quarta-feira, 22 de julho de 2009

Justiça determina sequestro de 27 fazendas do grupo Opportunity

A Justiça Federal determinou o sequestro de pelo menos 27 fazendas de gado do grupo Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas, listadas pela Polícia Federal. A decisão também inclui o gado e o pasto. A Agropecuária Santa Bárbara Xinguara, que administra as fazendas, ainda não se manifestou sobre a decisão. O relatório final da Polícia Federal sobre a Operação Satiagraha indica a existência de uma organização criminosa e que uma das formas utilizadas para realizar lavagem de dinheiro é a realização de investimentos em negócios da atividade agropecuária. Segundo o Jornal Nacional, a Polícia Federal afirma que o grupo Opportunity já investiu mais de R$ 700 milhões em agropecuária e que Daniel Dantas é responsável por mais de 20% deste valor: R$ 140 milhões.

São Paulo tem mais cinco mortes causadas por gripe suína

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou nesta terça-feira mais cinco mortes por gripe suína em São Paulo. Até o momento, o Estado registra oito mortes pela nova gripe. Dos novos casos registrados, quatro são da capital e um é da região de Campinas. As outras três mortes no Estado ocorreram em Osasco (2) e Botucatu (1). Entre as vítimas da capital estão uma mulher, de 68 anos, que apresentava vários fatores de risco como cardiopatia, hipertensão arterial, diabetes e asma brônquica. Ela morreu no dia 12 desse mês. A segunda morte foi de uma gestante, de 27 anos, que faleceu na última terça-feira, depois de apresentar sintomas como febre, tosse e dor torácica. Ela entrou em trabalho de parto e fez uma cesariana no dia 9. O bebê passa bem. Um homem, de 50 anos, que havia sido internado no dia 13 de julho, faleceu uma semana depois. Uma mulher de 44 anos passou a sentir febre, tosse, dor de garganta, diarréia, dor muscular e falta de ar no dia 11. Ela chegou a ser internada seis dias depois, mas não resistiu e morreu no dia 18. O caso de Campinas é de uma mulher de 26 anos, que teve os sintomas da doença no começo do mês. Ela apresentou febre, tosse, dor de garganta e falta de ar e morreu na última sexta-feira.

Duda Mendonça continua favorecido no governo petista

O Ministério da Saúde pagou, só este ano, R$ 16,1 milhões à agência de publicidade Duda Mendonça, segundo levantamento feito pelo site Contas Abertas. Envolvida no escândalo do mensalão, a agência é acusada pelo Ministério Público Federal no Distrito Federal de ter recebido indevidamente R$ 757,8 mil do governo Lula a título de honorários pela contratação de serviços de outras empresas que não estavam previstos no contrato inicial. Duda Mendonça foi o responsável pela campanha do presidente Lula ao Planalto em 2002. Sua agência serve ao governo desde 2003. A agência foi contratada pelo Ministério da Saúde em abril de 2005, por licitação, mas o contrato foi prorrogado até abril de 2009. Segundo o Contas Abertas, do total pago este ano, R$ 12 milhões se referem a dívidas de anos anteriores e R$ 4 milhões a campanhas deste ano. A agência deve receber mais R$ 1,3 milhão referente a campanhas de 2008. Neste ano, a agência fez campanhas da Saúde sobre hepatite, hanseníase e tuberculose. Nos últimos seis anos, a agência recebeu R$ 151,4 milhões, segundo o Contas Abertas. O valor se refere a campanhas publicitárias, de utilidade pública e pagamento de serviços prestados pela agência ao governo. Os valores pagos à agência foram caindo de 2004 para cá, quando era responsável por 52% das campanhas federais de utilidade pública. Em 2008, essa proporção caíra para 5%. Neste ano, os pagamentos cresceram e chegam a 29% dos gastos com utilidade pública.

