sexta-feira, 22 de maio de 2009

Petrobras e empresa turca assinam acordo para explorar petróleo no mar Negro

A Petrobras e a TPAO (Corporação de Petróleo Turca) assinaram nesta sexta-feira, em Ancara, um acordo de exploração conjunta de petróleo no mar Negro, com um investimento de US$ 800 milhões. O presidente Lula e o chefe de Estado da Turquia, Abdullah Gül, destacaram o acordo, como parte dos esforços para fortalecer a cooperação entre os dois países. Gül disse que as duas companhias estatais investirão juntas US$ 800 milhões para a prospecção petrolífera. Lula lembrou que a Petrobras está em busca de parceiros estrangeiros a fim de crescer até tornar-se "a maior companhia petrolífera do mundo". "Não queremos ficar no segundo ou no terceiro lugar. Por isso, aumentaremos o número de parceiros estrangeiros", disse ele.

Petrobras e empresa turca assinam acordo para explorar petróleo no mar Negro

A Petrobras e a TPAO (Corporação de Petróleo Turca) assinaram nesta sexta-feira, em Ancara, um acordo de exploração conjunta de petróleo no mar Negro, com um investimento de US$ 800 milhões. O presidente Lula e o chefe de Estado da Turquia, Abdullah Gül, destacaram o acordo, como parte dos esforços para fortalecer a cooperação entre os dois países. Gül disse que as duas companhias estatais investirão juntas US$ 800 milhões para a prospecção petrolífera. Lula lembrou que a Petrobras está em busca de parceiros estrangeiros a fim de crescer até tornar-se "a maior companhia petrolífera do mundo". "Não queremos ficar no segundo ou no terceiro lugar. Por isso, aumentaremos o número de parceiros estrangeiros", disse ele.

MEC agora estuda reduzir número de questões do Enem deste ano

O Inep (instituto ligado ao MEC) pode reduzir o número de questões do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deste ano de 200 para 160 ou 180, pois reitores das universidades federais temem que a prova, como prevista, seja muito longa. O formato tem de ser aprovado pelo comitê do exame, que se reúne dia 29. Reynaldo Fernandes, presidente do Inep, diz que é possível fazer a prova com 40 a 45 questões por área, em vez de 50. Ao menos 19 das 55 universidades federais vão substituir o vestibular pelo Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) ainda neste ano para todas as suas vagas ou parte delas. A decisão não impede que sejam reservadas vagas para ações afirmativas ou mesmo que parte dos alunos continue sendo selecionada pelo vestibular tradicional. É o caso da Unifesp. Dos 26 cursos oferecidos, 19 selecionarão unicamente pelo Enem. Para o restante, haverá uma segunda fase. A educação brasileira, nos governos petistas e de Lula, virou definitivamente uma reinado das capitanias das cotas.

Ministro do Supremo continua internado em CTI de hospital após cirurgia

O ministro Carlos Alberto Menezes Direito, do Supremo Tribunal Federal, submetido na quinta-feira a uma cirurgia para retirada de um cisto no pâncreas, continua internado no centro de tratamento intensivo do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro. Carlos Alberto Menezes Direito não tem previsão de alta. O ministro entrou com pedido de licença médica por 30 dias no Supremo Tribunal Federal. Ele não compareceu às sessões da Suprema Corte desta semana. O ministro tem 67 anos. Ele ficará ausente no julgamento do processo contra o deputado federal Antonio Palocci Filho (PT-SP), marcado para o dia 4 de junho. O ex-ministro da Fazenda, Palocci é suspeito de ter usado a força do cargo para determinar o estupro da conta bancária do caseiro Francenildo dos Santos Costa, na Caixa Econômica Federal. Isso resultou na demissão de Palloci, do Ministério da Fazenda, e de Jorge Matoso, da presidência da Caixa Econômica Federal. A ausência de Menezes Direito não prejudica o quórum mínimo da Corte, que é de oito ministros, para decisões importantes, como a edição de Súmula Vinculante.

