quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Morre o senador americano Ted Kennedy aos 77 anos

O senador norte-americano Edward “Ted” Kennedy morreu aos 77 anos, na madrugada desta quarta-feira. Ted Kennedy era senador pelo estado de Massachussetts desde 1962, sendo o terceiro senador com maior tempo de mandato da história norte-americana. Ted Kennedy lutava contra um câncer cerebral desde maio de 2008, quando soube do diagnóstico da doença. Ted era irmão de John Kennedy, presidente norte-americano assassinado em 1963, e também de Bob Kennedy, assassinado em 1988, quando disputava a candidatura à presidência pelo Partido Democrata. O senador era considerado uma das figuras mais importantes do partido e da política norte-americana e tinha como principal objetivo, na sua carreira, instaurar um sistema de saúde pública universal, o que é um dos pilares da reforma na saúde de Barack Obama.

Acordo projeta reajuste de mais de 6% para aposentadorias acima do mínimo

O governo fechou acordo na noite desta terça-feira com as principais centrais sindicais para uma política de reajuste das aposentadorias com valor superior a um salário mínimo (R$ 465,00) em 2010 e 2011. O novo cálculo ainda terá que passar pelo Congresso Nacional. Pelo acordo, os benefícios acima do salário mínimo serão reajustados a partir do próximo ano considerando o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mais 50% do PIB de dois anos anteriores. Ou seja, em janeiro de 2010, se a proposta for aprovada ainda neste ano no Congresso, os aposentados que ganham mais de R$ 465,00 podem receber um reajuste de mais de 6%. O percentual leva em conta a projeção do INPC para esse ano, de 3,49%, mais a previsão do crescimento do PIB em 2008, estimado em 5,5%. Segundo o ministro da Previdência, José Pimentel, o impacto para as contas da previdência em 2010 deve ser de aproximadamente R$ 3 bilhões. Esse mesmo cálculo será aplicado em 2011, considerando os valores do PIB de 2009 e o INPC de 2010. O acordo fechado pelo governo com as centrais prevê ainda que os trabalhadores poderão contar como tempo de contribuição o período em que estão desempregados, mas recebendo o seguro-desemprego.

Quito denuncia complô militar para derrubar o fascistóide Rafael Correa

O governo do Equador denunciou nesta terça-feira que um grupo de generais da reserva planeja derrubar o presidente populista socialista, o fascistóide Rafael Correa. "Acreditamos na existência de planos desestabilizadores, que há planos desestabilizadores", disse o vice-presidente equatoriano, Lenín Moreno, ao citar reuniões de cerca de 70 generais da reserva que são "contrários ao regime". O cara se chama “Lênin”, o que se pode pensar disso? Lênin Moreno, na presidência por ocasião da viagem de Correa a Cuba para lamber a mão do ditador Fidel Castro, disse que "existem poderes acostumados a fazer o que querem no país, que se negam a perder os privilégios". O ministro da Segurança, Miguel Carvajal, confirmou reuniões de vários generais da reserva na província costeira de Manabí, nos últimos três meses, visando desestabilizar o governo socialista. Após ser reeleito, o fascistóide Correa tomou posse no dia 10 de agosto passado, para um segundo mandato, de quatro anos, no qual promete aprofundar sua “revolução socialista”. Pobre América Latina....

Chávez ordena preparação para ruptura com Colômbia

O presidente da Venezuela, o clown bolivariano Hugo Chávez, orientou seu ministro das Relações Exteriores, Nicolás Maduro, a preparar a ruptura das relações diplomáticas com a Colômbia. A medida é uma resposta ao anúncio feito pelo governo colombiano, na segunda-feira, de que apresentará uma queixa contra o tiranete Chávez na Organização dos Estados Americanos por interferência nos assuntos internos da Colômbia. "O governo colombiano agora nos está acusando de ingerência. Há que preparar a ruptura de relações com a Colômbia. Isso vai ocorrer", afirmou o clown bolivariano Chávez em uma reunião com embaixadores transmitida ao vivo pelo canal estatal. "Essa burguesia colombiana nos odeia e já não há aqui possibilidade de retorno, de um abraço, é impossível", acrescentou. No domingo, em seu programa semanal de rádio e televisão "Alô, Presidente", Chávez indicou que o presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, quer impedir que "o chavismo chegue à Colômbia", mas que insistiria em mudar sua imagem no país vizinho. Se for concretizada a ruptura, a crise entre os dois países chegará a seu pior momento em um ano. Chávez já havia ordenado o congelamento das relações com a Colômbia, depois que Bogotá provou que o clown bolivariano estava enviando para os terroristas e traficantes de cocaína das Farc os lança-mísseis que comprou da Suécia.

