quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

OAB diz que Lula deve explicar denúncias contra o mensaleiro José Dirceu sobre "nova" Telebrás

O presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, afirmou nesta quarta-feira que o governo do presidente Lula deve uma explicação à sociedade sobre a denúncia de que o ex-ministro José Dirceu se beneficiou com a possibilidade de reativação da Telebrás. "O governo Lula não pode ficar com essa pecha, essa acusação de tráfico de influência de um seu ex-ministro, e precisa dar uma explicação à sociedade brasileira neste momento", disse ele. É mesmo? Como é gentil o presidente da OAB com o governo Lula. "A Ordem vê com preocupação as denúncias feitas contra José Dirceu, que está afastado deste governo mas que tem uma ligação com o mesmo e com o Partido dos Trabalhadores, do qual continua sendo uma grande liderança, como é fato público e notório, inclusive noticiado durante recente encontro nacional do PT", completou ele. Para Cavalcante, no entanto, não é necessário a instalação de uma CPI: "Qualquer CPI precisa ter objeto certo, determinado; por isso, numa primeira avaliação, creio que não seria necessário". Viu só como muda o tom do presidente da OAB: para o caso de Brasília, ele age como o mais furioso promotor; para o caso do José Dirceu, Lula, governo Lula, PT, fala dócil, mansinho, e acha que não é caso para CPI. É mesmo?!!!!

Freddie Mac tem prejuízo de US$ 7,8 bilhões no quarto trimestre

O grupo de refinanciamento hipotecário norte-americano Freddie Mac anunciou nesta quarta-feira que teve prejuízo de US$ 7,8 bilhões no quarto trimestre de 2009, fechando o ano passado com uma perda acumulada de US$ 25,7 bilhões. Apesar das fortes perdas, a empresa informou que não precisará de novas injeções de dinheiro do governo. Pouco conhecidas do grande público, o Freddie Mac e a empresa "irma gêmea" Fannie Mae foram colocadas sob tutela do Estado em 7 de setembro de 2008, no auge da crise financeira global, com uma injeção de US$ 200 bilhões de fundos públicos. As duas empresas são fundamentais para o sistema de hipotecas norte-americano, comprando dos bancos as carteiras de financiamento imobiliário e revendendo a investidores. O Freddie Mac refinancia atualmente uma em cada quatro hipotecas nos Estados Unidos, e junto com a Fannie Mae responde por cerca de metade deste mercado, o que significa cerca de US$ 5,5 trilhões em financiamentos.

União Européia lamenta morte de dissidente cubano e pede soltura de presos políticos

A União Européia lamentou "profundamente" nesta quarta-feira a morte do dissidente cubano Orlando Zapata e afirmou que já pediu diversas vezes à ditadura genocida de Cuba a "libertação incondicional de todos os prisioneiros políticos". Zapata, de 44 anos, morreu na terça-feira em um hospital de Havana, após 85 dias de greve de fome em protesto pelas suas condições de cárcere. O episódio causou comoção na dissidência cubana um dia antes de o presidente brasileiro, o bolivariano Lula, visitar o país. "Lamentamos profundamente a morte do prisioneiro político Orlando Zapata e expressamos nossos pêsames a sua família", disse o porta-voz, John Clancy. "A União Européia pediu em muitas oportunidades ao governo cubano que melhore de forma efetiva a situação dos Direitos Humanos no país por meio da libertação incondicional de todos os presos políticos, incluindo os detidos em 2003", afirmou Clancy. Ele lembrou que esta questão continua sendo "uma prioridade para a União Européia", discutida no "máximo nível como parte do diálogo político entre a União Européia e Cuba". Preso desde março de 2003, Zapata foi internado no hospital Hermanos Ameijeiras na noite de segunda-feira. O quadro clínico que provocou sua morte ainda não foi divulgado. De acordo com a Comissão Cubana de Direitos Humanos e Reconciliação Nacional, Zapata é o primeiro preso político cubano a morrer na prisão desde a década de 1970. Ele foi um dos 65 cubanos considerados presos de consciência pela Anistia Internacional. Zapata havia sido inicialmente sentenciado a três anos de prisão, mas sucessivas outras condenações elevaram a pena a mais de 25 anos. A ditadura genocida de Cuba mantém em suas prisões cerca de 200 presos políticos. A ditadura tem o apoio do PT e de presidente bolivariano Lula a esta política de desrespeito aos direitos humanos.