IBGE aponta que prévia da inflação acelera para 0,59% em maio

O IPCA-15, prévia da inflação oficial, registrou alta de 0,59% em maio, acelerando frente à elevação de 0,36% verificada em abril, informou nesta sexta-feira o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O índice ficou pouco acima dos 0,56% observados em maio de 2008. Com isso, o IPCA-15 acumulado nos últimos 12 meses subiu para 5,44%, ante 5,40% constatados em abril. Segundo o IBGE, exerceram maior impacto sobre o índice os produtos não alimentícios, que ficaram 0,68% mais caros, acelerando em relação à alta de 0,41%. Os principais impactos vieram dos itens energia elétrica (1,85%) e empregado doméstico (1,35%). Os alimentos registraram alta de 0,29%, ante elevação de 0,20% em abril. O leite pasteurizado subiu 6,26%, ante 0,99%, exercendo o principal impacto entre esse grupo. Também ficaram mais caros a batata-inglesa (18,47%), carnes (0,74%) e tomate (6,69%). Nas 11 regiões pesquisadas, Porto Alegre teve a maior alta, com 1,05%.

Fundos de pensão aumentam procura por títulos atrelados à inflação

O Tesouro Nacional registrou nos meses de abril e maio um aumento na procura por títulos públicos de longo prazo indexados à inflação, principalmente por parte dos fundos de pensão. De acordo com o coordenador da dívida pública, Guilherme Pedras, no mês passado, o Tesouro ofereceu lotes maiores desses papéis, as chamadas NTN-Bs. A procura se deu, principalmente, nos títulos com vencimentos mais longos (2024, 2035 e 2045). Esses papéis, que também estão disponíveis para investimentos de pessoas físicas por meio do Tesouro Direto, pagam ao investidor a variação da inflação medida pelo IPCA mais uma taxa de juros prefixada. A procura maior por juros prefixados é uma tendência em momentos de queda de juros. No caso dos fundos de pensão, segundo Pedras, contribui também o fato de os passivos dessas instituições serem atrelados a índices de inflação.

Senado vai investigar denúncia de funcionário fantasma no gabinete da liderança do PMDB

O Senado Federal vai instaurar sindicância para investigar denúncia de que o consultor legislativo Renato Friedman é servidor concursado da Casa e funcionário fantasma da liderança do PMDB há cinco meses. O primeiro-secretário do Senado, Heráclito Fortes (DEM-PI), solicitou a investigação à diretoria-geral da Casa para apurar se houve irregularidades na contratação do servidor. O servidor ganha R$ 15 mil por mês para dar expediente em Brasília no gabinete comandado por Renan Calheiros (PMDB-AL), líder do partido no Senado. Mas Friedman dá expediente na loja de móveis da família, em Porto Alegre (RS).

Aliado do governo diz que oposição também defende terceiro mandato para Lula

Principal articulador da proposta do terceiro mandato para o presidente Lula, o deputado federal Jackson Barreto (PMDB-SE) disse nesta quinta-feira que conta com o apoio de parlamentares do DEM e do PSDB para colocar o projeto para tramitar no Congresso Nacional. Das 188 assinaturas que apoiam a PEC (proposta de emenda constitucional) que permite o terceiro mandato para prefeitos, governadores e presidente da República, pelo menos dez são de tucanos e democratas. O deputado mantém em sigilo o nome dos oposicionistas que são favoráveis ao terceiro mandato. Um deles seria o deputado federal Vitor Penido (DEM-MG). Para Barreto, a adesão do DEM e do PSDB surpreende: "É no mínimo curioso isso". O líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), criticou hoje a articulação e classificou a proposta como oportunista. Caiado sustentou que a oposição vai conseguir impedir que a matéria avance no Congresso porque a Comissão de Constituição e Justiça do Senado é comandada pelo senador Demóstenes Torres (DEM-GO), sendo que para as mudanças eleitorais passarem a valer para a eleição de 2010, precisam ser aprovadas até setembro.