Governo de Honduras expulsa diplomatas da Venezuela

O governo de Honduras determinou nesta terça-feira a expulsão de todos os diplomatas da Venezuela que estão no país e acusou o tiranete Hugo Chávez, aliado mais ostensivo do golpista deposto, Manuel Zelaya, de interferir nos assuntos internos hondurenhos. A vice-chanceler interina de Honduras, Martha Lorena Alvarado, disse que o governo ordenou a saída do corpo diplomático da Venezuela em um prazo de 72 horas. A ministra disse a jornalistas que a medida é uma resposta às "ameaças" que a Venezuela "fez a Honduras". Ela também não descartou o "uso de força" e frisou que o governo Chávez "se intrometeu em assuntos exclusivos de Honduras" e "desrespeitou nossa soberania". O primeiro-secretário da embaixada da Venezuela em Tegucigalpa, Ariel Vargas, confirmou que a missão diplomática foi notificada pelo "governo de fato de que deve deixar o país". O funcionário acrescentou que na representação da Venezuela em Tegucigalpa só há dois diplomatas e que hoje mesmo eles informaram o governo venezuelano da decisão das novas autoridades hondurenhas. "Já enviei essa informação a Caracas e estou esperando instruções", afirmou Vargas. Segundo Martha Lorena Alvarado, a medida anunciada nesta terça-feira é lamentável, porque entre os povos de Honduras e Venezuela sempre existiram "vínculos muito estreitos". Na última quinta-feira, Chávez, alertou que a crise política de Honduras tendia a agravar-se e poderia levar o país a uma guerra civil de alcance regional, o que levou Honduras a denunciá-lo no dia seguinte ao Conselho de Segurança da ONU, por ameaçar a segurança nacional do país com o envio de tropas venezuelanas. Diplomatas venezuelanos petulantes e ignorantes disseram que vão ignorar ultimato para que saiam de Honduras. O encarregado de negócios venezuelano em Tegucigalpa, Uriel Vargas, disse que os diplomatas venezuelanos não sairão de Honduras após o prazo de 72 horas. Segundo Vargas, a ordem foi ditada por um governo "golpista" não reconhecido pela Venezuela nem pelos demais países. Vê se pode uma atitude de um vagabundo desses, em pleno território de Honduras? "Não reconhecemos o governo de Roberto Micheletti. É um governo apoiado em baionetas", disse o vagabundo Vargas a jornalistas na porta da embaixada venezuelana em Tegucigalpa. O governo do presidente Micheletti denuncia a "ameaça" representada por Chávez e tem feito dela um dos seus mais constantes argumentos para a população hondurenha para justificar a deposição do golpista Zelaya no dia 28 de junho passado, a partir de ordem emitida pela Suprema Corte. Já esta figura deplorável chamada Zelaya declarou nesta terça-feira que "a guerra civil já começou" no país e que está disposto a enfrentar as ameaças de prisão do governo em uma entrada "apoteótica" na capital Tegucigalpa. "Estou iniciando meu retorno. Farei o retorno a partir de quarta-feira por qualquer ponto fronteiriço que tem Honduras com Guatemala, El Salvador ou Nicarágua", afirmou o golpista Zelaya, em entrevista publicada pelo jornal argentino "La Nación". Ele quer produzir um banho de sangue no seu país para instaurar a ditadura. E desta vez com o apoio do muçulmano Barack Hussein.

Chanceler de Israel chega ao Brasil para tentar conter influência do Irã

O ministro de Relações Exteriores de Israel, Avigdor Lieberman, chegou nesta terça-feira ao Brasil, na primeira parada de uma viagem de dez dias à América Latina, que tem o objetivo de fazer frente à crescente influência do Irã na região. Lieberman aterrissou em São Paulo e manteve encontros na Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e com o governador do Estado, José Serra. Esta é a primeira visita de um chanceler israelense à América Latina em uma década. Israel decidiu fazer uma ofensiva diplomática para responder "à crescente atividade do Irã na América do Sul", segundo um comunicado divulgado no último domingo pelo Ministério de Relações Exteriores do país. Após visitar o Brasil, Lieberman seguirá para a Argentina, Peru e Colômbia. Segundo o embaixador de Israel no Brasil, Giora Becher, o Brasil é visto como a parte mais importante da viagem de Lieberman.

Secretário do PT chama chanceler de Israel de fascista e racista

O secretário para Relações Internacionais do PT, Valter Pomar, chamou de fascista e racista o ministro das Relações Exteriores israelense, Avigdor Lieberman, em declarações publicadas nesta terça-feira pelo jornal Haaretz, no mesmo dia em que Lieberman chegou ao Brasil para uma visita que inclui reunião com o presidente Lula. "Lieberman é um fascista e um racista", declarou Pomar ao jornal. "A esquerda brasileira organizará manifestações de protesto contra ele e a política que representa", acrescentou. O presidente da comunidade judaica do Brasil, Claudio Luiz Lottenberg, afirmou ao Haaretz que não sabe de nenhum protesto. Ele classificou a visita de Lieberman como uma chance de recomeço nas relações bilaterais após anos sem uma visita de Estado ao país. Este Valter Pomar é um dos maiores pterodactilos da política nacional. Para começo de conversa, ele acha democráticas as organizações terroristas islâmicas Hamas e Hizbollah. A visita de Lieberman ao Brasil faz parte de uma viagem de dez dias pela América do Sul destinada fundamentalmente a contra-atacar a influência da república fascista islâmica do Irã nesta região. No encontro que manteve com o governador paulista José Serra, ignorando o fascistóide petista, Avigdor Lieberman fez uma apresentação da visão israelense a respeito dos conflitos do Oriente Médio. O ex-ministro de Relações Exteriores Celso Lafer, atual presidente da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), participou da reunião e relata: "Ele fez uma exposição da visão dele, sobre a dicotomia entre extremistas e moderados”. Serra falou a Lieberman sobre a experiência dos medicamentos genéricos no País. Na comitiva israelense vieram o embaixador de Israel no Brasil, Giora Bechier, a embaixadora na América Latina, Dorit Shavit, e a deputada Ruhama Balila. Serra presenteou Lieberman com uma caixa de canetas de madeira, feitas pelo artista plástico brasileiro André Petry.

Morre em São Gabriel mulher com suspeita de gripe suína

São Gabriel confirmou na manhã desta terça-feira a primeira morte de uma pessoa com suspeita de gripe suína na cidade. A vítima é uma mulher de 38 anos, de Vila Nova do Sul. Ela chegou na Santa Casa de Caridade de São Gabriel na noite de sexta-feira, já com sintomas da doença. Até as 23 horas de segunda-feira ela permanecia em um leito de isolamento, mas por volta da meia-noite o quadro de saúde da paciente começou a se agravar, e ela foi levada à CTI. Antes da 1 hora, os médicos constataram a morte.