Vice-presidente José Alencar realiza exames e sessão de quimioterapia em São Paulo

O presidente da República em exercício, José Alencar (PRB), realizou na tarde desta quarta-feira exames e sessão de quimioterapia no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele trata um câncer na região abdominal, luta contra a doença há cerca de 12 anos e já passou por 15 cirurgias. José Alencar retomou as sessões de quimioterapia no início de setembro do ano passado, pouco depois de exames terem demonstrado que os tumores abdominais haviam voltado a crescer. Por isso, interrompeu o tratamento experimental a que se submetia nos Estados Unidos. No mesmo mês, ficou internado por três dias após apresentar níveis baixos de hemoglobina, leucócitos e plaquetas. No final de outubro, José Alencar disse que os exames haviam mostrado uma "redução substancial" dos tumores. O vice já afirmou por diversas vezes sua intenção de disputar o Senado em 2010, se estiver curado.

Paraná já registrou 530 casos de dengue neste ano

O Paraná registrou, de janeiro até esta quarta-feira, 530 casos de dengue, dos quais 398 são autóctones, ou seja, a transmissão ocorreu dentro do Estado. No total, há 33 municípios com casos autóctones em oito regionais de saúde. De acordo com dados da Secretaria da Saúde, 70% dos municípios que fizeram o levantamento do Índice de Infestação Predial estão com taxas acima de 1%, que é o recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Já foram analisadas 151 cidades. Os municípios com maiores índices são: Doutor Camargo (24,6%), Quatro Pontes (17,5%), Mercedes (15,45%), Astorga (10%) e Paranavaí (9,4%). Outras cidades paranaenses que apresentam risco de epidemia devido aos altos índices de infestação são Matelândia (13,8%) Missal (4,86%) e Santa Terezinha do Iguaçu (4,46%). Em Maringá, Foz do Iguaçu e Londrina, o crescente número de casos preocupa as autoridades de saúde. Em Maringá, nos últimos dois meses foram confirmados 169 casos de dengue. O índice de infestação no município é de 3,8%. Foz do Iguaçu, no fim do ano passado, já apresentava o Índice de Infestação Predial de 3,8%. Este ano já foram registrados 134 casos.

Paulo Octávio transmite cargo a distrital e diz que continuará trabalhando por Brasília

O ex-governador interino do Distrito Federal, Paulo Octávio (sem partido), que renunciou na terça-feira, transmitiu nesta quarta-feira o cargo ao deputado distrital Wilson Lima (PR), presidente da Câmara Legislativa de Brasília e aliado do governador afastado José Roberto Arruda (sem partido). A transmissão de cargo ocorreu na residência oficial da vice-governadoria, no Lago Sul. Ao deixar o local, Paulo Octávio, que é citado no inquérito que investiga o esquema de corrupção no Distrito Federal, disse que vai fazer o possível para garantir a governabilidade em Brasília para o interino Wilson Lima. "Sou apenas um cidadão a partir de hoje. Espero que [Wilson Lima faça um bom governo. Volto à minha rotina normal, mas vou continuar trabalhando por Brasília". O ex-vice-governador volta a assumir as empresas das Organizações Paulo Octávio, conglomerado de comunicação que inclui emissoras de rádio e TV. Em seu discurso de despedida, Paulo Octávio, disse que se sente "desanuviado". "Estou saindo da vida pública, mas estou confiante na Justiça. Estou tranquilo e mostrei meu desprendimento até mesmo perdendo o foro privilegiado", afirmou ele. Paulo Octávio havia se tornado governador interino no último dia 11, quando Arruda foi preso e afastado do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça. Os dois são suspeitos de participar de um esquema de arrecadação e pagamento de propina no Distrito Federal.