Premiê israelense diz que Jerusalém "sempre foi e será" de Israel


O premiê de Israel, Binyamin Netanyahu, afirmou nesta quinta-feira que "Jerusalém sempre foi e será" dos judeus, motivo pelo qual "nunca será partida ou dividida de novo". A cidade, que tem grande valor para palestinos e israelenses, é um dos principais impasses nas negociações por um acordo de paz. "Jerusalém unida é a capital de Israel", disse o premiê, ao discursar em um ato em comemoração à "reunificação" da cidade após a tomada da parte oriental na Guerra dos Seis Dias, em 1967. No início de seu discurso, Netanyahu, líder do partido Likud, disse que transmitiu essa mensagem aos Estados Unidos, onde se reuniu com o presidente Barack Obama e a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton. "Só com uma Jerusalém unida será possível manter a liberdade de culto para as três grandes religiões" monoteístas, o judaísmo, o islamismo e o cristianismo”, disse o premiê na Colina da Munição, um dos lugares mais simbólicos da disputa travada há 42 anos. O chefe de governo israelense afirmou ainda que "nunca houve tanta liberdade de culto em Jerusalém como agora". Segundo Netanyahu, em 1967, "um sonho de longa data" foi realizado com a vitória das tropas israelenses sobre a Jordânia no lado oriental de Jerusalém, onde os palestinos querem estabelecer a capital de seu futuro Estado. Mais tarde, em 1981, Israel anexou para si a parte leste da cidade, por meio de uma lei parlamentar que declarou toda Jerusalém "capital eterna e indivisível do povo e do Estado judaico".

Valorização do real ajuda a reduzir dívida pública para R$ 1,38 trilhão em abril

A valorização do real e o vencimento de títulos públicos ajudaram a reduzir a dívida pública federal no mês de abril. De acordo com dados do Tesouro Nacional, a dívida caiu 1,02% em abril na comparação com março, para R$ 1,384 trilhão. No mês passado, os resgates superaram as emissões de novos títulos em R$ 17,64 bilhões. Parte desse efeito positivo na dívida foi reduzido, no entanto, por um impacto de juros no valor de R$ 3,42 bilhões. A dívida pública federal externa, que representa 8,83% da dívida total, caiu 6,29%, devido à valorização de 5,9% do real em relação às moedas estrangeiras nas quais o País é devedor. Houve ainda um resgate líquido de R$ 2 bilhões. Com isso, o valor da dívida externa ficou em R$ 122,25 bilhões (US$ 56,12 bilhões). No caso da dívida interna, houve um recuo de 0,47%, para R$ 1,261 trilhão. No mês passado houve um resgate líquido de R$ 15,65 bilhões (diferença entre resgates e emissões), compensado por um impacto de R$ 9,64 bilhões em juros. A dívida pública federal deve terminar o ano entre R$ 1,45 trilhão e R$ 1,60 trilhão, de acordo com o Plano Anual de Financiamento do Tesouro Nacional.

Aécio Neves diz que União vai receber pagamento de dívida em sacas de café

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB-MG), disse nesta quinta-feira que o governo federal vai aceitar receber a dívida dos cafeicultores com a União, de cerca de R$ 1 bilhão, em sacas de café. A questão foi discutida nesta quinta-feira com o Ministério da Fazenda. Após se reunir com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, o governador afirmou que o pagamento será de 5% da dívida a cada ano em um período de 20 anos. Aécio Neves pediu ainda que o governo assuma parte da dívida dos cafeicultores com o setor privado, estimada em R$ 3 bilhões, para que o pagamento também possa ser feito em café. Nesse caso, a questão ainda será avaliada pelo governo Lula. Segundo o governador, ficou acertado no encontro que o governo irá realizar leilões de opções de compra de café. O preço, que será anunciado pelo Ministério da Agricultura, ficará entre o praticado atualmente no mercado e a reivindicação dos produtores.

Cidade do México suspende alerta para gripe suína após 28 dias

O governo de Cidade do México decretou nesta quinta-feira o fim do alerta sanitário regional para o avanço da gripe suína, a gripe A (H1N1), que havia sido estabelecido em 23 de abril passado, graças à diminuição no ritmo da comunicação de casos e mortes ligados à doença. Segundo a Organização Mundial de Saúde, todo o México registra, atualmente, 3.892 casos e 75 mortes confirmados de gripe suína. O alerta da região metropolitana de Cidade do México começou a cair na quarta-feira, quando passou de laranja para amarelo, o que exigia a manutenção de cuidados nas escolas e no comércio. Nesta quinta-feira, baixou de amarelo para verde. Com isso, tanto as escolas quanto o comércio podem voltar a funcionar normalmente.

