sábado, 2 de maio de 2009

Aumenta a população de Israel

Um ano atrás, a população israelense era de 7.282.000, e quando o Estado de Israel foi criado, era de apenas 806.000 habitantes. Cerca de 75,5 % ou 5.593.000 dos israelenses são judeus, 1.498.000 (20,2%) são árabes enquanto que "outros" - imigrantes e os seus descendentes que não estão registrados como judeus pelo Ministério do Interior, somam 320.000 (4,3%). Desde o Dia da Independência do ano passado, cerca de 154.000 bebês nasceram, e mais de 12.000 imigrantes chegaram ao país. A população cresceu durante este período em cerca de 125.000 habitantes, um aumento de 1,8%. Cerca de 70% dos judeus israelenses lá nasceram, ou seja, são "sabras", e pelo menos metade deles é a segunda geração de israelenses, em comparação com uma população que lá nasceu em 1948, que era de 35%. Em 1948 havia apenas uma cidade com mais de 100.000 habitantes em Israel - Tel Aviv-Jaffa, com 248.000 habitantes. Hoje, 14 cidades tem mais de 100.000 habitantes e cinco delas têm mais de 200.000: Jerusalém, Tel Aviv-Jaffa, Haifa, Rishon Lezion e Ashdod.

Azul lança em março vôos entre Maringá e Campinas

A Azul Linhas Aéreas anunciou na quinta-feira que vai operar a partir de 4 de junho dois vôos diários entre Maringá e Campinas, com transporte rodoviário até São Paulo. Haverá outros dois vôos de volta, do aeroporto de Viracopos para a cidade paranaense. Segundo o Diário do Norte do Paraná, serão usadas aeronaves Embraer 190, com capacidade para 106 passageiros. O preço das passagens não foi divulgado. O aeroporto de Maringá conta hoje com dois vôos diretos para São Paulo, operados pelas companhias Gol e Trip. A Pantanal Linhas Aéreas confirmou que começará ainda em maio a disponibilizar dois vôos diários de Maringá a São Paulo (Congonhas).

Petrobras faz oferta para explorar gás no Uruguai

Seis empresas, entre elas a Petrobras, apresentaram ofertas para explorar depósitos de gás na costa do Uruguai, informou a petrolífera estatal uruguaia. A descoberta de um depósito de gás natural, e possivelmente de petróleo, no balneário de Punta del Este, gerou esperanças de independência energética para o Uruguai, que depende de importações para atender à sua demanda por combustíveis. Além da Petrobras, a australiana BHP Billinton e a portuguesa Galp estão na disputa ao lado da estatal venezuelana PDVSA, das argentinas Pluspetrol e YPF. O governo uruguaio dividiu a área de exploração em 11 blocos. As empresas têm agora até o dia 30 de junho para apresentar orçamentos para os blocos. O ministro da Indústria e Energia do Uruguai, Daniel Martínez, disse que levará pelo menos três anos para determinar se o depósito é comercialmente viável e a produção, se ocorrer, não deve começar antes de oito anos.

Lixo de Ribeirão vai para Guatapará a partir de sexta

O lixo coletado de Ribeirão Preto (SP) está sendo levado desde esta sexta-feira para o aterro sanitário de Guatapará. Em março deste ano, o Departamento de Água e Esgoto (Daerp) firmou um convênio com a empresa Leão Ambiental, para acondicionar e transportar o lixo doméstico produzido na cidade até o novo aterro. A transferência do destino do lixo foi a medida encontrada pela prefeitura para cumprir a determinação imposta pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb). Em agosto de 2008, a Cetesb encaminhou uma ordem de desativação do aterro de Ribeirão Preto devido à falta da licença ambiental. Durante três meses, o lixo foi levado para um aterro particular em Guatapará, até que a Cetesb analisasse documentos enviados pelo Daerp. Em Ribeirão Preto são produzidos cerca de 500 toneladas de lixo por dia. Diariamente, o aterro de Guatapará tem capacidade para receber até 1,5 mil toneladas.

Lula culpa máquina de fiscalização por morosidade de obras

Criticado pela demora na execução dos projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o presidente Lula atacou na quinta-feira a burocracia da estrutura estatal, que ele classificou de "máquina de fiscalização". De acordo com o presidente, ter dinheiro para fazer os investimentos governamentais não é suficiente. "No Brasil, não basta você ter dinheiro porque a quantidade de regras que criamos para dificultar o uso do dinheiro é muito grande", disse Lula em discurso durante a inauguração de laboratório da Coppe, na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Lula apontou as dificuldades na obtenção de autorizações de órgãos da própria estrutura do governo para dar andamento a projetos e obras. "O País passou anos e anos sem fazer investimento e fomos criando uma poderosa máquina de fiscalização que agora é superior à máquina de produção", afirmou ele. Durante o evento, o diretor da Coppe, Luiz Pinguelli Rosa, criticou o Tribunal de Contas da União por dificultar os investimentos federais na instituição. Ex-presidente da Eletrobrás, Pinguelli afirmou que o Tribunal de Contas da União está criando "regrinhas imbecis". Lula citou também o ex-presidente Juscelino Kubitschek (1956-1961) ao atacar a morosidade da burocracia: "Hoje nenhum governante do Brasil consegue fazer obras estruturantes em quatro anos. Se Juscelino fosse eleito hoje presidente e quisesse fazer Brasília, ia terminar o mandato sem conseguir a licença para a pista do aeroporto para estudar o planalto central”.