Produção nacional da Petrobras recua 1% em janeiro

A produção de petróleo e gás natural da Petrobras em janeiro apresentou redução tanto no Brasil como nas operações no Exterior na comparação com dezembro do ano passado, informou a estatal nesta quarta-feira. A produção de petróleo e gás no País atingiu 2,284 milhões de barris equivalente diários, uma queda de 1% sobre dezembro. As de petróleo ficou em 1,973 milhão de barris diários, com queda de 0,7% na mesma base de comparação, enquanto as de gás ficaram em 49,548 milhões de metros cúbicos diários, praticamente estável sobre o último mês de 2009. Segundo a estatal, a queda na produção de petróleo ante dezembro ocorreu devido à manutenção preventiva em três plataformas da bacia de Campos. Já no Exterior, a produção total foi de 241,3 mil barris equivalentes ao dia, com queda de 1% sobre dezembro, causado por intervenções em poços para recuperação de produção no campo de Akpo, na Nigéria.

Eduardo Gianetti participará da campanha de Marina Silva

O PV confirmou na terça-feira a participação do economista Eduardo Gianetti da Fonseca na estruturação do plano de governo de sua candidata à Presidência, a senadora Marina Silva (AC). Gianetti é professor da faculdade Ibmec/SP e Ph.D em economia pela Universidade de Cambridge. Uma de suas principais críticas ao governo Lula é a alta carga tributária no País. A campanha de Marina Silva tem como desafio provar que ela pode ir além do discurso ambiental e ter propostas para outras áreas, como a econômica. O grupo que trabalha no plano de governo de Marina Silva deve propor como um dos focos a transparência do setor público e o combate à corrupção. A senadora passou por exames na terça-feira no InCor, em São Paulo, e recebeu o aval médico para a campanha presidencial. Na noite de segunda, ao ministrar uma aula magna para os calouros do curso de medicina da Universidade Anhembi Morumbi, Marina voltou a defender a transparência nas ações de governo. "A transparência evita corrupção, evita desvio de conduta", disse. Ela deu como exemplo o sistema criado em sua gestão no Ministério do Meio Ambiente para acompanhar focos de desmatamento no País. Uma das propostas do núcleo próximo a Marina Silva é criar um sistema de acompanhamento on-line da prestação de contas da campanha. Apesar de considerar "possível", a equipe ainda estuda como adequar a estratégia, que serviria para constranger os demais partidos à legislação eleitoral.