Lula diz que Dilma Rousseff não deve parar de trabalhar

O presidente Lula disse nesta quinta-feira, em Istambul, na Turquia, que a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, não deve parar de trabalhar por causa de seu tratamento contra um câncer no sistema linfático. "Não sou médico, e quem vai dizer para ela trabalhar ou não é o médico dela. Mas acho que, em caso de doença, quando a gente fica em casa fica mais doente", afirmou ele. Segundo Lula, as mulheres são mais fortes que os homens nessas situações: "O homem, quando tem uma gripezinha, já quer ficar deitado, fica com preguiça. Você não vê mulher deixar de trabalhar ou de cuidar de filho por causa de gripe”. O presidente disse que conversou com Dilma Rousseff por telefone logo após sua chegada a Istambul, na noite de quarta-feira, e que ela estava "bem e tranquila".

Seis Estados brasileiros terão banco de DNA para identificar criminosos

Os Estados do Amazonas, Amapá, Ceará, Mato Grosso, Paraíba e Paraná assinaram um acordo de cooperação técnica para usarem, em parceria com a Polícia Federal, o banco de DNA que vai auxiliar na identificação de criminosos. O programa é o mesmo usado pelo FBI e foi cedido para ser usado no Brasil. Segundo o Ministério da Justiça, o banco de DNA, hamado Codis, permite a comparação de materiais genéticos, como sangue, pele ou pelo, colhidos em cenas de crimes, com dados de outros casos, inclusive, em outros Estados. Dessa forma será possível identificar suspeitos que já praticaram crimes e interligar crimes cometidos pela mesma pessoa. A implantação do sistema será coordenada pelo Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), que também vai financiar a compra dos equipamentos necessários. Segundo o secretário de Segurança Pública do Paraná, Luiz Fernando Delazari, a implantação deve ser imediata. "A assinatura do convênio é um grande passo para a investigação criminal em todo o Brasil. Este projeto será um importante instrumento de combate à impunidade em diversos tipos de crime", afirmou o secretário à Folha Online. Segundo o perito-chefe Renato Dall'Stella, do laboratório de Genética Molecular do Instituto de Identificação do Paraná, "vai ser instalado um servidor central em Brasília e cada Estado que tenha laboratório de DNA terá um servidor próprio fornecido pela Senasp.

Empresa de Eike Batista consegue R$ 1,4 bilhão do BNDES

A MPX, braço de energia do grupo EBX, do empresário Eike Batista, informou nesta quinta-feira que obteve liberação de R$ 1,4 bilhão do BNDES. O valor será utilizado para a construção da usina termelétrica Porto do Pecém I, no Ceará, parceria entre a MPX e a Energias do Brasil. O empréstimo terá prazo total de 17 anos, sendo 14 anos de amortização. O projeto terá ainda empréstimo de US$ 1 bilhão do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Com isso, 75% do investimento total será financiado. A usina está incluída no PAC, será movida a carvão mineral, e terá capacidade instalada de 720 MW (megawatts). As obras foram iniciadas em julho de 2008 e o começo da operação comercial está prevista até o final de 2011.

Argentina retira medidas contra importação de resina do Brasil

A Argentina retirou as medidas alfandegárias "antidumping" que pesavam sobre a importação de uma resina plástica a partir do Brasil, segundo uma resolução publicada nesta quinta-feira pelo Diário Oficial argentino. O "dumping" consiste em vender produtos por um preço teoricamente menor do que o custo de produção com o objetivo de conquistar mercado e enfraquecer a concorrência. Trata-se de uma prática condenada pela OMC (Organização Mundial de Comércio), e portanto passível de retaliação, como a que a Argentina tinha tomado neste caso. A resolução do Ministério da Produção se baseou "na inexistência de dano" à produção nacional de PET (tereftalato de polietileno), uma resina utilizada para fabricar garrafas de bebidas e alimentos. A medida "antidumping" afetava as empresas M&G Fibras e Resinas e M&G Polímeros Brasil, por causa de uma denúncia de comércio desleal apresentada pela firma Dak Americas Argentina.