Ministério Público Federal suspende construção de usina de Blairo Maggi

O Ministério Público Federal obteve uma decisão liminar da Justiça Federal para suspender a licença prévia, concedida pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente, que autorizava a construção da usina hidrelétrica UHE Juruena, em Mato Grosso. A decisão judicial determinou, também, que o governo do Estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, se abstenha de prosseguir com os licenciamentos ambientais da UHE Juruena e que a Maggi Energia, proprietária da UHE, pare as obras. A multa para o descumprimento da decisão judicial é de R$ 80 mil por dia. Para a obtenção das licenças ambientais necessárias à construção dos onze empreendimentos hidrelétricos, no segundo semestre de 2002, as empresas Maggi Energia, Linear Participações e MCA Energia apresentaram um estudo de diagnóstico ambiental junto à extinta Fundação Estadual de Meio Ambiente (Fema), que emitiu a licença prévia necessária para o início das obras. Segundo afirma o procurador da República Mário Lúcio de Avelar, os empreendedores informaram um potencial de aproveitamento hidrelétrico menor do que o real. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) constatou tratar-se de 46 MW, enquanto os empreendedores haviam afirmado que ele seria de apenas 25 MW, potencial que dispensaria a realização do Estudo de Impacto Ambiental (Eia/Rima). De acordo com o segundo estudo de inventário hidrelétrico, em um trecho com menos de 130 quilômetros do rio foram identificados doze locais para a instalação de aproveitamentos hidrelétricos, sendo duas Usinas Hidrelétricas (UHE) e dez pequenas centrais hidrelétricas (PCH). A Aneel autorizou a exploração de 11 aproveitamentos hidrelétricos nesse trecho. É certo que a instalação dos onze aproveitamentos hidrelétricos ao longo de apenas 130 km de um rio de tamanha importância traz impactos ambientais de grande monta e afeta, principalmente, as populações humanas que dependem do rio, sobretudo os povos indígenas”, argumentou o procurador. Os danos que serão causados aos povos indígenas têm sua justificativa. É que ao longo da bacia do rio Juruena se situam onze Terras Indígenas (Enenawê-Nawê, Menku, Nambikwara, Pirineus de Souza, Tirecatinga, Juininha, Paresi, Uirapuru, Utiariti, Erikbaktsa e Japuíra), territórios das cinco etnias Enawenê-Nawê, Menku, Nambikwara, Paresi e Rikbaktsa. Nelas estão situadas aproximadamente 88 aldeias e os índios comprovadamente dependem diretamente dos recursos e serviços ambientais oferecidos naturalmente pelo rio para sua sobrevivência física e cultural.

Oeste de Santa Catarina terá universidade federal

A partir de março de 2010, Os estudantes de Santa Catarina contarão com uma segunda universidade Federal no Estado. Trata-se da Universidade Federal Fronteira Sul (UFFS), que teve sua criação aprovada na segunda-feira na Comissão de Educação do Senado Federal. Como o projeto tramitava em caráter terminativo não há a necessidade de ser aprovado no Plenário. Assim, ele segue para sanção do presidente Lula. A UFFS terá sede em Chapecó e campi no Rio Grande do Sul, nas cidades Erechim e Cerro Largo, e no Paraná, em Realeza e Laranjeiras do Sul. A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) coordena a implantação da nova instituição e a previsão é de que as aulas iniciem em março do ano que vem.

BNDES libera R$ 423 milhões para expansão do metrô no Rio

O BNDES aprovou nesta terça-feira concessão de financiamento de R$ 423 milhões para a expansão do metrô do Rio de Janeiro. As obras que serão feitas permitirão que o atual número de usuários, de 550 mil passageiros por dia, atinja 1,1 milhão de passageiros por dia em 2024. Segundo o banco, serão reformados carros, ampliada a ligação entre diferentes linhas e construídas duas novas estações, Cidade Nova e Uruguai. O banco informou ainda que será feita a adequação dos sistemas de sinalização, tração, controle e supervisão do tráfego. É impressionante como o BNDES beneficia governos ligados ao governo petista de Lula.

Aécio Neves diz que Conselho de Ética do Senado vive crise circunstancial

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), disse nesta terça-feira que o Conselho de Ética do Senado vive uma crise circunstancial depois que o PSDB e o DEM decidiram abandonar o colegiado. A iniciativa da oposição foi em protesto à decisão do conselho arquivar 11 acusações contra o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). "Eu pessoalmente lamento não a saída do PSDB e do DEM, mas a fragilização dos conselhos de Ética. Fui eu quem criou o primeiro Conselho de Ética do Congresso Nacional quando presidente da Câmara. Não existia esse instrumento", afirmou Aécio Neves. Aécio disse que espera que esta seja apenas uma crise circunstancial e defendeu a continuidade do colegiado. Alguém saberia dizer o que é “crise circunstancial”?!!!

Hamas diz que Alemanha ajuda a negociar troca de prisioneiros

O envolvimento da Alemanha na mediação da troca de prisioneiros fez as negociações entre israelenses e palestinos progredirem, mas um acordo não é iminente, informou o grupo terrorista islâmico Hamas nesta terça-feira. O grupo terrorista palestino, que controla a faixa de Gaza desde 2007, quer trocar um soldado israelense por centenas de palestinos presos. Israel tem se recusado a libertar alguns dos prisioneiros, mas ultimamente a mídia local relatou progressos. O Hamas não reconhece Israel, por isso as conversas têm sido conduzidas pelo Egito, cujo presidente, Hosni Mubarak, declarou na semana passada a um entrevistador da TV norte-americana que seu país está trabalhando "em colaboração e cooperação com os alemães". O soldado israelense Gilad Shalit foi raptado por terroristas do Hamas na fronteira de Gaza em junho de 2006 e mantido incomunicável desde então.

Usiminas reduz descontos sobre aço em 10% em setembro

O presidente da Usiminas, Marco Antônio Castello Branco, afirmou nesta terça-feira que o grupo vai reduzir descontos sobre o preço do aço em 10% a partir de 1º de setembro e que não espera novo resultado negativo para os próximos trimestres, após a siderúrgica fechar os três primeiros meses do ano no vermelho. "Não espero que os níveis de preços que alcançamos em 2008 voltem a ocorrer em 2009. Isso é impossível de acontecer atualmente e, no ano que vem, de jeito nenhum", afirmou o executivo. Segundo ele, o mercado de aço "está melhorando, mas ainda estamos na primeira perna do W. Pode ser que, após o consumo dos estoques pela cadeia, os clientes estejam comprando de volta para se reabastecer e parar lá na frente”. Castello Branco comentou ainda que o alto-forno 1 da usina de Ipatinga (MG) vai continuar parado até o final deste ano.