Embraer prevê até 39% das entregas de 2009 financiadas pelo BNDES

A Embraer afirmou que os financiamentos concedidos pelo BNDES aos clientes da empresa poderão representar de 25% a 39% do total de entregas da fabricante de aviões em 2009. "Temos conseguido apoio para que os nossos clientes sejam financiados pelo BNDES para comprar nossas aeronaves. Várias empresas estão comprando desta forma e acreditamos que de 25% a 39% do total das entregas em unidades serão de entregas financiadas pelo BNDES até o fim do ano", afirmou o vice-presidente financeiro da Embraer, Luiz Carlos Siqueira Aguiar. Os financiamentos do BNDES podem colaborar para melhorar a situação da empresa que, no primeiro trimestre, experimentou uma queda de 11,1% da entrega de jatos para os segmentos de aviação comercial e executiva frente ao mesmo período do ano passado. "Segundo nossa percepção, o momento crítico (de cancelamentos e prorrogações de entregas) foi no primeiro trimestre, principalmente em janeiro e fevereiro. Já não estamos percebendo nenhuma piora do cenário. Em abril, não houve novos cancelamentos", garantiu Aguiar.

Banco do Japão agrava previsão de recessão

O Japão terá uma recessão de 3,1% no ano fiscal 2009-2010, que começou em 1º de abril), anunciou o Banco do Japão, que revisou para baixo a projeção anterior de uma contração de 2%. O Banco do Japão mantém a previsão de retorno do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da segunda maior economia mundial em 2010-2011, mas menor do que o esperado: 1,2%, contra 1,5% previsto em janeiro. "A situação econômica do Japão piorou significativamente", destaca o Banco do Japão no diagnóstico semestral sobre a atividade econômica e a inflação. A desaceleração das exportações e da produção nipônicas será menos forte no primeiro semestre do ano fiscal, mas o consumo permanecerá frágil, completa a instituição. A economia japonesa enfrenta a pior recessão desde a Segunda Guerra Mundial em consequência da queda das exportações provocada pelo retrocesso da demanda mundial. O PIB caiu 12,1% em ritmo anual no último trimestre de 2008.

Usina de lixo economizará bilhões de litros de água

Quatro bilhões de litros de água e 1,4 bilhão de megawatts de energia elétrica economizados por ano. Essa é a capacidade de sustentabilidade ambiental que será proporcionada pela nova usina de aproveitamento e reciclagem de lixo que vai substituir o aterro sanitário da Caximba. A água e a energia economizadas seriam suficientes para abastecer o consumo de 600.000 pessoas em um ano. O cálculo da economia ambiental foi feito por técnicos do Consórcio Intermunicipal de Resíduos, com base no potencial de recicláveis, como plástico, papel, papelão, metal e outros materiais que hoje são enterrados e tratados no aterro. "O beneficiamento de produtos a partir de material reciclável exige a metade da água, energia elétrica e petróleo usado na produção com matéria-prima virgem", explica a secretária executiva do Consórcio, Marilza de Oliveira Dias. As cerca de 2.400 toneladas diárias de lixo enterrado no aterro correspondem a um potencial de 150 mil toneladas de papel e de plástico, 29 mil toneladas de vidro e 5 mil toneladas de alumínios por ano, que depois de recuperados, voltarão para a cadeia produtiva em forma de matéria-prima. Dessa forma, economizam a água e a energia elétrica utilizada na fabricação de produtos a partir de matéria-prima virgem, extraídas de minas e outras fontes naturais. O estudo dos técnicos demonstra que o potencial de aproveitamento de resíduos que ainda vão para o aterro da Caximba está dividido da seguinte forma: 31,74% de materiais recicláveis, 38,11% de orgânicos, 30,15% que não podem ser reciclados nem aproveitados como orgânicos, mas com potencial para aproveitamento energético. O que está sendo exigido no edital de licitação para implantação da usina é o processamento de 100% do lixo, com aproveitamento mínimo de 85% de materiais, seja para biodigestão, compostagem, reciclagem ou transformação em insumos energéticos.

Lucro da Embraer recua 74,8% no primeiro trimestre


A Embraer, líder mundial na fabricação de jatos de até 120 assentos, anotou um lucro líquido de R$ 38,3 milhões no primeiro trimestre do ano. O resultado é 74,8% menor do que os R$ 152,1 milhões registrados no mesmo período do ano anterior. A receita líquida foi de R$ 2,667 bilhões, números 14,9% superiores aos R$ 2,321 bilhões do ano passado. De acordo com o comunicado distribuído pela empresa na quarta-feira depois do fechamento do mercado, o trimestre foi marcado "por pedidos de cancelamento de aeronaves no segmento de Aviação Executiva e adiamento de entregas no segmento de Aviação Comercial, por conta da forte desaceleração econômica mundial". Sendo assim, a carteira de pedidos firmes da Embraer atingiu ao final do período o nível de US$ 19,7 bilhões, valor um pouco abaixo dos US$ 20,3 bilhões do primeiro trimestre do ano passado. Diante de uma perspectiva de um menor número de pedidos, a empresa iniciou um severo programa de corte de custos, diz a nota. O quadro de empregados foi reduzido em 20%.