Câmara dos Deputados recua e libera viagens internacionais dos deputados

A Mesa da Câmara dos Deputados recuou e decidiu liberar as viagens internacionais dos deputados federais pagas pela Casa. A permissão foi incluída no ato da Mesa que criou o "cotão", a verba para o exercício da atividade parlamentar, assinado nesta quinta-feira. Em reação aos escândalos do uso de passagens aéreas para parentes, a Mesa da Câmara baixou um ato em abril passado permitindo o uso dos recursos apenas no território nacional. O texto do ato estabelece que o deputado poderá usar a cota para pagar passagem, hospedagem, alimentação, aluguel de carro e demais despesas com a viagem ao Exterior, desde que autorizado previamente pelo terceiro secretário da Mesa, no caso de passagens, e pelo presidente da Casa, para o pagamento das outras despesas. Para isso, o deputado terá de justificar a viagem como "interesse do mandato parlamentar". Essa classificação não inclui as missões oficiais. Quando o deputado viaja representando a Casa, as despesas de passagem, alimentação e hospedagem são por conta da Câmara e não na cota parlamentar.

Lula afirma que Brasil não entrará em recessão

O presidente Lula afirmou nesta quinta-feira, na Turquia, que o Brasil "não entrará em recessão": “Vamos ter crescimento em 2009”. Questionado sobre qual seria essa taxa de crescimento, Lula apenas respondeu: “Eu não posso adivinhar. Enquanto outros países terão crescimento negativo, nós teremos crescimento positivo. Em Brasília, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, disse que é "preciso aguardar os dados" para avaliar a possibilidade de o Brasil entrar em recessão técnica, cenário que aconteceria, segundos alguns conceitos, a partir de dois trimestres consecutivos de contração do PIB. No último trimestre do ano passado, o PIB brasileiro recuou mais de 3%.

Seca gera perda bilionária para o agronegócio gaúcho

A seca que castiga o Rio Grande do Sul gera perda bilionária no agronegócio, conforme levantamento feito pela Fundação de Economia e Estatística do Estado (FEE). Os maiores prejuízos estão nas lavouras de milho e trigo que juntos registram uma queda na produção de 28,4%. Na tarde desta quinta-feira, o presidente da FEE e professor de economia da PUC, Adelar Fochezatto, destacou os prejuízos totais da estiagem, levando em consideração outros setores que colaboram com o agronegócio gaúcho. Segundo ele, a perda direta, decorrente apenas da queda na produção, chega a R$ 541 milhões. O equivalente a uma redução de 2,6% em relação a safra de 2008. Devido a estiagem, 251 municípios já decretaram situação de emergência no Rio Grande do Sul.

Seguro-desemprego extra será pago a 320.207 demitidos no País

O governo Lula triplicou o total de beneficiados que receberão parcelas extras de seguro-desemprego por terem perdido o trabalho na virada do ano por conta da crise financeira internacional. Normalmente, o trabalhador recebe de três a cinco meses de pagamento do seguro, mas com a medida ele passa a receber de cinco a sete parcelas. Na primeira fase deste programa, anunciada em março, foram beneficiados 103.707 trabalhadores demitidos em dezembro de 2008. Agora, no total, serão 320.207 demitidos que receberão mais parcelas, já que, nesta quinta-feira, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, informou a inclusão de 216,5 mil novos desempregados na lista de beneficiados. Entre os novos beneficiados, 73.360 perderam o emprego em janeiro e 143.140 foram dispensados em dezembro. Até então, a extensão do seguro atingia apenas 103.707 trabalhadores demitidos em dezembro. O valor estimado pelo ministério para o pagamento das parcelas adicionais é de R$ 263,762 milhões.

Carlos Alberto Menezes Direito, ministro do Supremo, sofre operação delicada


O ministro Carlos Alberto Menezes Direito, do Supremo Tribunal Federal, foi operado do pâncreas nesta quinta-feira, no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro. O Supremo informou apenas que na quarta-feira o ministro pediu licença de 30 dias para tratamento de saúde. Ele não esteve presente nas sessões do tribunal esta semana. Carlos Alberto Menezes Direito assumiu o cargo em dezembro de 2007, com a aposentadoria do ministro Sepúlveda Pertence. A cirurgia para retirar um cisto do pâncreas durou mais de 12 horas. Pessoas próximas ao ministro contaram que ele começou a se sentir mal fisicamente e um pouco febril na semana passada. Foi, então, aconselhado a se cuidar ao lado da família no Rio de Janeiro. O ministro deu entrada nesta quinta-feira na sala de cirurgia do hospital às 11 horas e saiu por volta das 20h30. Carlos Alberto Menezes Direito está há apenas dois anos no Supremo. Antes, ele ocupava uma cadeira como ministro do Superior Tribunal de Justiça. Ele entrou na quarta-feira com um pedido de licença médica de um mês.