Supremo recebe pedido do DEM para suspender cotas para negros na UnB

O Supremo Tribunal Federal recebeu do DEM um pedido de suspensão liminar da adoção pela Universidade de Brasília (UnB) de cotas para admissão de vestibulandos negros e pardos. A medida começou a ser praticada desde 2000 no Estado do Rio de Janeiro por diversas universidades federais e depois se estendeu à Universidade Federal da Bahia, sendo adotada em seguida pela UnB. Está previsto para os dias 23 e 24 de julho o registro dos estudantes aprovados no segundo vestibular de 2009 da Universidade de Brasília, tendo sido fixadas 20% das vagas para eles. O DEM alegou na medida impetrada no Supremo que vão ocorrer "danos irreparáveis se a matrícula se basear em cotas raciais, a partir de critérios dissimulados, inconstitucionais e pretensiosos". Para o partido, fica caracterizada "ofensa aos estudantes preteridos" e por isso pede resposta urgente do Supremo. Os advogados do DEM alegam que estão sendo violados diversos preceitos fundamentais fixados pela Constituição de 1988, como a dignidade da pessoa humana, o preconceito de cor e a discriminação, afetando o próprio combate ao racismo. O jurista Valmir Pontes Filho, conselheiro da OAB, combate a fixação de cotas em universidades, porque entende que isso estimula exatamente a discriminação.

Protógenes Queiroz vai se filiar ao PDT para se candidatar nas eleições de 2010

O delegado federal fundamentalista Protógenes Queiroz, da Polícia Federal, deve disputar as eleições de 2010 como candidato do PDT. Protógenes Queiroz deve oficializar a filiação no dia 7 de setembro. A expectativa é que ele concorra a deputado federal por São Paulo. Protógenes Queiróz ficou conhecido por comandar a Operação Satiagraha, que investigou e pediu a prisão do banqueiro Daniel Dantas, do Opportunity, por crimes financeiros. O convite para o delegado ingressar nos quadros do PDT partiu do deputado federal Paulo Pereira da Silva (SP), o Paulinho da Força Sindical, e teve o aval do presidente licenciado do partido, ministro do Trabalho, Carlos Lupi. Segundo Paulinho, Protógenes tem perfil político e se transformou em um "ícone na luta pela transparência". É de morrer de rir, porque Protógenes está denunciado justamente por ter agido com falta de transparência, como se fosse um justiceiro legal, e corre o risco de ser demitido da Polícia Federal por esse motivo. Mas, no Brasil, os sinais são sempre ao inverso do que apontam.

Caixa Econômica Federal antecipa Copom e reduz taxas de juros de 13 linhas

A Caixa Econômica Federal reduzirá as taxas de juros de 13 das suas principais linhas de crédito comercial. O corte, o sétimo em 2009, passa a valer a partir da próxima segunda-feira, exceto para as operações rotativas que têm vigência a partir de 1º de agosto. Segundo a Caixa Econômica Federal, os cortes beneficiarão pessoas físicas e empresas de todos os portes. Para a pessoa física haverá redução de até 17,72%, passando de 4,91% para 4,04% ao mês. O banco também diminuiu as taxas do penhor de 2,08% para 2,05%. No micropenhor, os juros mensais passaram de 1,70% para 1,68% e no crédito consignado a taxa máxima caiu de 2,31% para 2,28%, enquanto a mínima foi mantida em 0,85% ao mês. O cheque especial também terá novas taxas, com cortes que variam de 0,59% a 4,17% na taxa mensal. A taxa mínima reduziu de 1,20% para 1,15% ao mês.

Governo quer internet banda larga em toda área rural até 2014

O Ministério das Comunicações publicará nas próximas semanas portaria instituindo o Programa Nacional de Telecomunicações Rurais. Com isso, abrirá caminho para a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) licitar frequências para as empresas oferecerem telefonia celular e internet banda larga nas áreas rurais. De acordo com a minuta da portaria, divulgada nesta terça-feira pelo ministro Hélio Costa, uma das condições para que as empresas comprem as frequências é que elas ofereçam os serviços em toda a área rural de sua prestação em cinco anos. O documento determina ainda o início do atendimento já em 2010. As empresas terão ainda que atender gratuitamente os usuários de todas as escolas públicas rurais.

Ministério Público denuncia Marcos Valério por exploração de prestígio

O Ministério Público Federal em Santos denunciou nesta terça-feira o publicitário mineiro Marcos Valério e mais sete pessoas investigados na Operação Avalanche, da Polícia Federal, pelo crime de exploração de prestígio. Deflagrada em outubro de 2008, a operação foi desencadeada para investigar inicialmente a apropriação indevida de dinheiro apreendido durante fechamento de bingos. Marcos Valério chegou a ser preso sob suspeita de encomendar um inquérito policial falso para prejudicar dois fiscais da Fazenda paulista e beneficiar a cervejaria de um amigo. O publicitário foi solto em janeiro beneficiado por um habeas corpus. Segundo os procuradores, Marcos Valério e os demais denunciados contrataram os serviços do juiz aposentado José Ricardo Tremura para influenciar no andamento de uma ação de interesse de uma cervejaria que tramitava no Fórum de Boituva (SP). Tremura teria concordado em influenciar os juízes responsáveis pelo processo em troca de dinheiro do grupo interessado.