Justiça rejeita processo contra juiz Fausto De Sanctis

Em sessão de mais de seis horas, o Órgão Especial do Tribunal Regional Federal da 3ª Região rejeitou na quinta-feira abrir procedimento administrativo disciplinar contra o juiz Fausto Martin De Sanctis, da 6ª Vara Criminal da Justiça Federal de São Paulo. A decisão pelo arquivamento teve o voto de oito desembargadores, contra 6 que votaram pela abertura do processo. Ou seja, foi uma votação apertadíssima e o juiz Fausto De Sanctis está na berlinda. De Sanctis foi acusado pelo corregedor do tribunal, desembargador André Nabarrete, de sonegar informações solicitadas em habeas corpus à desembargadora Cecília Mello e ao ministro do Eros Grau, do Supremo Tribunal Federal. O magistrado também foi acusado de desrespeitar decisão do Supremo no episódio que culminou na prisão do banqueiro Daniel Dantas, principal alvo da Operação Satiagraha, da Polícia Federal. Na ocasião, De Sanctis autorizou uma segunda ordem de prisão contra Daniel Dantas mesmo após o presidente do Supremo, ministro Gilmar Mendes, ter concedido habeas corpus ao banqueiro. Após a nova prisão, o sócio-fundador do banco Opportunity foi solto por um segundo habeas corpus de Gilmar Mendes.

Estados Unidos compram 13 milhões de antivirais

Os Estados Unidos irão comprar 13 milhões de tratamentos antivirais para enfrentar a gripe suína, cujo nome oficial agora é "influenza A (H1N1)". O anúncio foi feito na quinta-feira, algumas horas depois de o número de casos confirmados no país chegar a 109, conforme o Controle e Prevenção de Doenças. Das doses, 400 mil serão enviadas ao México, onde o número de casos e de mortes confirmados é de 97 e sete, respectivamente, de acordo com a OMS. Para o governo mexicano, no entanto, a dimensão do surto é maior. Conforme o ministro da Saúde do México, José Angel Córdova, foram confirmados, ao todo, 260 casos e 12 mortes de gripe suína no país. O México chegou a anunciar a confirmação de 22 mortes, mas depois reduziu o número a sete. Os remédios custarão US$ 251 milhões (R$ 545 milhões) aos Estados Unidos e serão somadas às cerca de 50 milhões que o país já tem no estoque nacional e 23 milhões em estoques estaduais.

Serviço Geológico alerta que nível dos rios no Amazonas deve continuar subindo até junho

O nível dos rios no Amazonas vai continuar subindo até o mês de junho. O aviso foi dado na quinta-feira, em Manaus, pelo Serviço Geológico do Brasil, durante o anúncio sobre o segundo alerta de cheias para o Estado. De acordo com o serviço, a cota do Rio Negro, base para medição do nível das águas no território estadual, poderá atingir neste ano a marca de 29,95 metros. Caso isso aconteça, o Estado terá a maior cheia dos últimos 107 anos, superando a marca de 1953, quando o nível do Rio Negro chegou a 29,69 metros. Considerando-se previsões já realizadas pelo serviço geológico, a probabilidade de acerto é de 95%. As fortes chuvas no Amazonas neste ano causaram inundações e prejuízos diversos em todo o estado. Por causa dessa situação, o governo estadual decretou situação de emergência para todos os 62 municípios. Segundo o superintendente do Serviço Geológico do Brasil no Amazonas, Marco Antônio Oliveira, o mês de julho também poderá ser um período difícil para a população ribeirinha, porque o nível dos rios ainda deverá estar alto. Atualmente média registrada de subida do rio é de 3 centímetros por dia. A cota do Rio Negro está em 28,68 metros. "O pico das cheias acontece em junho, e até que esses rios comecem a baixar, demora de 20 a 30 dias. Isso quer dizer que, como ainda teremos chuvas até junho, o nível dos rios ainda estará alto no mês seguinte", avaliou Oliveira.

Gilmar Mendes descarta investigar ministro suspeito de usar esquema para facilitar viagens

O ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal, descartou na quinta-feira abrir uma investigação contra o ministro Carlos Alberto Menezes Direito. Ele é suspeito de ter usado a prerrogativa concedida aos ministros do Superior Tribunal de Justiça para facilitar o embarque e desembarque de familiares e de amigos em viagens internacionais, sem a necessidade de serem vistoriados pela Receita Federal. Gilmar Mendes saiu em defesa do colega e disse que não há privilégios para ministros. Segundo o presidente do Supremo, os procedimentos adotados são para garantir segurança. "Não tem investigação a ser feita. Não se atribui a ele nenhuma prática abusiva. Há medidas que são tomadas em relação ao caráter cerimonial e de segurança dos ministros, alguns auxílios, que se prestam nos aeroportos. Não há nenhuma conotação de privilégio. Isso é fato", afirmou. Ora, ministro Gilmar Mendes, é privilégio sim, sim senhor. E o ministro deveria ser o primeiro a impor que sua família ficasse na fila no aeroporto. Pior ainda, que história é essa de parente de ministro do Supremo ser dispensado da revista de bagagem na chegada nos aeroportos, de volta do Exterior? Isso é inqualificável.

Petrobras conclui compra da ExxonMobil no Chile

A Petrobras informou a conclusão na quinta-feira da compra das operações de distribuição e logística da ExxonMobil no Chile e em outras empresas chilenas associadas. A aquisição dará à empresa brasileira 16% do mercado varejista chileno no segmento de combustíveis, além de 7% na área industrial. Com o negócio a Petrobras passa a ter uma rede com 8.315 pontos de venda em seis países da América do Sul. A Petrobras terá participação acionária de 22% na Sociedad Nacional de Oleoductos e de 33,3% na Sociedad de Inversiones de Aviación. A Petrobras é uma empresa integrada de energia e líder mundial na exploração e produção de petróleo em águas profundas, com presença em 27 países, em quatro continentes (Américas, África, Ásia e Europa).

