estrelas Dilma e o presidente Lula. Na peça, Lula compara a história de Dilma a do líder sul-africano Nelson Mandela. A representação está sendo analisada pelo ministro Aldir Passarinho, do Tribunal Superior Eleitoral, corregedor-geral eleitoral. Neste caso, os partidos de oposição preferiram não entrar na Justiça contra o PT. Para a procuradoria, a propaganda faz "explícita exaltação do nome da pré-candidata e propaganda negativa do candidato adversário". Segundo a representação, assinada pelo procurador-geral eleitoral Roberto Gurgel, Lula ocupou metade do espaço do programa para traçar a trajetória da ex-ministra da Casa Civil.

Lula, Dilma e PT têm cinco dias para apresentar defesa ao TSE

O ministro Aldir Passarinho, do Tribunal Superior Eleitoral, abriu prazo de cinco dias para que o PT, o presidente Lula e a pré-candidata do partido à Presidência, Dilma Rousseff, apresentem defesa na representação ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral por propaganda antecipada. Na sexta-feira, a procuradoria entrou com uma representação contra o PT que acusa o partido de usar a propaganda partidária para exaltar Dilma.

PT entra com representação contra DEM por propaganda com Serra

O PT protocolou na tarde de sexta-feira uma representação no Tribunal Superior Eleitoral contra o DEM por causa da propaganda partidária exibida na noite de quinta-feira em cadeia de rádio e TV. Segundo a petição, o DEM não cumpriu a Lei das Eleições ao exibir o pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, no comercial de 10 minutos. A lei proíbe a participação de filiado de um partido na propaganda de outro.

Líderes do DEM contestam acusação que liga deputado federal Rodrigo Maia a Arruda

Quatro das principais lideranças do DEM divulgaram nota para contestar a acusação de que o presidente do partido, deputado federal Rodrigo Maia (RJ), foi um dos principais beneficiados pelo esquema montado pelo governador cassado do Distrito Federal, José Roberto Arruda. O delator do esquema, Durval Barbosa, afirmou na última quarta-feira que uma das novas linhas da investigação do Ministério Público Federal é a participação de Rodrigo Maia no esquema. "O Ministério Público vai pegar", disse o delator. Segundo ele, "o acerto do Rodrigo era direto com o Arruda". O delator Barbosa, que gravou os vídeos contra Arruda e depois os entregou em um acordo de delação premiada, disse que membros do PMDB também receberam pagamentos do esquema. Na nota, o DEM afirma sua confiança em Rodrigo Maia. As lideranças repudiam "com veemência, a atitude leviana e irresponsável com a qual o indivíduo Durval Barbosa se apresenta e trata de um assunto da natureza do que ele está envolvido". O partido também diz que acha estranha a forma como Barbosa busca notoriedade "se valendo da condição de criminoso protegido pelo regime de delação premiada para tentar enlamear pessoas que têm o respeito de todos justamente por sua reputação ilibada".

Telefónica diz que Portugal Telecom recusou oferta pela Vivo sem pensar no acionista

A diretora de relações institucionais e desenvolvimento de negócios da Telefónica, Leila Loria, disse na sexta-feira que a direção da PT (Portugal Telecom) não considerou o interesse de seus acionistas ao se recusar a vender sua parte na brasileira Vivo, na qual ambas as empresas possuem 30% do capital total e compartilham meio a meio o controle da tele, líder brasileira em telefonia móvel. "O questionamento é se a Portugal Telecom analisou a proposta do ponto de vista do acionista. Parece que não foi o que aconteceu", disse ela. Para Loria, o grande interesse na Vivo é a possibilidade de oferecer o pacote chamado "quadri play" no Brasil após a aquisição. A executiva ressaltou que a aquisição permitirá uma maior convergência de serviços. Resultará ainda, diz, numa sinergia de US$ 2,8 bilhões entre a Telefónica e a Vivo por meio de redução de custos. Embora tenha afirmado que a oferta da Telefónica beneficiaria os acionistas da Portugal Telecom, Loria admitiu que a Vivo tem, sozinha, um peso de mais de 60% nos negócios da empresa portuguesa.