Lula admite que Brasil carece de políticas públicas de combate à violência

Ao comentar o estudo divulgado nesta terça-feira sobre índices de homicídios, o presidente Lula admitiu que o País ainda carece de políticas públicas de combate à violência. "Acho que ainda faltam muitas políticas públicas para que a gente comece a enfrentar o problema da violência", disse ele. Mas, ele defendeu os investimentos do governo e disse acreditar que só com desenvolvimento econômico será possível combater a violência. "No PAC temos um investimento importante nas favelas pensando no jovem. Estamos fazendo um trabalho no caminho certo. Esse é o caminho para tentar recuperar a juventude brasileira", disse ele.

Susane Richthofen já pode sair da cadeia

Os resultados dos exames criminológicos de Suzane von Richthofen foram encaminhados nesta terça-feira para análise do Ministério Público de Taubaté, em São Paulo. A jovem foi condenada, em 2002, a 38 anos de prisão em regime fechado por participar do homicídio dos pais. O objetivo dos exames é saber se ela já tem condições de deixar a prisão. Como se vê, a condenação dela, pela assassinato de pai e mãe, a 38 anos, foi pura mentirinha, só teatrinho. Matar pai e mãe, no Brasil, dá só sete aninhos de cadeia para jovem de alta classe social.

Caixa Econômica Federal reduz seguro habitacional em até 48% em 1º de agosto

A Caixa Seguros vai reduzir o valor do seguro habitacional em média em 40% a partir de agosto. A queda pode chegar a 48% em alguns casos. Segundo a empresa, que detém 70% do mercado dessa modalidade de seguro, outra novidade é que ela deve atuar em financiamento fora da Caixa Econômica Federal em breve, dependendo apenas da regulamentação de uma medida provisória. Segundo a Caixa Seguros, o cálculo depende do valor do imóvel, da idade do mutuário e do montante financiado. A decisão de reduzir o valor foi tomada após grande quantidade de financiamentos realizadas nos últimos anos. O valor do seguro é diluído nas parcelas do financiamento e a redução só vale para novos contratos, assinados a partir de 1º de agosto. Segundo a Susep (Superintendência de Seguros Privados), os seguros habitacionais movimentaram R$ 717 milhões em 2008, sendo a Caixa Seguros responsável por R$ 516 milhões.

Lula defende alianças em São Paulo e sinaliza apoio a Ciro Gomes

O presidente Lula defendeu nesta terça-feira a realização de alianças para vencer a disputa para o governo de São Paulo nas eleições de 2010. A posição do presidente sinaliza um possível apoio à candidatura do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE). Disse Lula: "O PT já aprendeu. Tem 29 anos de história. Sabe perfeitamente que tem que fazer política de aliança para vencer as eleições". Apesar de Ciro Gomes negar a pretensão de disputar o governo de São Paulo, seu nome vem sendo cada vez mais citado como uma possibilidade de alternativa ao PT.

Lula recebe líderes do PT de São Paulo para discutir candidatura no Estado

O presidente Lula se reúne nesta quarta-feira, em Brasília, com líderes do PT de São Paulo para discutir a candidatura do partido ao governo do Estado. Devem participar do encontro os líderes da bancada na Assembléia Legislativa de São Paulo e na Câmara Federal, além de dirigentes da Executiva Estadual. O objetivo do encontro é ouvir o que os petistas paulistas pensam sobre a sucessão do governador José Serra (PSDB). O candidato do PT ao governo de São Paulo ainda não foi definido. Nos bastidores, Lula defende o nome do deputado federal Antonio Palocci (PT-SP). A indicação, porém, ainda depende da decisão do Supremo Tribunal Federal sobre a denúncia contra Palocci no caso do estupro da conta bancária do caseiro Francenildo Costa. No último dia 30 de junho, um grupo de 15 deputados estaduais do PT entregou ao presidente estadual da legenda, Edinho Silva, um manifesto de apoio à candidatura do prefeito de Osasco, Emídio de Souza (PT). Da bancada, que conta com 19 deputados, apenas quatro não assinaram, entre eles o líder do partido na Assembléia paulista, Rui Falcão, que apóia a candidatura da ex-prefeita Marta Suplicy.

Lula diz que há espaço para novos cortes na taxa de juros

O presidente Lula disse nesta terça-feira que existe espaço para os cortes na taxa básica de juros da economia. "Nós temos margem de manobra para fazermos os cortes que estamos fazendo", disse Lula a jornalistas, citando os resultados da política econômica realizada pelo governo e a sustentabilidade da economia brasileira. A declaração do presidente foi feita em resposta a uma pergunta sobre sua expectativa em relação ao resultado da reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) que acontece nestas terça e quarta-feiras, quando será fixada a nova taxa de juros. A Selic está atualmente em 9,25% ao ano.