Ex-chefe da Promotoria é condenado pela Justiça a indenizar colega

A Justiça de São Paulo julgou, de forma inédita, uma disputa entre membros da cúpula do Ministério Público Estadual e condenou um ex-procurador-geral em uma ação movida por um ex-corregedor-geral. Rodrigo César Rebello Pinho, que ocupou o cargo de procurador-geral de Justiça entre 2004 e 2008, foi condenado ao pagamento de indenização de R$ 70 mil por ter publicado no Diário Oficial e no site da Promotoria um informe que sugeria a existência de uma punição contra o ex-corregedor Carlos Henrique Mund. Mesmo avisado, diz a sentença, César Rebello Pinho se recusou a retirar o informe do ar. A Lei Orgânica do Ministério Público proíbe a publicidade de casos assim. No pedido de indenização, Carlos Henrique Mund afirma que desde 2005, quando disputou com Pinho a eleição de procurador-geral, passou a ser alvo de "intrigas e ataques pessoais". Isso deu início, segundo o pedido, a uma "inimizade capital". No ano seguinte, reeleito e reconduzido ao cargo pelo então governador Geraldo Alckmin (PSDB), César Rebello Pinho aplicou uma advertência em Carlos Henrique Mund por ter, segundo ele, investigado um outro procurador (não cita o nome). O recurso foi encaminhado ao Órgão Especial. Em maio de 2007, o relator do recurso, o procurador Luiz César Gama Pellegrini, leu em sessão seu voto, no qual se manifestava pela manutenção da "pena quanto ao mérito". A ata da reunião foi publicada. "Impossível cogitar que alguém que ocupou o cargo de procurador-geral de Justiça não soubesse o significado das regras administrativas da própria instituição. O réu agiu de maneira indefensável", afirma sentença do juiz José Paulo Camargo Magano, da 17ª Vara Cível da capital. Para o juiz, a publicação sugere ter sido aplicada a Carlos Henrique Mund "pena diversa, mais grave, a de suspensão, portanto, falta funcional gravíssima". "Tornou ultra eficaz a pena nula que aplicou, cuja publicidade fez parecer ser mais séria do que era. As posturas do réu - sem precedentes na própria instituição - acabaram por fazer prevalecer suas deliberações individuais, data venia (com a devida licença), ilegais, desarrazoadas (afrontosas a regras) e exorbitantes", disse a sentença. Carlos Henrique Mund disse considerar a decisão da Justiça uma vitória institucional porque, para ele, o principal na discussão da sentença é a interferência do procurador-geral no trabalho do corregedor-geral: "Não estou defendendo minha pessoa física. Estou defendo a função de corregedor. O procurador-geral não pode punir o corregedor. Ele não tem competência para isso".

Governo central tem superávit de R$ 13,9 bilhões em janeiro

Em janeiro, o governo central apresentou superávit primário de R$ 13,9 bilhões, o que corresponde a 5,22% do PIB, divulgou nesta quarta-feira o Ministério da Fazenda. O Tesouro Nacional contribuiu com R$ 17,6 bilhões, enquanto Previdência e Banco Central tiveram déficit de R$ 3,7 bilhões e R$ 8 milhões, respectivamente. É o segundo melhor janeiro da série histórica, atrás apenas de 2008, quando o Tesouro registrou superávit de R$ 15,4 bilhões. Em dezembro, o superávit havia sido de R$ 1,7 bilhão. O resultado do mês superou em R$ 9,9 bilhões o valor registrado em janeiro de 2009. A receita bruta do Tesouro Nacional foi de R$ 60,5 bilhões, ante resultado de R$ 56,9 bilhões verificado em dezembro. Segundo o ministério, esse incremento aconteceu por causa do pagamento em janeiro do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido relativa ao resultado do trimestre anterior, entre outros fatores. Ao lado do bom resultado da receita, o Tesouro Nacional verificou a retração das despesas de R$ 8,5 bilhões. Uma das maiores causas para o encolhimento dos gastos foi a diminuição, em R$ 6,1 bilhões, nas despesas com benefícios previdenciários. Houve também forte redução no pagamento de precatórios e sentenças judiciais. Neste mês, foram R$ 132,4 milhões em precatórios, ante R$ 3,8 bilhões em janeiro de 2009. Foram pagos R$ 9,1 milhões em sentenças judiciais, contra R$ 1,5 bilhão em janeiro do ano passado.