BP já gastou US$ 930 milhões desde início do vazamento no golfo do México

A companhia British Petroleum (BP) informou na sexta-feira que gastou até o momento US$ 930 milhões para tentar tapar o vazamento de petróleo no golfo do México. O valor foi destinado a operações técnicas para a contenção do vazamento e no auxílio a Estados costeiros dos Estados Unidos. A BP acrescenta que "ainda é muito cedo para quantificar outros custos potenciais e responsabilidades jurídicas vinculadas ao incidente". A plataforma Deepwater Horizon, da BP, instalada nas águas do golfo do México, explodiu no dia 20 de abril, matando 11 funcionários, e afundo logo a seguir.

PMDB rompe com PT no Pará e Jader tentará voltar ao Senado

Depois de cerca de oito meses de indefinição, o PMDB no Pará decidiu que não irá se coligar com o PT para apoiar a reeleição da governadora petista Ana Júlia Carepa. Em reunião na noite da última quinta-feira, os peemedebistas decidiram que lançarão candidatura própria. Inicialmente, o escolhido foi o deputado estadual Domingos Juvenil, presidente da Assembléia Legislativa. Ficou definido também que o deputado federal Jader Barbalho tentará voltar ao Senado, onde chegou a ser presidente. Em 2001, ele renunciou ao mandato de senador, em meio a escândalos de corrupção. A reedição da aliança que elegeu Ana Júlia em 2006 era considerada muito importante para a reeleição da governadora, e essencial para compor um palanque forte para a pré-candidata ao Planalto do PT, Dilma Rousseff, no Estado mais populoso da região Norte.

Banco Mundial cancela dívida restante de R$ 65 milhões do Haiti

O Banco Mundial anunciou na sexta-feira que cancelará o restante da dívida de US$ 36 milhões (cerca de R$ 65 milhões) que o Haiti tinha com a Associação de Desenvolvimento Internacional. A IDA é um fundo de investimentos do banco para ajudar no desenvolvimento dos países mais pobres do mundo. "Cancelar os débitos do Haiti faz parte do nosso esforço para ajudar na reconstrução do país", disse o presidente do Banco Mundial, Robert B. Zoellick. O cancelamento da dívida do Haiti pelo Banco Mundial foi possível graças a contribuição da Bélgica, Canadá, Finlândia, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Japão, Holanda, Noruega, Espanha, Suíça e Suécia. Desde o terremoto que atingiu o Haiti em janeiro deste ano, o Banco Mundial disponibilizou US$ 479 milhões (cerca de R$ 869 milhões) para auxiliar na reconstrução e desenvolvimento do país.

Supremo nega pedido de procurador do Distrito Federal para acesso a documentos sob sigilo

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, negou o pedido de liminar no mandado de segurança impetrado na última quinta-feira pelo procurador-geral do Ministério Público do Distrito Federal, Leonardo Bandarra. Na ação, Bandarra alegava não ter tido acesso a documentos que compõem sindicância que corre contra ele no Conselho Nacional do Ministério Público, e pedia acesso integral a documentos ainda sob sigilo de Justiça. Na decisão, o ministro Gilmar Mendes afirmou que "a referência a documentos sob sigilo judicial não significa, em princípio, que os mesmos serão considerados e apreciados". Bandarra responde a sindicância no colegiado por acusações de que teria recebido R$ 1,6 milhão em propina para fazer vista grossa a contratos fraudulentos de lixo, com a empresa Qualix (do grupo argentino Macri), firmados na gestão de José Roberto Arruda (sem partido), ex-governador do Distrito Federal. O procurador é citado em diversos depoimentos prestados por Durval Barbosa, delator do mensalão do Distrito Federal, à Polícia Federal.