Lula assina convênio para construir centro do Senai em Moçambique

O presidente Lula recebeu nesta terça-feira o presidente de Moçambique, Armando Guebuza, e anunciou a assinatura de um convênio de capacitação profissional entre os dois países. O programa prevê três projetos: a implantação de um centro multidisciplinar de formação profissional em Maputo, capital moçambicana; colaboração no trabalho produtivo e na capacitação de pessoal para o reflorestamento do Centro Florestal de Machipanda (Cefloma), na fronteira de Moçambique com Zimbábue; e a preparação de quadros técnicos para o sistema prisional do país africano. Lula ainda falou a respeito de recentes investimentos da iniciativa privada em Moçambique. Empresas brasileiras estão envolvidas em projetos de extração de carvão e de construção de uma hidrelétrica.

Tiranete Hugo Chávez diz que vídeo das Farc que cita presidente do Equador é falso

O presidente da Venezuela, o tiranete Hugo Chávez, qualificou de uma "grande farsa" o vídeo em que um chefete da organização terrorista e traficante de cocaína Farc diz que contribuiu para a campanha do presidente Equador, o fascista populista Rafael Correa. "Eu tenho certeza de que é uma grande farsa a história do financiamento das Farc à campanha de Correa", declarou Chávez na segunda-feira à rede de televisão Venezolana. Ele também rebateu as acusações e disse que muitos políticos colombianos é que são financiados pelo narcotráfico. "Na Colômbia está comprovado o financiamento de muitos deputados, governadores e prefeitos com os milhões de dólares do narcotráfico", assegurou o presidente venezuelano. O vídeo foi divulgado pelo Ministério Público da Colômbia na semana passada, e nele aparece o comandante da organização, o terrorista e traficante de cocaína Jorge Briceño lendo para cerca de 250 rebeldes um texto em que implica Correa e o presidente venezuelano, Hugo Chávez, na ajuda das Farc.

Roberto Gurgel toma posse nesta quarta-feira como procurador-geral

O novo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, toma posse nesta quarta-feira em cerimônia que será realizada no auditório Juscelino Kubitschek, na Procuradoria Geral da República. A solenidade terá a presença do presidente Lula, a quem cabe nomear e dar posse ao procurador-geral. Gurgel é bem conhecido na Procuradoria, pois cuidava dos concursos de ingresso na carreira, uma função estratégica. Assim como Antonio Fernando de Souza, seu antecessor, ele é considerado educado, mas não tem o perfil "combativo", na opinião dos que queriam um procurador-geral que defendesse com firmeza a instituição. A indicação de Gurgel foi aprovada no último dia 8 pelo Senado Federal.

Agência de classificação vê espaço para elevar nota da América Latina

A agência de classificação de risco Moody's avaliou nesta terça-feira que as estruturas financeiras melhoradas da América Latina estão na raiz da resistência da região frente à crise financeira em curso no mundo todo, o que abre espaço para uma eventual elevação das notas de risco de crédito pela região. "Credibilidade maior das políticas, taxas de câmbio flexíveis, mercados domésticos de capitais mais profundos e sólidos sistemas bancários são fatores que explicam por que a América Latina encara menos dificuldades para absorver choques, abrindo assim a porta para melhoras em seus ratings soberanos", diz a Moody's em comunicado. O engraçado é que alguém ainda leve em conta as notas distribuídas por estas instituições vigaristas, que davam altas notas para conglomerados financeiros que ruíram no primeiro momento da grande crise econômica no ano passado. A agência destacou que desde meados de 2008 a região vem confirmando uma "grande habilidade de se conduzir através de condições econômicas e financeiras globais adversas, principalmente se comparada com outras regiões, incluindo o Leste Europeu", diz o comunicado. Antes da crise, a Moody's informou que mantinha uma posição cautelosa em relação à nota de risco da América Latina, apesar do desempenho positivo da região entre 2003 e 2008. Então, dá para ser levada a sério uma instituição desse gênero?

Polícia fascista islâmica volta a reprimir manifestantes no centro de Teerã

Centenas de manifestantes da oposição no Irã sofreram repressão novamente da polícia fascista islâmica durante mais um protesto realizado após a eleição presidencial fraudada de 12 de junho que deu a vitória ao fascista presidente Mahmoud Ahmadinejad. Os manifestantes gritavam frases contra o presidente fascista reeleito de maneira fraudulenta e o seu governo totalitário nas ruas do centro de Teerã, incluindo "Ahmadinejad, renuncie, renuncie" e "Morte aos ditadores". A polícia e membros da milícia islâmica Basij, uma espécie de reedição das SA de Hitler, detiveram um número ainda não confirmado de pessoas. O chamado Movimento Verde convocou seus seguidores para uma manifestação em todo o país para relembrar o assassinato da jovem Neda Soltan Agha, morta com um tiro no peito durante protestos em Teerã.