Maior parte da cocaína para Europa Ocidental sai da Venezuela

A Venezuela é o ponto de partida da maior parte da cocaína que entra na Europa Ocidental, e a região dos Bálcãs, na Europa Oriental, se estabelece como uma nova rota de entrada da droga ao continente, informou nesta quarta-feira a Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes em seu relatório de 2009. "Segundo a Organização Mundial das Alfândegas, na Europa Ocidental a maior parte da cocaína entra por contrabando procedente da República Bolivariana da Venezuela", indicou o órgão que vigia o cumprimento dos acordos internacionais sobre drogas. A Organização Mundial das Alfândegas ressalta que as apreensões de cocaína caíram na Europa Ocidental em 2008. No entanto, a droga passou a chegar na região passando pelos Bálcãs e Europa Oriental, vias de acesso que antes só eram usadas para introduzir ilegalmente o ópio que chegava da Ásia. "O crescente número de remessas de cocaína da América do Sul a países da Europa Oriental mostram a tendência relativamente nova deste tráfico", assegura o relatório. A Organização Mundias das Alfândegas ressalta que a África Ocidental continua sendo utilizada como lugar de "armazenamento e trânsito da cocaína" para a Europa. O meio principal para transportar a cocaína da América Latina à Europa é o navio. O relatório especifica que fretes marítimos dessa droga procedente da Colômbia e Equador tiveram "como destino, principalmente Croácia e, em segundo lugar, os Países Baixos e Montenegro" em 2008. A Junta explica que os traficantes utilizam novos métodos para introduzir a droga na Europa Oriental, como demonstra a apreensão de 164 quilogramas de cocaína líquida na Eslováquia, engarrafada e declarada como "vinho tinto".

ONU diz que Brasil tem quarto serviço de telefonia celular mais caro do mundo

O Brasil tem o quarto serviço de telefonia celular mais caro do mundo, de acordo com a ONU. No ano passado, os valores das tarifas cobradas dos assinantes brasileiros só ficaram atrás do que pagaram japoneses, franceses e australianos. Segundo estudo da União Internacional de Telecomunicações (braço da ONU para o setor), os brasileiros pagaram em média US$ 34,60 mensais em um pacote de ligações locais (que inclui 30 mensagens SMS e tarifas para a mesma operadora de celular, para números de outra companhia e para telefones fixos). No país mais barato, Hong Kong, esse valor é de US$ 0,75. Na América do Sul, o pacote desses serviços menos dispendioso é o do Paraguai: US$ 5,31. O valor cobrado do brasileiro não apenas está entre os mais altos como também é um dos que mais pesam no bolso. Os gastos com telefonia celular representam 5,7% da renda bruta do brasileiro, enquanto no Japão, que tem o pacote mais caro, eles significam 1,4%. Isso quer dizer que o impacto da tarifa no dia a dia do brasileiro só perde para 40 países (numa lista de 161), a maioria africanos. Esse é legado do governo Lula para os brasileiros.

ONU diz que Brasil tem quarto serviço de telefonia celular mais caro do mundo

O Brasil tem o quarto serviço de telefonia celular mais caro do mundo, de acordo com a ONU. No ano passado, os valores das tarifas cobradas dos assinantes brasileiros só ficaram atrás do que pagaram japoneses, franceses e australianos. Segundo estudo da União Internacional de Telecomunicações (braço da ONU para o setor), os brasileiros pagaram em média US$ 34,60 mensais em um pacote de ligações locais (que inclui 30 mensagens SMS e tarifas para a mesma operadora de celular, para números de outra companhia e para telefones fixos). No país mais barato, Hong Kong, esse valor é de US$ 0,75. Na América do Sul, o pacote desses serviços menos dispendioso é o do Paraguai: US$ 5,31. O valor cobrado do brasileiro não apenas está entre os mais altos como também é um dos que mais pesam no bolso. Os gastos com telefonia celular representam 5,7% da renda bruta do brasileiro, enquanto no Japão, que tem o pacote mais caro, eles significam 1,4%. Isso quer dizer que o impacto da tarifa no dia a dia do brasileiro só perde para 40 países (numa lista de 161), a maioria africanos. Esse é legado do governo Lula para os brasileiros. Apesar de ainda expressivo, o peso das ligações com celular para os brasileiros ficou menor no ano passado, repetindo o que aconteceu na maior parte do mundo.