Ex-diretor do Senado suspeito de usar ex-babá como laranja pede aposentadoria

João Carlos Zoghbi, ex-diretor de Recursos Humanos do Senado Federal, pediu aposentadoria no início da noite de quinta-feira para escapar da demissão. Ele é investigado por comissão de sindicância na Casa que apura a suspeita de que recebeu propina para beneficiar instituições bancárias em operações de empréstimos consignado para servidores. A informação foi confirmada oficialmente pelo diretor-geral do Senado, Alexandre Gazineo. Segundo ele, o pedido de aposentadoria não interfere no andamento da sindicância que poderá resultar na demissão e, eventual perdas de direitos, de Zoghbi. Em entrevista à revista "Época", Zoghbi admitiu ter usado o nome de sua ex-babá Maria Izabel Gomes para ocultar os filhos como verdadeiros donos da empresa Contact, que atuava como correspondente de bancos no bilionário mercado de empréstimo consignado no Senado.

Senado abre sindicância para investigar viagem do senador Magno Malta para Dubai

O Senado Federal instaurou na quinta-feira uma sindicância para investigar viagem realizada pelo senador Magno Malta (PR-ES) à Índia e Dubai (Emirados Árabes), no final do ano passado, com recursos da Casa. Presidente da CPI da Pedofilia do Senado, Malta viajou à Índia para participar de um evento contra a pornografia infantil, mas é acusado de "esticar" a viagem até Dubai para fazer turismo. O diretor-geral do Senado, Alexandre Gazineo, designou três servidores da Casa para investigar viagens realizadas por servidores do Senado a pedido da CPI da Pedofilia. O senador e o assessor José Augusto Santana passaram quatro dias de folga em Dubai, numa viagem oficial autorizada apenas para a Índia, em dezembro. O evento sobre combate à pedofilia ocorreu entre 3 e 6 daquele mês na Índia, mas o senador e o servidor conseguiram autorização para receber diárias de 1 a 8 de dezembro no valor de R$ 7.200,00 para cada um. Os dois teriam passado quatro dias em Dubai sem compromissos oficiais. A sindicância também vai apurar viagens realizadas pelo assessor Glaucio Ribeiro de Pinho, que realizou uma série de viagens a pedido da CPI para o Brasil e Exterior. Só em viagens para a Suíça e os Estados Unidos, o Senado pagou mais de R$ 34 mil em diárias aos dois servidores. Segundo o jornal, Santana gastou R$ 4.000,00 em ligações com telefone celular corporativo ao longo da viagem entre a Índia e os Emirados Árabes, inclusive no período em que esteve em Dubai. Gazineo determinou que o servidor devolva o valor aos cofres do Senado, uma vez que há suspeitas de que a viagem não ocorreu oficialmente.

Petrobras nega conversa com empresa japonesa para construir refinaria

Petrobras nega conversa com empresa japonesa para construir refinaria
O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, negou na quinta-feira que haja negociação definida entre a estatal e a japonesa Mitsui sobre uma possível parceria para a construção da refinaria Premium II, no Ceará. Executivos da estatal estiveram na Ásia neste mês buscando atrair empresas para investir no setor de petróleo e gás brasileiro e teriam adiantado negociações para ter sócios no empreendimento de refino. "Não há negociação definitiva sobre isso", resumiu Gabrielli. A Petrobras prevê a construção de uma refinaria com capacidade para 300 mil barris/dia no Ceará, cuja produção seria voltada para o mercado externo. A empresa planeja ainda outra refinaria, com características semelhantes, no Maranhão. A capacidade deste outro empreendimento, no entanto, chega a 600 mil barris/dia. Gabrielli explicou que parte da diretoria da Petrobras buscou mostrar aos asiáticos que as melhores oportunidades no setor offshore (exploração no mar) estão no Brasil. "Mostramos a eles que há horizonte para que venham para cá. A visita foi um sucesso, e nossos diretores voltaram com um grande entusiasmo", observou. A ideia do governo e da Petrobras é que a empresa privilegie o fechamento de contratos com empresas que venham a se instalar no Brasil. "Se quiserem vir, terão contrato. Se não quiserem, não terão", frisou Gabrielli.

Polícia Federal indicia consultor de Dantas por formação de quadrilha

A Polícia Federal indiciou o consultor empresarial Roberto Amaral, que prestou serviço para o banqueiro Daniel Dantas, do grupo Opportunity, por formação de quadrilha e evasão de divisas. Ele é um dos investigados na Operação Satiagraha, da Polícia Federal, que apura supostos crimes financeiros atribuídos ao banqueiro. O advogado José Luiz de Oliveira Lima, que defende Amaral, confirmou o indiciamento. Segundo ele, seu cliente compareceu à Polícia Federal na semana passada para prestar depoimento, mas ficou calado. Oliveira Lima explicou que orientou Amaral a permanecer em silêncio porque a "legalidade da operação está sendo questionada". O advogado chamou o inquérito da Operação Satiagraha de "peça de ficção" e disse que há um "pré-julgamento da autoridade policial" responsável pelas investigações. Oliveira Lima disse que Amaral foi consultor de Dantas em três ocasiões. A primeira foi em 2001, durante três meses. A segunda, em 2003, por cinco meses. A terceira foi em 2005, por mais três meses.

Seca deixa 83 cidades de Santa Catarina em situação de emergência

Subiu para 83 o número de municípios de Santa Catarina em situação de emergência devido à ausência de chuva, segundo a Defesa Civil estadual. A informação foi divulgada na quinta-feira pelo órgão. No último dia 20 eram 53 o número de cidades nesta situação. As regiões mais afetadas do Estado são a oeste, meio-oeste, norte e planalto serrano. De acordo com o órgão, a região sofre com a estiagem desde o início do ano, afetando inclusive, as principais atividades econômicas da região. No início do mês de abril, a situação se agravou ainda mais no centro do Estado. De acordo com previsão do Epagri/Ciram (Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia), o feriado prolongado deve ter chuvas isoladas de pouca intensidade e predomínio de sol na maior parte no litoral do Estado.