Senado gasta cerca de R$ 1,8 milhão por ano com gratificação a 75 chefes da gráfica

A gráfica do Senado Federal, considerada o berço político do ex-diretor-geral, o inefável Agaciel Maia, é o setor com o maior número de chefes da Casa. Além de cinco diretores, são 75 cargos de chefia distribuídos em quatro turnos de atividades, uma média de 18 chefes por período. Além de ser um número expressivo, o problema é que parte desses servidores que ocupam cargos de chefia recebe uma gratificação de R$ 1.900,00 para comandar serviços que já foram extintos do setor, como a tipografia. O Senado gasta cerca de R$ 1,8 milhão por ano para manter o bônus dos 75 chefes da gráfica. Eles são responsáveis por administrar 31 aéreas. Há casos de até quatro chefes para controlar o mesmo local. Ao todo, o setor abriga 1.100 servidores, sendo que 420 foram cedidos para outros órgãos do Senado. Dos 680 servidores que restam, 430 são terceirizados que atuam na produção e nas áreas de limpeza e segurança. De acordo com análise de técnicos da primeira secretária, que trabalha para reestruturar o setor, se os funcionários da gráfica não fossem deslocados, o número de terceirizados poderia ser reduzido em 200 funcionários.

Advogado diz que vai recorrer da decisão que mandou liquidar fundo do Opportunity

O advogado Antonio Pitombo, que defende o banco Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas, confirmou nesta terça-feira que vai recorrer da decisão da Justiça Federal que mandou liquidar, em até 48 horas, um fundo de investimentos de R$ 500 milhões do banqueiro. Segundo o advogado, a determinação não possui previsão legal. "Não há qualquer outro fundo de investimentos brasileiro gerido pelo Opportunity afetado por esta ou qualquer outra decisão judicial", diz o Pitombo por meio de nota. A decisão de liquidar o Opportunity Special Fundo de Investimentos em Ações foi do juiz Fausto de Sanctis, da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, ao acolher a denúncia do Ministério Público Federal contra Daniel Dantas e outras 13 pessoas por financiamento do chamado "valerioduto", esquema conhecido mais poderosamente como “Mensalão”, um esquema de corrupção montado pelo PT para a compra de apoios políticos de parlamentares e partidos para o governo Lula. Segundo a Procuradoria, o financiamento do "valerioduto", esquema montado pelo publicitário Marcos Valério, a serviço do PT, ocorreu quando o grupo estava no comando da Brasil Telecom. Daniel Dantas foi denunciado pelos crimes de lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira, evasão de divisas e crime de quadrilha e organização criminosa. O fundo do Opportunity já havia sido bloqueado judicialmente em setembro passado, após o surgimento de suspeita de lavagem de dinheiro por meio do fundo. Na época do bloqueio, o fundo tinha 24 cotistas, entre eles Daniel Dantas e Dório Ferman, presidente do banco Opportunity e também réu no processo, e reunia cerca de R$ 500 milhões em investimentos. Na decisão, o juiz ordenou que a BNY Mellon, administradora do fundo, realize a venda ou o resgate dos ativos que compõem a carteira e deposite os valores resultantes dessas operações em uma conta da Caixa Econômica Federal.

Embraer prevê entregar 35 a 40 jatos Phenom 100 no terceiro trimestre

A Embraer pretende entregar de 35 a 40 jatos executivos Phenom 100 no terceiro trimestre e mantém, por enquanto, a meta de 110 unidades entregues dos modelos 100 e 300 em 2009, afirmou nesta terça-feira, o vice-presidente da empresa para o mercado de aviação executiva, Luís Carlos Affonso. Segundo ele, porém, a Embraer poderá reduzir a meta para o ano se não conseguir atingir o desempenho esperado no terceiro trimestre. Na primeira metade do ano, a Embraer entregou 20 unidades do Phenom 100, segundo Affonso. As entregas do Phenom 300 deverão começar no final deste ano. De acordo com o executivo, a carteira de pedidos firmes dos jatos Phenom é de cerca de 800 unidades. O total de encomendas já chegou a ser de 850 aviões, mas houve alguns cancelamentos devido à crise financeira global.

Senador Demóstenes Torres prepara parecer para declarar inconstitucional contratação de 82 estagiários

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, senador Demóstenes Torres (DEM-GO), encomendou um parecer técnico de assessores para declarar inconstitucional a contratação de 82 estagiários como efetivos na gráfica do Senado, em 1992, quando já não era permitida a nomeação de funcionários sem concurso público, no episódio que agora é chamado como último "trem da alegria". Segundo a avaliação de técnicos da Diretoria Geral do Senado, a Comissão de Constituição e Justiça é a instância mais adequada para investigar o caso, porque, na época, a contratação dos estagiários recebeu um parecer favorável da comissão. A outra opção lançada pela Diretoria Geral seria abrir uma sindicância interna para discutir essas contratações.

Venezuela chama de "chantagem política" relatório dos Estados Unidos sobre narcotráfico

O governo da Venezuela refutou nesta terça-feira um relatório oficial dos Estados Unidos sobre o narcotráfico no país e ressaltou que a normalização de suas relações com Washington está "condicionada" ao fim dessas práticas "intoleráveis". Segundo o informe da Controladoria Geral dos Estados Unidos, divulgado na segunda-feira, houve um aumento dos embarques de cocaína que passam pela Venezuela. Além disso, o texto diz que a permissividade do país com grupos armados ilegais colombianos (grupos terroristas e traficantes de cocaína) é um obstáculo para a luta antidrogas dos Estados Unidos. O Ministério de Relações Exteriores venezuelano disse que o documento não possui seriedade e objetividade, e é utilizado por Washington como "chantagem política". "Este, junto com outros relatórios publicados com regularidade por agências do governo dos Estados Unidos, são ferramentas de chantagem política que carecem de objetividade científica e seriedade metodológica, cujo objetivo é impulsionar as pretensões ingerenciais de Washington no resto do mundo", disse a chancelaria da Venezuela. Qualquer idiota sabe das intensas relações do regime do tiranete Hugo Chávez com terroristas e traficantes de cocaína da Colômbia.