Receita Videversus – A chef de cuisine Simone Nejar ensina a fazer uma sopa de cenoura com gorgonzola


Amado por uns, odiado por outros, o queijo gorgonzola é produzido com leite de vaca (o tradicional, com leite cru e a versão mais moderna, com leite pasteurizado) e apresenta um alto teor de gordura. Sua textura interna tem veios de mofo que vão do cinza ao azul, obtidos pela presença da penicillium gorgonzola. Os diferentes métodos de fabricação, o tipo de mofo e a quantidade de sal dão origem a uma variedade de queijos, mas os mais famosos são o gorgonzola doce, o suave e o picante, de sabor mais intenso. Os curados em grutas (na versão mais tradicional) resultam nos melhores gorgonzolas. A simples presença dele em um prato já o torna especial, seja em molhos, saladas, sobre a carne, como recheios, ou, ainda, como ingrediente de uma substanciosa sopa. Gorgonzola é o nome de uma cidade italiana, na Lombardia, região norte da “bota” – e onde nasceu o queijo com o mesmo nome. O curioso é que existe uma cidade francesa gêmea de Gorgonzola, chamada Ambert, que também produz um queijo com veios azuis, o Fumé D'Ambert. Enquanto a latitude de Gorgonzola é 45º 35”, a de Ambert é 45º 33”. Um filho ilustre de Gorgonzola é Marchese Busca, cuja antiga residência fica ao lado do Canal Martesana. A cada ano, ele enviava um queijo Gorgonzola ao seu amigo, o compositor Gioacchino Rossini. Isso não era característica apenas de Busca. Rossini recebia salame e Ravioli especialmente feito para ele, do açougueiro de Módena, Giuseppe Bellentani. Gourmet e gourmand que era, Rossini tinha predileção pelos queijos de Gorgonzola. Rossini inspirou pelo menos quatro iguarias famosas que levam seu nome: Tournedos Rossini, Cannelloni alla Rossini, Carré de Vitelo a Rossini, Suprême de Pintade Rossini, Friand de Frango Rossini. Nossa receita de hoje vai para o amigo Adilson, que não é chegado em carne mas sabe apreciar o valor de um bom queijo. Esta sopa é perfeita para o frio que vem chegando, aliado à preguiça do fim de semana. Ela pode ser feita com cenouras ou com moranga e, de tão fácil de preparar, vai até dar uma folga para a esposa do Adilson. Vamos colocar três xícaras de água numa panela e cozinhar ali três cenouras grandes (500g). Colocamos na água temperos variados ou um tablete de caldo de legumes. Se usar o caldo, não salgue. Quando as cenouras estiverem macias, liquidificamos tudo junto com um naco de queijo gorgonzola, algo como 80g (um pedaço de uns 6 ou 7 cm). Devolvemos à panela, fervemos e servimos com croutons e folhas de orégano fresco. Esta receita rende três pratos e, apesar da simplicidade, fica uma delícia. O toque adocicado da cenoura (ou da moranga) constrasta muito bem com o gorgonzola, experimente!

Dica Videversus de uma super salada


Nossa dica de hoje é uma salada gostosa e incrementada, quem sabe para acompanhar uma sopa. Vamos fatiar uma berinjela e salgá-la com sal grosso, deixando que escorra aquele líquido que a torna amarga. Lavamos e reservamos as fatias. Cortamos uma lingüiça grande em rodelas e fritamos. Na mesma frigideira, refogamos a berinjela. Cortamos dois tomates em quartos e tiramos suas sementes. Assamos alguns dentes de alho com casca na parte baixa do forno por alguns minutos. Descascamos. Se você preferir, pode assar a berinjela e a lingüiça junto com o alho, para evitar a fritura. Numa travessa vamos colocar alface americana, mas você pode perfeitamente substituir por rúcula. Vamos misturar os tomates, a berinjela, a lingüiça e o alho. Temperamos bem com azeite, sal e vinagre, e servimos. Um ramo de tomilho ou orégano fresco complementa o prato.