Usiminas estende programa de demissão voluntária para São Paulo

A Usiminas anunciou na quinta-feira que também vai promover o PDV (Programa de Desligamento Voluntário) na unidade de Cubatão (SP) e no escritório regional de São Paulo. A proposta foi acertada com o Sindicato dos Metalúrgicos da Baixada Santista e a adesão dos empregados poderá ocorrer a partir de segunda-feira. Neste dia, como já tinha sido anunciado, também começa o PDV para a usina de Ipatinga (interior de Minas Gerais) e da sede, em Belo Horizonte. O prazo de adesão ao PDV vai até 22 de maio. Podem aderir ao programa, segundo a Usiminas, todos os colaboradores com contrato de trabalho em vigor, com exceção dos aposentados e daqueles em condições de se aposentarem. Dos cinco altos-fornos da Usiminas, três estão parados (dois em Ipatinga e um em Cubatão). A empresa comunicou que opera atualmente com cerca de 50% de sua capacidade total. Maior produtora de aços planos da América Latina, a Usiminas atua em toda a cadeia produtiva do aço, da mineração e produção ao beneficiamento e distribuição de produtos siderúrgicos.

OMS confirma 257 casos de gripe suína e México aponta 12 mortes

O México divulgou na quinta-feira números que agravam a situação do país em relação ao avanço da gripe suína, cujo nome oficial passou a ser "influenza A (H1N1)". De acordo com o ministro da Saúde do México, José Angel Córdova, foram confirmados 260 casos e 12 mortes de gripe suína no país. Para a OMS, porém, são 97 casos e sete mortes. No Brasil, o número de casos suspeitos subiu para quatro. Em todo o mundo, ainda confirme a OMS, há 257 casos confirmados de gripe suína, em 11 países, e oito mortes (sete do México e outra, de um bebê mexicano, no Estado norte-americano do Texas). Conforme a OMS, atualmente, a nação com maior número de casos da doença é os Estados Unidos, com 109, sendo 50 em Nova York, 26 no Texas e 14 na Califórnia. Os outros países com casos confirmados da doença são Canadá (19), Espanha (13), Reino Unido (8), Alemanha (3), Israel (2), Áustria (1), Holanda (1), Nova Zelândia (3) e Suíça (1).

Senado anuncia substituto de ex-diretor investigado por irregularidades

O Senado transferiu na terça-feira ao diretor de Recursos Humanos da Casa, Ralph Campos, a responsabilidade de administrar convênios firmados pela instituição com bancos e órgãos financeiros nas operações de empréstimos consignados aos servidores. Campos vai substituir João Carlos Zoghbi na função, depois que o ex-diretor de Recursos Humanos da Casa foi acusado de participar de um esquema que desviava recursos do Senado para empresas de fachada, de membros de sua família, registradas em nomes de laranjas. O ato de nomeação de Campos afirma que o diretor vai ser designado "gestor titular dos convênios firmados pela Casa com instituições financeiras, objetivando a concessão de empréstimos de crédito pessoal a servidores do Senado, em substituição a João Carlos Zoghbi". Zoghbi foi exonerado em março da diretoria de Recursos Humanos, mas continuou exercendo funções na Casa que incluíam a gestão de empréstimos. A mudança ocorre depois de denúncia publicada pela Revista "Época" de que parte do faturamento dos últimos anos de empresas que teriam "laranjas" do ex-diretor no seu comando veio de contratos assinados pelo Senado. O valor desviado seria da ordem de R$ 3 milhões.

Dilma Rousseff nega transformar tratamento contra câncer em um "espetáculo midiático"

A ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff afirmou na quinta-feira que não vai transformar o tratamento contra o câncer linfático em um "espetáculo midiático". Ela voltou a dizer que não vai "polemizar e discutir" o andamento do tratamento quimioterápico a que será submetida. Dilma Rousseff acrescentou que pretende mostrar à sociedade a importância de se prevenir a doença. "Devo satisfação e gratidão ao povo pelas manifestações de apoio que venho recebendo, mas não vou transformar esse tratamento num espetáculo midiático", afirmou em entrevista coletiva na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro. Dilma Rousseff admitiu que seu ritmo de trabalho poderá diminuir de acordo com as reações físicas ao tratamento, mas que pretende cumprir normalmente sua agenda. "Em alguns momentos vou ter mais ou menos disposição. O fato é que os médicos disseram que houve uma grande evolução nas tecnologias do tratamento para evitar consequências mais desagradáveis", disse ela.

Grupo Silvio Santos fecha patrocínio com o Corinthians até 2010

O Grupo Silvio Santos anunciou na quinta-feira que fechou um contrato de patrocínio com o Corinthians. Na decisão do Campeonato Paulista, contra o Santos, o Corinthians já exibe em seus calções a marca do Banco PanAmericano, do Grupo Silvio Santos. Apenas pelos dois jogos, o grupo pagou cerca de R$ 150 mil, 80% do valor pertence ao atacante Ronaldo, que tem direito a esta cota para patrocínios na manga da camisa e nos calções. A empresa adquiriu agora a cota que dá direito a exibição de marcas de suas empresas na parte superior direita da camisa e no calção dos jogadores. Após a decisão de domingo, contra o Santos, no Pacaembu, as camisas do Corinthians exibirão as logomarcas do Baú, da Telesena e do Banco PanAmericano. Segundo Daniela Beyruti, conselheira do Grupo Silvio Santos e diretora geral do SBT, a presença de Ronaldo no time motivou a empresa a procurar o clube.