Lula ajuda a provar que Jim Jones vive

Você se recorda do pastor maçom norte-americano Jim Jones? Sim, aquele louco que levou 900 seguidores à prática do suicídio coletivo na cidade ideal que ele havia montado no interior da Guiana? Pois bem, na reunião do delirante Grupo do Rio, realizada no México, com o assentimento de Lula, os países da América Latina e do Caribe decidiram criar uma nova associação de países americanos, excluindo os Estados Unidos e o Canadá. Ou seja, Estados Unidos e Canadá não fazem mais parte da América, ou fazem parte de uma outra América. Os bolivarianos seguidores do Jim Jones estão inventando uma nova geografia. Não bastasse isso, e para dar uma mostra do que pretendem, os novos Jim Jones do bolivarianismo resolveram marcar a primeira reunião, para definição dos estatutos, na Venezuela, em 2011. Esse é o resultado que colhe o muçulmano Barack Hussein, presidente dos Estados Unidos, com sua posição vacilante e pusilânime diante de ditadorzinhos de terceira classe de repúbliquetas bananeiras sul-americanas. E tem mais: essa nova organização de Estados, não tenham dúvida, logo estreitarão os laços com Estado exemplo de democracia, como a república fascista islâmica do Irã. O bolivarianismo abre as portas da América Latina para o terrorismo. É a isso que leva a pusilanimidade do muçulmano Barack Hussein.

Prefeito de Curitiba ignora decisão do TCE e assina contrato do lixo contestado

O presidente do Consórcio Intermunicipal para Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos, prefeito Beto Rticha (PSDB), um dia após ter sido indicado pelo seu partido o PSDB a pré-candidato ao governo do Paraná, autorizou na terça-feira a publicação da “declaração de vencedora” da concorrência bilionária da usina do lixo, a qual pretende substituir o destino final dos resíduos de
19 municípios paranaenses. Hoje as cidades que integram o Conselho Intermunicipal para Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos enterram diariamente os seus resíduos no Aterro Sanitário da Caximba, empreendimento localizado no município de Curitiba, no Paraná. A licitação pública que trata da implantação do Sistema Integrado de Processamento e Aproveitamento de Resíduos (SIPAR), conhecido popularmente por usina de lixo, está sendo conduzida pela comissão de licitações da Prefeitura de Curitiba. O Consórcio Recipar foi declarado vencedor. A publicação contraria a decisão do Tribunal de Contas do Paraná que apontou inúmeras irregularidades no processo licitatório. O Acórdão nº 1181/09, do Pleno do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, publicado em 18 de dezembro de 2009, proporciona a qualquer cidadão brasileiro maior, e com as suas obrigações eleitorais em dia, ingressar na Justiça do Paraná com uma ação popular requerendo a anulação da concorrência bilionária do Sistema Integrado de Processamento e Aproveitamento de Resíduos. A munição disponível no Acórdão nº 1181/09 é rica em detalhes de irregularidades na condução do certame bilionário, conforme apontado pelo documento do Pleno do Tribunal de Contas do Estado. Com a declaração de vencedora publicada, a empresa Tibagi Engenharia e Construções Ltda e o Consório Paraná Ambiental (representante legal de J. Malucelli Construtora de Obras SA), assim como as demais licitantes desse certame bilionário poderão ingressar na Justiça do Paraná contestando a decisão do prefeito Beto Richa, que autorizou a publicação da comunicação. O Consórcio Recipar é composto por quatro empresas: Pavese Serviços de Reciclagem e Participações Ltda; Columbus Serviços de Reciclagem e Participações Ltda; Elecnor S/A; Macovit Sociedad Inversiones SL. Os municípios que integram o Consórcio são: Almirante Tamandaré, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campo Largo, Colombo, Curitiba, Mandirituba, Quitandidinha, São José dos Pinhais, Araucária, Campina Grande do Sul, Campo Magro, Contenda, Fazenda Rio Grande, Quatro Barras, Pinhais, Piraquara, Agudos do Sul e Tijucas do Sul.