Planejamento determina suspensão de pagamento de CPMF a fornecedores

O Ministério do Planejamento determinou a revisão de todos os contratos fechados pelo governo com fornecedores para identificar o total de convênios que manteve o pagamento da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), mesmo com a extinção da cobrança no final de 2007. Segundo nota interna distribuída na segunda-feira pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do ministério às unidades gestoras, os casos identificados devem ser suspensos. A recomendação segue orientação do Tribunal de Contas da União. O tribunal encaminhou um relatório com os casos encontrados ao Ministério do Planejamento pedindo que o dinheiro pago a mais seja ressarcido. Cerca de 20 auditorias do tribunal apontaram que empresas e órgãos do governo ainda repassam o equivalente ao valor da CPMF para fornecedores, que ficam com os recursos.

PSDB desiste de nova denúncia contra Sarney e vai pedir processo contra Agaciel Maia

O líder do PSDB no Senado Federal, senador Arthur Virgílio (AM), desistiu de apresentar a quarta denúncia contra o presidente da Casa, senador José Sarney (PMDB-AP), ao Conselho de Ética. Orientado por técnicos do PSDB, Arthur Virgílio vai encaminhar ao primeiro secretário do Senado, senador Heráclito Fortes (DEM-PI), um pedido para que seja aberto um segundo processo administrativo contra o ex-diretor-geral, o inefável Agaciel Maia. A idéia do Arthur Virgilio era apresentar uma nova reclamação contra Sarney por quebra de decoro parlamentar pela denúncia de que gravações da Polícia Federal indicariam que o peemedebista pode estar envolvido diretamente na contratação sigilosa de parentes e afilhados.

Atos secretos foram usados para conceder gratificações retroativas no Senado Federal

A comissão criada para analisar a anulação dos atos secretos identificou que parte das decisões administrativas mantidas em sigilo desde 1995 foi utilizada para conceder gratificações com datas retroativas a funcionários do Senado Federal. Foram encontrados servidores que receberam bônus por até seis meses, sem prestar serviço algum. A decisão assinada em 2007 pelo ex-diretor-geral, o inefável Agaciel Maia, teria beneficiado pelo menos cinco servidores da Secretaria de Estágios. A deliberação também teve o aval da ex-diretora do setor de estágios, Sânzia Maia, que é mulher de Agaciel Maia. O benefício retroativo também foi estendido a servidores de comissões permanentes. A comissão analisou os 663 boletins administrativos e encontrou pelos menos 228 atos secretos utilizados para a nomeação.

Montadora sueca Volvo tem prejuízo de US$ 728 milhões no segundo trimestre

A fabricante sueca de caminhões Volvo informou nesta terça-feira que teve um prejuízo de 5,56 bilhões de coroas suecas (US$ 728 milhões) no segundo trimestre deste ano, contra um lucro de 5,1 bilhões de coroas suecas (US$ 668 milhões) um ano antes. As vendas da empresa caíram 33%, para 54 bilhões de coroas suecas (US$ 7 bilhões), no trimestre passado, contra 80,4 bilhões de coroas suecas (US$ 10,5 bilhões) no mesmo trimestre de 2008. "A fabricante de caminhões continuou fraca em nossos principais mercados na Europa, América do Norte e Japão", disse o executivo-chefe da Volvo, Leif Johansson. As entregas de caminhões caíram 57% entre abril e junho, na comparação com o mesmo trimestre do ano passado. Na comparação com o primeiro trimestre deste ano, a queda foi de 9%.

Banco do Brasil coloca R$ 150 milhões em fundo para pequena e média empresa

O Banco do Brasil irá colocar R$ 150 milhões no novo fundo garantidor anunciado pelo governo para tentar reduzir o custo dos empréstimos para pequenas e médias empresas. Segundo o presidente da instituição financeira, Aldemir Bendine, a previsão é de que o fundo seja lançado no mês que vem. "O fundo pode chegar a até R$ 2,5 bilhões. Já foi feito aporte do governo de R$ 500 milhões aproximadamente do Tesouro Nacional e o Banco do Brasil vai colocar mais R$ 150 milhões. Mas, à medida que haja demanda, a gente vai ampliando esse fundo", disse Bendine. A idéia do governo é que, como os bancos que quiserem garantir suas operações terão de fazer aportes de, no mínimo, 0,5% do valor que desejarem proteger contra risco de calote, o capital do fundo irá se expandir naturalmente. Além disso, será cobrada uma taxa sobre o montante de cada operação garantida.