Dilma Rousseff diz que nova regulação do setor de petróleo sai neste semestre

A ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse na quinta-feira que a discussão sobre mudanças no marco regulatório do petróleo está avançada, e a proposta será definida ainda neste primeiro semestre. Dilma Rousseff ressaltou que o governo está dando prioridade máxima ao assunto, e garantiu que os estudos preliminares estão definidos. "O governo está dando prioridade máxima para que os estudos sejam apressados. Fizemos todos os trabalhos preliminares. Não vamos definir uma data, mas a proposta do governo sai até o fim do primeiro semestre", afirmou ela, em entrevista coletiva na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro. O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, destacou que os estudos estão praticamente concluídos e falta apenas que a redação final seja preparada, após o governo chegar a um consenso sobre o novo modelo. Dilma Rousseff ressaltou que o governo trabalha para concluir um marco regulatório que seja duradouro, e que só haverá uma definição após um consenso do governo.

Estados Unidos mantêm Cuba em lista de países que dão refúgio a terroristas

Após movimentos recentes de aproximação com o Cuba, o governo dos Estados Unidos voltou a referir-se ao regime cubano nos termos que foram comuns nas últimas cinco décadas. O Departamento de Estado norte-americano manteve Cuba, na quinta-feira, como um dos quatro países no mundo considerados como refúgio de terroristas, junto com Sudão, Irã e Síria. O anúncio foi feito no informe anual sobre terrorismo no mundo divulgado pelo órgão de política externa dos Estados Unidos, o primeiro divulgado pelo departamento sob a chefia de Hillary Clinton. Cuba foi mantido na lista, segundo os norte-americanos, porque, embora não dê mais apoio a movimentos armados na América Latina e em outras regiões, ainda dá abrigo a pessoas consideradas terroristas pelos Estados Unidos. "Membros do grupo separatista basco ETA, das Farc (Forças Revolucionários da Colômbia, organização terrorista e traficante de cocaína) e do ELN (Exército de Libertação Nacional, da Colômbia) permaneceram em Cuba em 2008", disse o relatório. Além disso, segundo o Departamento de Estado, as autoridades cubanas mantiveram a defesa pública das Farc. O governo dos Estados Unidos apontou como um avanço o pedido de Fidel Castro para que as Farc libertem incondicionalmente todos os reféns e a condenação que o ex-ditador fez dos sequestros políticos e dos maus tratos das pessoas em cativeiro. O governo cubano rejeitou o relatório e acusou acusar o governo de Washington de ser um "delinquente internacional" sem "autoridade moral" para atestar condutas, segundo o chanceler Bruno Rodríguez.

Boletim médico afirma que Chiquinho Scarpa se recupera bem

O playboy Chiquinho Scarpa, de 57 anos, apresentou melhora de seu quadro clínico na quinta-feira, informou o hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, por meio de um comunicado de imprensa. Ele foi submetido na quarta-feira a uma cirurgia para limpeza da cavidade abdominal no hospital. Scarpa está internado na Unidade de Terapia Intensiva do hospital e ainda não tem previsão de alta, segundo a instituição. O boletim, distribuído no final da tarde de quinta-feira, foi assinado pelo diretor técnico hospitalar da instituição, Antônio Carlos Onofre de Lira, e pelo diretor clínico, Riad Younes. No último dia 15, Scarpa se submeteu a uma cirurgia de redução do estômago. Ele teve alta no dia seguinte à intervenção, mas voltou a ser internado na última segunda-feira depois de apresentar quadro de peritonite (inflamação do peritônio).

Lula chama de insano e mentiroso ataque contra mudança na poupança

O presidente Lula engrossou as reclamações contra os críticos da alteração da remuneração da caderneta de poupança, avaliada pela equipe econômica. No Rio de Janeiro, na quinta-feira, Lula classificou os ataques de insanos, mentirosos e irresponsáveis. "Fico preocupado quando as pessoas começam a brincar com a economia. Teve um partido que teve uma atitude insana, mentirosa, irresponsabilidade total, de dizer que o governo brasileiro iria mexer na poupança. O que essas pessoas não entendem é que o povo brasileiro me conhece, sabe do meu comportamento, sabe que eu não iria tomar nenhuma medida que prejudicasse", disse Lula. Ele se referiu à propaganda do PPS. No programa político partidário, o deputado federal Raul Jungmann (PPS-PE) critica a intenção do governo Lula de alterar as regras da poupança ao mesmo tempo em que empresta o dinheiro dos brasileiros ao FMI (Fundo Monetário Internacional). Mas, Lula evitou falar se alguma decisão já foi tomada: "Não discuto essas coisas. A equipe econômica vai discutir no momento que tiver que discutir. Aprendi com Ulysses Guimarães que de economia a gente não fala, porque se a gente falar, atrapalha. Mesmo que seja uma coisa boa”. Por meio de nota, o presidente do PPS, Roberto Freire, disse que "Lula está nervoso porque quer tungar a poupança para atender aos interesses dos bancos".