PT tenta criar soviete no Conselho Universitário da Uergs

Aluna da Uergs (Universidade do Estado do Rio Grande do Sul), Lina Vermont denuncia para o site do jornalista Políbio Braga que a petralhada gaúcha está sufocando a instituição, tendo tomado de assalto o Conselho Universitário. E, dessa posição, tenta impor para a Universidade um regimento geral, que lembra os soviets da antiga URSS.Trata-se, conforme ela, de um monstrengo com quase 400 artigos que cria uma dezena de comissões e colegiados, os quais inviabilizarão administrativamente a instituição. O monstrengo está disponível na página da universidade no endereço www.uergs.edu.br. Esta universidade já teve como professor a sumidade conhecida como Raul Pont, deputado estadual petista, dirigente da seita trotskista DS (Democracia Socialista). Hoje ele é presidente estadual do PT.

ONS informa demanda de energia bateu novo recorde na terça-feira

A demanda brasileira de energia atingiu novo recorde nesta terça-feira, às 14h44min, quando chegou a 70.954 megawatts (MW), segundo o boletim preliminar de operações do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), divulgado nesta quarta-feira. O recorde anterior havia sido registrado no início do mês (dia 4), quando a demanda atingiu 70.654 MW. Segundo o ONS, no mesmo horário de terça-feira houve recorde na demanda das regiões Sudeste e Centro-Oeste, que atingiu 44.190 MW. No Nordeste também houve recorde, de 10.115 MW, mas às 14h32. O último recorde nesta região havia sido atingido no dia anterior. Na média do dia, o Sistema Interligado Nacional registrou uma carga de 61.794 MW.

Juro de empréstimos para pessoa física chega a 43% ao ano

O sistema financeiro nacional iniciou o ano com aumento dos juros cobrados dos clientes, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Banco Central. A taxa média de juros subiu 0,8%, para 35,1% ao ano, de dezembro para janeiro. No caso das pessoas físicas, o aumento foi de 0,3%, para 43% ao ano, enquanto para as empresas (pessoas jurídicas) a alta foi de 1 ponto percentual, para 26,5% anuais. O juro médio anual cobrado pelo uso do cheque especial subiu de 159,1%, em dezembro de 2009, para 161,1%, no mês passado. No caso do crédito pessoal, o que inclui operações consignadas em folha de pagamento, a taxa subiu 0,4 ponto percentual, para 44,8% ao ano. O spread (diferença entre a taxa de captação e a cobrada dos clientes na hora do empréstimo) geral aumentou de 24,4, em dezembro, para 25,1 pontos percentuais, em janeiro. Para as pessoas físicas, a alta foi de 31,6 para 31,8 pontos percentuais. No caso das empresas, o spread passou de 16,5 para 17,5 pontos percentuais. E isso acontece mesmo com a inadimplência para pessoas físicas tendo apresentou recuo de 0,1 ponto percentual, para 7,7%, enquanto para as empresas permaneceu em 3,8%. Ou seja, o capitalismo financeiro brasileiro é completamente apadrinhado pelo petismo. A taxa de risco que os bancos estão cobrando talvez seja a cobrança antecipada dos custos que terão para financiar candidatos e campanha petistas neste ano.