ONU denuncia violações contra mulheres e refugiados nos países árabes

Os países árabes devem tomar medidas para lutar contra os crescentes problemas relacionados com a insegurança humana como a violência contra as mulheres, a gestão de refugiados e o tráfico de seres humanos, indica um relatório da ONU divulgado nesta terça-feira em Beirute. A pobreza, as guerras civis, os conflitos sectários e étnicos e a repressão também são alguns dos desafios que a região deve enfrentar, segundo o mesmo informe, de 288 páginas. "Na região árabe, a insegurança humana, que afeta grande parte das pessoas, dificulta o desenvolvimento humano", assinala o texto, destacando que as crianças, mulheres e os refugiados são os que mais sofrem com a falta de direitos e liberdades na região. O texto, redigido em sua maior parte por universitários árabes, destaca ainda os "crimes de honra" como a forma mais comum de violência contra as mulheres em muitos países da zona, entre eles o Iraque e a Jordânia. Os refugiados e os deslocados também constituem um dos problemas do mundo árabe, que afeta especialmente os palestinos, iraquianos e sudaneses. "Estão a mercê das condições nos campos de refugiados ou dos acontecimentos políticos e econômicos nos países que os acolhem, que podem geralmente se voltar contra eles", acrescenta o texto, que denuncia a "famosa riqueza petroleira dos países árabes como um quadro enganoso de sua situação econômica".

Empresa de José Sarney move processo contra o próprio senador

Uma empresa da qual é sócio o presidente do Senado Federal, senador José Sarney (PMDB-AP), move ação por usucapião contra ele próprio. O processo tem como objetivo legalizar terras para abrigar um condomínio de luxo nos arredores de Brasília. A propriedade é parte do sítio São José do Pericumã, que serviu de cenário para importantes decisões no período em que Sarney era presidente da República. Sarney comprou a fazenda nos anos 80 e a vendeu, em 2002, para a Divitex Pericumã Empreendimentos Imobiliários, empresa na qual o senador passou a ter 10% das ações. Como não tinha o registro de toda a área ocupada por ele, de 146 hectares (ou 146 campos de futebol), e sem a documentação o condomínio não poderá sair do papel, a Divitex recorreu ao instrumento do usucapião, com consentimento de Sarney. No processo, a Divitex não informa ter adquirido as terras de Sarney nem o valor da compra. O lucro obtido com a venda do Pericumã foi a justificativa dada por Sarney para a existência de R$ 2,2 milhões em uma conta bancária dele no Banco Santos, sacados na véspera da instituição quebrar, em 2004. O senador diz que a ação judicial foi proposta para regularizar parte do sítio e que "o processo de usucapião foi a forma juridicamente mais adequada".

Receita Videversus – aprenda com a chef de cuisine Simone Nejar a fazer um risto de camarão


Nosso prato de hoje é arroz de camarão. Quando penso em camarão sempre me lembro do filme Forrest Gump, com Tom Hanks, no papel de um sujeito de inteligência limítrofe, consciente disso, mas que mantém um invejável código de ética por toda a vida, e por algum motivo está destinado a estar presente nos eventos mais importantes da história do seu País. Como Forrest vive todas as experiências importantes da sua geração, é um dos muitos que são chamados a lutar no Vietnã, e é lá, durante as lutas nas florestas e arrozais, que ele trava amizade com dois soldados vindos do sul dos Estados Unidos, Dan, o comandante da unidade, e Bubba, um cara que só fala em camarões. Bubba, apavorado pela guerra, foge da realidade relembrando seus dias como pescador de camarões na costa das Carolinas. Com isso, passa o tempo falando de barcos camaroneiros e das inúmeras receitas para camarão de sua mãe. Bubba morre na guerra, e Dan perde as pernas. Só Forrest volta incólume e condecorado aos Estados Unidos. A partir daí, ele considera a promessa de iniciar uma firma de pesca de camarões; adquire um barco camaroneiro e consegue se tornar um próspero industrial da pesca, inclusive recuperando Dan que, tendo perdido as pernas, passara a abusar de drogas. Recuperado, Dan se torna sócio da firma Forrest & Bubba. A receita de hoje em nada lembra um autêntico risoto italiano, mas, pela mistura de camarões e molho com arroz branco, é popularmente conhecida como risoto. Para cozinhar o camarão, assim como os demais frutos do mar, a regra é muito clara: frutos do mar cozinham pouco tempo, caso contrário ficarão “borrachudos”. É por isso que vamos preparar o molho de tomates, e só depois dele pronto é que vamos agregar os camarões, apenas deixando que fervam por três minutos. Vamos precisar de meio quilo de camarões limpos, uma cebola, um dente de alho, uma lata de tomates pelados, sal, açúcar, molho de pimenta, salsa e cebolinha picadas e uma colher de sopa de páprica doce (opcional). Vamos fritar a cebola e o alho picadinhos no óleo, juntar os tomates pelados, sal e uma pitada de açúcar (o açúcar “quebra” a acidez do tomate, mas, se você preferir, use algumas gotas de vinagre), molho de pimenta e a páprica. Deixe o molho reduzir e só então acrescente os camarões, deixando que fervam por três minutos. Revise o sal. Agora você tem duas opções: ou mistura os camarões ao arroz pronto, feito à parte (duas xícaras para cada meio quilo de camarões) ou junta ao molho de camarões um vidro pequeno de leite de coco e serve com o arroz à parte. Se ficar meio aguado ao adicionar o leite de coco, não se preocupe engrosse rapidamente com uma colher de sopa de farinha dissolvida em três colheres de água. Polvilhe com o tempero verde e sirva a seguir.