Lula tenta usar febre amarela para minimizar temor de gripe suína no Brasil

O presidente Lula tentou na quinta-feira, no Rio de Janeiro, minimizar a apreensão no Brasil causada pela gripe suína, que atingiu 11 países. Ele usou como exemplo a febre amarela como uma crise que "não pegou" no Brasil no ano passado. No entanto, em 2008, os Estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul foram atingidos pela doença, que matou 25 pessoas. Segundo dados do Ministério da Saúde, entre novembro de 2008 e abril de 2009 foram confirmados um total de 43 casos de febre amarela nestes Estados. Desse total, 16 pessoas morreram. Agora mesmo a capital gaúcha, Porto Alegre, foi colocado dentro da área de risco da febre amarela e há uma corrida da população aos postos de saúde para a vacinação. "Vamos pegar como exemplo a febre amarela do macaco que teve um caso, dois casos. Tentaram vender como uma crise que ia pegar o Brasil inteiro, mas morreu onde nasceu", disse o presidente. Lula disse ainda, durante uma visita à siderúrgica ThyssenKrupp CSA, em Santa Cruz, zona oeste do Rio de Janeiro, que seu governo está tomando todos os cuidados necessários para evitar que a gripe suína chegue ao Brasil. Segundo o presidente, o País já enfrentou crises parecidas como a gripe aviária e conseguiu sair ileso.

Governador de Roraima defende que Lula pague indenização a não índios por desocupação

O governador de Roraima, José Anchieta (PSDB), defendeu na quinta-feira o ressarcimento, pelo governo federal, dos produtores rurais da reserva indígena Raposa/Serra do Sol obrigados a desocupar a região. Anchieta disse que o governo deve editar medida provisória com os recursos previstos para o ressarcimento dos agricultores. O governador argumenta que os produtores rurais que ainda não deixaram a reserva não têm condições financeiras de se sustentar fora do local, por isso devem ser ressarcidos pelas suas perdas. "Aqueles que não conseguiram sair, não saem por falta de condições operacionais e logísticas. Os arrozeiros têm estrutura para sair, mas o problema são as pessoas que não têm nem para onde ir. Não é resistência, é falta de condição", afirmou ele. Anchieta afirmou que, antes do Supremo Tribunal Federal decidir pela demarcação contínua da reserva indígena, fez um alerta sobre a necessidade de mudanças nas regras de permanência dos não índios na região. Anchieta argumenta que a safra de arroz da Raposa/Serra do Sol ficará perdida com a remoção dos agricultores. "Pela forma que o Supremo tem se pautado nesta questão, acredito que a safra de um milhão de sacas está completamente perdida. As pessoas que ficaram lá estão fadadas a viver num zoológico humano", afirmou o governador.

Supremo arquiva ação contra Lula por declaração polêmica sobre olhos azuis

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, determinou o arquivamento da interpelação judicial ajuizada na Corte contra o presidente Lula pelo jornalista Clóvis Victorio Mezzomo, morador do Rio de Janeiro, que cobrou explicações do presidente sobre a declaração que a culpa da crise é "fomentada por comportamentos irracionais de gente branca, de olhos azuis". A afirmação de Lula foi feita ao lado do primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, que estava em visita oficial ao Brasil. Mezzomo ajuizou a ação no Supremo alegando ter se sentido pessoalmente ofendido pela declaração de Lula. Como cidadão de ascendência italiana, branco e de olhos verdes, ele afirmou que se sentiu pessoalmente ofendido, e pretendia processar o presidente pelo crime de racismo. Ao analisar o caso, o ministro Celso de Mello explicou que a interpelação judicial, com pedido de explicações, só é cabível quando existe dúvida ou ambiguidade nas declarações questionadas, "ou onde inexistir qualquer incerteza a propósito dos destinatários de tais declarações".

Governo da Bahia pagou viagem de integrantes do MST que invadiram secretaria do Estado

O governo baiano pagou R$ 161,3 mil em aluguel de ônibus para transportar de volta ao interior do Estado integrantes do MST que tinham ocupado a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária da Bahia, entre 13 de 18 de abril. Os 39 veículos foram alugados da empresa Atlântico Transportes e Turismo, com dispensa de licitação, segundo publicação da Casa Militar do governo da Bahia na edição do Diário Oficial do Estado. O texto explica que o aluguel se refere ao retorno, para o Interior, dos representantes do MST que participaram do "abril vermelho". A coordenadora estadual do MST, Vera Lúcia Barbosa, disse não ver problemas no fato de um governo estadual pagar as despesas de transporte de um grupo de pessoas que ocupou instalações de um prédio do próprio governo. Segundo ela, o patrocínio do Estado para o retorno de trabalhadores rurais é mais frequente do que parece, e não haveria motivo para tanto "alarde". “É comum que prefeituras do interior, inclusive de direita, e que o governo do estado nos ajudem nesse sentido”, disse Vera Lúcia. A coordenadora disse que a volta dos manifestantes também era patrocinada com verba pública no governo de Paulo Souto, na época representante do PFL (hoje DEM), e não só no atual, de Jaques Wagner (PT). “Trabalhador rural não tem dinheiro para voltar sozinho. Se não fosse assim, como seria?” – perguntou ela.

Petrobras vai produzir energia eólica

A diretora de Gás e Energia da Petrobras, Maria da Graça Foster, informou que a Petrobras vai participar do primeiro leilão de energia eólica do País, previsto para 25 de novembro. Segundo Maria da Graça, apesar de não fazer parte dos negócios tradicionais da companhia, o objetivo de entrar no setor se justifica pela busca da Petrobras por energias renováveis: "Somos uma empresa de energia, temos 210 megawatts operando e até o final do ano serão 360 megawatts, é uma questão de segurança diversificar para várias fontes de energia". Ela revelou que o Centro Tecnológico de Gás da empresa terá Energias Renováveis agregado ao seu nome.