Conselho pede proteção a bandido condenado no caso do menino João Hélio

O Conselho Gestor do Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM) no Rio de Janeiro concluiu na noite de terça-feira ser necessária a colocação provisória de Ezequiel Toledo Lima, de 19 anos, o bandido envolvido na morte do menino João Hélio, ocorrida em fevereiro de 2007, conforme decisão da Vara da Infância e Juventude da Comarca da Capital anulada pelo Tribunal de Justiça do Estado. O bandido foi culpado pelo assassinato de João Hélio, menino de 6 anos que foi arrastado pelas ruas da zona norte da cidade durante um assalto. Nesta quarta-feira, em audiência especial, a 2ª Vara da Infância e da Juventude iria decidir se o criminoso bandido ingressa no programa de proteção ou cumprirá o regime semiaberto. Já é um escárnio para todos os brasileiros que esse bandido hediondo esteja solto. O Conselho do PPCAAM analisou o documento que aponta as ameaças de morte relatadas no processo judicial, após decisão do desembargador Francisco José de Asevedo que anulou a decisão da Vara da Infância e da Juventude de inserir o bandido no programa. O Conselho Gestor é composto por Defensoria Pública, Fundação para Infância e Adolescência (FIA), Associação dos Conselheiros Tutelares fluminenses (ACTERJ), Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH), Organização de Direitos Humanos Projeto Legal e o TJ-RJ. Seria interessante saber o que fariam esses senhores integrantes desse famigerado Conselho no caso de terem seus filhos pequenos arrastados no chão pelo carro conduzido por bandidos. Como é que um conselho dessa ordem pode ter poderes judiciais, ou para-judiciais? Está tudo errado no País. Desde quando se pode dar poderes dessa ordem a ongs petistas ou satélites do PT?

Lula chega a Cuba para se reunir com facínoras Fidel e Raúl Castro

O presidente bollivariano Lula chegou nesta quarta-feira a Havana para se reunir com seu colega cubano, o ditador Raúl Castro, e seu irmão e antecessor da dinastia genocida, Fidel Castro. Lula estava em Playa del Carmen (México), onde participou da cúpula do Grupo do Rio. Ele foi recebido no aeroporto pelo ministro cubano de Exteriores, Bruno Rodríguez, entrou em um carro rumo ao centro de Havana e desapareceu. O governo bolivariano brasileiro afirma que a visita a Cuba é um "reencontro de velhos amigos". O ex-ditador Fidel Castro, que não aparece em público desde que adoeceu em 2006 e deixou o comando nas mãos de irmão mais novo, o fascista socialista Raúl Castro, continua sendo primeiro-secretário do Partido Comunista. Assim como nas três visitas oficiais de Lula a Cuba na condição de presidente do Brasil, o bolivariano Lula não aceitou se reunir com os cubanos na oposição. O presidente brasileiro boloivariano Lula a Cuba poucas horas depois da morte, em Havana, do preso político cubano Orlando Zapata Tamayo, após 85 dias em greve de fome. Mas, esse é Lula, o presidente do Brasil que colabora estreitamente com os ditadores genocidas de Cuba, tanto que entregou imediatamente os dois boxeadores cubanos que pediram refúgio durante os Jogos Pan-Americanos. Cerca de 50 dissidentes presos ou com "licença penal" por razões de saúde, pediram a Lula, por carta, que interceda por suas liberdades quando se encontrar com os irmãos Castro, e mencionavam em particular o caso do Tamayo. Os presidiários acreditavam que Lula poderia ser "um magnífico interlocutor para fazer com que o governo cubano decida fazer as reformas econômicas, políticas e sociais que o país necessita com urgência; avançar no respeito aos direitos humanos; conseguir a reconciliação nacional e tirar a nação da profunda crise em que se encontra". Doce delírio, porque Lula fez a escolha de se tornar amigo dileto e fraternal de ditadores fascistas e genocidas, como Raul e Fidel Castro, Hugo Chavez e o fascista islâmico Ahmad Mahdinejad, reencarnação de Hitler. O porta-voz de Lula, Marcelo Baumbach, informa que o Brasil já aprovou créditos a Cuba de 1 bilhão de dólares, dos quais 350 milhões seriam destinados à compra de alimentos, já que a ditadura de Cuba mantém seus cidadãos na miséria, e 600 milhões de dólares às iniciativas para produção de arroz e cana de açúcar, construção de estradas e o porto de Mariel. Grande parte desse dinheiro está sendo desviado para as contas da burocracia estatal.