Usinas térmicas a gás são acionadas e entram a pleno na produção de energia

Usinas térmicas a gás são acionadas e entram a pleno na produção de energia
A diretora de Gás e Energia da Petrobras, Maria da Graça Foster, afirmou nesta sexta-feira que as usinas térmicas a gás "entraram pesado" na geração de energia a partir da zero hora deste sábado. Segundo ela, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) sinalizou a necessidade de despacho de 14 milhões de metros cúbicos de gás por dia. Com isso, a importação brasileira de gás da Bolívia subiu nesta sexta-feira para 23,5 milhões de metros cúbicos. "Espero que na próxima semana essa importação chegue a 30 milhões de metros cúbicos", disse ela. As usinas foram acionadas para garantir o suprimento de energia no Sul do País. Até quinta-feira as usinas térmicas estavam utilizando 6 milhões de metros cúbicos diários, informou a diretora. A demanda não térmica atualmente é de 29,6 milhões de metros cúbicos diários. O principal motivo da redução da demanda por gás foi o desligamento de várias usinas termelétricas no País este ano devido ao alto nível de água dos reservatórios hidrelétricos, ajudado pela redução da atividade econômica e aumento da produção da empresa. Agora, segundo Graça, o ONS não está vendo perspectivas de chuvas para os próximos meses e decidiu aumentar o despacho da energia termelétrica para preservar o estoque desses reservatórios.

Morre um herói da Resistência Francesa


Morreu, aos 88 anos, Serge Ravanel, um dos principais líderes da resistência francesa à invasão alemã durante a Segunda Guerra Mundial, após uma vida dedicada a testemunhar os valores dos combatentes contra o nazismo. Agraciado como Oficial da Legião de Honra e Companheiro da Libertação, ele descrevia "com detalhes precisos a formação da resistência francesa à invasão nazista", ressaltou ao informar sua morte a Associação para os Estudos da Resistência do Interior. O presidente da França, Nicolas Sarkozy, classificou-o como "grande patriota, de espírito livre e exigente" e ressaltou que, com sua morte, apaga-se "uma grande voz da Resistência". Nascido em 12 de maio de 1920, Ravanel, nome de guerra de Serge Asher, uniu-se à resistência em abril de 1941, através de sua participação na revista proibida "Temps nouveaux" (Novos Tempos), antes de criar, oito meses depois, sua própria rede de combate ao nazismo. Preso três vezes, Ravanel conseguiu escapar simulando doenças ou saltando pela janela e saltando no rio Ain. Foi nomeado chefe nacional dos grupos francos, organização que conseguiu libertar o também resistente Raymond Aubrac, em um ataque em pleno centro de Lyon contra o camburão da Gestapo (Polícia nazista) que o transportava. Em junho de 1944, foi promovido a chefe nacional das Forças francesas do Interior, com 20 mil soldados sob seu comando, chegando a coronel com apenas 24 anos. Após libertar a região de Toulouse do domínio nazista, Ravanel abandonou o Exército, em 1950, para se tornar engenheiro eletrônico, carreira que cursou antes da Segunda Guerra Mundial e com a qual criou diversas empresas. Autor do romance "L'esprit de Résistance" (O Espírito da Resistência), Ravanel sempre deu prioridade "à honra, a entrega, a preocupação pelo interesse geral e a rejeição ao racismo".

Estados Unidos mantêm Cuba em lista de países que dão refúgio a terroristas

Após movimentos recentes de aproximação com o Cuba, o governo dos Estados Unidos voltou a referir-se ao regime cubano nos termos que foram comuns nas últimas cinco décadas. O Departamento de Estado norte-americano manteve Cuba, na quinta-feira, como um dos quatro países no mundo considerados como refúgio de terroristas, junto com Sudão, Irã e Síria. O anúncio foi feito no informe anual sobre terrorismo no mundo divulgado pelo órgão de política externa dos Estados Unidos, o primeiro divulgado pelo departamento sob a chefia de Hillary Clinton. Cuba foi mantido na lista, segundo os norte-americanos, porque, embora não dê mais apoio a movimentos armados na América Latina e em outras regiões, ainda dá abrigo a pessoas consideradas terroristas pelos Estados Unidos. "Membros do grupo separatista basco ETA, das Farc (Forças Revolucionários da Colômbia, organização terrorista e traficante de cocaína) e do ELN (Exército de Libertação Nacional, da Colômbia) permaneceram em Cuba em 2008", disse o relatório. Além disso, segundo o Departamento de Estado, as autoridades cubanas mantiveram a defesa pública das Farc. O governo dos Estados Unidos apontou como um avanço o pedido de Fidel Castro para que as Farc libertem incondicionalmente todos os reféns e a condenação que o ex-ditador fez dos sequestros políticos e dos maus tratos das pessoas em cativeiro. O governo cubano rejeitou o relatório e acusou acusar o governo de Washington de ser um "delinquente internacional" sem "autoridade moral" para atestar condutas, segundo o chanceler Bruno Rodríguez.

FGV diz que indústria consolida início de recuperação da crise

Os dados do ICI (Índice de Confiança da Indústria) de abril, que avançou 8,7% sobre março, consolidam o início da recuperação do setor depois do choque causado pela crise financeira global, segundo a Fundação Getulio Vargas. Para Aloísio Campelo Júnior, coordenador do Núcleo de Pesquisas e Análises Econômicas da FGV, a melhoria da confiança agora atinge um maior número de setores, que já ficaram um pouco mais próximos da média histórica. Nos meses anteriores, havia uma concentração da recuperação em poucos setores, em especial o de material de transporte (automotivas e autopeças), e mesmo assim o índice ainda estava muito abaixo da média. "Até o mês retrasado não dava para dizer que havia uma retomada depois do ponto mais baixo, que foi em dezembro, quando chegou aos 74,7 pontos. Em março já foi mais espalhada a confiança, mas não cresceu muito. Agora quase todos evoluíram favoravelmente", disse o pesquisador.